You are on page 1of 2

8. (or,.

luz_e tintas
Vários cientistas e artistas se interessaram pelo estudo da visão e da percepção das cores,
dedicando suas vidas à pesquisa desse assunto. Diversos fatores interferem na forma como
vemos as cores: 0 funcionamento dos olhos e do nosso cérebr0, a composição das tintas e a
cor da qu.
Mas a luz tem c0r?
A qu do soI é branca e contém todas as outras cores, mas pode variar durante o dia e ao
Iongo do an0. No entardecer, a luz do sol é avermelhada e em uma manhã de inverno é azu-
|ada. Essas variações também acontecem com a luz artificialz a làmpada fria emite uma qu
esverdeada, já a luz da Iãmpada comum é amarelada.

0 branco é o somatório das cotes da qu e o preto é a ausência de qu. A cor na natureza não é uma
característica do objeto, mas depende da qu que o ilumina e da que é refletida por eIe, Quando
incide num tomate, por exemplo, sua superfície absorve as demais cores e reflete a cor veímelha,
pOÍ isso enxergamos o tomate como vermelho.
A qu emitida pelo sol é branca e, como podemos observar num arco›íris, composta por va'rias
cores, que sâo o resultado da combinação de trés cores~lu1 primárias: vermelho, verde e azul.
Quando um objeto absorve todas as cores e não reflete nenhumal vé-se a cor preta
A soma das trés cores~luz (verme|ho, verde e azul) é o branca Com uma lente, e' possível observar
as trés ques que formam cada ponto de cor na televisào ou nos monitores de (0mputad0r.
V

vermelho

Somalóno Opll(0.

m MÓDULO a > A cor


4 Tintas são a mistwa de pigmenlos e
aglutinantes Esses doís elementos formam
magenta substáncias que podem ser misturadas
entre si ou sobrepostas para forrnar novas
cores. As cores básicas de pigmentaçào são
o azul ciano, o magenta e o amarelu Com
essas cores, mals 0 branco e o preta e'
possível criar grande quantidade de
tonalidades e reproduzir as cores da
natureza. Se observarmos de perto uma
folha de um outd00r, poderemos notar
essas cores.
Nas tintas transparentes, como a aquarela,
a cor preta e' a soma de todas as cores,
porque a cor, a cada camada de tinta
sobreposta, torna-se mais escura. Quando
usamos tintas tranSparentes, o branco é o
fundo do papel ou da te|a, a ausência de
tintas.
Nas tintas opaca$, como o guache, a cor
cinza é a soma de todas as cores, quando
misturadas em um potinho. Quando
pintamos com tintas opacas, cobrimos com
amarelo a tinta branca as áreas em que queremos a
cor branca.
Somatório subtrativa

\
(Reino Unido).
Vapw em uma lempestade de neve, de william IurneL 1842. OIeo sobre lela, 91,4 cm x 121,9 cm Iate GaIIery, Londres
A

Conta-se que, para fazer esta te|a, o pintor inglês WiIIiam Tumer (1775-1851) ficou amarrado ao mastro
de um barco a vapor, em meio a uma tempestade, para observa melhor a cena. Turner procurou não
definir muitos delalhes, utilizando as cores e o movimento das pinceladas para representar o clima de
instabilidade provocado pela tempestade e pelo mar agitado.

Acor < MÓDULO4 m