You are on page 1of 3

CIVILIZAÇÕES ORIENTAIS Período de grande expansão territorial (subjulgando sírios e

fenícios) surgimento dos comerciantes.

Faraó Amenófis IV tenta substituir o politeísmo pelo


Mesopotâmia: Habitantes da região entre o rio Tigres e monoteísmo, pela divindade do Deus Aton, representado
Eufrates, diferentes dinastias dominam a região, situa-se na
pelo círculo solar. Suas reformas não foram aceitas.
região do Crescente Fértil.
Seu sucessor Tutancamon, restabelece a religião politeísta;
Sumérios: Governados por patesis (Chefe militar e sacerdote) grandes conquistas militares pelo faraó Ramses II. Após seu
Observações sobre a mesopotâmia reinado mais uma vez o poder central se desintegra e se inicia
a decadência do império. Problemas internos causam a cisão
- Modo de produção asiático com servidão coletiva entre Alto e Baixo, facilitando a invasão dos Assírios, durante
Psamético I, um curto período, o Egito volta a ser
- Economia baseada no pastoreio, agricultura, comércio e
independente e expulsa os Assírios, esse período foi de
manufaturas
grande desenvolvimento comercial, após isso novas invasões
- Sociedade estatrificada e hierarquizada agora de Persas, conquistando a região.

Classe dominante: Família real, nobreza e sacerdotes Houve a instauração de uma nova dinastia macedônica à qual
pertencia Cleópatra. O Egito cai primeiro ao domínio dos
Classe média: Militares e comerciantes romanos e mais tarde árabe.

Classe baixa: Artesãos, camponeses e escravos Observações: - A sociedade era estamental e hierarquizada

- Religião politeísta, sem a crença de vida pós-morte - Classes dominantes: faraós, sacerdotes, nobres, militares e
escribas.
- Zigurates (pirâmide de observação astral)
Classes dominadas: camponeses(maioria), artesãos e
Egito – Rio Nilo, terras férteis que possibilitavam a agricultura
escravos
Pré Dinástico: Obras hidráulicas, consequência do aumento
- Religião tem importante papel na manutenção da ordem, e
populacional durante a época Neolítica, para o cultivo de
pelo domínio dos camponeses pelo estado, para toda a
alimentos.
sociedade o faraó era um deus. A religião politeísta possuía
Modo de produção asiático com servidão coletiva (os vários deuses.
membros servem ao estado, por tributos e trabalho)
- Desenvolveram técnicas de mumificação (preservação do
Dinástico: a) Antigo Império: Período de estabilidade político cadáver), pois acreditavam na vida pós-morte.
e social, população com obrigações com o estado de Proporcionando maior conhecimento da anatomia humana e
participar nas obras de irrigação e construção de maior entendimento da medicina.
monumentos como as pirâmides.
- Avanços na arquitetura e engenharia. Grande interesse na
A diminuição das cheias do Nilo, a fome, a peste e a ciência astronômica, resultando na criação do calendário
desorganização da produção agrícola levaram à solar.
descentralização do poder político, que ajudou nas invasões
- Destaque da escrita egípcia, hieróglifos. A escrita era
ao norte do Egito e ao fim do Antigo Império.
considerada sagrada, mais antiga e composta por mais de 600
b) Médio Império: Os nobres reuniram forças através da caracteres.
figura do faraó e reconquistaram o poder no Egito, para
Persas: - Economia baseada na agricultura e pastoreio e
controlar o caos social. Os trabalhos foram retomados,
grande desenvolvimento do comércio
classes baixas adquiriram direitos, a situação econômica se
estabilizou, doenças e conflitos se amenizaram. - Religião: zoroatrismo na qual pregava o dualismo (bem x
mal)
Prosperidade material, sustentada no trabalho servil, apesar
da melhora a pobreza era grande para a grande maioria, a - Ideia de céu e inferno que influenciou os Hebreus
pressão da nobreza que exigia maior autonomia, desafiavam
a autoridade do faraó e facilitaram a penetração estrangeira, - Império Persa = Atual Irã
como a chegada dos hebreus. A ocupação durou dois séculos.
- Crescimento persa ocorreu no reinado de Dario, que dividiu
c) Novo Império: Considerado o apogeu da civilização egípcia; o império em satrápias, para melhor governar. Também
melhorou a infraestrutura com estradas que ligavam os apogeu. Houve grande desenvolvimento comercial e foi
centros urbanos do império, sistema de correio e implantou a construído o Templo de Jerusalém.
unidade monetária chamada dárico.
- O estado não sobreviveu à morte de Salomão e com as
- As guerras médicas, travadas com a Grécia por Xerxes I, disputas internas pela sucessão, ocorreu a divisão do
iniciaram a decadência do Império Persa. Mais tarde, todo território, em dois reinos: o de Israel e o de Judá. Como
império persa seria dominado pelos macedônios. consequência vieram as invasões estrangeiras, primeiro por
assírios e depois por Nabucodonosor, que levou os hebreus
Fenícios : - Localização atual: Palestina escravizados para a Mesopotâmia. Somente na invasão
- Ocupado em 3000a.c por povos semitas, destacando-se no Pérsica a Babilônia, os hebreus foram libertados para voltar à
comércio marítimo. Palestina.

- Chefiados pela elite mercantil, constituindo uma - Os últimos invasores da Palestina na antiguidade foram os
talassocracia. macedônios e, a seguir os romanos.

- Instalados em colônias em regiões do Mediterrâneo, - Somente em 1948 uma determinação da ONU, criou o
verdadeiros entrepostos comerciais. estado de Israel e os judeus voltaram a se reunir num mesmo
território, constituindo um Estado nacional próprio, A partir
- O contato com diversas culturas, fez com que de então foram gerados inúmeros conflitos com os
incorporassem diversas técnicas às suas, sendo detentores de palestinos.
grande conhecimento.
EXERCÍCIOS
- Ainda contribuindo para o alfabeto fonético simplefificado,
que serviu de base para o ocidental atual 1. i. As duas civilizações (Egito e Mesopotâmia) tinham como
atividade primordial a agricultura de irrigação e utilizavam os
- Desenvolveram a astronomia, associando a técnicas de animais como principal meio de transporte
navegação e matemática ligada às necessidades do comércio.
ii. Na arte de cada povo, o historiador não encontra apenas o
- Religião politeísta com influência estrangeira e sacrifícios registro do sagrado, do poder e da vida material, mas
humanos. também a indicação de valores e costumes existentes na
sociedade
Hebreus: - Localização: Palestina e Israel (Rio Jordão).
2. Os códigos de leis mesopotâmicos como Hamurabi, eram
- Desenvolvimento do pastoreio e pouca atuação na
sobretudo coletâneas de sentenças reais.
agricultura devido ao clima seco e baixa fertilidade das terras.
3. Os hebreus consideram Deus como soberano absoluto,
- Primeiros hebreus de origem semita.
transcendente, não se identificando com nenhuma força
- Primeiras informações sobre o povo, é obtida da Bíblia, natural e acima da natureza, um Deus que fazia exigências
consequentemente as informações se confundem com éticas ao povo e não atraído por luxúria ou impelido pelo mal
elementos místicos e religiosos. como os antigos deuses do oriente, fonte de todo o Universo
e dono de uma vontade suprema.
- Primeiro grande líder, Abraão, o primeiro patriarca( chefe
do clã), pregava uma nova religião monoteísta, cujo Deus 4. O dilúvio, narrado no Antigo Testamento, provavelmente
único era Jeová, que logo se tornaria o elemento unificador foi inspirado em um relato muito mais antigo, conhecido
do povo Hebreu. pelos sumérios.

- Com as dificuldades econômicas muitos Hebreus, se A construção do Templo de Jerusalém por Salomão foi um
deslocaram para o Vale do rio Nilo, onde a princípio foram marco na centralização política dos hebreus durante o
bem recebidos, pelo faraó, porém mais tarde foram período monárquico
escravizados.
5. O código de Hamurábi, enaltece a pessoa do rei,
- A fuga dos hebreus do Egito, chamada Êxodo, ocorreu sob a associando-a ao poder, à justiça e à sabedoria.
liderança de Moisés, que recebeu os dez mandamentos de
6. As antigas China e Índia também são consideradas
Deus. Após quarenta anos no deserto, acabaram retornando
sociedades hidráulicas e se favoreceram, respectivamente,
à Palestina, sob a liderança de Josué.
dos rios Amarelo e Indo.
- Seu sucessor Davi formou um verdadeiro Estado Hebraico,
com governo centralizado. Com Salomão o Estado atingiu seu
A mesopotâmia, região localizada entre os rios Tigres e 15. Na antiguidade clássica, o atual território da Síria foi
Eufrates, foi assim batizada pelos gregos por ficar entre os conquistado e dominado pelos gregos macedônios e,
dois rios. posteriormente, pela república romana, no período da sua
expansão imperialista, ocasião em que essa região foi
O ciclo agrícola proporcionado pelo rio Nilo se refletiu nas transformada em província.
concepções mitológicas dos egípcios antigos.
16. Os assírios, povo que se desenvolveu, na Mesopotâmia,
7. Civilização suméria, localizada na região da Antiga caracterizavam-se pela cultura guerreira e pelos recursos
Mesopotâmia, mais antiga codificação de leis escritas, que naturais limitados que durante muito tempo não lhes
tomava por referência a “pena de talião”, código de
permitiu ir além da sobrevivência
Hamurabi.
17. As civilizações do Crescente Fértil, professavam religiões
8. Economia colonial brasileira, o monopólio comercial, a politeístas.
monocultura de exportação, o trabalho escravo e o
predomínio das grandes propriedades rurais Eram situadas em vales de terras férteis em rios como o Nilo,
Tigre, Eufrates e Jordão.
9. Mesopotâmia, região entre os rios Tigres e Eufrates,
Assírios e Caldeus. Alcançaram considerável desenvolvimento urbano,
praticaram comércio e desenvolveram a escrita.
10. Os fenícios foram um dos povos que mais desenvolveram
o comércio marítimo e se tornaram os maiores navegadores Desenvolveram métodos agrícolas, como o sistema de
do seu tempo. irrigação, drenagem de pântanos o que propiciou a
alimentação e a sedentarizarão de grandes contingentes
Os chineses tiveram na agricultura sua atividade principal,
populacionais.
apesar de se tornarem especialistas na produção de artigos
de bronze, porcelana e seda. 18. Egípcio – Nordeste da África, Fenícia – Líbano, Persa – Irã,
Mesopotâmia – Iraque.
11. Suas leis foram sistematizadas a partir da reelaborações
de códigos de várias civilizações do Oriente Próximo, todavia 19. Heródoto, historiados grego, Egito “dádiva do Nilo”, pois
apresentaram uma novidade em relação às demais ao foi ao longo de suas margens que se desenvolveu a civilização
defender os pobres, viúvas e órfãos. egípcia.

A defesa de um deus uno, transcendete e bom implicava a O Eufrates com cerca de 2780km, é um dos maiores rios do
vivência ética e moral visando à salvação futura de cada um, Oriente Médio e passa por um momento crítico,
a consideração de si mesmos como “povo eleito” incutia nos apresentando drástica redução no nível de suas águas, o que
hebreus a responsabilidade de serem exemplo de moralidade causa grande prejuízo à agricultura no Iraque.
e vivênvia para as demais civilizações.
20. Escrita cuneiforme, silábica, criada pelo povo sumério
12. Mesopotâmia é um termo de origem grega que diz “terra que criaram um padrão de representação escrita da língua
entre rios”, numa referência às terras situadas às margens suméria falada.
dos rios Tigres e Eufrates.

O país que atualmente ocupa, a maior parte do território que


pertenceu à antiga Mesopotâmia é o Iraque

13. A mesopotâmia terra das primeiras civilizações, foi


pioneira na utilização da escrita, matemática e astronomia

14. Dioclesiano - As reformas visavam enfrentar a grave crise


econômica e política por que passava o Império, reforçando a
autoridade imperial e reestruturando o Estado por meio da
incorporação de concepções orientais às instituições romanas

Durante o período, um grande número de estrangeiros,


particularmente os germanos, passou a ser admitido no
exército romano, alguns dos quais chegando ao oficialato
profissional e compondo uma nova aristocracia provincial.