You are on page 1of 6

1.

A pele humana, quando está bem hidratada, adquire boa elasticidade e


aspecto macio e suave. Em contrapartida, quando está ressecada, perde sua
elasticidade e se apresenta opaca e áspera. Para evitar o ressecamento da
pele é necessário, sempre que possível, utilizar hidratantes umectantes,
feitos geralmente à base de glicerina e polietilenoglicol:

Disponível em: http://www.brasilescola.com. Acesso em: 23 abr. 2010 (adaptado)


(Foto: Reprodução/Enem)

A retenção de água na superfície da pele promovida pelos hidratantes é consequência


da interação dos grupos hidroxila dos agentes umectantes com a umidade contida no
ambiente por meio de:
a) Ligações iônicas.
b) Forças de London.
c) Ligações covalentes.
d) Forças dipolo-dipolo.
e) Ligações de hidrogênio.

GABARITO: E

2. Compostos HF, NH3 e H2O apresentam elevados pontos de fusão e de ebulição


quando comparados a H2S e HCl, por exemplo, devido:
a) às forças de van der Waals;
b) às forças de London;
c) às ligações de hidrogênio;
d) às interações eletrostáticas;
e) às ligações iônicas.

GABARITO: C

3. O controle de qualidade é uma exigência da sociedade moderna na qual os


bens de consumo são produzidos em escala industrial. Nesse controle de
qualidade são determinados parâmetros que permitem checar a qualidade de
cada produto. O álcool combustível é um produto de amplo consumo muito
adulterado, pois recebe adição de outros materiais para aumentar a margem
de lucro de quem o comercializa. De acordo com a Agência Nacional de
Petróleo (ANP), o álcool combustível deve ter densidade entre 0,805 g/cm 3 e
0,811 g/cm3. Em algumas bombas de combustível a densidade do álcool pode
ser verificada por meio de um densímetro similar ao desenhado a seguir, que
consiste em duas bolas com valores de densidade diferentes e verifica quando
o álcool está fora da faixa permitida. Na imagem, são apresentadas situações
distintas para três amostras de álcool combustível.

A respeito das amostras ou do densímetro, pode-se afirmar que

(A) a densidade da bola escura deve ser igual a 0,811 g/cm3.


(B) a amostra 1 possui densidade menor do que a permitida.
(C) a bola clara tem densidade igual à densidade da bola escura.
(D) a amostra que está dentro do padrão estabelecido é a de número 2.
(E) o sistema poderia ser feito com uma única bola de densidade entre 0,805 g/cm 3 e
0,811 g/cm3.

GABARITO: D

4. A chuva ácida provoca sérios prejuízos. Dentre eles, podemos citar a


destruição de monumentos históricos feitos de calcário, mármore, cimentos,
metais e outros materiais. Isso ocorre porque a chuva ácida contém ácido
sulfúrico e ácido nítrico, que reagem com o carbonato de cálcio (CaCO 3) e com
o ferro (Fe). A ação do ácido sulfúrico presente na chuva ácida sobre o
mármore pode ser representada por:

a) CaCO3(s) + H2O(l)→ CO2(g) + CaOH(s) + H2O(l)


b) CaCO3(s) + H2O(l) + H2SO4(aq) → Ca2SO4(s) + H2O(l)+ CO2(g)
c) CaCO3(s) + H2SO4(aq) → Ca2SO4(s) + H2O(l)+ CO2(g)
d) CaCO3(s) + H2SO4(aq) → Ca2SO4(s) + CO2(g)
e) CaCO3(s) + H2SO4(aq)→ Ca2SO4(s) + H2O(l)

GABARITO: C
5. A queima de carvão e de combustíveis fósseis libera uma grande quantidade
de óxidos para a atmosfera, que reagem com a chuva, tornando-a ácida, com
pH igual ou inferior a 5,6. Qual das alternativas abaixo não representa a
dissolução de óxidos que formam a chuva ácida:

a) CaO(g) + H2O(l) → Ca(OH)2(aq)


b) CO2(g) + H2O(l)→ H2CO3(aq)
c) NO2(g) + H2O(l)→ HNO2(aq) + HNO3(aq)
d) SO2(g) + H2O(l)→ HSO3(aq)
e) SO3(g) + H2O(l)→ H2SO4(aq)
GABARITO: A

6. Em 1872, Robert Angus Smith criou o termo “chuva ácida”, descrevendo


precipitações ácidas em Manchester após a Revolução Industrial. Trata-se do
acúmulo demasiado de dióxido de carbono e enxofre na atmosfera que, ao
reagirem com compostos dessa camada, formam gotículas de chuva ácida e
partículas de aerossóis. A chuva ácida não necessariamente ocorre no local
poluidor, pois tais poluentes, ao serem lançados na atmosfera, são levados
pelos ventos, podendo provocar a reação em regiões distantes. A água de
forma pura apresenta pH 7 e, ao contatar agentes poluidores, reage
modificando seu pH para 5,6 e até menos que isso, o que provoca reações,
deixando consequências.
Disponível em: http://www.brasilescola.com. Acesso em: 18 maio 2010 (adaptado).

O texto aponta para um fenômeno atmosférico causador de graves problemas ao meio


ambiente: a chuva ácida (pluviosidade com pH baixo). Esse fenômeno tem como
consequência
a) a corrosão de metais, pinturas, monumentos históricos, destruição da cobertura
vegetal e acidificação de lagos.
b) a diminuição do aquecimento global, já que esse tipo de chuva retira poluentes da
atmosfera.
c) a destruição da fauna e da flora e redução dos recursos hídricos, com o
assoreamento dos rios.
d) as enchentes, que atrapalham a vida do cidadão urbano, corroendo, em curto
prazo, automóveis e fios de cobre da rede elétrica.
d) a degradação da terra nas regiões semiáridas, localizadas, em sua maioria, no
Nordeste do nosso país.

GABARITO: A

7. Entre os nutrientes inorgânicos indispensáveis aos vegetais, estão o Nitrogênio


(para o crescimento das folhas), o Fósforo (para o desenvolvimento das raízes)
e o Potássio (para a floração). Por isso, na fabricação de fertilizantes para o
solo, são empregados, entre outros, os compostos KNO3, Ca3(PO4)2, e
NH4Cl que são, respectivamente, denominados de:
a) nitrito de potássio, fosfito de cálcio e clorato de amônio.
b) nitrato de potássio, fosfito de cálcio e cloreto de amônio.
c) nitrito de potássio, fosfato de cálcio e cloreto de amônio.
d) nitrato de potássio, fosfito de cálcio e clorato de amônio.
e) nitrato de potássio, fosfato de cálcio e cloreto de amônio.

GABARITO: E

8. Para combater a azia, podem ser usados medicamentos à base de hidróxido


de magnésio — Mg(OH)2. O alívio do sintoma resulta da neutralização do
ácido clorídrico (HCl) do estômago pelo hidróxido de magnésio. A reação,
corretamente equacionada e balanceada, que ocorre entre as substâncias
citadas é:

a) Mg(OH)2 + HClO2 → MgClO2 + H2O


b) Mg(OH)2 + HCl → MgCl2 + 3 H2O
c) Mg(OH)2 + 2 HClO3 → Mg(ClO3)2 + 2 H2O
d) Mg(OH)2 + 2 HCl → MgCl2 + 2 H2O
e) Mg(OH)2 + HCl → MgCl + 2 H2O

GABARITO: D

9. A seguir, temos várias reações não balanceadas. Qual delas não corresponde
a uma reação de neutralização?

a) KOH(aq) + H2CO3(aq) → K2CO3(aq) + H2O(ℓ)

b) Ca(OH)2(aq) + 2 HF(aq) → CaF2(aq) + 2 H2O(ℓ)

c) CH4(g) + 2 O2(g) → CO2(g) + 2 H2O(ℓ)

d) 2 HCl(aq) + Mg(OH)2(aq) → MgCl2(aq) + 2 H2O(ℓ)

e) H3PO4(aq) + NaOH(aq) → NaH2PO4(aq) + H2O(ℓ)

GABARITO: C

Os tensoativos são compostos capazes de interagir com substâncias polares e


apolares. A parte iônica dos tensoativos interage com substâncias polares, e a parte
lipofílica interage com as apolares. A estrutura orgânica de um tensoativo pode ser
representada por
Ao adicionar um tensoativo sobre a água, suas moléculas formam um arranjo
ordenado

Esse arranjo é representado esquematicamente por


GABARITO: C