You are on page 1of 5

1

A figura abaixo representa as alternativas de abastecimento de água para


consumo humano de um município com 20.000 habitantes. A maioria da
cidade é abastecida pelo manancial superficial sob a responsabilidade da

Curso:
Curso: Operador
Operador de
de ETA
ETA ee Módulo:
Módulo: Tratamento
Tratamento de
de águas
águas ee Data:
Data:
ETE
ETE efluentes
efluentes
Professora:
Professora: Sarah
Sarah Atividade
Atividade dede Avaliação
Avaliação de
de Nota:
Nota:
Moreira
Moreira Recuperação
Recuperação
Nome:
Nome:

1) A figura abaixo representa as alternativas de abastecimento de água para consumo


humano de um município com 20.000 habitantes. A maioria da cidade é abastecida pelo
manancial superficial sob a responsabilidade da companhia de saneamento local que
trata (ETA Convencional) e distribui de forma plena. Nas proximidades da cidade um
grupo de condomínios faz uso exclusivo da água subterrânea como fonte de
abastecimento, e preocupados com a qualidade da água efetuou uma análise laboratorial
da mesma, cujo resultados seguem no laudo listado abaixo.
2

Você foi contratado pela prefeitura para atuar no controle e vigilância da qualidade da
água dessa cidade e exigir dos responsáveis as competências conforme descreve a lei.

Dessa forma, responda abaixo o que se pede referente ao relatório que deverá ser
elaborado:

a)O que as letras A, B, C, D, E, F e G representam? Identifique cada uma delas,


em ordem da sequência das etapas.
b)Classifique quais são as soluções de abastecimento de água para consumo
humano que a cidade possui de acordo com a legislação vigente citando suas
características.
c)Quais as etapas que o arranjo da ETA da cidade apresenta?
d)Do que trata a etapa da figura G? Quais as vantagens dessa tecnologia?
e)Qual a legislação utilizada pelo laudo como referência dos padrões de qualidade
da água? Do que ela trata?
f) De acordo com o laudo, essa água é adequada para o consumo humano? Sim, ou
não. Justifique.

2) Enquanto na câmara de mistura rápida o fator químico é o mais importante e


afeta a eficiência da coagulação, na floculação o fator físico se torna o mais importante,
podendo afetar a formação dos flocos e diminuir a eficiência da sedimentação. Em
ambos os casos, são necessários mecanismos de mistura, cujo gradiente de velocidade e
tempo de mistura no tanque podem interferir tanto na formação dos coágulos como na
formação e estabilidade dos flocos. O gradiente de velocidade é o limite da relação entre
a diferença de velocidade com que se movem duas camadas de fluido muito próximas e
a distância entre si, e normalmente é designado pela letra G, sendo a unidade s -1. Com
relação às unidades destinadas à coagulação e floculação, considere as seguintes
afirmativas, e julgue ser verdadeira (V) ou falsa (F):
( ) As etapas de coagulação e floculação são das mais delicadas do processo de
tratamento convencional para abastecimento público; qualquer falha poderá prejudicar
não só a qualidade, como também o custo do produto a ser distribuído.
( ) Na câmara de mistura rápida, os gradientes de velocidade são alcançados por
ressaltos hidráulicos ou por mecanismos mecânicos de agitação. O tempo de mistura
normalmente fica entre 0,05 s e 100 s, sendo usual tempo de agitação em torno de 60 s.
( ) Os floculadores são divididos em compartimentos, por estruturas físicas ou não. Os
gradientes diminuem em cada compartimento e são alcançados por meio de chicanas,
quando são utilizados floculadores hidráulicos, ou por agitadores mecânicos com
paletas paralelas ou perpendiculares ao eixo. O tempo de agitação é de 20 a 40 minutos.
( ) Tanto o mecanismo de coagulação como o de floculação ocorrem por reações
químicas, e o tipo de agitação e a intensidade não interferem diretamente na condição de
funcionamento dos sistemas de tratamento e na formação dos flocos.
3

3) Sobre a etapa de filtração julgue como verdadeiro (V) ou falso (F):


( ) Como meio poroso, pode-se utilizar inúmeros materiais, porém o mais utilizado é
composto por areia, sustentada por camadas de seixos (fragmentos de rochas),
colocados sobre um sistema de drenos.
( ) No decorrer da filtração, ocorre a remoção das partículas em suspensão, das
substâncias coloidais e dissolvidas, dos microrganismos e das substâncias químicas.
( ) A camada filtrante pode ser de camadas de areia com granulometria diferente
superposta; camadas múltiplas – areia – carvão – granada (grupo de minerais) ou de
carvão e areia granada misturados.
( ) O sentido de escoamento pode ser de fluxo descendentes ou fluxo ascendente e a
velocidade de filtração pode ser lenta ou rápida.
( ) O aumento da resistência imposta pelo meio filtrante, devido ao entupimento dos
espaços vazios, recebe o nome de perda de carga, e é um parâmetro que auxilia na
operação dos filtros, pois é um indicativo da hora de sua lavagem.
( ) Uma lavagem feita de modo incorreto pode acarretar danos irreparáveis para o leito
filtrante, no entanto a qualidade final da água filtrada não é influenciada.
( ) Durante o processo de lavagem, a água que entra no mesmo sentido da filtração
enche a camada filtrante e faz com que essa seja levada para baixo, processo
denominado de expansão do meio filtrante.
( ) Quando o meio filtrante se expande, provoca um atrito dos grãos de areia que
liberam as impurezas (flocos, microrganismos etc) que estão grudadas neles, e essas são
arrastadas para fora pela água.

4) Durante o monitoramento das condições de contaminação de corpos de água do


município de Araucária, observou-se que a situação era bastante heterogênea, com
lugares com altos níveis de contaminação por efluentes domésticos e outros locais com
altos níveis de contaminação por efluentes industriais. A prefeitura resolveu
implementar um sistema único de tratamento que pudesse tratar ambos os tipos de
contaminação.
Considerando ação proposta, numere a coluna da direita de acordo com o
sequenciamento que você, como técnico ambiental, estabeleceria para a configuração
desse sistema.
4

1. Tratamento preliminar. ( ) Remoção de sólidos grosseiros e


areia.
2. Tratamento primário. ( ) Remoção de matéria orgânica
dissolvida e de matéria orgânica em
3. Tratamento secundário. suspensão residual.
( ) Remoção de sólidos em suspensão
4. Tratamento terciário. sedimentáveis, materiais flutuantes
(óleos e graxas) e parte da matéria
orgânica em suspensão.
( ) Remoção de poluentes específicos
e/ou remoção complementar de
poluentes não suficientemente
removidos.

5) Considere as afirmativas a seguir:

I. As lagoas de estabilização são grandes tanques escavados no solo, nos quais os


esgotos fluem continuamente e são tratados por processos naturais.
II. Lagoas Aeróbias operam em condições intermediárias entre as aeróbias e anaeróbias,
coexistindo os processos encontrados em ambas.
III. O tratamento em filtros biológicos caracteriza-se pela alimentação e percolação
contínua de esgotos através de um meio suporte, comumente constituído de pedras ou
pedregulhos.
Está (estão) correta (s):
a) I e II apenas. d) III apenas.
b) II e III apenas. e) I, II e III.
c) I e III apenas.
6) A Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO) medida em uma amostra de esgoto ou
efluente líquido industrial indica, por meio de teste de laboratório realizado de acordo com
procedimento normatizado:

a) O consumo de O2, expresso em mg/L, promovido pelas substâncias biodegradáveis


contidas na referida amostra de esgoto ou efluente.
b) A contagem bacteriana presente na referida amostra de esgoto, ou efluente industrial,
expressa em unidades formadoras de colônias por litro (UFC/L).
c) A concentração total de substâncias oxidáveis presentes na referida amostra de
esgoto, ou efluente industrial, expressa em mg/L.
d) A concentração bacteriana presente na referida amostra de esgoto, ou efluente
industrial, expressa em mg/L.
e) A concentração total das substâncias não biodegradáveis presentes na referida
amostra de esgoto, ou efluente, expressa em mg/L.

7) Julgue como verdadeiro (V) ou falso (F).

( ) Uma das formas de tratamento de esgotos é o uso de lagoas de estabilização, que


tratam esgotos domésticos por meio de um processo simples e natural. Elas são
classificadas em três tipos: anaeróbias, facultativas e de maturação, sendo que a principal
diferença entre elas é o uso de plantas aquáticas.

( ) O uso de lodos ativados em estações de tratamento de esgoto apresenta como uma


desvantagem desse processo de tratamento o controle laboratorial diário.

( ) Em uma estação de tratamento de esgotos (ETE), o reator UASB (upflow anaerobic


sludge blanket) ou reator de fluxo ascendente com manta de lodo consiste em um sistema
de tratamento biológico em que a estabilização da matéria orgânica é realizada pela
oxidação bacteriológica e (ou) redução fotossintética das algas.

( ) Uma estação eficiente de coleta e tratamento de esgotos pode produzir água não
potável para usos industriais e agrícolas, além de metano para geração de energia e
biossólido para adubação e condicionamento de solos.