You are on page 1of 3

PLANO DE ENSINO – 2012

CURSO: DIREITO
DISCIPLINA: DIREITO CIVIL II - PARTE GERAL II CÓDIGO:
POSIÇÃO NA GRADE DO CURSO: 2º CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 h
EMENTA:. Fatos jurídicos e seus reflexos sociais. 2. Negócios jurídicos. 3. Atos ilícitos. 4. Atos
lesivos não considerados ilícitos. Legítima defesa, exercício regular de direito e estado de
necessidade. 5. Tempo no direito. 6. Provas.
OBJETIVOS:
1) Geral: contribuir para que, ao longo do curso, o aluno apreenda as 03 (três) abordagens
cognoscitivas mínimas dos conteúdos programáticos: domínio conceitual (doutrinas diversas),
lógico (dialética formal e material) e comunicacional (verbalização escrita e oral, técnica
redacional argumentativa e noções de oratória).
2) Específicos: Possibilitar ao discente iniciar sua formação em direito privado, com ênfase nos
fatos e negócios jurídicos, seus defeitos e vícios, bem como o efeito tempo no direito civil,
motivando o contato com os conceitos disciplinadores do tema, a firmar o conhecimento e
conduta do discente para operar o direito.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: PLANOGRAMA


1 Apresentação da matéria, do programa e da bibliografia.
Atos jurídicos, fatos jurídicos e seus reflexos sociais.
Fatos naturais (Fatos jurídicos "strictu sensu") e Fatos
humanos (Atos jurídicos "lato sensu")
2 Negócio jurídico. Conceito, classificação e interpretação
3 Aquisição, defesa e extinção. Teorias sobre a autonomia
privada.
4 Elementos dos negócios jurídicos. Classificação.
Elementos essenciais naturais: Vícios redibitórios e
evicção.
5 Elementos dos negócios jurídicos. Classificação.
Elementos acidentais: Condição, termo e encargo.
6 Formalidade do negócio jurídico
7 Defeitos dos negócios jurídicos (vícios do consentimento
e vícios sociais). Vícios do consentimento: erro ou
ignorância, dolo, coação
8 Vícios do consentimento: estado de perigo e lesão

9 Vício social: fraude contra credores.


10 AVALIAÇÃO.
11 Simulação.
12 Invalidade e ineficácia dos negócios jurídicos
13 Atos ilícitos. Teoria geral. Responsabilidade Contratual e
Extracontratual. Abuso de direito
14 Atos lesivos não
considerados ilícitos:
Legítima defesa, exercício regular de direito e estado de
necessidade.
15 Tempo no direito. Prescrição. Decadência
16 Provas no direito civil: Noções gerais. Espécies.
17 AVALIAÇÃO.
BIBLIOGRAFIA BÁSICA:
GOMES, ORLANDO. Introdução do direito civil. 19ª Ed., Rio de Janeiro: Forense, 2007.
GONÇALVES, Carlos ROBERTO. Direito Civil Brasileiro. 7ª Ed., São Paulo: Saraiva, 2009, v.1.
RODRIGUES, SILVIO. Direito civil. 34ª Ed., São Paulo: Saraiva, 2007, V. 1.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
DINIZ, Maria Helena. Curso de direito civil brasileiro. São Paulo: Saraiva, 2008, v.1
_____. Compêndio de introdução à ciência do direito. 18. ed. São Paulo: Saraiva, 2006.
VENOSA, Silvio de Salvo. Direito Civil. 9ª Ed., São Paulo: Atlas, 2009, v. 1.
GAGLIANO, Pablo Stolze; FILHO, Rodolfo Mancuso. Novo Curso de Direito Civil. São Paulo:
Saraiva, 2009, v.1.
WALD, Arnoldo. Curso de direito civil brasileiro – Introdução e parte geral, 10a ed, São Paulo:
Saraiva, 2007.
METODOLOGIA DE ENSINO:
Quanto à exposição de aula - o professor substitui a aula-monólogo por exposições dialógicas,
construindo conceitos teóricos, promovendo as reflexões de interpretação das fontes do direito,
produzindo conclusões, com a consequente análise de casos concretos, fomentando a pesquisa
de jurisprudência e a leitura de obras doutrinárias recomendadas.
Quanto ao registro da matéria ensinada - o conteúdo é resumido em quadros sinópticos ou mapas
conceituais, que estimulem a memorização visual do discente e a retenção de informações, de
forma que o discente construa o seu conhecimento a respeito dos temas ministrados.

SISTEMA DE AVALIAÇÃO:
O instrumento avaliativo denominado AV1 deve se dar de forma individual e deve contemplar o
conteúdo ministrado em aula, na forma de casos práticos, facultando-se ao professor regente da
disciplina deliberar a respeito da possibilidade de consulta à legislação, doutrina e jurisprudência.
Vedada a aplicação de avaliação exclusivamente de natureza objetiva (múltipla escolha).
Os instrumentos avaliativos denominados AV2 e AV3, deverão contemplar a totalidade do
conteúdo programático ministrado no semestre letivo, não sendo permitido o fracionamento
conteudístico. Estes instrumentos deverão se dar de forma dissertativa, com consulta obrigatória à
legislação, doutrina e jurisprudência, contemplando casos concretos, sendo terminantemente
vedadas questões meramente conceituais.
ELABORAÇÃO: PROFESSOR (ES) RESPONSÁVEL (EIS):
Profa.:
Data
Aprovação