You are on page 1of 1

N OS SA Bússo l a

Ricardo Neves

Como se livrar do
vício em automóveis
L
evamos um século para atingir Deixe uma coluna livre que
será preenchida no próximo
1 bilhão de veículos rodando no planeta. passo. (Em meu blog você vai
Agora, até o fim da próxima década, encontrar um modelo, pronto
Ricardo Neves é para baixar da internet.)
consultor de
deveremos ter um segundo bilhão. O que isso 2. preencha aquela coluna
inovação e significa? Os congestionamentos endêmicos e que ficou livre na planilha
estratégia e escreve caóticos de cidades como São Paulo vão piorar. considerando uma alternativa
quinzenalmente para realizar cada viagem,
em Época. É autor
A maior metrópole do país é hoje uma amostra identificada em cada linha, de
do livro Novo Mundo do que aguarda todas as grandes cidades forma mais eficiente. Tente
Digital, volume I brasileiras. E não adianta colocar a culpa em evitar o carro próprio usando
da trilogia táxi, carona ou transporte
Renascença Digital. governos e políticos. Não acredito na capacidade público (trem, metrô, ônibus).
www.ricardoneves. de qualquer prefeito de ser bem-sucedido Também considere bicicleta
com.br. Acesse ou até mesmo a pé. Você pode
ao atacar essa questão de cima para baixo.
www.epoca.com.br/ escolher a forma de substituir
ricardoneves e O grande vilão é nosso estilo de vida. Ficamos o carro levando em conta seu ponto de vista pessoal
mande seu e-mail viciados no uso do carro. Se nós não mudarmos, acerca de tempo, custo e conveniência. O importan-
os governos só vão oferecer paliativos, tais como te é tirar seu carro da rua o maior tempo possível;
rodízios, viadutos, túneis, pontes e pedágios. No má- 3. considere a possibilidade de remanejar cada
ximo, alguma boa administração municipal poderá viagem feita em condições críticas de tráfego para
oferecer modestos progressos no transporte público. outros horários menos congestionados;
Mas eles serão incapazes de produzir um ponto de 4. analise a possibilidade de substituir viagens e todo
inflexão no caminho para o próximo congestio- deslocamento físico não previsto por mobilidade
namento. Seria mais racional e produtivo mostrar digital. Explore as possibilidades de realizar serviços e
que precisamos reformar nossa mentalidade em compras usando a internet e o telefone.
termos de mobilidade individual. Carro na rua é o Se sua vida é devastada pelo congestionamen-
problema. Isso é o ponto de partida. E o mais difícil to, então é preciso partir para a ação mais radical:
de fazer: mostrar às pessoas que elas são vítimas e mude para um local mais central e próximo de suas
algozes. Como começar essa mudança radical? atividades cotidianas. Fuja de condomínios fechados
Para aqueles que têm sua qualidade de em locais distantes. Vá para os núcleos urbanos onde
vida e mobilidade desarranjadas pelo permanente existem residências, comércios, escolas, escritórios
congestionamento nas ruas, sugiro uma e serviços em geral. Busque pólos bem servidos por
dieta light, que deve seguir quatro ações: transporte coletivo, principalmente estações de metrô.
1. comece por fazer um checkup de sua mobilidade Temos de envolver amigos e colegas. É como se
pessoal no dia-a-dia. Faça uma planilha. formássemos vários grupos de auto-aju-
As linhas descrevem cada viagem de da. Que tal criar uma comunidade no
carro que você faz de segunda a domin- Para curar escritório ou na faculdade, por meio do
go e as colunas listam os seguintes as- Orkut? Você pode fazer um campeonato
pectos de cada viagem: dia da semana, o trânsito para ver quem consegue maiores ganhos
identificação da viagem (casa–trabalho, das cidades, de tempo, com menos horas perdidas
ir à faculdade, levar criança à escola), precisamos no tráfego. Essa idéia pode ser espalhada
quilômetros percorridos, tempo gasto,
condições de tráfego (crítica, média,
adotar novas como um vírus benigno que torna
as pessoas menos dependentes do uso
www.epoca.com.br
boa) e uma coluna identificando o formas de do carro. Afinal, todos fazemos
O debate continua
no blog de Ricardo Neves número de pessoas que vão com você. deslocamento parte do problema e da solução.  u

82 I r e v i s ta é p o c a I 7 de abril de 2008

EP516p082.indd 82 2/4/2008 22:21:48