You are on page 1of 4

Nome da Disciplina: Linguagem Jurídica

Professor: Bruna Angotti

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8603643176601434

E-mail: brunasoaresangotti@gmail.com

Facebook: Professora Bruna Angotti

Turmas: 1E (Sextas-feiras)

Ementa: Análise dos diferentes níveis comunicativos e sua interface com o discurso jurídico. Estudo do vocabulário jurídico e de brocardos latinos. Apresentação dos aspectos
relevantes da estruturação frasal, do discurso argumentativo e da redação técnica.
Metodologia da Disciplina:
Aulas dialogadas, baseadas em leituras previamente indicadas. Serão utilizados meios audiovisuais para a exposição de conteúdo, bem como a lousa. Será utilizado o moodle
como plataforma de interação entre alunos e professora. Serão realizados debates de casos em classe.

DATA TEMA GERAL BIBLIOGRAFIA DETALHAMENTO


09/02 Apresentação

16/02 Fatos, Notícias e O que e como deve ler um estudante e profissional do Direito.
linguagem
23/02 Língua e TRUBILHANO, Fabio; HENRIQUES, Antonio. Linguagem Jurídica e Gênero e espécie / registros de linguagem / correta x adequada /
linguagem. Argumentação: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2014. (Cap. 1 – Língua e outras linguagens que não a língua / a comunicação e a língua na
Linguagem) história da humanidade / preconceito linguístico / elementos da
Diferentes comunicação.
registros de Significados do silêncio / linguagem corporal / vestuário na prática
linguagem no jurídica / oralidade x forma escrita / importância da norma culta
universo jurídico para a estratégia argumentativa
02/03 A linguagem RAMOS, Alexandre Magno Lins. A linguagem jurídica como óbice ao Arcaísmos / discurso de poder / ideologia / corporativismo /
jurídica como conhecimento das normas de direito e ao acesso à Justiça. tradição / termos técnicos x linguagem rebuscada / o uso do latim
barreira para o http://www.ambito-
acesso ao direito juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=8758
e à justiça
09/03 Estrutura de TRUBILHANO, Fabio; HENRIQUES, Antonio. Linguagem Jurídica e Como ler? / Partes de uma petição / endereçamento: autor, réu e
petições jurídicas Argumentação: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2014. Páginas 329-338 tipo de petição ou ação / fatos / fundamentação / pedido /
(Cap. 7 – Prática da Linguagem Jurídica) reflexões sobre o uso de modelos na prática jurídica / advocacia
de massas x advocacia artesanal / petições jurídicas como
MORENO, Cláudio e MARTINS, Túlio. Português para convencer: gêneros discursivos
comunicação e persuasão em direito. São Paulo, Ática, 2006. Páginas 16-
33 e 243-248 (Capítulos 2 e 11)

FUZER, Cristiane; BARROS Nina Célia de.Processo Penal Como Sistema


De Gêneros. Linguagem em (Dis)curso – LemD, v. 8, n. 1, p. 43-64,
jan./abr. 2008. http://www.scielo.br/pdf/ld/v8n1/03.pdf

16/03 Avaliação

23/03 Avaliação

30)/03 FERIADO

06/04 Vocabulário TRUBILHANO, Fabio; HENRIQUES, Antonio. Linguagem Jurídica e


Jurídico Argumentação: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2014. (Cap. 2 – Prática
da Linguagem Jurídica)

13/04 Vocabulário TRUBILHANO, Fabio; HENRIQUES, Antonio. Linguagem Jurídica e


Jurídico Argumentação: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2014. (Cap. 2 – Prática
da Linguagem Jurídica)

20/04 Argumentação MORENO, Cláudio e MARTINS, Túlio. Português para convencer: Tipos de argumentos/condições para que exista o diálogo
Jurídica comunicação e persuasão em direito. São Paulo, Ática, 2006. Páginas 54- argumentativo / persuasão x convencimento / discurso x diálogo /
67 e 77-115 (Capítulos 4 e 6). diálogo x debate / intuição incomunicável x razões e fundamentos
PERELMAN, Chaïm e OLBRECHTS - TYTECA, Lucie.Tratado da
Argumentação – A Nova Retórica. São Paulo: Editora Martins Fontes,
1996. (A definir)
TRUBILHANO, Fabio; HENRIQUES, Antonio. Linguagem Jurídica e
Argumentação: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2014. (Cap. 3 –
Argumentação Jurídica)

27/04 Argumentação MORENO, Cláudio e MARTINS, Túlio. Português para convencer: Tipos de argumentos/ condições para que exista o diálogo
Jurídica comunicação e persuasão em direito. São Paulo, Ática, 2006. Páginas 54- argumentativo / persuasão x convencimento / discurso x diálogo /
67 e 77-115 (Capítulos 4 e 6). diálogo x debate / intuição incomunicável x razões e fundamentos
PERELMAN, Chaïm e OLBRECHTS - TYTECA, Lucie.Tratado da
Argumentação – A Nova Retórica. São Paulo: Editora Martins Fontes,
1996. (A definir)
TRUBILHANO, Fabio; HENRIQUES, Antonio. Linguagem Jurídica e
Argumentação: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2014. (Cap. 3 –
Argumentação Jurídica)

04/05 Argumentação MORENO, Cláudio e MARTINS, Túlio. Português para convencer: Tipos de argumentos/ condições para que exista o diálogo
Jurídica comunicação e persuasão em direito. São Paulo, Ática, 2006. Páginas 54- argumentativo / persuasão x convencimento / discurso x diálogo /
67 e 77-115 (Capítulos 4 e 6). diálogo x debate / intuição incomunicável x razões e fundamentos
PERELMAN, Chaïm e OLBRECHTS - TYTECA, Lucie.Tratado da
Argumentação – A Nova Retórica. São Paulo: Editora Martins Fontes,
1996. (A definir)
TRUBILHANO, Fabio; HENRIQUES, Antonio. Linguagem Jurídica e
Argumentação: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2014. (Cap. 3 –
Argumentação Jurídica)

11/05 Avaliação
18/05 Avaliação
25/05 Argumentação DINIZ, Geilza Fátima Cavalcanti. Teoria da argumentação jurídica e love’s O papel da argumentação racional nas decisões judiciais / como
Jurídica knowledge no caso da antecipação do parto do feto anencéfalo. decidem as cortes.
http://www.criminologiacritica.com.br/arquivos/1311873856.pdf

01/06 FERIADO
08/06 Aula Balanço Devolutiva das atividades e notas. Avaliação do curso.
11/06 Provas Avaliação escrita cobrando leitura dos textos do semestre, interpretação de texto, conteúdo ministrado nas aulas e produção textual.
a Substitutivas
13/06
15/06 Provas Finais Avaliação escrita cobrando leitura dos textos do semestre, interpretação de texto, conteúdo ministrado nas aulas e produção textual.
a
20/06