Escola Superior Agrária de Coimbra Introdução à Segurança Alimentar Perigos Biológicos

Aflotoxinas
Trabalho realizado por: Joana Silva nº20503014 nº Rafaela Mota nº20503044 nº 6 de Março de 2008
1

O que são as aflotoxinas?
As aflotoxinas correspondem a uma variedade de uma família de substâncias tóxicas produzidas famí tó por fungos, denominada

Figura 1 - micotoxinas

2

Caracterização do agente causal
As aflotoxinas são sintetizadas pelos fungos Aspergillus Flavus e A. parasiticus. As principais parasiticus. toxinas são designadas de B1, B2, G1 e G2:

Figura 2 - Aflatoxina G1

Figura 3 - Aflatoxina G2

Figura 4 - Aflatoxina B2

No entanto existe uma que se destaca de todas as outras
Figura 5- Aflatoxina B1
3

Perigos e causa da doença
A contaminação por estes fungos varia de acordo com contaminaç diferentes parâmetros (espécie vegetal, espécie (espé espé contaminante, temperatura ambiental, teor em água, entre outros), resultando na produção das aflotoxinas, produç aflotoxinas,

daí:

Poderá provocar a Aflotoxicose através da ingestão destas Poderá atravé toxinas presentes nos alimentos e rações; raç Não é só pela ingestão que a aflotoxina entra no homem, respirar poeira contaminada também é perigoso. també
4

Onde existe na natureza
As aflotoxinas podem atacar: o amendoim, o algodão, o arroz, o sorgo, o milho, o cacau, a noz, a mandioca e chás, e como consequência, pode chá aparecer nos produtos industrializados derivados dessas matérias-primas maté riase em produtos cárneos curados; Figura 6 –

Crescimento de Aspergillus Flavus no milho

Nos animais, as vítimas são, além dos perus e outras aves, ví alé cavalos, bois, cobras, cachorros, macacos, porcos, ratos e até até alguns peixes; O Homem, mas com mais susceptibilidade os indivíduos indiví portadores do vírus de hepatite B; ví
5

Caracterização da Doença provocada
Os efeitos provocados pela aflotoxina variam de acordo com a dose e a frequência com que são ingeridas; Estabelecendo uma ligação ao DNA das células, as ligaç cé aflotoxinas provocam uma inibição da replicação do DNA; inibiç replicaç A aflotoxina B1 é o tipo mais perigoso e pode causar lesões ao fígado: fí Cancro, Cirrose, Necrose, hepatite B , e inclusive a morte.
Figura 7- Cancro do Fígado 7Fí
6

Gravidade, sintomas, sequelas e dose infectante
No homem, intoxicações causadas pelas as aflotoxinas são intoxicaç perigosas devido a seus efeitos crónicos, que não podem ser cró detectados em curto prazo. A aflotoxina afecta o fígado, os fí rins, o cérebro e os músculos em menor intensidade; cé mú Em plantas, a ingestão das aflotoxinas prejudica a divisão celular, o que compromete o crescimento, e bloqueiam a síntese de clorofila, o que é fatal para o vegetal; Os animais sofrem hemorragias e alterações das funções alteraç funç nervosas, combinadas com espasmos e problemas de equilíbrio, o que leva à perda de apetite e de peso. equilí A presença desta toxina nos alimentos é tolerada até o nível presenç até ní de 20 ppb (em alimentos) e 0,5 ppb (no leite).
7

Prevenções:
Controlo da contaminação por aflotoxinas em contaminaç produtos alimentares através da verificação de atravé procedimentos do Sistema de HACCP e de outras medidas de controlo da higiene. Medidas sanitárias em relação à produção dos sanitá relaç produç grãos - cuidados com o solo, colheita e armazenamento; Investigação de casos, surtos e identificação Investigaç identificaç dos alimentos para controle e prevenção; prevenç Quantificação de aflotoxinas através dos Quantificaç atravé métodos cromatográficos e ensaios cromatográ imunoenzimáticos (Método de ELISA). imunoenzimá (Mé
8

Caso que aconteceu na realidade
Em finais de 1997 teve-se conhecimento, através dos orgãos de teveatravé comunicação social, uma notícia sobre pistáchos que entraram em comunicaç notí pistá Portugal. Porque é que o acidente ocorreu? O problema surgiu com um contentor importado do Irão pela empresa empresa Ramazzoti que chegou a Portugal depois de já ter passado «por duas já inspecções aos níveis de aflotoxinas: primeiro, no país de origem, no Irão, e inspecç ní aflotoxinas: paí depois, na entrada no espaço europeu, em Espanha».Em ambas, os espaç Espanha» resultados obtidos não mostravam qualquer problema.Deste modo, as causas para o aparecimento de aflotoxinas num produto que já havia sido já controlado por duas vezes, em duas ocasiões distintas, poderão ser as mais ser variadas, uma vez que a aflotoxina é «um bolor», podendo surgir bolor» especialmente em situações de «mau acondicionamento e em ambientes situaç húmidos». midos» Saúde Pública Saú Pú Pelos níveis de aflotoxinas que foram encontrados nas amostras estudadas, ní a saúde pública não foi afectada. Dado que os níveis de aflotoxinas saú pú ní detectados, embora acima do permitido não foram causadores de qualquer qualquer preocupação ou perigo. preocupaç A Ramazzotti, empresa importadora do produto, felizmente retirou Ramazzotti, do mercado o produto quando o problema foi detectado e conseguiu ultrapassar esta situação. situaç
9

Bibliografia
U.Porto-Aflotoxinas/Toxicidade[em linha]. [Consult. 2008-03U.Porto- Aflotoxinas/ Toxicidade[em [Consult. 2008- 0303]. Disponível em Disponí WWW:URL:http://www.ff.up.pt/toxicologia/monografias/ano0607/a WWW:URL:http://www.ff.up.pt/toxicologia/monografias/ano0607/a flatoxinas/intro_ficheiros/page0004.htm; flatoxinas/ intro_ficheiros/page0004.htm; In Deserto Vita-Aflotoxinas e Micotoxinas [em linha]. [Consult. Vita[Consult. 2008-03-03]. Disponível em 2008- 03Disponí WWW:URL:http://www.cve.saude.sp.gov.br/htm/hidrica/Aflatoxina WWW:URL:http://www.cve.saude.sp.gov.br/ htm/ hidrica/ s.htm MANUAL das doenças transmitidas por alimentos-Aflatoxinas e doenç alimentosoutras Micotoxinas [em linha]. [Consult. 2008-03-03]. Disponível [Consult. 2008- 03Disponí em WWW:URL:http://santoantao.blogspot.com/2007/05/aflotoxinasWWW:URL:http://santoantao.blogspot.com/2007/05/aflotoxinase-micotoxinas.html Noronha,Joao-Legislação [em linha]. [Consult. 2008-03-03]. Noronha,Joao- Legislaç [Consult. 2008- 03Disponível em Disponí WWW:URL:http://WWW.esac.pt/noronha/legislalimentar/regulame WWW:URL:http://WWW.esac.pt/noronha/ legislalimentar/regulame nto_1441_2007_criterios_micro.pdf
10

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful