You are on page 1of 31

GUIA DE RAÇAS (STRAINS)

PSILOCYBE CUBENSIS

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

ACADIAN COAST

Colhida na inexplorada Louisiana meridional, essa strain oferece muitas


características raras para o cultivador caseiro. Um grande desenvolvimento
de micélio rizomórfico e frutificação abundante devem ser esperadas dessa
strain.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

AFRICAN

Sem descrição
-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

ARGENTINO

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Frutos densos e médios
Origem: Argentina
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Uma strain de frutificação muito fértil produzindo alguns frutos de


tamanho médio. Uma pequena estipe sob um grande chapéu. Rápida
colonização e crescimento agressivo e rizomórfico do micélio.

Strain maravilhosa para iniciantes. Essa strain produz alguns prints


extremamente escuros.

Foto: CogumelosPoa

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

AUSSIE

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil (ótimo para iniciantes)
Taxa de crescimento: Rápida
Tamanho: Grande
Origem: Austrália
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Frutos grandes e carnudos com o topo do chapéu redondo. Strain que


produz grandes safras. Suas estirpes são grossas e carnudas.

Os frutos se tornarão rapidamente maduros uma vez que iniciarem os pins.


Grande depositor de esporos com o véu partindo-se do chapéu permitindo
um ótimo print.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

B+

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Rápida
Tamanho: Médio-Realmente grande
Origem: ?
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos (Começam grandes com
esterco, mesmo que tudo que você tenha que fazer é adicionar algum a
sua mistura de bolo)

Essa strain foi vendida por muitas companhias de esporos como uma
variedade de Psilocybe azurescens de fácil frutificação. É ainda muito
procurada devido aos frutos de tamanho grande, alguns alcançando 35cm
de comprimento. Quando comparado a outras strains de PC, o B+ é
geralmente considerado um gigante. O corpo de frutos médios alcançam
15-20cm com chapéus com 3-8cm de diâmetro durante os últimos flushes.
Frutos muito grandes podem ser esperados em substratos com muitos
nutrientes como grãos, adubos, estrume e palha. É uma strain de boas
safras. Frutos altos com micélio rizomórfico. Os primeiros flushes
consistem de muitos cogumelos de tamanho médio enquanto os últimos
produzem poucos, mas mais robustos.

Essa strain é recomendada para iniciantes porque é muito fácil e frutifica


rápido, não requerendo cold-shocking.

Foto: Magiczky
-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

BAN NATON

Sem descrição

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

BRASILEIRO

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Taxa de crescimento: Rápida
Tamanho: Médio-Denso e Grande
Origem: Brasil
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Outra strain de frutificação muito fértil. É de colonização extremamente


rápida com um micélio que rompe o substrato. Uma das strains de mais
rápida colonização que eu já tive o prazer de pesquisar. Produz alguns
frutos grandes e carnudos com o véu tendendo a ser mais grosso no topo
causando o rasgar do chapéu a partir da estirpe na maioria das vezes. As
estipes na maioria tendem a serem grossas embaixo, assegurando uma boa
fundação para alguns dos gigantes que esta strain é capaz de produzir.

Quanto a isolar o agressivo micélio, os brazilians parecem ser auto-


isolantes, fazendo desta uma maravilhosa strain para iniciantes.

Essa strain produz belos prints escuros para continuar sua pesquisa com
ele.
-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

BÚFALO ROSA

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Potente
Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Médio-Pequeno
Origem: Tailândia
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos (adoradores de esterco)

O que faz essa strain ser tão incomum é porque ela foi encontrada num
campo que estava habitada por um dos sagrados búfalos-rosa da ilha.

Como outras strains tailandesas, essa é considerada a mais potente das


variações de cubensis.

Rápida colonização tendendo a produzir mais frutos com corpos grandes


nos últimos flushes do que nos primeiros.
Forma cubensis perfeitos. Possui um véu esticado que às vezes fica preso
até a maturidade. Os prints podem ser escuros, mas nem todos soltarão uma
porção de esporos (você vai fracassar se não pegar suficientemente cedo).

Frutos bastante densos, igualmente proporcionais, e muito suculentos.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
CAMBOJA

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Rápida
Tamanho: Médio – bem proporcionado
Origem: Camboja
Substratos: Palha, Vários tipos de grãos, Esterco pasteurizado e adubos

Essa strain especial vem do antigo templo de Angkor Wat, localizado no


sudeste da Ásia (hoje Camboja).

Esse cogumelo particular foi usado regularmente pelos primeiros


habitantes da área e foi considerado o foco central em suas cerimônias
religiosas por séculos. Esses habitantes alcançaram um estado muito
avançado de cultura civilizada, excedendo em todas as áreas das artes, e
deixaram para trás uma riqueza espiritual tremenda, assim como
conhecimento científico que ainda permanece hoje como testemunha de
seus grandes feitos. É uma strain do extremo oriente que o pesquisador
John Allen trouxe para os EUA de suas jornadas para as ilhas sagradas do
sudeste asiático.

Strain de colonização extremamente rápida! No agar cultiva quase duas


vezes mais rápido que outras strains de cubensis! Produz belos cogumelos
com chapéu em forma de sino. Os frutos não são dos maiores, mas o
número de frutos sempre compensa. É fácil de cultivar não precisando de
cold-shocking.

Foto: Doctor Martin

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
COLOMBIANO - VILLA DE LEIVA

É uma strain de colonização muito rápida. Tende a produzir um misto de


micélio rizomórfico e algodoado, todavia cultiva muito rápido. O estranho
é que quando esta strain frutifica, os cogumelos não conseguem manter seu
próprio peso muito bem. Eles tombam.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

CREEPER

Dificuldade: Fácil (ótimo para iniciantes)


Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Médio-Grande
Origem: ?
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Belos frutos carnudos que se tornam muito azulados quando cortados.

Frutificação com altas safras. Médio depositor de esporos, geralmente


aparecendo mais púrpuro do que a maioria dos cubensis que já vi.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
EQUADOR

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Média
Tamanho: Grande
Origem: Equador
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Essa strain vem dos Andes do Peru e é uma strain muito robusta que
produz grandes colheitas, e são conhecidas como sendo uma das mais
potentes strains de PC disponíveis.

É talvez a strain mais popular de cubensis devido às características


clássicas de PC. Caule longo, grosso e carnudo, com um grande chapéu de
cor caramelo-escuro, são características dessa strain.

É muito fácil de cultivar e produz frutificações iniciais muito boas. Não é


excepcionalmente um rápido colonizador, mas frutifica muito facilmente e
abundantemente, não requerendo cold-shock.

Esta strain é recomendada para iniciantes. É também um potente


cogumelo. Gera pesadas safras com alguns grandes frutos! Estipe e chapéu
grossos e carnudos. O micélio geralmente tem um pequeno crescimento
rizomórfico entrançado. Grandes frutos nos últimos flushes. Depositor de
esporos escuros.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
F+ (retirado do FSRE)

Psilocybe Cubensis originário da Flórida. O isolamento foi executado e


terminou com um fruto clonado. Todos os F+ vêm desse clone.

A strain é muito agressiva e coloniza muitos substratos em tempo


excepcional. F+ tem até mesmo frutificado de lascas de madeira. Como a
maioria dos cubensis, cresce melhor no esterco de cavalo e vaca. O micélio
de F+ é predominantemente algodoado para linear, embora possa crescer
muito rizomorficamente sob certas condições, e apesar do crescimento
predominantemente algodoado, F+ geralmente gera pins abundantes.

Os frutos dessa strain têm a habilidade de crescer particularmente grandes.


As características determinantes dessa strain incluem: manchas de micélio
no chapéu, crescimento micelial bem junto à estipe, e o chapéu semelhante
a um umbigo.

Joshua, que isolou essa strain, espera que todos gostem dela e que ela seja
espalhada para micologistas por todo o mundo.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

GOLDEN TEACHER

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Fruto denso e médio
Origem: ?
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Uma das mais robustas strains disponíveis, é um frutificador maravilhoso


com bastante micélio rizomórfico.
Frutos densos com estirpes grossas e carnudas, alcançam alturas acima de
12cm com chapéus geralmente abrindo em torno de 5cm de diâmetro.
Chapéu dourado (por isso o nome).

Os frutos não são tão abundantes como outras strains, entretanto o


tamanho compensa no peso deles secos. O segundo e terceiro flushes
podem vir enormes, geralmente alcançando o pico de 22cm.

O tempo médio de colonização está entre 12-14 dias para ½ print de copos
de PFTek. Ótima strain por performance e potência. Depositor de esporos
escuros.

Foto: NeuroFX & psilocibec

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

GULF COAST

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Rápida
Tamanho: Médio-Grande
Origem: Flórida
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Essa é uma potente strain da Flórida, da região da costa oriental, que cresce
muito rapidamente na área úmida do estado.

Essa mesma espécie de cogumelos foi utilizada por anos pelos xamãs
locais das nativas tribos Seminole para fazer um chá especial conhecido
como “chá preto”. Diziam que esse chá dava aos xamãs o poder de curar e
receber guias dos ancestrais.

É uma das de melhor produção que já vimos. Mesmo o terceiro flush


produz muitos cogumelos maciços.
Definitivamente se beneficia com o cold-shocking, sem isto a frutificação
será atrasada e o casing pode sofrer com a armação e a cobertura. É
também um grande depositor de esporos.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

HUAUTLA (retirado do FSRE)

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Origem: México
Substratos: Palha, Grãos e Esterco

Essa strain é uma recente coleção do desolado México meridional na região


de Oaxaca próximo à vila Huautla de Jimenez, que ganhou notoriedade
como a cidade natal da xamã Maria Sabina.

Essa strain foi coletada por club99 no final de julho de 2001 crescendo
num local de pastagem, no capim. Interessante foi que não foi visto
crescendo diretamente no esterco.

Os cogumelos são grandes e finos e tem um chapéu de forma única.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
MALABAR

Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Rápida
Tamanho: Grande
Origem: Costa Malabar, Índia
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Espécimes originais dessa strain foram obtidos da Costa Malabar na Índia.

A tolerância ao calor e outras características únicas a torna uma strain à


parte. Em observações iniciais dessa strain no campo, percebeu-se que
cresce bem em temperaturas mais altas que as normais. Nós recebemos
relatos dessa strain frutificando bem em temperaturas acima de 32°C.

Frutificação muito fértil. Frutos carnudos e grossos. Podem ficar bastante


grandes. Possui um tipo de chapéu raro que é plano no topo antes do
chapéu abrir. As estirpes são bastante grossas, densas e carnudas. O véu
tende a ficar preso, às vezes até mesmo na maturidade. Você terá de
quebrar o véu você mesmo para colher prints. Médio depositor de esporos.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

MATIAS ROMERO

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Grande
Origem: México
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e ama Bolos

Essa é uma boa strain rizomórfica. Muitos pins e abortos, mas com a
umidade adequada do conteúdo, muitos (mas não todos) abortos podem ser
evitados.

Adora água, mas não vá afogá-lo!

Estirpes gordas particularmente na base e grandes safras.

Essa strain leva o nome da vila mexicana Matias Romero, onde foi
coletado. Ela produz alguns cogumelos pequenos, porém com estirpes
gordas que geralmente formam cachos.

Esta strain ganha muito com o cold-shock.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

MAZATECA

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Média
Tamanho: Médio com alguns grandes
Origem: México
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos (funciona melhor com casings,
bolos precisam de umidade muito alta)

Essa strain é maravilhosa! Micélio extremamente rizomórfico, estipe e


chapéu grossos e carnudos.

Uma única característica sobre essa strain é que o chapéu fica parcialmente
fechado. O chapéu fechado bloqueia um pouco a esporulação, mas esses
vão esporular onde os esporos podem cair.

A estipe tende a ser da mesma grossura da base até o chapéu.


Fácil de cultivar, não requer cold-shocking.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

MEXI-CUB

Um cogumelo muito bonito, sempre nos dando bonitos chapéus


manchados, geralmente de uma cor amarelada em vez da típica cor dourada
dos cubensis.

Tende a crescer com pequenas estipes e particularmente grandes chapéus


comparados à sua estipe. Uma strain rápida e muito fácil de cultivar.
Funciona bem em case, e vai continuar a frutificar mais e mais dentro de
uma semana de cada flush.

Embora não sendo um cogumelo gigante, produz uma abundância de


cogumelos continuamente. Você geralmente conta com no mínimo quatro
bons flushes dessa strain, e às vezes mais.

Uma outra boa característica chave sobre esse cubensis é que frutifica bem
em temperaturas de 10°C, mas também cresce como qualquer outro
cubensis em altas temperaturas de 24-29°.

Uma característica especial sobre a potência desse cogumelo é que ele não
parece dar a alta ansiedade que vários cogumelos dão quando as primeiras
ondas de euforia surgem em você. É muito suave, purificador, com um
agradável toque pesado nos olhos.
-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

MEXICAN #3

Vendido originalmente como Psilocybe mexicana, a strain Mexican #3


possui algumas características interessantes.

Originada dos experimentos de Mr. G no Foggy Mountain Mushrooms,


essa strain foi originalmente vendida incorretamente com P. Mexicana e foi
rapidamente reclassificada como cubensis. Ela tem sido conhecida por
livrar-se de muitas variações desprezíveis, entretanto muitas têm vários
traços em comum.

Seu tempo de colonização é mais rápido do que médio, levando cerca de


13-15 dias. Os véus ficam presos próximos a maturidade e possui
frutificação fértil.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

MYSTERY FATASS

Essa strain produz cogumelos com os maiores chapeis já vistos.

O primeiro flush consiste em cogumelos não muito grandes. Nos outros


flushes alguns cogumelos maiores podem ser colhidos.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

NICE TRANSKEI

Essa é muito especial. Uma strain de cubensis da África do Sul.

Os cogumelos originais foram coletados em Janeiro de 2002 em Transkei,


na Costa Selvagem, região da África do Sul.
Uma característica específica é o modo como o véu fica conectado ao
chapéu por um longo tempo até romper deixando remanescentes na estipe e
no chapéu. A formação de cobertura e armação é esperada. Um cold-shock
não parece ter qualquer efeito sobre essa strain.

Essa strain vem do MushMush e devido a algumas complicações de


copyright nós não podemos dar mais informações.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

ORISSA INDIA CUBENSIS

Essa strain foi originalmente encontrada no esterco de elefantes na Índia


sendo uma das de maior crescimento que já vimos.

Nós temos visto resultados misturados desta também. Temos visto alguns
cogumelos em casings muito deformados com pobres resultados no início,
e temos visto um bom número de bons casings com alguns cogumelos
muito grandes e robustos.

A velocidade de colonização é média, com bastante micélio rizomórfico, e


a potência é extrema para um cubensis.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
PALENQUE

Essa strain possui uma frutificação muito fértil.

Micélio rizomórfico.

Apesar dos frutos serem pequenos são potentes.

Produz um print médio-escuro.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

PENIS ENVY

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Tamanho: Médio-Grande
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Uma nova strain com poucas safras que parece de modo perturbador com
um pênis circuncisado.

Os relatos são de atividade da psilocibina mais alta do que média, uma


tendência percebida em outras strains mutantes que produzem poucas
safras.
-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

PESA (Pacifica Exotica Spora Amazon)

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Médio-Grande
Origem: Pacific Exotic Spora - Amazon
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos (adorador de esterco)

Em nossa experiência o PES Amazonian é um frutificador fértil, com frutos


médios alcançando cerca de 15cm. Strain de ótima performance. Frutos
muito densos com chapéu em forma de mamilo medindo cerca de 5cm de
diâmetro.

Torna-se muito azul quando cortado. Micélio rizomórfico de crescimento


médio. As estirpes e chapéus são proporcionais em tamanho. Tem
performance muito boa em temperaturas frias também.

Foto: Pedro & Mauricio

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

PES "HAWAIIAN"

Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Média
Tamanho: Médio-Grande
Origem: levou o nome do vendedor que introduziu essa strain (Pacifica
Exotica Spora (no Havaí))
Originária do Havaí pela loja de esporos, Pacific Exotic Spora. O PC não é
nativo das ilhas havaianas.

Strain de performance maravilhosa. Flushes completos com alguns


grandes frutos de tempos em tempos. Médio crescimento rizomórfico. O
véu se parte do chapéu que tem tamanho médio com depósitos escuros de
esporos. Possui características similares ao Golden Teacher.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

PLANTASIA

Temperatura: colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Substratos: Palha, Vários Tipos de Grãos, Esterco

Outra strain que provocou boatos de ser um azurescens, especialmente


quando cresce outdoor.

Uma strain muito rara. Produz alguns chapéus de formas raras quando
cultivado em outdoor. Indoor eles também produzem cogumelos de belas
formas.

Uma característica que nós achamos nessa strain é a margem branca que se
situa ao longo da borda do chapéu.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
PLANTASIA MYSTERY

Na verdade não se tem certeza se essa strain é azurescen ou cubensis. Em


algumas fotos de outdoor eles se parecem muito com azurescen, mas cresce
como um cubensis, preferindo temperaturas quentes.

Plantasia são colonizadores semi-rápidos, com frutificações bonitas e de


tamanho médio.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

PORTO RICO

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Potência: Moderada-Potente
Dificuldade: Não tão fácil (mas possível mesmo pra um iniciante)
Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Pequeno
Origem: Porto Rico
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos (atuam bem no "millet")

Coletadas nas florestas de Porto Rico, próximo à cidade de Canovanas


localizada no nordeste da ilha.

Tem sido notada pela sua alta potência, muitos relatos põem essa strain de
cubensis como a significativamente mais potente.

Essa strain pode ser teimosa para alguns. É lenta pra frutificar, mas eles
virão! Frutos potentes, apenas pequenos na minha experiência. Micélio
extremamente rizomórfico. Colonizador rizomórfico muito agressivo.
Chapéus bastante grandes que deixam prints escuros.
-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

SOUTH AMERICAN

Dificuldade: Fácil
Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Podem chegar a grandes
Origem: América do Sul
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Essa strain é ótima! Rápido crescimento e altas safras. Você obterá alguns
monstros de tempos em tempos com esta strain. Micélio rizomórfico.

O chapéu tende a rachar um pouco e acredito ser devido ao fato da alta


taxa de crescimento dos frutos.

Grande depositor de esporos.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
TAZMANIAN

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Média
Tamanho: Alto, muito alto e delgado
Origem: Tasmânia
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Frutos altos e delgados com chapéu de tamanho pequeno a médio.

Ótima strain, muito visual e trará sorrisos para seu rosto!

Micélio de médio rizomorfismo. O véu rasga-se do chapéu e dão belos


prints escuros. Apresenta espantosa habilidade de frutificação e
rapidamente se recupera entre flushes. Se dão bem em temperaturas frias. É
extremamente rápido crescendo no adubo, possui grandes safras e produz
alguns belos chapéus grandes.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

TEXAS

Dificuldade: Fácil (bom para iniciantes)


Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Pequeno, mas extremamente denso
Origem: Texas
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos (misture ao esterco para frutos
com tamanhos melhores)

Frutos super densos. Pequeno mas firme, seu tecido possui muito menos
água que qualquer cubensis que já vi. Eles não enrugam muito sob secagem
e são duros como pedra quando secos.
Fruto fértil e sensitivo à luz (frutificará com pouca ou nenhuma exposição
à luz). Ótima strain para cultivo invitro. Médio depositor de esporos.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

THAI LIPA YAI

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Médio
Origem: Tailândia
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Cubensis de médio rizomorfismo. Ótima performance com frutos carnudos.


Os prints variam de médios para escuros.

Essa strain é similar a strain Koh Samui no fato de ser um rápido


colonizador, é bem resistente à contaminação, de frutificação rápida e fácil
e é muito potente para um cubensis. A grande diferença entre as duas é que
o Lipa Yai cresce mais e produz chapéus claros. Os Koh Samui tendem a
produzir menores, ainda que de estirpe grossa e chapéu grande, enquanto a
Lipa Yai cresce mais alto com estipes semigrossas e um chapéu meio
grande. Ambas são excelentes strains.
-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

THAILAND KOH SAMUI

Dificuldade: Fácil
Potência: Potente
Taxa de crescimento: Rápida
Tamanho: Pequeno e Largo
Origem: Tailândia
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Essa strain de cubensis é da Tailândia. É muito resistente a contaminantes,


é de colonização rápida e possui a frutificação de cubensis mais rápida que
já vi.

Tende a gerar alguns cogumelos muito grossos com grandes chapéus.


Embora não fiquem realmente altos, compensam a altura na grossura. Às
vezes tendem a gerar alguns cogumelos com forma cheia de nós, mas
ouvimos dizer que eles crescem mais potentes do que são com essa strain.

É uma potência fenomenal para um cubensis.

Foto: allansnake & Mauricio

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
THAILAND KOH SAMUI T3

Essa é a 3ª geração domesticada do original Koh Samui. A strain original


era mais “selvagem” e produzia resultados variando entre pequenas e
grandes frutificações.

A potência dessa strain de Thai tende a ser uma das mais potentes de
cubensis.
Um festival chamado Full Moon Mushroom Festival é realizado uma vez
por mês nessa ilha, onde centenas de pessoas procuram por esse cogumelo.

Em uma área onde 95% dos habitantes são budistas, esse cogumelo é
considerado pelos nativos um presente sagrado dos deuses.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

THAILAND-KS LAMIA BEACH

Sua velocidade de colonização e frutificação é rápida, os cogumelos são


abundantes, e como todas nossas strains tailandesas, é bastante potente.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
TRANSKEY

Originalmente da África do Sul, este cogumelo foi colhido em Janeiro de


2002 em Transkei.

Uma característica muito específica é o modo como o véu permanece


preso ao chapéu até se rasgar, deixando restos presos na haste. Um cold-
shock parece não ter efeito nessa raça.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

TREASURE COAST

Temperatura de colonização/frutificação: 28-30°C/ 23-26°C


Dificuldade: Fácil
Potência: Moderada-Potente
Taxa de crescimento: Média-Rápida
Tamanho: Grande
Origem: Flórida
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos

Espécimes originais foram coletados algum tempo atrás no sudeste da costa


Gulf, na Flórida.

Strain de boa frutificação. Você ganhará alguns cogumelos grandes com


pesadas safras. Crescimento rizomórfico agressivo, mas parecem levar um
pouco mais de tempo para iniciar os pins. Uma vez que os pins começam a
frutificar, vêm rápidos e fortes.

Levam pouco tempo de recuperação entre os flushes. Grande depositor de


esporos.

Uma strain muito fértil, a Treasure Coast é notável pela habilidade de


ocasionalmente parir albino, ou próximo à sub-strains albinas.
-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

Z-STRAIN

Dificuldade: Fácil (ótimo para iniciantes)


Taxa de crescimento: Um pouco rápida
Tamanho: Médio-Grande
Origem: ?
Substratos: Palha, Grãos, Esterco e Bolos (funciona muito bem em
invitro)

Strain muito rizomórfica! O micélio rizomórfico parece se auto-isolar.


Colonizador muito agressivo. Uma das strains mais rápidas da inoculação à
colheita que já vi. Frutificador fértil com pouco ou nenhum tempo de
recuperação entre os flushes!

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
OUTRAS ESPÉCIES

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

PSILOCYBE TAMPANENSIS

Também conhecido como as famosas pedras filosofais, uma única espécie


foi achada em 1977 em Tampa, Florida. Desde então, todas as culturas são
originárias dessa espécie. Foi encontrado apenas mais uma vez em sua
forma selvagem no Mississipi, mas nenhuma amostra foi coletada.

Dizem que a viagem desse cogumelo é bem diferente da viagem


proporcionada por outros cogumelos e também tem um gosto muito
melhor.

Essa espécie não é fácil de cultivar.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------

PANAEOLUS CYANESCENS

Também conhecido como Copelandia Cyanescens, o Panaeolus é um


cogumelo bem pequeno, porém considerado um dos mais potentes.

Cresce muito rápido em palha, não passando de uma semana o tempo entre
o casing e o primeiro flush.

Dificuldade moderada/difícil.

-------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------
PANAEOLUS TROPICALIS

Acredita-se ser originário do Hawaii, sendo levado para algumas áreas da


Flórida, onde se tornou nativo.

Possui hastes compridas, com o chapéu não muito grande.

Aqueles que tiverem a sorte de encontrar um ou poder cultiva-los serão


certamente abençoados. Tropicalis terá uma fácil frutificação por aqueles
que já tem experiência em cultivos com palha. Não frutificará como um
cubensis típico em bolos PF.

---------------------------------------------------------------------
Fontes: Mycotopia.net, FSRE.org, CogumelosMagicos
---------------------------------------------------------------------
ABREVIAÇÕES

A = A Strain
AC = Acadian Coast
AF or SAF = South African (please, not SA, that IS South American)
AMZ or AZ = Amazonian (usually PES)
ARG = Argentina
(T)AL = Allen Strain
AU = Australian
B+ = B+
(T)BHT = Ban Hua Thanon aka PB = Pink Buffalo
(T)BLN = Ban Lipa Noi
(T)BN = Ban Nathon
(T)BS = Ban Saket
(T)BP = Bo Phut
BR or BZ = Brazillian
BU = Burma
CA or CAM = Cambodian
CO = Columbian
EC or EQ = Ecuadorian
(T)EG = Elephant Gate
F+ = F+
FL = Florida
GC = Gulf Coast
GT = Golden Teacher
HU = Huatla
HW = Hawaiian (usually PES)
KC or CR = Keeper’s Creeper
(T)KS = Koh Samui
(T)LY = Lipa Yai
M3 = Mexican #3
MAL or MB = Malabar
MAZ or MZ = Mazatapec
MC = Mexi-Cub
MEXA = Mexican A (sclerotia)
MFA = Mystery Fatass
MR = Matias Romero
OI = Orissa India
PAN = Panama
PB = Pink Buffalo
PE = Penis Envy
PF or PFC = Psylocybe Fanticus Classic
PLNQ = Mexican Palenque
(T)PI = Phucket Island
PM = Plantasia Mystery
PR = Puerto Rican
SA = South American
TAP or TP = Tapalpa
TAZ = Tasmanian
TC = Treasure Coast
TX = Texan
VI = Virgin Islander
(T) = From Thailand

-------------------------------------------------------------------------------------------

Fonte: CogumelosMágicos.org - www.cogumelosmagicos.org


Postado originalmente por NeuroFX

Organizado em pdf por Mr D.

Related Interests