You are on page 1of 16

ANTIJURIDICIDADE

(ILICITUDE)
ENCONTRO 8
CRIME

• FATO TÍPICO E ANTIJURÍDICO

CONDUTA RESULTADO

NEXO CAUSAL

TIPICIDADE
?
CONCEITO

• É a contradição entre a conduta e o


ordenamento jurídico, pela qual a ação ou
omissão se torna ilícita.

Atenção:
Ao criar as figuras criminosas descrita no
ordenamento jurídico, o legislador separou
aquelas que são as mais perniciosas ao meio
social.
Ex. Furto, Roubo, Homicídio, etc.
CARÁTER INDICIÁRIO DA ILICITUDE

• Assim, em regra, todo fato típico será


sempre ilícito (antijurídico).

ESTA REGRA SOMENTE DESAPARECE QUANDO SE


PROVAR QUE O FATO FOI PRATICADO AMPARADO
POR UMA CAUSA QUE EXCLUI A ANTIJURIDICIDADE
(CAUSAS JUSTIFICANTES OU DESCRIMINANTES).
CAUSAS EXCLUDENTES DA
ANTIJURIDICIDADE (ILICITUDE)

• Exclusão de ilicitude
• Art. 23 - Não há crime quando o agente
pratica o fato:

• I - em estado de necessidade;
• II - em legítima defesa;
• III - em estrito cumprimento de dever
legal ou no exercício regular de direito.
ESTADO DE NECESSIDADE

• Art. 24 CP - Considera-se em estado de


necessidade quem pratica o fato para salvar de
perigo atual, que não provocou por sua vontade,
nem podia de outro modo evitar, direito próprio ou
alheio, cujo sacrifício, nas circunstâncias, não era
razoável exigir-se.
ESTADO DE NECESSIDADE

• Esta hipótese ocorrerá sempre que existirem


dois ou mais bens juridicamente protegido
em perigo atual, não provocado pelo
agente, e ele tenha que sacrificar um para
salvar o outro.

• Ex. sujeito que dirigindo seu carro desvia de


um pedestre e acerta outro carro, neste
caso, não haverá crime de dano, já que
para salvar a vida de alguém ele sacrificou
o patrimônio de outro.
ESTADO DE NECESSIDADE

• O Brasil adotou a teoria unitária no estudo do


Estado de necessidade, que prevê a necessidade
de se analisar o caso prático e verificar a
RAZOABILIDADE entre o bem sacrificado e o bem
salvo.
POSSO QUEBRAR O NAVIO E SALVAR
A MINHA VIDA.
EXEMPLOS

Filme TITANIC,
quando Jack
fica na água
para salvar a
vida de Rose.
Se ele tivesse
lutado pela
única tábua
Outro exemplo de salvação,
poderia ser
Vídeo 1 punido?
REQUISITOS:

• a) ameaça a direito próprio ou alheio;


• b) a existência de um perigo atual e inevitável;
• c) inexigibilidade do sacrifício do bem
ameaçado;
• d) situação não provocada voluntariamente
pelo agente;
• e) inexistência do dever legal de enfrentar o
perigo;
• f) o conhecimento da situação de fato
justificante.
ESTADO DE NECESSIDADE

• AMEAÇA A DIREITO PRÓPRIO OU ALHEIO – no sentido de


que algum bem juridicamente protegido (vida,
liberdade, integridade física, patrimônio, etc) esteja
sendo ameaçado, bem este do próprio agente ou de
terceiro;

• A EXISTÊNCIA DE UM PERIGO ATUAL E INEVITÁVEL – é


quando a ameaça ao bem jurídico está acontecendo
no exato instante que o sujeito resolve sacrificar um
bem jurídico para proteger o outro. Da mesma forma
ele deve ser inevitável, no sentido de que não havia
outra forma de se encerrar aquela ameaça.
ESTADO DE NECESSIDADE

• INEXIGIBILIDADE DO SACRIFÍCIO DO BEM


AMEAÇADO – deve-se fazer uma análise
comparativa entre o bem protegido e o bem
sacrificado, sendo que o sacrificado deve ser de
menor importância que aquele protegido, todavia,
caso isto não ocorra, poderá se aplicar o § 2.º do
art. 24 do CP.
• SITUAÇÃO NÃO PROVOCADA VOLUNTARIAMENTE
PELO AGENTE – para que se possa aplicar o estado
de necessidade, obrigatoriamente a ameaça não
pode ter sido gerada pelo próprio agente que
depois se valerá do estado de necessidade para
sacrificar um dos bens juridicamente em risco. (EN – 2)
ESTADO DE NECESSIDADE

• INEXISTÊNCIA DO DEVER LEGAL DE ENFRENTAR O


PERIGO – Quem tiver o dever de enfrentar o perigo
não pode invocar o estado de necessidade nos
termos do § 1.º do artigo 24 do Código Penal.
Todavia, não se exige heroísmo neste caso.
ESTADO DE NECESSIDADE

• O CONHECIMENTO DA SITUAÇÃO DE FATO


JUSTIFICANTE – O sujeito deve conhecer
plenamente o perigo que está enfrentando e atuar
no sentido de salvar direito próprio ou alheio.

• OBS.
• CAUSA DE DIMINUIÇÃO DE PENA – havendo a
destruição do bem de forma não razoável
(sacrifício de um bem maior para preservar um
bem menor), o sujeito não poderá ser beneficiado
pelo estado de necessidade, todavia, terá direito a
redução da pena nos termos do artigo 24 § 2.º do
CP.
ATIVIDADE

• Cada aluno terá de fazer uma


pesquisa e encontrar um acórdão que
trate de Estado de necessidade.

• Local para pesquisa:


• Biblioteca ou laboratório de informática