You are on page 1of 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS
DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA
Curso: História do Brasil II – HIS046-TT – 60 horas semestrais – 04 creé ditos
Professor: Tarcísio Botelho
1º semestre de 2018

PLANO DE ENSINO/CRONOGRAMA
AULA DATA DIA HORAÁ RIO ATIVIDADE
01 05/03 2ª 13:30 – 15:10 Apresentaçaã o e discussaã o do programa
02 07/03 4ª 13:30 – 15:10 Aula introdutoé ria ao curso
03 12/03 2ª 13:30 – 15:10 Aula expositiva: Unidade I. O processo de independeê ncia e sua consolidaçaã o
04 14/03 4ª 13:30 – 15:10 Discussaã o de texto:
ANDERSON, Benedict. Comunidades imaginadas: reflexoã es sobre a origem e a
difusaã o do nacionalismo. Saã o Paulo: Companhia das Letras, 2008. (Introduçaã o: p.
26-34).
05 19/03 2ª 13:30 – 15:10 Discussaã o de texto:
ANDERSON, Benedict. Comunidades imaginadas: reflexoã es sobre a origem e a
difusaã o do nacionalismo. Saã o Paulo: Companhia das Letras, 2008. (Pioneiros
crioulos: p. 84-106).
06 21/03 4ª 13:30 – 15:10 Discussaã o de textos:
CARVALHO, Joseé Murilo de. A construçaã o da ordem: a elite políética imperial:
Introduçaã o. In: ___. A construção da ordem: a elite política imperial. Teatro de
sombras: a política imperial. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira, 2007. p. 13-22.
CARVALHO, Joseé Murilo de. Unificaçaã o da elite: uma ilha de letrados. In: ___. A
construção da ordem: a elite política imperial. Teatro de sombras: a política
imperial. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira, 2007. p. 63-92.
CARVALHO, Joseé Murilo de. Unificaçaã o da elite: o domíénio dos magistrados. In:
___. A construção da ordem: a elite política imperial. Teatro de sombras: a política
imperial. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira, 2007. p. 93-117.
CARVALHO, Joseé Murilo de. Unificaçaã o da elite: a caminho do clube. In: ___. A
construção da ordem: a elite política imperial. Teatro de sombras: a política
imperial. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira, 2007. p. 119-142.
07 26/03 2ª 13:30 – 15:10 Discussaã o de texto:
DIAS, Maria Odila da Silva. A interiorizaçaã o da metroé pole (1808-1853). In:
MOTA, Carlos Guilherme (org.). 1822: dimensões. Saã o Paulo: Perspectiva, 1986. p.
160-184.
28/03 4ª Naã o haveraé aula.
08 02/04 2ª 13:30 – 15:10 Prova escrita (individual, sem consulta): 30 pontos
09 04/04 4ª 13:30 – 15:10 Aula expositiva: Unidade II. O períéodo regencial
10 09/04 2ª 13:30 – 15:10 Discussaã o de texto:
CARVALHO, Joseé Murilo de. Teatro de sombras: a políética imperial: Introduçaã o.
In: ___. A construção da ordem: a elite política imperial. Teatro de sombras: a
política imperial. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira, 2007. p. 249-260.
BASILE, Marcello. O laboratoé rio da naçaã o: a era regencial (1831-1840). In:
GRINBERG, Keila, SALLES, Ricardo (org.). O Brasil Imperial. Volume II: 1831-
1870. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira, 2009, p. 53-119.
11 11/04 4ª 13:30 – 15:10 Seminaé rio: Revoltas do períéodo regencial (30 pontos)
1. Maleê s
12 16/04 2ª 13:30 – 15:10 Seminaé rio: Revoltas do períéodo regencial
2. Cabanagem
1

2009. Rio de Janeiro: Globo. O fim da escravidaã o e a transiçaã o para o trabalho livre no Brasil 30 20/06 4ª 13:30 – 15:10 Aula expositiva: Unidade V. 2 ed. O Estado imperial Entrega de trabalho escrito sobre o filme “Vazante”. 16 02/05 4ª 13:30 – 15:10 Discussaã o do filme 17 07/05 2ª 13:30 – 15:10 EPHIS 18 09/05 4ª 13:30 – 15:10 EPHIS 19 14/05 2ª 13:30 – 15:10 Aula expositiva: Unidade III. p. ed. 1985. A construção da ordem: a elite política imperial.5. CARVALHO. Ofíécio ao presidente da províéncia de Minas Gerais 22 23/05 4ª 13:30 – 15:10 Aula expositiva: A Guerra do Paraguai 23 28/05 2ª 13:30 – 15:10 Aula expositiva: A educaçaã o no períéodo imperial 24 30/05 4ª 13:30 – 15:10 Aula expositiva: Unidade IV. Ricardo (org. 29 18/06 2ª 13:30 – 15:10 Aula expositiva: Unidade IV.Ps) 26 06/06 4ª 13:30 – 15:10 Seminaé rio: GOMES. (326. In: GRINBERG. e ampl. Na senzala. 81-154. 2005. 2007. “O juiz de paz na roça”. Farroupilha 14 23/04 2ª 13:30 – 15:10 Seminaé rio: Revoltas do períéodo regencial 4. Teatro de sombras: a política imperial. Tumbeiros: o traé fico escravista para o Brasil. Saã o Paulo: Companhia das Letras. Keila. -. Flavio dos Santos. In: ___. p. A construção da ordem: a elite política imperial.13 18/04 4ª 13:30 – 15:10 Seminaé rio: Revoltas do períéodo regencial 3. seé culo XIX. p. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira. (981. 2 . Trabalho compulsoé rio e trabalho livre no Brasil Entrega de trabalho escrito em grupo (ateé 3 pessoas): O Juiz de Paz no Brasil Imperial (10 pontos) 25 04/06 2ª 13:30 – 15:10 Seminaé rio: (40 pontos) CONRAD. O pacto imperial: origens do federalismo no Brasil. 391-416. uma flor: esperanças e recordaçoã es na formaçaã o da famíélia escrava . de Daniela Thomas 30/04 2ª Recesso escolar. (naã o estaé disponíével na Biblioteca da UFMG). In: ___. Joseé Murilo de. Os partidos políéticos imperiais: composiçaã o e ideologia. Volume III: 1870-1889. O republicanismo no Brasil Textos de apoio: LEMOS. Encruzilhadas da liberdade: histoé ria de escravos e libertos na Bahia (1870-1910). Saã o Paulo: Brasiliense. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira. 2006. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. Eleiçoã es e partidos: o erro de sintaxe políética. Walter. 2014. A alternativa republicana e o fim da monarquia. SALLES. Joseé Murilo de. de Daniela Thomas (10 pontos) 20 16/05 4ª 13:30 – 15:10 Discussaã o de texto: CARVALHO. 199- 229. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira. 21 21/05 2ª 13:30 – 15:10 Anaé lise de documentos: 1. Robert Edgar. In: __. p. O Brasil Imperial. Teatro de sombras: a política imperial.53 G633h) 27 11/06 2ª 13:30 – 15:10 Seminaé rio: SLENES. Robert W. 2007. rev. Cabanos e Praieira 15 25/04 4ª 13:30 – 15:10 Filme: “Vazante”. 1999. (382.440981 C754t.0981 S632n) 28 13/06 4ª 13:30 – 15:10 Seminaé rio: FRAGA. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira. O arranjo institucional. Renato. Histórias de quilombolas: mocambos e comunidades de senzalas no Rio de Janeiro seculo XIX.). de Martins Pena 2.Brasil Sudeste. Miriam. 401-444. DOLHNIKOFF.

In: GRINBERG. 31 25/06 2ª 13:30 – 15:10 Anaé lise de documento: Manifesto republicano de 1870 Manifesto do Congresso do Partido Republicano Paulista de 1873 32 27/06 4ª 13:30 – 15:10 Auto-avaliaçaã o (10 pontos) 33 02/07 2ª 13:30 – 15:10 Prova de Reposiçaã o Entrega de trabalho escrito em grupo (ateé 3 pessoas): Anaé lise dos manifestos republicanos (10 pontos) 09/07 2ª 13:30 – 15:10 Exame Especial 3 . 2009. Ricardo (org. ALONSO. SALLES. AÂ ngela. p. O Brasil Imperial. Rio de Janeiro: Civilizaçaã o Brasileira. Keila. Apropriaçaã o de ideé ias no Segundo Reinado. Volume III: 1870-1889. 83-118.).