You are on page 1of 17

SIMULADO DE MATEMÁTICA

TURMA IME-ITA
ESTILO ITA
20 QUESTÕES OBJETIVAS E 10 QUESTÕES DISCURSIVAS
DATA 18 DE ABRIL DE 2009

QUESTÃO 1
 x2 
O valor de lim   é:
x 0  1  cos x 
 
a) 0
b) 1
c) 1
d) 2
1
e)
2

RESPOSTA: d

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: Harvard-MIT Mathematics Tournament 2007

QUESTÃO 2
 2 1 3 
 10x  2 x 
Calculando lim   , obtém-se:
x 0  1 2
 e3 x  1 
 
a) 0
b) 1
c) 1
d) 10
e) 30

RESPOSTA: e

1ª SOLUÇÃO:
 2 1 3  2 1 3  1 
 1 x2   10x  2 x   10x  2 x   10  2 x 
 e 3  1 ~ 1 x 2  lim    lim    lim    30
  3 x 0  1 2
 x 0  1 2  x 0  1 
   e3  1 
x
 x  
   3   3 
2ª SOLUÇÃO:
REFERÊNCIA: SMT 2008

QUESTÃO 3
Para cada número real x, seja f  x   min4x  1, x  2,  x  6 . Calcule o valor máximo de f  x  .
a) 5
b) 4
8
c)
3
7
d)
3
e) 2

RESPOSTA: b

SOLUÇÃO:

QUESTÃO 4
Em cada item a seguir, f(x) e g(x) representam leis de formação de funções reais f e g, respectivamente.
O domínio de f deve ser considerado como o conjunto de todos os valores de x para os quais f(x) é real.
Da mesma forma, no caso de g considera-se o seu domínio todos os valores de x para os quais g(x) é
real.
Verifique a seguir o(s) caso(s) em que f e g são iguais.
I) f ( x)  x 2 e g ( x )  x
x 1
II) f ( x)  e g ( x) 
x x
III) f ( x )  x 2 e g ( x)  x
IV) f ( x)   x2
e g ( x)  x
x x
V) f ( x)  e g ( x) 
x 1 x 1
Assinale agora a alternativa correta.
a) Em nenhum dos itens acima as funções são iguais.
b) Em todos os itens acima as funções são iguais.
c) Em três dos itens acima as funções são iguais.
d) Em dois dos itens acima as funções são iguais.
e) Em apenas um dos itens acima as funções são iguais.

RESPOSTA: d

SOLUÇÃO:
As funções de I e II são iguais, as outras diferentes.

I) f(x) = g(x) = x e Df = Dg = R


II) f(x) = g(x) e Df = Dg = R+*
III) f(x) = x  g(x) e Df = Dg = R
IV) f(x) = x  g(x), Df = R+ e Dg = R
V) f(x) = g(x) , Df  Dg, Df = {x R x > 1} enquanto Dg = {xR x < 0 ou x > 1}

QUESTÃO 5
3 7 15 2n  1
A soma S = 1    ... 2 n 2 ... é:
4 16 64 2
a) 2
2
b)
3
c) 4
4
d)
3
8
e)
3

RESPOSTA: E

SOLUÇÃO:
3 7 15 2n  1
S = 1     ...  2 n  2  ...
4 16 64 2
s 1 3 7 2n 1  1
    ...  2 n  2  ...
4 4 16 64 2
3s 1 1 1
 1     ...  2
4 2 4 8
8
s .
3
REFERÊNCIA: Prof. Haroldo
QUESTÃO 6
Cinco diferentes estradas levam a cidade A à cidade B, três diferentes estradas levam a cidade B à
cidade C e três diferentes estradas levam a cidade A à cidade C sem passar por B. De quantas formas
diferentes é possível ir de A para C e voltar para A passando por B pelo menos uma vez.
a) 22
b) 90
c) 270
d) 315
e) 324

RESPOSTA: D

SOLUÇÃO:
2 2
18 -3 =315

REFERÊNCIA: Prof. Haroldo

QUESTÃO 7

3  2 2 
2008

32 2
5 2  7
1338

O valor de é um número
(A) múltiplo de onze.
(B) múltiplo de sete.
(C) múltiplo de cinco.
(D) múltiplo de três.
(E) primo.

RESPOSTA: D

SOLUÇÃO:

 
2
3  2 2  1 2

2  7  1  2 
3
5
2008

 
2
3  2 2   1  2   
2008 4016
1 2
32 2  32 2  32 2 
5 2  7  
1338 1338 4014

 
3
1 2
 1  2 

 
2
 1 2 32 2  32 2 32 2  6

REFERÊNCIA: CN 2009

QUESTÃO 8
 
Considere a função f :    , f  x   a  x2  x , a   , a  0 , e P um ponto que percorre seu gráfico.
1
Se a distância mínima de P à reta de equação y  2 é igual a , conclui-se que a vale:
8
3
a)
2
b) 2
5
c)
2
15
d)
2
e) 8

RESPOSTA: d

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: UNIFESP 2009 – FASE 1

QUESTÃO 9
Uma pessoa resolveu fazer sua caminhada matinal passando a percorrer, a cada dia, 100 metros mais
do que no dia anterior. Ao completar o 21º dia de caminhada, observou ter percorrido, nesse dia, 6000
metros. A distância total percorrida nos 21 dias foi de:
A) 125500m.
B) 105000m.
C) 90000m.
D) 87500m.
E) 80000m.

RESPOSTA: B

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: UNIFESP 2009 – FASE 1

QUESTÃO 10
Dia 20 de julho de 2008 caiu num domingo. Três mil dias após essa data, cairá
a) numa quinta-feira.
b) numa sexta-feira.
c) num sábado.
d) num domingo.
e) numa segunda-feira.

RESPOSTA: a

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: UNIFESP 2009 – FASE 1

QUESTÃO 11
A soma dos números entre 200 e 500 que são múltiplos de 6 ou de 14, mas não simultaneamente
múltiplos de ambos, é:
a) 105000
b) 56400
c) 24872
d) 20196
e) 16424

RESPOSTA: d

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: IME 2002

QUESTÃO 12
Um fardo de alimentos será entregue para alguns habitantes de uma região de difícil acesso na Floresta
Amazônica por um helicóptero, conforme a figura abaixo.
No momento em que o fardo atinge o ponto P no solo, o cabo que sai do helicóptero e sustenta o fardo
está esticado e perpendicular ao plano que contém os pontos A, P e B.
Sabe-se que o helicóptero está a uma altura h do solo e é avistado do ponto A sob um ângulo de 30º e
do ponto B sob um ângulo de 45º
Sabe-se, também, que a medida de APB ˆ  90 e que a distância entre A e B é 100 metros.
O número que expressa a medida de h, em metros,
a) é primo e ímpar.
b) é múltiplo de 3 maior que 30
c) é número par menor que 30
d) tem 6 divisores que são números naturais.

RESPOSTA: d

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: EPCAR 2009

QUESTÃO 13
O valor de cos72  cos2 36 é idêntico ao de
a) cos36
b)  cos2 36
c) cos2 36
d) sen2 36
e) sen2 36

RESPOSTA: d

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: FGV 2008 F1 ECONOMIA

QUESTÃO 14
       
Sabendo que tgx  tg x  10  tg x  20  tg x  30 , o valor de sen 4x  60 é igual a:

a) cos10
b) cos20
c) cos30
d)  cos10
e)  cos20

RESPOSTA: a

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: Larson, L.  Problem-Solving Through Problems – pg. 34.

QUESTÃO 15
x  y  2
Sendo k uma constante real, o sistema de equações  admite solução  x,y  no primeiro
kx  y  3
quadrante do plano cartesiano se, e somente se
a) k  1
b) k  1
3
c) k 
2
3
d) 0  k 
2
3
e) 1  k 
2

RESPOSTA: e

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: FGV SP 2009

QUESTÃO 16
Num sistema cartesiano ortogonal, são dados os pontos A 1,1 , B  5,1 , C  6,3  e D  2,3  , vértices de
um paralelogramo, e a reta r, de equação r : 3x  5y  11  0 . A reta s, paralela à reta r, que divide o
paralelogramo ABCD em dois polígonos de mesma área terá por equação:

a) 3x  5y  5  0
b) 3x  5y  0
c) 6x  10y  1  0
d) 9x  15y  2  0
e) 12x  20y  1  0

RESPOSTA: c

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: UNIFESP 2009 – FASE 1

QUESTÃO 17
Utilizando segmentos de 3cm, 5cm, 7cm e 10cm, o número de trapézios que podem ser formados com
esses quatro lados é:
A) 2
B) 3
C) 4
D) 5
E) 6

RESPOSTA: B

SOLUÇÃO:
Sejam a e b as bases do trapézio e sejam c e d os outros lados. O trapézio existe se, e somente se,
existe o triângulo de lados |a – b|, c e d. Todos os casos estão na tabela abaixo.

a b |a – b| c d
3 5 2 7 10 não
3 7 4 5 10 não
3 10 7 5 7 sim
5 7 2 3 10 não
5 10 5 3 7 sim
7 10 3 3 5 sim

REFERÊNCIA: Prof. Eduardo Wagner

QUESTÃO 18
A figura abaixo mostra um pentágono e um hexágono regulares com um lado comum.
A

X
Z

O ângulo XAY que aparece na figura mede:


o
A) 56
o
B) 58
o
C) 60
o
D) 62
o
E) 64

RESPOSTA: C

SOLUÇÃO:
o o
O ângulo interno do pentágono mede 108 e o do hexágono 120 . Então ZAX  36 o, AZY  132 o
e ZAY  24 . Assim, XAY  60 .
o o

REFERÊNCIA: Prof. Eduardo Wagner

QUESTÃO 19
Considere o sólido geométrico exibido na figura, constituído de um paralelepípedo encimado por uma
pirâmide. Seja r a reta suporte de uma das arestas do sólido, conforme mostrado.

Quantos pares de retas reversas é possível formar com as retas suportes das arestas do sólido, sendo r
uma das retas do par?
a) 12
b) 10
c) 8
d) 7
e) 6

RESPOSTA: c

SOLUÇÃO:
REFERÊNCIA: UNIFESP 2009 – FASE 1

QUESTÃO 20
O volume de um cubo, em m3 , é numericamente igual a sua área total, em cm2 . Assim, a aresta desse
cubo, em cm, é igual a
a) 6  106
b) 5  104
c) 6  104
d) 5  106
e) 6  106

RESPOSTA: e

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: FGV SP 2009

QUESTÃO 21
Calcule a soma dos vinte primeiros termos da sequência (1,0,3,10,21,...)
n
n(n  1).(2n  1)
Obs.: i
i 1
2

6

SOLUÇÃO:
Seja ai a sequência . Obviamente ai =ai 1  ai forma a sequência
(-1,3,7,11,...) P.A de 1a ordem.
logo ai  1  4(n  1)  5  4n.
Pelo teorema fundamental da somação sabemos que
n

 a
k 1
i  an 1  a1 

(1  (5  4n).n


 an 1  1 
2
6 n  4 n 2
 1  an 1 
2
2n 2  3n  1  an 1 
2(n  1) 2  3( n  1)  4( n  1)  1  7  an 1 
an 1  2(n  1) 2  7( n  1)  6 
an  2n 2  7 n  6 
n
n.(n  1).(2n  1) n(n  1)
S n   2k 2  7 k  6  2 7  6n
k 1 6 2
quando n=20 temos S20  4390.

REFERÊNCIA: Prof. Haroldo

QUESTÃO 22
Mostre que toda função f :  \ 0   , satisfazendo f  xy   f  x   f  y  em todo seu domínio, é par.

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: ITA 2003

QUESTÃO 23
Sabendo que x, y e z são reais satisfazendo xyz = 1, calcule o valor da expressão:
1 1 1
A   .
1  x  xy 1  y  yz 1  z  xz

RESPOSTA: 1

SOLUÇÃO:
Como xyz = 1, então x  0, y  0 e z  0. Assim,
z x 1 z x 1
A     
z (1  x  xy) x(1  y  yz ) 1  z  xz z  xz  xyz x  xy  xyz 1  z  xz
Como xyz=1, então
z x 1 z xz 1 1  z  xz
A       1
1  z  xz 1  x  xy 1  z  xz 1  z  xz 1  z  xz 1  z  xz 1  z  xz

REFERÊNCIA: Prof. Douglas

QUESTÃO 24
 1
Calcule  .
n1 n   n  1   n  1!

RESPOSTA: 3  e

SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: Harvard-MIT Mathematics Tournament 2007

QUESTÃO 25
Um domador deseja colocar alinhados 5 leõese 4 tigres na arena de um circo. Determine o número de
maneiras segundo as quais ele pode alinhar estes animais de modo que um tigre não fique ao lado de
outro tigre.

SOLUÇÃO:
Os tigres devem entrar em 6 posições possíveis entre os leões
Logo o primeiro tigre tem seis escolhas possíveis , o segundo tigre cinco, o terceiro tigre quatro e o
quarto tigre três e os leões podem permutar suas posições de 5!=120 maneiras.
Concluímos que existem 6.5.4.3.120=43200 maneiras de alinhar os animais.

REFERÊNCIA: Prof. Haroldo

QUESTÃO 26
O quadrado de qualquer número par 2n pode ser expresso como a soma de n termos, em progressão
aritmética. Determine o primeiro termo e a razão desta progressão.

RESPOSTA: 4 e 8

SOLUÇÃO:
REFERÊNCIA: IME 1983 Q. 7 a)

QUESTÃO 27
2 
Se sen  cos   , onde     , determine o valor de sen  cos  .
3 2

SOLUÇÃO:
2
sen   cos  
3
2
1  2 sen  cos   
9
7
2 sen  cos    
9
7
sen  cos    .
18
Logo
16
(sen   cos  )2  1  2 sen  cos  
9
4
sen   cos    .
3

     sen  0 e cos   0  sen  cos   0
2
4
 sen   cos  
3

QUESTÃO 28
Em um triângulo ABC os pontos D, E e F trisectam os lados de forma que BC  3  BD , CA  3  CE , e
AB  3  AF . Mostre que os triângulos ABC e DEF possuem o mesmo baricentro.
SOLUÇÃO:

REFERÊNCIA: Larson, L.  Problem-Solving Through Problems – pg. 301.

QUESTÃO 29
No trapézio ABCD com bases AB e CD, tem-se DA  DB  DC e ABC   . Sendo E o ponto de
interseção das diagonais determine o ângulo BEC em função de  .

SOLUÇÃO:

D C
2x x
β
E

α
A B

Imaginando uma circunferência de centro D e raio DA  DB  DC temos que se ACB  x então


ADB  2 x . Portanto:
CDB  DBA  DAB  90 o  x
DCA  DAC  CAB  45o  x / 2
x 3x
  90 o  x  45o   135o 
2 2
x x
  90 o  x  45o   135o 
2 2
Eliminando x destas relações encontramos   3  270 o .

REFERÊNCIA: Prof. Eduardo Wagner

QUESTÃO 30
Dada uma circunferência de diâmetro AB, levanta-se por A um segmento AD perpendicular ao plano da
circunferência e une-se D a um ponto C qualquer da circunferência, C distinto de B.
a) Prove que as retas BC e DC são perpendiculares.
ˆ
b) Sabendo que AB=AD=8 e que C é o ponto médio do arco AB, determine a medida do ângulo CDB.

SOLUÇÃO
a) Pelo teorema das três perpendiculares,
AD  AC, AC  BC e AD  BC  DC  BC.

b) DB2  AB2  AD2  64  64  128  DB  8 2


2  BC2  AB2  64  BC  4 2

ˆ  4 2  1  CDB
senCDB ˆ  30.
8 2 2