You are on page 1of 14

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO – SEPLAN

Secretaria-Adjunta de Planejamento e Orçamento – SPLAN


Superintendência de Gestão de Planos e de Orçamentos

MENSAGEM GOVERNAMENTAL
2017

Orientações Técnicas
Para Elaboração dos Relatórios Setoriais

Dezembro/2016
GOVERNADOR
Flávio Dino

VICE-GOVERNADOR
Carlos Orleans Brandão Junior

SECRETÁRIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO - SEPLAN


Cynthia Celina de Carvalho Mota Lima - Secretária de Estado
SUBSECRETÁRIO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO
Marcello Apolônio Duailibe Barros – Subsecretário de Estado
SECRETARIA ADJUNTA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO - SPLAN
Eduardo Cássio Beckman Gomes - Secretário-Adjunto
Unidade Gestora dos Sistemas de Planejamento e Orçamento
Maria da Graça Gomes Ximenes Aragão - Gestora
Superintendência de Gestão de Planos e de Orçamentos
Domingos José Carneiro Neto - Superintendente
Superintendência de Assuntos Fiscais
Eduardo Henrique Santos Pereira- Superintendente
Superintendência de Normas
Maria Júlia Sousa Carvalho – Superintendente
Superintendente de Programas
Tânia Maria Costa Macatrão
EQUIPE DE ELABORAÇÃO:
Eduardo Cássio Beckman Gomes – Coordenação Geral
Domingos José Carneiro Neto – Coordenação Executiva
Claudio Braga
Cristiane Assunção Martins Oliveira
Daniela Duailibe Barros Rêgo
Paulo da Costa Carioca
Francisco Nawenesson Ferreira Lopes
Leonardo Borralho Araújo
Arlete Silva Serra
Mônica Castro
EQUIPE DE APOIO:
Florise Pereira Reis
Maria Santana Carvalho Silva
Maria Rogéria dos Santos
COLABORAÇÃO
Secretarias de Estado Setoriais e Vinculadas
EDITORAÇÃO
Maria da Conceição Lima Silva
1. APRESENTAÇÃO

A Constituição do Estado do Maranhão, no Capitulo II - Do Poder Executivo, Seção


II, estabelece as atribuições do Governador do Estado e dentre elas destacamos o envio de
Mensagem Governamental para Assembleia Legislativa do Maranhão que constitui-se em
um instrumento, através do qual o Poder Executivo presta contas à sociedade, tornando
públicas suas ações. Além de publicizar as principais realizações de cada setor de governo,
tais como objetivos alcançados e evolução dos principais indicadores dos programas, a
mensagem contém uma analise detalhada do contexto em que o Estado se insere, dando
ênfase aos aspectos da atual conjuntura econômica e social, bem como o desempenho das
contas públicas em relação a esse contexto.

CAPÍTULO II
Do Poder Executivo
(...)
Seção II
Das Atribuições do Governador do Estado
Art. 64 - Compete, privativamente, ao Governador do Estado:
(...)
VII – remeter mensagem e plano de governo à Assembleia Legislativa por
ocasião da abertura da sessão legislativa, expondo a situação do estado e
solicitando as providências que julgar necessárias;

Portanto, este documento, “Orientações Técnicas para Elaboração dos Relatórios


Setoriais” elaborado pela Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento – SEPLAN,
órgão que coordena, anualmente, por meio da Secretaria Adjunta de Planejamento e
Orçamento e da Superintendência de Gestão de Planos e de Orçamentos, a elaboração dos
relatórios setoriais, disponibiliza as Secretarias de Estado e demais Órgãos responsáveis
pela execução de programas e ações de Governo os procedimentos para levantamento de
informações que subsidiarão ao Senhor Governador quando da elaboração da Mensagem
Governamental que será apresentada pelo Chefe do Poder Executivo pela ocasião da
abertura da 3ª Sessão Legislativa da 8ª Legislatura do Poder Legislativo.

Desse modo, convém ressaltar o significado e a importância dos relatórios setoriais


para a elaboração desse documento e que os responsáveis por sua elaboração tenham a
compreensão do propósito do Governo do encaminhamento da sua prestação de contas
para com a sociedade, assim como, o domínio dos objetivos e das politicas em suas
respectivas áreas de atuação.

Finalmente, o presente documento contém informações relativas à estrutura dos


relatórios, etapas a serem cumpridas, fluxograma e cronograma de atividades.
2. DOCUMENTOS QUE SUBSIDIARÃO A MENSAGEM GOVERNAMENTAL
Tendo como referencial a “Mensagem de 2016”, quando da abertura da Segunda
Sessão Legislativa da Décima Oitava Legislatura, os documentos que subsidiarão a
Mensagem Governamental para o exercício de 2017, são os seguintes: Desempenho
Estadual; Desempenho da Ação Governamental; Plano de Ação: Prioridades para 2017.

A competência para a elaboração do texto da mensagem, forma de pronunciamento,


é do Senhor Governador ou a quem for delegada essa atribuição. Os documentos
Desempenho da Ação Governamental e Plano de Ação: Prioridades para 2017 são de
responsabilidade das setoriais e suas vinculadas.

2.1 DESEMPENHO ESTADUAL


Neste item, além de um conjunto de informações sobre a situação social do
Maranhão, de um panorama da economia maranhense, demonstração e analise das
finanças públicas em 2016 e projeção para o ano seguinte, o cenário macroeconômico
mundial e nacional no período corrente e a tendência para o subseqüente, também tem
como objetivo fazer uma análise sobre o desempenho do Estado e dos avanços alcançados
por “Eixo Governamental”. Este texto será elaborado pela SEPLAN através da Secretaria
Adjunta de Planejamento e Orçamento – SPLAN em parceria com o Instituto Maranhense de
Estudos Socioeconômicos e Cartográficos – IMESC.

2.2 DESEMPENHO DA AÇÃO GOVERNAMENTAL


Texto que apresentará o desempenho das ações governamentais implementadas
em 2016 o qual compreenderá, em cada Eixo, para cada Politica Setorial uma abordagem
da estratégia de cada politica e dos programas setoriais subsidiados pelos Relatórios
Setoriais.

2.3 PLANO DE AÇÃO: PRIORIDADES SETORIAIS PARA 2016


Subsidio dos órgãos setoriais e suas vinculadas para a Mensagem Governamental
elencando por ordem as prioridades das ações para o exercício de 2017, alinhadas às
Diretrizes de Governo constantes no PPA 2016/2019 e inclusas na LOA 2016 em
conformidade com a LDO 2016.

3. RELATÓRIOS SETORIAIS
Os relatórios setoriais têm como especificidade sistematizar as informações sobre a
execução de programas e ações do Plano Plurianual 2016-2019, referente ao exercício de
2016, inclusas na LOA 2016, e que subsidiarão a Mensagem Governamental 2017 (inciso
VII, do art. 64, da Constituição Estadual de 1989). Cabe ressaltar que o Relatório Setorial
será organizado por agrupamento de politicas públicas setoriais denominado de “Eixo
Governamental”1 (Anexo I). Também, deverão ser destacadas as propostas construídas
com a participação da sociedade e publicadas no documento “Propostas para um
Maranhão com Desenvolvimento e Justiça Social”2 (Anexo no SISPCA). Neste
documento, constam 65 (sessenta e cinco) propostas do Governador eleito em 2014 e todas
as foram mapeadas no conjunto dos programas do PPA 2016-2019. Neste sentido,
também, deverão ser observados os “Principais Programas/Ações do Governo (Anexo no
SISPCA).

3.1. ESTRUTURA DO RELATÓRIO SETORIAL


O Relatório Setorial compreenderá duas partes, uma no formato de texto e a
segunda de planilhas, relacionando as principais realizações do órgão/entidade executadas
no exercício de 2016.

O documento deverá ser apresentado com uma capa, contendo a identificação do


órgão, uma página com a relação dos responsáveis pela elaboração do Relatório Setorial e
o desenvolvimento do conteúdo estruturado da seguinte forma:

 APRESENTAÇÃO;
 RESUMO EXECUTIVO: ABORDAGEM SOBRE A POLÍTICA SETORIAL;
 REALIZAÇÕES E RESULTADOS ESTRATÉGICOS DO EXERCÍCIO 2016;
 PRIORIDADES SETORIAIS PARA 2017.

Este documento terá o mesmo padrão de formatação utilizada nos documentos


oficiais, ou seja, digitação em formato word, papel tamanho A4, letra Times New Roman,
tamanho 12, espaçamento1,5, margens: direita 2 cm, esquerda 3 cm.

3.1.1 APRESENTAÇÃO

Texto de no máximo 1 (uma) lauda apresentando de forma geral o relatório.

3.1.2 RESUMO EXECUTIVO: ABORDAGEM DA POLÍTICA SETORIAL


Neste item, o desenvolvimento do texto em até 02 (duas) páginas, fazendo uma
abordagem qualitativa com informações gerais sobre a evolução da politica desenvolvida
pelo órgão, os avanços alcançados relacionando-se com as diretrizes e os objetivos do
Governo constantes no Plano Plurianual 2016-2019.

Deverá ser levado em conta comentários sobre o sistema de execução do órgão e


suas vinculadas; expor sobre a capilaridade da execução destacando as Regiões e/ou
principais Municípios de atuação; sobre as parcerias com outras instituições (públicas,
estaduais, empresas privadas, entidades do terceiro setor, etc.) e outros entes federativos,

1
Publicação do Governo do Estado: Governo de Todos Nós, Ano 1, exercício de 2015.
2
Publicação do candidato a Governador do Estado do Maranhão Flávio Dino, maio 2014.
etc., bem como uma análise do desempenho e resultados do setor, no exercício de 2016,
em relação aos aspectos: orientações, objetivos estratégicos, indicadores e diretrizes do
PPA e outros que forem pertinentes.

3.1.3 REALIZAÇÕES E RESULTADOS ESTRATÉGICOS 2016


Esta etapa deverá salientar os resultados estratégicos com relação à politica setorial
que contribuíram eficazmente para o alcance dos objetivos do Governo ao longo do
exercício de 2016 (considerar as expectativas da sociedade, capacidade de atendimento
e/ou entrega e os referenciais ligados aos resultados estratégicos). Portanto, trata-se de um
demonstrativo da execução dos Programas e Ações que mais ressaltaram para a
consecução desses objetivos, mediante as informações geradas por sua avaliação e tendo
como perspectiva os resultados produzidos para o cidadão, público alvo/beneficiário.

Desta forma, os órgãos e suas respectivas vinculadas devem elaborar um texto


fazendo uma contextualização, no sentido de fazer um balanço ou prestação de contas dos
resultados alcançados, em no máximo 02 (duas) páginas.

Esta contextualização destacará de maneira concisa e objetiva as principais metas


alcançadas pelos programas dos Órgãos Setoriais e suas Vinculadas, bem como os
avanços obtidos com os mesmos, com ênfase nos impactos.

As principais realizações bem como os resultados estratégicos referentes ao


exercício de 2016 devem ser agrupados em conformidade com os Eixos Diretivos de
Governo discriminado no ANEXO I, pertencente ao respectivo setor, podendo utilizar
recursos como tabelas, quadros, gráficos e fotografias com alta resolução destacando o
registro finalístico do setor, conforme exemplo no ANEXO II.

Vale ressaltar que não devem ser relatados resultados que caracterizam meramente
processos e atividades-meio, a saber: assinatura de convênios; participação em estudos e
pesquisas; início de processo licitatório, etc.

Em relação à Planilha de Realizações de 2016, conforme modelo no ANEXO III,


constará de 5 (cinco) campos para preenchimento com as principais realizações do
órgão/entidade executora, contendo: descrição da realização; localização espacial por
Região e/ou Município; parcerias realizadas com outras esferas de governo ou outras
instituições; volume de recursos aplicados, com destaque diferenciado com os investimentos
do Governo com recursos do Tesouro e o total realizado com outras fontes (convênios,
operações de credito, entre outros). Destacar os impactos da ação governamental para a
sociedade e demonstrar a aplicabilidade de sua implementação para a Região, Estado e
para a sociedade.
3.1.4 PRIORIDADES SETORIAIS PARA 2017
Estas informações tem a finalidade de subsidiar a equipe de elaboração da
Mensagem Governamental, desta forma, ressalta-se para a equipe de elaboração do
Relatório Setorial, a importância de elencar as prioridades de 2017, portanto, se faz
necessário que os órgãos e vinculadas sejam bastante rigorosos nos critérios de seleção em
ordem de importância e alinhadas às Diretrizes de Governo constante no PPA 2016/2019 e
na LOA 2017.

Vale ressaltar que, em conformidade com o art. 3º da Lei nº 10.498/2016 (LDO),


publicada no Diário Oficial do Estado em 22/7/2016, as Prioridades e Metas Administração
Pública Estadual, para o exercício de 2017, atendidas as despesas de obrigação
constitucional ou legal e as de funcionamento dos órgãos e entidades integrantes do
Orçamento Fiscal e da Seguridade Social, correspondem às ações relativas ao Plano
Plurianual 2016-2019, Plano de Desenvolvimento Socioeconômico – PDS, Anexo IV do
Plano Plurianual 2016-2019, Lei nº 10.375, de 16/12/2015 (DOE de 16/12/2015 –
Suplemento Executivo).

O § 1º, da LDO supracitada, define que as ações do PDS serão identificadas em


anexo próprio tanto no Projeto de Lei como LOA de 2017, de forma compatível com a Lei do
PPA para o período de 2016-2019.

As propostas de prioridades das setoriais para 2017 devem ser apresentadas


obedecendo à formatação, conforme os exemplos no ANEXO IV.

4. LOCAL, PRAZO, FORMA DE ENVIO, CONTATO, FLUXOGRAMA E CRONOGRAMA


Enviar o Relatório Setorial na forma impressa para a Secretaria de Estado do
Planejamento e Orçamento até o dia 03.01.2017 através de oficio à Senhora Secretária de
Estado do Planejamento e Orçamento e por meio eletrônico para a Secretaria Adjunta de
Planejamento e Orçamento para o endereço eletrônico sgpo_splanseplan@hotmail.com.
CONTATOS

Eduardo Beckman
Secretário Adjunto de Planejamento e Orçamento
COORDENAÇÃO GERAL

Equipe Técnica de Elaboração

Domingos Carneiro
Superintendente de Gestão de Planos e Orçamento
COORDENAÇÃO EXECUTIVA - SGPO
3218 8491
sgpo_splanseplan@hotmail.com

Arlete Serra Cláudio Braga Cristiane Oliveira Daniela Duailibe


sgpo_splanseplan@hotmail.com sgpo_splanseplan@hotmail.com sgpo_splanseplan@hotmail.com sgpo_splanseplan@hotmail.com
3218 2232 218 2107 3218 2175 3218 2107

Francisco Nawensson Leonardo Borralho Monica Castro Paulo Carioca


sgpo_splanseplan@hotmail.com sgpo_splanseplan@hotmail.com sgpo_splanseplan@hotmail.com sgpo_splanseplan@hotmail.com
3218 2232 3218 2232 3218 2232 3218 2175
CRONOGRAMA
DATA
ATIVIDADES RESPONSÁVEL
INICIAL FINAL

Atividades Preparatórias: Orientações Técnicas para


25/10 12/12 Técnicos da SGPO
Elaboração dos Relatórios Setoriais.

Envio da Minuta/Proposta de Orientações Técnicas para


13/11 Elaboração para criticas e/ou sugestões do Sec. Adjunto da Sec. Adjunto
SPLAN e validação da Secretária da SEPLAN.

Reunião de alinhamento com as setoriais para elaboração dos SEPLAN/ÓRGÃOS


14/11 EXECUTORES
Relatórios Setoriais

19/12 16/1/17 Elaboração do Cenário Macroeconômico e Fiscal IMESC/SPLAN/SAF

Publicação das Orientações Técnicas para Elaboração dos


15/12 SGPO
Relatórios Setoriais no SISPCA

SECRETAIRIAS
15/12 3/1/17 Elaboração dos Relatórios Setoriais SETORIAIS

Elaboração da versão preliminar dos Relatórios Setoriais e do


4/1/17 16/1/17 SPLAN/SGPO
Cenário Macroeconômico e Fiscal.

Envio dos Relatórios Setoriais e do Cenário Macroeconômico e


17/1/17 SEPLAN
Fiscal para o Governador.

26/1/17 30/1/17 Editoração e impressão da Mensagem de Governo SPLAN/SEPLAN

31/1/17 Entrega da Mensagem de Governo à ALEMA. SEPLAN


ANEXOS
ANEXO I
EIXOS DE GOVERNO

EIXO: ENFRENTAR AS INJUSTIÇAS SOCIAIS


POLÍTICAS SETORIAIS:
 Saúde;
 Educação
 Mulher
 Desenvolvimento e Assistência Social;
 Esporte e Lazer;
 Cultura;
 Segurança e Administração Penitenciária;
 Direitos Humanos e Participação Popular.

EIXO: CUIDAR BEM DO DINHEIRO PÚBLICO


POLÍTICAS SETORIAIS:
 Transparência e Controle;
 Fazenda;
 Planejamento, Orçamento, Orçamento Participativo;
 Gestão e Previdência;
 Comunicação Social; Articulação Política;

EIXO: DESENVOLVIMENTO PARA TODOS


POLÍTICAS SETORIAIS:
 Agricultura, Pecuária e Pesca;
 Agricultura Familiar;
 Indústria e Comércio;
 Minas e Energia;
 Meio Ambiente e Recursos Naturais;
 Trabalho, Renda e Economia Solidária;
 Turismo;
 Ciência, Tecnologia e Inovação.

EIXO: AMPLIAR INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA


POLÍTICAS SETORIAIS:
 Infraestrutura e Logística;
 Habitação e Urbanização;
 Transporte e Mobilidade Urbana.
ANEXO II
Politica Metas
Eixo Diretivo Programas Ações Comentários
Setorial Previstas Realizadas
Trabalho, Renda 0580 - Mais 4708 - Qualificação Qualificar 1.745 1.600
Desenvolvimen
e Economia Qualificação para o Profissional e trabalhadores trabalhadores
to Para Todos
Solidária Trabalho Cidadania qualificados qualificados

ANEXO III
Planilha de Realizações - 2016

DESCRIÇÃO DA AÇÃO LOCALIZAÇÃO INVESTIMENTOS PARCERIAS IMPACTOS

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20

Descrição da Ação – descrever as principais realizações do Órgão em 2016.


Procedimentos administrativos, não devem ser classificados como realizações, ou seja, o que deve
ser considerado são os resultados efetivamente gerados.

Nesta fase, atenção especial, com análises sobre execução dos Programas: Mais Bolsa
Família-Escola, Minha Casa Meu Maranhão, Mais IDH, Mais Asfalto, Pacto Pela Vida, Escola Digna,
Força Estadual de Saúde do Maranhão, entre outros.

Localização – informar o(s) Município(s) ou região (ões) atendidos pela realização.


Investimentos – informar o volume de recursos aplicados, indicando o total de recursos do
Governo do Estado, e quando for o caso os de outras fontes. Para as obras informar o valor aplicado
e o valor total a ser investido.

Parcerias – Descrever, se houver as parcerias e qual a contribuição de cada uma delas na


realização.

Impactos – Descrever os principais impactos na população beneficiada. Deverá ser feito um


breve relato da situação antes e depois do realizado

ANEXO IV

Tabela 1
Secretaria de Estado da Saúde
Diretriz Estratégica, Eixo Diretivo, Politica Setorial e Ordem de Prioridade
Ordem de
Diretriz Estratégica de Governo Eixo Diretivo Política Setorial Proposta
Prioridade
Reformar 10 (dez) hospitais, beneficiando
800.000 pessoas em 10 (dez) municipios de 01
4. Garantir à população o acesso com diferentes regiões
qualidade aos serviços de atenção
ENFRENTAR AS INJUSTIÇAS
básica e especializada em saúde,
SOCIAIS
SAÚDE Contratar 100 (cem) profissionais da Saúde 02
focado na integralidade do
atendimento. Construir 20 (vinte) hospitais de alta
complexidade beneficiando XX familias em 03
10 (dez) Regiões de Planejamento

Tabela 2
Secretaria Estado da Cultura e Turismo
Diretriz Estratégica, Eixo Diretivo, Politica Setorial e Ordem de Prioridade
Ordem de
Diretriz Estratégica de Governo Eixo Diretivo Política Setorial Proposta
Prioridade
11. Promover a dinamização da Promover e divulgar o Turismo no
economia fortalecendo o sistema de Maranhão atraves da realização de 10 01
produção e abastecimento, bem como DESENVOLVIMENTO PARA (dez) eventos nas Regionais do Estado.
TURISMO
o desenvolvimento regional TODOS Fortalecer 50 (cincoenta) unidades
aproveitando as oportunidades e turisticas abrangendo 10 (dez) Regionais 02
potencialidades locais. do Estado
ANEXO IV (CONTINUAÇÃO)

Tabela 3
Secretaria de Estado da Infraestrutura
Diretriz Estratégica, Eixo Diretivo, Politica Setorial e Ordem de Prioridade
Ordem de
Diretriz Estratégica de Governo Eixo Diretivo Política Setorial Proposta
Prioridade
9. Realizar investimentos em Pavimentar 100.000 m² de estradas
infraestrutura de políticas públicas em beneficiando 30.000 pessoas 01
aglomerados subnormais, saneamento abrangendo 5 (cinco) municipios.
AMPLIAR INFRAESTRUTURA E INFRAESTRUTURA E
básico, logística de transporte,
LOGÍSTICA LOGÍSTICA Restaurar 2.000 km de rodovias
mobilidade e acessibilidade,
melhorando a qualidade de vida e beneficiando XXXX pessoas abrangendo 02
ambiental. 3 (três) municipios.

Tabela 4
Secretaria de Estado da Gestão e Previdência
Diretriz Estratégica, Eixo Diretivo, Politica Setorial e Ordem de Prioridade
Ordem de
Diretriz Estratégica de Governo Eixo Diretivo Política Setorial Proposta
Prioridade
Realizar 6 (seis) Concursos Pùblicos para
1. Promover a execução de uma
preenchimento de 7.000 (sete mil) vagas
gestão pública com transparência 01
em diversas áreas para todo o Estado do
ética e controle social,
Maranhão.
descentralizando as políticas públicas
CUIDAR BEM DO DINHEIRO
através da participação popular com Gestão e Previdência Qualificar 10.000 (dez mil) servidores
PÚBLICO 02
foco e qualidade visando atender a públicos de carreira.
satisfação das necessidades do
cidadão. Construir prédio para ser a sede de 7
(sete) Secretarias de Estado, ampliando 03
o Centro Administrativo do Estado.