You are on page 1of 2

Cisternas

Geralmente, cisternas são usadas em locais com deficiência de abastecimento de
água. Podem armazenar água da chuva ou ser abastecidas por caminhões-pipa,
por exemplo. Segundo a NBR 15527 - Água de chuva - Aproveitamento de
Coberturas em Áreas Urbanas para Fins Não Potáveis, a chuva deve ser captada
apenas de coberturas ou de áreas sem circulação de veículos, pessoas ou animais
e nunca de pavimentos térreos ou piso de estacionamentos devido aos agentes
contaminantes presentes nesses locais. Depois de receberem tratamento, as
águas pluviais poderão ser aproveitadas para irrigação de solos, lavagem de
veículos, fontes ornamentais , reabastecimento de bacias sanitárias e para limpeza
de pisos.

Confira no desenho todos os elementos que compõem e como funciona uma
cisterna plástica enterrada.

1 Reservatório de autolimpeza
Também conhecido como first flush, descarta automaticamente a primeira
parte da chuva, que costuma trazer toda a sujeira que estava no telhado. Na
primeira chuva, esse tanque se enche até o nível máximo. Depois, a água
segue direto para o reservatório.

2 By-pass
O by-pass é usado para evitar excesso de água no sistema. Ele é conectado

A água precisa ser liberada no fundo da cisterna para levar oxigênio ao líquido estocado. precisa ser bem fixado à parede da cisterna. A finalidade é evitar que ela se movimente demais e agite os sedimentos depositados por decantação no fundo do reservatório. os filtros possuem duas entradas para a água da chuva e peneiram a sujeira mais grossa. 5 Sifão-ladrão O sifão-ladrão é sempre instalado a 5 cm de desnível em relação à entrada de água no reservatório. 7 Eletronível O eletronível tem a função de parar a bomba quando a água atinge um nível inferior. O excesso de água será descartado pelo sifão-ladrão que também tem a função de evitar a entrada de odores e insetos no reservatório. 6 Conjunto de sucção A sucção da água se dá pelo conjunto boia-mangueira. 4 Freio d´água Depois de ser filtrada. Para que não gire com o movimento da água. já livre dessas impurezas maiores. c A sujeira e um pouco da água descartada vão direto para a rede de água pluvial. como folhas e gravetos. no mínimo. O tamanho da malha é definido de acordo com o tamanho do telhado e do filtro. A boia serve para manter a mangueira na superfície e. . 60 cm de circunferência. 8 Tampa de inspeção A tampa de inspeção deve vedar o reservatório perfeitamente e precisa ter. a água da chuva passa pelo freio que fica ao fundo do reservatório. captar sempre o líquido livre de sedimentos. Em geral. 3 Filtro de macropartícula a A chuva entra pelas aberturas superiores e passa entre os vãos da cascata. evitando possível colapso do sistema. b A água da chuva. passa por uma tela de aço-inox que serve para reter ainda mais resíduos. assim.antes do filtro e descarta a água em excesso direto para a galeria pluvial.