You are on page 1of 41

A Origem da Temática Assessoria e Consultoria no Serviço Social

Matos (2009) afirma que para compreender o tema assessoria e consultoria no

Serviço Social é necessário que se conheça a trajetória desse tema. O autor cita 04

períodos de fundamental importância para o estudo desse tema. Então, Concurseiro de

Serviço Social, fique bem atento a esses períodos pois eles vêm sendo cobrados de

forma recorrente nos concursos de Serviço Social.

 1970:

Para Matos (2009) o tema assessoria e consultoria no Serviço Social surgiu em

meados da década de 1970, isso ocorreu através da circulação restrita de alguns

textos. Esse tema era apresentado como uma estratégia de atuação que visava

superar a atuação tradicional do Serviço Social (caso, grupo e comunidade) e apontava

que atuação do assistente social na assessoria era um campo rico.

Vasconcelos (1977) também ressalta que a assessoria e consultoria eram

compreendidas de forma nebulosa, nos textos que se afirmavam ser desse tema,

poucos realmente eram, muitas vezes usava-se o termo “assessoria e consultoria” pelo

status que ele dava ao profissional.

É importante ressaltar que até a década de 1970 a assessoria era tido como

sinônimo de supervisão.

Questão de Concurso

DPU/2016-ASSISTENTE SOCIAL-CESPE/UNB

1-O tema assessoria no Serviço Social passou a ser central na profissão a partir da

última década de 70, período em que se visava superar a tricotomia de intervenção à

época: caso, grupo e comunidade.

Comentário da Questão 01

Concurseiro de Serviço Social, conhecer cada período é importante, muitas pessoas

quando estão estudando para concurso desvalorizam as datas e muitas vezes erram

algumas questões na hora da prova. Assim tendo em vista o que acima foi explicado a

questão está Errada. O tema assessoria no Serviço Social passou a ser central na

profissão a partir da última década de 90 (e não na década de 1970 como menciona a

questão). Na década de 1970, de acordo com Matos (2009), foi quando surgiu no

Serviço Social os primeiros textos sobre o tema.

FGV - 2015 - DPE-MT - Assistente Social

2-A assessoria, até os anos 1970, era confundida com outro instrumento de

formação, sendo utilizada como sinônimo de

(A) supervisão.

(B) ação extensionista.

(C) trabalho precarizado.

(D) militância profissional.

(E) projeto ético-político.

Comentário da Questão 02

Concurseiro nós acabamos de falar sobre isso na explicação acima, lembra?? Assim a

alternativa correta é a “A”, pois até a década de 1970 a assessoria, era utilizada

como sinônimo de SUPERVISÃO!!

 1980:

Nesse período, Matos (2009) destaca que houve dois marcos importantes, que

foram:

1) O artigo escrito por Balbina Ottoni Vieira, esse artigo foi inserido no segundo

livro da autora sobre supervisão. Matos (2009) destaca que esse artigo foi

escrito nos pressupostos do estrutural-funcionalismo. Nesse artigo foi

abordada a importância da assessoria para o Assistente Social.

2) Nesse período houve a criação de campos próprios de estágios, junto aos

movimentos sociais.

➔ Atenção!!

Matos afirma que essas atividades ainda não eram assessoria, entretanto foram as

percussoras das atuais atividades de assessorias que os assistentes sociais

desenvolvem nas políticas sociais.

Questão de Concurso

MPENAP-Assistente Social/2015- Cespe/UNB

3-A atividade de assessoria desenvolvida pelos assistentes sociais, no campo das

políticas sociais, tem origem na experiência realizada por vários cursos de Serviço

Social, a partir da criação de campos próprios de estágio, junto a movimentos sociais.

Comentário da Questão 03

Concurseiros de Serviço Social acabamos de falar desse tema quando explicamos

sobre assessoria na década de 1980, então, apesar desses períodos parecerem

apenas detalhes, não se engane, tudo isso é cobrado em concurso de Serviço Social,

como você acabou de ver na questão que foi dada. Como podem ver, quem elaborou a

prova do concurso do MPENAP foi a Cespe/UNB. Nessa banca você deve analisar o

item e informar se ele está Correto ou Errado. Nesse caso o item está Correto, pois

de acordo com Matos (2009) a atividade de assessoria desenvolvida pelos assistentes

sociais, no campo das políticas sociais, tem origem na experiência realizada por vários

cursos de serviço social, a partir da criação de campos próprios de estágio, junto a

movimentos sociais.

 1990:

Na década de 1990 Matos (2009) destaca que houve o “boom” da temática assessoria

e isso deve-se aos seguintes motivos:

1) Com a reestruturação produtiva o conhecimento o conhecimento do Serviço

Social foi requisitado e disponibilizado na perspectiva de buscar garantir

direitos a população usuária e para contribuir para o “aprofundamento da

Outro ponto que o autor destaca é que os textos que circulavam nesse período afirmando ser assessoria eram muitas vezes problematizações ou relatos de trabalho. a resposta dessa pergunta já foi motivo de questionamento em concursos. assim passou-se a construir campos próprios de estágios. para . O autor afirma que houve nesse período uma expansão dos cursos privados de Serviço Social e com isso houve a impossibilidade de se inserir todos os alunos nos estágios. Assim. mas ainda era pouco problematizado. redução de direitos que a citada reforma e reestruturação produtiva promoveram” (Matos. e quando se pega as produções teóricas dessa área percebe-se que visam a maximização do lucro e isso distancia dos pressupostos do nosso Projeto Ético Político. 516). destaca- se também uma grande redução dos campos próprios de estágios. p. entender porque se faz necessário refletir sobre assessoria e consultoria no Serviço Social é muito importante. 2009. 2) Nesse período Matos (2009) relata que houve um elogio ao trabalho dos assistentes sociais ao seu trabalho de assessoria. Matos afirma que faz-se necessário refletir sobre esse tema pois grande parte da produção teórica sobre ele advém de outras áreas do conhecimento. a exemplo cita-se o concurso o Tribunal de Contas do Estado do Pará. Então. como a área da Administração. onde na prova para o cargo de auditoria com especialidade em Serviço Social foi feito esse questionamento. Matos (2009) afirma que o tema assessoria e consultoria continuava presente. Nesse período. Assessoria e Consultoria no Serviço Social  Por que se faz necessário refletir sobre esse tema?? Concurseiro de Serviço Social. houve também importantes experiências de assessoria na implementação das políticas sociais que ocorreu no pós 1988 (pós promulgação da Constituição Federal).  2000: Nos anos 2000.

com vistas à maximização dos lucros. 517) Questão de Concurso TCE-PA-2016-ASSISTENTE SOCIAL-CESPE/UNB 4-Grande parte da produção teórica sobre o tema assessoria/consultoria para o serviço social tem sido em geral encampada pela direção da administração de empresas. acabamos de falar desse tema na explicação acima. O item que foi dado está Correto e quem afirma isso é Matos (2009). “a maioria da produção teórica sobre o tema tem sido. Comentário da Questão 04 Concurseiros de Serviço Social. 1) Para Ferreira (1999) assessoria é aquela ação que visa auxiliar. Segundo o autor. Conceituação de Assessoria e Consultoria  Assessoria: Para facilitar o seu entendimento citaremos como diferentes autores conceituam esse tema. em geral. mas que tem espaço na bibliografia de alguns planos de aula e em textos de Serviço Social”. p. Portanto. pressuposto muito distante do atual projeto profissional do Serviço Social. ajudar.Matos (2009) “a reflexão conceitual sobre o tema é importante com vistas a subsidiar o debate e a produção sobre a assessoria/consultoria no âmbito do Serviço Social brasileiro e do seu projeto ético-político” (MATOS. pressuposto distante do atual projeto ético-político da profissão. lembram??? Como podem ver quem elaborou a prova do concurso do TCE/PA foi a Cespe/UNB nessa banca você deve analisar o item e informar se ele está Correto ou Errado. 2009. a reflexão conceitual sobre o tema é importante com vistas a subsidiar o debate e a produção sobre a assessoria/consultoria no âmbito do Serviço Social brasileiro e do seu projeto ético- político. produzida em outra área do conhecimento – o campo da administração de empresas – com vistas a maximização do lucro. apontar .

caminhos.  Pontos em Comum da Assessoria e Consultoria: Matos (2009) afirma que assessoria e consultoria são uma ação que é desenvolvida por um profissional com conhecimentos na área. assim busca-se com a consultoria respostas para algumas questões pontuais que dificultam o encaminhamento do mesmo. Assim a consultoria é mais PONTUAL que a assessoria. mesmo que de forma precária.  Consultoria: Para Matos (2009) consultoria vem da palavra consultar. deve. p. permanentemente atualizado e com capacidade de apresentar claramente as suas proposições. 31-32) O assessor não é aquele que intervém. pedir opinião.128) quando é solicitado uma CONSULTORIA é necessário que uma equipe ou assistente social já tenha passado. Não sendo o assessor um sujeito que opera a ação e sim o propositor desta. que toma a realidade como objeto de estudo e detém uma intenção de alteração da realidade. sim. Portanto. pois: 1) Para Vasconcelos (1998.  Diferenças Entre Assessoria e Consultoria: Para Matos (2009) afirma que a diferença entre assessoria e consultoria é mínima. . junto a quem lhe demanda esta assessoria. o que diferente os dois é basicamente um projeto. o assessor deve ser alguém estudioso. propor caminhos e estratégias ao profissional ou à equipe que assessora e estes têm autonomia em acatar ou não as suas proposições. p. pela elaboração de um projeto de prática. Assim na assessoria ainda se vai construir o projeto. 2) Para Matos (2006. 2) Para Vasconcelos (1998) quando se solicita a ASSESSORIA busca-se o objetivo de possibilitar a articulação e preparação de uma equipe para a construção do seu projeto de prática por meio de um expert que venha assisti-la teórica e tecnicamente.

Para mostrar a vocês como essa questão é cobrada escolhemos essa questão da banca CESPE/UNB nessa banca você responde Correto ou Errado. Comentário da Questão 05 Concurseiro de Serviço Social. é necessário que já tenha passado. geralmente as questões perguntam que você identifique o que é ou não assessoria e consultoria. antes de solicitar processo de consultoria. que serão explicitados no quadro a seguir. pedimos uma atenção especial para esse tema. Iniciativas que se Apresentam como Assessoria e Consultoria. com a consultoria. A questão está CERTA. ainda que precariamente.128) “frequentemente para que uma equipe ou assistente social solicite um processo de consultoria. p. você aprendeu qual a diferença básica entre assessoria e consultoria??? Essa diferença é sempre cobrada em concursos de Serviço Social quando se trata desse tema. elaborar projeto de prática contendo as demandas por respostas pontuais a questões pendentes que estão dificultando o desenvolvimento do trabalho a ser realizado. pois ele vem sendo recordista nos concursos de Serviço Social. objetivando. mas não são Concurseiros de Serviço Social. pela elaboração de um projeto de prática. Assim Matos (2009) afirma que assessoria/consultoria não pode ser confundido com 05 pontos. De acordo com Vasconcelos (1998. respostas para algumas questões pontuais que dificultam o encaminhamento do mesmo. Questão de Concurso MPU/2013-ASSISTENTE SOCIAL-CESPE/UNB 5-Cabe ao assistente social. ASSESSORIA/CONSULTORIA NÃO É ➔ Assessoria não é sinônimo de supervisão: Quando o autor afirma isso ele quer dizer que a supervisão tem natureza .

pode ser entendida como uma supervisão profissional. necessariamente. temporária. eventual (o supervisado procura o assessor quando precisa) e ampla liberdade do assessorado em aceitar ou não. acabamos de falar desse tema na explicação acima e . ➔ Assessoria não é sinônimo de toda e qualquer ação extensionista: Quando o autor afirma isso ele quer dizer que não se pode denominar qualquer atividade de extensão como assessoria/consultoria. ➔ Assessoria não é mera militância política: Quando o autor afirma isso ele não tem por intenção desprezar a participação dos assistentes sociais nos diversos movimentos sociais. ➔ A assessoria no Serviço Social não é abandono do trabalho assistencial: Quando o autor afirma isso ele quer dizer que o fato de um assistente social ser assessor ou consultor não significa que ele terá que abandonar o trabalho com os usuários. como trabalho interventivo junto a comunidades ou movimentos sociais. ou seja. trabalho precarizado e/ou temporário: Quando o autor afirma isso ele quer dizer que o fato de empresas contratarem de forma precarizada alguns profissionais. Questão de Concurso TCE/PA-2016-ASSISTENTE SOCIAL-CESPE/UNB 6-Na bibliografia do Serviço Social brasileiro. mas não se confundem. em seguir ou não as indicações do assessor. ser assessor não é abandonar o trabalho assistencial. ele quer afirmar que eles se relacionam. ➔ Assessoria não é. ou como militância política. Comentário da Questão 06 Concurseiros de Serviço Social. não se pode afirmar que Assessoria/Consultoria é apenas militância política. não significa que esses profissionais estejam realizando o trabalho de assessoria ou consultoria. a definição de assessoria em Serviço Social é imprecisa.

ele afirma que assessoria e consultoria não é: sinônimo de supervisão. O item que foi dado está Errado e quem afirma isso é Matos (2009). Atuação do Assistente Social na Assessoria Concurseiros de Serviço Social.pedimos que você tivesse toda atenção para que aprendesse que o tema assessoria e consultoria não fosse confudido. não é qualquer ação extensionista. Como podem ver quem elaborou a prova do concurso do TCE/PA foi a Cespe/UNB nessa banca você deve analisar o item e informar se ele está Correto ou Errado. não é abandono do trabalho assistencial e não é mera militância política. Matos (2009) afirma que é importante que os assistentes sociais como assessores garantam uma capacitação profissional continuada.662 Como Atribuição Privativa Como Competência Profissional ✔ Assessoria e consultoria a ✔ Prestar assessoria e consultoria órgãos da administração pública a órgãos da administração .662 como competência e atribuição privativa. Também é importante que o assistente social ao trabalhar com assessoria/consultoria tenha em mente as atribuições privativas e competências profissionais posta na lei de regulamentação. o autor Matos (2009) afirma que a assessoria tem na universidade um espaço privilegiado de ação. ASSESSORIA/CONSULTORIA NA LEI DE REGULAMENTAÇÃO LEI N° 8. entretanto a ação de assessoria pode ser desenvolvida pelo profissional nos demais espaços de trabalho.  Assessoria/Consultoria como Atribuição Privativa e Competência Profissional: Outro ponto que é necessário destacar é que assessoria e consultoria é citada na Lei n° 8. vamos colocar no quadro a seguir o que está posto na lei para que você aprenda. não é trabalho precarizado.

Matos (2009) destaca que têm três frentes de assessoria em potencial. em tese.519) “Essa frente de assessoria visa qualificar a intervenção profissional e traz o compromisso. da Universidade com a formação profissional continuada dos assistentes sociais”. que são: 1) Como Atribuição Privativa reforçar e ampliar as atividades de assessoria dos assistentes sociais a outros assistentes sociais. • Para Vasconcelos essa frente de assessoria possibilitaria uma articulação entre . ela aparece apenas nas atribuições privativas. lembre-se da expressão “EM MATÉRIA DE SERVIÇO SOCIAL”. assim você identificará facilmente a alternativa correta. (Artigo n° 4. Dentro das competências e atribuições privativas dos assistentes sociais. VIII) ✔ Prestar assessoria e apoio aos movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais. IX) Atenção!! Concurseiro de Serviço Social. no exercício e na defesa dos direitos civis. empresas pública direta e indireta. direta e indireta. privadas e outras entidades. • Para Matos (2009) isso levaria a qualificar a intervenção profissional. se na hora da prova você não souber identificar o que é atribuição privativa e competência. em empresas privadas e outras matéria de Serviço Social. matérias relacionadas no inciso II deste artigo 2° (Artigo n° 4. III). p. • De acordo com Matos (2009. com relação às (Artigo n° 5. entidades. políticos e sociais da coletividade.

para que a assessoria não vire um “sobre-trabalho” e nem consista em uma ação episódica. visando quebrar a dicotomia Teoria-Prática.662) tanto como atribuição privativa . na perspectiva do trabalho coletivo. a partir daí. para a rearticulação e/ou fortalecimento dos movimentos sociais”. mas ela é rica. Questão de Concurso TJ/SE. (Matos.Analista na área de Serviço Social 7-Embora assessoria e consultoria estejam entre as ações de competência do assistente social. Essa frente de assessoria pode vir a possibilitar uma contribuição concreta da categoria.2014.CESPE-UNB. assim o autor afirma que nela “faz-se necessário que as equipes de Serviço Social desenvolvam um profundo debate sobre o seu exercício trabalho profissional. elas podem ser realizadas por profissionais de outras áreas quando não forem do Serviço Social. É importante ressaltar que o estágio supervisionado representa uma relação mais próxima entre a Teoria e a Prática “Pois é no trabalho de supervisão que os docentes envolvidos tomam contato com a realidade institucional e. 2) Como competência profissional tem a frente da Gestão de Políticas Sociais: De acordo com Matos (2009) faz-se necessário que ao atuar nessa frente o assistente social tenha clareza dos objetivos e intenções dessa demanda. 3) Assessoria na Organização Política dos Usuários: Matos (2009) afirma que essa frente ainda é pouco explorada.a academia e o meio profissional. 520). nós aprendemos acima que assessoria e consultoria aparecem na lei de regulamentação (Lei n° 8. E também nesse processo é possível ao assistente social tomar contato (e interagir) com o debate posto na Academia”. Comentário da Questão 07 Concurseiro de Serviço Social. por meio do seu exercício profissional. podem pensá-la e problematizá-la.

662/93. outros profissionais podem atuar realizando assessoria e consultoria. quando ela for referente a matéria de serviço social.como competência profissional. da Lei no 8. Assim. gera ampliação de áreas de atuação que incorporam esses profissionais em seu cotidiano. novas competências são exigidas dos assistentes sociais. por consequência. o que. empresas privadas e outras entidades.662 a assessoria é obrigatória por assistente social. constitui-se em (A) dever profissional. III. (B) uma metodologia qualificada. de acordo com o artigo 5o. em matéria de Serviço Social. Assessoria e consultoria a órgãos da Administração Pública direta e indireta. . em matéria de Serviço Social. empresas privadas e outras entidades. Assim a alternativa correta é a “E” pois assessoria e consultoria a órgãos da Administração Pública direta e indireta. (D) opção profissional. a questão está Correta pois de acordo com a Lei 8. (E) atribuição privativa do Assistente Social Comentário da Questão 08 Mais uma vez você pode usar a dica da expressão “em matéria de Serviço Social” para responder essa questão. VUNESP-2016-SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-ASSISTENTE SOCIAL 8-Dada a complexidade do mundo moderno. (C) atividade compartilhada. a nova face da questão social e o avanço do liberalismo nos dias atuais. é uma ATRIBUIÇÃO PRIVATIVA. Quando não for relativo ao Serviço Social. acima também foi ensinado a você como a diferenciar as duas que é a expressão “em matéria de Serviço Social” que identifica a atribuição privativa.

Não está em cena aqui a figura de um assessor que estuda a realidade. ou seja. assim como agente externo ele pode contribuir apontando caminhos e auxiliando na desvelação de questões que a equipe e o profissional. Após dado o primeiro passo Matos (2009) afirma que começa a operacionalização das intenções. O autor faz uma importante alerta ao afirmar que “É preciso ter claro que o assessor não é um porta-voz do que deve ou não ser feito. Estratégias para o trabalho de assessoria/consultoria: Matos (2009) afirma que é necessário se desvelar o porque da assessoria. quando a assessoria é requisitada é porque existe a necessidade de mudanças. assim o assessor propõe a solução por meio da correção de problemas. para que assim possa ter o perfeito . Outro ponto que Matos (2009) destaca é que o assessor deve tomar cuidado com as demandas que são dadas inicialmente. É importante ressaltar que a assessoria é um processo gera mudanças. Assim para que exista esse desvelamento é necessário por parte da assessoria um profundo estudo da realidade. é necessário também que esteja claro para quem irá ser assessorado” (Matos. 2009). a concepção política e teórica de assessoria. na realidade. e para o autor essa é etapa mais importante. de preferência em conjunto com a equipe que será assessorada. Matos (2009) destaca que o assessor é um gerente externo. tendo em vista que assessores e assessorados contribuem para o processo de assessoramento. Contudo. esse é considerado para o autor o primeiro passo a ser dado. ouve e acolhe as sugestões de quem o contratou. não basta estar claro isso para o assessor. assim assessoria é um processo. Nesse primeiro passo o assessor ou a equipe de consultoria “clareiam para si. não podem identificar. sozinhos. que propõe alterações do fluxo de trabalho e depois busca convencer a quem assessora congelar as suas ações. pois geralmente elas são apenas partes fenomênicas da demanda real da assessoria.

Questões de Concurso MPENAP-Assistente Social/2015. é importante que o assessor não se omita e indique seus argumentos favoráveis ou não a tal ação. acabamos de falar desse tema na explicação acima e você pode mais uma vez perceber que tudo que nessa apostila foi escrito é cobrado em concursos de Serviço Social. o autor afirma que é necessário ter em mente que o “assessor. É importante ressaltar também que o assessor não tem autoridade de mando sobre os assessorados. pois de acordo com Matos (2009) “isso não quer dizer que o assessor seja um sujeito neutro. de ambos os lados. O item que foi dado está Errado. assim quem é assessorado tem a capacidade de aceitar ou não as proposições da assessoria. como a premissa da crítica é um pressuposto da democracia. apresentará proposições que não serão aceitas por quem esse profissional assessora. Mas. por ambos os lados”. Comentário da Questão 09 Concurseiros de Serviço Social. se o . A assessoria é construída junto com os assessorados. Assim. pois o assessor não possui a prerrogativa de executor de ações. que deve eximir-se de emitir argumentos favoráveis ou desfavoráveis acerca de uma determinada ação. O autor destaca que o assessor é propositor. deve ser garantido e estimulado”. Como podem ver quem elaborou a prova do concurso do MPENAP foi a Cespe/UNB nessa banca você deve analisar o item e informar se ele está Correto ou Errado. entretanto. se o profissional é credenciado para ser assessor é porque há um reconhecimento da sua capacidade. Isso é previsível. Ao contrário. assim ela deve ser segundo Matos (2009) um processo “franco e aberto.desempenho”. Ao contrário.Cespe/UNB 9-A neutralidade é um dos princípios básicos que fundamentam a atividade de assessoria realizada pelo assistente social. isso não quer dizer que o assessor seja um sujeito neutro. muitas das vezes. O espaço para a crítica.

108) o que distingue assessoria da supervisão é sua natureza temporária. p. como a premissa da crítica é um pressuposto da democracia. Mais do que supervisor. De acordo com Vieira (1981. O espaço para a crítica. em seguir ou não as indicações do assessor. citaremos a seguir os demais pontos que são mencionados nos concursos de Serviço Social sobre assessoria e consultoria no Serviço Social. ou de ‘competência’ e não ‘de mando’. devido à sua eminente qualificação profissional e ao seu posicionamento externo à equipe. eventual (o supervisado procura o assessor quando precisa) e ampla liberdade do assessorado em aceitar ou não.profissional é credenciado para ser assessor é porque há um reconhecimento da sua capacidade. ➔ De acordo com Matos (2006) o ato de assessorar é uma ação que auxilia tecnicamente outras pessoas ou instituições. Assim. deve ser garantido e estimulado”. Comentário da Questão 10 Concurseiro de Serviço Social essa questão está ERRADA. graças a conhecimentos especializados em determinado assunto. ➔ De acordo com Matos a assessoria pode ser conceituada etimologicamente como órgão ou conjunto de pessoas que assessoram um chefe ou uma instituição especializada na coleta de dados técnicos. estatísticos ou científicos sobre uma . Outros Pontos Sobre Assessoria Concurseiro de Serviço Social. MPU/2013-ASSISTENTE SOCIAL-CESPE/UNB 10-O assessor tem autoridade de mando sobre a equipe que está avaliando. assessor tem uma autoridade de ‘ideias’. de ambos os lados. é importante que o assessor não se omita e indique seus argumentos favoráveis ou não a tal ação.

➔ De acordo com Giampaoli (2013) o trabalho dos assistentes sociais nas consultorias empresariais passa a integrar o mercado de trabalho profissional a partir de meados dos anos 1990. O autor ressalta também que é impossível começar um processo de assessoria sem saber que pressupostos e em que condições objetivas os assessorados atuam. Entretanto considerando estudos sobre as repercussões da reestruturação produtiva para a profissão. ➔ De acordo com Matos (2010) consultoria é a ação emitir conselhos ou pareceres sobre assunto de sua especialidade. induz-se que isso se deu sem assegurar as condições e relações de trabalho defendidas pelo Serviço Social brasileiro. p. adjunto. pois o assessor é um sujeito importante para desvelar as demandas realmente fundantes a serem encaradas. ➔ De acordo com Matos (2010) é necessário conhecer a realidade. ➔ Fonseca (2010) analisando o perfil nos realizou uma análise a respeito da literatura produzida pelo Serviço Social sobre assessoria e sobre consultoria. para que se possam apontar estratégias no processo de assessoria. quer nas atividades tradicionais nas instituições onde atua. Mota e Amaral (2010) e César (2010). ou seja. ➔ De acordo com Matos (2010) a assessoria e consultoria é uma ação que detém uma intenção de alteração da realidade. Assim o assessor é tido como um assistente. que toma a realidade como objeto de estudo. quer no meio acadêmico onde se envolve com a formação profissional em sentido lato. auxiliar ou ajudante que detém conhecimentos que possam auxiliar a quem assessora. Assim. 64) existe o reconhecimento da atividade de assessoria como uma prerrogativa do trabalho do Assistente Social que o acompanha. para além da graduação.matéria. realizados nesse período. A assessoria e consultoria é também aquela ação que é desenvolvida por um profissional com conhecimento na área. Com essa análise a autora indica algumas características que estão presentes no perfil desse profissional atuante com assessoria e consultoria. por Serra (2010). ➔ Para Fonseca (2006. para a autora o profissional que presta assessoria deve ter o domínio do conhecimento pelo qual foi .

além da aquisição de um leque de conhecimentos para muito além do oferecido pela formação profissional. Comentário da Questão 11 A questão está Errada. Questão de Concurso DPU/2016-ASSISTENTE SOCIAL-CESPE/UNB 11-Embora seja reconhecida a capacidade intelectiva dos assistentes sociais para atuarem no âmbito de assessoria e consultoria. o que significa entender as contradições da realidade dos espaços profissionais ocupados pelo Serviço Social. O erro da questão está na expressão “NÃO É IDENTIFICADA”. em seu exercício profissional. o assistente social também precisa pensar a prática. essa área de atuação não é identificada pela categoria como propícia para a efetivação de projeto de formação profissional do assistente social ou até mesmo como uma alternativa viável de trabalho.chamado. pois assessoria e consultoria. A autora ressalta que ao Assistente Social assessor. Ao realizar assessoria. SÃO SIM IDENTIFICADAS COMO área de atuação pela categoria e PODEM SIM propiciar a efetivação de projeto de formação profissional do assistente social e também é uma alternativa viável de trabalho de acordo com Matos (2010). Revisão Para Concursos . ➔ Na área de assessoria e consultoria é identificada pela categoria dos assistentes sociais como propícia para a efetivação de projeto de formação profissional do assistente social ou até mesmo como uma alternativa viável de trabalho. cabem também as preocupações éticas do fazer profissional através da preservação de espaços de exercício democráticos.

(E) trabalho terceirizado. (E) identificar uma ação que auxilia uma instituição TRT-1° Região-2011-FCC. Uma das estratégias principais é: (A) a sua legitimidade. (D) supervisão técnica. definir demandas e apresentar as estratégias neste processo.Assistente Social 3-Um dos pressupostos para que o assistente social exerça o papel de assessoria é o de conhecer a realidade e as condições objetivas com as quais os assessorados atuam e. (C) conhecer sobre os assuntos com os quais trabalham a equipe e o trabalho dos sujeitos a serem assessorados. (D) analisar a complexidade das ações a serem desenvolvidas. Muitas vezes. (B) a sua proposição. (B) refletir sobre a dimensão pedagógica do exercício profissional. em conjunto. (C) militância politica partidária. esse trabalho de assessoria/consultoria confunde-se com: (A) auxílio técnico. . MPE/RS-2008-FCC-ASSISTENTE SOCIAL 2-A assessoria desenvolvida por assistentes sociais a profissionais ou equipes de Serviço Social visa qualificar o trabalho profissional. Um dos pressupostos para o trabalho de assessoria é: (A) reconhecer a capacidade profissional dos Assistentes Sociais.TRT-3° REGIÃO-2015-FCC-ASSISTENTE SOCIAL 1-Atualmente empresas públicas. (B) precarização das relações de trabalho. privadas e organizações ligadas ao Terceiro Setor têm solicitado assessoria/consultoria para o assistente social.

Gabarito: Correto IF/TO-2014-ASSISTENTE SOCIAL 6-Em se tratando da questão de Supervisão e Assessoria técnica no Serviço Social. (E) o conhecimento TRT-1° Região-2011-FCC. tais como .Assistente Social 4-Para estar qualificada a prestar a atividade da assessoria em serviço social é preciso. (A) o conhecimento do potencial pessoal e da capacidade intelectual do assistente social. (B) o exercício da discussão com os sujeitos envolvidos. (D) o conhecimento da realidade em que está atuando e a aplicação de dinâmicas de grupo. (E) a capacitação permanente do assistente social e a sistematização da sua prática . (D) o processo especulativo. DEPEN-2015-ASSISTENTE SOCIAL-CESPE/UNB 5-A atuação de profissionais do serviço social em assessoria e consultoria tem aumentado devido às demandas do mercado e ao interesse dos profissionais da categoria em buscar a ocupação de espaços nessa área. (C) o exercício especulativo dos temas a serem discutidos e a observação das atividades. a partir do seu potencial profissional. e a outra se refere aos diversos sujeitos envolvidos na área. neste processo. Uma delas é considerada como a organização política de usuários.(C) a capacidade intelectual. identifica-se no campo das competências profissionais duas frentes de assessoria/consultoria.

Assinale a opção que apresenta a correta definição de atividades relacionadas à assessoria.gestores públicos. Ação que é desenvolvida por um profissional com conhecimentos na área. (B) em ações extensionistas. privados e filantrópicos. aos profissionais que atuam nos setores públicos e privados. assessoria consiste (A) na supervisão profissional. A) Somente a assertiva I está correta. conselhos de direitos e de políticas. II. B) Somente as assertivas I e II estão corretas. (C) no abandono do trabalho assistencial. aos conselhos tutelares. E) Todas as assertivas estão corretas.ASSISTENTE SOCIAL 7-A atual lei de regulamentação da profissão (Lei n. apontar caminhos. Considerando os conceitos de assessoria no Serviço Social. . ajudar.662/1993) identifica o exercício da assessoria/consultoria como uma atribuição privativa do assistente social e também como uma competência desse profissional. com o objetivo de possibilitar a articulação e preparação de uma equipe para a construção de seu projeto de prática por meio de um expert que venha assisti-la teórica e tecnicamente. UFPA-2016-CEPS/UFPA. Neste sentido. C) Somente a assertiva II está correta. III. 8. (D) em qualificar a intervenção profissional. que toma a realidade como objeto de estudo e detém uma realidade. D) Somente as assertivas II e III estão corretas. aos movimentos sociais. na maioria das vezes. São solicitadas ou indicadas. analise as assertivas que se seguem: I. Ação que visa auxiliar.

Lei no 8. (D) ao planejamento estratégico-situacional e à pesquisa participante. C) Supervisão técnica e assessoria são termos que não podem ser utilizados como sinônimos e estão em desuso nas práticas profissionais dos(as) assistentes sociais.2015 . E) Assessoria constitui-se como a operacionalização da ação interventiva. A) De acordo com a lei de regulamentação da profissão.Analista Judiciário . Na construção desse processo.662/1993. aqueles vinculados ao projeto hegemônico da profissão entendem que a assessoria/consultoria deve ser realizada conjuntamente – assessor e assessorados.(E) em pedir opinião para operar a ação. . B) Militância política é um tipo de assessoria. ora substituídos pelo termo consultoria. D) Assessoria e consultoria são conceitos antagônicos. (C) a um cronograma de execução do projeto e a um fluxograma de atividades. No entanto. assessoria é uma atribuição privativa e competência profissional do(a) assistente social no âmbito de atuação do Serviço Social. EBSERH/UFMT-2013-ASSISTENTE SOCIAL 8-Em relação à assessoria em Serviço Social. uma das estratégias tem sido recorrer: (A) ao estudo situacional e à análise de conjuntura. (E) à organização e ao projeto ético-político. assinale a alternativa correta. FGV . (B) à análise institucional e à entrevista com a equipe assessorada.TJ-BA .Serviço Social 9-O tema da assessoria/consultoria em Serviço Social ainda é muito recente.

(E) analisar as situações do ponto de vista psicossocial e emitir opinião técnica ao assessorado. (C) fiscalizar as ações e intervenções do sujeito que está sendo assessorado. (B) decidir sobre a situação analisada e informar ao assessorado a decisão tomada.FGV .2014 .Especialidade Assistente Social 10-Uma das características da assessoria em Serviço Social é: (A) emitir opinião técnica sobre determinado tema para o assessorado. que a acatará ou não.Analista Judiciário .TJ-RJ . (D) emitir opinião em concordância com os interesses expressos do assessorado. GABARITO DO SIMULADO 1-D 2-C 3-B 4-E 5-CORRETO 6-E 7-D 8-A 9-D 10-A .

VIEIRA. Balbina Ottoni. São Paulo: Cortez. 1981. Assessoria. consultoria. Rio de Janeiro: 7 Letras. 2006. Assessoria e Consultoria: reflexões para o Serviço Social. Maurílio Castro. Assessoria. Relação Teoria/Prática: o processo de assessoria/consultoria e o Serviço Social.CFESS (Direitos Sociais e Competências Profissionais). FAPERJ. VASCONCELOS. Rio de Janeiro: Agir. In: Serviço Social e Sociedade. Maurílio Castro.Referências Bibliográficas: MATOS. Ana Maria. Consultoria e Serviço Social. In: BRAVO. 2009. 56. . 1998. Maurílio Castro. MATOS. auditoria e supervisão técnica. Modelo “assessoria” em Serviço Social. In: Modelos de Supervisão em Serviço Social. Maria Inês Souza e MATOS. n.

Concurseiro de Serviço Social conheça as demais apostilas que temos para os concursos de Serviço Social. Para comprar algum desses materiais você pode entrar em contato conosco via: Lista de Apostilas Número do Valor: Conteúdo Material Material 1 R$10. sendo elas de: Direito Constitucional (100 questões). Administrativo (200 questões). Recebera também nossa apostila de português .00 BASICÃO PARA CONCURSOS DE SERVIÇO SOCIAL Com esse material você receberá mais de 800 questões. Previdenciário (200 questões) e Serviço Social (200 questões).

100 questões de Português gabaritadas.400 Questões de Serviço Social Comentada.Rerum Novarum e Quadragéssimo Anno • O Processo de Institucionalização do Serviço Social no Brasil: Primeiras Escolas de Serviço Social no Brasil. Teóricos e Metodológico do Serviço Social • Introdução da História do Serviço Social no Mundo • O Surgimento Serviço Social na América Latina • Movimento de Reconceituação na América Latina • Trajetória histórica do Serviço Social no Brasil • As Encíclicas Papais. • Pontos Importantes do Movimento de Reconceituação no . 3. 4. 2. • A Evolução do Serviço Social Brasileiro e seus ganhos.350 de direito Constitucional Comentado.400 Questões de Direito Administrativo todo comentado. • Motivos Para o Serviço Social Brasileiro Buscar Influência no Serviço Social Norte-Americano. Material 3 R$15.Indicação de leitura dos textos mais cobrados em concursos. • A década de 1960: A crise do Serviço Social Tradicional.00 Apostila de Fundamentos Históricos. 5. Material 2 R$30. • A Década de 1940 para o Serviço Social brasileiro.00 SERVIÇO SOCIAL PARA OS TRIBUNAIS 1. para concursos com conteúdo e mais 200 questões e nossa apostila com as sínteses dos conteúdos de serviço social mais cobrado em concursos.

Tese do Sincretismo da Prática Indiferenciada. 5-Tese da Proteção Social. • Fundamentos do Serviço Social na Contemporaneidade • Teses Importantes: 1. Brasil • Renovação do Serviço Social e Perspectiva Modernizadora. 2-Teresópolis. 4-Materialismo Histórico-Dialético. 3-Sumaré.Tese da Função Pedagógica do assistente social. 3-Neotomismo. • Documentos Importantes do Movimento de Reconceituação: 1-Araxá. 6. 3-Tese da Correlação de Forças.Alto da Boa Vista. • A Influência das Correntes Teóricas e Filosóficas na Construção Téórica-Metodológica do Serviço Social: 1-Positivismo 2-Fenomenologia. . • Quadro de Revisão: Datas que São Sempre Cobradas nos Concursos de Serviço Social • 53 Questões DETALHADAMENTE comentadas. 2-Tese da Identidade Alienada. 4-Tese da Assistência Social. Reatualização do Conservadorismo e Intenção de Ruptura. 4.

00 220 QUESTÕES DE SERVIÇO SOCIAL DA BANCA CESPE/UNB COMENTADAS Com esse material você terá: 220 QUESTÕES DE SERVIÇO SOCIAL DA CESPE/UNB comentadas. As questões estão detalhadamente comentadas.00 RESUMÃO DA QUESTÃO SOCIAL PARA CONCURSOS DE SERVIÇO SOCIAL *Surgimento da Expressão “Questão Social” *Conceito de Questão Social *Velha Questão Social x Nova Questão Social Abordagem dos diferentes autores 1-José Paulo Netto 2-Marilda Iamamoto 3-Esquema da Questão Social baseado em Iamamoto 4-Maria Carmelita Yazbeck 5-Ana Elizabete Mota 6-Robert Castel 7-Pierre Rosavallon *Questão Social: objeto de trabalho do Serviço Social . Material 5 R$10. • 150 Questões gabaritadas. Material 4 R$10.

00 RESUMÃO DO PROJETO ÉTICO POLÍTICO DO SERVIÇO SOCIAL PARA CONCURSOS 1-Ontologia do Ser Social de Marx (BARROCO) 2-Ethos Profissional (BARROCO) 3-Natureza da ética profissional (BARROCO) 4-Projetos Coletivos: Projetos profissionais.Estrutura Básica do projeto ético-político • Núcleo • Dimensão Política • Usuários 8. *Questões comentadas *Simulado com Questões Material 6 R$10. Projetos societários 5-Histórico do Projeto Ético-político • Congresso da Virada em 1979 • Revisão Curricular de 1982 • Código de Ética de 1986 • Código de Ética de 1993 6-Questões Comentadas das bancas: • Cespe UNB • FGV 7.Questões Comentadas das bancas: • Cespe/UNB • COPESE .

00 530 Questões de Serviço Social da Banca VUNESP. 9-Projeto ético-político 10-Componentes que materializam o projeto ético-político (BRAZ) 11-Dimensão da produção de conhecimentos no interior do Serviço Social 12-Dimensão político-organizativa da profissão: 13-Dimensão jurídico-política da profissão.Simulado com questões de concurso sobre o Projeto Ético Político (Mais de 40 questões gabaritadas) Material 7 R$10.742) COMENTADA + QUESTÕES COMENTADAS PARA CONCURSOS DE SERVIÇO SOCIAL *Marcação nas partes mais importante da lei para que você tenha Atenção! *Comentário da Lei (ela possuí 42 artigos) *Dicar de Concurso *Questões comentadas Material 8 R$15. *A apostila possuí analise da dança Vunesp *A apostila possuí 84 questões de serviço social comentadas *A apostila possuí 450 questões de serviço social gabaritadas .00 LOAS (Lei n° 8. 14.Questões comentadas das bancas: • NUCEPE • CESPE/UNB • CESGRANRIO 15.

Material 11 R$10. ao Adolescente e ao Idoso etc. • 54 questões de LEGISLAÇÃO DO SUS • 55 questões de LEGISLAÇÃO APLICADA A EBSERH Material 10 R$15. Instrumentos Diretos e Indiretos . 3.00 500 DE SERVIÇO SOCIAL PARA A FUNDAÇÃ0 CARLOS CHAGAS Com esse material você terá acesso a questões de serviço social de diversos temas como: História do Serviço Social. Dimensões de Serviço Social. • 50 questões de RACIOCÍNIO LÓGICO. • 106 questões de LÍNGUA PORTUGUESA. Políticas Relacionadas a Criança. Planejamento Social.00 550 QUESTÕES PARA OS CONCURSOS DE SERVIÇO SOCIAL PARA SAÚDE • 300 questões de SERVIÇO SOCIAL. Gente com esse material praticamente todos os assuntos de Serviço Social. Instrumentalidade No Serviço Social segundo Yolanda Guerra. Diferença entre Instrumentalidade. 2. dessa forma vocês ficará bem treinada(o) para se sair bem nas provas da banca FCC que é a banca que mais elabora concurso no Brasil.00 INSTRUMENTALIDADE NO SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTAL TÉCNICO DO SERVIÇO SOCIAL 1. Instrumental Técnicos Operativo do Serviço Social 5. Espaços Socio-Ocupacionais do Serviço Social.Material 9 R$15. Instrumental e Instrumentos 4.

• Parecer Social. • Observação Participante. • Entrevista Individual e Coletiva. Instrumental e Instrumentos. • Dinâmica de Grupo • Reunião. • Visita Domiciliar. 6. • Questões sobre Instrumentalidade. • Mobilização de Comunidade. • Visita Institucional. • Ata de Reunião. • Livro de Registro. • Perícia Social. • Laudo Social.00 Apostila do Código de Ética 1. • Diário de Campo. • Relatório Social. Material 12 R$10. Instrumentos de Trabalho do Assistente Social • Estudo Social. Trajetória Histórica do Código de Ética do Assistente Socia *Código de Ética de 1947 *Código de Ética de 1965 *Código de Ética de 1975 *Código de Ética de 1986 *Código de Ética de 1993 *Mudanças inseridas no código de ética pela resolução n° .

Princípios Fundamentais do Código de Ética Comentado 3. 594 do CFESS. 6-Relações dos Assistentes Sociais as Instituições Empregadora *Direitos *Deveres *Vedações 7-Relações dos Assistentes Sociais com outros profissionais: *Deveres.Relação dos Assistentes Sociais com as Entidades da Categoria e demais organizações da Sociedade Civil *:Direitos.Competências do CFESS e do CRESS 4. 10-Relação do Assistente Social com a Justiça: . 2. Deveres e Vedações Gerais dos Assistentes Sociais 5-Relações dos Assistentes Sociais com os Usuários *Deveres *Vedações.Direitos. *Deveres *Vedações. *Vedações 8. 9-Sigilo Profissional.

Planejamento: Definição (Autores Myriam Veras Baptista . Dimensões do Planejament * Dimensão Racional. 11-Penalidades impostas pelo Código de ética. *Prazo Prescricional 12-Questões de Concursos de várias bancas: COPESE. *Multa. Planejamento e Avaliação nas competências e atribuições Profissionais 2. *Dimensão Política *Dimensão Técnico-Administrativa 4. *Suspensão da penalidade. *Advertência Pública. *Deveres *Vedações. Matus) 3. *Dimensão Valorativa. *Advertência Reservada.00 Planejamento e Avaliação de Políticas Públicas 1. Material 13 R$10. CESPE/UNB/ FUNRIO/ FUCAB e muito mais. *Antecedentes Profissionais. Planejamento: Fases metodológicas *Reflexão *Decisão .

*Momento Explicativo *Momento Normativo *Momento Estratégico *Momento Tático Operacional 10-Planejamento Estratégico Situacional 11-Avaliação de Políticas Sociais 8.*Ação *Retomada de Reflexão 5. Definição a Avaliação de Políticas Sociais 10. Eficácia e Efetividade 9-Planejamento Estratégico. Metodologia a Avaliação de Políticas Sociais . Planificação *Plano *Programa *Projeto 6-O Planejamento como processo político *Equacionamento *Decisão *Operacionalização *Ação 7-Aprendendo o que Implementar e Implantar 8. Histórico da Avaliação de Políticas Sociais 9. Noções de Eficiência.

Critérios de Avaliação *eficiência *impacto *sustentabilidade *eficácia *analise de custo-efetividade *satisfação dos beneficiários *equidade 12. Modalidades de Avaliação *Avaliação de Políticas *Analise de Políticas *Avaliação de Políticas Públicas 13.11. . Avaliação X Pesquisa *Dimensões da Avaliação Para Farias 1-Metodológico 2-Finalidade 3-Papel 14. Tipos de Avaliação *Avaliação de Processo *Avaliação de Metas e Resultados *Avaliação de meios (metodologia de implantação).

Concepção de Estado *Estado Liberal. *Contribuição de Behring e Boschetti sobre o Estado Liberal.00 Apostila de Política Social 1.(60 Questões Comentadas ) 150-(150 Questões Gabaritadas ) Material 14 R$ 15. *Oposição Estado Social X Estado Neoliberal. *Estado Neoliberal. *Diferença do Estado Social para o Estado Liberal. Monitoramento 18. Avaliação Participativa 16. Indicadores Sociais 17. *Avaliação de relação custo/benefício e/ou custo/resultado. . *Elementos do Liberalismo *Estado Social. * Avaliação de Meta *Avaliação de Impacto *Avaliação de Processos *Avaliação de Eficiência *Avaliação de Eficácia *Avaliação de Efetividade *Avaliação de Ex-Ant *Avaliação Ex-post 15.

Política Pública x Política Social *Definição de Política Social *Definição de Política Pública *Política Distributiva * Políticas Redistributivas *Políticas Compensatórias. *Motivos para crise do pensamento liberal. *Políticas Universais. *Políticas Focalizadas 4. . *Políticas Emancipatórias. Contexto Mundial das Políticas Sociais *Contribuições de Castel sobre o contexto das politicas sociais. Política Social e Serviço Social *Relação do Serviço Social com a Política Social *Diretrizes Curriculares do Serviço Social e Política Social *Política Social como Mediação. *Elementos que segundo Pierson (1991) ajudam a demarcar a emergência das políticas sociais.2. *Leis inglesas desenvolvidas no período anterior a Revolução Industrial. 3. *Keynesianismo. *Trajetória histórica das legislações. *Contribuição de Behring e Boschetti sobre o contexto das políticas sociais.

*Política da Pessoal com Deficiência.Contexto Nacional *política social no Brasil para Behring e Boschetti. *Política de Seguridade Social. *Tipos de Welfare State para Esping-Andersen. . *Modelo Bismarckiano e Beveridgiano. *Condicionantes estruturais do Welfare State. Políticas Setoriais e Políticas Transversais *Política Social. *Política de Habitação. *Políticas de Proteção Social *Políticas de Promoção Social. *Política Para Idoso *Políticas Para Mulheres. *Crise do Welfare State. *Princípios que estruturam o Welfare State. 5.*Welfare State. *Política de Educação. *Tipos de Welfare State Titmus. 6. *Política Para Criança e Adolescente. *Contexto histórico das legislações no Brasil. *Política Para Juventude. *Welfare State no Brasil.

O material tem CONTEÚDO+ QUESTÕES COMENTADAS. • A apostila possuí a analise da banca IBFC Como comprar esse material??? Todo material mencionado acima é em formato PDF e é enviado ao e-mail do comprador .00 Apostila da Lei n° 8.00 Apostila de Serviço Social da Banca Consulplan A apostila contém: •Análise da banca •122 questões comentadas.00 Apostila de Serviço Social da Banca IBFC • A apostila possuí 250 questões de serviço social da banca IBFC comentadas. •Esquemas que facilitam o aprendizado Material 16 R$10. 7-Questões Comentadas (55 QUESTÕES COMENTADAS) 8-QUESTÕES GABARITADAS (145 QUESTÕES GABARITADAS) Material 15 R$15.662 • A apostila é toda esquematizada e comentada. Material 17 R$20. • A apostila possuí 220 questões de serviço social da banca IBFC gabaritadas. •Simulados com um total de 257 questões. • A apostila possuí esquemas que facilitam o aprendizado.

2.Nos envie uma foto do comprovante de pagamento e também nos informe seu e-mail para que possamos enviar o seu material e no mesmo dia do pagamento enviaremos ao seu e-mail o material. Compre via: E-mail: concurseirosdeservicosocial@gmail.com WhatsApp: 86999839453 ou 86988939890 . 4.Fale conosco e informe qual material você quer.após ele efetuar o pagamento e nos enviar o comprovante via WhatsApp ou via e-mail. se tiver alguma dúvida poderemos esclarecer ela para você. Então para comprar siga os seguintes procedimentos: 1.Peça para um de nossos vendedores os dados para pagamento ( o pagamento é feito via DEPOSITO ou TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA).Faça o pagamento. 3.