You are on page 1of 15

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

Disciplina:
SISTEMAS ESTRUTURAIS METÁLICOS E DE MADEIRA
LIGAÇÕES
Antonio Massoud Salame
Belém

Antonio Massoud Salame 1


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES SOLDADAS
1- Conceito

Antonio Massoud Salame 2


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES SOLDADAS
2- Classificação
2.1. Quanto a Energia Utilizada
 Elétrica
 Química
 Ótica
 Mecânica

Antonio Massoud Salame 3


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES
LIGAÇÕES SOLDADAS
2- Classificação
2.2. Quanto à Posição das Peças Soldadas

 Topo

 Paralelas

 Transpasse

 Em Te

 Em Ele

Antonio Massoud Salame 4


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES SOLDADAS
2- Classificação
2.3. Quanto à Posição de Soldagem
 Plana

 Horizontal

 Vertical

 Sobre-cabeça

Antonio Massoud Salame 5


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES SOLDADAS
2- Classificação
2.4. Quanto ao Cordão de Solda
 Solda de Entalhe

 Solda de Filete b1
b2

 Solda de Tampão

Antonio Massoud Salame 6


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES SOLDADAS
3- Seção do Cordão de Solda (Aw)
Aw = t . L
 Solda de Entalhe L

b1
b2
Lados iguais t = 0,7 b
 Solda de Filete
Lados diferentes t = b1.b2 / b12 + b22

Antonio Massoud Salame 7


Sistemas Estruturais Metálicos e de
Madeira
LIGAÇÕES
Lado do Filete (b) – NBR 8800 / 86
Lado Mínimo (mm) Espessura ( t ) chapa Lado mínimo
+ grossa (mm) (mm)
6,3 3,0
6,3 a 12,5 5,0
12,5 a 19 6,0
19 a 37,5 8,0
37,5 a 57 10,0
57 a 152 13,0
 152 16,0

Lado Máximo (mm) Menor espessura de chapa

Antonio Massoud Salame 8


Sistemas Estruturais Metálicos e de
Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES SOLDADAS
4- Estudo dos Eletrodos
 Conceito
 Componentes
• Alma

• Revestimento
– Ácido (óxido de ferro) → peq. penetração
– Básico (carbonato de cálcio) → média penetração
– Orgânico (Celulosico) → grande penetração

Antonio Massoud Salame 9


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES SOLDADAS
5- Dimensionamento
5.1. Tensão Normal na Seção da Solda
Nd ≤ ( Aw . Fy ) / Ya1 N

5.2. Tensão de Cisalhamento na Seção da Solda


Nd ≤ (0,60 Aw . fw) / Ya2
N

Antonio Massoud Salame 10


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES POR CONECTORES


1- Conceito

2- Tipos de Conectores
2.1. Parafusos
2.2. Rebites
2.3. Pinos

Antonio Massoud Salame 11


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES
LIGAÇÕES POR CONECTORES
3- Estudo dos Parafusos
3.1. Conceito
3.2. Classificação
3.2.1. Quanto a Cabeça
- Sextavada
- Fenda
- Estrela
- Allen
- Cega (madeira)
3.2.2. Quanto a Rosca
- Total e Parcial

Antonio Massoud Salame 12


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES POR CONECTORES


3- Estudo dos Parafusos
3.3. Tipos + Usados
Fy = 2400 Kgf/cm2
 ASTM A-307 Fu = 4150 Kgf/cm2
Fy = 5600 Kgf/cm2
 ASTM A-325
Fu = 7250 Kgf/cm2
Fy = 8950 Kgf/cm2
 ASTM A-490
Fu = 10350 Kgf/cm2

Antonio Massoud Salame 13


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES POR CONECTORES


4- Rebites
4.1. Conceito
4.2. Componentes

5- Pinos
5.1. Conceito
5.2. Componentes

Antonio Massoud Salame 14


Sistemas Estruturais Metálicos e de Madeira
LIGAÇÕES

LIGAÇÕES POR CONECTORES


6- Dimensionamento
6.1. Tensão Normal no Conector
Nd ≤ ( Ape . fu) / γa2 N
Ape = 0,75 Ap Ap = 0,25 π Φp2
6.2. Tensão de Cisalhamento no Conector
Nd ≤ (0,4. Ap . fu) / γa2 N
6.3. Esmagamento na Chapa
Nd ≤ (2,4 . Φp . t . fu) / γa2 γa2 = 1,35

Antonio Massoud Salame 15