You are on page 1of 36

Projeto de Estradas e

Vias Urbanas
Elementos básicos para projeto de uma estrada
Introdução
Um bom projeto de estrada procura evitar:
• Curvas fechadas e frequentes;
• Greide muito quebrado;
• Declividades fortes;
• Visibilidade deficiente.
Regras Básicas
• Curvas com maior raio possível;
• Rampa máxima somente em casos particulares e com menor extensão possível;
• Visibilidade assegurada em todo traçado
 Cruzamentos;
 Curvas horizontas e verticais.
• Minimizar ou se possível evitar corte em rochas;
• Cortes e aterros compensados;
• Minimizar as distâncias de transportes.
Projeto de Uma Estrada
• Características Básicas;
Noções de Tráfego
• O tráfego permite estabelecer a classe do projeto;
• Volume diário médio (VDM);
 Quantidade média de veículos que passa em uma seção da estrada, durante o dia;
• Ano horizonte do projeto;
 Determinado ano posterior à abertura , em que é possível projetar a demanda de
tráfego com um certo grau de confiabilidade (em geral, 10 anos).
Noções de Tráfego
• Previsão de tráfego no ano horizonte;

 V = volume futuro de tráfego;


 Vo = Volume inicial de tráfego;
 α = fator de crescimento anual do tráfego;
 t = número de anos a ser considerado
Classes de Projeto
Tipo de região (relevo)

• Plano;
 Topografia suave, permitindo pequenos movimentos de terra;
• Ondulado;
 Terreno com ondulações não muito acentuadas, necessitando movimentos de terra
média proporção;
• Montanhoso;
 Topografia com mudanças significativas nas elevações do terreno, necessitando
grandes movimentos de terra.
Tipo de região (relevo)
Velocidade de Projeto (Vp)

• Segundo a AASHTO;
 É a máxima velocidade que um veículo padrão pode manter, em condições
normais, com segurança;
• Escolha Vp;
 Padrão da estrada;
 Principais características geométricas.
Velocidade de Projeto (Vp)

• Características geométricas mínimas;


 Devem proporcionar segurança ao motorista em todos os pontos da via;
 Curvatura, superelevação, distâncias de visibilidade;

• Única Vp para toda a estrada;


 Valores diferentes apenas em casos especiais (como variação acentuada da
topografia da região)
Velocidade de Projeto (Vp)
Raio Mínimo
• Menor raio que pode ser percorrido na Vp e a uma superelevação máxima
admissível, com segurança e conforto;
• Trajetória circular: veículo é forçado para toda a curva pela força
“centrífuga”;
• Essa força é compensada pela componente peso do veículo, função da
superelevação da curva e do atrito lateral pneu/pavimento.
Raio Mínimo
Raio Mínimo
Raio Mínimo
Raio Mínimo
Veículo de Projeto
• Veículo teórico de uma certa categoria que vai circular na via;
• Características físicas e operacionais equivalentes à maioria dos veículos
existentes;
• Função da composição de tráfego previsto.
Veículo de Projeto
• VP – veículos de passageiros;
 Veículos leves, assimiláveis em termos geométricos e operacionais ao automóvel;
 Vans, utilitários, pick-ups, furgões e similares;
• CO – veículo comercial rígido;
 Composto por unidades tratoras simples (veículo não articulado);
 Incluindo caminhões e ônibus convencionais, normalmente de 2 eixos e 6 rodas.
Veículo de Projeto
• O – ônibus de longo percurso;
 Veículos comerciais rígidos de maiores dimensões;
 Ônibus de turismo e caminhões longos (3 eixos);
• SR – semi-reboque;
 Veículos comerciais articulados, com comprimento próximo ao limite para veículos
articulados;
 Constituídos normalmente de uma unidade tratora simples com um semi-reboque.
Veículo de Projeto
• Dimensões básicas
.
Veículo de Projeto - VP
Veículo de Projeto - CO
Veículo de Projeto - O
Veículo de Projeto - SR
Veículo de Projeto
• Largura da pista de rolamento, acostamentos e ramos de interseção;
• Superlargura;
• Determinação dos raios mínimos internos e externos;
• Largura dos canteiros;
• Extensão das faixas de espera;
• Valos da rampa máxima;
• Altura admissível no gabarito vertical.
Veículo de Projeto
• DNIT;
 Rodovias projetadas geometricamente para o atendimento aos veículos do
tipo CO
• Veículos do tipo VP: atendimento com bastante folga;
• Veículos do tipo O: atendimento satisfatório;
• Veículos do tipo SR: atendimento em condições aquém das desejáveis, mas
com restrições no geral aceitáveis.
Distância de Visibilidade
• Garantir maior segurança e conforto aos motoristas;
• Controle do veículo a tempo seguro no caso de uma eventualidade;
• Melhor visibilidade possível em toda estrada;
 Pode ser limitada com mudanças de direção e declividade;
• Depende diretamente da velocidade;
 Distância de visibilidade de parada;
 Distância de visibilidade de ultrapassagem.
Distância de Visibilidade de Parada
• Distância mínima para que um veículo possa parar antes de atingir um
obstáculo em sua trajetória;
Distância de Visibilidade de Parada
Distância de Visibilidade de Parada
Distância de Visibilidade de Parada
Distância de Visibilidade de Parada
Distância de Visibilidade de Ultrapassagem
Distância de Visibilidade de Ultrapassagem
Resumo
• Velocidade de projeto;
 Relevo;
 Tráfego;
• Raio mínimo;
• Veículo de projeto;
• Distância de visibilidade.

Related Interests