You are on page 1of 1

Ciência dos Materiais

PROPRIEDADES MAGNÉTICAS DOS MATERIAIS
Benvindo D. Lukoki 1, Carlos A. Cáceres 2*
Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - UNILAB
Instituto de Engenharias e Desenvolvimento Sustentável – IEDS

*Campus das Auroras. Rua José Franco de Oliveira, s/n. CEP.: 62.790-970 Redenção – Ceará – Brasil
e-mail: 1 ben.diky12@gmail.com; *2 caceres@unilab.edu.br

Resumo

O presente trabalho fornece uma descrição sucinta da origem dos campos
magnéticos e discute os diversos vetores do campo magnético, os fenômenos do
diamagnetismo, paramagnetismo, ferromagnetismo e antiferromagnetismo, para
além do fenômeno da supercondutividade.

Introdução
O magnetismo é o fenômeno pelo qual os materiais impõem uma força ou
influência de atração ou de repulsão sobre outros materiais, é uma propriedade
dos átomos que tem origem em sua estrutura atômica. É resultado da combinação
do momento angular orbital e do momento angular de spin do elétron. A forma
como ocorre a combinação entre esses momentos angulares determina como o
material irá se comportar na presença de outro campo magnético. É de acordo
com esse comportamento que as propriedades magnéticas dos materiais são
definidas.

Aplicações
Objetivos • Motores eléctricos;
• Geradores;
•Armazenamento de informação (quer como suporte da informação (fitas magnéticas,
• Apresentar as propriedades magnéticas dos materiais; discos de computador, etc.), quer como ferramentas de gravação ou leitura da
informação armazenada em bandas magnéticas.);
• Determinar as suas aplicações;

• Detalhar um simples experimento com imã; Experimento com Imã

Resultados

Conclusões

O estudo das propriedades magnéticas despertam interesse, pois suas
aplicações e contribuições são de grande potencial tecnológico e, também
pela compreensão de seus materiais nas mais variadas aplicações e
criações de equipamentos, máquinas (de transformadores a trens de
altíssima velocidade), a biomateriais (substâncias das quais podem ser
fabricados dispositivos que interagem com sistemas biológicos). Propõe-se
um estudo mais profundo sobre esse metal para verificação de sua
utilização como biomaterial.

Referências

CALLISTER, W. D. Ciência e Engenharia de Materiais – Uma Introdução. Rio
de Janeiro: LTC, 2002.
RIBEIRO, G. A. P., “As propriedades Magnéticas da Matéria. Um primeiro
Contato”. Revista Brasileira de Ensino de Física, v,22, n.3, p.299-305, 2000.
PADILHA,Ângelo Fernando. Materiais de engenharia : microestrutura e
propriedades. São Paulo, SP : Hemus,1997