You are on page 1of 79

Avaliação de

recursos educativos
digitais

Laboratório Digital !
Carlos Pinheiro
3

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


 Aparecimento de novas formas de escrita, de
edição, de distribuição e de leitura.
 Multiplicação dos documentos digitais, de editores
eletrónicos, de livrarias virtuais.
 Aparecimento de bases de dados textuais online,
5

obras hipertextuais, dispositivos de leitura de


livros eletrónicos.
 Novos métodos de distribuição de conteúdos.

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


 O conceito de escrita muda: «passa-se da era
do texto à era do hipertexto (…) migrando da
escrita linear clássica para um tipo de escrita
móvel, multilinear, instável» (Derrick de
Kerkhove) 6

 A palavra integra-se progressivamente


universo multimédia

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


 Aparecimento de novos géneros ícono-
textuais: aproximações entre as duas
formas (formas híbridas, de mais difícil
descodificação);
 Aumenta o transporte e a mobilidade
7

(mas diminui a imutabilidade) – a fixidez


cede lugar à fluidez;

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


 Volume (uma pesquisa na web pode
apresentar milhões de resultados).
 Web e internet são sistemas
autossustentados de referência (opera
apenas internamente, com poucas
9

referências externas).

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


 Taxa de crescimento e taxa de dispersão
da informação;
 Dimensão e forma do texto online pode ser
invisível para o leitor (este pode aceder
apenas a uma parte); 10

 O texto online pode ser continuamente


revisto (qualquer asserção sobre a sua
dimensão ou forma pode só
momentaneamente ser correta).
Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro
Fontes usadas na validação da
informação

16

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Decréscimo de atividade devido
à utilização da Internet

17

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


A web 2.0

23

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Desafios

 Como selecionar, de entre a


quantidade quase inesgotável de
informação disponível, a informação
credível? 24

 Como avaliar a credibilidade da


informação e distinguir, assim, entre
a que é e a que não é credível?
Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro
Desafios

 Como tornar os alunos utilizadores


críticos da Internet?

25

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Critérios
• Tema
• Conteúdo
• O que os outros dizem
• Acesso e usabilidade
• Desenho gráfico e multimédia
• Comunicação
26
• Público e objectivos
• Divulgação e recensões
• Custos
• Conservação e comunicação
• Acessibilidade

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Tema
• O sítio tem um tema bem definido?
• O tema principal é implícito (por ex. no
título), ou é explicado através de meta-
informação (introdução, apresentação)?
• Existe correspondência entre as expectativas
28

criadas e a forma como o tema é tratado?


• O tema é claro quanto ao propósito,
objectivo, missão do sítio?…

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Conteúdo

Características intrínsecas à informação


disponibilizada:
 Trata-se de factos, opinião ou as duas coisas?

30

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Conteúdo
Autoridade
 O(s) seus(s) autores estão devidamente
identificados?
 Quem é o autor?: um especialista, um entusiasta,
um autodidata? Fornece um curriculum vitae?
31
 O autor, pessoa física, é reconhecido na sua área
de atuação, demonstra formação/especialização,
tem uma profissão relacionada com o assunto?
 É possível contactar com o(s) autor(es)?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Conteúdo
Autoridade
 A autoria é de uma instituição? Uma
universidade, um ministério, um organismo de
mérito reconhecido?
 O URL é do tipo .edu .gov .org?
32

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Conteúdo
Autoridade
 Procurar hiperligações como Acerca (About
us),Contactos (Contacts), Biografia (Biography),
Quem sou eu (Who am I), etc. para saber mais
sobre os autores.
 Se não encontrar estas informações, e caso seja
33

uma diretoria de um domínio, deve truncar o


endereço para entrar no domínio geral –
normalmente apagando no endereço o que se
encontra à direita da primeira barra (/) – e obter
informações acerca dos editores.
Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro
Conteúdo
Autoridade
 A informação disponibilizada é verificável?
 As fontes de informação são indicadas?
 O texto tem referências? (citações, notas de
rodapé…) 34

Caso o texto tenha referências, convém verificar essas referências

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Conteúdo
Atualidade
 Existe uma data de publicação?
 A página é atualizada ou estática?
 Com que periodicidade são feitas as atualizações?
35

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Conteúdo
Qualidade da escrita
 O conteúdo textual está corretamente escrito?
 É utilizado o vocabulário apropriado, incluindo
vocabulário técnico, sem calão?
 Não tem um tom sarcástico ou ofensivo?
36

 Não há erros ortográficos ou gramaticais?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


O que os outros dizem
Descubra que outros sítios se ligam a esse utilizando
os motores de busca (por ex., o Google).
 Comece por copiar o endereço do sítio que deseja
avaliar;
 Vá para a página do motor de busca e escreva link: na
caixa de procura;
38

 Cole o endereço a seguir a link: (sem espaço a seguir


aos dois pontos);
 As páginas listadas contêm uma ou mais ligações para o
sítio indicado.

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


39

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


O que os outros dizem
 Tente ver se o sítio aparece listado em algum directório
especializado em que tenha confiança.
 Faça uma busca no Google utilizando o nome do autor
do sítio, para ver se encontra referências sobre ele.

40

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade

Pesquisa
O sítio contém um sistema de pesquisa para
mais rápido acesso ao conteúdo?

42

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade
Organização
 O sítio é de leitura clara, fácil de interpretar ou,
pelo contrário, é confuso?
 A informação está bem organizada, isto é,
obedece a alguma estrutura lógica?
43
 É possível descobrir fácil e rapidamente a
informação que se pretende, com um mínimo de
movimentos entre os diferentes níveis de
hipertexto?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade

Tempo de download
 Quanto tempo demora a página a ser
carregada?
 Se é necessário esperar mais do que o
normal, vale a pena a espera?
44

 Quanto tempo leva a abrir cada página


interna?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade
Ambiente informático
 A página foi desenhada de maneira a ser possível
aceder-lhe apenas com um tipo de programa ou
interface do utilizador (por ex. a última versão dos
navegadores, ou apenas com um navegador, ou
com resoluções45de ecrã pouco usuais, etc.)?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade
Ambiente informático
 A página foi desenhada de maneira a ser possível
aceder-lhe por dispositivos móveis? Tem uma
versão para dispositivos móveis?
46

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade

Ambiente informático
 Se a página inclui conteúdos com
música, som, animação, vídeo, é
possível aceder através dela aos
47

programas adequados para a sua


inteira fruição?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade

Estabilidade
 O URL muda frequentemente?
 Se acaso existiu alguma mudança,
foram criados dispositivos de
48

redirecionamento para o novo


endereço?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade
Conectividade
 A página pode ser facilmente acedida, ou está
muitas vezes sobrecarregada ou desligada?
 Existe um limite para número de utilizadores em
simultâneo?
49
 A largura de banda permite que o tempo de
carregamento de cada página não seja excessivo?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade

Língua
 A língua em que a página é apresentada é
entendida pelo público-alvo?
 A página pode ser lida nalguma outra
língua, por ex., o inglês?
50

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acesso e usabilidade

Facilidade de uso
 A página é fácil de usar?
 Costumam ocorrer falhas na navegação,
páginas que não respondem ou estão ‘em
construção’, páginas que não conseguem ser
51

abertas?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Desenho gráfico e multimédia
• A página tem um aspeto agradável à vista?
• Os efeitos visuais valorizam a página,
distraem do conteúdo, ou substituem-no?

53

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Desenho gráfico e multimédia

Construção
 Que quantidade de cliques é necessária para
chegar à fonte e à informação pretendida?
 da página inicial do sítio até a fonte:
recomendável
54
três ou menos cliques;
 O sistema de navegação facilita a movimentação
dentro do sítio?
 Existe uma hiperligação em todas as páginas para
a página inicial?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Desenho gráfico e multimédia
Identidade visual
 O sítio tem uma identidade visual
consistente?
 Existe coerência na utilização de estilos de
texto, cores, tipo e tamanho da letra em
55

todas as páginas do sítio?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Desenho gráfico e multimédia
Composição (layout)
 A organização e disposição dos elementos nas
páginas obedece a uma lógica coerente?
 São mantidas as mesmas convenções e regras
para todos os elementos do interface?
56
 Existe consistência com o mundo real (se respeita
as convenções resultantes da experiência no mundo
real).

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Desenho gráfico e multimédia
Imagens
 As imagens tem um tamanho adequado, são
facilmente legíveis e rapidamente carregadas?
 Existe uma clara identificação das imagens e do
seu autor?
57

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Comunicação
Legibilidade
 Os caracteres, símbolos e elementos gráficos são exibidos
com a máxima clareza?
Tipografia
 O tipo e tamanho de letra são facilmente legíveis e têm
em conta as características
59 do público-alvo (por exemplo
a sua faixa etária).
 A cor da letra proporciona um bom contraste com o
fundo?
Deve usar-se um máximo de 3 fontes num máximo de 3 tamanhos. Usar
fontes que sejam reconhecidas pela generalidade dos computadores.
Linhas de texto com um máximo de 40 a 60 caracteres.

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Comunicação
Simbolismo
 Os ícones, pictogramas e outras imagens
comunicam eficientemente o seu conteúdo?
Varrimento
 A organização60dos elementos e a ênfase que se
lhes pretende dar na estrutura da página
respeita o esquema de varrimento do olho
humano?
Quando os olhos percorrem o ecrã para localizar um item, o foco de
atenção centra-se no canto superior esquerdo, varrendo o ecrã no sentido
dos ponteiros do relógio.

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Público e objetivos
• Quais são os objetivos da página?
• São claramente apresentados?
• A página cumpre os objetivos propostos?
• Quem é o público-alvo da página?
62

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Público e objetivos

Relação com o público


 É estimulada a participação do público em algum
dos itens da página, existe a possibilidade de
obter o feedback do público?
 O sítio dispõe de um ou mais fóruns de debate?
63
Existe um moderador nos fóruns?
 Existe a possibilidade de comentários? Os
comentários são moderados?
 Existe um livro de visitas?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Divulgação e recensões

• A página é conhecida?
• É divulgada em publicações da
especialidade ou generalistas?
• O que diz sobre ela a crítica?
65

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Custos
• Existem custos específicos de ligação à
página? é uma página paga?
• Existem custos associados ao pagamento de
direitos de propriedade intelectual contida na
página? 67

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Conservação e comunicação

• Existe a possibilidades de guardar a


informação?
• Existe alguma modalidade ou versão para
impressão?
• Existe a possibilidade de enviar por email?
69

• Existe a possibilidade de enviar de partilhar


nasredes sociais?

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Acessibilidade

• O sítio respeita as diretivas de


acessibilidade, permitindo a sua utilização
por cidadãos com dificuldades de acesso às
tecnologias?
71

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


A web invisível
 O conteúdo de bases de dados pesquisáveis;
 Páginas que os motores de busca excluem das suas
pesquisas por motivos vários.
 De acordo com a Bright Planet, organização
especializada na73extração de conteúdo da web
invisível, a web invisível contém 550 mil milhões de
documentos, comparado com cerca de mil milhões
da web acessível.

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Como aceder à web invisível
Humanidades Ciências Megaportais

Voice of the Shuttle PsycNET Virtual Library


Librarians'
74
Internet Index

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


A web invisível
http://www.ipl.org/

75

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Ferramentas
http://www.seocentro.com

77

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Avaliar a credibilidade
http://credibility.stanford.edu

78

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Ferramentas web 2.0
 Rating

80

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


Ferramentas web 2.0

81

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro


 https://www.loc.gov/rr/business/beonline/selectbib.html

82

Avaliação de recursos educativos digitais Carlos Pinheiro