You are on page 1of 4

Escola em análise: Sector em análise

:

BeCre - Escola Secundária de Albufeira

Bibliotecas escolares

Metodologia Esta ferramenta/relatório baseia-se nos conceitos de Análise SWOT com extensões que a permitem objectivar e quantificar. 1. Começa-se por decidir quais os principais vectores da análise SWOT que devem ser aplicados ao grupo de instituições com actuação similar. 2. Depois explicitam-se as lógicas e razões que balizam cada vector assim seleccionado. 3. Para cada vector da análise, escolhe-se um factor de ponderação, ou seja, a sua importância no conjunto. O total dos pesos SW e OT deve ser 100%. 4. Com base nos vectores anteriores, aplicando a lógica escolhida, avalia-se cada valor para a instituição a analisar, numa escala de 0=nulo a 10=total. 5. Esta ferramenta fornece dois valores que são a relação entre as Forças e as Fraquezas e a relação entre as Oportunidades e as Ameaças. 6. A ferramenta situa a empresa em análise num Mapa de Posicionamento SWOT. O quadrante em que a empresa se encontra identifica a situação.

Nota: escrever apenas nas zonas a amarelo Introduzir valores na folha: Análise SWOT

Empresa em análise: Sector em análise:
Vectores dos Pontos Fortes e Peso relativo Fracos 1 Condições físicas Avaliação geral para Bibliotecas escolares Aqui são contabilizadas as condições de implantação, ao nível da localização na escola, qualidade e adequação das instalações bem como as condições de mobiliário e equipamentos, técnicos e informáticos. Identificará as condições materiais necessárias à obtenção de boas práticas. Valor para BeCre Escola Secundária de Albufeira (Escala de 0=Nulo a 10=Total)

BeCre - Escola Secundária de Albufeira Bibliotecas escolares
Comentários relativos a BeCre - Escola Secundária de Albufeira Espaço generoso, com existência de gabinete no interior e sala anexa para actividades de grupo. Possui ainda sala de mapas e arrecadação grande. O parque informático é de qualidade diversificado, existindo 8 computadores para os utilizadores e 4 para gestão da biblioteca. Não possui um balcão de atendimento adequado. Está localizada no 1º andar do bloco de serviços, junto a sala de professores e sala de estudo, utilizando ainda o espaço que envolve estes recursos O tratamento técnico é feito segundo especificações da Base Nacional Bibliográfica, apresenta elevada capacidade de gerar receitas próprias, Não possui um horário fixo de trabalho, mas tem condições para separação do trabalho. A biblioteca trabalha as questões de imagem, com uma clarificação de procedimentos de trabalho, coerência na imagem gráfica e autoavaliação de actividades. Ainda não implementou um sistema de etiquetagem. O fundo documental é muito diversificado em temas e em formatos. Está adequado ao nível etário dos alunos e às necessidades dos professores, permitindo actividades de currículo e de lazer. Existe acesso internet em postos fixos e tomadas para computadores portáteis. Não possui internet sem fios O horário de atendimento acompanha o horário de funcionamento da escola (dia e noite). Todas as tipologias de documentos são requisitáveis, existindo uma política distinta por tipologias. Existe uma prática regular de exposições de arte e animação cultural. A animação literária é menos trabalhada. Existem normas de construção de dossiers temáticos para materiais de apoio a disciplinas cultura geral. A equipa é diversificada e com 4 elementos nucleares com experiência de trabalho em conjunto e capacidades para resolução de todos os problemas da biblioteca. Os funcionários são em qualidade mas possuem formação mínima em bibliotecas e com baixa habilitação literária. O ambiente de trabalho e o relacionamento é feito de uma forma informal, estando o trabalho claramente planificado e organizado. A equipa da biblioteca constitui 80 % dos representantes docentes na Assembleia de escola, está representada no conselho pedagógico, sendo o papel da biblioteca claramente definido nas normas e regulamentos internos.

16%

9

2

Gestão e Organização 18%

Analisa a capacidade da biblioteca em se organizar internamente. Uma biblioteca envolverá uma organização interne de processos, mas igualmente a capacidade de se projectar de uma forma harmoniosa e coerente, desenvolvendo capacidades de reavaliação das acções. Identificará a solidez da acção da biblioteca Analisa-se aqui os produtos e recursos materiais que a biblioteca possui. A diversidade dos fundos documentais e o seu tratamento informatizado aliado às condições do acesso Internet permitirão o surgimento de serviços de qualidade a para o seu público e sobre os quais assentará uma prática de distribuição de serviços. Identificará as possibilidades de satisfazer o utilizador Analisa a capacidade da biblioteca em transformar os produtos em informação, de tornar a biblioteca útil e diferenciada das restantes. Identificará a capacidade de introduzir valor acrescentado aos produtos da biblioteca

9

3

Produtos 18%

8

4

Serviços 20%

7

5

Recursos humanos 18%

Analisa os recursos humanos e a sua capacidade de interacção. Uma biblioteca necessita de uma equipa com conhecimentos e formação diversificados bem como um sentido de equipa. Identificará o elemento humano capaz de colocar em prática os objectivos da biblioteca. Analisa o modo como a biblioteca está integrada na instituição. A instituição deve sentir-se como um todo, garantindo a prossecução dos objectivos comuns. Identificará o seu envolvimento institucional.

9

6

Institucional 10%

10

7 8 9 10 Controlo deve ser igual a 100% 100% 8,52 = Resultado para BeCre - Escola Secundária de Albufeira

Empresa em análise: Sector em análise:
Vectores das Oportunidades e Peso relativo Ameaças 1 Clientes 30% 2 Colaboradores 15% 3 Tecnologias 15% 4 Parcerias de trabalho 20% 5 Tendências de mercado 5% Avaliação geral para Bibliotecas escolares A forma como os utilizadores acedem à biblioteca e a utilizam está ligada à sua história pessoal e às capacidades e objectivos académicos e pessoais Valor para BeCre Escola Secundária de Albufeira (Escala de 0=Ameaça a 5

BeCre - Escola Secundária de Albufeira Bibliotecas escolares
Comentários relativos a BeCre - Escola Secundária de Albufeira Bons níveis de frequência de utilizadores e de empréstimos. O nível sóciocultural dos leitores é diversificado mas sem grandes carências materiais. O desempenho académico é baixo assim como os hábitos de leitura. A biblioteca é encarada como um local de estudo Recebe alunos de 5 escolas EB23 que possuem formações muito diversificadas, levando algum tempo a enquadrar. Os docentes utilizam a biblioteca por motivos pessoais mas são mais relutantes em colaborar em actividades. Os procedimentos em vigor na biblioteca foram todos orientados pela informatização de processos (livro de registo, empréstimos, etc). Parte do parque informático carece de actualização. O acesso internet é de baixa qualidade. Existe uma rede de trabalho concelhia e protocolos de cooperação com bibliotecas escolares estrangeiras, existindo encontros e actividades conjuntas Os ebook são uma realidade, sendo divulgados nas novidades. Houve um grande investimento em DVD e na conversão de cassetes para DVD. Não existe muito investimento em concursos literários. Existem normas de respeito dos direitos de autor, o software instalado é todo gratuito, promovendo-se o software OpenSource, existindo ainda sistemas Linux gratuitos. Existe um grande empenho da direcção, sendo as duas equipas as responsáveis pela entrada da biblioteca na RBE. A biblioteca tem um orçamento considerado adequado, embora não seja fixo. O apoio da BM é ainda baixo e o do município muito baixo. Possui um protocolo com uma livraria de referência para apoio a actividades e aquisições. A escola ainda não possui autonomia pedagógica mas possui uma boa capacidade económica. Os únicos apoios financeiros externos vieram da RBE. Não está clarificada a continuidade dos docentes da equipa, tendo em conta a fase de concursos de docentes

As equipas de bibliotecas necessitam apoio fora do seu círculo restrito, especialmente com os docentes, num processo que deve ser coerente entre diferentes bibliotecas Os desafios e possibilidades colocados pelos recursos digitais deparam-se com problemas ligados à capacidade em acompanhar a inovação do sector

2

6

A capacidade de encontrar elementos de trabalho no exterior da biblioteca permitirá a melhoria dos conhecimentos e das práticas. Será do memo modo mais fácil justificar as práticas internas. A biblioteca tem de responder aos condicionalismos da expansão do seu trabalho aproveitando as oportunidades de se recriar com financiamentos externos e estar na vanguarda.

7

10

6

Institucional

Sendo um serviço sem capacidade para gerar receitas próprias significativas, estará dependente da situação das estruturas ligadas às bibliotecas, sendo que será preciso equilibrar elementos locais com elementos nacionais. 15% 6

7 8 9 10 Controlo deve ser igual a 100% 100% 5,5 = Resultado para BeCre - Escola Secundária de Albufeira

Empresa em análise: Sector em análise:
Mapa de Posicionamento SWOT

BeCre - Escola Secundária de Albufeira Bibliotecas escolares

10
Neste quadrante situam-se as instituições frágeis mas com potencial de recuperação. Neste quadrante situam-se as instituições fortes com potencial de continuação de sucesso.

Relação Ameaças/Oportunidades Baixa

Alta

5

Neste quadrante situam-se as instituições frágeis condenadas a desaparecer.

Neste quadrante situam-se as instituições fortes que se encontram sob ameaça.

0 0
Baixa

5
Relação Fraquezas/Forças Alta

10

28-02-2007