You are on page 1of 2

dic A groecológica

Uso de água de cinza e cal como fertiprotetor de plantas:


1 Composição 10,4 %, respectivamente, contra 2,8 % da cas-
ca de milho. A cal hidratada também possui
A água de cinza e cal é um defensivo ecoló- expressivos teores de silício, além do Cálcio e
gico obtido pela mistura de água, cinza e cal, Magnésio. Os nutrientes Ca, Mg, K e Si, que
que vem sendo utilizado no controle ecológico estão em maior percentagem na água de cin-
de doenças e pragas. Essa mistura contém ex- za e cal, exercem papel fundamental na resis-
pressivos teores de macro e micronutrientes, tência das plantas às pragas e às doenças. A
variáveis com a fonte da cinza. Os principais cinza de madeira possui pH em água e teores
elementos são Ca, Mg e K. As gramíneas em de macro e micronutrientes bem mais altos do
geral são acumuladoras de silício, sendo que que a cinza da casca de arroz, principalmente
a palha e a casca de arroz apresentam as os de Ca, Mg, K, Fe, Mn, Na, Cu e Zn (ver qua-
maiores percentagens em sílica, com 8,25 e dro a seguir).

Resultados de análises de cal hidratada, cinza de casca de arroz e água de cinza e cal*

Composição Cal hidratada Cinza de casca de arroz Água de cinza e cal


Umidade a 75ºC (%) <1 4 -
PH em água 12,7 8,7 12,7
Carbono orgânica < 0,1 5,3 -
Nitrogênio total (%) 0,01 0,03 -
Fósforo total (%) 0,01 0,13 -
Potássio total 0,12 1,2 175 (mg|kg)
Cálcio total 16,7 0,24 808 (mg|kg)
Magnésio total 17,0 0,12 120 (mg|kg)
Enxofre total (%) 0,02 0,1 -
Cobre total (mg|kg) 6 4 <0,01
Zinco tota(mg|kg) 2 20 0,3
Ferro total (mg|kg) 1400 420 -
Manganês total (mg|kg) 204 1600 0,6
Sódio total (mg|kg) 2000 102 -
Boro total (mg|kg) 27 9 <0,01
*Resultados expressos no material seco a 75ºC. Análises realizadas pelo Laboratório de Análises de Solo
(FA|UFRGS), em 1996 (CLARO, 2001).

2 Influência sobre parasitas e doenças de calda sulfocálcica a 1% ou de biofertilizante


enriquecido. A presença de nutrientes na mis-
Experimentos feitos a campo indicam que a tura, tais como o Potássio, Cálcio, Magnésio,
pulverização de água de cinza e cal, reduz sig- Enxofre e Silício, contribuem na estrutura e for-
nificativamente a população do cascudinho talecimento das células das plantas e estimula
verde-amarelo ou vaquinha (Diabrotica sp.), a resistência a doenças fúngicas e bacterianas.
do pulgão (Mysus persicae) e da pulga do Também foi constatada uma ação repelente no
fumo, especialmente quando associada ao uso controle de insetos, a qual pode estar relacio-
55
Agroecol.e Desenv.Rur.Sustent.,Porto Alegre, v.2, n.4, out./dez.2001
dic A groecológica
nada ao efeito nutricional, mas também à ação Com o tempo de 10 a 15 minutos após a agi-
repelente do cal, cristais de cinza e alguns nutri- tação da mistura, a fração líquida que fica sobre
entes contidos nestes produtos. os sedimentos de cal e cinza adquire cor bem cla-
ra (límpida), como se fosse água pura. Entretan-
3 Preparo da água de cinza e cal to, mesmo com esse aspecto, a parte líquida con-
tém nutrientes.
Ingredientes para a obtenção de 75 a 80 kg de
água de cinza e cal: Obtenção da água de cinza e cal turva:
- 5 kg de cal hidratado Para obter água de cinza e cal turva, realiza-
- 5 kg de cinza vegetal se uma leve turbulência da mistura, de modo que
- 100 l de água os sedimentos depositados turvem a fração líqui-
- Recipiente de alvenaria, plástico ou latão da, passando esta a adquirir aspecto branco lei-
toso. Este procedimento deve ser realizado após
Preferencialmente, deve-se usar a cal hidratada a mistura água\cinza\cal ter passado pelas ope-
por esta ter granulometria extremamente fina e rações de repouso e agitação pelo tempo mínimo
ser mais barata. Entretanto, recomenda-se evitar de 1 hora. A água de cinza e cal turva contém
o uso de cal que contenha cinza vulcânica em sua maiores teores de Cálcio e, principalmente, Mag-
composição, por não se conhecer o conteúdo nésio do que a água de cinza e cal límpida.
químico e o seu efeito sobre o solo ou a planta. A
cal virgem também pode ser usada nas mesmas 5 Observações
proporções. Armazenamento: Para reduzir a mão-de-obra,
sugere-se preparar uma quantidade maior de
Como fazer: mistura, suficiente para duas ou mais semanas. A
Em um recipiente apropriado misturam-se 5 kg mistura (água\cinza\cal) deve ser filtrada e arma-
de cal hidratado e 5 kg de cinza com 100 l de água. zenada em bombonas ou outro recipiente após o
Caso a cinza contenha impurezas (carvão, pedra, preparo. Logo a seguir, ocorre a sedimentação
casca), deve ser peneirada antes da mistura. de partículas, tornando a água de cinza e cal
A mistura deve permanecer em repouso por límpida. No momento de usá-la, basta agitar o
pelo menos uma hora antes de ser utilizada, de conteúdo, que irá retomar a cor branco-leitosa.
modo que os nutrientes da cinza e da cal passem Cuidados na aplicação: evitar a aplicação de
para a fração líquida. Nesse período de tempo, água de cinza e cal em horários de intenso calor.
agita-se a mistura no mínimo 3 a 4 vezes, com um No verão, aplicar à tardinha ou de manhã cedo,
pedaço de madeira ou outro instrumento. sobretudo quando a cinza utilizada for de madei-
Após a última agitação da mistura, espera-se ra (maior concentração de nutrientes, mais salina
10 a 15 minutos para que ocorra a sedimentação e alcalina).
das partículas sólidas. Preferencialmente, aplicar a água de cinza e
A água de cinza e cal deve ser coada antes do cal associada com um espalhante adesivo (por
uso, podendo para isso ser usada a peneira do exemplo: farinha de trigo a 2 %).
pulverizador.
Fonte: Adaptado de CLARO, S.A. Referenciais
4 Uso correto Tecnológicos para a Agricultura Familiar Ecológi-
ca: a experiência da Região Centro-Serra do Rio
Obtenção de água de cinza e cal clara Grande do Sul. Porto Alegre: ASCAR-EMATER|RS,

56
(límpida): 2001. 250 p.

Agroecol.e Desenv.Rur.Sustent.,Porto Alegre, v.2, n.4, out./dez.2001