You are on page 1of 10

ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

SEMINÁRIO
O futuro da educação e dos educadores-professores
Iniciativa da Rede para o Desenvolvimento de Novos Paradigmas da Educação
em parceria com a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do
Porto e com a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto
ESE, IPP (Porto)
6 e 7 de abril de 2018

Apresentação

O Seminário pretende reunir pessoas motivadas para refletir sobre a necessidade de


desenvolver novos paradigmas de educação que, ao longo da vida, possam contribuir
para a formação, bem-estar e felicidade de cidadãos, capazes de se realizarem e
contribuírem para a realização dos outros.

A construção da cidadania para a paz e sustentabilidade no mundo passa


necessariamente por novas abordagens educativas e formativas que se adequem a
esta visão, em vez da contínua adoção de formas de estar em educação e formação
que foram dominantes nos últimos séculos, em que o aluno/estudante era silenciado.
O silêncio e a marginalização a que, durante séculos, os alunos/estudantes foram
votados nas escolas, remetidos à condição de ouvintes e simples aprendizes,
recomendam fortemente uma tentativa de mudança caraterizada pelo seu
envolvimento na construção das suas escolas e das suas aprendizagens, bem como o
desenvolvimento das capacidades e competências. As suas vozes devem ser
escutadas, na participação direta em debates sobre a educação e formação, e outras
formas de expressão de opiniões e contributos nas escolas, nomeadamente sobre a
flexibilização dos currículos e atividades a desenvolver na escola, participando
colaborativamente com os seus pares, e educadores e os professores.

Torna-se, por isso, relevante que a formação de educadores e professores, e outros


parceiros curiosos e estimuladores de autodescobertas e das descobertas dos outros,
das sociedades e do mundo, possam ser facilitadores do desabrochar de cada
criança, adolescente, jovem e adulto, o que requer desenvolver competências que
respondam a esta necessidade nas escolas.

Página 1 de 10
ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

Deste modo, a aprendizagem complexa do conhecimento especializado e o


desenvolvimento de capacidades de análise crítica, de construção e reconstrução
pessoal e coletiva, são essenciais para uma educação que se deseja cada vez mais
completa e mais eficaz para a cidadania ativa e socialmente responsável. As
estratégias para o seu desenvolvimento poderão passar pela realização de projetos
liderados pelos estudantes, envolvendo estudantes de diferentes níveis e de
especialidades académicas diferentes, na linha do que já muito se fez na Faculdade
de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e em outras Instituições de Ensino
Superior (IES). Reabre-se o debate sobre a educação.

Objetivos do Seminário:

- Refletir sobre novas abordagens educativas e formativas diferentes das que ao longo
dos dois últimos séculos foram as dominantes;

- Fomentar o desenvolvimento de conceções e práticas que deem atenção devida ao


desabrochar de cada criança, adolescente, jovem e adulto na escola em geral e nas
escolas de formação de educadores e professores em particular;

- Motivar para o desenvolvimento da curiosidade e das capacidades de leitura do


mundo físico, político, social, cultural e espiritual para a construção de si próprio, dos
outros, da sociedade e do mundo;

- Incentivar para o desenvolvimento de conceções e práticas que se orientem para a


sustentabilidade e o bem-comum da humanidade;

- Discutir propostas de formação e de investigação-ação tendo em vista melhorar a


educação e a formação dos seus agentes privilegiados.

Eixos temáticos
 Conhecimento dos alunos, de cada aluno, dos seus sonhos, curiosidades,
capacidades, dificuldades, medos, valores, comportamentos e atitudes.

 Participação com os alunos, na aventura da descoberta deles próprios, dos outros,


das sociedades e do mundo.

 Apoio e orientação aos estudantes para desenvolverem os seus próprios projetos,


nomeadamente projetos liderados por estudantes e realizados por equipas mistas
de alunos de diferentes idades, culturas, escolas e especialidades.

 Promoção do diálogo intercultural, a interação e cooperação entre estudantes de


diferentes anos, escolas e cursos, entre alunos e escolas de diferentes regiões e
de diferentes países com culturas e religiões diferentes.

Página 2 de 10
ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

 Desenvolvimento de formas de diálogo e cooperação entre professores de cada


escola, de escolas diferentes do mesmo e de outros agrupamentos, de professores
de diferentes regiões, países e culturas.

 Revisitação da História como forma de aprender a conhecer o passado, de onde


vimos, ler o presente (incluindo a realidade política e as relações internacionais) e
a desenvolver a capacidade de visão prospetiva para construir o futuro; estudar
formas de promover o exercício da cidadania ativa de estudantes, professores,
pais, cidadãos (incluindo os líderes políticos e os fazedores de opinião) a nível
local, nacional e internacional.

 Aprendizagem e desenvolvimento ao longo da vida.

Comissão organizadora do Seminário:

- António Barbedo de Magalhães – Presidente da Comissão Organizadora


do Seminário
Presidente da Rede, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto
- António Vieira de Castro – Presidente do Conselho Executivo da Rede,
Professor do ISEP do Instituto Politécnico do Porto
- Augusto Sousa – Vice-Presidente do Conselho Pedagógico da Faculdade de
Engenharia da Universidade do Porto
- Assunção Flores – Professora do Instituto de Educação da Universidade do
Minho
- Carlos Reis – Professor da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação
da Universidade de Coimbra
- Cristina Crisóstomo – Professora de Yoga, Escola do Sol e da Lua
- Deolinda Ribeiro – Professora da ESE do Instituto Politécnico do Porto
- Fernando Ilídio – Professor do Instituto de Educação da Universidade do
Minho

Página 3 de 10
ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

Programa (provisório)
do
Seminário sobre o futuro da educação e dos educadores-
professores

Sexta-feira, 6 de abril de 2018

17h00 – Receção dos participantes

Sessão de Abertura
17h30 a 17h49
(Auditório da ESE)
17h30 a 17h34 – (grupo de estudantes a identificar) - Momento artístico em
simultâneo com apresentação dos convidados através de PPt projetado no
ecrã (para economizar tempo a apresentação dos convidados não será feita
oralmente, e todos são convidados a não fazer agradecimentos pois isso retira
tempo para as suas apresentações)
17h35 a 17h39 – Representante da Escola Superior de Educação do
Instituto Politécnico do Porto
17h40 a 17h44 – Representante da Faculdade de Engenharia da
Universidade do Porto
17h45 a 17h49 - António Barbedo, FEUP, Presidente da RedeNPEdu –
Objetivos do Seminário; o percurso já feito durante a sua preparação.

17h50 a 19h30 - 1º Debate


(Auditório da ESE)
SER EDUCADOR-PROFESSOR: O QUE É E PODERÁ VIR A SER?

Moderadora: Deolinda Ribeiro, Professora da Escola Superior de Educação


do Instituto Politécnico do Porto
17h50 a 18h04 - David Rodrigues, Conselheiro Nacional de Educação,
Presidente da ONG Pró – Inclusão, Professor Catedrático (Ap.)
18h05 a 18h19 - Assunção Flores, Professora do Instituto de Educação da
Universidade do Minho

Página 4 de 10
ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

18h20 a 18h24 - Liliana Ribeiro Félix, estudante da ESEIPP do Mestrado em


Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico (perfil duplo)
18h25 a 18h29 – Inês Sincero, estudante e membro da Direção da Associação
de estudantes da Escola Secundária Aurélia de Sousa
18h30 a 19h30 – Debate

19h30 a 20h55 – Intervalo para jantar livre

20h55 a 22h40 - 2º Debate


(Auditório da ESE)
A EDUCAÇÃO QUE TEMOS E A EDUCAÇÃO QUE QUEREMOS

Moderadora: Delfina Rodrigues, Presidente da CAP do Agrupamento de


Escolas Aurélia de Sousa
20h55 a 20h59 – (grupo de estudantes a identificar) - Momento artístico em
simultâneo com apresentação dos convidados por PPt projetado no ecrã
(Sessão com intervenções muito curtas em forma de diálogo e debate,
inicialmente entre os convidados e depois envolvendo também o público)
- José Pacheco – Fundador da Escola da Ponte e consultor de diversos
governos da América do Sul – Fará as suas intervenções por videoconferência
a partir do Brasil
- Carlos Manique da Silva – Investigador da Unidade de Investigação e
Desenvolvimento em Educação e Formação (Instituto de Educação, Universidade
de Lisboa) e Diretor do Centro de Formação da Associação de Escolas Rómulo de
Carvalho. Doutorado em Ciências da Educação (especialidade História da
Educação), tem como áreas de interesse a circulação e difusão do conhecimento
pedagógico, a escola graduada, o ensino mútuo e a arquitetura escolar.
- Maria José Araújo – Professora da Escola Superior de Educação do Instituto
Politécnico do Porto
- Sara Lima Alves - Estudante da ESE-IPP do Mestrado em Educação Pré-
Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico (perfil duplo), ESE| IPP
- Ana Catarina Mouta - Estudante e membro da Direção da Associação de
estudantes da Escola Secundária Aurélia de Sousa (sujeita a confirmação)
- Pai a indicar pela CONFAP
21h40 a 22h40 – Debate

Página 5 de 10
ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

Sábado, 7 de abril de 2018


9h00 a 10h00 – Sessões paralelas
Sessão A - (Sala 1)
CURRÍCULO, ENSINO-APRENDIZAGEM E AVALIAÇÃO

Coordenadora: Maria do Céu Roldão – Professora da Universidade Católica,


Porto
Maria Alfredo Moreira – Professora do Instituto de Educação da Universidade
do Minho.
Isabel Barbosa - Agrupamento de Escolas Sá de Miranda em Braga

Sessão B - (Sala 2)
SUPERVISÃO E FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Coordenadora: Flávia Vieira – Professora do Instituto de Educação da


Universidade do Minho
Deolinda Ribeiro – Professora da Escola Superior de Educação do Instituto
Politécnico do Porto
César Sá – Professor da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico
de Viana do Castelo

Sessão C - (Sala 3)
COMO APRENDER A LER O MUNDO

Coordenador: Francisco Tenreiro - Estudante do 5º ano do MIEM (Engª


Mecânica) da Faculdade de Engenharia a Universidade do Porto
Coorganizadores:
Teresa Soares – Estudante do 2º ano do MIEM (Engª Mecânica) da Faculdade
de Engenharia a Universidade do Porto
António Barbedo – Professor Emérito da Universidade do Porto na FEUP,
Presidente da ‘Rede para o Desenvolvimento de Novos Paradigmas da
Educação’

Página 6 de 10
ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

Sessão D - (Sala 4)

A MUDANÇA COMEÇA POR SI

Coordenadora: Vanessa Agra Amboage, doutorada em Astrofísica, formada


em Coaching Educativo pelo Playground (França) e pela E.C.O (Escuela de
Comunicación Ontologica, Argentina); fundadora de «Asas de Arco-Íris»
(Coaching Educativo e de Liderança e Parentalidade Consciente).

Objetivos:
- Conhecer os alunos a partir do autoconhecimento
- Ter um novo olhar sobre o outro e sobre si próprio- Observação ativa e
empatia como ferramentas-chave da mudança

Sessão E - (Sala 11)


COMO PODEM OS ESTUDANTES CONTRIBUIR PARA A MELHORIA DAS
INSTITUIÇÕES DE ENSINO? EXEMPLOS DE BOAS PRÁTICAS.

Coordenadora: Ana Isabel Salgado – Professora da Escola Superior de


Saúde do Instituto Politécnico do Porto
Convidados:

João Pedro Videira


Presidente da Direção da Federação Académica do Porto

João Cardoso
Ex-Presidente da Federação Nacional da Associação de Estudantes do Ensino
Superior Politécnico

Rui Teixeira
Ex-Presidente da Federação Nacional da Associações de Estudantes do
Básico e Secundário

10h00 a 10h10 – Intervalo para café

Página 7 de 10
ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

10h10 a 11h50 - 3º Debate


(Auditório da ESE)
QUE ESTRATÉGIAS PARA A MUDANÇA DA EDUCAÇÃO EM PORTUGAL?

10h10 a 10h14 – Projeção do PPt com notas curriculares dos convidados, em


simultâneo com uma manifestação artística.
Objetivos do Debate
Este debate tem como intervenientes diversos atores educativos – professores
e alunos de vários níveis de ensino, um representante do associativismo de
pais e encarregados de educação, um membro da direção de um agrupamento
de escolas, o diretor de um centro de formação de associação de escolas e o
vereador da educação de um município – que irão refletir e discutir sobre um
conjunto de estratégias que contribuam para a mudança da educação em
Portugal.
O grupo de participantes iniciou, em janeiro passado, um processo de
comunicação (grupo de discussão), preparatório deste debate, reunindo à
distância e/ou presencialmente, procurando discutir entre si questões
fundamentais e sistematizar ideias, propostas e estratégias que possam definir
uma agenda de prioridades para a mudança da educação em Portugal.
Não haverá um período inicial de comunicações, pois trata-se, efetivamente, de
um debate que pretende dar a conhecer e discutir diferentes perspetivas, sejam
elas convergentes ou divergentes. Nesse sentido, o coordenador do debate
colocará algumas questões de partida, sobre as quais os participantes se
pronunciarão da forma mais clara e sucinta possível. Espera-se que o debate
seja dinâmico e esclarecedor acerca da identificação de problemas e da
formulação de estratégias para a mudança da educação em Portugal.
Coordenação e moderador do Debate:
- Fernando Ilídio Ferreira, Professor Associado do Instituto de Educação da
Universidade do Minho, integrado no Departamento de Ciências Sociais da
Educação e no Centro de Investigação em Estudos da Criança.
Participantes:
- Isabel Candeias – Professora e membro da Direção do Agrupamento de
Escolas Dr. Francisco Sanches/Território Educativo de Intervenção Prioritária
(TEIP), Braga.
- José Carlos Fernandes – Diretor do CENFIPE (Centro de Formação
e Inovação dos Profissionais de Educação das escolas do Alto Lima e Paredes
de Coura).

Página 8 de 10
ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

- Pascal Paulus – Professor, membro e ex-Presidente do Movimento da


Escola Moderna (MEM) e consultor de Educação da Fundação Aga Khan
- Sissi Azevedo – Doutoranda em Estudos da Criança, Instituto de Educação
da Universidade do Minho.
- Estudante de Mestrado em Ensino, Instituto de Educação da Universidade do
Minho (nome a confirmar)
- Estudantes do Ensino Básico e Secundário (nomes a confirmar)
- Representante da CONFAP (Confederação Nacional das Associações de
Pais) (a confirmar)
- Representante da Câmara Municipal do Porto (a confirmar)
- Leonel Rocha, Vereador da Educação da Câmara Municipal de Vila Nova de
Famalicão

11h55 a 12h25
Síntese das sessões paralelas

11h55 a 11h59 – Promotor ou relator da sessão paralela A


12h00 a 12h04 – Promotor ou relator da sessão paralela B
12h05 a 12h09 – Promotor ou relator da sessão paralela C
12h10 a 12h14 – Promotor ou relator da sessão paralela D
12h15 a 12h19 – Promotor ou relator da sessão paralela E
12h20 a 12h25 – Comentários

Página 9 de 10
ABM, AF et al Futuro edu e edu-profs-v31 20180228

12h27 a 13h00
Sessão de Encerramento

12h27 a 12h30 – Presidente da Rede, António Barbedo de Magalhães


12h31 a 12h34 – Presidente da ESE - IPP
12h35 a 12h38 – Diretor da FEUP
12h39 a 12h42 – Presidente do IPP
12h43 a 13h00 - Secretário de Estado da Educação, Professor João Costa
(sujeito a confirmação)

Porto, 28 de fevereiro de 2018

António Barbedo de Magalhães


Presidente da Comissão Organizadora do Seminário
Presidente da Rede para o Desenvolvimento de Novos Paradigmas da
Educação
Professor Emérito da UP na FEUP

Página 10 de 10