You are on page 1of 5

Exercício Resolvido 02 – Análise de Circuitos

Elétricos Mistos Série e Paralelo

Neste exercício resolvido, para o circuito elétrico misto
abaixo, faça a análise e encontre todos os valores de corrente
e tensão totais e em cada resistor (circuitos mistos).

RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO DE ANÁLISE DE CIRCUITOS MISTOS SÉRIE E PARALELO:

1º PASSO: OBJETIVO DO EXERCÍCIO E ESTRATÉGIA DE RESOLUÇÃO.

Neste exercício resolvido de circuito misto série e paralelo, para a análise de
circuitos mais complexo, como os circuitos mistos, será necessário empregar as
03 principais leis que já estudamos até o momento: Lei de Ohm, Lei de kircho
das Tensões e Lei de Kirchho das Correntes. Vamos também ter que analisar as
associações série e paralela dos resistores para encontrar um circuito
equivalente total.

2º PASSO: COLETAR AS INFORMAÇÕES APRESENTADAS NO EXERCÍCIO
RESOLVIDO DE CIRCITOS MISTOS.

Para o circuito elétrico misto em questão, são conhecidos o valor da fonte de
alimentação E = 16,8V.

Iniciamos encontrando a resistência equivalente do circuito misto visto pela fonte de alimentação E para também encontrar a corrente elétrica total do circuito. e na associação B temos o resistor R3 em série com o paralelo dos resistores R4 e R5. Veja que a associação A é o paralelo dos resistores R1 e R2.  R5 = 3Ω e R6 = 3Ω. Para ajudar na análise observe também que este circuito possui 03 nós: a.  R2 = 6Ω. Podemos veri car como ca o circuito na forma reduzida através da gura abaixo: . A associação C é composta apenas pelo resistor R6. 3º PASSO: CALCULAR OS VALORES SOLICITADOS E COMPREENDER O RESULTADO OU CONCLUIR O PROJETO SOLICITADO.  R3 = 4Ω. B e C. E 03 associações de resistores principais destacadas: A. b e c.E os valores dos resistores R1 = 9Ω.  R4 = 6Ω.

calculamos a queda tensão no resitor RA que será a mesma para os resitores em paralelo R1 e R2 que formaram a associação. Portanto a corrente total do circuito vale: Podemos agora calcular as correntes e quedas de tensão em cadas um dos resistores. A corrente total do circuito nada mais é que a corrente que passa pelo resistor RA.Agora vemos de forma bem mais clara que a resistência equivalente deste circuito visto pela fonte de alimentação E pode ser facilmente calculada pela associação paralela de RB e RC que juntos estão em série com o resistor RA. utilizando o circuito reduzindo e o circuito original. e portanto. As correntes IR1 e IR2 podem ser encontradas aplicando a lei de ohm sobre cada um dos resitores: .

Olhando para o circuito misto agora reduzido. que pode ser calculada pela lei de kircho das tensões (aplica. os quais estão em paralelo e possuem o mesmo valor de queda de tensão.Obviamente.áo de leis de kirchho em circuitos mistos): Agora podemos calcular IB e IC: . vimos que a corrente IA vai se dividir nas correntes IB e IC de acordo com os valores do resistores RB e RC.

Finalmente podemos calcular os valores da associação B: .