You are on page 1of 7

PLANO DE NEGÓCIO

DROGARIA
ANDRÉ HENRIQUE REZENDE GIAROLA SILVA
andregiarola94@hotmail.com
(35) 99176-3413

TRÊS CORAÇÕES
2017

1
PRIMEIRO PASSO: Decida se vai construir uma farmácia nova ou comprar uma já existente.

Ao abrir uma farmácia independente, você tem duas opções: construir do zero ou comprar
uma já existente. Cada escolha tem vantagens e desafios únicos que devem ser pesados com
cuidado antes de se tomar uma decisão.

- Comprar uma farmácia existente: com essa opção, você terá um negócio já estabelecido e
com uma base de consumidores, e também poderá manter parte da equipe que trabalhou na
farmácia anterior, o que economizará o tempo gasto para procurar por empregados mais
tarde. Entretanto, provavelmente será mais caro comprar uma farmácia já existente: você
precisará de um financiamento maior e terá de encontrar mais investidor e esperar mais
tempo antes de começar a lucrar com o seu negócio.

- Construir uma farmácia nova: essa opção costuma ser mais barata do que comprar um
negócio já existente. Com menos arranjos financeiros para se preocupar você poderá abrir a
empresa e começar a lucrar mais rápido. No entanto, começará do zero com os consumidores
e terá de fazer muita propaganda, de preferência antes da inauguração, para ter clientes
suficientes para manter seu negócio aberto. Poderá levar um tempo até que pessoas
suficientes conheçam sua farmácia e lhe deem uma margem de lucro consistente.

Nota: Deve-se analisar a parte financeira de se abrir uma farmácia, pois isso irá refletir na
saúde da drogaria nos anos iniciais (até os lucros aparecerem). Deve procurar por farmácias já
prontas que tem a pretensão de vender, franquias e estudar o caso de montar uma do zero. É
necessário ver as três opções e qual delas é a mais vantajosa.

SEGUNDO PASSO: Analise a comunidade local.

Assim, você terá uma ideia do tipo de serviço que deve oferecer para se diferenciar das outras
farmácias. Passe um tempo falando com os moradores do local sobre as necessidades deles
em relação à saúde. Dessa maneira, você verá se a população local tem alguma necessidade
única que a sua farmácia pode atender. Modelando seus serviços para a comunidade local,
você poderá competir com sucesso contra as lojas de rede que não oferecem serviços
especializados.

- Determine quais informações demográficas podem afetar seu negócio. Por exemplo, se o
bairro tiver uma grande população idosa, você pode considerar se voltar para necessidades
geriátricas.

- Fazer uma análise também do bairro onde vai se encontrar a drogaria, a classe social do
bairro diz muito sobre o perfil de vendas da drogaria, por exemplo, quanto maior for a renda
do bairro, maior o consumo de produtos de perfumaria e medicamentos de referência, nos
bairros mais pobres o consumo de medicamentos similares e genéricos é muito maior, o que
interfere diretamente na lucratividade e volume de vendas necessário para que a drogaria seja
lucrativa. Se o local for mais pobre, você precisará manter os preços baixos para atrair os
clientes. Esse aspecto também ajudará a determinar o custo de ter um negócio na área. Se o
local for mais rico, você poderá cobrar mais, mas provavelmente também pagará mais em
aluguel, taxas, etc.

- Preste ainda mais atenção a alguma farmácia independente que tenha fechado
recentemente no local. Se puder, investigue por que ela fechou. Você poderá descobrir quais
erros o dono cometeu ou ver o fato como um sinal para evitar aquele local de vez.

2
- É importante analisar o fluxo de pessoas. Quanto maior o número de pessoas que passam na
frente do ponto comercial caminhando melhor, se o ponto tiver estacionamento, analise
também o volume de carros que passam diariamente na frente do ponto, quanto mais melhor.

- Após analisar estes números verifique os custos do ponto comercial, como aluguel, seguro,
contas como energia elétrica, e o quanto terá que investir para mobilhar o local. Observar
quais são os horários de maior movimento, assim pode ter uma ideia do horário de
funcionamento da drogaria, se vai ser apenas horário comercial, se vai funcionar também a
noite e assim por diante.

- Outro ponto importantíssimo é analisar a concorrência, veja se existem outras drogarias na


região e qual a força delas. Se o local tiver outros estabelecimentos comerciais próximos, é um
ponto positivo, lugares como postos de gasolina, mercados, padarias e hospitais.

Nota: É fundamental a escolha adequada do ponto. Segundo a Organização Mundial de Saúde,


a área de abrangência de atendimento de uma drogaria deve ter pelo menos 10 mil clientes
potenciais. Portanto, deve-se pesquisar bem antes de adquirir ou alugar um imóvel e verificar
quantas farmácias existem na região a fim de conhecer o tamanho de sua concorrência.
Lembre-se que a boa rentabilidade é resultado de uma conjunção de fatores que envolvem
principalmente o local em que foi instalado o estabelecimento. Locais de grande densidade
populacional são ideais, mas não esqueça que existem exigências e restrições à instalação de
farmácias e drogarias. Tem que se observar se o local desejado tem clientes potenciais a
receber seu estabelecimento. Às vezes sinal de não ter drogarias em um local quer dizer um
não potencial para se abrir uma, pois pode ser que o consumo de medicamentos não mantem
o estabelecimento aberto e supri com os compromissos financeiros.

TERCEIRO PASSO: Capital para investimento.

Deve-se pensar de onde vai vir o seu capital para abrir sua drogaria. Empréstimo, poupança,
familiares etc. É muito importante saber exatamente quanto vai poder investir, assim, você
desde o começo trabalha com um capital consciente.

- Os financiamentos bancários podem cobrir de alguns meses a alguns anos dos seus gastos,
dependendo do tipo de empréstimo. Devemos apresente seu plano de negócios ao buscar um
financiamento. É preciso que estejamos preparados para explicar completamente a empresa e
suas próprias finanças.

- Dependendo da estrutura, se a farmácia será de pequeno, médio ou grande porte, assim


como sua localização, o perfil do público algo, o investimento dos produtos e serviços pode
variar de R$ 25 mil até R$ 100 mil reais.

- A venda de remédios também deve ser analisada, pois a maioria é feita á vista, então você
tem um grande investimento na aquisição da matéria prima e as políticas de venda costumam
ser mais da metade á prazo pelos clientes, sendo necessário um maior capital de giro para
realizar o estoque e um prazo de retorno do investimento de até 12 meses.

QUARTO PASSO: Planejamento estratégico (vendas, faturamento e capital de giro).

Agora que você já sabe e já escolheu qual o seu ponto comercial, deve-se estudar e planejar
quais vão ser seus custos fixos, ou seja, quanto você vai gastar todos os meses
independentemente das vendas. Geralmente estes custos são: aluguel, energia, telefone,
água, sistema de gestão, contador, seguro, mensalidades diversas (empréstimos, por
exemplo), salário de funcionários e marketing/publicidade.

3
- De posse do valor que você gastará todos os meses, é necessário avaliar o ponto e se
certificar que ele tenha potencial para gerar vendas suficientes para pagar todo o custo fixo da
drogaria, mais o suficiente para repor o estoque e pagar os impostos.

- Esta etapa é fundamental, neste momento não pode economizar tempo ou esforços para
conseguir essas informações. O seu capital de investimento deve ser coerente com o ponto
comercial e com a previsão de vendas da drogaria, caso contrário vai começar um novo
negócio já sentenciado a não dar certo.

Nota: Contratar um seguro para drogaria é importante. Assim como em todos os negócios,
você precisará contratar um seguro para sua drogaria a fim de evitar perder dinheiro. Alguns
seguros, como os contra roubo ou incêndio, são padrão para pequenas empresas. Outros,
como o seguro de responsabilidade profissional, são mais exclusivos. Procurar um contador,
com um corretor de seguros e talvez com um advogado para descobrir de quais seguros vocês
precisará para seu negócio.

QUINTO PASSO: Documentação necessária.

Essa parte também é muito importante, existe uma série de documentos que são necessários
para se ter uma drogaria sendo os três principais o CNPJ, o certificado de regularidade do CRF
e a autorização sanitária.

Nesta etapa é importante atentar-se ao layout da drogaria, e ver se toda a instalação esta de
acordo com a legislação, como por exemplo a metragem da sala de serviços farmacêuticos, a
circulação dos clientes, o armário de medicamentos controlados, área de limpeza,
dedetização, ventilação do local e assim por diante. Busque se orientar com os órgãos
competentes ou com consultorias especializadas.

É necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:

- registro na Junta Comercial;

- registro na Secretária da Receita Federal;

- registro na Secretária da Fazenda;

- registro na Prefeitura do Município;

- registro no INSS; somente quando não tem o CNPJ - pessoa autônoma - registro no Sindicato
Patronal;

- alvará da Vigilância Sanitária;

- responsável técnico habilitado;

- registro no Ministério da Saúde.

1º - Para iniciar, é preciso abrir firma. Vá à um cartório de registro civil, para registrar sua
assinatura, e leve todos seus documentos pessoais (RG, CPF, Certidões), com cópias
autenticadas.

2º - Depois de abrir firma, vá à junta comercial do seu estado ou ao órgão de registro de


empresas, para registrar que sua empresa existe oficialmente. E para realizar esse
procedimento, é necessário o Contrato Social *, os Documentos pessoais de cada sócio
(autenticados), e a cópia do comprovante de endereço da empresa. * Contrato Social: é o
documento mais importante no processo de abertura, e é feito com a ajuda de um advogado e

4
um contador. Precisa conter os seguintes itens: interesse das partes; objetivo da empresa;
descrição do aspecto societário e a maneira de integralização das cotas. Ao ir à junta
comercial, o empresário obterá o NIRE (Número de Identificação do Registro de Empresa). Há
sempre um preço e um prazo para abertura, que varia a cada local. Consulte o site da Junta
Comercial do seu estado para obter mais informações.

3º - Com o NIRE, já é possível ter o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas), e o DECA
(Declaração Cadastral), ou seja, sua empresa já está apta a pagar impostos, é um registro de
contribuinte. * CNPJ: é um número para identificação de uma pessoa jurídica perante a
Receita Federal. Sem o CNPJ não há como fazer contratos, transações, abrir processos, entre
outros. Através do CNPJ é informado a data de abertura, nome da empresa, nome fantasia,
código e descrição da natureza jurídica, código e descrição da atividade econômica principal
(CNAE), código e descrição das atividades econômicas secundárias, situação cadastral do
contribuinte e endereço. * DECA: é um cadastro no sistema tributário do seu estado, feito
junto à Secretaria Estadual da Fazenda. Ao fazer o cadastro no CNPJ, é preciso saber se o tipo
de empresa faz parte do SIMPLES (Sistema Integrado de Imposto e Contribuições das
Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte), para que essa classificação seja usada na
tributação, e na fiscalização das atividades da empresa. Sendo assim, antes de fazer seu
cadastro, faça uma consulta para saber em que tipo sua empresa é classificada.

4º - O próximo passo é fazer o cadastro na prefeitura, para receber o alvará de funcionamento,


que é uma licença que permite o funcionamento e a localização da empresa. O alvará pode ser
obtido pela internet, ou na secretaria de finanças de sua cidade. Não deixe de retirar o alvará,
para que a empresa não seja considerada ilegal, não corra o risco de ser fechada e do
empresário ser punido. 5º - Para a contratação de funcionários, é necessário fazer um
cadastro da empresa e de seus responsáveis, na Previdência Social, e agir corretamente de
acordo com as obrigações trabalhistas. Após o funcionamento da empresa, o prazo para esse
cadastro é de 30 dias. 6º - O último passo, é preparar o aparato fiscal de sua empresa,
solicitando a Impressão de Notas Fiscais e a Autenticação de Livros Fiscais. Esse procedimento
é feito na Secretaria de Estado da Fazenda.

Nota: Ver todo o procedimento com um contador.

Documentos necessários da drogaria no Conselho Regional de Farmácia:

- 01 (uma) cópia autenticada do laudo de vistoria prévia;

- 01 (uma) cópia autenticada do contrato social de constituição de forma coletiva ou individual;

- Caso ocorra alguma alteração contratual, 01(uma) cópia autenticada de cada alteração;

- 01 (uma) cópia autenticada do CNPJ (CGC) da firma;

- 01 (uma) cópia autenticada da inscrição estadual;

- 01 (uma) cópia da Carteira de Trabalho página da foto e verso, página da contratação ou


contrato de prestação de serviço com firma reconhecida em cartório;

- 01 (uma) copia autenticada do laudo de vistoria prévia;

Declaração de horário de funcionamento da firma, feito em papel timbrado, carimbo do CGC,


assinatura do proprietário e duas testemunhas com firmas reconhecidas em cartório.

5
As taxas só serão emitidas após apresentação da documentação acima citada, através de
boleto expedido pelo CRF. Mais informações podem ser obtidas no Conselho Regional de
Farmácia do seu Estado

SEXTO PASSO: Previsão de custo.

1 – Aluguel do ponto comercial

O interessante que para se iniciar tanto com um ponto alugado como um ponto construído,
um tamanho 50m² o local já é um bom início.

Um ponto comercial de 50m² em uma região central 2 mil reais, e em regiões mais afastadas
do centro, fica na média de 1 mil reais.

2 – Moveis, prateleiras, computadores e outros.

Prateleiras de ferro, alguns móveis da drogaria ficam em torno de 25 mil reais. 2


computadores, 1 impressora gastará por volta de 4 mil reais.

3 – Documentos.

Alvará Municipal: Média entre 100 a 200 reais;

Alvará de Saúde: “O valor da taxa de renovação de AFE (autorização de funcionamento de


empresa) no caso de drogarias e farmácias é único, R$ 500,00 (quinhentos reais),
independentemente do porte da empresa. Nos demais casos (incluindo AE), o valor da taxa
dependerá do porte da empresa, conforme estabelecido pela RDC nº 222 / 2006.” Fonte:
Anvisa

CRF: A anuidade de pessoa jurídica gira em torno do enquadramento do Capital social:


Anuidade Pessoa Jurídica / 2015

Faixas de enquadramento do Capital Social Anuidade 1ª Faixa – Capital de R$ 0,01 até R$


50.000,00 R$ 559,52 2ª Faixa – Capital de R$ 50.000,01 até R$ 200.000,00R$ 1.119,04 3ª Faixa
– Capital de R$ 200.000,01 até R$ 500.000,00R$ 1.678,56 4ª Faixa – Capital de R$ 500.000,01
até R$ 1.000.000,00 R$ 2.238,08 5ª Faixa – Capital de R$ 1.000.000,01 até R$ 2.000.000,00 R$
2.797,61 6ª Faixa – Capital de R$ 2.000.000,01 até R$ 10.000.000,00R$ 3.357,13 7ª Faixa –
Capital acima de R$ 10.000.000,00***R$ 4.476,17. Fonte: CRF-MG;

Certidão do Corpo de Bombeiros: de 100 a 200 reais em média;

Certificado de Dedetização: em média 100 a 200 reais;

CNPJ: Em média 1000 reais.

4 – Contador

Sua empresa precisará de um contador. Em média paga-se por mês 880 erais.

5 – Funcionários

Vamos trabalhar na hipótese que você apenas contrate uma pessoa para o caixa e outra para
limpeza. Em média é um salário comercial da região que gira em torno de 880 reais, ou seja
1780 reais no total.

6
6 – Compra de Medicamentos e Perfumaria

Aqui está o essencial. Depende muito do porte da drogaria. Em uma drogaria de pequeno
porte, geralmente 25 mil reais de medicamentos genéricos, similares já dá um bom estoque.
Em 10 mil reais ficam em média as compras de medicamentos éticos. Ou seja, com 35 mil
deixa com o estoque sua farmácia em medicamentos. Na parte da perfumaria é bom dar uma
especial atenção também visto que ela representa 25% de lucro na Drogaria. Creio que uma
compra de 10 mil de perfumarias tomando como exemplo uma drogaria de porte médio
também ficaria com um estoque bom.

SÉTIMO PASSO: Procurar os melhores fornecedores.

OITAVO PASSO: Contratação de funcionário e Perfil.

NONO PASSO: Monitoramento.

Atentando-se para os 5 passos anteriores você deve monitorar todos os seus resultados,
estipule metas de crescimento e esteja preparado para os primeiros meses, que geralmente
são os mais difíceis. Tenha uma reserva financeira para o capital de giro, isso pode determinar
seu sucesso ou seu fracasso.

Não economize tempo nem dinheiro na busca de informações e ajuda, converse com pessoas
mais experientes, pesquise na internet, busque consultorias especializadas e tenha
determinação.