You are on page 1of 2

Fernando Pegorini Nava

1- ​Friedrich Ratzel (1844-1904) criou teorias que influenciaram o surgimento da Geopolítica.


Dentre estas estava a ideia de que os homens são frutos do meio. Essa concepção influenciou
na criação de teorias deterministas. Por exemplo, muitas vezes já se ouviu a afirmação de que:
“povos de regiões tropicais são menos desenvolvidos, propensos ao trabalho, que povos que
vivem em climas temperados”.

A partir destas informações escreva um texto sobre a ideia de deterninismo geográfico,


abordando os seguintes aspectos:

a- Nazismo e “raça pura” (2,5)


b- Que ligações podemos fazer entre determinismo e preconceito (2,5)

A ideia de determinismo geográfico surgiu com a ideia que Ratzel tinha de que a força de
um Estado era estreitamente ligada ao ambiente de seu território, considerando os fatos
climáticos geográficos e naturais, como também à maneira em que aquele povo se comportava
em relação a outro. Dessa forma, conseguimos entender a afirmação de que povos de regiões
tropicais são menos desenvolvidos que povos que vivem em climas temperados.

Disso, e considerando o ambiente social em que Ratzel viveu - Estado Nacional Alemão na
época do realinhamento da balança de poderes com grandes alterações sociais, culturais e
políticas - surgiu a chamada política do “espaço vital” e da legitimação da guerra, que concede
a normalidade na conquista de territórios dos povos mais fracos pelos mais fortes - ponto que
foi carro chefe do movimento nazista, onde a raça ariana por se considerar desenvolvida,
sentia-se no direito de expandir seu território, em busca de fortificação do Estado, por meio da
perseguição e extermínio dos povos fracos.

Essa determinação do que caracterizava o povo fraco se dá por pontos já citados, como a
comparação de um povo em relação a outro, e ao ambiente em que ele está inserido. Isso faz
com que necessariamente o determinismo seja, em sua casualidade, preconceituoso, de forma
que para as ideias deterministas as características de X se explicam por Y, logo todo o indivíduo
de Y se comporta igual a X. Exemplificando, segundo a ideia de determinismo geográfico e
também levando em consideração os ideias nazistas, todo judeu era responsável pelo
sofrimento e pobreza aguda do povo alemão. No determinismo geográfico, quem determina o
sucesso ou fracasso de um povo é a natureza.

2- O oficial da marinha dos Estados Unidos Alfred Mahan formulou teorias sobre o poder naval
que influenciaram as estratégias das marinhas de todo o mundo. Sua obra, “A influência do
Poder Marítimo na História, 1660-1783”, lançado em 1890, guiou o pensamento estratégico
naval no decorrer do século XX.

A partir das ideias de Mahan, redija um texto sobre as influências das mesmas no século XX,
aborde os seguintes aspectos:

a- Pensamento de Mahan (2,5)


b- Estratégia naval estadunidense (2,5)

Apesar de Mahan ter formulado suas teorias em uma era de mudanças tecnológicas,
acreditava que a importância do poder marítimo permaneceria inalterada. Dessa forma,
delineou três requisitos considerados necessários para o sucesso de uma nação - 1. forte
economia produtiva; 2. shipping; e 3. existência de colônias - e seis condições principais que
avaliariam o poder marítimo - 1. posição geográfica; 2. conformação física; 3. extensão do
território; 4. tamanho da população; 5. caráter da população; e 6. caráter do governo. Tem seu
foco voltado no poder do mar para a exclusão de todas as outras formas do poder nacional. De
fato, o domínio global dos Estados Unidos Unidos hoje é um resultado direto da adesão ao seu
princípios.

Mahan não foi capaz de imaginar o poder aéreo, o poder espacial ou como a dominância
da informação se tornaria um elemento crítico do poder nacional, no entanto, descreveu
princípios para o poder marítimo que hoje são relevantes poder aéreo, o poder espacial e
domínio da informação.

A estratégia adotada pelos Estados Unidos se dá pelas ações que Mahan classificou como
necessárias para o domínio do poder marítimo. A primeira fala sobre o desenvolvimento
marítimo, onde as seis condições citadas anteriormente são necessárias para prosperar. A
segunda ação se dá pela diferenciação de objeto e objetivo de emprego do poder marítimo - o
objeto refere-se à prosperidade e afirmação internacional; o objetivo refere-se à forma de
conquistar o objeto. A terceira ação foi caracterizada pela concentração de forças como chave
da estratégia naval. A quarta ação era construir bases navais em locais estratégicos para
prolongar o tempo de operação da esquadra. A atual posição dos Estados Unidos é resultado
direto da adesão a essas ações, e elas ainda são necessárias para que possam aumentar seu
domínio global.