You are on page 1of 62

Antonio Pitaguari

A VERDADE SOBRE O COLESTEROL:


INDICADORES,
RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Copyright © Autonomia em Saúde, 2016 (revisão em 22.01.18)


Redação e Diagramação: Antonio Pitaguari
Revisão: Anália Lopes

Autonomia em Saúde – CNPJ 23.025.036/0001-25


Rua Cosmoética, 1847 – Cognópolis
Foz do Iguaçu, PR – 85853-755
antonio.pitaguari@gmail.com – www.autonomiaemsaude.net.br/

Pitaguari, Antonio.
A verdade sobre o colesterol : indicadores, recomendações e evitações /
Antonio Pitaguari. – Foz do Iguaçu: Autonomia em Saúde, 2016.

PDF

1. Saúde. 2. Autonomia. 3. Colesterol. I. Título.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 2


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 3


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Introdução ............................ 06

ÍNDICE 1 O que é Colesterol ................ 10

2 Importância do Colesterol ....... 19

3 Patologias: Colesterol ou

Inflamação? ........................... 25

4 Indicadores ......................... 30

5 Recomendações ................... 37

6 Evitações ........................... 51

Conclusão ............................. 58

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 4


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

“UMA NOVA VERDADE CIENTÍFICA NÃO SURGE COM O


CONVENCIMENTO DOS OPONENTES... MAS, EVENTUALMENTE,
COM A MORTE DESSES OPONENTES E O SURGIMENTO DE
UMA NOVA GERAÇÃO FAMILIARIZADA COM A NOVIDADE”
Max Planck (1858-1947)

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 5


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

INTRODUÇÃO
Este e-book busca aproximar o leitor da
verdade sobre o colesterol.

Embora tenham sido responsabilizados por


inúmeros problemas de saúde, nem colesterol
e nem gordura são ruins para a saúde, pelo
contrário.

Você vai ver aqui como cuidar da maneira


correta do colesterol, atributo fundamental
para melhorar sua saúde.

Boa leitura!

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 6


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

A partir de 2004, sempre ao fazer exames de rotina, o


médico me prescrevia medicamento para baixar o
colesterol. Evitei várias vezes. Não parecia certo alguém
precisar tomar remédio pelo resto da vida.

A
EXPERIÊNCIA DOS ÚLTIMOS ANOS
TROUXE-ME A NECESSIDADE DE ESTUDAR
SAÚDE, BASE PARA PENSAR CLARO,
ALCANÇAR OBJETIVOS E VIVER MELHOR.

Influenciado por amigos que seguiam a orientação,


preocupado com prevenção, acabei cedendo e fiz uso de
crestor (estatina) por seis meses. Os efeitos colaterais,
fisiológicos e mentais, foram insustentáveis: moleza, dores
nas articulações, sonolência, redução de lucidez (brain fog) e
perda de memória. Desde então, há sete anos, tenho me
dedicado a estudar o tema.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 7


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Saúde é viável e depende principalmente do nível de


autonomia pessoal, ou seja, é preciso ser responsável
por si mesmo. O caminho pode ser longo, mas apenas
começar a fazer as coisas certas já traz benefícios.

É preciso reconhecer a eficiência da medicina


alopática ao tratar de problemas agudos. Porém,
embora toda a boa vontade dos profissionais de
saúde, não apenas o “tratamento do colesterol”, mas
a medicina oficial, de modo geral, é um desastre
quando se considera a epidemia de doenças crônicas.

BOA MEDICINA NÃO PRESCREVE MEDICAMENTO


QUE MASCARA SINTOMA, MAS EDUCA PARA
IDENTIFICAR E RESOLVER A CAUSA DO PROBLEMA.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 8


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 9


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

O que é Colesterol

1 Colesterol não é gordura.

Colesterol é uma molécula macia


e cerosa, encontrada não apenas
na corrente sanguínea, mas em
todas as células do corpo.

O colesterol exerce as importantes


funções de proteção do sistema nervoso,
produção de membranas, de hormônios,
de vitamina D e até de ácidos biliares que
ajudam a digerir a gordura.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 10


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Composição
Colesterol não é gordura,
mas uma molécula neutra, macia e cerosa.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 11


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Colesterol é uma molécula com 27 átomos de


carbono, 46 de hidrogênio e um de oxigênio.

Toda molécula de colesterol tem três partes:


1. Uma ponta de hidrogênio.
2. O corpo formado pelos anéis de
hidrocarboneto.
3. A cauda de carbono.

COLESTEROL NÃO É BOM OU RUIM.


É UM HORMÔNIO ESTEROIDE NEUTRO.

Colesterol existe isolado ou em ésteres. O segundo


tipo, mais comum, é utilizado ou armazenado pelas
células, além de ser transportado pelo plasma
sanguíneo em combinação de lipídio (gordura) e
proteína de densidade variável.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 12


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Assim, chegamos aos três tipos que formam o


colesterol total:

1. Lipoproteína de baixa densidade (LDL). Responsável


por levar o colesterol pelas artérias a fim de atender as
necessidades celulares. Por isso, embora exerça funções
importantes, foi estigmatizado como colesterol ruim.
2. Lipoproteína de alta densidade (HDL). Traz o
colesterol utilizado pelo corpo de volta para o fígado.
Assim, ficou conhecido como o colesterol bom.
3. Triglicérides. Gordura em forma neutra. Por não ser
ácido, sem ação detergente, tem a função de
neutralizar ácidos graxos.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 13


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Distribuição
do Colesterol

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 14


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Relação entre os componentes


do Colesterol Total (CT)

Fórmula de Friedewald

CT = LDL + HDL + TRIG


5

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 15


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

COLESTEROL ELEVADO NÃO CAUSA


DOENÇAS, MAS É INFLUENCIADO POR ELAS.

Grande parte das orientações que recebemos sobre


colesterol, gordura saturada, enfarto e acidente
vascular e doenças crônicas não está correta.

Basta ver, a prescrição de medicamentos para baixar


colesterol e as severas indicações para se evitar
gordura só fizeram aumentar os índices de doenças
crônicas que enfrentamos atualmente.

Veja na página seguinte a capa da Revista Time,


edições de 1961 e 1984, com exemplos de
orientações equivocadas, e de 2014, com
a absolvição da gordura.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 16


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 17


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 18


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Importância do Colesterol

2 O mito do quanto menos colesterol


melhor vem sendo desmascarado dia
a dia.

As pessoas longevas, em geral, tem


colesterol “alto”.

O que obstrui a passagem do sangue e


cria placas de aterosclerose não é o
colesterol alto mas a inflamação
continuada produzida por alimentos
impróprios.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 19


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Colesterol é seu amigo, importante atributo para


melhorar a saúde e elemento crítico para a vida.

A molécula de colesterol faz parte não apenas da


corrente sanguínea, mas de todas as células do
corpo. Contribui para a produção de membranas,
hormônios, vitamina D e ácidos biliares.

COM FUNÇÕES IMPORTANTES PARA


O CÉREBRO E O SISTEMA NERVOSO,
O COLESTEROL AJUDA A FORMAR
PENSAMENTOS, MEMÓRIAS E MOVIMENTOS.

Colesterol é necessário para a transmissão de


informações entre neurônios e produção de
hormônios, além de ajudar a digerir a gordura.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 20


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

FUNÇÕES DO COLESTEROL

1. Membranas celulares e lipoproteínas.


2. Proteção dos nervos.
3. Ácidos e sais biliares para digestão.
4. Síntese de hormônios esteroides:
androgênio, estrogênio, progesterona, testosterona,
cortisona, glicocorticoides e mineralocorticoides:
5. Síntese da luz solar em vitamina D, e outros.

COLESTEROL É VITAL PARA O CORPO HUMANO.


NÃO HÁ VIDA SEM COLESTEROL.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 21


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

A origem do colesterol se divide em


duas fontes:

1. Colesterol endógeno:
75% é produzido no fígado.

2. Colesterol exógeno:
25% é absorvido pela alimentação.

QUANTO MENOS INGESTÃO DE COLESTEROL,


MAIS O FÍGADO PRECISA PRODUZI-LO PARA
ATENDER AS NECESSIDADES CORPORAIS.

Precisamos de colesterol. Interferir em sua produção


resulta em sérios problemas de saúde.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 22


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Sistema Nervoso

Cérebro = 2% do peso corporal,


mas acumula 25% do colesterol do corpo.

Baixar colesterol artificialmente tem grande impacto:


reduz conexões entre os neurônios, dificulta elaboração
de pensamentos, diminui nível de atenção, de recuperação
de memória e até execução de movimentos.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 23


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

“SE EXISTE UM DANO TAL QUE FORÇA A DISTRIBUIÇÃO


DE COLESTEROL EXTRA NA CORRENTE SANGUÍNEA, NÃO
PARECE RAZOÁVEL SIMPLESMENTE BAIXAR O COLESTEROL
E DESCONSIDERAR O MOTIVO DELE ESTAR LÁ EM
PRIMEIRO LUGAR. PARECE MUITO MAIS INTELIGENTE
REDUZIR A NECESSIDADE EXTRA DO COLESTEROL, O
DANO, A RAZÃO DA INFLAMAÇÃO CRÔNICA”

Ron Rosedale

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 24


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Patologias: Colesterol

3 ou Inflamação?

Colesterol não causa doenças.

Pelo contrário, danos celulares


exigem colesterol como parte
da defesa natural do corpo.

O problema é a inflamação crônica.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 25


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Níveis de inflamação

A. Inflamação aguda.

Um corte, por exemplo:


1. Local fica quente, vermelho, inchado e dolorido.
2. Vasos contraem e endurecem.
3. Diminui fluxo para coagular o sangramento.
4. Colesterol é necessário para recuperação celular.
Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 26
A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

B. Inflamação crônica. Base da síndrome metabólica: raiz da


maioria das doenças. Excesso de glicose/insulina no sangue.

Glicose

✓ Limite de glicose no sangue em


jejum 100mg/dl, em 1 litro =
1000mg (1g), temos 5 a 6 litros de
sangue = logo 5 a 6 g de açúcar.
✓ Refrigerante = 25 a 30 g (açúcar).
✓ Índice glicêmico açúcar = 100.
✓ Índice glicêmico cerveja = 110.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 27


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Analogia do açúcar na panela quente.


O sangue mantém a temperatura corporal.
Açúcar aquecido endurece, glicose em excesso fixa placas
de ateroma no endotélio (órgão entre o sangue e os vasos
sanguíneos).

Aterosclerose. Patologia
responsável pela redução
e obstrução do fluxo do sangue.
Tipos:
1. Processo isquêmico (obstrução
do vaso).
2. Processo hemorrágico
(rompimento e sangramento).

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 28


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Síndrome metabólica. Conjunto de condições, resultantes


da inflamação crônica, que aumenta o risco de doenças
crônicas.

Exemplos de patologias:

✓ Hipertensão
✓ Enfarto
✓ Doenças vasculares
✓ Obesidade
✓ Diabetes
✓ Câncer
✓ E outras diversas...

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 29


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Indicadores

4 A menos que abaixo de 150 ou acima de


330 mg/dl, colesterol total não é indicador
de risco de doença.

Para isso, veja como avaliar.


• Colesterol Total.
• Proteína C Reativa.
• Relação entre HDL e Colesterol Total.
• Relação entre Triglicérides e HDL.

Todos indicadores importantes a serem


acompanhados pelos interessados em
melhorar a saúde pessoal.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 30


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Muito se fala de colesterol alto. Colesterol baixo


também pode ser um sério problema de saúde.
Todas as células dependem de colesterol para saúde
e renovação. Colesterol alto ou baixo é secundário.

Precisamos de outros indicadores. Artérias lesadas


elevam o colesterol. Níveis alterados de colesterol,
podem apontar a tentativa do corpo de resolver e
curar um possível processo inflamatório.

Inflamação é a resposta natural de cura do corpo.


Os vasos se contraem e enrijecem a fim de coagular.
O sistema imune combate os invasores. As células se
multiplicam para reparar o dano. Células não se
formam sem colesterol, necessário também para
substituir as danificadas. A questão é grave quando o
problema se torna recorrente, no caso da inflamação
crônica.
Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 31
A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Como vimos, o valor de colesterol total em si não


é necessariamente um indicador de risco de
doença.

Como parâmetro inicial, pode-se considerar que


abaixo de 150 encontra-se muito baixo. Entre 200
e 250 temos um nível bom. Acima de 330 muito
alto.
Colesterol Total
Indicadores mais efetivos para analisar riscos e
prevenção de doenças são: Abaixo de 150 Muito baixo
150 a 200 Baixo
• Proteína C Reativa. 200 a 250 Bom
• Relação HDL e Colesterol Total.
• Relação Triglicérides e HDL. 250 a 330 Alto
Acima de 330 Muito alto

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 32


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

3.1 Proteína C Reativa (PCR)

O teste normalmente utilizado para


determinar a presença de inflamação
crônica é a proteína c reativa por meio de
exame de sangue.

PCR marca a inflamação nas artérias.

Avaliação

1. Menos de 1 mg (por litro de sangue):


baixo risco.
2. De 1 a 3 mg: risco intermediário.
3. Acima de 3mg: risco alto.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 33


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

3.2 Razão HDL / Colesterol total

O segundo passo, simples, para fazer a análise dos


resultados, a fim de identificar normalidade ou risco,
é dividir o valor do HDL pelo valor do colesterol total.

Fórmula: Dividir o valor do HDL pelo valor do


colesterol total:

O ideal é obter um percentual acima de 24%. Razão = HDL


Entre 10% e 24% é considerado insuficiente. CT
Menos de 0,10 é deficiente.

Quanto maior a razão melhor, ou seja, menor risco


de problema cardíaco.

Exemplo: 60 (HDL) / 230 (CT) = 0.26 ou 26% (nível


bom)
Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 34
A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

3.3 Razão triglicérides / HDL

Triglicérides deriva do excesso de açúcar e gordura.


Acima de 200 aumenta em três vezes o risco de
enfarto. HDL, o bom colesterol, previne doença
cardíaca. Quanto menor o triglicérides e maior o Razão = Trig
HDL, menor a relação e melhor o resultado. A razão
triglicérides e HDL é um dos fatores mais eficientes HDL
na previsão de problemas cardíacos.

Fórmula: dividir o valor do triglicérides pelo valor do


HDL

O ideal é o resultado abaixo de 2. Entre 2 e 6 o


resultado é alto. Acima de 6, muito alto.

Exemplo: 95 (triglicérides) / 60 (HDL) = 1,58 (bom)

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 35


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 36


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Recomendações

5 Alimentação é pilar básico da saúde.

Independente dos resultados obtidos, o


primeiro passo para qualquer tratamento de
saúde deve sempre começar pela alimentação.

Também vale acompanhar a glicose, reduzir o


triglicérides e aumentar o HDL.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 37


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

4.1 Dieta é fundamental

✓ Não economize com alimentos.


✓ Não se descuide da alimentação.
✓ Se não comer bem, você não será saudável.
✓ Sem saúde, não há qualidade e nem tempo de vida.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 38


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 39


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 40


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

A dieta rica em carboidratos, açúcares e grãos


refinados, força o corpo a produzir mais colesterol do
que necessita, resultando em excesso de colesterol.

Por outro lado, a proibição de gorduras nas dietas


continua a ser promovida por organizações de saúde,
apesar de amplos dados científicos que mostram:

✓ Lipídios executam funções nutricionais


necessárias.

✓ Dietas de baixo teor de gordura tendem a ser


deficiente em ácidos graxos essenciais.

✓ Gorduras alimentares não são responsáveis pela


epidemia de doenças crônicas que vivemos
hoje.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 41


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Nutrição: Pilar Primário da Saúde

Um dos conceitos mais vago e impreciso é o de


alimentação saudável.

O que é comida de verdade? Verduras e frutas com


agrotóxicos? Carne obtida de animais alimentados com
ração de milho transgênico e a base de antibióticos?

Além da qualidade, precisamos identificar o tipo


nutricional pessoal, a partir das necessidades
individuais de macronutrientes (e de micronutrientes)
e não do que se pensa ser a melhor dieta. Não apenas
de calorias mas dos efeitos metabólicos individuais. O
índice glicêmico de algum alimento não é sempre igual
para todas as pessoas, ou seja, varia conforme a
individualidade bioquímica.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 42


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Tipos Nutricionais

Observando-se os macronutrientes, os três


possíveis tipos nutricionais encontram-se
relacionados as três melhores dietas:

4.1 Predominância de carboidratos

O tipo nutricional está relacionado ao consumo de


maior percentual de carboidratos, em relação a
gordura e proteína.

Exemplo de dieta: vegetariana.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 43


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

4.2 Equilíbrio carboidrato e gordura

O tipo nutricional está relacionado ao consumo


equilibrado de carboidrato, gordura e proteína.

Exemplo de dieta: dieta mediterrânea.

4.3 Predominância de gordura

O tipo nutricional está relacionado ao consumo


de maior percentual de gordura, em relação
a carboidrato e proteína.

Exemplo de dieta: dieta paleolítica.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 44


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Melhor Dieta vs. Sistema Nervoso

Com base nas pesquisas de William


Donald Kelley e Nicholas Gonzalez, é
possível relacionar a melhor dieta com
a predominância do sistema nervoso
autônomo pessoal:

✓ Sistema nervoso simpático (pessoa


mais motora/ansiosa): a dieta
vegetariana.
✓ Sistema nervoso parassimpático
(pessoa mais reflexiva/depressiva): a
dieta paleo ou cetogênica.
✓ Sistema nervoso equilibrado: dieta
mediterrânea.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 45


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 46


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

4.2 Controlar Glicose

O nível de glicose (açúcar) no sangue, em jejum,


entre 100 e 125 mg/dl apresenta 300% de risco de
contrair doenças crônicas. Infelizmente muita gente
só faz o teste raramente e apenas em jejum.

Adquirir um glicosímetro é importante investimento


para a saúde pessoal. Não custa caro. Você pode
conseguir sem custo em algum laboratório
farmacêutico. A fita custa pouco mais de 1 real (cada
medição). Tenho um Accu-Chek Active da Roche.

Meça sua glicose com frequência, principalmente


depois das refeições. Procure aprender a não deixar
passar de 120 mg/dl. Identifique e evite os
alimentos causadores das possíveis elevações.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 47


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

4.3 Reduzir níveis de triglicerídeos

✓ Diminuir carboidratos (farináceos, açúcar e


frutose) é a solução para a redução de
triglicérides. Também emagrece, reduzindo o
peso corporal.

✓ Consuma Ômega-3, 2 a 3 gramas por dia em


conjunto com as refeições.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 48


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

4.4 Elevar o HDL:

✓ Faça uso de niacina (vitamina B3). Começar com


250 mg três vezes ao dia, aumentar lentamente
até 1-2 gramas, em até três vezes por dia.
✓ Pratique exercício físico regular. Três a cinco vezes
por semana, com sessões de 30 a 60 minutos.
✓ Beba suco de uva. Resveratrol aumenta o HDL.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 49


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 50


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Evitações

6 A menos que você sofra de


hipercolesterolemia (CT acima de 330)
medicamentos como estatina, bem como
alimentos processados e poluentes
químicos precisam ser evitados.

Inúmeros estudos apontam sérios efeitos


colaterais promovidos pelos medicamentos
para baixar o colesterol:

➢ Fraqueza muscular.
➢ Perda cognitiva.
➢ Diabetes.
➢ Disfunção sexual.
➢ Aumento do risco de câncer.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 51


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Pare por um momento e pense em seus antepassados,


como se desenvolveu a biologia humana e a relação
dos alimentos e elementos químicos com a genética.

As culturas alimentares variam muito. Em cada região


os alimentos eram diferentes. No ártico, os esquimós
comiam basicamente produtos animais. Já nos trópicos,
animais, laticínios, tubérculos, vegetais e frutas. Fartura
não era comum, não se comia uma refeição
equilibrada a cada 3 horas e, principalmente, não havia
alimentos processados e nem poluentes químicos.

EVITAR PRODUTOS QUÍMICOS E ALIMENTOS


PROCESSADOS TALVEZ SEJA A MAIS
IMPORTANTE ORIENTAÇÃO A SER SEGUIDA
POR QUEM BUSCA SAÚDE MELHOR.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 52


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

O problema é que a genética humana não se


desenvolveu na fartura selecionando produtos e
alimentos, mas consumindo o que havia disponível.

CADA UM DE NÓS PRECISA APRENDER


A EVITAR O QUE NÃO É BOM.

Michael Pollan, no livro Regras da Comida,


popularizou uma pérola,

NÃO COMA NADA QUE SUA BISAVÓ


NÃO RECONHECERIA COMO ALIMENTO.

Ninguém pode ter saúde pelo outro. Saúde é


responsabilidade pessoal e implica em um
estilo de vida responsável e sustentável.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 53


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

5.1 Alimentos Processados

Se não pretendemos fazer parte das estatísticas de


doenças crônicas é preciso evitar produtos com
alterações biológicas e químicas para as quais o
corpo humano não foi preparado.

O percentual desses pseudoalimentos em


supermercados, padarias e coffee-breaks é muito
alto, chega a ser assustador.

A lista é imensa e inclui, por exemplo: batatas


‘sintéticas’, cereais, farináceos salgados e doces,
bolos, óleos e gorduras vegetais, soja e milho
geneticamente modificados, sal refinado, leite
pasteurizado, refrigerantes sucos processados,
cervejas.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 54


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

5.2 Medicamentos

A maioria das pessoas não precisa de medicamentos.


Quando se respeita as reais necessidades do corpo
remédio é desnecessário.

Precisamos nos tornar consumidores lúcidos diante


de interesses secundários dos órgãos de saúde e de
mídia. Saúde é ter consciência de que:

• O corpo humano tem alta capacidade de


regeneração.
• Não precisa ser calibrado com fármacos.
• Doutor não é a autoridade que prescreve o que
você deve fazer, mas que ensina como identificar
causas e resolver problemas de saúde.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 55


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

5.3 Poluentes Químicos

Vivemos em um mundo no qual o ar tóxico de


veículos e indústrias, alimentos com pesticidas,
produtos de higiene pessoal, residenciais e
eletromagnéticos são tóxicos e cancerígenos.

Por exemplo: cloro; flúor; talco; sulfato de sódio;


dióxido de titânio; nitrosaminas; lanolina; dioxina;
sacarina; formaldeído; chumbo; alumínio, mercúrio,
fragrâncias, entre muitos outros elementos,
presentes, por exemplo, na água, sabão, shampoo,
pasta de dente, desodorantes, protetores solares,
maquiagens... (a lista é interminável).

Tudo que você tem contato precisa ser considerado


e avaliado. O ideal é reduzir o contato com todos
esses poluentes ao mínimo possível.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 56


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 57


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Conclusão
Como se pode ver, alteração de colesterol não é causa, mas
efeito de algum problema. Colesterol baixo pode ser até
pior do que alto.

Comer alimentos processados, medicamentos e poluentes


prejudicam o colesterol, cujo nível seguro e de qualidade
depende de um estilo de vida saudável.

Estamos falando de construir um temperamento capaz de


enfrentar e superar desafios, administrar estresse e
promover sono de qualidade, além de alimentação e
movimento conforme as necessidades e responsabilidades
individuais, ambientais e comunitárias.

Você está pronto para desfazer o mito do colesterol?

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 58


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Oportunidade de Mudança

Qual a razão dos seus sintomas? Problema, dor ou


doença pode ser visto como obstáculo a ser
superado ou como oportunidade de saúde. Uma boa
pergunta é meio caminho para resolver o problema.

É perfeitamente possível prevenir e tratar doenças


crônicas sem medicamentos. Nenhuma doença
resulta da deficiência de fármaco para suprimir
sintoma.

Lembre-se, o corpo humano quando respeitado,


sem ansiedade, é capaz de regenerar qualquer
problema de saúde.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 59


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

“PARA SABER QUEM CONTROLA


SUA VIDA, SIMPLESMENTE
DESCUBRA QUEM VOCÊ NÃO
TEM PERMISSÃO PARA CRITICAR”
Voltaire (1694-1778)

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 60


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Material Consultado e Sugerido

CAMPBELL-McBRIDE, Natasha. Put your heart in your mouth. Cambridge: Medinform Publishing, 2007.

MERCOLA, Joseph. The low-down on cholesterol: Why you need it, and the real methods to get your level
right. Ebook. Disponível em: <http://www.mercola.com/ebook/how-to-lower-cholesterol.aspx>. Acesso
em: 01.03.2013.

OTTOBONI, Alice; & OTTOBONI, Fred. The modern nutritional diseases: heart disease, stroke, type-2
diabetes, obesity, cancer and how to prevent them. Sparks, Nevada, USA: Vicente Books, 2002.

SINATRA, Stephen. Your top heart health questions answered. Ebook. Disponível em:
<http://www.drsinatra.com/>. Acesso em: 29.01.2016.

STEVENSON, Heidi. There is only one type of cholesterol: here´s why. Disponível em: <http://www.green
medinfo.com/blog/there-only-one-type-cholesterol-heres-why>. Acesso em: 01.03.2013.

THINCS. The International Network of Cholesterol Skeptics. Disponível em: http://www.thincs.org/.


Acesso em: 2009.

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 61


A VERDADE SOBRE O COLESTEROL: INDICADORES, RECOMENDAÇÕES E EVITAÇÕES

Esperamos sinceramente que este ebook tenha sido útil.

Questionamentos e sugestões são bem-vindos.

antonio.pitaguari@gmail.com

Para saber mais visite-nos:

Blog Autonomia em Saúde

Facebook: Autonomia em Saúde

Canal do YouTube

Blog Autonomia em Saúde Autonomia em Saúde Antonio Pitaguari 62