You are on page 1of 2

Filosofia do Direito e Exame de Ordem

Se eu passaria em exame de ordem atual?

Alguém me questionou sobre a elevada dificuldade do Exame de
Ordem e falou que até eu não passaria no mesmo. Lendo o exame, acredito
que não acertaria todas, mas acima de 50% acho que teria a capacidade.
Desta feita, muitas questões são de simples memória, como a que se referia
a prescrição trabalhista, ou aos alimentos cobrados de avós. Sobre as
questões de ética pareceu mais avançado o questionamento, e no geral
outras disciplinas exigem o básico para um profissional da área jurídica.

Sobre questão que citou Montesquieu

A questão de número 10 de prova de Exame de Ordem de 2017 citou
Montesquieu em seu cabeçalho, de tal modo que assim dizia: “É verdade que
nas democracias o povo parece fazer o que quer, mas a liberdade política
não consiste nisso”. A questão em detalhe se referia a Constitucional e a
alternativa a se assinalar devia refletir o conceito do pensador francês sobre
a liberdade. Mas antes vamos falar desse pensador. Fato é que o Barão de
Montesquieu não era pobre, e tinha assim propriedade de terras e um ponto
de vista iluminista sobre o mundo, logo pautado na razão e não mais em
questão escolástica ou teológica. Deste modo, a sua preocupação, além da
razão, era com as leis, numa obra sua chamada “O Espírito das Leis”, e

Modernamente vemos o Direito Ambiental. terceira geração etc. para o tema da propriedade privada. uma vez que o povo o pode usar para defender sua propriedade. Apesar de o autor ser um contratualista. e contrariamente ao que é justo. Então. vemos que uma leitura básica da obra “O Espírito das leis”. onde a defesa da mesma pode justificar uma resistência. Deste modo. em sua obra “A era dos direitos”. Também Locke é conhecido da filosofia como um empirista. Mas voltando ao Exame de Ordem da OAB. ao lado de igualdade e outros. Essa era a questão nona do Exame de Ordem. ou seja. a questão se referia mesmo à propriedade privada. aí mora a pegadinha. mesmo em sua versão de resumo (versão que ainda tenho). com a citação “O povo maltratado em geral. . John Locke no Exame de Ordem Se já não bastasse cair questão de Montesquieu. A liberdade estava entre uma conquista nas gerações de direitos presentes na Constituição. Locke escreveu obra chamada “Segundo tratado sobre o governo civil”. há direitos de primeira. Digital e outros tratarem de geração atual. agregou o contratualista John Locke. e também tratava de Direito Constitucional. já demonstra que a resposta estaria que a liberdade para esse autor se referia a cumprir a lei. a qual usei em meu trabalho de conclusão de curso de Direito. estará disposto em qualquer ocasião a livrar- se do peso que o esmaga”. ele vê a realidade como algo unicamente explicável através do que o homem pode aprender através dos seus sentidos. Isso foi demonstrado pelo pensador Norberto Bobbio. segunda. a Bioética.ainda outras sobre peças de teatro ou guerra.