You are on page 1of 5

ACADECAPE – ACADEMIA BRASILEIRA DE CAPELANIA E TEOLOGIA

BACHAREL EM TEOLOGIA

TEONTOLOGIA

Aluna: Elisangela Cristina Lima Machado da Cunha


Professor: Pr. Otoniel

2018
QUESTIONÁRIO DE TEONTOLOGIA

1. O que significa a palavra Teontologia?


R: E a parte da teologia sistemática que estuda a existência de Deus (théos = Deus; Ontos = ser;
logos = estudo). Ou seja, a ciência que estuda a pessoa de Deus Pai em todas as suas
perspectivas, suas características em geral, tais como sua personalidade, sua natureza, seus
atributos e sua essência, amor.

2. Como está dividido o estudo da Teontologia?


R: Existência de Deus, natureza de Deus, os atributos de Deus, a tri unidade de Deus e nomes de
Deus.

3. Quais as duas maneiras que podemos conhecer a Deus?


R: Através da revelação natural e revelação especial.

4. Quais são as revelações naturais?


R: Cosmologia, natureza humana e história universal.

5. Quais são as revelações especiais?


R: Natureza – Salmos 19: 1 – 4; Jesus Cristo – Hebreus 1: 1, 3; Bíblia – Gêneses 1: 1 e I Coríntios
8: 6

6. Quais são os argumentos acerca da existência de Deus?


R: Cosmológico: formulado por Tomás de Aquino

Teleológico: pela forma inteligente como oi criado o universo, ordena e harmoniosamente, só


poderia haver um ser extremamente sábio por trás da criação.

Ontológico: outro argumento da existência de Jesus em que se afirma que Deus é maior do
que toda a criação, do que tudo que que se possa imaginar, e que o homem já nasce com um
pré-conceito da existência de Deus.

Moral: supõe que o homem tem dentro de si um senso nato daquilo que é certo e errado de
que irá prestar contas de todas as suas atitudes diante de Deus.

Histórico: afirma que dentro de si o homem tem um sentimento de religiosidade, nasce com
ele, que faz parte da sua própria natureza. Só um ser soberano poderia colocar isso no homem.

7. Quais são as crenças que negam a existência de Deus?


R: Ateísmo, politeísmo, panteísmo, deísmo e dualismo.

8. O que é ateísmo?
R: Doutrina que nega a existência de Deus, do Deus supremo ou quaisquer outros deuses. Consiste
na negação absolta de uma ideia existente de Deus. Para eles não há Deus.

9. O que é agnosticismo?
R: Parição metodológica que somente aceita uma afirmativa com verdadeira se esta tiver uma
evidencia logica satisfatória. “Afirma” que não sabemos e nem podemos saber se existe u Deus.
Teoria que diz que é impossível saber se Deus existe ou não. Dizem que não se pode chegar até
tal conhecimento. As pessoas que aceitam essa teoria são ensinadas a não ter fé em nada.

10. O que é deísmo?


R: Teoria que diz que Deus é o princípio ou causa do mundo, infuso ou difuso na natureza, como
arquiteto do universo. Deus criou o mundo e o “abandonou” a própria sorte. Afirmam que Deus se
encontra no mundo, pois ele é o criador deste, porém Ele não exerce qualquer tipo de domínio
completo sobre ele.

11. O que é politeísmo?


R: Crença na existência de vários deuses. Religião em que há pluralidade de deuses. Geralmente
é acompanhada de idolatria.
12. Quais os 4 nomes simples de Deus?
R: Elohim, Jeová, Yavé, Adonai.

13. Qual é o nome impronunciável de Deus segundo o Judaísmo?


R: YHWH – Eterno, auto existente.

14. Qual o nome que os Judeus verbalizam quando leem a inscrição YHWH?
R: Adonai.

15. Cite os nomes compostos derivados de Jeová? Dê o significado:


R: Jeová Jireh: O Senhor proverá – Gêneses 22: 13
Jeová Rapha: O Senhor Cura – Exodo 15: 26
Jeová Nissi: O Senhor é minha bandeira – Exodo 17: 15
Jeová Shalom: O Senhor é a minha paz – Juízes 6: 24
Jeová Raá: O Senhor é o meu pastor – Salmos 23
Jeová Tsidikenu: O Senhor é nossa justiça – Jeremias 93: 6
Jeová Shammah: O Senhor está presente – Êxodo 48: 35
Jeová Sabaoth: O Senhor dos exércitos – I Samuel 1: 3

16. Quais os nomes de Deus composto derivado de El? Dê o significado:


R: El Eliom: poderoso altíssimo – Deuteronômio 26: 19
El-Olam: Deus eterno – Salmos 90: 1 – 3
El Roi: Deus que vê – Gêneses 16: 13
El Shaddai: Deus todo-poderoso – Gêneses 49: 24; Salmos 132: 2, 5
Elohim: Deus “Criador, Poderoso, Forte” – Gêneses 17: 7; Jeremias 31: 33
El, Eloah: Deus “poderoso, forte, proeminente” – Gêneses 7: 1; Isaías 9: 6

17. Quais são os emblemas de Deus segundo a bíblia?


R: Estrela da manhã, Pastor, Leão da Tribo de Judá, Alfa, Ômega.

18. Cite quais são os atributos naturais de Deus? Explique cada um.
R: Onipresença: Deus está presente em todos os lugares. Salmos 139: 7 – 10

Onisciência: Deus sabe de todas as coisas, de modo pleno sem esforço algum. Não há coisas
que Ele não saiba. Salmos 139: 16; 147: 4

Onipotência: Deus pode fazer qualquer coisa compatível com sua própria natureza. Mesmo
podendo tudo, o que Ele escolhe fazer ou não, tem motivo que só Ele conhece. Gêneses 17:
1; Êxodo 6: 3; II Crônicas 6: 18; Apocalipse 1: 8

Unidade: Só existe um Deus e que Ele é indivisível. Essa qualidade foi especialmente
enfatizada em Deuteronômio 6: 4, mesmo trazendo uma clara unidade de Deus. I Coríntios 8:
6; Efésios 4:6; I Timóteo 2: 5

Infinitude: Deus não tem limites de limitações. Não é limitado nem pelo tempo e nem pelo
espaço. I Reis 8: 27; Atos 17: 24 – 28

Imutabilidade: Deus não muda. Não quer dizer que Ele esteja imóvel ou inativo. Tiago 1: 17

19. Cite os atributos morais de Deus. Explique cada um:


R: Santidade: Deus é puro, é separado de tudo que é indigno (Levítico 11: 44). Santidade é uma
qualidade marcante de Deus. A santidade deve fazer o cristão ser sensível ao seu pecado.
Deus é santo e esse é o padrão para nossa conduta. I Pedro 1: 15 e 16; I João 1: 7; Apocalipse
4: 8

Justiça: Está ligada a moralidade e a retidão. Deus é reto em relação a si mesmo e em relação
a criação. Deuteronômio 9: 7; Salmos 11: 7; 19: 9; atos 17: 31

Amor: Deus é amor (I João 4: 8). Em relação ao home, esse amor se revela no fato de Deus
se permitir amar os pecadores. Isso agora é graça (Efésios 2: 4 – 8). O amor foi derramado no
coração de Cristo (Romanos 5: 5). Características ligada ao amor: bondade, misericórdia,
longanimidade e graça.

20. Jesus é Deus? Explique o porquê:


R: Sim, Jesus é Deus. A Bíblia deixa isso bem claro. Jesus deixou que as pessoas O
adorassem (Mateus 28:9) – Jesus era judeu e os judeus acreditavam que só deviam adorar a
Deus, nunca a homens. Jesus perdoava pecados (Marcos 2:5-6) – Ele não estava perdoando
pecados feitos contra Ele próprio, mas todos os pecados das pessoas! Os teólogos judeus da
altura ficaram chocados porque só Deus pode perdoar pecados assim, visto que todo o pecado
é uma ofensa contra Deus. Jesus disse que já existia antes de Abraão e era “Eu Sou” (João
8:28; João 8:58-59) – quando Moisés perguntou a Deus qual era seu nome, Deus respondeu
que era “Eu Sou”, que em hebraico é um jogo de palavras com Senhor. Assim, Deus ficou
conhecido como Eu Sou. Jesus disse que era Eu Sou quando os judeus perguntaram quem
Ele era, depois quiseram matá-lo porque ficou claro que Ele dizia ser Deus. Jesus disse que
Ele e o Pai eram a mesma pessoa (João 10:30-33) – isso é o mesmo que dizer “eu sou Deus”;
os judeus entenderam isso e tentaram apedrejá-lo. Jesus ensinou que Ele é o Caminho e a
Vida (João 14:6) – nenhum grande líder espiritual disse que a salvação era por ele mesmo.
Isso seria absurdo porque quando morresse já não haveria salvação. Jesus não disse só para
obedecer à sua palavra, Ele disse que entrará na vida de quem O aceitar como salvador, tal
como Deus faz (João 14:23).

21. O Espirito Santo é Deus? Explique o porquê:


R: Sim!!! O fato do Espírito Santo ser Deus é claramente visto em muitas Escrituras, incluindo Atos
5: 3 – 4. Neste verso Pedro confronta Ananias em por que ele tinha mentido para o Espírito
Santo, e a ele diz “não mentiste aos homens, mas a Deus”. É uma declaração clara de que
mentir ao Espírito Santo é mentir a Deus. Podemos também saber que o Espírito Santo é Deus
porque Ele possui os atributos ou características de Deus. Por exemplo, a onipresença do
Espírito Santo é vista em Salmos 139:7-8: “Para onde me irei do teu espírito, ou para onde
fugirei da tua face? Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali
estás também. ” Em I Coríntios 2:10 vemos a característica de onisciência do Espírito Santo:
“Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda
as profundezas de Deus. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito
do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito
de Deus. ”
BIBLIOGRAFIA:

 Bíblia de Estudo King James Atualizada


 Dicionário Bíblico Wycliffe – Charles F. Pfeiffer, John Rea
 Concordância Bíblica Joshua – Oséias Gomes Oliveira