You are on page 1of 1

No dia 17 de maio de 2017, na sala Diretor de Turma da EEM Miguel

Saraiva Pinheiro, aconteceu a reunião diagnóstica do 2 ano A. A Diretora de


Turma e presidente da reunião, Nayara Borges, agradeceu primeiramente a
Deus por estar proporcionando aquele momento e em seguida saudou a todos
que estavam presentes. Passou a palavra para o coordenador pedagógico,
Teógenes Pereira, que informou sobre a merenda escolar, o trabalho do Núcleo
Gestor e por fim direitos e deveres dos alunos. Em seguida, a presidente da
reunião fez uma análise da dinâmica da turma. Segundo a mesma, a turma não
é tão numerosa, sendo composta por 30 alunos dos quais a maioria são
meninas. A idade varia de 15 a 19 anos, a reponsabilidade dos alunos em sua
maioria é das mães e quanto a saúde alguns apresentam dificuldades visuais e
dois apresentam dificuldades motoras. Mais da metade dos alunos recebem
bolsa família, apenas uma aluna é dispensada das aulas de Educação Física. A
maioria dos alunos usam o ônibus para se deslocarem até a escola. Quanto as
profissões, há uma grande variedade das opções escolhidas, mas as mais
desejas ainda é medicina e engenharia. As disciplinas que os alunos mais têm
dificuldades são Física, Matemática, Português e Inglês. Dentre as disciplinas
mais favoritas dos alunos, as mais citadas foram Espanhol e DPS. E por fim a
Diretora de Turma acrescentou que a turma é boa, mas que ainda há aqueles
alunos descompromissados, que parecem não saber o objetivo de estarem em
sala de aula. A palavra foi passada para as representantes de sala Vitória e
Cícera Bianca que fizeram um pequeno relatório da turma. De acordo com elas,
a turma ainda está um pouco indisciplinada, usam celulares durante a aula, ficam
dispersos durante a explicação e não se comprometem diante dos trabalhos.
Quanto ao Núcleo Gestor reclamaram que precisam ser mais presentes, e
quando cobrarem alguma coisa do aluno, que essa cobrança seja feita para
todos, incluindo o Núcleo Gestor. Segundo as representantes, foi-se proibido que
as alunas usassem Leggin, sendo que essa regra parece ter sido aplicada
apenas as alunas, pois a diretora e algumas funcionárias vêm de leggin para a
escola. Além disso, foi proibida a saída dos alunos para comprarem lanche fora
das dependências da escola quando se tivesse merenda na escola, porém foi
relatado que o porteiro havia deixado alguns alunos saírem para comprarem
lanche, mesmo tendo a merenda escola. Falaram também que alguns
professores precisam ter mais domínio de sala, explicar mais o conteúdo e
quanto ao professor Artur ter mais respeito pelas alunas. A palavra foi passada
para a presidente da reunião, que agradeceu pela participação de todos e que
os problemas relatados nessa reunião diagnóstica seriam solucionados.