You are on page 1of 10

CADERNO DE TESTE Material de apoio para concursos públicos - Nº 01

Resolva
bateria de
Direito questões básicas
para concursos
Constitucional

FOLHA DIRIGIDA publica Caderno de Testes com questões básica de Direito Constitucional
para concursos públicos. Trata-se de um bom material de estudos, por exemplo, para aqueles que
estão participando da seleção para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), entre outras
Página 2 Uma publicação da FOLHA DIRIGIDA Caderno de TESTE

Direito Constitucional
Direito Constitucional é disciplina cobrada em quase 07. O Distrito Federal (DF) editou lei que impõe aos
todos os concursos público. Por isso, FOLHA DIRIGI- cartórios locais um limite temporal para atendimento
DA preparou um Caderno de Testes especial somente ao público. A lei foi impugnada sob o argumento
com questões desta matéria, com gabaritos comenta- de inconstitucionalidade fundada em ofensa à
dos por especialista na área. Veja quantas você conse- competência privativa da União. Considerando essa
gue acertar: situação e a competência legislativa do DF e da
União, julgue o item subsequente.
01. Julgue o item seguinte relativo ao controle de O DF acumula competências legislativas atribuídas
constitucionalidade. constitucionalmente aos estados e municípios.

A ação direta de inconstitucionalidade por omissão 08. Cabe aos estados explorar diretamente, ou
pode ser proposta pelos mesmos legitimados à mediante concessão, os ser viços locais de gás
propositura da ação direta de inconstitucionalidade canalizado, na forma da lei, vedada a edição de
genérica e da ação declaratória de medida provisória para a sua regulamentação.
constitucionalidade.
09. Cabe exclusivamente ao presidente da República,
02. Acerca dos direitos sociais, julgue o item na condição de chefe de Estado, permitir, sem a
subsequente. necessidade de autorização do Congresso
Nacional, que forças estrangeiras transitem pelo
Os direitos sociais, de estatura constitucional, território nacional ou nele permaneçam
correspondem aos chamados direitos de segunda temporariamente.
geração. Entre esses direitos, incluem-se a
educação, a saúde, o trabalho, a moradia, o lazer, 10. Acerca do processo legislativo e das comissões
a segurança, a previdência social, a proteção à parlamentares de inquérito, julgue os itens que se
maternidade e à infância e a assistência aos seguem.
desamparados. As comissões parlamentares de inquérito podem
03. A Constituição Federal é semirrígida, pois ser criadas pela Câmara dos Deputados e pelo
estabeleceu regras mais difíceis quanto ao Senado Federal, mediante proposta de um terço
procedimento de alteração do seu texto. de seus membros, ficando sua instalação
condicionada à aprovação do plenário da Casa
04. Acerca das classificações das constituições julgue respectiva, por maioria absoluta.
o item subsequente.
11. Com relação a deputados e senadores, julgue o
Com relação ao modo de elaboração, as item subsequente.
constituições podem ser dogmáticas, assim
compreendidas aquelas que são constituídas ao O órgão responsável pelo julgamento de deputados
longo do tempo mediante lento e contínuo processo e senadores, a par tir do momento da expedição
de formação, reunindo a história e as tradições de de seus diplomas, é o Superior Tribunal de Justiça.
um povo.
12. Com relação a deputados e senadores, julgue o
05. No Brasil, a nacionalidade originária é fixada com item subsequente.
base no critério do ius soli, excluído o ius sanguinis.
Perderá o mandato o deputado federal ou senador
06. A respeito do Estado federal brasileiro, julgue o item que tiver os direitos políticos suspensos.
subsequente.
13. Com base na CF, julgue o próximo item, referente à
De acordo com a CF, é necessária a consulta da ordem econômica e social brasileira.
população diretamente interessada, no caso de
instituição, pelo estado-membro, de regiões
metropolitanas, que são formadas por agrupamento
Continua na página seguinte
de municípios.

FOLHA DIRIGIDA
Filiada à

Uma publicação da Editora Folha Dirigida Ltda | Rua do Riachuelo, 114 - Centro- Rio de Janeiro - RJ - CEP 20.230-014

REDAÇÃO Atendimento D ISTRIBUIÇÃO


Presidente ADOLFO MARTINS Tel.: 21-3233-6200 | De segunda a sexta: das 9h às 19 horas Rio de Janeiro Distribuidora Dirigida
Vice Presidente MARIZETE RIBEIRO CASTANHEIRA 3233-6201 | 3233-6202 SUCURSAIS Rua Riachuelo, 114 - Centro
E-mail: redacao@folhadirigida.com.br São Paulo Cep.: 20.230-014
P UBLICIDADE Diretor ANTÔNIO ROBERTO STÉTER Tel.: 21-3233-6238
Diretor de Redação LUIZ FERNANDO CALDEIRA Tel.: 21-3233-6340; Fax : 21-3233- Rua Barão de Itapetininga, 151 -
Diretor de Jornalismo Online PAULO CHICO 6314 Térreo Carga tributária federal aproximada de
Diretor de Circulação MÁRCIO ILIESCU Cep : 01042-001 - SÃO PAULO-SP 20%
OUTROS RAMAIS Tel.: 11 3123-2222
Diretora de Planejamento ANDRÉA MARTINS Industrial - Tel.: 21-3233-6341 Fax : 11 3129-9095 FOLHA DIRIGIDA ONLINE
Diretor Jurídico JOSÉ MANUEL DUARTE CORREIA Obras gráficas - Tel.: 21-3233-6341 www.folhadirigida.com.br/assine
Diretora Contábil/Financeira LÚCIA HELENA DE OLIVEIRA Administração - Tel.: 21-3233-6342 Representante em Brasília: ATENDIMENTO/ASSINATURAS
Circulação - Tel.: 21-2232-5048 e CPM Consultoria Planejamento Midia Ltda. SAC:
Editoria de Educação RENATO DECCACHE 3233-6237 ( marcio@marketingcpm.com.br ) * Tel. atendimento@folhadirigida.com.br
Editoria de Opinião BENITO ALEMPARTE ATENDIMENTO AO LEITOR 55-613034.7448 - SHN Quadra 2 - Tel.: 21-2461-0062
Editoria de Empregos FELIPE SIMÃO Tel.: 21-3233-6200 15o.andar- salas 1514 e 1515 *Execu- De segunda a sexta: das 8h às 20 horas
CLASSIFICADOS tive Office Tower - Brasília - DF - CEP 70702- Sábados: das 8h às 12h
Editoria de Atendimento ao Leitor ANDRÉA GIGLIO Tel.: 21-3233-6343 905
Caderno de TESTE Uma publicação da FOLHA DIRIGIDA Página 3

Direito Constitucional
O departamento de trânsito é um órgão que tem 22. No que diz respeito aos direitos e garantias
atribuições inerentes ao exercício da segurança fundamentais, julgue o item seguinte, com base no
pública. que dispõe a Constituição Federal de 1988 (CF).

14. Considerando as disposições constitucionais Plebiscito e referendo são formas de exercício direto
acerca de segurança pública, julgue o item a seguir. da soberania popular e expressam os contornos
do regime democrático brasileiro, o qual possui
A Polícia Federal, as polícias militares e os corpos tanto elementos de uma democracia direta quanto
de bombeiros militares são forças auxiliares e de uma democracia representativa.
reserva do exército.
23. Julgue o item seguinte, com relação aos direitos
15. No que diz respeito aos direitos e garantias sociais e políticos.
fundamentais, julgue os itens seguintes, com base O analfabeto, embora inelegível, possui a faculdade
no que dispõe a Constituição Federal de 1988 (CF). de alistar-se e de votar.

Plebiscito e referendo são formas de exercício direto 24. Com relação às constituições em seus sentidos
da soberania popular e expressam os contornos formal e material, julgue o item a seguir.
do regime democrático brasileiro, o qual possui
tanto elementos de uma democracia direta quanto Em sentido material, apenas as normas que
de uma democracia representativa. possuam conteúdo materialmente constitucional
são consideradas normas constitucionais.
16. Julgue os itens seguintes, com relação aos direitos
sociais e políticos. 25. Acerca dos direitos fundamentais e do conceito e
da classificação das constituições, julgue o item a
O analfabeto, embora inelegível, possui a faculdade seguir.
de alistar-se e de votar.
Normas materialmente constitucionais encerram
17. Julgue o próximo item, acerca da responsabilidade disposições a respeito de matéria tipicamente
do Estado perante a CF. constitucional, isto é, de elementos inerentes à
constituição, ao passo que as normas formalmente
A responsabilidade objetiva do Estado dispensa a constitucionais, embora não tratem de matéria
demonstração de nexo de causalidade entre a constitucional, são constitucionais, do ponto de
conduta do agente administrativo e o dano sofrido vista eminentemente formal, somente porque
pela vítima. integram a constituição.

18. Julgue o item a seguir, referentes a responsabilidade 26. Acerca da classificação das constituições e dos
civil do Estado e licitações. princípios fundamentais, julgue os itens a seguir,
considerando que a CF corresponde à Constituição
De acordo com a Constituição Federal, somente Federal de 1988.
as pessoas jurídicas de direito público responderão
pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, Quanto à estabilidade, a CF pode ser classificada
causarem a terceiros. como rígida, já que o processo de alteração das
normas constitucionais é mais dificultoso que o
19. Julgue o item que se segue, relativo aos ser vidores procedimento ordinário de criação das leis. As
públicos. constituições flexíveis, por outro lado, podem ser
modificadas por meio dos mesmos procedimentos
As regras do regime geral da previdência social de elaboração das demais leis, o que afeta seu
relativas à aposentadoria especial não são caráter de superioridade hierárquica no
aplicáveis ao ser vidor público enquanto não houver ordenamento jurídico.
lei complementar específica que assim o determine.
27. No que diz respeito aos direitos e garantias
20. No que diz respeito à administração pública e aos fundamentais, julgue o item seguinte, com base no
ser vidores públicos, julgue os itens subsequentes. que dispõe a Constituição Federal de 1988 (CF).

Basta a obser vância da legalidade estrita para que Embora possua um núcleo imutável, também
a conduta do agente público seja considerada chamado de cláusulas pétreas, a CF é classificada
moralmente adequada do ponto de vista da como semirrígida, dada a possibilidade de alteração
administração pública. de seu texto por meio de emenda.

28. Com relação ao conceito, à classificação e aos


21. Com base na CF e na jurisprudência do STF, julgue princípios fundamentais da Constituição Federal de
o item subsecutivo acerca do exercício do direito 1988 (CF), julgue o item a seguir.
de greve no ser viço público.
O exercício do direito de greve no ser viço público
federal é legítimo, mesmo sem a regulamentação
por lei específica.
Continua na página seguinte
Página 4 Uma publicação da FOLHA DIRIGIDA Caderno de TESTE

Direito Constitucional
A Constituição é outorgada quando é externada com o impetrante demonstrar a existência de direito
a par ticipação dos cidadãos, uma vez que as líquido e cer to, ainda que inexistam elementos
normas constitucionais são estatuídas pela fáticos para convencimento da existência do direito
deliberação majoritária dos agentes do poder no momento inicial da impetração.
constituinte.
37. Acerca dos direitos e garantias fundamentais
29. Com relação ao conceito, à classificação e aos previstos na CF, julgue os itens subsequentes.
princípios fundamentais da Constituição Federal de
1988 (CF), julgue o item a seguir. O mandado de injunção é impróprio para pleitear
em juízo direito individual líquido e certo decorrente
A CF, no que diz respeito à for ma, é uma de norma constitucional autoaplicável.
constituição consuetudinária.
38. Quanto ao conceito de Constituição e aos direitos
30. Julgue o item seguinte, relativo aos direitos e individuais e de nacionalidade, julgue o seguinte
garantias fundamentais. item.

Considere a seguinte situação hipotética. João, São brasileiros natos os nascidos no estrangeiro,
brasileiro nato, durante viagem a determinado país de pai brasileiro ou mãe brasileira que esteja no
estrangeiro, cometeu um crime e, depois disso, exterior a ser viço do Brasil ou de organização
regressou ao Brasil. Em seguida, o referido país internacional.
requereu a extradição de João. Nessa situação
hipotética, independentemente das circunstâncias 39. À luz das normas constitucionais e da
e da natureza do delito, João não poderá ser jurisprudência do STF, julgue os seguintes itens.
extraditado pelo Brasil.
Cidadão por tuguês que legalmente adquira a
31. Julgue o item que se segue, relativo ao presidente nacionalidade brasileira não poderá exercer cargo
e ao vice-presidente da República. da carreira diplomática, mas não estará impedido
de exercer o cargo de ministro de Estado das
Na hipótese de impedimento do presidente e do Relações Exteriores.
vice-presidente da República, o presidente do
Senado Federal deverá ser chamado ao exercício 40. Otto, cidadão alemão, adquiriu a nacionalidade
da presidência da República. brasileira após ingressar com pedido no Ministério
da Justiça. Posteriormente, por considerar que Otto
32. Acerca dos direitos políticos, julgue o item a seguir. não reunia os requisitos constitucionais que lhe
Não são alistáveis como eleitores nem os dariam direito à nacionalidade derivada, o Ministro
estrangeiros nem os militares. da Justiça cancelou o ato de naturalização.
Considerando essa situação hipotética, julgue o
33. Acerca da disciplina constitucional e legal referente item seguinte.
à composição dos car gos públicos, julgue o
seguinte item. Segundo entendimento do STF, o referido ato do
ministro da Justiça viola a CF porque, uma vez
Filho de governador de Estado é inelegível para deferida a naturalização, seu cancelamento
qualquer cargo eletivo em âmbito nacional. somente poderia ter ocorrido pela via judicial.
No que se refere aos princípios fundamentais e à
34. A respeito de princípios fundamentais e de direitos organização do Estado brasileiro, julgue o próximo
e garantias fundamentais, julgue o próximo item. item.
A República Federativa do Brasil, formada pela
Historicamente, os direitos fundamentais de primeira união indissolúvel dos estados, municípios e Distrito
dimensão pressupõem dever de abstenção pelo Federal (DF), adota a federação como forma de
Estado, ao contrário dos direitos fundamentais de Estado.
segunda dimensão, que exigem, para sua
concretização, prestações estatais positivas. 42. A respeito dos direitos e garantias fundamentais,
julgue o item seguinte.
Os par tidos políticos adquirem personalidade
35. No que diz respeito aos poderes do Estado e às jurídica mediante o registro de seus estatutos no
funções essenciais da justiça, julgue os próximos Tribunal Superior Eleitoral.
itens.
43. Com relação aos Poderes da República e às
No âmbito federal brasileiro, o Poder Legislativo é funções essenciais à justiça, julgue o item
bicameral, ao passo que, no âmbito estadual, subsequente.
distrital e municipal, consagra-se o unicameralismo. Considere que o presidente da República, na
presença de policiais que o escoltavam, tenha
36. Julgue o item seguinte, acerca dos remédios cometido uma tentativa de homicídio contra um
constitucionais. ser vidor. Nessa situação, mesmo tendo
Deverá ser concedida a ordem em mandado de
segurança quando, na fase de produção de provas, Continua na página seguinte
Caderno de TESTE Uma publicação da FOLHA DIRIGIDA Página 5

Direito Constitucional
presenciado o delito, os policiais não poderão aposentadoria ou exoneração.
efetuar a prisão em flagrante do presidente da 52. A respeito dos Poderes Legislativo e Executivo e do
República. regime constitucional da administração pública,
julgue o item a seguir.
44. Acerca da organização político-administrativa do
Estado Federal brasileiro e da administração É da competência exclusiva do Congresso Nacional
pública, julgue o seguinte item. convocar plebiscito, caso em que é desnecessária
a sanção do presidente da República.
O presidente da República pode dispor, mediante
decreto autônomo, acerca da organização e do 53. Acerca da administração pública, da organização
funcionamento da administração federal, vedados dos poderes e da organização do Estado, julgue o
o aumento de despesa e a criação ou extinção de item que se seguem.
órgãos públicos.
De acordo com o Supremo Tribunal Federal, embora
45. A respeito dos Poderes Executivo e Legislativo, possuam poderes de investigação próprios das
julgue o item a seguir. autoridades judiciais, as comissões parlamentares
de inquérito não podem determinar a interceptação
Dispor sobre a organização da administração telefônica dos supostos envolvidos nas
federal é atribuição privativa do presidente da irregularidades por elas investigadas.
República, que somente poderá ser exercida pelo
próprio ou, durante seus impedimentos, por quem 54. Com relação à organização dos Poderes Legislativo
o substituir na presidência, vedada a delegação. e Judiciário e ao Conselho Nacional de Justiça,
julgue o item que se segue.
46. Julgue o item que se segue, relativo ao presidente
e ao vice-presidente da República. Desde a expedição do diploma, a imunidade formal
Na hipótese de impedimento do presidente e do protege o parlamentar contra a prisão, inclusive a
vice-presidente da República, o presidente do civil, ressalvada a hipótese de flagrante de crime
Senado Federal deverá ser chamado ao exercício inafiançável.
da presidência da República.
55. No que tange ao estatuto constitucional do Poder
47. O processo relativo a crime de responsabilidade Legislativo, julgue o item seguinte.
cometido pelo presidente da República divide-se
em duas par tes: um juízo de admissibilidade do A Câmara dos Deputados compõe-se de
processo perante o Senado Federal e o julgamento representantes dos Estados e do DF, eleitos
perante a Câmara dos Deputados. segundo o princípio majoritário.

48. Acerca das disposições referentes à administração Gabarito comentado


pública, às competências constitucionais dos entes 01 Gabarito: Certo
federados e ao Poder Judiciário, julgue o item a seguir. Art. 12-A, Lei 9.868/99. Podem propor a ação direta
O Supremo Tribunal Federal poderá, após reiteradas de inconstitucionalidade por omissão os legitimados
decisões sobre matéria constitucional, aprovar à propositura da ação direta de inconstitucionalidade
súmula que, a partir de sua publicação na imprensa e da ação declaratória de constitucionalidade.
oficial, terá efeito vinculante em relação aos demais
órgãos do Poder Judiciário e à administração 02 Gabarito: Certo
pública direta e indireta nas esferas federal, Ar t. 6º, CF. São direitos sociais a educação, a
estadual e municipal. saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer,
a segurança, a previdência social, a proteção à
49. No que se refere ao Poder Judiciário e à maternidade e à infância, a assistência aos
magistratura, julgue o item subsequente. desamparados, na forma desta Constituição.
(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 64,
Não é permitido aos juízes dedicar-se à atividade de 2010)
político-par tidária, salvo se licenciados.
03 Gabarito: Errado
50. No que se refere ao Poder Judiciário e à Doutrina majoritária defende que a Constituição
magistratura, julgue o item subsequente. Federal é rígida.

De acordo com o STF, a garantia da inamovibilidade 04 Gabarito: Errado


ão alcança juízes substitutos, ainda que Trata-se de uma constituição histórica.
assegurados pelo instituto da vitaliciedade.
05 Gabarito: Errado
51. No que diz respeito ao Poder Judiciário, julgue o O Brasil, no art. 12, inciso I, da CF, adotou o critério
item subsecutivo. territorial mitigado para a fixação da nacionalidade
originária. Assim, em regra, adotou-se o critério do
O juiz não poderá exercer a advocacia no juízo ou ius soli (art. 12, I, a), mas há exceções do critério
tribunal do qual se afastou, antes de decorridos
três anos do afastamento do car go por Continua na página seguinte
Página 6 Uma publicação da FOLHA DIRIGIDA Caderno de TESTE

Direito Constitucional
de ascendência ou ius sanguinis (art 12, I, “b” e República, o Vice-Presidente, os membros do
“c”). Portanto, o item está errado, pois, também, Congresso Nacional, seus próprios Ministros e o
no Brasil, adota-se o critério sanguíneo ou da Procurador-Geral da República;
ascendência.
12 Gabarito: Certo
06 Gabarito: Errado Ar t. 55, CF. Perderá o mandato o Deputado ou
Art. 25, CF - Os Estados organizam-se e regem-se Senador:
pelas Constituições e leis que adotarem, IV - que perder ou tiver suspensos os direitos
obser vados os princípios desta Constituição. políticos;
§ 3º - Os Estados poderão, mediante lei
complementar, instituir regiões metropolitanas, 13 Gabarito: Errado
aglomerações urbanas e microrregiões, constituídas Ar t. 144. A segurança pública, dever do Estado,
por agrupamentos de municípios limítrofes, para direito e responsabilidade de todos, é exercida para
integrar a organização, o planejamento e a execução a preservação da ordem pública e da incolumidade
de funções públicas de interesse comum. das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes
órgãos:
07 Gabarito: Certo I- polícia federal;
Art. 32, § 1º, CRFB. Ao Distrito Federal são atribuídas II- polícia rodoviária federal;
as competências legislativas reser vadas aos III- polícia ferroviária federal;
Estados e Municípios. IV- polícias civis;
V- polícias militares e corpos de bombeiros militares.
08 Gabarito: Certo
Ar t. 25, § 2º, CRFB. Cabe aos Estados explorar O STF decidiu que o art. 144 da CF aponta, de forma
diretamente, ou mediante concessão, os serviços locais taxativa, os órgãos incumbidos do exercício da
de gás canalizado, na forma da lei, vedada a edição de segurança pública, não havendo possibilidade de
medida provisória para a sua regulamentação. (Redação acréscimo de qualquer outro órgão, razão porque,
dada pela Emenda Constitucional nº 5, de 1995) o Depar tamento de Trânsito, comumente
conhecido por DETRAN, não figura entre os órgãos
09 Gabarito: Errado incumbidos do exercício da segurança pública.
Art. 84, CF. Compete privativamente ao Presidente
da República: “Os Estados-membros, assim como o Distrito Federal,
XXII - per mitir, nos casos previstos em lei devem seguir o modelo federal. O ar t. 144 da
complementar, que forças estrangeiras transitem Constituição aponta os órgãos incumbidos do
pelo território nacional ou nele permaneçam exercício da segurança pública. Entre eles não está
temporariamente; o Depar tamento de Trânsito. Resta pois vedada
Ar t. 49, CF. É da competência exclusiva do aos Estados-membros a possibilidade de estender
Congresso Nacional: o rol, que esta Corte já firmou ser numerus clausus,
II - autorizar o Presidente da República a declarar para alcançar o Depar tamento de Trânsito.” (ADI
guerra, a celebrar a paz, a permitir que forças 1.182 , voto do Rel. Min. Eros Grau, julgamento em
estrangeiras transitem pelo território nacional ou 24-11-2005, Plenário, DJde 10-3-2006.) Vide: ADI
nele permaneçam temporariamente, ressalvados os 2.827 , Rel. Min. Gilmar Mendes, julgamento em 16-
casos previstos em lei complementar. 9-2010, Plenário, DJE de 6-4-2011.

10 Gabarito: Errado 14 Gabarito: Errado


Art. 58, § 3º, CF. As comissões parlamentares de A Constituição, em seu art. 144, § 6º, estabelece
inquérito, que terão poderes de investigação que as polícias militares e os corpos de bombeiros
próprios das autoridades judiciais, além de outros militares são forças auxiliares e reserva do Exército,
previstos nos regimentos das respectivas Casas, ou seja, os policiais e bombeiros militares podem ser
serão criadas pela Câmara dos Deputados e pelo requisitados pelo Exército em situações excepcionais
Senado Federal, em conjunto ou separadamente, (ex. guerra). Dessa forma, o erro da questão está
mediante requerimento de um terço de seus na inclusão da Polícia Federal neste rol.
membros, para a apuração de fato determinado e Art. 144, § 6º, CF. As polícias militares e corpos de
por prazo certo, sendo suas conclusões, se for o bombeiros militares, forças auxiliares e reserva do
caso, encaminhadas ao Ministério Público, para que Exército, subordinam-se, juntamente com as
promova a responsabilidade civil ou criminal dos polícias civis, aos Governadores dos Estados, do
infratores. Distrito Federal e dos Territórios.

11 Gabarito: Errado 15 Gabarito: Certo


Art. 53, § 1º, CRFB. Os Deputados e Senadores, Art. 14, CRFB. A soberania popular será exercida
desde a expedição do diploma, serão submetidos pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto,
a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal. com valor igual para todos, e, nos termos da
Ar t. 102, CRFB. Compete ao Supremo Tribunal lei,mediante:
Federal, precipuamente, a guarda da Constituição, I – plebiscito;
cabendo-lhe: II – referendo;
I- processar e julgar, originariamente:
b) nas infrações penais comuns, o Presidente da
Continua na página seguinte
Caderno de TESTE Uma publicação da FOLHA DIRIGIDA Página 7

Direito Constitucional
16 Gabarito: Certo com valor igual para todos, e, nos termos da lei,
Art. 14, § 1º, CRFB. O alistamento eleitoral e o voto mediante:
são: I- plebiscito;
II - facultativos para: II- referendo;
a) os analfabetos;
23 Gabarito: Certo
17 Gabarito: Certo Art. 14, § 1º O alistamento eleitoral e o voto são:
Art. 37, § 6º, CRFB. As pessoas jurídicas de direito II - facultativos para:
público e as de direito privado prestadoras de a) os analfabetos;
ser viços públicos responderão pelos danos que Art. 14, § 4º, CRFB. São inelegíveis os inalistáveis
seus agentes, nessa qualidade, causarem a e os analfabetos.
terceiros, assegurado o direito de regresso contra
o responsável nos casos de dolo ou culpa. 24 Gabarito: Certo
Em uma constituição em sentido formal, toda e
18 Gabarito: Errado qualquer norma introduzida no texto da
Art. 37, § 6º, CRFB. As pessoas jurídicas de direito Constituição, mesmo sem conteúdo constitucional
público e as de direito privado prestadoras de terá status constitucional. Já em sentido material,
ser viços públicos responderão pelos danos que as normas constitucionais seriam as normas que
seus agentes, nessa qualidade, causarem a organizam o Estado, separação de poderes e
terceiros, assegurado o direito de regresso contra direitos fundamentais.
o responsável nos casos de dolo ou culpa.
25 Gabarito: Certo
19 Gabarito: Errado Simples definições de normas materialmente
A aposentadoria especial se dá em tempo reduzido, constitucionais e formalmente constitucionais.
por alguma razão justificadora (deficiência física,
trabalho em condição de risco ou atuação em 26 Gabarito: Certo
condições prejudiciais à saúde). Art. 47, CRFB. Salvo disposição constitucional em
Art. 40, § 4º, CRFB. É vedada a adoção de requisitos e contrário, as deliberações de cada Casa e de suas
critérios diferenciados para a concessão de Comissões serão tomadas por maioria dos votos,
aposentadoria aos abrangidos pelo regime de que presente a maioria absoluta de seus membros.
trata este artigo, ressalvados, nos termos definidos Ar t. 69, CRFB. As leis complementares serão
em leis complementares, os casos de servidores: aprovadas por maioria absoluta.

I por tadores de deficiência; 27 Gabarito: Errado


II que exerçam atividades de risco; A Constituição brasileira é classificada como rígida.
III cujas atividades sejam exercidas sob condições
especiais que prejudiquem a saúde ou a 28 Gabarito: Errado
integridade física. A Constituição é outorgada quando não conta com
a par ticipação dos cidadãos.
20 Gabarito: Errado
Os princípios expressos estão no artigo 37, caput 29 Gabarito: Errado
da Constituição (legalidade, moralidade, A Constituição Brasileira é escrita pois é composta
publicidade, impessoalidade e eficiência). O por um documento único de regras e princípios
princípio estrito da legalidade prevê que o agente editada em um dado momento histórico pelo Poder
público deve obser var a norma, mas não basta Constituinte Originário.
apenas a sua obser vância pois a legalidade em
sentido amplo (juridicidade) exige também o respeito 30 Gabarito: Correto
os valores e normas emanadas do texto Art. 5º, LI, CRFB. Nenhum brasileiro será extraditado,
constitucional. salvo o naturalizado, em caso de crime comum,
praticado antes da naturalização, ou de comprovado
21 Gabarito: Errado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e
Art. 37, VII, CRFB. O direito de greve será exercido drogas afins, na forma da lei;
nos termos e nos limites definidos em lei específica;
Na decisão tomada no julgamento dos Mandados 31 Gabarito: Errado
de Injunção (MIs) 670, 708 e 712, o Plenário do Art. 80. Em caso de impedimento do Presidente e
Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por do Vice-Presidente, ou vacância dos respectivos
unanimidade, declarar a omissão legislativa quanto car gos, serão sucessivamente chamados ao
ao dever constitucional em editar lei que exercício da Presidência o Presidente da Câmara
regulamente o exercício do direito de greve no setor dos Deputados, o do Senado Federal e o do
público e, por maioria, aplicar ao setor, no que Supremo Tribunal Federal.
couber, a lei de greve vigente no setor privado (Lei
nº 7.783/89).

22 Gabarito: Certo
Art. 14, CRFB. A soberania popular será exercida
pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto,
Continua na página seguinte
Página 8 Uma publicação da FOLHA DIRIGIDA Caderno de TESTE

Direito Constitucional
32 Gabarito: Errado conceito de direito líquido e cer to – fatos
Ar t. 14, § 2º, CRFB. Não podem alistar-se como incontroversos e incontestáveis – recurso de agravo
eleitores os estrangeiros e, durante o período do improvido. Refoge, aos estreitos limites da ação
serviço militar obrigatório, os conscritos. mandamental, o exame de fatos despojados da
necessária liquidez, não se revelando possível a
33 Gabarito: Errado instauração, no âmbito do processo de mandado
Art. 14, § 3º, CRFB. São condições de elegibilidade, de segurança, de fase incidental de dilação
na forma da lei: probatória. Precedentes. – A noção de direito
I - a nacionalidade brasileira; líquido e certo ajusta-se, em seu específico sentido
II - o pleno exercício dos direitos políticos; jurídico-processual, ao conceito de situação
III - o alistamento eleitoral; decorrente de fato incontestável e inequívoco,
IV - o domicílio eleitoral na circunscrição; suscetível de imediata demonstração mediante
V - a filiação partidária; Regulamento prova literal pré-constituída. Precedentes. (MS
VI - a idade mínima de: 23190 agr, relator(a): min. CELSO DE MELLO,
tribunal pleno, julgado em 16/10/2014, ACÓRDÃO
a) trinta e cinco anos para Presidente e Vice-Presidente ELETRÔNICO dje-026 DIVULG 06-02-2015 PUBLIC
da República e Senador; 09-02-2015)
b) trinta anos para Governador e Vice-Governador de “Direito líquido e cer to é aquele demonstrado de
Estado e do Distrito Federal; plano, de acordo com o direito, e sem incerteza, a
c) vinte e um anos para Deputado Federal, Deputado respeito dos fatos narrados pelo impetrante. É o
Estadual ou Distrital, Prefeito, Vice-Prefeito e juiz de que se apresenta manifesto na sua existência,
paz; delimitado na sua extensão e apto a ser exercitado
d) dezoito anos para Vereador. no momento da impetração.Se a existência do
direito for duvidosa; se sua extensão ainda não
34 Gabarito: Certo estiver delimitada; se seu exercício depender de
Ar t. 6º, caput, CRFB. São direitos sociais a situações e fatos ainda indeterminados, não será
educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a cabível o mandado de segurança. Esse direito
moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, incer to, indeterminado, poderá ser defendido por
a proteção à maternidade e à infância, a assistência meio de outras ações judiciais, mas não na via
aos desamparados, na forma desta Constituição. especial e sumária do mandado de segurança”. V.
(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 64, Paulo; M. Alexandrino. Direito Constitucional
de 2010) Descomplicado. Rio de Janeiro: Forense; São Paulo:
Por serem repressores do poder estatal, os direitos MÉTODO 2015:
fundamentais de primeira geração são
reconhecidos como direitos negativos, liberdades 37 Gabarito: Certo
negativas ou direitos de defesa do indivíduo frente Ar t. 5º, LXXI, CRFB. Conceder-se-á mandado de
ao Estado. [...] Ao contrário dos direitos de primeira injunção sempre que a falta de norma
geração, em que o Estado passa a ter o dever de regulamentadora torne inviável o exercício dos
não inter vir, nos direitos de segunda geração o direitos e liberdades constitucionais e das
Estado passa a ter responsabilidade preponderante prerrogativas inerentes à nacionalidade, à
para a concretização de um ideal de vida digno na soberania e à cidadania;
sociedade. (...) Se os direitos de primeira geração Se o direito à anistia já existe (art. 47 do ADCT da
se caracterizam como direitos negativos, os de CF de 1988), se independe de norma
segunda geração recebem a classificação de regulamentadora que viabilize seu exercício, não
direitos positivos, direitos do bem-estar, liberdades ocorre hipótese de mandado de injunção, que só é
positivas ou direitos dos desamparados. [...] cabível exatamente quando ‘a falta de norma
Percebe-se, portanto, que os direitos de segunda regulamentadora torne inviável o exercício dos
geração surgem na passagem do Estado Liberal direitos e liberdades constitucionais e das
para o Estado Social, centrado na proteção dos prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania
hipossuficientes e na busca da igualdade material e à cidadania’ (art. 5º, LXXI, CRFB). É impróprio o
entre os homens. (ALEXANDRINO, 2012. p.102) (...) uso do mandado de injunção para o exercício de
direito decorrente de norma constitucional
35 Gabarito: Certo autoaplicável. (MI 97-QO, rel. Min. Sydney Sanches,
julgamento em 1º-2-1990, plenário, DJ de 23-3-1990.)
36 Gabarito: Errado “Para ser cabível o mandado de injunção, não basta
Ar t. 5º, LXIX, CRFB. Conceder-se-á mandado de que haja eventual obstáculo ao exercício de direito ou
segurança para proteger direito líquido e certo, não liberdade constitucional em razão de omissão
amparado por habeas corpus ou habeas data, legislativa, mas concreta inviabilidade de sua plena
quando o responsável pela ilegalidade ou abuso fruição pelo seu titular. Daí por que há de ser
de poder for autoridade pública ou agente de comprovada, de plano, a titularidade do direito (...)
pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder e a sua inviabilidade decorrente da ausência de
Público; norma regulamentadora do direito constitucional.”
Ementa: mandado de segurança – petição inicial (MI 2.195 AgR, voto da Rel. Min. Cármen Lúcia,
desacompanhada dos documentos necessários à julgamento em 23-2-2011, Plenário, DJE de 18-3-2011.)
comprovação liminar dos fatos alegados –
indispensabilidade de prova pré-constituída – Continua na página seguinte
Caderno de TESTE Uma publicação da FOLHA DIRIGIDA Página 9

Direito Constitucional
No mesmo sentido: MI 624,Rel. Min. Menezes Direito, do Poder Executivo, não deteria essa competência.
julgamento em 21-11-2007, Plenário, DJE de 28-3-2008. Vencido o Min. Ricardo Lewandowski, relator, que
denegava o recurso por reputar possível esse
38 Gabarito: Errado cancelamento pela via administrativa, quando
Art. 12, CRFB. São brasileiros: descobertos vícios no seu processo.
I - natos: RMS 27840/DF, rel. orig. Min. Ricardo Lewandowski,
b) os nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou red. p/ o acórdão Min. Marco Aurélio, 7.2.2013.
mãe brasileira, desde que qualquer deles esteja a (RMS-27840)
serviço da República Federativa do Brasil;
42 Gabarito: Errado
39 Gabarito: Certo Ar t. 17, caput, CRFB. É livre a criação, fusão,
Art. 12, § 3º, CRFB. São privativos de brasileiro nato incorporação e extinção de par tidos políticos,
os cargos: resguardados a soberania nacional, o regime
I- de Presidente e Vice-Presidente da República; democrático, o pluripar tidarismo, os direitos
II- de Presidente da Câmara dos Deputados; fundamentais da pessoa humana e observados os
III- de Presidente do Senado Federal; seguintes preceitos.
IV- de Ministro do Supremo Tribunal Federal; Ar t. 17, § 2º, CRFB. Os par tidos políticos, após
V - da carreira diplomática; adquirirem personalidade jurídica, na forma da
VI- de oficial das Forças Armadas. lei civil, registrarão seus estatutos no Tribunal
VII- de Ministro de Estado da Defesa (Incluído pela Superior Eleitoral.
Emenda Constitucional nº 23, de 1999) O procedimento de registro par tidário, embora
formalmente instaurado perante órgão do Poder
40 Gabarito: Certo Judiciário (TSE), reveste -se de natureza
STF, Informativo 694 materialmente administrativa. Destina –se a permitir
Cancelamento de naturalização e via jurisdicional ao TSE a verificação dos requisitos constitucionais
Deferida a naturalização, seu desfazimento só pode e legais que, atendidos pelo par tido político,
ocorrer mediante processo judicial (CF: “Art. 12. … legitimarão a outorga de plena capacidade jurídico
§ 4º – Será declarada a perda da nacionalidade do -eleitoral à agremiação partidária interessada.”
brasileiro que: I – tiver cancelada sua naturalização, (RE 164.458 AgR, Rel. Min. Celso de
por sentença judicial, em virtude de atividade nociva Mello,julgamento em 27-4-1995, Plenário, DJ de 2-
ao interesse nacional”). Essa a orientação do 6-1995.)
Plenário que, ao concluir julgamento, por maioria,
proveu recurso ordinário em mandado de 43 Gabarito: Certo
segurança no qual se discutia a possibilidade de o Ar t. 86, § 3º, CRFB. Enquanto não sobrevier
Ministro de Estado da Justiça, por meio de ato sentença condenatória, nas infrações comuns, o
administrativo, cancelar o deferimento de Presidente da República não estará sujeito a prisão.
naturalização quando embasada em premissa falsa Art. 86, § 4º, CRFB. O Presidente da República, na
(erro de fato) consistente, na espécie, em omitir-se vigência de seu mandato, não pode ser
a existência de condenação em momento anterior responsabilizado por atos estranhos ao exercício
a sua naturalização — v. Infor mativo 604. de suas funções.
Asseverou-se que a cláusula do inciso I do § 4º do
ar t. 12 da CF seria abrangente, a revelar que o 44 Gabarito: Certo
cancelamento da naturalização deveria ocorrer por Ar t. 84, CRFB. Compete privativamente ao
sentença judicial. Ademais, ressaltou-se que a Presidente da República:
referência feita na parte final do aludido preceito, VI– dispor, mediante decreto, sobre: (Redação dada
ao apontar uma causa, seria simplesmente pela Emenda Constitucional nº 32, de 2001)
exemplificativa, haja vista a infinidade de situações a) organização e funcionamento da administração
que poderiam sur gir, a desaguarem no federal, quando não implicar aumento de despesa
cancelamento da naturalização. Por conseguinte, nem criação ou extinção de ór gãos
declarou-se a nulidade da Portaria 361/2008, do públicos; (Incluída pela Emenda Constitucional nº
Ministro de Estado da Justiça, de modo a 32, de 2001)
restabelecer-se a situação do recorrente como
brasileiro naturalizado em todos os órgãos públicos, 45 Gabarito: Errado
sem prejuízo de que a condição de naturalizado Ar t. 84, CRFB. Compete privativamente ao
fosse analisada judicialmente, nos termos do art. Presidente da República:
12, § 4º, I, da CF. Assentou-se, ainda, a não VI – dispor, mediante decreto, sobre:
recepção do art. 112, §§ 2º e 3º, da Lei 6.815/80 a) organização e funcionamento da administração
(Estatuto do Estrangeiro) pela atual Constituição. federal, quando não implicar aumento de despesa
Nesse ponto, a Min. Cármen Lúcia declarava o não nem criação ou extinção de órgãos públicos;
recebimento apenas do mencionado § 3º. Ar t. 84, parágrafo único, CRFB. O Presidente da
Salientava a adesão brasileira à Convenção sobre República poderá delegar as atribuições
o Estatuto dos Apátridas, que, em seu art. 8º, § 4º, mencionadas nos incisos VI, XII e XXV, primeira
preveria, na hipótese em comento, também a parte, aos Ministros de Estado, ao Procurador-Geral
atuação de ór gão independente. Entretanto, da República ou ao Advogado-Geral da União, que
consignava que o Ministro de Estado da Justiça,
tendo em conta vinculação hierárquica ao Chefe Continua na página seguinte
CADERNO DE TESTE
Só consulte os gabaritos ao terminar os exercícios
obser varão os limites traçados nas respectivas administração pública direta e indireta, nas esferas
delegações. federal, estadual e municipal, bem como proceder
à sua revisão ou cancelamento, na forma
46 Gabarito: Errado estabelecida em lei. (Incluído pela Emenda
Ar t. 80, CRFB. Em caso de impedimento do Constitucional nº 45, de 2004)
Presidente e do Vice-Presidente, ou vacância dos
respectivos car gos, serão sucessivamente 49 Gabarito: Errado
chamados ao exercício da Presidência o Presidente Art. 95, parágrafo único, CRFB. Aos juízes é vedado:
da Câmara dos Deputados, o do Senado Federal e III - dedicar-se à atividade político-partidária.
o do Supremo Tribunal Federal.
50 Gabarito: Errado
47 Gabarito: Errado Ar t. 95, CRFB. Os juízes gozam das seguintes
Art. 85, CRFB. São crimes de responsabilidade os garantias:
atos do Presidente da República que atentem contra I - vitaliciedade, que, no primeiro grau, só será adquirida
a Constituição Federal e, especialmente, contra: após dois anos de exercício, dependendo a perda
do cargo, nesse período, de deliberação do tribunal
I- a existência da União; a que o juiz estiver vinculado, e, nos demais casos,
II- o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder de sentença judicial transitada em julgado;
Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes
constitucionais das unidades da Federação; 51 Gabarito: Certo
III- o exercício dos direitos políticos, individuais e Art. 95, parágrafo único, CRFB. Aos juízes é vedado:
sociais; V exercer a advocacia no juízo ou tribunal do qual
IV- a segurança interna do País; se afastou, antes de decorridos três anos do
V- a probidade na administração; afastamento do car go por aposentadoria ou
VI- a lei orçamentária; exoneração. (Incluído pela Emenda Constitucional
VII- o cumprimento das leis e das decisões judiciais. nº 45, de 2004)
Ar t. 86, CRFB. Admitida a acusação contra o
Presidente da República, por dois terços da Câmara 52 Gabarito: Certo
dos Deputados, será ele submetido a julgamento Ar t. 49, CRFB. É da competência exclusiva do
perante o Supremo Tribunal Federal, nas infrações Congresso Nacional:
penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos XV - autorizar referendo e convocar plebiscito;
crimes de responsabilidade.
53 Gabarito: Certo
§ 1º O Presidente ficará suspenso de suas funções: Ar t. 58, § 3º, CRFB. As comissões parlamentares
I- nas infrações penais comuns, se recebida a de inquérito, que terão poderes de investigação
denúncia ou queixa-crime pelo Supremo Tribunal próprios das autoridades judiciais, além de
Federal; outros previstos nos regimentos das respectivas
II-nos crimes de responsabilidade, após a Casas, serão criadas pela Câmara dos
instauração do processo pelo Senado Federal. Deputados e pelo Senado Federal, em conjunto
ou separadamente, mediante requerimento de
§ 2º Se, decorrido o prazo de cento e oitenta dias, o um terço de seus membros, para a apuração
julgamento não estiver concluído, cessará o de fato determinado e por prazo cer to, sendo
afastamento do Presidente, sem prejuízo do regular suas conclusões, se for o caso, encaminhadas
prosseguimento do processo. ao Ministério Público, para que promova a
responsabilidade civil ou criminal dos infratores.
§ 3º Enquanto não sobrevier sentença condenatória,
nas infrações comuns, o Presidente da República 54 Gabarito: Certo
não estará sujeito a prisão. Ar t. 53, § 2º, CRFB. Desde a expedição do
diploma, os membros do Congresso Nacional
§ 4º O Presidente da República, na vigência de seu não poderão ser presos, salvo em flagrante de
mandato, não pode ser responsabilizado por atos crime inafiançável. Nesse caso, os autos serão
estranhos ao exercício de suas funções. remetidos dentro de vinte e quatro horas à Casa
respectiva, para que, pelo voto da maioria de
seus membros, resolva sobre a prisão. (Redação
48 Gabarito: Certo dada pela Emenda Constitucional nº 35, de
Art. 103-A. O Supremo Tribunal Federal poderá, de 2001)
ofício ou por provocação, mediante decisão de
dois terços dos seus membros, após reiteradas 55 Gabarito: Errado
decisões sobre matéria constitucional, aprovar Art. 45, CRFB. A Câmara dos Deputados compõe-
súmula que, a par tir de sua publicação na se de representantes do povo, eleitos, pelo sistema
imprensa oficial, terá efeito vinculante em relação proporcional, em cada Estado, em cada Território e
aos demais ór gãos do Poder Judiciário e à no Distrito Federal.