You are on page 1of 247

APOIO INSTITUCIONAL

Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal do Ensino Superior – CAPES-


MEC
Bolsa Capes de Demanda Social
Bolsa de doutorado no país

APOIO TÉCNICO
Associação Brasileira de Recursos Hídricos - ABRH
Ateliê/Laboratório de Computação Gráfica da Pós-Graduação - FAUUSP
Centro Tecnológico de Hidráulica - CTH
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP
Departamento de Águas e Energia Elétrica - DAEE
Empresa Metropolitana de Águas e Energia - EMAE
Empresa Metropolitana de Planejamento da Grande São Paulo - EMPLASA
Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - EPUSP
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo -
FAUUSP Universidade de São Paulo
Instituto de Pesquisas Tecnológicas- IPT
Instituto Nacional De Pesquisas Espaciais – Inpe Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Prefeitura do Município de Embu/SP Curso de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Prefeitura do Município de São Paulo – Secretaria de Vias Públicas / Área de Concentração: Estruturas Ambientais Urbanas
Secretaria Municipal do Planejamento / Secretaria do Verde e do Meio
Ambiente
Prefeitura do Município de Taboão da Serra/SP
Secretaria de Ciência Tecnologia e Meio Ambiente do Estado de
Pernambuco – SECTMA - Diretoria de Recursos Hídricos
Secretaria de Meio Ambiente - SMA
Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP- Núcleo de Estudos de
População - NEPO
Universidade Federal de Pernambuco- UFPE
Tese de Doutorado
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE
Assessoria INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS
Neovaldo do Amaral Carvalho URBANAS
ESTUDO DE CASO: A Bacia do Córrego Pirajuçara,
Projeto Gráfico, Sistematização Bibliográfica
José Nazareth Silva Júnior sob o enfoque da integração de obras com ações de
educação e percepção ambiental.
Colaboradores ANEXO: NARRATIVA DA EVOLUÇÃO DAS ENCHENTES
Alexandre André de Oliveira Pires E OCUPAÇÃO URBANA NOS BAIRROS DE PINHEIROS
Antônio Bittencourt
Carlos Alberto Steffen
E BUTANTÃ.
Cláudia Antico
Gislaine Aparecida Fonsechi Carvasan
Gustavo Galante Streiff
Madalena Niero Maria de Sampaio Bonafé Ostrowsky
Miriam Thereza Arbix Nascimbem
Mônica Inês Romão dos Santos
Orientadora:
Estagiárias Prof ª Dr ª Élide Monzeglio
Aparecida A de Sousa Cardoso – FAUUSP
Cristina de Cássia Paulo - FAUUSP
_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 1
ÍNDICE

Apresentação...................................................................3

Década de 50...................................................................4
Década de 60.................................................................16
Década de 70.................................................................55
Década de 80.....................................................................
Década de 90.....................................................................

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 2
Como já foi assinalado anteriormente, a Bacia do
Pirajuçara carece de documentação histórica sobre o
desenvolvimento urbano da região. O material
disponível é aquele que foi obtido por meio de
pesquisa nos jornais “A Gazeta de Pinheiros”, “A
Gazeta do Butantã”, “Jornal do Bairro de Pinheiros”,
“Morumbi News”, “São Paulo News” e “A Tribuna de
Santo Amaro”, atualmente parte do Grupo 1, uma vez
que este possui os arquivo de jornais desde 1957.
Estes arquivos foram disponibilizados para a pesquisa
que foi desenvolvida entre os anos 1996 e 1999.

As notícias foram compiladas com enfoque nas enchentes


em geral e nos assuntos ligados à urbanização da região,
infra-estrutura e outros temas que se mostraram

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 3
relevantes para o trabalho, sempre destacando as
prioridades.

O universo pesquisado abrangeu toda a região de


Pinheiros, tendo sido enfocado o cotidiano de seus bairros
e, é claro, o córrego Pirajuçara como destaque, com todas
as notícias publicadas a seu respeito.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 4
Década de 50
5
6
1957 trânsito para o Butantã, desafogando a rua e estaduais que, ao invés de procurarem o
Butantã e a Av. Vital Brasil. Já constou verba natural entrosamento para servir o povo, têm
Campanha política de Adhemar de Barros, própria no orçamento do ano passado para se engalfinhado em estéreis e prejudiciais
candidato do PSP à Prefeitura. esta obra, mas até agora continua a mesma questiúnculas políticas - e o povo sempre
Os anúncios eram de lojas, aulas, escolas, situação. acaba prejudicado. Quando, por exemplo, o
casas para vender. Não se vêem Departamento de Águas e Esgotos, repartição
loteamentos; poucos terrenos para vender. 08/03/1957 estadual, abre o calçamento de uma rua para
Rio Pinheiros, canal de esgoto que conserto de encanamento, surge logo uma
01/03/1957 martiriza o povo questão: Quem vai normalizar a rua depois?
Reclama o leitor O mau cheiro é terrível, com enxame de O DAE diz que isso é obrigação da Prefeitura;
Butantã, nosso querido bairro amazonas mosquitos e perigos de epidemia, devendo a Municipalidade, por sua vez, afirma que
É um leitor que reside à rua Alvarenga, 1341. ser tratado sanitariamente. quem abriu deve consertá-la depois. O final é
A carta solicita a atenção das autoridades Galerias pluviais - grande necessidade sempre o mesmo: a rua fica esburacada, o
para telefone e asfalto em todas as ruas, Os poderes públicos precisam estar atentos calçamento disforme e o povo, que paga os
prometidos pelos candidatos, e reclama às deficiências de galerias de águas pluviais. impostos tanto para a prefeitura como para o
quanto à segurança. Quando chove, inúmeras ruas ficam estado, é quem sofre as conseqüências. Essa
O Butantã encontra-se, na parte vizinha ao inundadas pelo acúmulo de águas sem vazão. é uma situação que não pode mais continuar.
loteamento da Companhia City e na parte Isto acontece freqüentemente nas ruas Anúncios principais: venda de casas,
vizinha à Cidade Universitária em completo e Fernão Dias, Cariris, Pinheiros e Largo de alguma coisa de apartamentos, venda de
total abandono. Há uma verdadeira selva Pinheiros. sobrados, anúncios mais diversos, mão-de-
Amazônica onde só faltam os animais obra, escolas, papelarias etc. Não se vêem
próprios da região. As casas já estão cobertas 22/03/1957 anúncios de loteamentos.
pelo extenso matagal. Finalizando a carta, A Prefeitura tomou providências para
após relatar roubos de grandes extensões de solucionar o problema de inundações na 03/05/1957
fios elétricos e de telefone, apela, rua Cariris A Gazeta de Pinheiros faz um ano de
“esperamos que alguém possa se interessar Nota-se que os problemas de inundações existência
pelo Butantã e por nossas famílias a fim de dizem respeito às águas pluviais (sistema de Até então, as maiores reivindicações são
que fujamos ao inesperado, isto é, drenagem urbana). quanto a congestionamentos, trânsito, coleta
encontrarmos nossas casas arrombadas, de lixo, aumento de linhas de ônibus,
nossos familiares mortos ou então 05/04/1957 telefone, calçamento de ruas.
encontrarmos uma manada de elefantes em Posse do Prefeito e do Subprefeito Campanha sem tréguas para o
nosso quintal”. Adhemar de Barros e Cantídio Sampaio. saneamento do Rio Pinheiros
Inundações na rua Cariris por falta de Promessas que não foram cumpridas. Origens
escoamento de águas pluviais. Pedem a 29/04/1957 do problema, possíveis soluções.
construção de uma viela e a parte de Pinheiros infestado por moscas e Beneficiará Pinheiros e vizinhança a
drenagem mosquitos nova Rodovia São Paulo-Curitiba
Solicitação de ponte sobre o rio Pinheiros. Foco principal: a baixada do rio Pinheiros, um Começa o primeiro anúncio de
Querem o alargamento da ponte, no final da rio de esgotos como veículo de perigosas loteamento:
Euzébio Matoso, que liga Pinheiros ao moléstias. Impõe-se a higienização das SEJA PROPRIETÁRIO, NA VILA DINORÁ,
Butantã, Caxingui e outros bairros, pois baixadas bairro Rio Pequeno, Butantã, 6 km do Largo
constitui a única saída para o interior e outros Deseja o povo que haja entrosamento de Pinheiros, terrenos sem entrada e sem
estados. entre o Governador e o Prefeito juros. Inaugurada luz elétrica em todos os
Construção de uma ponte ligando o Alto de Nossa cidade, de algum tempo para cá, tem lotes e iluminação em todas as ruas.
Pinheiros ao Butantã, na altura dos canos já sido imensamente prejudicada pelas
existentes. Com essa medida, facilitaria o desinteligências entre os poderes municipais 17/05/1957

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 7
Loteamento no Alto de Pinheiros junto à Cada dia torna-se mais urgente a construção Grande e 10 à represa de Guarapiranga. Os
City e ao Colégio Santa Cruz de outra ponte sobre o rio Pinheiros, a fim de trabalhos foram realizados para aproveitar as
Cidade Universitária - em junho próximo possibilitar o desafogamento do trânsito que águas do rio Tietê, retidas pelas barragens de
deverá funcionar o reator atômico. Faltam se torna sempre mais intenso. Falou-se muito Pirapora e Santana do Parnaíba. Estas águas
verbas para a rápida conclusão dos edifícios no aproveitamento da estrutura da ponte, passam para o rio Pinheiros sendo em
da Cidade Universitária. Este ano foram dos canos, mas esta foi utilizada para outras seguida bombeadas para a represa Billings,
destinados 84 milhões, quando são finalidades. De qualquer maneira, é urgente a pelas estações de Traição em Cidade Jardim.
necessários 200. construção da nova ponte, pois o
Grande futuro reservado a Pinheiros e congestionamento daqui a um tempo será 30/08/1957
vizinhanças insuportável. Querem empresa particular para a linha
As grandiosas obras em andamento - Estrada Reclamam das fortíssimas explosões da Alto de Pinheiros
São Paulo-Paraná, Estádio do São Paulo, pedreira os moradores do Butantã: Vila Reclamações sobre o lamentável estado
Cidade Universitária, Centro Industrial do Indiana, Vila Pirajuçara e Vila Gomes. da rua Cariris
Jaguaré. Nosso bairro será o centro de
importante região. Muito se tem falado sobre 05/06/1957 06/09/1957
o passado e o presente de Pinheiros, suas Imprescindível a construção imediata de Emplacamento das ruas de Vila
origens históricas. O futuro de nosso bairro é uma nova ponte Pirajuçara
dos mais promissores. Graças às reportagens da Gazeta de Como uma vitória da união dos moradores,
Trens de subúrbio Pinheiros, reivindicando a construção de mais em torno de uma Sociedade de Amigos.
Pinheiros já se destaca pela grande uma ponte sobre o rio Pinheiros, o Vereador
população, movimento comercial intenso. Roberto Guglielmo determina a providência, a 13/09/1957
Cidade Universitária fim de facilitar o trânsito hoje mais intenso. A Reivindicações sobre passagens de nível
Uma realização pioneira no campo cultural. atual ponte já não comporta mais o na rua Teodoro Sampaio, Matheus Grou
Estrada São Paulo-Paraná movimento. Daqui a pouco, com a construção e outras
Novas regiões se transformarão em vilas e da nova estrada para o sul passando pelo Nova Ponte sobre o rio Pinheiros
bairros. Milhares e milhares de novas famílias litoral, começará o congestionamento do Apresentado o projeto de Lei pelas Comissões
se localizarão nas proximidades de Pinheiros trânsito paulista. Pinheiros é a saída para o de Justiça.
que, até pouco tempo, era um satélite do Paraná e inúmeros municípios. Por aqui Transbordou novamente o Córrego
centro e agora passará a ser o centro de uma trafegam caminhões, ônibus e autos em Verde
importantíssima região. Indústrias e escolas grande quantidade. Este tráfego tende Trazendo desassossego aos moradores de
se localizarão aqui. sempre a aumentar. Vila Madalena. Alimentado pelas chuvas, o
Saneamento do rio curso descontrolado causou inúmeros
Rio Pinheiros, este Rio de Esgoto que 26/07/1957 prejuízos: solapou alicerces, danificou casas e
martiriza os moradores. Em vista dos Entregues ao Estado as obras do rio chegou à altura da rua Harmonia. Embora
protestos dos moradores, as autoridades Pinheiros todos os anos as inundações se repitam, até
tomarão providências. Solenidade realizada nos ambientes do agora as autoridades não tomaram medidas
Secretário de Viação e Obras Públicas, no para regularizar o curso do famigerado
31/05/1957 último dia 19. Foi assinado o termo pelo qual córrego que tem levado à intranqüilidade a
Problemas de trânsito, grande afluência ao o governador inaugura as obras de grande parte dos moradores de Vila
mercado, transportes cada vez piores. canalização do rio Pinheiros, que vinham Madalena. Já é hora dos responsáveis
sendo efetuadas pela Light há cerca de 23 tomarem as medidas necessárias, ou será
14/06/1957 anos. que esperam que alguma desgraça suceda
Urgente a construção de nova ponte As obras, agora terminadas, constam de 28 para depois tomarem as providências?
sobre o rio km de canalização, sendo que 19
pertencentes ao rio Pinheiros, 7 km ao rio 20/09/1957

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 8
Ritmo lento no trabalho da Avenida anos vem causando sérios prejuízos pelos Grave problema do lixo em Pinheiros - das
Marginal seus transbordamentos. mais irregulares é a coleta domiciliar com
Parece que já tornou uso para as autoridades aparecimento esporádico do lixeiro.
imprimirem ritmo lento ao trabalho das obras 14/02/1958 Os Pinheirenses podem ir a Santos,
fundamentais. É o caso da avenida Marginal - Ainda se fala sobre a ponte do rio embarcando agora no próprio bairro
as obras se arrastam lentamente, a passos de Pinheiros O trem dos banhistas parte de Pinheiros de
tartaruga, embora os terrenos já estejam à manhã e retorna à noite. Exclusivamente
disposição da municipalidade. Talvez falte 21/02/1958 dedicado ao turismo.
apenas um pouco de boa vontade para Continua sem solução o problema dos
terminar a grande via de acesso. O término transportes em Pinheiros 28/03/1958
da avenida marginal possibilitará a ligação Bondes sempre atrasados, ônibus Melhoramentos para a Vila Pirajuçara
rápida e direta entre Santo Amaro e Lapa, particulares e da CMTC ameaçam a vida da Abrigo de ônibus, melhoria nos transportes
facilitando grandemente a ligação entre os população do bairro e das vilas periféricas. coletivos, colocação de guia e sarjeta,
dois grandes centros com reais benefícios Providências devem ser tomadas. A iluminação pública, arborização, fechamento
para Pinheiros. instalação de ônibus elétrico viria a beneficiar de terrenos baldios e limpeza pública, com
grandemente o bairro. instalação de um telefone público.
04/10/1957 Mudança do CPOR para a Cidade
Moradores da Vila Pirajuçara 21/02/1958 Universitária
reivindicam novas coisas Ainda negociações sobre a construção
da ponte. A verba foi elevada 04/04/1958
18/10/1957 Moscas e mosquitos martirizam os Estação de tratamento de esgoto - eis a
Impõe-se a criação de linha de ônibus moradores da região de Pinheiros solução para o problema do rio Pinheiros
elétrico para o bairro A Prefeitura pode e tem meios para realizar a Já existem os planos, não há razão para que
Moradores de Vila Pirajuçara solicitam profilaxia em todo o bairro. se protele a solução deste problema por mais
redes de água tempo. Não é cabível que se continue a
Mau cheiro insuportável nas imediações 28/02/1958 aturar o rio das fezes num bairro como o
do Córrego Verde Grandes estragos causados pelo Córrego nosso.
Moradores do Córrego Verde enviaram ao Verde
Secretário de Obras da Prefeitura um Moradores da rua Fradique Coutinho, na 02/05/1958
memorial acerca de mau cheiro, foco de várzea daquele córrego, vivem em Agora com a nova Estrada de Ferro
mosquitos e epidemias. constantes sobressaltos. Perigo de vida - Sorocabana eletrificada, a região do rio
canalização necessária. Pinheiros foi beneficiada com mais este meio
22/11/1957 econômico de transporte reaquecendo o seu
Ainda se fala na necessidade de 07/03/1958 progresso de forma assustadora.
saneamento do rio Pinheiros Anúncio do loteamento Jardim Necessidade de Subprefeitura
Bandeirantes Pinheiros, que é uma verdadeira cidade na
24/01/1958 A Imobiliária Messias, pioneira no setor capital, tem necessidade de uma
Aumentam os anúncios de sobrados e imobiliário, não poderia deixar de subprefeitura. A descentralização
começam os anúncios de terrenos proporcionar aos moradores dessa região as administrativa trará inúmeras vantagens para
vantagens que oferece o Jardim Bandeirantes a população, inclusive a aplicação da maior
07/02/1958 - excelentemente pela sua topografia parte das rendas dos bairros nos próprios
Será resolvido um dos mais angustiosos magnífica, localização frente à estação bairros. O Sr. Adhemar de Barros prometeu
problemas da região. Cidade Dutra, servido de luz, armazém, em sua campanha eleitoral a
Aberta a concorrência para a canalização do farmácia e açougue. Sem entrada, descentralização administrativa.
famigerado Córrego Verde, que há muitos loteamento aprovado.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 9
12/05/1958 perigoso recurso que constitui a abertura de breques, com os vidros quebrados e o motor
Novo loteamento VILA GOMES, próximo poços e fossas negras nos quintais. O espaço em péssimo estado. Os últimos e repetidos
ao Largo de Pinheiros, sem entrada e exíguo dos terrenos e a necessidade destas acidentes, os números crescentes de vítimas,
sem juros. construções serem feitas próximo às outras constituem um atestado vivo de que
casas geraram uma situação que apresenta providências urgentes são necessárias.
19/05/1958 sérias ameaças à saúde de seus moradores. Atualmente, não se trata apenas de atraso e
As Marginais do rio Pinheiros falta de horário, de carros incômodos e
Constituem um sério problema à 13/06/1958 funcionários desrespeitosos, de veículos que
administração municipal, pois há muito Merecida vitória alcançada pelos seus quebram deixando seus passageiros em
tempo deveriam estar em condições de servir moradores plena estrada. Trata-se, sim, de preservar a
ao trânsito até Santo Amaro. Terão início em agosto próximo os serviços de vida dos que são obrigados a se servirem de
Como se sabe, a Estrada de ferro Sorocabana instalação de ônibus elétrico para Pinheiros, tão perigosa condução e à preservação da
já instalou seus trilhos e praticamente as extensão da rede de águas e esgotos para a vida e bem-estar da população. É uma
marginais estão abertas, necessitando das Vila Madalena e Vila Beatriz. responsabilidade do poder público.
obras de pavimentação.
Deve ser atacada com urgência a construção 20/06/1958 11/07/1958
da avenida marginal. Recorre providência imediata o Não possuem esgoto várias ruas
descalabro que reina no setor de ônibus, centrais de Pinheiros
23/05/1958 no nosso bairro e adjacências Desorganização na instalação de
Rigorosas funções serão desenvolvidas A falta de fiscalização pelos órgãos iluminação pública em Pinheiros
com a instalação da subprefeitura de governamentais competentes e a sede de
Pinheiros. lucro dos proprietários geraram um clima que 18/07/1958
atualmente se verifica no setor. O problema, Afinal, vai funcionar o Mercado da rua
23/05/1958 dos mais angustiantes para a população, que Pinheiros
Medidas urgentes é o que Pinheiros repetidas vezes temos destacado nas colunas Necessária e urgente a canalização do
reclama para o setor dos transportes do nosso jornal, é o de transporte para o Córrego da rua Joaquim Antunes.
O mal-estar dos clientes quanto aos serviços nosso bairro e adjacências. Enquanto se Entre as ruas Joaquim Antunes e Borba Gato
de ônibus e bondes é notório. A solução está avolumam protestos e os acidentes se passa um pequeno córrego de quase 50
nos ônibus elétricos. Imensas possibilidades repetem, as autoridades responsáveis, metros. Quando chove transborda e inunda.
do rápido desenvolvimento da região de principalmente o DST, permanecem de O Córrego Verde continua a ser utilizado
Pinheiros. Agências bancárias, além das braços cruzados manifestando total como receptor de lixo e para escoamento de
cooperativas de crédito, caixa econômica indiferença pelos perigos e prejuízos, que esgotos Já dissemos mais de uma vez que o
Federal e Estadual e investimento em ensino, diariamente sofrem os passageiros que crescimento vertiginoso da região de
instituto de pesquisas científicas, laboratórios demandam o trabalho nesses calhambeques Pinheiros não foi acompanhado das obras
oficiais e particulares. ou deles se utilizam para regressarem ao lar. públicas que se fizeram necessárias. Exemplo
A falta de fiscalização por parte dos órgãos disso está no fato de que vários córregos que
30/05/1958 governamentais competentes e a sede de cortam a região não foram até hoje
Inadiável a extensão de toda a rede de lucro dos proprietários, como é o caso da canalizados enquanto outros, como é o caso
água e esgoto para toda a região BANDEIRANTES, BONFIGLIOLI, RIO PEQUENO, do Córrego Verde, terem merecido apenas
Pinheirense geraram um clima de inteiro descalabro neste obras parciais de canalização. Próximo à rua
O rápido crescimento da região de Pinheiros setor. A fiscalização oficial raramente Teodoro Sampaio e Henrique Schaumann, o
não foi acompanhado por medidas aparece, o que estimula os proprietários córrego não foi canalizado e está cheio de
governamentais necessárias. Cabe ao DAE inescrupulosos a não procederem vistoria nos detritos de toda a espécie, servindo de
resolver o problema definitivo. Essa realidade veículos, permitindo inclusive, escoamento de esgoto de inúmeras
levou os moradores a lançarem mão do criminosamente, que estes circulem sem

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 10
residências, apresentando aspectos dos mais que proporcionará de imediato, constituirá Galerias pluviais - grande necessidade
desagradáveis. fator de grande impulso para zonas Um dos problemas de Pinheiros, que deveria
perimetrais até hoje sem via de acesso merecer a atenção dos poderes públicos, é a
25/07/1958 rodoviário. deficiência de galerias pluviais. Quando
Consolida-se Pinheiros como importante chove, inúmeras ruas ficam inundadas pelo
centro comercial 15/08/1958 acúmulo de água sem evasão. Isso acontece
O invulgar desenvolvimento do setor Transporte freqüentemente nas ruas Fernão Dias, Cariris,
comercial em nosso bairro tem despertado a A crescente aglomeração nos pontos de Pinheiros e no Largo de Pinheiros, para citar
atenção de grandes organizadores, que para bonde em nossa região indica que o apenas poucos exemplos. As águas
aqui voltam atualmente suas vistas. Segundo problema exige solução imediata. Não é acumuladas atrapalham o trânsito e causam
estamos informados, além dos grandes diferente a situação da Praça Ramos de inúmeros dissabores à população. Por esse
estabelecimentos que se instalaram em Azevedo da do Largo de Pinheiros. motivo considero das mais meritórias a
Pinheiros ultimamente, concorreram Deverá ser inaugurado na próxima semana o campanha desenvolvida pela Gazeta de
decisivamente para maior e mais rápido Mercado de Pinheiros. Pinheiros no sentido de chamar a atenção das
progresso da região. Outros de grande porte Praticamente sem transportes os moradores autoridades responsáveis para essa questão.
estão em vias de aqui se instalarem do Alto de Pinheiros. Os moradores que É preciso que os Pinheirenses colaborem
proximamente. Registramos o fato com residem no fim da Pedroso de Moraes, na rua efetivamente com todos aqueles que se
satisfação levando em conta que tal Morás, são servidos apenas pelo ônibus 61 preocupam com suas necessidades e
preferência além de se constituir importante que transita de meia em meia hora e as reivindicações. Assim, o bairro poderá
fator de comodidade para os moradores do pessoas são obrigadas a caminhar longos resolver muitos de seus aflitivos problemas.
nosso bairro e representam inegavelmente percursos para se servirem do bonde que vai A Subprefeitura para o bairro de
motivo de orgulho para todos que aqui até a Vila Madalena. Pinheiros não saiu até hoje do terreno
residem. das promessas pré-eleitorais
22/08/1958 Urgente a normalização da COLETA DE LIXO
01/08/1958 Tardam as providências para o em Pinheiros. Já está se tornando irritante o
Vão ser atacadas as obras para a saneamento do rio Pinheiros desleixo da municipalidade no tocante à
construção da Marginal Esquerda do rio coleta de lixo em Pinheiros. Não bastasse
Pinheiros 29/08/1958 estar o bairro infestado por moscas e
A marginal esquerda faz parte ainda da Vai ser completada a canalização do mosquitos, devido grande parte ao forno e
imensa cadeia de estradas estaduais e córrego Verde outros depósitos de imundices, a divisão de
federais que se estendem por nossa capital, Continua deficiente o serviço de coleta limpeza pública não toma as providências
ou seja, a via Dutra, Anhanguera, Anchieta e de lixo em toda a região de Pinheiros necessárias para normalizar a coleta de lixo
Fernão Dias. Além disso, ligará diversos que falha periodicamente. Talvez os
bairros, possibilitando o trajeto direto de 12/09/1958 responsáveis pela transformação de Pinheiros
Penha a Santo Amaro, aliviando quase Transporte em o Entulho da cidade, com a localização do
totalmente o trânsito de veículos do interior A instalação de uma linha de microônibus não bairro de vários depósitos de lixo, julguem
da cidade. Irradiada a extensão da rede de consultou os interesses de nossa região. Essa que os moradores devem eles mesmos levar
águas e esgotos para vasto setor de nossa instalação anunciada pela CMTC não suas latas de lixo nas costas e esvaziá-las no
região. constituirá a solução do problema de forno ou em outros terrenos onde são
transportes na nossa região; estes são depositados os restos ou detritos.
08/08/1958 pequenos e transportam poucos passageiros. Os Pinheirenses pagam religiosamente seus
Obra de vulto, a construção da Marginal A proibição de pessoas viajarem em pé é impostos à prefeitura e têm direito a receber
do rio Pinheiros outro motivo que desaconselha a sua o tratamento dispensado a alguns bairros
A construção da marginal esquerda do rio utilização num bairro de grande concentração mais favorecidos que são justamente os
Pinheiros, além dos inestimáveis benefícios humana. chamados residenciais. É um contraste

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 11
revoltante. Os bairros mais beneficiados que sem desembolsar nada, passa a cobrar
contam com muita água, esgoto, galerias regularmente taxas de consumo usufruindo 17/12/1958
pluviais etc, recebem atenção constante da todas as vantagens possíveis do capital Nos jornais anúncios e artigos sobre o
municipalidade. Os bairros como Pinheiros alheio empregado pelos particulares na rede Natal.
que se ressentem de um bom serviço de de energia elétrica. O que se verifica na
esgoto, que têm poucas galerias pluviais e realidade é que centenas de milhares de 26/12/1958
que por isso mesmo deveriam merecer cruzeiros são gastas injustamente pelos Problemas fundamentais na nossa
melhores cuidados da divisão de limpeza consumidores em benefício do patrimônio de região não mereceram atenção das
pública, são relegados ao esquecimento. uma companhia como a Light que, autoridades em 1958
Esperamos que os novos administradores, inexplicavelmente, não dá satisfações de seu Ausência de uma via de acesso em condições
consoante suas promessas, tomem procedimento a qualquer autoridade agindo de trânsito para a Estrada Sorocabana.
providências necessárias para normalizar a como bem entende e sempre em prejuízo da Rio Pinheiro sem saneamento, com mau
coleta de lixo em Pinheiros. nossa população. É um assunto que está a cheiro.
exigir enérgicas providências do governo do Problema dos transportes que não foi sequer
19/09/1958 Estado. amenizado.
Beneficiarão vasta área da nossa região Problema do lixo.
as obras que serão realizadas no rio 24/10/1958 Ampliação do Largo de Pinheiros.
Tietê e seus afluentes Dentro de doze meses começará o Reivindicação da instalação de uma
Um trabalho de vulto que prevê até saneamento do rio Pinheiros SUBPREFEITURA para o bairro.
transporte coletivo de passageiros por via Despenderá o Estado, 200 milhões para Paralisação do alargamento da Francisco
fluvial no rio Pinheiros, barragens, resolver o problema de esgotos da capital. Mourato.
saneamento dos desníveis na produção de Pinheiros será grandemente beneficiado com
energia elétrica. o funcionamento da usina de Vila Leopoldina 26/12/1958
Duvidoso o início dos trabalhos da As inundações do Córrego Verde
Marginal Esquerda do Pinheiros 07/11/1958 continuam devastando grande parte da
Obras na Francisco Mourato. região
02/10/1958 Continuam a ser realizadas as obras de
Dois Mercados atualmente em Pinheiros pavimentação da segunda pista da Francisco 02/01/1959
disputam a preferência dos Mourato iniciadas e depois interrompidas pela A Gazeta de Pinheiros promoverá
consumidores Prefeitura. Grandes quantidades de material encontro entre autoridades e moradores
Abandonados os trabalhos de e pedras foram ali jogadas e abandonadas A da região
construção da marginal esquerda do Light está procedendo agora ao necessário Para constatar in loco as nossas necessidades
Pinheiros recuo da casa de força que vinha impedindo o e reivindicações.
Usufrui a Light as maiores vantagens do alargamento da via pública naquele trecho e
capital pertencente aos particulares. Fatos é de se esperar que concluído este trabalho a 09/01/1959
mais revoltantes são os que vêm ocorrendo Prefeitura reinicie a obra de pavimentação. Continua a agravar-se em nossa região o
com os moradores da periferia de Pinheiros Pela Av. Francisco Mourato trafegam os problema dos transportes.
no que concerne à iluminação pública e ônibus que servem numerosas vilas da região
domiciliar. A Light não manifesta a maior além de ser a saída para vários municípios 16/01/1959
intenção de prover espontaneamente tais vizinhos. Abandonado o plano de execução de
setores o indispensável melhoramento. O pior Urgência para discussão do projeto barragens regularizadoras do Tietê e de
é que quando os moradores decidem tomar a referente à construção de nova ponte seus afluentes
iniciativa de providenciar o estabelecimento para o rio Pinheiros As iniciativas de evitar as constantes
de iluminação, a Light os obriga a pagar os Absoluto descaso municipal em relação inundações, saneamento das margens,
postes e todo o material indispensável, enfim ao Córrego Verde. estabelecimento de navegação

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 12
econômica e eventual aproveitamento setor, aliviaria a administração central dos dos bairros de nossa capital em aproximação
dos desníveis na produção de energia sérios encargos que dizem respeito ao nosso das novas eleições, assistiu a uma verdadeira
elétrica bairro que atualmente lhe são afetos. fúria de melhoramentos iniciados pela
Tornou-se claro para todos que tal navegação A tributação de Pinheiros que supera e muito Prefeitura e pelo Estado. Na ocasião, em face
concorreria em grande medida para a solução a arrecadação feita em inúmeros municípios do dinamismo surpreendente daqueles
de tão angustiante problema e cessariam de do Estado, o crescimento vertiginoso de sua poderes públicos, a impressão dominante era
uma vez por todas os prejuízos causados população e o oferecimento contínuo de a de que todos os problemas,
pelos freqüentes transbordamentos, assim novas vilas em sua circunvizinhança justifica indistintamente, seriam solucionados de uma
como seria solucionado o grave problema da plenamente a instalação de uma só vez. Em ritmo acelerado, canos, guias,
necessidade crescente de maior volume de subprefeitura para o bairro. paralelepípedos, areia e tudo o mais foram
água potável para suprimento da capital, Além disso, estando os Pinheirenses mais lançados nas ruas de todo o centro e
além disso, o aproveitamento dos desníveis próximos do aparelho administrativo periferias. A terra foi revolvida sob a ação
na produção de energia elétrica poria fim ao poderiam colaborar mais eficientemente com avassaladora de pesadas máquinas, valetas
prejudicial recurso do racionamento no as autoridades locais, desobrigando ainda de rasgadas em enormes extensões, tambores
período de seca. Tratava-se de obra de irem à cidade enfrentando as duras condições de asfalto espalhados pelos quatro cantos do
grande vulto que proporcionaria benefícios de transporte e as filas na Prefeitura. bairro. Ruidosa propaganda através de rádio,
incalculáveis a vários setores da capital onde Quanto à viabilidade de tal medida é assunto jornais e televisão deu cobertura às obras
se acha incluída a região de Pinheiros. que não pode ser posto em dúvida, pois iniciadas. Entretanto, passadas as eleições,
Entretanto, alardeada bombasticamente nas constitui importante item de plataforma de conhecidos os resultados do pleito, a situação
vésperas das eleições, a medida na realidade vários candidatos a prefeito inclusive o atual, sofreu transformação radical: as obras foram
não teve até o momento aplicação efetiva. Sr. Adhemar de Barros. suspensas instantaneamente. Os canos, as
A verdade é que a protelação de obra tão guias, a grande parte do resto do material foi
importante além do prejuízo natural que 26/01/1959 abandonado em plena via pública provocando
acarreta para a população, aumenta cada dia Agrava-se a cada dia em Pinheiros o atravancamento nos locais em que foram
que passa a sangria futura dos cofres problema do congestionamento de descarregados. A terra revolvida, se nos dias
públicos frente à elevação ininterrupta dos trânsito de calor passou a provocar densas nuvens de
preços dos materiais e mão-de-obra que pó, quando chove transforma as ruas num
exigem para a sua concretização. 30/01/1959 mar de barro e lama. A propaganda, como é
Viável a futura instalação de uma Responsável é o Governo Municipal natural, cessou por completo e como é
Subprefeitura para Pinheiros pelas inundações de nossa região natural começaram a surgir os protestos e
O povo compreende cada vez mais o valor e Promessas vêm sendo repetidas pelas reclamações dos prejudicados.
propriedade da descentralização autoridades sem que medidas práticas sejam Nem calçamento, nem sarjeta, nem
administrativa. Vantagens recíprocas. tomadas. As últimas chuvas que caíram sobre instalação de água e esgoto. Na realidade,
Resultado dos plebiscitos realizados em Pinheiros vieram confirmar o que temos dito uma balbúrdia. Cada dia que passa, a
vários setores de nossa cidade demonstrou a respeito repetidas vezes: se providências interrupção dos trabalhos provoca os maiores
com raras exceções que o nosso povo urgentes não forem tomadas pela prefeitura prejuízos ao povo, estado e municipalidade.
adquire cada vez mais a compreensão do no sentido de canalizar certos trechos do A região de Pinheiros, apesar de crescentes
valor e oportunidade da descentralização Córrego Verde, registraremos em futuro exigências de sua população, apresenta
administrativa. próximos acidentes com funestas aspecto lamentável.
Isso traria para a região uma liberdade de conseqüências. É uma situação que não pode perdurar.
ação capazes de produzir os melhores frutos Estado e Prefeitura deverão iniciar sem
no sentido do progresso e desenvolvimento 13/02/1959 demora as obras interrompidas. Os fatos
de Pinheiros. Estado e Prefeitura precisam reiniciar as falam por si mesmos. Como estamos é que
Além de possibilitar soluções mais rápidas obras públicas interrompidas na região não podemos continuar.
para os angustiantes problemas do nosso A região de Pinheiros, como ocorre na maioria

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 13
20/02/1959 Primeira notícia que se tem do Córrego vista pela imensa superfície de nossa capital
Prolonga-se a falta de água nos Pirajuçara: e adjacências. Por outro lado, o
encanamentos enquanto as inundações Ameaça residências o Córrego Pirajuçara desenvolvimento do comércio local
flagelam a nossa região face à O angustiante problema das inundações acompanhou o rápido crescimento.
inoperância das repartições continua a preocupar seriamente a vida dos Dispomos, há longo tempo, de selecionado
competentes moradores de nossa região. Segundo corpo de lojas, em condições de suprir
Não bastassem os inúmeros problemas que informações que chegaram ao nosso plenamente as necessidades e exigências dos
angustiam a população de Pinheiros sem que conhecimento, o córrego Pirajuçara, que se moradores da região. Poderosas firmas, com
as autoridades responsáveis tomem estende por grande setor de nossa região, sede no centro da cidade, aqui instalaram
providências, eis que, ultimamente, mais um está ameaçando de desabamento a várias filiais obtendo em prazo recorde os melhores
de natureza grave vem juntar-se aos já casas situadas nas imediações da estrada resultados. Pinheiros transformou-se,
existentes: o da falta de água. Largo trecho Francisco Mourato. As últimas chuvas portanto, em uma grande cidade dentro da
incluindo a zona do mercado e adjacências, a causaram grandes estragos a residências ali capital, característica que lhe proporcionou
partir de determinada hora do dia fica com localizadas, oferecendo sérios riscos aos seus rápida valorização no setor imobiliário.
torneiras vazias. moradores. A fim de impedir que tal ameaça Prevista a construção de mil casas para
Maior gravidade assume a questão nos bares venha a se concretizar em futuro próximo, os comerciantes da região de Pinheiros
onde a louça é lavada. necessário se torna que medidas urgentes
Vai se tornando rotineiro o deprimente sejam determinadas pelas autoridades 27/03/1959
espetáculo de pessoas carregando latas pela competentes. Entre elas figuram sua Repercutiu nos legislativos estadual e
rua. canalização e limpeza periódica de seu leito. municipal o grave PROBLEMA da falta de
A constatação de que devido à absoluta OBSERVAÇÃO: A Gazeta de Pinheiros tem água em Pinheiros
inoperância das repartições competentes: se em sua folha de frente um cabeçalho Resolvida a instalação de um Centro de
por um lado sofremos periodicamente o dizendo: “SEMANÁRIO IMPARCIAL” Abastecimento no Jaguaré
flagelo das inundações, por outro As Marginais do rio Pinheiros
experimentamos o doloroso flagelo da falta 13/03/1959 Desde há muito vimos solicitando atenção do
de água nos encanamentos. Agrava-se de maneira alarmante a falta Prefeito municipal para a necessidade e
de água em Pinheiros conveniência de se mandar proceder ao
27/02/1959 asfaltamento das marginais do rio Pinheiros.
Agrava-se com a diminuição das 20/03/1959 Tal benefício seria incalculável para a região
autolotações os problemas de Pinheiros, onde o metro quadrado de Pinheirense e Santamarense. Estamos
transportes em nossa região terreno é o mais valorizado da Capital informados de que os planos já se acham
Obstruções das galerias pluviais da O desenvolvimento ininterrupto e vertiginoso concluídos aguardando tão somente
região. de Pinheiros colocou-o em posição de autorização do Prefeito para início das obras.
Séria irregularidade está ocorrendo destaque em relação aos demais bairros da Mais uma vez, compreendendo bem a
atualmente com bueiros e galerias pluviais de cidade que mais cresce no mundo. Em extensão deste melhoramento que virá
Pinheiros. Permanentemente cheias de terra poucos anos tornou-se imperiosa a atender as mais prementes necessidades da
e lixo, dificultam o escoamento de água, que necessidade de se estender os já dilatados região Pinheirense, estamos invitando
não tendo para onde ir, espalha-se pelos limites de nossa região. Estes facilmente esforços junto às autoridades municipais,
quintais e leito das ruas provocando alcançaram novas áreas, onde vilas brotaram através da Câmara, no sentido e com o
inundações e invadindo residências. Embora impetuosamente para preencherem os objetivo de conseguir o início das obras de
se reconheça a deficiência do serviço em seu espaços vagos e desabitados. Pinheiros ligou- pavimentação. Sem dúvida, como estão
conjunto, a verdade é que se as autoridades se assim aos bairros que até então lhe aguardando os pinheirenses, será uma
responsáveis determinassem sua ficavam distantes. Fundiu-se num só bloco grande realização.
desobstrução periódica, amenizaria em estreitamente unido ao monumental conjunto Outro problema semelhante ao anterior
grande parte os efeitos das chuvas. de moradias que se espalham a perder de ventilado e nas mesmas condições encontra-

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 14
se a avenida Diógenes Ribeiro de Lima, suficientes para inundar ruas, quintais e do que reclamar para Pinheiros a atenção que
antiga Estrada das Boiadas. Seu alargamento residências. Na via pública os carros ficam por direito merece das autoridades
foi por nós defendido e quando se iniciaram impedidos de trafegar, transitam sobre um responsáveis.
as obras toda a região ficou contente com o verdadeiro caudal de água, lama e barro. Os Vultosa verba para a construção de
benefício, pois serve de ligação entre quintais ficam inundados e a criação, que não Estação de Tratamento de Esgoto
Pinheiros e Lapa, mas os trabalhos se acham é socorrida em tempo, morre afogada Recentemente o Sr. Carvalho Pinto aprovou o
paralisados e desde muito já era para ter causando prejuízos e desgostos a seus programa de obras do Departamento de
terminado este obra. O seu alargamento e proprietários. Entretanto, onde o mal se faz Águas e Esgotos para o biênio 59-62.
asfaltamento se impõem pela importância sentir com maior intensidade é no interior Mereceu especial atenção daquela autoridade
dessa via pública que liga grandes bairros e das residências que são invadidas pelas a construção da estação de tratamento de
centros comerciais da nossa capital. águas. Já registramos em nossas colunas esgotos de Pinheiros. Para que se possa
Pedreira Koteka episódios lamentáveis de casas inundadas avaliar na devida medida a importância da
Chamaram a atenção, nessa época, as com mais de um metro de líquido lamacento referida iniciativa, basta atentarmos para o
reclamações sobre uma pedreira chamada a destruir os poucos bens que possuem. fato de que do montante total planejado de
KOTEKA. Reclamam da destruição que era Nessas ocasiões, e têm sido inúmeras, o obras, a que nós referimos é de 3 bilhões e
levada a efeito por esta pedreira naquele problema assume aspecto de verdadeira meio de cruzeiros, nada menos de 1 bilhão e
terreno. Essa empresa ali formou verdadeiras calamidade. O mais condenável, porém, é meio serão destinados às obras do plano
crateras que hoje muito dificultarão as obras que o fenômeno, de exclusiva geral de esgoto que estão incluídos na
que demandará aterro para o nivelamento da responsabilidade do poder constituído, vem mencionada estação. Será localizada no vale
área significando dispêndio de vultosas ocorrendo há longos anos sem que as do rio Pinheiros
importâncias. necessárias providências sejam tomadas e o Coletores do novo sistema
mal sanado de uma vez por todas. Não se Têm a seguinte designação os coletores
03/04/1959 trata também de chuvas excepcionais. desse sistema-tronco de esgoto, destinados a
Permanece a falta de água Anualmente, durante os meses de janeiro e servir 500 mil habitantes. Interceptador de
Pinheiros vem sofrendo terrível e intermitente fevereiro o fato de chover com maior esgoto de Pinheiros: linha-tronco norte do
seca. A falta de água em nossa região vem se intensidade tornou-se fenômeno rotineiro e Jaguaré, linha-tronco sul do Jaguaré, linha
repetindo com freqüência nos últimos tempos conhecido de todos. A solução, sabem muito tronco norte de Vila Madalena e linha tronco-
apesar dos reclamos constantes dos bem as autoridades responsáveis, reside sul de Vila Madalena.
moradores traduzidos através do nosso numa série de medidas que podem ser Providências do Governador:
jornal. Entretanto, para as autoridades tomadas preventivamente, impedindo a Prestando as primeiras medidas para a
responsáveis basta que corra água das repetição do flagelo. Dentre as providências concretização do gigantesco plano, o Sr.
torneiras por alguns dias para que tudo volte indicadas, figura a canalização de vários Carvalho Pinto dirigiu ao Prefeito da Capital
ao esquecimento por parte das mesmas. Em córregos que cortam a região e a fundamentado ofício :
nossa última edição publicamos os pedidos desobstrução de galerias que a lama, O governo há de se empenhar em dar
de providências formulados na Assembléia carregada de detritos, entope durante os solução urgente aos problemas sanitários da
Legislativa e na Câmara Municipal solicitando aguaceiros. Trata-se, portanto, da simples capital vindo a assegurar o abastecimento de
mais sérias medidas por parte do DAE. São aplicação de medidas práticas. Estas devem água e ampliar o sistema de esgotos.
estas providências o que continuam a ser executadas urgentemente. Só assim, O projeto geral dos esgotos prevê a
aguardar os moradores de Pinheiros. nossa região, que canaliza para os cofres da construção de estações de tratamento e
Torna-se cada vez mais agudo e Prefeitura e do Estado um total de redes de esgoto indispensáveis, compreender
ameaçador o problema das enchentes arrecadação superior a muitos municípios do a situação dos existentes de modo a
em nossa região interior, se verá livres dos calamitosos efeitos acompanhar o desenvolvimento da cidade.
Torna-se cada vez mais agudo e ameaçador o das enchentes. E uma questão que precisa Necessário será salientar a V. Excia. o que
problema das enchentes em nossa região. ser resolvida sem demora. inconvenientes lançamentos de esgotos in
Vinte a trinta minutos de chuva forte são Agitando estes problemas, não mais fazemos natura nos rios que circundam a capital,

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 15
provocam, inconvenientes estes que serão necessária à conservação do canal do existem planos elaborados para solucionar os
removidos por meio das estações de Pinheiros cuja construção foi levada a efeito graves problemas da nossa região.
tratamento dos esgotos. por esta companhia em conseqüência de um
A primeira estação de Vila Leopoldina tratará contrato assinado em 21 de novembro 1928, 17/04/1959
de cerca de 70% dos esgotos da capital. em execução do Decreto Estadual n.4.487, de Redes de distribuição antiquadas - fator
Deverá estar concluída e entrar brevemente 9 do mesmo mês e ano. Trata-se de uma das da falta de água na região
em funcionamento. Impõe-se o projeto e faixas que seguem paralelamente junto às Os atuais encanamentos não oferecem
execução logo a seguir de outra estação, de margens do canal em toda a sua extensão condições técnicas que permitam a
conformidade com o projeto geral que será que é de 28 km. Tal faixa é indispensável distribuição de líquido em todas as casas.
localizado no Vale do Rio Pinheiros. para manter o canal em condições de atender Foram projetados anteriormente para uma
Para essa construção o DAE e a Secretaria de à sua finalidade precípua que é a de conduzir população e moradias limitadas, já não
Vias Públicas vêm solicitando a providência águas do rio Tietê ao reservatório Billings, atendem mais às necessidades do bairro.
no sentido de ser obtida a área configurada não pode, portanto ter outra utilização sob Esclarecimentos apresentados à reportagem
na planta anexa, pertencente à Prefeitura, pena de comprometer a segurança de uma pelo engenheiro-chefe da seção de relações
pelas suas dimensões, localização, obra de grande importância para a produção públicas do DAE. Planos para o
proximidades de canalizações e pelas de energia elétrica. Paralelamente foram remanejamento das atuais vias como Teodoro
necessidades existentes. reservados e entregues ao poder público uma Sampaio, a nova rede de água seria colocada
Sabotagem exercida pela Light contra o avenida marginal com 40 metros de largura e ao longo da calçada.
comércio e indústria de Pinheiros uma faixa de serviços públicos de 14 metros Das enchentes
Nossas edições de março último fizerem de largura onde está localizada a estação da Visitarei Pinheiros num dia de chuva forte
referências aos prejuízos infringidos ao Estrada de Ferro Sorocabana. para conhecer pessoalmente o grave
comércio e indústria locais por parte da Light. O acesso de veículos a esta poderá ser feito problema das enchentes abordado pela
Trata-se da proibição do tráfego pela faixa de através de uma das ruas transversais, “Gazeta de Pinheiros”, declarou à nossa
terreno ao lado da estação de Pinheiros de bastando para isto que o poder competente reportagem, o Vereador Dario de Lourenço.
propriedade daquela companhia. Até outubro regularize um pequeno trecho do seu leito.”. Possivelmente, com maior conhecimento de
do ano findo, os vagões de carga vinham Solução temporária causa, pretendo falar sobre o assunto na
sendo diretamente descarregados por Embora não esteja em condições de Câmara encarecendo às autoridades
caminhões no desvio da estrada. Dessa data contestar os argumentos técnicos competentes, a necessidade imediata de
em diante foram impedidos de fazê-lo porque apresentados pela empresa na carta acima, providências.
a Light proibiu o tráfego no local e fechou sua pensamos que a passagem, que seria aberta (propaganda eleitoral)
única passagem existente sobre a via férrea. ao tráfego por algum tempo, poderia ser, a
Por outro lado, também dissemos que tal título precário, restabelecida em benefício da 24/04/1959
acontecia porque os principais responsáveis, região. A extensão de Trolebus até Pinheiros é a
o Estado e a Prefeitura negligenciaram até Isso até que foi solucionado o acesso à solução definitiva da CMTC.
hoje o acesso à estação através da rua Paes estação, cujas obras, como se vê, já não Já está pronto o plano de estender a linha de
Leme. A propósito do assunto, recebemos da podem mais ser proteladas. trolebus do Jardim Paulistano até Pinheiros,
São Paulo Light, a seguinte carta que abaixo na dependência de importação de fios e
transcrevemos: 10/04/1959 chaves à execução dos trabalhos.
“À GAZETA DE PINHEIROS Continua a balbúrdia no trânsito de Neste dia há anúncios grandes de
Com referência à nota publicada por este Pinheiros loteamentos: JARDIM MORRO VERDE, bairro
jornal em 20 do corrente sob o título Apenas em trechos de cem metros se fizeram do Taboão.(lindo sobrado, luz elétrica, rua
SABOTAGEM EXERCIDA PELA LIGHT CONTRA sentir as medidas alardeadas pela DST. As asfaltada, água encanada e cinco linhas de
O COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PINHEIROS, recentes medidas anunciadas por repartição ônibus...18 anos para pagar).
vimos pela presente esclarecer a V.Sa. que a de trânsito não atingiram nosso bairro. Não
faixa de terreno citada na referida nota é 02/05/1959

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 16
Afirma o Secretário de Obras que se da Prefeitura. A falta de instalações sanitárias intimação aos proprietários para que fechem
dará este mês o início da construção da em número suficiente, grande parte dos seus terrenos.
Marginal do rio Pinheiros inquilinos serve-se de um terreno baldio
A firma vencedora da concorrência aguarda próximo, que vem provocando o protesto de 29/05/1959
apenas providências administrativas para que todos os que residem nas imediações. A Gazeta de Pinheiros faz três anos
as obras sejam atacadas. Promoverá o Segundo os reclamantes, em vista das Inspirada nos reais interesses da região
empreendimento o progresso de uma zona irregularidades apontadas, o local está se surgiu, há três anos, a Gazeta de Pinheiros.
totalmente abandonada. tornando impróprio para moradia. A canalização do Rio Pinheiros - sua
Outrossim, sabe-se que representação de contribuição para o desenvolvimento
interessados foi endereçada ao Prefeito 15/05/1959 urbanístico da cidade
Municipal, demonstrando que a abertura Despejo de lixo em terreno baldio As grandes metrópoles, como São Paulo,
daquela avenida virá certamente causar prejudica a saúde pública nascidas de um movimento natural e
rápido desenvolvimento de uma zona Começa a ver se alastrando um pouco o espontâneo; não se pode mais permitir
totalmente abandonada. A medida redundará número de casas para vender: Vila Sônia, continuar a crescer e se expandir sem uma
em imediata arrecadação de impostos para o lojas e residências, 55 famílias já residem em prévia planificação.
município que assim resolverá seus casa própria no Jardim Morro Verde, a Uma obra que vem trazer grandes benefícios
compromissos promovendo simultaneamente Imobiliária Messias loteou um local que se a um outro setor é a canalização do rio
o zoneamento de uma região que se tornará chama CHÁCARAS EVEREST, situada no km Pinheiros, trabalho complementar do
estritamente residencial. 21 na estrada de São Paulo-Paraná, em aproveitamento hidrelétrico do sopé da Serra
Ligação da avenida Euzébio Matoso à condições favoráveis, longo prazo e sem do Mar, em Cubatão. Embora a finalidade
alameda Gabriel Monteiro da Silva - As juros. precípua da obra levada a efeito com
Marginais do rio Pinheiros - Progresso ingentes esforços pela São Paulo Light fosse a
para as adjacências 22/05/1959 produção da energia elétrica, prestou, sem
Continuam as reclamações contra a pedreira Reclamação dúvida, grande contribuição ao
KOTEKA - reclamam das martirizantes e Reclamam contra terrenos baldios que imprescindível trabalho de expansão dos
constantes explosões pondo em pânico a proporcionam reunião de marginais, despejo limites da cidade, destacando-se a reserva de
vizinhança de Vila Pirajuçara, Butantã, Núcleo de lixo, prejudicando a saúde pública. uma faixa de 40 metros destinada à avenida
Residencial do IPESP, Caxingui e outras. Reclamam também da Ponte do Rio Pinheiros. marginal e outra de 14 metros para os
Cresce a exploração de um contrato há muito Falam que o projeto foi apresentado, serviços públicos, ambas já entregues ao
terminado. aprovado e, por falta de recursos, o problema governo do Estado por escritura pública de 29
de trânsito acha-se muito prejudicado. Pedem de novembro de 1957. Essas faixas
08/05/1959 providências. completam os 184 metros que constituem a
Anúncios sobre problemas de extensão de Medidas deverão ser tomadas para largura total da área abrangida pelos
vias de ônibus, coleta de lixo na Av. Eliseu de coibir o lançamento de lixo nos terrenos trabalhos sendo que o restante está assim
Almeida. Nesse dia também tem uma baldios distribuído: 100 metros para o leito do canal,
reclamação: DONO DE EMPÓRIO CONSTRÓI Querem que proíbam o lançamento de lixo 10 metros para as linhas de transmissão e 10
FAVELA NA RUA CURRALINHO. Os moradores nos terrenos baldios nas circunvizinhanças para cada lado do canal para a proteção dos
da Vila Indiana reclamam contra uma favela das Av. Euzébio Matoso, Rebouças e taludes. Por outro lado, a canalização do rio
que, por iniciativa do proprietário do adjacências. Chegam caminhões de lixo que procedeu à drenagem das terras do vale,
estabelecimento, está sendo erguida no local. vêm criando uma situação insuportável - mau escoando as águas que o encharcavam e
Nos terrenos do empório já existem dois cheiro, proliferação de moscas e mosquitos - transformando áreas inaproveitáveis sujeitas
barracões de madeira, além de outros não bastasse o SUPLÍCIO DA FEDENTINA DO a enchentes em terras de valor para uso
cômodos sublocados. Ultimamente, o RIO PINHEIROS. Medidas urgentes precisam industrial e residencial. Com isso lucraram os
comerciante construiu uma casa de madeira ser tomadas: colocação de placas de proprietários das áreas anteriormente
na calçada do estabelecimento, em terreno proibição para o despejo de lixo, fiscalização, desapropriadas, pois os excedentes lhes

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 17
foram retrocedidos pelo preço da O prolongamento excessivo dos Notícias do Taboão
desapropriação acrescido aos entendimentos vem retardando o início da Sociedade Amigos de Vila Nova Pirajuçara.
correspondentes custos e benefícios importante obra. Essa semana, deverão ser Realizou-se ontem uma reunião preparatória
efetuados. Por sua vez, a avenida marginal reatadas as demarcações. Caberá ao Estado para a fundação da Sociedade Amigos da Vila
permitirá o acesso a importantes vias da zona uma área do terreno situada em Pinheiros, Pirajuçara.
oeste da cidade. As estradas Anhanguera, próxima ao forno incinerador de lixo, cedendo
Dutra, Anchieta, vias que levam a Cotia, em troca ao Município a área destinada à 03/07/1959
Itapecerica e mesmo ao Paraná poderão ser Marginal. Esse fato poderá facilitar um acordo O Rio Pinheiros deve ser aproveitado o
interligadas futuramente, formando um em curto prazo. quanto antes para o transporte de
verdadeiro anel rodoviário em torno da Construção de galeria e reforma de passageiros e carga
cidade, facilitando o transporte e, por calçamento entre os planos do Distrito Projeto simples e de fácil execução a exemplo
conseguinte, o escoadouro de nossas de Obras Oeste de outros países é o saneamento de terrenos
riquezas. São empreendimentos desse quilate Dentro de poucos dias será construída a ribeirinhos.
que estimulam o progresso de São Paulo, galeria de águas pluviais em trecho de 100 Chegando ao nosso conhecimento que o
mantendo-o na liderança dos Estados da metros para dar escoamento às águas da projeto da navegação fluvial do rio Pinheiros,
União com a dilatação e dinamização do seu chuva da rua Cariris. Foi o que nos informou o do vereador Mário Câmara, depois de
parque industrial, o maior da América Latina. Sr. Waldemar, engenheiro do distrito de considerado legal pela assessoria técnica da
Estádio do São Paulo Futebol Clube obras. A obra eliminará as constantes câmara e comissão, onde seu relator estuda
O segundo estádio maior do mundo está enchentes naquela via causadas pelas para pronunciamento, procuramos o referido
sendo construído pelo São Paulo Futebol insuficientes galerias existentes. edil a fim de obter esclarecimentos sobre o
Clube em nossa região, no Morumbi. assunto. Nosso projeto é simples e,
Há 24 anos era fundada no Butantã, a 19/06/1959 comparado com as vantagens de ordem
Cidade Universitária Na estaca zero os entendimentos para a pública que trará, é de fácil execução.
Situada no subdistrito do Butantã, a Cidade construção da Marginal Prefeitura ou consórcio de municípios.
Universitária limita-se ao Sul pelo Instituto Nada de positivo sobre a construção da Este consórcio é previsto pela Constituição
Butantã do qual é separada pela adutora de marginal. A autoridade municipal se esquiva Federal construirão eclusas, barragens e
Cotia; à Sudoeste, limita-se pela estrada de a exibir planos que apregoa existir. Tudo leva portos destinados à navegação dos rios
Itu; ao Norte, Ribeirão Jaguaré, que a crer estarmos diante de mera propaganda. Pinheiros e Tietê, bem como pequenas usinas
constituiu divisa com o bairro industrial do Águas poluídas e lixo hidrelétricas para suplementar o consumo da
mesmo nome. Um lago será a divisa Já há tempos vimos chamando a atenção dos capital. Os municípios ou consórcio
Nordeste. A Leste confina-se com o poderes públicos para o sério problema das explorariam o serviço de transporte fluvial e o
loteamento da City do qual é separado pela águas poluídas; problema sério que vem de produção de energia elétrica sem lucros,
faixa de Alta Tensão da Light. Como apêndice, infestando as vilas de nossa região, cujo estabelecendo as tarifas que permitissem
possui um terreno marginal servido pela reflexo se faz sentir no âmbito da saúde cobrir as despesas de operação, construir
Estrada de Ferro Sorocabana, ocupando uma pública. Outro de igual seriedade é o reservas de renovação e amortizar no prazo
área de aproximadamente 5 km. referente ao lixo que é despejado em de 30 anos os gastos com as obras.
Dentro de 12 meses, segundo nos referimos, terrenos baldios sem qualquer punição para Abandonados os serviços da Av.
deverá estar concluída a primeira fase da os infratores; não só aos proprietários que Francisco Mourato, prejudicando o
construção do Hospital Albert Einstein e são obrigados a murá-los como também aos trânsito
demandará quatro anos para ficar que despejam e aos senhores fiscais. Faz dois meses, reclamamos à Prefeitura e à
inteiramente concluído. Abordando estes problemas, que reputamos sua Secretaria de Obras maior atenção para
gravíssimos, estamos elaborando uma série as obras, então paralisadas, que se
05/06/1959 de reportagens que serão publicadas em realizavam na Av. Francisco Mourato-Estrada
Entendimentos esta semana para a breve. de Itapecerica. Existem duas mãos de acesso
construção da Marginal à avenida com início nas confluências das

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 18
avenidas Jóquei Clube, Vital Brasil e Lemos com a Federação de Empregados de Pinheiros. Mesmo os mais afoitos não se
Monteiro, que atualmente, não se sabe por Comércio. animaram em vaticinar um progresso muito
que, acha-se interrompida no trecho principal Prefeitura não coopera para melhor rápido. Os céticos, olhando o charco,
que corresponde à mão direita de quem sobe aproveitamento da Estação da abanavam a cabeça incrédulos diante das
a Francisco Mourato. Tal fato vem causando Sorocabana localizada em nosso bairro. condições impróprias do terreno,
sérios transtornos ao trânsito que no local é Continua impraticável o acesso àquela considerando que seria necessário muito
intenso. Acresce salientar que as duas mãos ferrovia devido ao péssimo estado da rua tempo para tirar o bairro daquela situação.
foram reduzidas a uma só, isso porque, a Paes Leme. Melhor entrosamento daquela e Os fatos, entretanto, se encarregaram de
Prefeitura já há algumas semanas recomeçou o Executivo Municipal solucionaria em demonstrar o contrário. O bairro começou a
o seu trabalho de pavimentação e abandonou definitivo o problema. tomar impulso. Durante algum tempo, com
novamente. Ora, com essa maior providência Sociedade Amigos de Vila Sônia certa lentidão, a partir de um momento para
que nada adiantou, pelo contrário, veio à Está intensificando sua capacidade no terreno outro, entretanto, o ritmo tomando
Secretaria de Obras causar maior confusão. de assistência social criando novos características cada vez mais ousadas formas
Em 27 de junho último teve a solenidade de departamentos a fim de proporcionar melhor simples mais nítidas. O comércio local,
inauguração da sede da Sociedade Amigos do atendimento aos seus associados. dirigido por uma equipe de iniciativa e
Rio Pequeno. decisão, começou a crescer e se impor ao
07/08/1959 respeito de seus moradores. O bairro
10/07/1959 Continuam secos os encanamentos comprimido espraiou-se pela periferia
A Imobiliária Messias está lançando o estendidos em várias vilas da periferia ligando-se rapidamente às vilas que pareciam
loteamento Chácaras Everest, km 21 da de Pinheiros distantes e inatingíveis. Hoje Pinheiros
Estrada São Paulo-Paraná. Vila Gomes, Indiana e Pirajuçara receberam solidificou-se num só bloco abrangendo
canos seis meses antes de outubro do ano várias vilas intimamente ligadas aos outros
17/07/1959 passado e até hoje a água não veio: objetivos bairros da capital. Seu comércio tornou-se
Terrenos baldios - focos de doenças eleitoreiros. auto-suficiente, concorrendo suas lojas com
A região Pinheirense está totalmente cercada Poços contaminados servem geralmente à as bem sortidas do centro da cidade. O
de terrenos baldios, os quais vêm servindo de família de dez a mais pessoas, em que a volume crescente de trânsito tornou
despejo de lixo e detritos, com restos de maioria é quase sempre formada por acanhadas as artérias centrais e o Largo de
construção etc... Em notas anteriores, crianças. Encontram-se distribuídos aos Pinheiros, atravancado de veículos que
tivemos a oportunidade de focalizar o milhares por toda a periferia. os canos do demandam nos mais diferentes pontos de
assunto que está a merecer atenção especial DAE, muitos foram estendidos antes das nossa região. As exigências do ensino fizeram
das autoridades. Essas reivindicações já eleições, mas muitos continuam secos. surgir os estabelecimentos de ensino onde
levadas às repartições municipais e estaduais milhares de estudantes podem ser vistos
não contaram, até o presente, com a 14/08/1959 diariamente em demanda à escola. A
necessária atenção. Olhando a várzea que se estendia pelo valorização imobiliária fez o m2 de terra dos
bairro afora, ninguém poderia prever a mais caros da capital. Hoje Pinheiros, embora,
31/07/1959 transformação de Pinheiros desajudado pelos poderes públicos, alinha-se
Provocam movimentação de moradores O ritmo do progresso, entretanto, foi sem favor algum entre os primeiros bairros
da região, problemas da construção de aumentando, a ponto de se tornar de São Paulo, enchendo do mais justificado
casas pelo IAPC vertiginoso. No início, relatam as crônicas, o orgulho os antigos e novos habitantes da
Causou surpresa o grande número de bairro era um charco medonho e fétido; hoje região.
previdenciários presentes à decisão daquela é um dos mais importantes da capital. A Dentro de poucos dias será ligada água
autarquia assinando contrato para a verdade é que olhando a imensa várzea que para Vila Gomes, Indiana e Pirajuçara
construção de residências em Interlagos. se estendia pelo bairro afora, ninguém
Organização da comissão para se entender poderia realmente prever a transformação 21/08/1959
que com o correr do tempo se daria em

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 19
Será brevemente instalada em Pinheiros Trata-se de um plano de descentralização problemas locais e principalmente as linhas
grande cooperativa de consumo popular administrativa elaborado àquela unidade gerais de administração do Estado.
O empreendimento será executado pelo municipal, baseado em estudos daquele Auspiciosos resultados se verificaram em
Governo Federal com a colaboração do departamento e nas pesquisas feitas em outros bairros. Fixada para hoje nos salões da
Estado, por intermédio da Secretaria da nossa capital pela equipe do Padre Lebret. Cooperativa Agrícola de Cotia.
Agricultura. São estudos que revelam a necessidade da Nós e a Câmara
Há dificuldades no problema de aquisição de descentralização municipal e a criação de 14 A ponte sobre o rio Pinheiros
cotas. A iniciativa visa a redução de preços e subprefeituras em bairros de maior densidade Já existe um projeto em tramitação pela
a melhoria no sistema de abastecimento dos demográfica, destacando-se dentre eles o Câmara Municipal, aprovado em primeira
gêneros alimentícios. bairro de Pinheiros. Ela atingirá todos os discussão, devendo voltar à pauta para ser
setores municipais sobre o problema e será apreciado em fase da segunda, após o que
04/09/1959 necessário ouvir sobre o problema todas as irá à sanção do chefe do executivo municipal.
Aumenta em nossa região a incidência secretarias que examinam os problemas que Cada dia que se passa, mais se acentuam
de moléstias causadas pela parasitose enfrentam em cada distrito. De qualquer precariedade e insuficiência existentes. Não
Falta de desinfecção pela população, desídia forma as 14 serão criadas, prevendo-se no se comporta o trânsito excessivo que por ali
do poder público: as principais causas da futuro seu desdobramento para 28 rola dia e noite. Já apelamos, já insistimos, já
situação. É necessário o entrosamento entre subprefeituras consoante os estudos do demonstramos essa necessidade e as
o povo e as autoridades sanitárias. Alia-se a Urbanista Carlos Load. vantagens da execução de uma nova ponte,
esse problema, o grande número de terrenos que venha a dar escoamento rápido ao forte
baldios, córregos, lagoas, brejais, em 23/10/1959 trânsito que se dirige às vilas de nossa região
péssimas condições de saneamento. Será debatido em Pinheiros o plano de como também aos caminhões e ônibus e
ação do governo. carros que demandam ao interior do Estado e
11/09/1959 Proximamente terá lugar uma reunião para a a outros Estados como o Paraná, Santa
Muitos anúncios de conjuntos residenciais qual será convidada a população do nosso Catarina e Rio Grande do Sul. Esta obra
aparecem. bairro, ocasião em que os objetivos do plano precisa ser realizada justamente no instante
serão minuciosamente expostos: reunião em que a edilidade se defronta com o
18/09/1959 preliminar. orçamento. Para 60, aquele projeto dentro em
Impõe-se o apressamento das obras de pouco se converterá em lei e deverá merecer
construção da Cidade Universitária 30/10/1959 a atenção da Secretaria de Obras.
Caso não seja concluído até março o conjunto Núcleo Residencial do Caxingui Ante a aproximação da época das
das obras da Escola Politécnica, o ensino de Serão reiniciadas as obras interrompidas há chuvas, urgente a canalização do
engenharia da nossa capital sofrerá graves quatro anos pelo Instituto de Previdência. Córrego Verde a fim de que as
prejuízos. O plano de ação prevê vultosa Mais 300 casas serão construídas dentro de inundações não voltem a devassar
verba para a transferência em 62 de todas as um ano. Apresentam aspecto lastimável as grande área da região.
faculdades para aquela cidade no Butantã. que tiveram suas obras paralisadas. Elas Anualmente, assistimos à repetição do
foram paralisadas em 1955, há 4 anos e flagelo, sem que o governo tome providência,
25/09/1959 ficaram à mercê de toda a sorte de visando debelar o mal. As obras podem ser
Pinheiros em ação depredações praticadas por menores e realizadas sem que constituam sangria para
Será inaugurada em outubro, a nova linha da adultos. os cofres municipais. Há cerca de 20 anos os
Viação Cometa dirigindo-se para Santos e Linhas de bonde para o Alto de moradores das margens do córrego
São Vicente com o ponto inicial em Pinheiros. Pinheiros aguardam o cumprimento das promessas
feitas.
16/10/1959 13/11/1959
Será discutida a criação de uma A reunião de hoje para debate do plano de 20/11/1959
Subprefeitura para Pinheiros ação objetiva colher sugestões do povo sobre

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 20
Bairro sem condução: o Alto de Córrego Verde, problema que há mais de 20
Pinheiros anos vem constituindo motivos de sérias
Apelam por transportes famílias residentes no preocupações para enorme parcela de
Alto de Pinheiros. moradores de nossa região, continua a
reclamar providências. Na mesma situação
27/11/1959 continua a ampliação do Largo de Pinheiros.
Em fase final os entendimentos para a Não é diferente a situação no setor de
construção da Estação de Tratamento de transportes, onde a criação de uma linha de
Esgotos em Pinheiros ônibus elétrico, tão reclamada pela população
Deverá ser localizada junto ao forno de lixo, de vasta área de nossa região, não mereceu
em terreno de propriedade do município. As até hoje a necessária atenção das
autoridades aguardam somente autoridades responsáveis.
consentimento da prefeitura para início da Permanecem os infectos barracões de
obra. madeira em estabelecimentos oficiais como o
Reclamam mais condução para os Instituto de Educação Fernão Dias Paes, a
moradores do Alto de Pinheiros. servir de classes escolares.
Outras reivindicações: construção de novo
11/12/1959 mercado, substituição do atual, construção
Deixará a Koteka , antiga pedreira, um de uma rodoviária, maior número de parques
terreno do IAPC possibilitando a infantis etc.
construção de 1500 residências em
Pinheiros
O presidente do IAPC recusou a renovação do
contrato que favorecia a posse dos terrenos
do Butantã por firma particular, que impedia
o aproveitamento da grande área para a
construção de casa própria do comerciário.

18/12/1959
Interessante é que na época, a ênfase dos
anúncios é dada ao comércio, casas
comerciais, bazares etc...

31/12/1959
Escoa-se o ano de 1959 enquanto
permanecem sem solução os tantos
problemas de nossa região
A Gazeta nunca deixou de apontar estes
problemas às autoridades responsáveis.
Lamentavelmente, o balanço da atividade
governamental, no que diz respeito ao
atendimento das reivindicações, há muito
levantadas por PINHEIROS, apresenta ainda
resultados fortemente negativos. Na
realidade o que se verifica ainda é que o

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 21
Década de 60

22
23
12/02/1960 Trata-se de assunto que pelas características Recursos de emergência foram então
Canalização do Córrego Verde que se apresenta está a exigir imediatas adotados figurando entre eles a colocação de
A ilustre vereadora Dulce Sales Cunha, da providências das autoridades responsáveis. algumas estacas de madeira para reter no
UDN, com o requerimento no. 66/60, após alto o enorme volume de terra que a todo
vários considerandos, solicitou à Prefeitura 26/02/1960 instante ameaçava desabar. Por incrível que
Municipal várias informações sobre as obras Foi aprovado em 2a discussão o projeto pareça essa solução de emergência
de canalização do Córrego Verde. Já por de ampliação do Largo de Pinheiros permanece até hoje; a cada ano que passa
várias vezes tratamos nesta seção do assunto Mais de uma dezena de prédios deverá ser agrava-se a situação pelo apodrecimento
que é um dos mais empolgantes de nossa demolida para dar lugar às obras que se contínuo do madeiramento. Enquanto o mato
região e que mais preocupação tem causado fazem cresce e enormes ratazanas perambulam dia
não só à população pinheirense como necessárias. O maior número de prédios e noite pelo local. Por outro lado, a escada,
também às autoridades que o temem. atingidos localiza-se no próprio Largo. Cada aproximadamente de 60m, que serve aquele
dia mais difícil a situação do trânsito no local. trecho, encontra-se inteiramente rachada,
19/02/1960 ameaçando desabar a qualquer momento,
Inundação na R. Eugênio de Medeiros 26/02/1960 colocando em perigo a vida dos transeuntes.
ocasiona prejuízo aos seus moradores Fundamentado pedido de informações Cumpre ressaltar neste particular: crianças
Além da falta de calçamento, bueiros ao Prefeito sobre o alargamento da que dela se utilizam, em sua maioria alunos
entupidos constituem grave problema com ponte sobre o Rio Pinheiros do Ginásio Castro Alves e de outras escolas
que vêm se confrontando há longo tempo os Considerado calamitoso o estado atual da que ficam próximas.
moradores da R. Eugênio de Medeiros, altura ponte que liga Pinheiros ao Butantã, além de Via de ligação entre duas importantes
do no.308. várias outras deficiências apontadas, é artérias de nosso bairro a R. Alves Guimarães
Quando chove, o referido trecho fica estreita e insuficiente para dar vazão ao está a reclamar atenção das autoridades
completamente inundado, acumulando-se as volume de veículos que por ela transitam responsáveis. Há longos anos os seus
águas da enxurrada a tal ponto que acabam diariamente. moradores alertam as autoridades sobre o
por invadir residências provocando prejuízos perigo que o local oferece. Entretanto,
a seus moradores. Durante a rápida visita 26/02/1960 embora continuem a cobrar normalmente
que fizemos ao local, pudemos constatar a Ameaça desabar perigosamente o impostos e taxas, nenhuma providência as
existência de um lamaçal que se estendia por barranco da R. Alves Guimarães autoridades responsáveis tomaram até hoje.
extensa área, resultante das chuvas que Pode-se repetir a qualquer momento As últimas chuvas vieram agravar ainda mais
caíram sobre a capital nos últimos dias. novo desmoronamento como ocorreu há a situação, não há mesmo nenhum exagero
Segundo fomos informados, trata-se de sete anos. Necessidade de ao afirmarmos que uma catástrofe pode ali
fenômeno que vai se tornando rotineiro providências imediatas sobrevir. O poder público deve tomar
naquele local, devido ao fato dos bueiros, não O precipício existente na R. Alves Guimarães, medidas urgentes, pois na eventualidade de
possuindo grades protetoras, receberem toda no trecho compreendido entre as ruas ocorrência de danos de maior monta não
espécie de detritos e objetos carregados pela Teodoro Sampaio e Cardeal Arcoverde, em poderá alegar ignorância, cabendo-lhe, isto
água, que os entopem completamente. virtude das últimas chuvas, voltou a sim, no caso, toda a responsabilidade pelo
Tomamos conhecimento, além disso, de um preocupar seriamente os ocupantes das que de pior possa acontecer.
fato lamentável, numa das residências ali residências que a ladeiam.
localizadas existe uma pessoa enferma que, Há cerca de sete anos ali ocorreu 04/03/1960
agravando males de que se ressente teve há desmoronamento que chegou a impedir o Transformado em despejo de fossas
pouco tempo uma das pernas amputadas; trânsito na R. Cardeal Arcoverde. Tal foi a negras terreno situado no coração de
quando se verifica qualquer inundação, o violência do desabamento que postes de Pinheiros
enfermo fica impossibilitado de receber iluminação tombaram exigindo a presença do Foco de mosquitos e doenças. Garagem
qualquer socorro médico e isso ocorre na Corpo de Bombeiros, pois o local ficou próxima faz dele depósito de lixo.
realidade a dois passos do Largo de Pinheiros. inteiramente às escuras.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 24
Residência ameaçada de ter os alicerces passo seria dado se, pelo menos, Joaquim Antunes - Continua a ceder o
abalados pelas constantes enxurradas canalizassem o esgoto que desce da R. Oscar aterro embaixo da calçada. Cresce também o
Entre os nos760 e 1982, respectivamente nas Freire em direção a R. Capote Valente, numa perigo de acidentes. Apelo aos vereadores.
ruas Capote Valente e Oscar Freire, localiza- distância de cerca de 150m. Trata-se de Unânimes os moradores, ouvidos pelo nosso
se um terreno cujo estado de conservação iniciativa perfeitamente viável, sem grandes jornal, em apontar a intolerável situação em
contraria inteiramente as posturas municipais despesas para os cofres públicos e que viria a que há anos se encontram ante a indiferença
que regulam o assunto. O mato tomou conta beneficiar grande parcela dos moradores de das autoridades responsáveis.
inteiramente da referida área, que passou a nossa região. Tem-se agravado seriamente a situação da R.
servir de depósito de lixo e cemitério de Joaquim Antunes no ponto em que esta via
animais, afora isso, sujeira de toda espécie ali 01/04/1960 cruza a Teodoro Sampaio. O aterro ali
é lançada por inúmeras pessoas, Solução para o problema das águas existente devido às últimas chuvas continua
principalmente por empregados de uma pluviais desbarrancando por baixo do passeio, o que
oficina de consertos de automóvel que fica Na Câmara Municipal o vereador José Sabino vem a aumentar o perigo de acidentes de
nas proximidades. Como se não bastassem apresentou a seguinte indicação referente ao conseqüências imprescindíveis, conforme
todas essas irregularidades o imóvel serve problema das águas pluviais em Vila tivemos ocasião de destacar em reportagens
também para despejo de fossas negras, o Madalena: “Indico ao Sr. Prefeito a urgente anteriores. Para evitar semelhante perigo há
que faz com que se torne foco de mosquitos necessidade de determinar junto ao necessidade urgente de restaurar o aterro e
e doenças, além disso, nele são lançados Departamento da Secretaria de Obras a proceder urgentemente para melhor fixá-lo.
esgotos da parte da rua debaixo da rua Oscar limpeza das galerias de águas pluviais e
Freire, como os mesmos não são canalizados bocas-de-lobo existentes nas ruas Fidalgas e 06/05/1960
águas imundas atravessam o terreno em toda Girassol em Vila Madalena, subdistrito de Pinheiros: um pouco de história
a sua superfície, indo penetrar num bueiro Pinheiros.” Instaladas as sessões de Nem todos talvez saibam que Pinheiros é dos
que se encontra sob a casa de um dos 25/03/1960. mais, senão o mais, antigo bairro paulistano,
moradores, Sr. Alvim, residente na R. Capote José Sabino: justificação alguns testemunhos históricos vem afirmar
Valente 760. As galerias de águas pluviais acima recebem isto. Em 1560, estando em São Vicente o 3 o.
Perigo de desmoronamento as águas de toda a região, jogando-as no Governador Geral do Brasil, este ordenou a
Quando chove o terreno transforma-se então leito do riacho Verde. As bocas-de-lobo demolição da Vila de Santo André da Borda
numa espécie de represa, tendo o muro existentes estão obstruídas, funcionando do Campo, a conselho dos padres jesuítas,
daquela residência como barragem, o que apenas a boca-de-lobo localizada na R. diante das rivalidades existentes entre estes
gera grave problema. Não se sabe se o atual Girassol, em frente a R. Fidalga, que constitui e João Ramalho, seu fundador, que ali
muro continuará resistindo à pressão d’água o ponto mais baixo da região, basta que habitava desde 1520.
ou será também levado de roldão como chova 10 ou 15 minutos para que neste local Santo André da Borda do Campo, como dizem
anteriormente aconteceu por duas vezes, as casas circunvizinhas sejam inundadas, os historiadores teria sido o primeiro núcleo
ocasião em que foi necessária, até mesmo, a abrindo as águas um caminho natural pelos de colonizadores europeus, acima da
presença do Corpo de Bombeiros no local. terrenos particulares, derrubando muros e cordilheira, em terras de Piratininga. Não se
Nenhuma providência ocasionando graves prejuízos, atingindo trata de Santo André de nossos dias, havendo
Várias reclamações já foram feitas pelos depois a R. Fidalga, onde as águas são controvérsias a respeito de sua real
moradores da localidade, sendo que, o Sr. tragadas pela galeria da City, de maiores localização, admitindo-se mesmo que aquele
Alvim e alguns outros locatários enviaram proporções. fosse o atual São Bernardo. Estabelecida a
mais de cinco fichas à Prefeitura, 22/04/1960 povoação de São Paulo, a 25 de janeiro de
infelizmente, entretanto, nenhuma Brasília: a nova capital do Brasil 1554, por Nóbrega e Anchieta, aquela ordem
providência foi tomada, não se do Governador Geral determinando a
compreendendo por que a Prefeitura não 29/04/1960 dispersão dos habitantes de Santo André,
toma medidas para sanar as muitas Agravadas, com as últimas chuvas, as forçou-os procurar refúgios em outras
irregularidades ali existentes. Um grande condições da escadaria e aterro da R.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 25
paragens, em torno daquela crescente quinhentista confunde-se muitas vezes com a 06/05/1960
povoação. população de Piratininga, algumas cartas Apontamento sobre o nome de Pinheiros
Afonso Sardinha comenta: dos quinhentistas davam a Vila de São Paulo como missão entre Pinheiros de outrora possuía abundantes
de entorno a povoação de São Paulo. Piratininga e Pinheiros, admitindo-se pinheirais cujos exemplares magníficos
Sabemos pelas atas, as indicações das Piratininga à margem esquerda do atraíam a atenção e curiosidade dos
sesmarias e depoimentos de Pedro Taques Anhangabaú, pelas bandas da Luz, em forasteiros. Quando por aqui estiveram os
que, Domingos Luís - o carvoeiro - e Antônio ligação com o Brás, assim comenta o Taunay. jesuítas, padre José de Anchieta e padre
de Proença, por exemplo, tinham terras da Em 18 de maio de 1599, solicitava Manoel de Paiva, encantados e assombrados
banda do Ipiranga, que era Caminho do Mar. Bartolomeu Rodrigues, 50 braças em um diante da beleza antiga desses pinheirais,
Salvador Pires, Antônio Preto, Quitério Dias, sítio, da outra banda do Ribeira da Aguada da batizaram este recanto com o pitoresco nome
afazendavam-se no bairro da Ponte Grande. Vila, indo para os Pinheiros de Piratininga e à de Aldeia dos Pinheiros, situado a uma légua
Jorge Moreira e seu genro na Vila Puíra. sua linhagem ;Miguel de Almeida no mesmo da capital.
Afonso Sardinha, Antônio Bicudo, Fernão Dias local, uma gleba de terras ao longo do Produzida em enorme quantidade, esta linda
e João do Prado no caminho de Pinheiros. caminho de Diogo Fernandes. Piratininga ou araucária, sem dúvida a rainha da beleza
Logo ao sair-se da Vila entrava-se em terras Pinheiros de Piratininga não seria a mesma entre as árvores do Brasil, impressionou
do Capão, mais tarde propriedade de Antônio coisa? É o que não sabemos. A aldeia de nossos visitantes e, pela sua impiedosa
Dias Paes Leme, que se estendia ao Pinheiros surge numerosíssimas vezes nos derrubada surgiu o decreto encontrado nas
Caaguaçu, o Mato Grande, hoje Av. Paulista. documentos chamada simplesmente por atas da vereança do ano de 1584.
Adiante de Pinheiros, no Butantã, localizava- este nome desde os primeiros anos. Haveria Para a catequese dos índios e defesa do
se Afonso Sardinha, assim é que em Pinheiros outra localidade apelidada de Pinheiros de povoado do Planalto, os padres jesuítas
localizaram-se desde logo muitos dos Piratininga? Ou as designações acima citadas organizaram a aldeia de diversos pontos da
bandeirantes, onde se afazendavam. serão Pinheiros de Piratininga? Parece-nos capital, construindo assim núcleos de defesa
Em torno da Vila, ocupavam-se os homens impossível destrinchá-la, outros documentos aos ataques dos índios mais ferozes. A
bons da governança da terra e obrigavam os quinhentistas deixam fora de dúvidas , porém primeira aldeia dos índios Guaianazes foi
índios a trabalharem nos trigais, em a existência simultânea da Vila de São Paulo instalada pouco adiante do colégio, onde está
milharais, nas plantações de feijão e algodão, e da Aldeia de Piratininga, dispensa localizada a atual Igreja de São Bento, tendo
no fabrico de farinha de mandioca e da comentários a autorizada e já mencionada como chefe o grande e destemido cacique
marmelada, chapéus de feltro grosso e de opinião do historiador. Tibiriçá, sogro do valente João Ramalho. A
baeta e na criação de grandes rebanhos. Haveria em Pinheiros uma capelinha de segunda aldeia foi instalada lá pelos lados de
Diz ainda aquele ilustre historiador patrício: Nossa Senhora do Rosário que fora destruída Tabatinguera, a terceira aldeia de índios
“são vestígios dessa época tão remota os por ocasião das correrias determinadas pelo Guaianazes ficou situada aqui em Pinheiros,
restos das propriedades de Afonso Sardinha levante dos silvícolas, sendo incendiada e a adiante da ponte à margem do antigo
existentes hoje, tais como a Casa do imagem quebrada? Gerivatuba, hoje Rio Pinheiros. É por este
Bandeirante, no Butantã, e outra na base do Neste quarto centenário de Pinheiros motivo que hoje existe em nossas
Morro do Jaraguá, onde ainda existem achamos por bem reviver os fatos de seu proximidades a rua com o nome de Aldeias,
vestígios da mineração e que em boa hora os passado, afirmamos que Pinheiros é o mais recordando assim as primitivas aldeias dos
poderes públicos houveram por bem antigo bairro paulistano, a história aí está em aborígines Guaianazes, que ali estavam
resguardar como patrimônio histórico, rápido esboço para confirmar. E Pinheiros, a localizados. A denominação da rua das
constituindo aquela primeira um museu que pequenina povoação do século dezesseis, Aldeias foi conferida no ano de 1914.
reestuda o passado. Além dos bandeirantes não mais media um e meio léguas chão, O saudoso escritor paulista Antônio de
citados, coagidos com a chegada de novos passou a ser uma continuidade, se aglutinou Alcântara Machado, em seu excelente livro
colonos, passaram também a habitar as em torno da bela escola de Anchieta para em Anchieta na Capitania de São Vicente, se
cercanias de São Paulo os índios da pavorosa nossos dias construir a formidável metrópole refere a fundação de núcleos indígenas em
tribo dos Guaianazes, agrupando-se em paulistana. aldeias próximas. É geralmente atribuída aos
Pinheiros e São Miguel. O Pinheiros padres a formação dessas aldeias de

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 26
dissidentes, São Miguel, Pinheiros, Ibirapuera, torna cada vez mais intenso naquele setor. 09/09/1960
Guarus e outros; há mesmo quem considere Córrego Verde, esgotos e fossas
Anchieta como fundador, senão de todas, 13/08/1960 O famigerado e tão decantado Córrego Verde,
pelo menos de algumas. Em junho de 1562, Galeria de águas pluviais na rua que atravessa grande parte de nossa região,
chefiados pelos dois grandes caciques, Sampaio Vidal foi na sessão de segunda-feira última, alvo de
Tibiriçá e Caíupe, índios de diversas aldeias Pela Secretaria de Obras foi autorizada a discurso do Vereador Ary Silva, falando no
conseguiram rechaçar por completo a abertura de concorrência pública para a pequeno expediente. Frisou, Sua Excelência,
investida dos Tamoios, que tentaram atacar construção de uma galeria de águas pluviais o destino da verba de 60 milhões de cruzeiros
os habitantes portugueses residentes no na Rua Sampaio Vidal, no trecho destinados a obras em geral de captação de
planalto. compreendido entre as ruas Itapirapuã e águas pluviais e canalização de córregos,
Em 1590, os índios Tupiniquins atacaram Joaquim Antunes. Prazo para a construção da avenidas e fundo de vales. Chamou a atenção
furiosamente o nosso planalto, devastando as obra é de 6 meses. do Executivo Municipal para a necessidade de
aldeias vizinhas e também saqueando e se tomar uma providência. Enquanto ela não
incendiando as igrejas, como a de Pinheiros, 02/09/1960 aparece, a verdade é que ali em Pinheiros,
profanando e destruindo as imagens Inundações na R. Iraci causam sérios Vila Cerqueira César e Jardim América não há
sagradas. A imagem de Nossa Senhora da prejuízos esgotos, porque o problema de fundo de vale
Nossa Igreja, imagem feita de argila, teve a Tem Sua Excelência conhecimento da aflitiva não está resolvido e assim entre a Av. Dr.
cabeça quebrada pelos índios ferozes, situação em que se encontram os moradores Arnaldo e Praça Benedito Calixto, para não
segundo conta o grande historiador o padre da Rua Iraci, expostos que se acham a citar outras, existem única e exclusivamente
Serafim Leite da Companhia de Jesus. constantes inundações em suas residências? fossas, as quais quando cheias transbordam
Sabe Sua Excelência que, face ao desnível nas sarjetas, e daí a fedentina em prejuízo da
10/06/1960 topográfico no local existente e com a saúde pública, declarou o Vereador Ary Silva.
Marginais do Rio Pinheiros colocação de guias e sarjetas no final da R. E acontece que é mesmo verdade
Outra necessidade indiscutível, cuja ausência Coronel Irlandino Sandoval, as águas pluviais
causa sérios prejuízos a Pinheiros, é a não foram canalizadas para um pequeno córrego 16/09/1960
abertura e pavimentação da Marginal do Rio nas imediações com desaguamento em Tornou-se ainda mais remota a solução
Pinheiros em toda a sua extensão. galeria da Rua Alzira Pereira de Barros. Que do problema da canalização do Córrego
Os seus moradores, através desta seção, já tal procedimento vem reavivar o antigo Verde
apelaram. A Câmara solicitou a providência problema de inundações da R. Iraci, causando Fundamentado o discurso do Vereador Ary
da medida, vamos agora aguardar que o sérios prejuízos aos munícipes ali residentes, Silva, porque esclarece a verdadeira situação
Executivo Municipal, se inteirando da nossa e que chegou a ser objeto de litígio judicial? em que se encontra atualmente a importante
conveniência, autorize a realização da obra Que em face de insuficiência de vazão das questão. Incoerência do ato governamental,
desejada. águas pluviais motivada pelo desnível e lei aprovada há 16 anos.
colocação de guias e sarjetas e ainda O problema do Córrego Verde, como tivemos
29/07/1960 insuficiência de galeria pluvial, as águas ocasião de noticiar em nossa última edição,
Construção de nova ponte sobre o Rio invadiram as residências da R. Iraci? Que voltou a ser objeto de atenção na Câmara
Pinheiros diante desta situação os moradores estão Municipal. No último dia 02, abordando o
Segundo informou à nossa reportagem, a atemorizados com a possibilidade e importante problema, o Vereador Ary silva,
intenção do Vereador Dario Lourenzo, logo viabilidade da repetição das constantes pronunciou fundamentado discurso em que
após reinício dos trabalhos legislativos, é inundações, por ocasião das chuvas pesadas? se denuncia a retirada de 60 milhões de
voltar a se empenhar no sentido de ser E, assim, apela para o Poder Executivo para cruzeiros destinados a obras de captação, de
construída, o mais rapidamente possível, a que com urgência tome as devidas canalização de córregos e fundos de vale,
nova ponte do Rio Pinheiros. Como é do providências. Sala das sessões de 31 de para ser aplicada na verba de obras em geral.
conhecimento público, a atual tornou-se tão agosto de 1960.- José Sabino A certa altura de sua oração esclareceu o
exígua que já não dá vazão ao trânsito que se edil: “o Sr. Prefeito, por mero decreto, acabou

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 27
retirando das obras de captação, da única e exclusivamente fossas. É uma zona
canalização de córregos e avenidas de fundos verdadeiramente povoada, calçada e 17/02/1961
de vale, inclusive desapropriações, 60 iluminada e portanto as obras nos terrenos Sem solução o problema do contínuo
milhões para jogar no caldeirão das obras em para novos lançamentos transbordam nas desbarrancamento verificado em
geral. Isto demonstra de maneira clara que o sarjetas e a fedentina é enorme. importante trecho da Teodoro Sampaio
Sr. Prefeito quer, de qualquer forma, botar As contínuas chuvas vêm estreitando cada
dinheiro na Secretaria de Obras, porque lá 06/01/1961 vez mais a calçada e logo, também, a rua
não há fiscalização. Isto demonstra por outro Empresa alemã interessada em explorar ficará intransitável. Um pequeno túnel de
lado, como o Sr. Prefeito é incoerente, porque a navegabilidade do Rio Pinheiros preço insignificante resolveria o problema
esta licitação de obras de captação e Todos acreditam que este sistema poderia ser que a delonga fará custar milhões.
canalização de córregos e avenidas de fundo organizado com relativa facilidade e seria de Democracia por José Ferreira Camargo
de vale, inclusive desapropriações com grande importância econômica. Os técnicos Jânio Quadros, cognominado a última
dotação orçamentária de 5 milhões, foi são unânimes na opinião: o sistema de esperança de um povo sofredor, assume o
enviada à Câmara pelo Prefeito, a Câmara navegação fluvial seria de grande utilidade, comando e por inicialmente é descoberta
aprovou e agora o Sr. Prefeito tira 60 milhões especialmente no tocante ao transporte de parte da primeira catástrofe que abala os
que estavam com destinação certa e joga a cargas. alicerces da pátria
importância a uma destinação incerta. Estação de Tratamento de Águas em
Incoerência de atitude 20/01/1961 Pinheiros
Procurando demonstrar a incoerência Sistema de tráfego em Pinheiros No Palácio dos Campos Elíseos, o Secretário
verificada no ato do Sr. Prefeito, se verificou Se há local em nosso bairro onde o trânsito da Aviação, Brigadeiro Faria Lima, diz que o
que enquanto isto acontece existe, apenas de veículos é demasiado é o Largo de problema para a realização das obras da
para citar, 36 fundos de vales e córregos Pinheiros. estação de tratamentos de esgotos de
necessitando de solução. O Sr. Prefeito não Pinheiros, cuja concorrência para a aquisição
toma providências, e ainda há pouco foi 27/01/1961 de equipamentos já se encontra em fase
desapropriada uma pequena área de 1021m2 Mão única na Rua Butantã final, está prestes a ser resolvido. Dois
em Vila Madalena, para cuidar da abertura de engenheiros do Departamento de Obras
uma rua e passagem de canalização do 03/02/1961 deverão seguir para os EUA a fim de
Córrego Verde. Ora, como o Sr. Prefeito Inadiável a necessidade de construção examinar a qualidade do equipamento que
manda desapropriar imóveis, canalizar o de nova ponte sobre o Rio Pinheiros melhor se adapte às necessidades da Capital.
Córrego Verde e simultaneamente retira a Problema que há longo tempo está a exigir A concorrência para as obras civis, por sua
verba que era destinada a canalizar os providências das autoridades responsáveis é vez, está em estudo e dentro de alguns
córregos. o que se relaciona com a ponte existente no meses poderão ser executadas no menor
Lei aprovada há 16 anos Rio Pinheiros. espaço de tempo e seu custo total será de
Salientando que há longo tempo o grave Há muito, como é do conhecimento público, a mais de 4 bilhões de cruzeiros.
problema do Córrego Verde poderia ter sido referida ponte se tornou insuficiente para Canteiros centrais da Francisco Mourato
solucionado, por outro lado, é bem que se vê conter o volume de veículos que por ela finalmente são finalizados
que o Córrego Verde já tem sua lei aprovada transita em demanda da periferia de Crateras na Teodoro Sampaio
desde 06 de agosto de 1944, portanto há 16 Pinheiros ou que para cá se dirige.
anos é que este Córrego Verde está 24/02/1961
esperando uma solução. Enquanto ela não 03/02/1961 Enquanto em nosso bairro as
aparece, a verdade é que ali em Pinheiros, na Nós e a câmara inundações procedem ceifando vidas,
Vila Cerqueira César, no Jardim América não Reiniciamos os Trabalhos Legislativos de voltam-se as autoridades para a
há esgotos, porque o problema de fundo de alargamento da Rua Francisco Mourato e sucessão municipal
vale não está resolvido, e assim, entre a Av. alongamento da Rua Ipirapinopólis e ponte Cumpre ressaltar o fato de que o Córrego
Dr. Arnaldo e Praça Benedito Calixto existem sobre o Rio Pinheiros. Verde sempre constituiu ponto alto das

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 28
plataformas dos candidatos a Prefeito da endereçou à Prefeitura Municipal Na ocasião, as habitações que margeiam o
Capital. requerimento solicitando várias informações Córrego Verde tiveram suas dependências
Mas o governo continua mudo diante daquela sobre o assunto. Inclusive, leva ao inundadas, e na Rua Padre João Gonçalves,
calamidade, sem emitir nenhum comunicado. conhecimento do Sr. Prefeito a morte da uma criança de dois anos, Florípes da Silva,
No dia 19, numa segunda-feira, uma menor Florípes da Silva, levada pelas águas perdeu a vida tragada pelas águas e
enchente devastou a Rua Padre João do Córrego. imprensada sob um guarda-roupas.
Gonçalves, tendo feito como vítima uma Cada vez mais precárias as condições de
menina de dois anos. 31/03/1961 conservação da Rua Teodoro Sampaio. O
O acanhado raciocínio dos guardas civis Pede-se a ampliação do Largo de calçamento pode ruir a qualquer
(Nesta reportagem relata-se que um Pinheiros momento
incógnito guarda civil teria impedido uma Estação de Tratamento de Esgoto de
reportagem sobre a enchente do Córrego Pinheiros 14/04/1961
Verde, alegando que o Governo não gostaria Em cerimônia realizada no gabinete do Obra de vulto inaugurada na Cidade
que a gravidade do assunto viesse a ser do Secretário da Viação, quarta-feira, serão Universitária
conhecimento público.) assinados vários contratos para aquisição dos Manobras de bondes atravancam
primeiros grupos de equipamentos para a Teodoro Sampaio
03/03/1961 segunda grande estação de tratamento de
Governo Jânio Quadros e a paralisação esgotos da Capital, que o Departamento de 21/04/1961
da Pedreira do Butantã Águas e Esgotos está construindo no bairro Pedidos de providências para a
Cessar o ciclo exploração. Responsabilizar os de Pinheiros. O plano de ação prevê a canalização do Córrego Verde
culpados e recuperar o terreno. construção de mais três, das seis previstas no Na Câmara Municipal, no último dia 12, o
Estouram fossas na Rua Cariris plano geral da DAE. Estações desse gênero já vereador José Sabino, apresentou um
Mais uma conseqüência das constantes e possui a Capital, a da Vila Leopoldina, que requerimento no sentido de que providências
fortes chuvas que assolam a cidade tivemos trata 70% dos esgotos da cidade. Com a sejam tomadas pelo Poder Público visando a
a registrar na Rua Cariris. Na noite de terça- construção da estação de Pinheiros o índice canalização do Córrego Verde. “ ... pedimos
feira, as fossas de residências daquele setor elevar-se-á a 90%. providências para que se execute a
não suportaram o volume de água e Esta estação deverá entrar em canalização do Córrego Verde, que vem
estouraram. E em conseqüência houve a funcionamento no segundo semestre do notadamente inundando nosso bairro, no
natural inundação dos prédios cujos próximo ano. O custo total da obra deverá trecho compreendido entre a rua Arthur de
moradores sofreram enormes prejuízos. Rua elevar-se a 500 milhões de cruzeiros. Azevedo e Cardeal Arcoverde, em Vila
das mais importantes do bairro deveria O serviço de carga e descarga na Albertina.”
merecer das autoridades públicas maior estação da ESS em Pinheiros
atenção, traduzida esta na ligação das redes (Nesta reportagem, cogita-se a possibilidade 28/04/1961
de esgotos. da utilização da linha Sorocaba não mais Anunciada reforma geral no Ibirapuera
apenas como de transporte coletivo, e sim
10/03/1961 como meio para o escoamento para 26/05/1961
Útil ao transporte de mercadorias a armazéns e depósitos na região de Pinheiros.) Continuam reivindicações para o
navegabilidade do Rio Pinheiros alargamento do Largo de Pinheiros
O bairro que mais cresce 07/04/1961
O bairro de Pinheiros é atualmente um dos Nenhuma providência das autoridades 26/05/1961
mais progressistas de nossa metrópole. até o momento visando afastar de nossa Pede-se a instalação de linhas de ônibus
Nós e a câmara região o perigo das inundações elétricos
Córrego Verde Conforme permanece na lembrança de todos,
A propósito da situação lamentável do em meados de fevereiro deste ano, nosso
Córrego Verde, o Vereador Francisco Batista, bairro sofreu a fúria brutal das inundações. 26/05/1961

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 29
Desapropriação de terrenos necessários 592, 594, 596, 598, 602, 604 e 610. De algum tempo para cá a Av. Vital Brasil, é
ao alargamento da Av. Benjamim Mansur A referida galeria, conforme bem bom que se diga, vem primando pela sujeira.
demonstrada em foto, é insuficiente ao curso Essa importante via de trânsito, saída e
02/06/1961 normal do córrego. Esclarecendo o assunto, entrada da cidade, apresenta-se
Necessárias e urgentes as obras de informou-nos o Sr. Álvaro Pereira: “O curso constantemente inundada e fétida, pois em
canalização do Córrego Verde normal do caudal pluvial obstado, em sua um de seus trechos acumula-se água servida
Já autorizada a abertura da viela entre as impetuosa carreira pela galeria se reflui, ou mesmo de esgotos a escorrer pelo
Ruas Fradique Coutinho e Matheus Grou, da recua para os lados de sua procedência, passeio. Com o sol levanta aquele odor
qual depende a solução do importante alteando-se brutalmente, pressionando com o característico e insuportável.
problema. peso de sua cubagem, muros e casas a ponto
A canalização do Córrego Verde, no trecho de as demolir e com isso conseguindo assim 16/06/1961
referido, está dependendo da abertura da passagem franca para galgar a extensão das Fossas negras despejam detritos na
viela projetada, desde a Rua Cardeal áreas de quintal que ficaram danificadas ao calçada - R. Isabel de Castela
Arcoverde até a Rua Arthur de Azevedo. extremo.”
Durante muito tempo a via conquistada lhes 21/07/1961
09/06/1961 serviu de escoamento. Águas poluídas invadem os poços de
Bueiros entupidos Esta via, porém desapareceu no ano passado Campo Limpo
com a construção do prédio no. 1647 da Rua Houve há tempos, uma campanha contra
16/06/1961 Cardeal Arcoverde. esse estado de coisas, inclusive com exame
Insuficientes as medidas preconizadas Segundo nossa reportagem pôde observar, o de água pelas repartições competentes.
pelas autoridades para a canalização do problema ainda irá agravar-se, pois, na rua Nenhuma providência, entretanto, foi
Córrego Verde Cardeal Arcoverde está sendo levantado um tomada, e, atualmente, a situação agravou-se
Em correspondência trocada entre a Câmara prédio de apartamentos sobre números 1665 mais ainda, existindo poucas cisternas onde a
Municipal de São Paulo e o Sr. Prefeito era e 1666, cujas paredes de cimento armado, população procura obter água pura e potável.
informado que a canalização do Córrego vedarão por completo a passagem das águas, Em Campo Limpo a situação é desesperadora
Verde está dependendo de uma viela que a galeria exígua como é, não suportará. em decorrência da poluição das cisternas,
projetada entre as Ruas Fradique Coutinho e Sem imediatas providências para o causada pela infiltração do líquido despejado
Matheus Grou. alargamento do Córrego, e, portanto, da pela Indústria Olamit, situada nas
No início da semana, alertados pelo leitor, Sr. referida galeria (feita pela incompetência de proximidades.
Álvaro Pereira, fomos até a rua Fradique seu construtor e pelo completo descaso das Os ácidos empregados na indústria
Coutinho, onde colhemos, do referido senhor, autoridades), nas futuras enchentes casos misturados à água são lançados ao córrego e
informações que certamente devem merecer mais graves ocorrerão. devido a diferença de nível infiltram-se nas
a imediata atenção das autoridades cisternas.
responsáveis. 16/06/1961
A solução apresentada, embora merecedora Estacas no leito do córrego 08/09/1961
de aplausos, não corresponde, infelizmente, Na Rua Teodoro Sampaio está sendo Esgoto para a Rua Cariris
às reais necessidades do problema, se construído um grande prédio, que tomará o Há tempos uma reclamação dos moradores
levarmos em consideração que o impetuoso no. 1812, e algumas estacas de concreto da Rua Cariris pela falta de esgotos nessa via
volume de águas que se formam durante as armado foram fincadas dentro do próprio central de Pinheiros.
enchentes tem por causa principal a córrego. As residências, tratando-se de terreno baixo,
estreiteza de uma galeria por onde as águas por ocasião das chuvas, sofrem
correm. 16/06/1961 transbordamento de suas fossas, lançando
Esta galeria irregularmente construída sob as Nós e a câmara detritos para a via pública, que transforma-se
casas que se defrontam com a rua Fradique Águas poluídas na Av. Vital Brasil em lamaçal de águas fétidas.
Coutinho e que têm os seguintes números:

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 30
15/09/1961 José Gonçalves e do mesmo lado da Rua conseguir, o mais breve possível, a
Em doze meses estará concluída a Fradique Coutinho, atravessando a Teodoro construção da segunda ponte, há tanto
Estação de Tratamento de Esgotos Sampaio e seguindo em demanda para o tempo prometida. Além disto, a Prefeitura
(Construtora Excel) Jardim América, onde faz curva atravessando deveria de imediato providenciar o conserto
“A captação, esclareceu o Sr. Nadrus, será a rua Iguatemi, até seu ponto final no Rio da atual.
feita nas proximidades do Hipódromo de Pinheiros.
Cidade Jardim, numa extensão de 1000m, por Solução para o problema 01/12/1961
meio de tubos, até a Estação de Tratamento (...) é o alargamento ou o aprofundamento da Será construída a nova ponte do Rio
localizada na rua Sumidouro. galeria para sua passagem sobre as casas de Pinheiros
Ocupará 60.000m2 em terreno de 80.000m2.’ números 592, 594, 596, 600, 602, 604 e 610 Segundo informou a nossa reportagem, o
da Rua Fradique Coutinho. Vereador Fernando Pereira Barreto conseguiu
22/09/1961 a aprovação da Câmara Municipal à sua
Galeria do Córrego Verde 10/11/1961 emenda 469/61 que concede crédito de 80
A prefeitura destinará verba de 1 milhão de Impõem-se como medida de emergência milhões de cruzeiros para construção de nova
cruzeiros para a conclusão da galeria do a limpeza imediata do Córrego Verde ponte sobre o Rio Pinheiros, ao lado da já
Córrego Verde, trecho compreendido entre as Esse abaixo assinado teve encaminhamento existente. Esclareceu o conhecido vereador
ruas Mariana Corrêa e Maria Carolina. na Prefeitura, e, na Seção de Obras 22, foi que o êxito de seu trabalho deve, em grande
Concluída esta parte será iniciada a expedida, com data de 29 de junho, a ordem medida, à cooperação direta dos vereadores
construção de galeria para alguns trechos do de serviço no. 351. Essa ordem, segundo Molina Júnior, José Sabino, Nazir Miguel,
Córrego do Diabo, “que constitui um dos mais informações fornecidas aos reclamantes que Marcos Melega, Moraes Neto e Américo
sérios problemas de nossa região”. nos visitaram, foi encaminhada à Secretaria Sugai. Sr. Fernando Pereira Barreto terá que
(Obs.: Estão sendo realizados estudos por da Higiene para as competentes desenvolver ainda intenso trabalho junto com
parte de estudantes de geografia e geologia determinações ao Setor Oeste da Limpeza o Prefeito Municipal a fim de que a citada
no bairro de Pinheiros). Pública. Entretanto, até agora, aquele Setor verba seja aplicada dentro do menor prazo
não nos cedeu qualquer aviso e com isso o possível.
03/11/1961 Córrego Verde continua acumulando entulhos Efetivada a medida trata-se do atendimento
Exige solução antes da fase chuvosa o que com as fortes cargas de chuva de uma justa reivindicação da população
problema do Córrego Verde represarão as águas, inundando suas pinheirense no setor do trânsito e que muito
Origem e curso do Córrego Verde margens. Trata-se, como se verifica, de beneficiará a nossa região, fato que torna
O Córrego Verde é formado pela junção de providência de emergência de baixo custo elogiável a atuação do Sr. Fernando Pereira
vários mananciais surgidos do seio da área para a municipalidade, que alega falta de Barreto.
entre as confluências terrenas da bacia verbas para uma definição definitiva do Extensão da rede de esgotos para o
formada pelos bairros do Sumarezinho e da angustiante problema. Bairro de Cerqueira César
Vila Madalena. Alguns anos já passaram A propósito do lamentável estado em que se
desde a sua canalização e captação, com 17/11/1961 encontram várias ruas do Bairro de Cerqueira
lajes de concreto, durante o percurso que faz Ponte sobre o Rio Pinheiros César, o deputado Sólon Borges dos Reis
em paralelismo com a Rua Luiz Murat, isto, A ponte de Pinheiros encontra-se em péssimo apresentou requerimento na Assembléia
até o começo da Rua Girassol. Neste local ele estado. Buracos enormes na pavimentação, Legislativa do Estado, que tomou o no.
se biparte, passando a parte canalizada e principalmente de um dos lados, agravam 1460/61. O conhecido parlamentar reclamou
capeada a correr subterraneamente pelas ainda mais o congestionamento do trânsito providências urgentes no sentido da imediata
Ruas Belmiro Braga e Matheus Grou, e a que ali constantemente se verifica. Aos extensão da rede de esgotos na área do
parte sem canalização, a céu aberto, como sábados, domingos e feriados, então assume referido bairro, privada do benefício.
sempre esteve e está, atravessando o início proporções assustadoras.
da Rua Inácio Pereira da Rocha; o fundo dos Tudo indica para que os vereadores 15/12/1961
quintais das casas do lado par da rua Padre empreendam esforços no sentido de

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 31
O Vereador José Sabino apresenta à condições de possibilitar melhor escoamento. Em audiência com o Secretário de Obras o Sr.
população aspectos de sua atividade na A Administração Municipal está na obrigação Prestes Maia, Prefeito da Capital, aprovou na
Câmara de solucionar o problema que é um dos mais última terça-feira o plano proposto pelo
(Obs: Esta representa uma longa reportagem sérios de nossa região. No orçamento do ano Departamento de Urbanismo relativo a
- 1a página - de onde foram extraídos trechos próximo apresentaremos emenda destinando abertura da praça na cabeceira oeste da
pertinentes à pesquisa em andamento.Nela verba propriamente para esta obra. Ponte Euzébio Matoso, sobre o rio Pinheiros.
são citados diversos problemas e pedidos da Esse plano prevê a execução e a construção
população pinheirense, como por exemplo, 22/12/1961 de uma segunda ponte paralela à existente,
um centro náutico, trânsito congestionado, o Estábulos em ruas residenciais do com passeios laterais de 1,5m e largura total
atravancamento do Largo de Pinheiros, Caxingui de 13m. Com a construção dessa ponte
pronto socorro para Vila Madalena.) (...) estábulos e chiqueiros nas ruas, quando deverá ficar solucionado o problema do
Um projeto de lei que tem merecido minha morre um animal é simplesmente lançado à trânsito para além do rio, ou seja, para as
atenção: é o de autoria do ex-vereador Mário rua (contraria portaria municipal). Rodovias Raposo Tavares e BR-2 que servem
Câmara, apresentado na legislativa anterior. Lixo espalhado pela calçada dá mau ao sul do país e oeste do Estado e os Estados
Trata-se do aproveitamento do rio Pinheiros, aspecto à via pública do sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande
como rio navegável. do Sul), permitirá ainda o plano ora aprovado
O assunto está merecendo estudos nas 29/12/1961 pelo Prefeito a construção da Av. Marginal do
comissões da Câmara e já tive oportunidade Prioridade para a construção da ponte Rio Pinheiros com ligação com a zona norte e
de acompanhá-los, visto que a propositura é sobre o Rio Pinheiros conseqüentemente opção de trânsito para as
de grande interesse para a nossa região, não Em entrevista coletiva concedida à imprensa, Vias Dutra, Fernão Dias e Anhangüera.
só no sentido de ligação com Santo Amaro e o Prefeito Prestes Maia, afirmou que a A ponte atual deverá ser ampliada na sua
Lapa, ligando-nos ao Rio Tietê, como também segunda ponte sobre o Rio Pinheiros, na Av. extensão para permitir a execução das obras
o incremento que virá proporcionar referido Euzébio Matoso, será realmente construída. da referida Av. Marginal. Cada uma das
Rio Pinheiros às nossas marginais. Essa é uma das obras, segundo declarou o pontes dará vazão ao trânsito obedecendo à
Também mereceu minha atenção especial o Prefeito, que terá preferência por parte do mão inversa de direção, o que será permitido
projeto de lei pelo qual a “Gazeta de Executivo Municipal. Trata-se de medida que com a ampliação da praça no final da R.
Pinheiros” tanto se debateu há tempos, na visa a solucionar um dos mais angustiantes Butantã.
legislatura passada, que dispunha sobre a problemas de trânsito na Capital, Com esse ato o Prefeito vem a confirmar
construção de uma nova ponte sobre o Rio notadamente por servir de saída para as declarações feitas no princípio do ano, de que
Pinheiros. Na verdade o problema aí está rodovias BR-2, Raposo Tavares , cujo uma das principais providências do Executivo
crescendo dia a dia, sem qualquer solução ou movimento aumentou consideravelmente, seria a solução do caso da Ponte sobre o rio
providência para resolvê-lo. A atual ponte, no devendo-se levar em conta, ainda ligação Pinheiros.
final da Av. Euzébio Matoso, é mais do que com bairros e municípios vizinhos em franco Conforme é do conhecimento público a
insuficiente para comportar o trânsito que ali progresso. situação do trânsito naquele local vem se
se desenvolve. Quem aos domingos e agravando ultimamente de maneira
feriados se dá ao trabalho de ali se postar e 19/01/1962 verdadeiramente alarmante. Há ocasiões em
apreciar o movimento, notadamente após o Aprovado pelo prefeito o plano para a que se formam filas enormes de veículos em
término das corridas do Jóquei Clube, e dos nova ponte sobre o muitos casos aguardando mesmo mais de
torcedores futebolísticos no Estádio do Rio Pinheiros uma hora para livrar-se do atravancamento, a
Morumbi e o regresso dos visitantes do A decisão foi adotada na última terça-feira decisão do Executivo Municipal vem, portanto
Instituto Butantã e Casa dos Bandeirantes ou durante audiência com o Secretário de Obras. ao encontro de justa reivindicação da
mesmo os que voltam de suas viagens do Aninhado a passeios laterais de 1,5m terá população pinheirense e numeroso
interior e cidades adjacentes, há de perceber largura total de 13m . Com a execução da contingente de pessoas interessadas no
a gravidade do problema de trânsito difícil medida será solucionado o grave problema problema. Cumpre salientar, além disso, que
motivado pela ponte atual, estreita e sem do trânsito em largo trecho da nossa região. devido ao volumoso trânsito que tem

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 32
suportado o leito da ponte existente já se nosso bairro entre as ruas Semaneiros, Costa levantada ao lado da atual ponte
apresenta cheio de buracos que reclamam Carvalho, Prof. Frederico Hermann Jr. e Av. O vereador Fernando Barreto solicita apoio
urgentes reparos. Marginal. O empreendimento é de grande dos colegas ao plano do Sr. Prestes Maia.
Aprovado o plano só nos resta reiterar a importância para a região de Pinheiros.
necessidade de que as obras tenham urgente Entretanto o problema do mau cheiro do rio 13/04/1962
andamento, levando-se em conta que Pinheiros não será solucionado quando do Caminham para solução satisfatória os
atenderá não apenas ao trânsito de veículos funcionamento da ETE, conforme se estudos para eliminação do mau cheiro
de vasto setor de nossa região, mas esperava. Pelo contrário, segundo fomos do rio Pinheiros
ponderável número de veículos procedentes informados nas imediações da estação deve Ninguém desconhece, em São Paulo, o
de três importantes Estados sulinos. ser ainda mais intenso o mau cheiro grande problema que aflige toda a zona sul,
provocado pelo Rio, apesar de ser prevista consubstanciado no mau cheiro que exala do
16/02/1962 uma área ajardinada de 5.000m2 em torno do rio Pinheiros, notadamente na época do estio.
Pedido de urgência ao Prefeito para as prédio principal. Técnicos do assunto vêm abordando o
obras do rio Pinheiros Preocupação problema e fazendo sugestões, até agora,
Voltou novamente o vereador Pereira Barreto Os moradores de toda zona próxima ao local porém, nada existe de concreto para que o
a falar da tribuna da Câmara Municipal sobre da Estação estão preocupados com o mau cheiro seja sanado, em benefício não
a construção da segunda ponte sobre o Rio assunto. Circulam rumores de que será apenas da própria população como dos
Pinheiros. praticamente impossível viver nas governos municipais e estaduais e com
imediações, uma vez que o mau cheiro será melhor aproveitamento de toda a área que
02/03/1962 insuportável. Em entrevista, que publicamos serve aquele rio, o que traria a seus cofres
Uma ponte impede o progresso anteriormente, com o Dr. Fernando Paes da maiores rendas. Atualmente a Secretaria de
Uma ponte, apenas uma ponte, construída Silva, engenheiro da Excel, a firma que está Obras promove a concorrência para aquisição
não há muito tempo por quem, construindo a Estação, confirmou aquele de aparelhamento que irá funcionar na
evidentemente, não teve visão de futuro ou técnico que de fato o mau cheiro não seria Estação de Tratamento de Esgotos, cujas
não acreditou no desenvolvimento fabuloso resolvido com a Estação de Tratamento, obras estão sendo levantadas na R.
de São Paulo impede hoje o progresso de entretanto o responsável pela sua construção Sumidouro, sobre cuja estrutura já tivemos
Pinheiros. Ela divide o nosso bairro em duas não deu margem em suas declarações a oportunidade de publicar em reportagem.
partes, isola uma parte relativamente densa maiores preocupações em relação ao Acontece que, embora venha a funcionar a
da outra e estrangula o trânsito que é feito assunto. ETE de Pinheiros, a 2ª de todo o estado, não
em sua maior parte por caminhões que levam Tratamento de água será solucionado o problema do mau cheiro
e trazem o fruto do trabalho de brasileiros de A fim de solucionar o problema o Governo do do rio Pinheiros, porque somente uma parte
São Paulo e sul. Estado teria incumbido outra firma a proceder receberá o tratamento necessário, que por si
Projeto a estudos visando encontrar uma solução só não é suficiente para sanar o mal.
A fim de aumentar, duplicando a sua largura, para o mau cheiro do rio Pinheiros e de outros Técnica moderna
pelo menos, a ponte sobre o Rio Pinheiros, o que tenham curso na área urbana da capital. Tendo conhecimento de que técnicos
vereador Pereira Barreto encaminhou à Essa firma teria um prazo definido para estudam o assunto junto a uma grande
Câmara Municipal projeto abrindo crédito encontrar a solução, que parece estaria no empresa, sediada nesta capital, Enphilco,
especial. tratamento das águas desses rios, eliminando firma especializada em serviços de água e
dessa forma o insuportável mau cheiro que esgotos e seu tratamento, estivemos na
09/03/1962 se agrava sobre tudo nos dias de calor. fábrica em Osasco e, obtivemos do Sr. Sílvio
Não acabará com o mau cheiro a ETE de L. Pereira, diretor-gerente e do engenheiro H.
Pinheiros 30/03/1962 Doele informações sobre o importante
Já tiveram início, como anunciamos O Prefeito Municipal enviou projeto de assunto.
anteriormente, as obras para a construção da lei à Câmara para construção de nova Esgoto aberto
ETE de Pinheiros, em local escolhido em ponte sobre o rio Pinheiros Será “O rio Pinheiros - disseram - é antes de tudo

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 33
um esgoto aberto, suas águas quase que aparelho e apresentados os resultados Sem perceber o volume de água que subia
completamente estagnadas não oferecem obtidos. rapidamente não tiveram tempo de safar-se
movimentação para os resíduos que O aparelho Voltaer é dos mais simples, se do abrigo escolhido, sendo arrastados.
recebem, aliás, não apenas resíduos, mas compõem de motor-turbina, este acionado Hermes, mais feliz, foi salvo por Antero
despejos químicos das fábricas existentes nas provoca movimentação da água e com isso a Salazar, morador na R. Iraci 163, que lhe
imediações. A falta de ar na água do rio penetração de ar dentro do rio, injetando atirou uma corda, enquanto Angel foi
provoca o mau cheiro e a formação de oxigênio que purifica o líquido. arrastado pelas águas que corriam rumo ao
detritos que não se dissolvem. A construção Sua colocação é das mais simples, pode ser rio Pinheiros.
de estações de tratamento resolve em parte instalada sobre flutuadores ou uma espécie Solicitado auxílio do Corpo de Bombeiros,
o problema, sua construção e manutenção, de ponte móvel, idêntico aparelho encontra- apesar dos esforços dos soldados, o menor
entretanto, é bastante vultuosa. Neste Rio se em experiência na cidade de Chicago, não foi encontrado na ocasião, procedendo-
dois problemas existem: um diz respeito a então vai ser remetido agora para o Rio de se as buscas no Rio Pinheiros.
Light nas proximidades da Estação de Janeiro onde a SURSAN fará experiências na
Recalque, os resíduos que se instalam nas Estação de Esgotos da Penha. 20/04/1962
tubulações provocam a perda de calor, Com o funcionamento do aparelho Voltaer, a Encaminhado ao Prefeito para
redundando em prejuízos elevados; o outro água não se tornará obviamente potável e aprovação projeto de saneamento para
se refere ao mau cheiro.” nem o rio será piscoso, mas a sujeira, o Córrego Verde
Os senhores doutores Armando F. Pêra, detritos, matérias químicas e orgânicas Existe uma lei que autoriza a Prefeitura a
técnico analista do Governo do Estado e José desaparecerão, o que resultará na ausência sanear o Córrego Verde, causa de
Maria da Costa Rodrigues estudam do mau cheiro. inundações, e prejuízo dos mais graves para
assiduamente o assunto que felizmente tem O que se verifica é que a adoção de métodos o bairro de Pinheiros.
solução. capazes de solucionar o problema trará Essa lei deverá ser agora regulamentada por
A aplicação do aparelho Voltaer, já em uso grandes benefícios à maior parte da região meio de decreto do executivo, cuja minuta já
nos EUA e diversos países da Europa, seria paulistana, que relativamente, talvez devido foi elaborada pela Comissão de Urbanismo e
ideal, entretanto, depende de estudos “in ao mau cheiro que exala do rio, não encaminhada ao Ibirapuera.
loco”. experimentou até hoje o desenvolvimento Segundo os estudos da Comissão de
A locação de diversas unidades seria assinalado por outros setores da capital. Urbanismo, baseada na lei, protegendo o
necessária, isso considerando o volume de Córrego Verde, haverá uma faixa sanitária de
água, correnteza, profundidade e população. 13/04/1962 largura de 6m e que compreenderá dois
Para um estudo de aplicações, pelo aparelho, Na R. Iguatemi um menor foi tragado trechos; um da rua Cardeal Arcoverde até a
será necessário antes de qualquer coisa que por enxurrada Teodoro Sampaio e outro desta última até a
se prove sua eficiência aos senhores do Durante temporal que desabou na tarde de rua Arthur de Azevedo.
governo, para tanto seria necessário um segunda-feira sobre a capital, atingindo Estamos informados que deverá haver
longo período de trabalho que demandaria 12 fortemente a nossa região, duas crianças desapropriações na área determinada. Essas
meses, isto porque todas as oscilações foram carregadas pela enxurrada que fez desapropriações irão atingir não apenas
possíveis decorrentes das estações que transbordar o riacho que atravessa a rua propriedades, mas prédios recém construídos
provocam maior ou menor densidade de Iguatemi. e com vários pavimentos Custará, pois, à
poluição e conseqüentemente o mau cheiro O menor Angel, de 11 anos, filho de Ramon municipalidade, uma verba das maiores para
seriam analisadas. Ávila, residente na rua Iguatemi no. 561, poder executar o que a lei determina e isso
Esse trabalho não seria de pouca monta, pelo apartamento 11, e mais Hermes de 9 anos, provocará a incúria dos governadores
contrário, atingiria possivelmente a 20 filho do Sr. Esperidião, morador do mesmo anteriores aprovando plantas e autorizando o
milhões de cruzeiros sem, todavia, trazer edifício apartamento 34, ao desabar o levantamento de edificações em áreas já
benefícios neste período pelo fato de exigir a temporal abrigaram-se sobre a ponte reconhecidamente caracterizadas como de
abertura de um braço de rio num existente na R. Iguatemi. utilidade pública. Nessas condições o que
determinado trecho, aí seria colocado o poderá acontecer é o retardamento, mais

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 34
uma vez, das obras necessárias, por não Entretanto, ante o clamor dos moradores as Os técnicos haviam previsto no início do
existir número disponível no Tesouro autoridades resolveram dilatar o prazo para a governo Carvalho Pinto, que uma verba de 2
Municipal. desocupação dos prédios por mais 15 dias bilhões e 150 milhões de cruzeiros seria
Todavia como o povo é por demais confiante, improrrogáveis. suficiente. Entretanto, em conseqüência do
esperamos pelas providências que dentro de À primeira vista, a localização desses aviltamento da nossa moeda e, logicamente,
poucos dias deverão ser tomadas pelo casebres, parece não prejudicar as obras, o aumento no preço do material de
Prefeito Municipal aprovando plano que mas a circulação de operários e caminhões construção, verificou-se que havia
deverá ser executado pela Comissão de dentro da área é obstruída daí a urgência da necessidade de gastar muito mais. Até o
Urbanismo e que deverá por fim a já não demolição dos mesmos. momento foram gastos 1 bilhão e 600
menos triste história do Córrego Verde. milhões, somando as verbas do atual governo
18/05/1962 chegaremos a 3 bilhões e 600 milhões de
27/04/1962 Ponte sobre o rio Pinheiros cruzeiros. É em verdade, uma fase decisiva
Faixa sanitária no Córrego Verde O trânsito para o Butantã e demais vilas cada que se inaugura, objetivando oferecer a São
Na data de 02 do corrente, a mesa da vez vai ficando mais prejudicado e difícil. Paulo uma Cidade Universitária que será o
Câmara Municipal encaminhou às Comissões Há mais de 5 anos vimos chamando a maior Centro de Estudos e Pesquisas,
de Justiça, Urbanismo, de Obras e Serviços atenção da Prefeitura Municipal da reservando para tanto 250 alqueires de terra.
Públicos e de Finanças e Orçamentos o necessidade da feitura de uma outra entrada A universidade bandeirante é digna dos
Projeto de Lei no. 193/62 da Prefeitura para a ponte, imprescindível ao escoamento planejamentos e sonhos do grande paulista
Municipal que aprova o traçado da faixa do trânsito. Nos domingos, sábados e Armando Sales de Oliveira. Foi no governo do
sanitária ao longo do Córrego Verde, trechos feriados e também às segundas-feiras, Prof. Carvalho Pinto que se criou o “fundo de
compreendidos entre Cardeal Arcoverde e quando se realizam corridas no Jóquei Clube construção”, através do plano de ação do
Teodoro Sampaio e Arthur de Azevedo numa ou jogos no São Paulo Futebol Clube, essa governo. Deste modo se lançam, enfim, os
extensão de 429m aproximadamente e com necessidade aumenta, levando-se às vezes alicerces definitivos da Universidade. Não
6m de largura. 45 minutos para se atravessar a única ponte poderia ter sido outra a escolha do local para
Após o pronunciamento dessas Comissões é existente. Por demais estreita já não construir a pomposa Cidade Universitária,
que o projeto de Lei irá a plenário para comporta o tráfego e representa um “funil”. pois apesar do crescimento da capital
discussão. Existe já um projeto de lei aprovando em 1 a paulista, a área se apresenta em magníficas
discussão, pendente de 2a discussão, o qual condições.
11/05/1962 deverá dentro em breve ser convertido em
Estações de Tratamento de esgotos: lei, se não for vetado. 01/06/1962
moradores têm 15 dias para desocupar o Mas, a verdade é que o problema aí esta Passará pela Av. Rebouças a linha de
local abusando da paciência de todos nós sem metrô de Pinheiros
Moradores dos casebres existentes no terreno qualquer solução. Apelamos à Câmara Publicamos na última edição que o Prefeito
onde esta sendo iniciada a construção da ETE Municipal que faça incluir em pauta de uma promulgou a lei desapropriando área
de Pinheiros, na R Costa Carvalho, junto ao das sessões o referido projeto de lei. destinada a ampliar a Av. Francisco Mourato
Rio Pinheiros, sofreram ação de despejo para a passagem do metrô que constituirá
movido pelo Executivo Estadual. 18/05/1962 um meio de ligação rápida entre diversas
Diversas famílias já dali saíram, mas existem Prosseguem em ritmo acelerado as zonas da capital.
algumas que não conseguiram outra obras da Cidade Universitária A propósito desta lei, procuramos ouvir o Dr.
habitação. Novo impulso será dado este ano nas obras Luís Carlos Berrini Jr., diretor substituto da
Despejo em curso na Cidade Universitária Armando divisão de Urbanismo da Municipalidade,
Dias atrás, atendendo a mandato judiciário, Sales de Oliveira, pois o governador Carvalho sobre o traçado e condições técnicas do
oficiais de justiça e praças da polícia Pinto, determinou a aplicação de 2 bilhões de referido metrô.
dirigiram-se ao local para incentivar o cruzeiros em construções diversas, até o fim Disse-nos aquele engenheiro: “O sistema de
despejo. de 1962. transporte rápido na capital paulistana será

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 35
resolvido pelos metrôs com linhas elevadas, Essa linha cruzará com as radiais norte-sul e Pinheiros, ao lado da existente, no final da R.
subterrâneas ou em nível, conforme o seu leste-oeste no centro da cidade, por onde os Butantã que virá resolver a questão do
traçado”. usuários poderão fazer as baldeações para trânsito naquele local.
“A linha que servirá a Pinheiros, constitui a outras direções.
radial sudoeste e ligará diretamente sem A linha de Pinheiros terá, praticamente, como 01/06/1962
baldeação, o Ipiranga a Pinheiros”. ponto de partida a confluência das ruas São Pinheirenses poderão visitar obras de
Essa linha cruzará com as radiais norte-sul e Luís e Consolação atravessando o espigão da instalação da Cidade Universitária
leste-oeste no centro da cidade, por onde os Paulista, e surgirá à Av. Rebouças, na altura Todos os domingos, às 9:00h parte do Largo
usuários poderão fazer as baldeações para da Rua Oscar Freire. de Pinheiros, um ônibus especial posto à
outras direções. Desse ponto em diante aproveitando o disposição do público pelo Fundo de
A linha de Pinheiros terá, praticamente, como canteiro central, seguirá em plano elevado na Construção da Cidade Universitária para
ponto de partida a confluência das ruas São direção a referida avenida até o Rio Pinheiros, visitas àquele local, gratuitamente.
Luís e Consolação atravessando o espigão da superando os terrenos do Jóquei Clube Nessa visita que constitui grande atrativo, as
Paulista, e surgirá à Av. Rebouças, na altura sempre em linha elevada para entrar pessoas são informadas minuciosamente
da Rua Oscar Freire. novamente em subterrâneo, e surgir na Av. sobre o que se constrói e se faz na Cidade
Desse ponto em diante aproveitando o Francisco Mourato, na altura da Estação da Universitária, onde atualmente já estão
canteiro central, seguirá em plano elevado na Light. funcionando alguns Departamentos das
direção a referida avenida até o Rio Pinheiros, Daí seguirá, já ao nível da rua, pelo canteiro faculdades de Filosofia, Medicina Veterinária e
superando os terrenos do Jóquei Clube central, até a divisa do município de Taboão Politécnica, com mais de 2500 alunos.
sempre em linha elevada para entrar da Serra.” Há ainda outros locais para serem visitados
novamente em subterrâneo, e surgir na Av. “Para a construção dessa linha, havia apenas como o Laboratório de Hidráulica, o terceiro
Francisco Mourato, na altura da Estação da a necessidade de desapropriação dos existente no Brasil e mais moderno que os
Light. terrenos situados na Av. Prof. Francisco situados na Guanabara e Rio Grande do Sul; o
Daí seguirá, já ao nível da rua, pelo canteiro Mourato, o que já é possível ante a Lei Centro de Botânica e Zoologia; o Reator
central, até a divisa do município de Taboão n5994 de 21 do corrente. Dentre as Atômico, etc. Além de apreciar de perto todas
da Serra.”. propriedades atingidas por esta Lei, figura a as obras existentes na Cidade Universitária o
“Prefeito promulgou a lei desapropriando área casa do artista Nhô Tônico que está localizada visitante terá oportunidade de conhecer um
destinada a ampliar a Av. Francisco Mourato na junção da Rua Lemos Monteiro e Francisco dos mais atraentes centros turísticos que se
para a passagem do metrô que constituirá Mourato.” edifica em nossa Capital, e que muitos
um meio de ligação rápida entre diversas “A linha do metrô será dupla, condições paulistanos não conhecem.
zonas da capital”. exigidas para um trânsito rápido e perfeito.
A propósito desta lei, procuramos ouvir o Dr. As paradas serão colocadas em distâncias 29/06/1962
Luís Carlos Berrini Jr., diretor substituto da nunca inferiores a 500m, atendendo ainda às Construção de outra ponte sobre o rio
divisão de Urbanismo da Municipalidade, condições de cada local.” Pinheiros: aberta concorrência para a
sobre o traçado e condições técnicas do sondagem do subsolo
referido metrô. 01/06/1962 (Trata-se da construção da ponte ao lado da
Disse-nos aquele engenheiro: “O sistema de Dentro de dois meses deverá ser Ponte Euzébio Matoso).
transporte rápido na capital paulistana será iniciada a construção de nova ponte
resolvido pelos metrôs com linhas elevadas, sobre o rio Pinheiros 06/07/1962
subterrâneas ou em nível, conforme o seu Trevos de acesso à Av. Marginal e para as que Assunto morto na Câmara:
traçado”. demandam cidades do sul  Equipes de aproveitamento do rio Pinheiros como
“A linha que servirá a Pinheiros, constitui a engenheiros prosseguem ao levantamento meio rápido de transporte
radial sudoeste e ligará diretamente sem dos cálculos de construção. O aproveitamento do rio Pinheiros para
baldeação, o Ipiranga a Pinheiros”. Dentro de dois meses deverá ser iniciada a navegação e ligação com o rio Tietê para
construção da nova ponte sobre o rio servir zonas ribeirinhas da Capital, tem sido

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 36
focalizado em várias ocasiões e mesmo Um grande melhoramento para a região Benefícios ao bairro
sugestões têm sido feitas sem que nada se São iniciadas as obras do primeiro estágio da A construção da ETE servirá a população de 3
concretize a respeito. ETE de Pinheiros. Futura estação permitirá mil habitantes, e trará ao bairro inúmeros
Em 1959 o Sr. Mário Câmara apresentou na urbanização total da área  Benefícios benefícios. O primeiro já realizado é o
edilidade um Projeto de lei sobre a navegação decorrentes do saneamento da gleba  saneamento total do local, onde antes se
no rio Pinheiros. Despejo pacífico dos moradores  acumulavam montes de lixo.
Nesse projeto era previsto o aproveitamento Prazo de um ano para a entrega da 1 a Disse o nosso entrevistado que foi preciso
do rio Pinheiros e rio Tietê como solução para parte remover do local cerca de 50.000m 3 de
os problemas vitais da Capital paulista, Dentro do prazo de um ano detritos.
porquanto daria vazão ao transporte de aproximadamente, estará pronta a primeira Além disso, está prevista a urbanização de
cargas e passageiros como acontece em parte da ETE, que o DAE está construindo no toda a área, que será inteiramente
várias capitais do mundo, cortadas por rios. bairro de Pinheiros, e que se localizará na R. ajardinada, e constituirá, segundo declarou o
Rios navegáveis Sumidouro, cruzamento com Costa Carvalho. Sr. Nadrus, um recanto pitoresco, um
Dentro do território da Capital, os dois A respeito do andamento das obras, a verdadeiro parque para o repouso da
principais rios não apresentam obstáculos à reportagem procurou ouvir o Dr. Nacir população. É possível até que seja construído
navegação e cortam a cidade em várias Nadrus, diretor do serviço de obras da no local um playground para entretenimento
direções passando por uma infinidade de Estação de Tratamento de Esgotos da DAE, o das crianças da região, pois a área se presta
bairros. Segundo o projeto do ex-vereador qual nos informou que as obras estão em a isso e o Estado tem recursos suficientes.
Mário Câmara em determinados portões de fase final de escavação e estaqueamento. O Segundo fomos informados, a própria
embarque, ou melhor dizendo, estações, e, terreno, já totalmente expropriado, mede construtora esta inclinada a doar uma piscina
embarcações de pequena tonelagem 96.000m2 e as construções ocuparão uma para as crianças.
atenderiam as necessidades. área de 70.000m2. Disse-nos ainda o Dr. Prazo para a entrega ao público
Assunto morto Nadrus que o problema de despejo dos A obra será concluída em dois estágios. No
Esse projeto, naquela oportunidade, julho de moradores ocupantes da gleba foi resolvido primeiro será feito tratamento preliminar dos
59, depois de ter sido considerado pela em absoluta paz. O governo propiciou detritos sólidos.
assistência técnica da Câmara e pela inclusive financiamento para mudança dos Esse estágio deverá estar concluído dentro
Comissão de Justiça foi encaminhado à mais necessitados. de 12 meses aproximadamente de acordo
Comissão de Utilidade que designou um Aspectos da obra com o contrato.
redator. A Estação de Tratamento, que custará ao O segundo estágio no qual serão tratados os
Entretanto, até agora, o projeto não voltou a Estado a importância de 500 milhões de detritos líquidos, ainda não tem prazo fixo
baila e o rio Pinheiros e o rio Tietê, continuam cruzeiros, será construída dentro de técnicas para término.
inaproveitáveis para um serviço público de modernas, propiciando, segundo o Dr. Nacir
alta significação para os interesses Nadrus, uma sensível diminuição do mau 07/09/1962
econômicos do Estado e do Município e cheiro que exala do rio Pinheiros. A própria Obras públicas em andamento
conforto da população. Estação não terá cheiro algum, em virtude de produzirão a valorização das margens
processos técnicos que permitem a do Pinheiros - Possível aproveitamento do
27/07/1962 combustão dos gases. O projeto, agora leito do rio para atividades esportivas,
A Secretaria de obras iniciará definitivo, é de responsabilidade dos transporte e turismo - Encontra-se em estágio
brevemente a construção da ponte engenheiros José Augusto Martins, professor avançado as obras da ETE, na Rua Ferreira de
sobre o rio Pinheiros da Politécnica, José Maria Rodrigues e Max Araújo - Anuncia-se também a possibilidade
(É noticiado nesta reportagem que o início Lotareff. Sua confecção definitiva custou de a Prefeitura de São Paulo contratar
das obras da 2a ponte sobre o rio Pinheiros cerca de 3 milhões de cruzeiros. serviços de tratamento de água do rio
ocorreria dentro de muito pouco tempo) A construção está a cargo do consultório de Pinheiros.
construção e engenharia “Excel S/A”, que Esses melhoramentos públicos, produzindo
10/08/1962 venceu a concorrência. segundo os técnicos, extinção ou sensível

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 37
redução do mau cheiro e poluição das águas tradicional e ocupando papel de relevo na Capital, tem necessidade de execução de
do rio Pinheiros, acarretarão história de São Paulo, tendo nascido mesmo uma série de obras públicas. Obras estas que
necessariamente, uma vultuosa valorização com Piratininga; não existe geograficamente, vem pleiteando desde há muito tempo,
das terras ribeirinhas do rio Pinheiros, hoje nem administrativamente, nem através de seus jornais e da palavra de seus
quase totalmente desertas, em vista das más judicialmente. Só existe como símbolo. Não é representantes legislativos. Prescindindo da
condições sanitárias do rio. justo. Por isso estamos empenhados numa segunda ponte sobre o rio Pinheiros que, ao
Urbanização campanha de âmbito público, para conseguir que tudo indica, vai ser empreendida, há
Em virtude da sua valorização, que se prevê a criação do subdistrito de Pinheiros  disse outras obras de grande importância local, que
inevitável, acredita-se que as áreas que o Dr. Geraldo Chaves Salomão, um dos mais foram aprovadas há anos, e que ainda não
margeiam o nosso rio sofrerão completa entusiastas da criação do subdistrito de foram iniciadas.
urbanização, o que, sem dúvida, transformará Pinheiros.
a paisagem hoje devastada do rio Pinheiros. Limites do subdistrito 02/11/1962
As obras públicas mencionadas deverão Para início de discussão foram estudados os Em novembro o edital de concorrência
produzir ainda o aproveitamento do leito do seguintes limites geográficos para o futuro pública para a 2a ponte sobre o rio
rio Pinheiros, que poderá ser utilizado para subdistrito de Pinheiros: Av. Rebouças, Av. Dr. Pinheiros
navegação, especialmente para o transporte Arnaldo, R. Cardeal Arcoverde, R. Pedroso de Após um longo compasso de espera,
de carga. Moraes, Av. Diógenes Ribeiro de Lima, enquanto eram concluídos os projetos de
Recreação Estrada do Jaguaré, Av. Marginal, Av. Vital urbanização e estrutura, e vencidos todos os
É possível que a realização dos Brasil, Av. Prof. Francisco Mourato, Av. Jóquei obstáculos, inclusive a propalada falta de
melhoramentos públicos que aludimos torne Clube, Cidade Jardim, Iguatemi e Rebouças. recursos do Município, parece que desta vez
possível também a criação de clubes náuticos vão ter início as obras da 2 a ponte sobre o
como acontece em trechos do rio Tietê, em 19/10/1962 Pinheiros. Obra que representa solução para
cujas margens estão os Clubes Tietê e Será aberta concorrência pública para uma série de problemas não só da região de
Floresta. Com a concretização dessas construção da ponte sobre o rio Pinheiros como da própria capital
perspectivas, a população de Pinheiros terá Pinheiros bandeirante.
um local para passeio, diversão e repouso. Em fase final o anteprojeto de estrutura Discussão na Câmara
- Verbas municipais - Aprovada a Confirma-se a notícia pelo discurso
14/09/1962 construção de uma terceira ponte pronunciado, de 29 de outubro último, na
Vereador pinheirense denuncia descaso Nova ponte Câmara Municipal, pelo Dr. Nazir Miguel,
do Prefeito no atendimento dos Podemos adiantar ainda que se encontra em através do qual deu conta a seus pares da
problemas do bairro e região fase de execução o anteprojeto de uma 3a notícia, e se congratulou com o Prefeito
Ponte do rio Pinheiros - Instalação de ônibus ponte, que se localizará na Av. dos Prestes Maia.
elétricos. Limpeza pública. Semaneiros, no Alto de Pinheiros. Esta nova Após relatar as gestões que levou a efeito,
obra de arte facilitará o escoamento do com a colaboração de seus colegas
21/09/1962 trânsito para o Butantã e Cidade pinheirenses na Câmara, e as campanhas
Trabalhos da ponte sobre o rio Pinheiros Universitária, revestindo-se igualmente de realizadas pela imprensa do bairro, o Sr. Nazir
seriam custeados pela União grande importância para o desenvolvimento Miguel disse: “Hoje pela manhã, em contato
de nossa região. com o Sr. Secretário de Obras, tive a notícia
19/10/1962 de que a segunda ponte do rio Pinheiros teria
Serão lançadas em breve campanhas 26/10/1962 seu edital de concorrência publicado dentre
para a criação do subdistrito de Município não tem recursos para os 10 e 15 do próximo mês, infalivelmente. ”
Pinheiros executar obras há tanto tempo A seguir o edil pinheirense comentou a
Pinheiros com suas entidades assistenciais, aprovadas em nosso bairro importância e necessidade da obra,
seu comércio, igreja, seus clubes, seu O bairro de Pinheiros, não seguindo o que “verdadeira coluna dorsal de São Paulo, pois
importante rio, tudo isso levando o nome acontece com a maioria dos bairros da atende a todo o sul do país, atende a BR-2,

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 38
além de atender às necessidades do Estádio dentro em dias será publicada a canalização do Córrego Verde. Acrescenta
do São Paulo Futebol Clube, do Jóquei Clube e “concorrência pública” para a construção que esta faixa sanitária será gravada de
toda a zona do Butantã e adjacências.” dessa “almejada” ponte. As dificuldades que servidão “non aedificandi”, isto é, a proibição
Alargamento da Av. Prof. Francisco sua falta tem causado são inúmeras, já por de construções sobre o referido curso d’água
Mourato tantas vezes por nós aqui enumeradas. para simplificar a canalização.
Estamos informados que o Prefeito Prestes As autoridades já conhecem bem o problema, O artigo segundo especifica as verbas
Maia, em declarações prestadas à imprensa mas quem mais sofre as suas certas necessárias para a execução do serviço. O
paulista, disse que espera anunciar e para conseqüências é a população de nossa região projeto em pauta é acompanhado por uma
breve o auxílio de recursos federais para o pinheirense e notadamente os municípios que exposição de motivos elaborada pelos
alargamento da Av. Prof. Francisco Mourato. existem além Butantã. Agora, temos quase técnicos do Departamento de Urbanismo, que
Para efeito desta obra, técnicos da Prefeitura certeza que este problema será solucionado. diz, entre outras coisas: “a execução de viela,
já estão elaborando os planos necessários Sem dúvida alguma, mais uma reivindicação no lugar da faixa sanitária seria
para as necessárias expropriações. alcançada pelo povo, através deste órgão de desaconselhável, uma vez que, em virtude do
imprensa “Gazeta de Pinheiros”. Neste expropriamento das áreas necessárias à sua
09/11/1962 instante, em que vemos coroados de êxito abertura, os lotes situados à Rua Fradique
Criação do distrito de Pinheiros na nossos trabalhos e esforços e que nos Coutinho seriam seccionados, a parte dos
opinião de vários de seus moradores sentimos pagos pela angústia da espera fundos ficaria isolada do restante sem acesso.
Inicia-se em nosso bairro uma campanha aflitiva. Oxalá a “ponte sobre o rio Pinheiros” Além disso, a instituição da servidão”non
para a criação do distrito de Pinheiros, tendo tenha logo o início de suas obras. Enfim, ela aedificandi” é economicamente mais
sido preparado um memorial que, no devido será construída... vantajosa para a Prefeitura, porquanto esta
tempo, será encaminhado ao Presidente da terá apenas, que indenizar os proprietários
Assembléia Legislativa de São Paulo. Os 16/11/1962 dos imóveis servientes.”
primeiros trabalhos, conforme publicamos, Edilidade paulista. - Canalização do Repercussão
foram iniciados pelo Dr. Geraldo Chaves Córrego Verde em nosso bairro. - O A iniciativa do chefe do executivo
Salomão, conhecido médico pinheirense. projeto do executivo. - Verbas. - bandeirante e a aprovação do projeto foram
A respeito desta iniciativa que, sem dúvida, Exposição de motivos. - Repercussão muito bem recebidas pela população de
será justiça ao nosso bairro, procuramos ouvir A Câmara Municipal de São Paulo aprovou em nosso bairro, uma vez que se trata, como
algumas pessoas, de várias classes, segunda e última discussão enviando-o a dissemos de problema antigo. O vereador
buscando, numa enquete de opinião pública, execução, o Projeto de Lei 193/1962, do pinheirense Nazir Miguel, em discurso
o ponto de vista dos moradores do nosso executivo, que autoriza o traçado de faixa pronunciado na tribuna da Câmara Municipal,
bairro. sanitária ao longo do Córrego Verde, entre as a 7 de novembro último, congratulou-se com
ruas Cardeal Arcoverde e Teodoro Sampaio e o Prefeito da Cidade e com a população de
09/11/1962 entre esta última e a Arthur de Azevedo, nas nosso bairro, dizendo: “quero deixar gravado,
Nós e a Câmara extensões aproximadas de 209,50 e 219,50m nos anais desta Casa que eu, pelo menos,
Enfim a ponte... respectivamente. vereador de Pinheiros, reconheço em Sua
Há mais de 5 anos vimos lutando nesta A medida vem de encontro a uma velha Excelência ainda grande Administrador e dou-
sessão e alardeando à Administração aspiração do nosso bairro, pois solucionará lhe este crédito de confiança, porque sei que
Municipal sobre a urgente necessidade da um problema que há tantos anos vem sendo Sua Excelência, ao deixar a Casa o fará
construção de uma nova ponte. objeto de solicitações e sugestões da deixando-a absolutamente em ordem”.
Os primeiros números de a “Gazeta de imprensa local e dos representantes da
Pinheiros” publicaram a reivindicação popular região junto aos Poderes Públicos. 16/11/1962
e que constituíra um elemento a mais a O projeto Nova sugestão para os limites do futuro
contribuir para o desenvolvimento de nossa Em seu artigo 1, o Projeto de Lei do subdistrito de Pinheiros
região e concretizar a obra. Assim falamos, executivo aprova a execução da faixa Começam já a repercutir em todo o bairro os
porque já é do conhecimento público que sanitária, que terá uma largura de 6m, para a primeiros movimentos em prol da criação do

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 39
subdistrito de Pinheiros, campanha que um rodovias que servem à capital paulista. Mais Paulo”. “Quando lhe extinguiram a paróquia
grupo de pinheirenses está encabeçando. fácil acesso ao centro de abastecimento do que garantia a sobrevivência do aglomerado”
O Coronel Argio Nogueira Valente, em Jaguaré, à Cidade Universitária e ao litoral, pelo decreto da regência datado de 21 de
palestra com nossa reportagem, disse que, através da Via Anchieta, são outras tantas março daquele ano, começou a sofrer
há muito tempo, “vem indagando sem vantagens que o pequeno contorno de São desmembramentos no vasto território, com a
resposta qual a razão de não constituir o Paulo trará à nossa região. criação dos subdistritos de Vila Cerqueira
bairro de Pinheiros um distrito paulistano”. Verbas César, Butantã, Jardim América e Vila
Prosseguiu afirmando que dará todo o seu O Anel Rodoviário será executado com auxílio Madalena como demonstramos na
apoio à iniciativa e sugere os seguintes de verbas do Estado, do Município e da fundamentação histórica que acompanha o
limites para o futuro subdistrito: Praça União, tendo já esta última reservado em memorial à Assembléia Legislativa.
Benedito Calixto, Rua Henrique Schaumann, orçamento uma importância de 500 milhões
Av. Rebouças, Av. Euzébio Matoso, Rio de cruzeiros. 14/12/1962
Pinheiros, Estrada de Boiaçava, Estrada das Manifestações contrárias à idéia da
Boiadas, a R. Pedroso de Moraes (inclusive 23/11/1962 criação do subdistrito de Pinheiros
Alto de Pinheiros) e R. Cardeal Arcoverde. Publicado o edital de concorrência para
a construção da 2a ponte dos Pinheiros 11/01/1963
16/11/1962 Criação do subdistrito de Pinheiros
Construção do Anel Rodoviário trará ao 30/11/1962 Medida que se impõe para preservar seu
nosso bairro benefícios especiais Lançada em Assembléia Campanha de próprio nome.
O pequeno contorno de São Paulo, Anel Criação do Subdistrito de Pinheiros Pinheiros, como toda gente sabe, tem sua
Rodoviário que interligará as principais origem na primitiva aldeia catequética da
rodovias estaduais e federais, cujos planos já 07/12/1962 Companhia de Jesus. E, como tal floresceu da
se encontram elaborados, afora as vantagens Criação do Subdistrito de Pinheiros expulsão desses religiosos do Brasil em 1759.
de caráter geral para São Paulo, trará uma A Igreja de Pinheiros no início e meados do
grande soma de benefícios para o nosso 07/12/1962 século XVII, quando ainda pertencia aos
bairro e região. Aprovados os planos iniciais para a jesuítas representou papel muito importante
Destaca-se neste sentido, a execução de uma construção do Anel Rodoviário para a sobrevivência do aglomerado,
terceira ponte, que ligará Pinheiros à Cidade transformando-se em local de romaria para a
Universitária, a ser construída possivelmente 14/12/1962 própria população paulistana.
na Av. dos Semaneiros, sem contar a Criação do Subdistrito de Pinheiros no Como se vê nas atas da Câmara Municipal de
execução da segunda ponte da Euzébio tempo e no espaço Matias de Faria São Paulo, referentes a 6 de setembro de
Matoso, que deverá entrar em concorrência Jordão (membro da Comissão 1608 e 8 de setembro de 1663, como nos
ainda este mês. Permanente para a criação do informa Corifeu de Azevedo Marques, em
Essas obras de arte consideradas como subdistrito de Pinheiros de Piratininga) trabalho histórico comemorativo do sexto
pormenores obrigatórios dentro do traçado Segundo vários autores, Pinheiros existe no centenário de Pinheiros publicado em edição
geral do Anel Rodoviário, beneficiarão tempo desde 1560 e, segundo outros, desde especial da Voz de São Paulo em 1960.
especificamente o nosso bairro, solucionando a fundação do Colégio dos Jesuítas em 1554 O decreto da regência, entretanto, datado de
o grave problema do congestionamento do nos Campos de Piratininga. 21 de março de 1832 suprimindo-lhe a
trânsito, especialmente na Rua Butantã e No espaço, existiu em toda plenitude paróquia afetou profundamente a vida da
Largo de Pinheiros. territorial até 1832, do Espigão do Caaguaçu povoação, que a partir desta data
Outras vantagens (Av. Paulista) avançando além do rio permaneceu isolada como um núcleo à parte
Pressentindo dos benefícios mais importantes Pinheiros, atingindo o Pirajuçara, do Município de São Paulo, até o
acima referidos, Pinheiros lucrará sobre confrontando com o extenso Embu de restabelecimento da aludida paróquia em
outros pontos de vista, pois estará ligado, outrora, como podemos ver num livro de 1900.
assim como outros bairros, às principais nossa autoria. “O Embu na história de São

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 40
Nesses sombrios 68 anos em que ficou Até bem pouco tempo nossa Faculdade de 11/01/1963
subordinada à paróquia da Consolação, Medicina, como observa com muita Dos problemas da região de Pinheiros
começou Pinheiros a sofrer invasões em seu propriedade o Dr. Geraldo Chaves Salomão, restou para 1963 um saldo negativo.
território que abrangia a extensa área que era conhecida como Faculdade de Medicina Solucionados alguns problemas - Outros em
partindo do espigão do Caaguaçu (Av. de Pinheiros e hoje já vai mudando para via de solução - Perspectivas para o ano
Paulista) atingia além do Rio Pinheiros, o Faculdade de Medicina do Araçá. A antiga O bairro e região de Pinheiros, que sentiram o
Pirajuçara confrontando com o Embu de denominação efetivamente já se circunscreve impacto do grande progresso, viram surgir, às
outrora. Primeiro criou-se o atual Distrito de a uma área bem menor correspondendo margens de seu desenvolvimento, uma série
Vila Cerqueira César, depois Butantã, Jardim aproximadamente ao núcleo da primitiva de problemas de ordem administrativa, quer
América e ultimamente Vila Madalena. aldeia, aquém Rio Pinheiros acabando com o no setor de obras públicas, quer na parte
De Pinheiros só nos restou o nome, e se não decorrer do tempo por desaparecer referente ao trânsito, condições de transporte
houver providência imediata, como a que se completamente. O próprio Rio Pinheiros já coletivo, etc. Como por exemplo, a questão
pleiteia, de se criar o subdistrito em não é o mesmo, além de retificado teve seu da ponte sobre o rio Pinheiros, colocado em
determinada área da região, a antiga e curso invertido para encontrar com as águas 1° lugar na ordem de importância, este
tradicional denominação será fatalmente do rio Tietê a Represa do Guarapiranga, problema mereceu da Administração
tragada e absorvida pelo progresso e assim como a Instituição que gerou seu Municipal atenção especial.
desenvolvimento dos subdistritos que lhe nome, como a da aldeia, a primitiva Entretanto, por motivos que desconhecemos,
ocuparam o antigo território. Companhia de Jesus, extinta pela bula papal as providências de caráter burocrático
Não precisamos ir muito longe para de 1773 e restaurada no Brasil em 1841 arrastaram-se e vão se arrastando, sem que
comprovarmos o que afirmamos, quem se também já não é a mesma. algo de prático tenha sido iniciado.
lembrará de que a Capitania de São Vicente Outro exemplo é o transporte coletivo,
abrangia todo este território de 12 léguas 11/01/1963 numerosas pessoas residentes no bairro de
abaixo de Cananéia até pouco acima de Cabo Sujeira e foco de moscas em terreno além Pinheiros, como do Alto de Pinheiros
Frio, quem se lembrará que a Vila de São inundado pelas chuvas protestaram, repetidas vezes, contra as
Vicente, fundada a 22 de janeiro de 1532, foi O senhor Matias Rodrigues da Costa, morador condições deficitárias do nosso transporte
a sede da respectiva Capitania, e, no entanto da Rua Arthur de Azevedo n° 1105, coletivo.
o que foi que aconteceu? apresentou-se em nossa redação a fim de Vale a pena repetir nessa oportunidade que a
Santos fundada por Brás Cubas suplantou denunciar uma grave irregularidade sanitária instalação de ônibus-elétrico, em substituição
logo a seguir a célula mater, e o existente no bairro. Segundo disse nosso aos bondes, solução que acreditamos ideal,
desenvolvimento de São Paulo por sua vez visitante, existe um terreno baldio na Rua nem sequer foi estudada pelos poderes
acabou por absorver o próprio nome da Joaquim Antunes, vizinho ao n° 616, onde ao competentes.
Capitania que passou a se denominar que parece será construído um prédio. Na questão das obras públicas, apesar de
Capitania de São Paulo. Se São Vicente não Acontece que, com as chuvas contínuas de uma série de obras inauguradas este ano no
desapareceu foi porque tinha a proteção de alguns dias atrás, a água ficou estagnada no bairro e região de Pinheiros, o saldo ainda é
um território invadido e reduzido à pequena centro do terreno, sem possibilidade de negativo, pois numerosas outras, de ordem
área embora legalmente constituído e que vai escoamento constituindo-se foco de sujeira e diversa, estão pedindo soluções imediatas.
conservando e procurando atualmente moscas. Tivemos é fato a concretização de algumas
acertar o passo com o extraordinário Além do perigo que pode representar em si obras, como a Estação de Tratamento de
progresso santista. Ilude-se evidentemente mesma, esta pequena lagoa artificial está Esgotos e a canalização do Córrego Verde.
quem pretende a perpetuação do nome de sendo utilizada por crianças que ali vão se As perspectivas
Pinheiros sem o território correspondente, divertir, expondo-se a possível contaminação. Pinheiros e região, repetimos, cresceram e se
sem a criação do seu subdistrito. A vasta Além disso, a água está minando os muros desenvolveram tão poderosamente em 1962,
extensão que ostenta, como afirmam, sobre vizinhos, pondo em risco a segurança dos tornando-se uma das unidades urbanas mais
território alheio é miragem que logo se moradores. prósperas de São Paulo.
desvanecerá.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 41
Por outro lado, esta mesma pujança trouxe construção de um viaduto de 42m de problema ou alguém irá ao Judiciário para
consigo problemas dos mais variados, que comprimento por 26m de largura, que compeli-la ao cumprimento do seu dever!
precisam ser solucionados. passará sobre os trilhos da Estrada de Ferro
Sorocabana e Av. Marginal do Canal do rio 25/01/1963
18/01/1963 Pinheiros. Ponte sobre o rio Pinheiros: Vitoriosa
Empreendimento de vulto será iniciado A medida, aprovada pela Municipalidade para toda a nossa região.
em breve no bairro. Paulistana, vindo de encontro a uma velha O vereador pinheirense Nazir Miguel fala à
Edifício de 12 andares - Garagem subterrânea aspiração, além de resolver de vez o reportagem a respeito da autorização da
para 80 carros problema do trânsito, promoverá, sem dúvida assinatura de contrato para a construção da
Cinema de luxo - Galeria de lojas - “Um um grande surto de progresso notadamente 2a ponte na Euzébio Matoso.
monumento ao progresso de Pinheiros”. nos bairros localizados para além do Rio
Pinheiros verá surgir, dentro de pouco tempo, Pinheiros, constituindo-se o início de uma 08/02/1963
uma obra arquitetônica de grande vulto. nova época de desenvolvimento para toda Nós e a Câmara
Trata-se da construção, no local onde uma vasta região. As marginais do Pinheiros
funciona o Cine Brasil, que já está sendo Há muito tempo ventilamos aqui a notícia e
demolido, de um edifício de 10 a 12 andares, 25/01/1963 fizemos um apelo ao poder Municipal, no
que ocupará uma área construída de Nós e a Câmara sentido de utilizar-se as marginais do rio
12.000m2, devendo ser o maior edifício de Um bueiro ameaçador Pinheiros, fazendo ali abrirem as suas
toda a região. À rua Eugênio de Medeiros, frente ao imóvel marginais, para facilitar o escoamento do
O proprietário do empreendimento, Sr. Nuno n° 316, há um bueiro. Ao que se diz e nosso trânsito já tão congestionado e
Vaidergorn informou que as obras segundo o fim para o qual foi construído, aborrecido. Isto faz anos.
preliminares de sondagem e fundações serviria ou haveria de servir para o A atual Av. Dr. Vital Brasil não comporta o
deverão se iniciar dentro de 60 dias e que escoamento das águas pluviais. Mas, tal não trânsito intenso que ali corre. Há necessidade
pretende instalar, no alto do edifício, um acontece. Os moradores daquele trecho, de ser aberta a Marginal do rio Pinheiros,
grande relógio, “o Big Ben de Pinheiros”. desde a sua construção, ocasião em que foi principalmente no trecho que vai até a atual
pavimentada a referida via pública, vêm ponte na Euzébio Matoso. E isto, do lado de
25/01/1963 queixando-se à Administração Municipal. cá. Do lado de lá, também se impõe a mesma
Sexta República Atendendo ao apelo de um dos munícipes- medida, dando acesso à Lapa, Alto da Lapa,
Desde às 18:30h de ontem esta implantada proprietários ali residentes, num dia de Alto de Pinheiros e Vilas e Bairros adjacentes.
no Brasil a 6a República. Revogado pelos aniversário, fui ali. Por coincidência, choveu, O Sr. Prefeito deveria ordenar à Secretaria de
poderes legislativos o Ato Adicional, indicados (chuva regular e não muito pesada). As águas Obras que estudasse o assunto e com a
os ministros presidencialistas, inicia-se uma ali se acumularam e pouco depois invadiram urgência que a Região está merecendo.
nova fase política para a Nação. o jardim e subiam para a casa. Foi um
espetáculo! Idêntico a este havido nas 15/02/1963
25/01/1963 imediações do Mercado Municipal e Rua Paula Obras públicas no Butantã.
Prefeitura autoriza assinatura de Souza, há pouco tempo! Só com a diferença O Prefeito Prestes Maia autorizou a
contrato para a construção da ponte de que este foi o “castigo” aos “tubarões” e construção de galeria e reforço de captação
sobre o rio Pinheiros. os que acorrem na R. Eugênio de Medeiros em diversas embocaduras, a fim de que
Finalmente assistirá a solução do seu frutos da inépcia administrativa. Os imóveis, sejam concluídos os serviços de
problema mais grave, que vem sendo, desde com a constância dessas inundações pavimentação e obras complementares em
há muitos anos objeto de numerosas gestões. causadas por este “bueiro” ou “boca-de- execução na Av. das Missões e Rua Belchior
O Prefeito Prestes Maia autorizou a assinatura lobo”, aos poucos vão tendo seus alicerces Pontes no subdistrito do Butantã.
do contrato para a construção da 2 a ponte minados e então, o que poderá acontecer, é
sobre o rio Pinheiros ao lado da atual. Além aguardar que a Prefeitura tome as 15/02/1963
da ponte, o ato do Prefeito prevê ainda a providências necessárias, pondo a salvo o

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 42
Cidade Universitária: Poderoso fator de solução se arrasta há anos. Construção de do referido Córrego, em seu braço sul, e até
desenvolvimento para a nossa região uma terceira ponte sobre o Pinheiros, agora nenhuma medida prática foi tomada
A Cidade Universitária, cujas obras caminham provavelmente na Av. Semaneiros, pela Prefeitura.
rapidamente, já se constitui um ponto saneamento do leito do rio, urbanização do Desabamentos
obrigatório para visitas, dada à grandeza de trecho final da Av. Euzébio Matoso, no O problema, como dissemos, tomou
sua área, o aspecto moderno de sua Butantã, alargamento e urbanização do Largo proporções alarmantes quando da chuva da
arquitetura, especialmente o embelezamento de Pinheiros, condições de transporte, última segunda-feira, especialmente no
urbano que vem dando a uma grande região. trânsito, e muitos outros, são problemas que trecho inicial da Rua Girassol, em Vila
Sua concretização reflete bem a pujança de a Cidade Universitária terminada agravará, Madalena, altura do n° 70, onde numerosas
São Paulo, o espírito bandeirante que provocando a necessidade de soluções paredes ruíram, devido à força das águas.
continua a impulsionar os paulistas para urgentes. As fotos que reproduzimos são bem um
novas conquistas, para caminhos de Outros reflexos atestado do que aconteceu com numerosas
progresso e grandeza. Como dissemos, Pinheiros é, por muitas famílias, que sofreram dessa vez um prejuízo
O Campus e Pinheiros razões, entre as quais se destaca a sua sem precedentes. As águas, vindo do Alto de
A realização da Cidade Universitária, cuja facilidade de ligação com o centro da Capital, Vila Madalena, impossibilitadas de escoar
idéia vem de 1934, pode ser considerada sob através de numerosas vias de acesso, uma normalmente, invadiram uma centena de
múltiplos aspectos. região disputada. A Cidade Universitária residências, atingindo a altura de mais de
Sua importância ultrapassa os limites de São promoverá, com certeza, um aumento 1m. Muros, paredes e partes inteiras de casas
Paulo, para projetar-se em todo o Brasil e no sensível deste interesse, pois milhares de foram ao chão, levando móveis e utensílios,
exterior. pessoas ligadas ao “Campus” procurarão dando ao local um aspecto de completa
Para o nosso bairro, e isto é o que nos estabelecer moradias em Pinheiros. destruição.
interessa mais de perto, o “Campus” onde se Comércio, indústria, negócios imobiliários, Na Rua Henrique Schaumann
erige o grande Centro Universitário, enfim a totalidade de nossos setores de Quase a mesma coisa aconteceu na R.
representa um fator de grande progresso. Ele atividade sofrerão o impacto de um poderoso Henrique Schaumann, altura do seu
fará convergir para Pinheiros e adjacências impulso, que fará, com certeza, da região, cruzamento com a R. Arthur de Azevedo,
novos interesses, novas e mais poderosas uma das unidades urbanas mais prósperas e onde as águas invadiram, igualmente, grande
fontes de desenvolvimento. Assim que importantes de toda Capital Bandeirante. número de casas, causando numerosos
começarem a funcionar, em sua totalidade, estragos.
as numerosas faculdades e institutos que 01/03/1963 Não é de hoje que a imprensa de nosso
comporão a Cidade Universitária, Pinheiros Inundações e desabamentos atestam a bairro, seus representantes legislativos e
assistirá a solução de quase todos os seus incompetência do Governo da Capital população em geral têm procurado alertar as
problemas, será abalado por uma nova força As pesadas chuvas que caíram sobre a cidade autoridades municipais sobre o problema,
progressista, que mudará sua paisagem de São Paulo na última segunda-feira, sem que o Sr. Prefeito determine uma medida
urbana. especialmente na região de Pinheiros, sequer, permanecendo distante e
O agravamento dos problemas levantaram mais uma vez num problema despreocupado.
Como conseqüência que se pode prever gravíssimo, que vem causando prejuízos O pior é que a Capital não dispõe de serviços
como lógica, deverá aumentar enormes à nossa população, pondo em adequados de salvamento, pois o Corpo de
profundamente o interesse de grandes desespero centenas de famílias. Bombeiros não vence a centenas de
massas de população pela a região de Trata-se do crônico problema do Córrego chamados em tempos de chuva. Foi o que
Pinheiros, que já é uma das mais disputadas Verde, que transborda a cada pequena chuva, aconteceu em Vila Madalena. Os moradores
da Capital. O preço dos imóveis em toda a e se transforma em calamidade pública por das casas sinistradas pediram socorro
região prova este fato. ocasião dos grandes temporais. reiteradamente, sem conseguir. Foram os
O fato acarretará, necessariamente, o O que é mais estranhado, é que já há populares que, com picaretas e outros
surgimento de problemas de ordem bastante tempo notificamos a autorização instrumentos, ajudaram a evacuar as casas
administrativa e agitará os já existentes, cuja Municipal para a abertura de faixa sanitária

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 43
inundadas, evitando que coisa pior Distrito de Pinheiros com a população de nossa Região!
acontecesse. Em vista da íntima relação existente entre a Alertamos: as pinguelas vão ruir!
Felizmente, não houve vítimas humanas a divisão do Município em distritos e O Córrego Pirajuçara que se encontra
registrar. A Gazeta de Pinheiros, fazendo-se subdistritos e a divisão política- completamente obstruído em seu “curso”,
eco de antigo protesto de toda população do administrativa-judicial do Estado, e, por outro precisa ser “limpo” e ter retificado seu leito
bairro, reitera seu apelo. O Prefeito de São lado, em vista da acolhida que a idéia teve com urgência. As águas transbordam e
Paulo tem a obrigação de oferecer aos seus em todos os setores do bairro, lamentam-se causam inundações, invadindo as
munícipes condições normais de segurança e os organizadores que não se tenha lançado residências. Já por várias vezes vem
é preciso que preste mais atenção a ao mesmo tempo a idéia da criação do ocorrendo isto, de várias famílias humildes,
problemas primários como o nosso, para que Distrito de Pinheiros, que englobaria os vários que com sacrifícios, compraram lotes de
não se tenha a lamentar no futuro, subdistritos da zona, tais como Cerqueira terreno e ali construíram suas casas, viram-se
conseqüências ainda mais dolorosas. César, Vila Madalena, Butantã e Jardim obrigadas a abandonar o seu patrimônio.
Na Rua João Moura América. Somente com a limpeza e a retificação do
O problema da inundação ocorreu igualmente leito do Córrego Pirajuçara a situação estaria
na R. João Moura, esquina da Cardeal 15/03/1963 melhorada.
Arcoverde, onde outro problema determinou Trânsito e transporte coletivo: eis os Tifo À vista da ausência de fiscalização da
o caso. mais sérios problemas do bairro higiene, como acontece, as águas pluviais,
Ali se trata do mau funcionamento das oriundas das inundações constantes e as
galerias de água pluviais, que além de mal 23/03/1963 águas servidas e lançadas em plena via
construídas, permanecem durante muito Nós e a Câmara pública, como ocorre nas ruas “D” e “K”
tempo sem os serviços de limpeza, que Peri-Peri abandonado causam sérias preocupações.
deveriam ser periódicos, para evitar o que Atendendo ao convite que nos fora feito, por
sucedeu. moradores interessados, “in loco” fomos 29/03/1963
Quando cai uma chuva mais forte, as galerias verificar a situação de abandono em que se Instalação de galerias de águas pluviais
entupidas não dão vazão a água abundante, encontra o Peri-Peri, vila que cresce na Rua Iraci: obras paralisadas há dois
que invade as casas, causando prejuízos que assustadoramente no Butantã, em área que anos.
um pouco de cuidado da Prefeitura poderia se estende entre a Rodovia Raposo Tavares Há cerca de dois anos foi iniciada a instalação
evitar. (Estrada de Cotia) e Av. Prof. Francisco de galerias pluviais na rua Iraci, no vizinho
Mourato, junto ao Caxingui e Vila Sônia. É bairro do Jardim Europa.
08/03/1963 lamentável. Completo abandono. Vamos dizer Entretanto, passando todo esse tempo, as
Subdistrito de Pinheiros: Campanha aos leitores e às autoridades o que ali vimos, obras, que deveriam terminar em 3 meses,
conta com mais de 1000 assinaturas estarrecidos: continuam como no princípio, trazendo para
Prossegue em ritmo acelerado os trabalhos Perigo de isolamento os moradores daquela via pública uma série
da Campanha pró criação do subdistrito de De um lado, pela Estrada de Cotia, as águas de prejuízos e apreensões. Inundações
Pinheiros de Piratininga, tendo seus pluviais estão cavando uma cratera enorme à constantes, perigo de desabamento, lamaçal,
organizadores conseguido mais de mil margem do leito carroçável da única via que falta d’água são problemas que numerosas
assinaturas de adesões entre os moradores dá acesso à Vila. Metade desse leito, já foi famílias enfrentam durante todo o tempo,
do bairro. levado pelas águas. (Qualquer dia grave não obstante todos os apelos e solicitações.
Este número demonstra inegavelmente que a desastre ali ocorrerá). Do outro lado, existem Inundações periódicas
idéia foi muito bem recebida em nosso bairro, duas pinguelas, construídas sobre o Córrego A reportagem, visitando o local, verificou que
e os membros da comissão encarregados de Pirajuçara. Estas corroídas em suas bases e a cada temporal as águas da enxurrada
orientar a Campanha e colher as assinaturas, dentro em pouco, ruirão, ficando o Peri-Peri invadem as casas até a altura de meio metro,
acreditam que a iniciativa esta fadada a completamente isolado. Se a Prefeitura não obrigando muitas pessoas a construir
inteiro sucesso. volver suas vistas para ali, a situação será verdadeiros diques para evitar os estragos
pior e a mais calamitosa que já deparamos das águas.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 44
Por outro lado, os muros e paredes estão O memorial subscrito pelos pinheirenses da pontinha existente sobre o Córrego Verde,
trincados, mesmo sem construções dá entrada no Poder Legislativo no início da Rua Inácio Pereira da Rocha. Há
novíssimas, ainda não habitadas. Estadual muitos anos a aludida ponte não apresenta
Perigo de vida Deu entrada na última terça-feira na condições de uso, sem que a Prefeitura de
A situação, como pudemos verificar, piorou Assembléia Legislativa de São Paulo, o São Paulo ao menos tome conhecimento do
sensivelmente com as últimas chuvas, que memorial assinado pelos moradores de problema.
provocaram deslizamentos das paredes da pinheiros, solicitando a criação do subdistrito Realmente, este é um dos tantos problemas
grande sala destinada às galerias de águas de Pinheiros de Piratininga. para cuja solução tem se batido o nosso
pluviais. jornal, problema de fácil solução. Uma vez
Em virtude desses deslizamentos dos que a tantas vezes prometida retificação e
barrancos, um dos postes de iluminação 19/04/1963 saneamento do famoso Córrego não se
pública ali existente está ameaçado de ruir a Transporte Coletivo realizam, que ao menos a Prefeitura de São
qualquer momento, pondo em sobressalto os Levanta-se novamente em Pinheiros o Paulo mande fazer uma nova ponte, pois a
moradores que ali residem. problema dos bondes, tipo de transporte que antiga representa perigo de vida para seus
deveria ter ficado no séc. passado. Lentos e usuários.
05/04/1963 barulhentos, fizeram da Teodoro Sampaio
Reivindicações da região levantada na uma via praticamente intransitável. Os 31/05/1963
Assembléia - Velhos problemas do bairro bondes deveriam ter ficado no passado. Protesta o pinheirense
da Previdência agitadas na Tribuna do Pesadões e anacrônicos estão muito longe de Córrego Verde
Legislativo Estadual pelo dep. Sólon acompanhar o ritmo de progresso de nossos O senhor Antônio Roberto Sampaio residente
Borges dos Reis. tempos. em nosso bairro em contato com a
Através da indicação n 21-63, o dep. Sólon reportagem queixou-se do estado em que se
solicitou junto aos poderes competentes 24/05/1963 encontram as imediações do famoso Córrego
providências, no subdistrito do Butantã: A ponte sobre o Pinheiros não Verde, na Fradique Coutinho que se
1 - Construção da ponte sobre o Rio solucionará os problemas que exigiram transformou em depósito de lixo.
Pirajuçara, ligando a Rua Francisco Perrotti à sua construção se não for desapropriada Não somente moradores vizinhos ali
Rua Paulicéia. A única ponte encontra-se em a área que lhe dará acesso. despejam detritos, como até veículos para lá
péssimo estado e foi construída há muito A Prefeitura continua a permitir construções se dirigem para jogar lixo fora. Como se sabe
tempo por iniciativa particular. no lado ímpar da Av. Euzébio Matoso, entre a o conhecido Córrego já constitui um problema
4 - Limpeza e conservação do leito do Rio Praça Lemos Monteiro e o leito do Rio. - para Pinheiros em vista de não ser suficiente
Pirajuçara, a fim de evitar a propagação de Necessária a tramitação do projeto de lei que para o escoamento das águas transbordando
epidemias. desapropria a área, paralelamente a a cada chuva. A situação se agravará ainda
Estas são algumas das reivindicações feitas construção da ponte. mais se o leito continuar a ser depósito de
para o Bairro. lixo.
31/05/1963
05/04/1963 Ponte sobre o Córrego Verde ameaça a vida 07/06/1963
Inundações da população. Moradores de Pinheiros e Vila Paralisadas as obras da Estação de
Passou o tempo das grandes chuvas. Mas a Madalena solicitam, através de abaixo Tratamento de Esgotos de Pinheiros
qualquer momento, com uma mudança de assinado enviado à nossa reportagem, Obras que deveriam estar prontas há seis
tempo qualquer, numerosas áreas de providências urgentes. meses mal se iniciaram - Matagal cerrado
Pinheiros sofrerão as conseqüências das Um grupo numeroso de moradores de está invadindo a área - Buracos cheios de
inundações, que tantos prejuízos acarretam à Pinheiros e Vila Madalena entregou à nossa água fétida constituem foco de
população. reportagem, para encaminharmos às contaminação.
autoridades competentes, um abaixo-
05/04/1963 assinado, em que denunciam a precariedade

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 45
Estão paralisadas as obras da Estação de realidade que há anos, o Córrego Verde vem respeito à região do Butantã. A medida visa,
Tratamento de Esgotos de Pinheiros, iniciadas desafiando a Administração Pública. sem dúvida, melhorar as condições de
entre as Ruas Sumidouro e Ferreira de Araújo. escoamento de nosso tráfego na referida
Conforme publicamos em reportagem 21/06/1963 região. Sabemos que as dificuldades são
realizada no ano passado, os serviços Será lançado dentro de poucos dias o inúmeras para quem vem de Osasco, Cotia,
deveriam ser executados em um ano, primeiro prédio inteiramente comercial de Itapecerica, interior do Estado e outros
segundo prazo estipulado em contrato com a Pinheiros, destinados a médicos, advogados, Estados do sul do país. Todavia, existindo as
firma construtora. Contudo, passado um ano dentistas, contadores, escritórios diversos, marginais, em condições de poderem servir
e meio, as obras se encontram como no etc., que será construído na Avenida Pedroso ao trânsito, aos que se dirigem para o
início, com os serviços mal começados. de Morais quase esquina da Teodoro Sampaio Jaguaré, Lapa, Via Anhangüera, Via Anchieta,
As conseqüências ao lado da Caixa Econômica Federal. Sumaré e outros bairros, tudo se tornaria
A paralisação das obras da ETE de Pinheiros, mais fácil. Ademais, do anel chamado
serviço público que significaria para a região 12/07/1963 “rodoviário” , como já tivemos oportunidade
um grande benefício, pelo embelezamento Ponte sobre o rio Pinheiros: morosidade de aqui dizer, há necessidade inadiável de
urbano de vasta área e, sobretudo pelo produz novos problemas e agrava os já um perfeito entrosamento de todas as saídas
saneamento do leito do rio Pinheiros, está existentes e entradas rodoviárias para São Paulo e
provocando conseqüência exatamente Novo problema: comércio da Rua Butantã e outros Estados. Assim é que mais uma vez,
contrária: as obras iniciadas estão invadidas Largo de Pinheiros cai sensivelmente pela chamamos atenção do senhor Prefeito para o
pelo mato e os buracos abertos estão cheios determinação de mão única de trânsito assunto, certo de que S. Excia. vai determinar
de água fétida, constituindo-se focos ideais naquela via pública - Criado um círculo providências e estudos a respeito da matéria
para a proliferação de moscas e pernilongos, vicioso, sem possibilidade de solução que é muito importante para nossa região. É
para prejuízo de toda população imediata - Os antigos problemas vão se o que aguardamos.
circunvizinha. agravando.
A área destinada à Estação estava A construção da segunda ponte sobre o Rio 26/07/1963
anteriormente ocupada por favelados, que Pinheiros e respectivos trechos rodoviários Iniciada a reconstrução da ponte
foram aos poucos removidos para outros deverá representar a solução de um dos mais localizada sobre o Córrego Verde
locais. Pelo visto foi trabalho perdido, mas os antigos problemas da região de Pinheiros, Tiveram início segunda-feira as últimas obras
trabalhos não saem do começo, e pior que problema este levantado e agitado pela de reconstrução da ponte situada no começo
tudo, transformaram o local em depósito de imprensa da região e pelos representantes do da Rua Inácio Pereira da Rocha.
sujeira e contaminação, debaixo dos quais povo durante anos a fio. Como se recordam, os moradores da
estão enterrados alguns milhões de cruzeiros. Seus benefícios atingirão também a toda vizinhança, descontentes com o estado em
Capital paulista, pois o local é praticamente a que se encontrava aquela Ponte sobre o
14/06/1963 única via de acesso às cidades do sul do Córrego Verde, que apresentava séria
Nós e a Câmara estado e do País. ameaça aos pedestres e que já vitimara uma
Córrego Verde: desaparece uma rua - R. pessoa.
Harmonia - Limpeza pública. 26/07/1963 E, se não resolve totalmente o problema do
Ao visitar amigos residentes à rua Medeiros Nós e a Câmara local, que engloba a finalização e
de Albuquerque, na Vila Madalena, ficamos Marginais saneamento do Córrego Verde, representa, de
surpreendidos com a notícia ali ouvida; “o Este é um assunto do qual temos nos qualquer maneira, uma melhoria de grande
metrô foi aqui iniciado!” Os moradores nos ocupado a mais de quatro anos, sem, importância.
levaram a ver a “obra”, estamos estarrecidos. contudo obter medida positiva. Sabemos que
O famigerado “Córrego Verde”, com suas a abertura das vias Marginais do Rio 16/08/1963
águas, levou de roldão o leito carroçável da Pinheiros, tanto de uma margem, quanto da Alargamento do Largo de Pinheiros:
R. Medeiros de Albuquerque. É incrível, mas é outra, virá beneficiar sensivelmente o trânsito Prefeito vai falar sobre os projetos
verdade e ali está para atestar a dura em nossa Região, principalmente no que diz

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 46
Encontra-se em mãos do Prefeito Municipal na Matias Cardoso, que se transforma, daí retirada dos bondes da Teodoro Sampaio e
de São Paulo os estudos definitivos sobre o para adiante, num riacho fétido de aspecto sua substituição por ônibus-elétricos.
alargamento e urbanização do Largo de desolador.
Pinheiros. Como é do conhecimento público, Detritos de toda espécie, águas 08/11/1963
vários projetos foram e executados nas contaminadas de esgotos ligados à galeria, Moradores do bairro de Vila Sônia, em
administrações anteriores. mau cheiro insuportável, milhões de moscas, contato mantido com nossa reportagem,
Depois, eleito o Sr. Prestes Maia, foi pernilongos e ratos enormes fizeram do local manifestaram seu descontentamento
constatado, depois de detalhados estudos um ponto inabitável. decorrente de um problema bastante grave.
feitos pelo Departamento de Urbanismo, que Desabamentos Trata-se da ruptura da galeria de águas
o vulto das despesas, decorrentes As águas pluviais, que vêm da galeria, depois pluviais na Rua Francisco Morazan, que é
especialmente das desapropriações previstas, de abandonar esta última, espalham-se aos utilizada como galeria de esgotos. Em vista
era muito alto, tendo o Prefeito paulistano poucos pela R. Matias Cardoso, tendo-se do transbordamento, a galeria se rompeu e
determinado aos técnicos um reestudo do transformado, com o tempo, no riacho desde algum tempo os detritos vêm correndo
problema. contaminado a que nos referimos. em plena via pública. Passando pelo local,
Com base nos elementos contidos nos Ora estas águas foram aos poucos minando nossa reportagem verificou que, de fato, o
antigos projetos, novos estudos foram feitos, alicerce de muros e de residências, a ponto problema assume aspectos de gravidade,
chegando-se a conclusão que é possível de muitas famílias terem sido obrigadas a pelo intenso mal cheiro que exala em toda
realizar a importante obra sobre custos estaquear os seus prédios. Numerosas partes redondeza.
menores que os previstos pelos planos de muros já desabaram, apesar das
anteriores. precauções tomadas pelos próprios 22/11/1963
Tudo pronto moradores. As chuvas chegaram: e a Prefeitura não
Nossa reportagem procurou entrar em A situação se tornou mais difícil para adotou medida alguma para prevenir as
contato com o Dr. Luís Carlos Berrini, diretor determinada família residente na R. Matias enchentes.
do departamento de Urbanismo, tendo ele Cardoso, pouco além de sua confluência com Com a chegada do tempo das chuvas mais
declarado que agora os estudos estão a Gilberto Sabino. O riacho destruiu fortes e mais abundantes, voltará muito
concluídos, dependendo do Sr. Prestes Maia completamente o passeio, sendo as pessoas breve a preocupar a população da região de
opinar sobre sua viabilidade. ali residentes obrigadas a passar pelo quintal Pinheiros, o problema das inundações.
Acredita-se que muito brevemente o Largo de de um vizinho, a fim de chegar à rua. São numerosos os pontos em que elas, todos
Pinheiros, centro histórico de nossa região, Até o momento, em vista da longa estiada, a os anos, com sistemática assiduidade, se
será modernizado e ampliado, medida que situação ainda pôde ser mantida. Entretanto, repetem, cada vez piores, trazendo a cada
vem de encontro a uma das mais antigas e quando vierem as chuvas, provocando a ano que passa, novos e mais vultuosos
caras reivindicações de nossa região. inundação do riacho, numerosas casas prejuízos.
estarão ameaçadas de desabamento, uma Basta citar, como exemplo, os locais por onde
04/10/1963 vez que as águas estão minando cada vez passa o famoso Córrego Verde, a R. Girassol,
Insustentável situação dos moradores mais os alicerces, auxiliadas pelo trabalho em sua parte mais baixa, a R. Matias
da Rua Matias Cardoso dos ratos, que constroem grandes buracos à Cardoso, cujo leito se transformou em
Leito da rua transformado pelas ações das margem. Córrego permanente de águas contaminadas
águas pluviais; um córrego malcheiroso - etc.
Impostos pagos em dia - Perigo de 08/11/1963 Desabamentos já ocorreram muitas vezes e
desabamentos - Abaixo-assinado. Trânsito continua a ser grande poderão se repetir este ano, tão logo as
Problema de suma gravidade está problema. chuvas se tornem mais violentas.
preocupando os moradores da R. Matias Este é um bom motivo de luta para os Nenhuma medida
Cardoso, em nosso bairro. Uma galeria que vereadores de Pinheiros, que agora são três: Apesar do problema existir há muitos anos, e
capta as águas pluviais desde o Largo de com trabalho contínuo e pressão junto ao agravar-se sempre mais; apesar dos reclamos
Pinheiros e adjacências, termina exatamente Executivo conseguiriam da Municipalidade a das famílias atingidas; apesar das pressões

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 47
realizadas junto às autoridades municipais, Foi restabelecida a verdade histórica Butantã, Jardim América, Vila Madalena e
das críticas e apelos formulados por órgãos sobre Pinheiros: está criado o Lapa.
locais de imprensa, nenhuma medida prática subdistrito
foi adotada pela Prefeitura de São Paulo. Antes de tudo é um ato de justiça, Pinheiros 31/01/1964
E o fenômeno vai se repetir ainda uma vez, nome histórico do berço desta grande região. Comando mata mosquitos em Pinheiros
se as chuvas ficarem mais violentas, porque A idéia da criação do subdistrito de Pinheiros Para combater focos de pernilongos que
não há tempo suficiente para remover as não é nova. Tentou-se criá-lo através de tomaram conta de Pinheiros.
causas. reivindicações que não foram atendidas, o
O Córrego Verde que sucedeu por volta de 1938 e por ocasião 07/02/1964
O Córrego Verde, que já se tornou famoso das comemorações do IV centenário de Córrego Verde
pelos estragos que promove, quando suas Pinheiros. Após um silêncio de 20 anos, Há três anos atrás e o mesmo de sempre.
águas se avolumam pelas chuvas, serve de voltou a se fazer presente a idéia da criação Prefeitura Municipal de São Paulo é a maior
exemplo, para o pouco caso da autoridade do subdistrito de Pinheiros. Colocada como responsável pela invasão dos pernilongos
municipal com relação ao velho problema. uma necessidade e um ato de justiça, dando como nunca se viu na cidade. Invadiram a
Como tivemos oportunidade de notificar, o ao berço de uma das mais prósperas células cidade fazendo-nos consumir todos os
projeto de lei que prevê a canalização do urbanas de São Paulo, seu verdadeiro nome. estoques de inseticidas de todas as marcas e
córrego, através da construção de uma faixa Histórico dos trabalhos tipos.
sanitária, e, conseqüentemente, a solução do O Governador Adhemar de Barros sancionou, CÓRREGO VERDE
problema das enchentes, foi aprovado em 31 de dezembro último, a lei n8050, que Fotos que ilustram essa matéria mostram o
segunda discussão pela Câmara Regional de dispõe sobre o quadro territorial, famigerado Córrego Verde, problema crônico
São Paulo há mais de um ano. Por que então, administrativo e judiciário do Estado, lei que da região de Pinheiros, assunto abordado e
até o momento, a obra não iniciou? criou o subdistrito de Pinheiros, que será o esgotado pela imprensa local. Essa foto foi
É certo que se trata de um problema regional. 45, com território desmembrado do 13 tirada há uns três anos. Como se pode ver
É certo que há inundações em outros pontos (Butantã), do 14 (Lapa), do 20 (Jardim pelo prédio concluído e habitado. Apenas se
de Pinheiros como, no resto, em toda a América) e do 39 (Vila Madalena). pode ver que o córrego é o mesmo:
cidade. Restabeleceu-se, desta forma, a verdade invariavelmente sujo e utilizado como
Mas o caso do Córrego Verde, repetimos, histórica sobre Pinheiros, que pela história e despejo de detritos, um dos melhores focos
serve de exemplo. Se a medida solucionadora pela tradição é o berço desta vasta região, e de pernilongos de nossa região.
já foi aprovada pelo Legislativo da Capital e, que não tinha existência jurídica nem Como se recorda a Câmara de São Paulo
passado tanto tempo, não foi adotada pelo administrativa. aprovou há quase dois anos, segundo a
Executivo, resta concluir que a Prefeitura não discussão, o projeto de lei que previa a
está interessada. 17/01/1964 canalização e o saneamento do córrego pela
Enquanto isto, vamos esperar que as chuvas A instalação de um subdistrito de Pinheiros construção de uma faixa sanitária. Passado
não sejam tão intensas, que as águas deverá ser concretizada dentro de um ano. O tanto tempo o córrego é o mesmo
consigam escoar pelo leito entupido do território será formado pelo constituindo-se um documento
Córrego ou pelas insuficientes galerias de desmembramento do subdistrito Butantã, comprobatório que já se afirmou da atual
águas pluviais. Jardim América, Vila Madalena e Lapa administração municipal preocupada
Conforme foi amplamente noticiado, a somente com o centro urbano da capital e
03/01/1964 assembléia legislativa do Estado aprovou, e o quase sempre esquecida as reivindicações
A linha sudoeste de Metrô já tem fixado Governador do Estado sancionou a lei n. dos bairros.
o traçado 8050, que dispõe sobre o quadro territorial, Marginais de Pinheiros
administrativo e judiciário do Estado, lei que Foi aprovado o projeto de lei 1663 que visa
10/01/1964 criou o 45o subdistrito de Pinheiros da Capital. modificar o artigo terceiro do parágrafo único
O território do novo subdistrito formado do da lei 585561. Dispõe sobre as exigências
desmembramento dos subdistritos do urbanísticas referentes às medidas para

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 48
recuos e as construções que se vierem a Nós e a Câmara ponte sobre o Rio Pinheiros, que ligará o
fazer nas marginais do rio Pinheiros. A ação Peri-Peri bairro de Alto Pinheiros à Cidade
deverá voltar ao plenário para a segunda Tivemos mais uma vez a oportunidade de Universitária.
discussão indo à sanção a seguir. visitar o Peri-Peri e ali tratar de seus Trata-se, sem dúvida, de uma notícia
problemas: necessidade de retificação auspiciosa, pois tudo o que contribua para a
14/02/1964 urgente do Córrego Pirajuçara; construção de melhoria do escoamento do trânsito em
Não se justifica a falta em ruas de uma ponte de ligação; lagoa perigosa; o leito nossa região deve ser recebido com
Pinheiros da rede de esgoto carroçável da avenida “J”, por efeito da satisfação. A nova ponte, que se situará,
Problema de vital importância para a erosão, está desaparecendo; perigo de provavelmente no final da rua dos
população de nossa região e cuja solução inundações; ausência de grupo escolar; Semaneiros é uma reivindicação antiga, pois
vem sendo solicitada a muitos anos do limpeza do córrego; rede de água; facilitará sobremaneira o congestionado
Governo Estadual, a falta de esgotos. calçamento, pavimentação, guias, sarjetas, trânsito de Pinheiros, com benefícios
Não vamos citar vilas adjacentes, telefones públicos, etc. Verificamos tudo isto evidentes.
relativamente novas, onde a ausência do e mais algumas coisas que ali estão faltando! A outra ponte
serviço é ainda justificável. São bairros e vilas Que abandono! Que calamidade! Dificilmente A notícia, repetimos, é das mais auspiciosas,
que cresceram muito rapidamente, vendo encontramos tantos problemas no mesmo e esperamos que o chefe do executivo
crescer no mesmo ritmo as necessidades. local, como acontece ali no Peri-Peri, a 5 bandeirante inicie logo as providências para a
Vamos nos deter nos altos da Teodoro minutos do Butantã. Completo abandono. Ali concretização da medida.
Sampaio e Cardeal Arcoverde, ruas Oscar os munícipes somente são lembrados para Mas há o problema da outra ponte, na
Freire, Capote Valente, etc., zona residencial cobranças de impostos, nada mais. Semana Euzébio Matoso, cujas obras se arrastam
antiga, vizinho do maior centro hospitalar da próxima através das proposituras lentamente. É preciso que a municipalidade
América Latina, onde não existe rede de competentes, levaremos todos eles ao acelere sua conclusão, pois aquele é o mais
esgotos. conhecimento da Administração Pública. crucial problema de nossa região. Concluída
Depois que o DAE, em administrações Envidaremos todos os nossos esforços, no esta ponte, muito mais importante, e há
anteriores, realizou a extensão da rede de sentido de ajudar na sua solução. Muita coisa muitos anos almejada, a construção da 3 a
esgotos a locais distantes, não se justifica há para se fazer. obra seria uma espécie de complementação.
que uma zona como a nossa estritamente Congratulamo-nos com o Prefeito Prestes
residencial e tão próxima ao centro, se 10/04/1964 Maia, por conhecer os nossos problemas e
ressinta do problema. Não progridem as obras da ponte do Rio procurar solucioná-los, mas reiteramos o
Caixa Econômica Federal pôs à venda imóveis Pinheiros apelo no sentido de que determine um
no subdistrito do Butantã. Dos mais irregulares é o andamento das aceleramento nas obras da construção da
obras da nova ponte sobre o Rio Pinheiros, na ponte da Euzébio Matoso, que segundo o
21/02/1964 Avenida Euzébio Matoso, e cujo término a previsto já deveria estar concluída.
Agitada na Câmara Municipal a execução população aguarda com o maior interesse.
da Marginal de Pinheiros Trata-se de um melhoramento cuja 17/04/1964
A construção da Marginal representa hoje necessidade dispensa qualquer comentário. Nós e a Câmara
uma necessidade das mais veementes. Vem, As promessas de que o contrato seria A novíssima ponte
causando estranheza ausência por parte da cumprido a risca, e as que a Prefeitura iria É uma velha aspiração e uma das principais
Prefeitura de São Paulo as providências agir com todo o rigor nunca se cumpriram. reivindicações já feitas ao executivo
tendentes à concretização da medida que municipal, por intermédio dessa nossa
trará benefícios das mais variadas ordens 17/04/1964 “Gazeta de Pinheiros”...Desde sua fundação
para Pinheiros, para a Capital paulista e até Será construída a nova ponte em vimos lutando neste sentido. É de real
para outros municípios. Pinheiros importância viária essa nova ponte, que
O Prefeito Prestes Maia anunciou dias atrás deverá ser iniciada em breve, ligando o Alto
20/03/1964 que vai determinar a construção de mais uma de Pinheiros, às adjacências da Cidade

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 49
Universitária. Não mais será congestionado o É fácil de se prever a soma de vantagens que A necessidade de tal medida já foi levantada
trânsito da única ponte da Euzébio Matoso, a medida trará para a região, no que diz na Câmara Municipal de São Paulo, pelo
obrigando os motoristas ainda ao percurso de respeito ao trânsito, com as decorrências vereador pinheirense João Lemos, o qual
mais de 4km, para atingirem o Butantã, saída evidentes. Espera-se, pois, que a obra se encaminhou recentemente a mesa da
para Osasco, Cotia e o interior do Estado e concretize o mais rapidamente possível. edilidade paulistana requerimento
outros Estados do centro-sul do país. interpelando a municipalidade sobre o
01/05/1964 22/05/1964 assunto.
Anel rodoviário: proposta de um novo Córrego Verde: trecho vai ser canalizado
trecho este ano 31/07/1964
O senhor Prestes Maia enviou a Câmara O Prefeito Prestes Maia, falando Nós e Câmara
Municipal de São Paulo projeto de lei que recentemente em seu primeiro programa de Rua Medeiros de Albuquerque
propõe a abertura de mais um trecho do televisão, respondendo a uma queixa de um Semana passada tratamos do Córrego Verde.
chamado “pequeno contorno da cidade de morador de Vila Madalena, disse que o Esse famigerado problema assoberba a
São Paulo”, espécie de Anel Rodoviário Córrego Verde, um dos mais antigos e sérios administração municipal, como todos nós
destinado a tirar do centro da cidade e das problemas da região de Pinheiros, vai ser sabemos. Sempre constituiu séria
vias públicas dos bairros mais centrais o objeto de mais atenção da Prefeitura preocupação, porque nem sempre as
tráfego pesado e interligar, de maneira mais Municipal de São Paulo. autoridades municipais lhe têm demonstrado
rápida e simples as principais rodovias que A propósito dos córregos paulistanos que atenção no trato.
servem São Paulo, como as Vias Dutra, constituem problemas bastante sérios para a Daí, as sérias conseqüências que nossa
Anhangüera, Anchieta e São Paulo - Paraná. administração municipal, declarou que, ainda região enfrenta. No final do ano passado
Conforme do conhecimento público, vários neste semestre, será canalizado o trecho do publicamos aqui fotos da rua Medeiros de
trechos deste “pequeno contorno da cidade”, Córrego Verde, que transborda durante as Albuquerque, na Vila Madalena; o leito desta
obra que contará com recursos municipais, chuvas, destruindo casas e muros, e que, via pública desapareceu, transformando-se
estaduais e federias, já foram aprovados. durante o resto do tempo, é depósito de lixo, em “leito” do córrego, portador de lixo,
O trecho novo ninho de ratos e pernilongos. animais mortos, podridão de toda espécie.
O trecho, objeto do presente projeto de lei Agora o Prefeito da Capital anuncia que a Apelamos para o Sr. Prefeito Municipal;
encaminhado pelo prefeito, correrá ao longo municipalidade vai cuidar do caso. Não é sem enviamos-lhe a reportagem, bem como as
do Córrego da Água Espraiada, desde o norte tempo. Uma verdadeira chaga dentro da fotografias, retratos vivos da triste situação.
da ponte do Morumbi, na Av. Marginal do Rio paisagem urbana de nosso bairro, há muito
Pinheiros até a R. Carrera, nas proximidades que se fazia necessário esta canalização e 25/09/1964
da Av. Conceição. saneamento, medidas já aprovadas pela Luta pela manutenção do 45 subdistrito
Importância para Pinheiros Câmara Municipal de São Paulo desde 1959. encontra apoio
O centro da cidade e os bairros mais centrais A luta ora empreendida em prol da
terão, com a concretização do “pequeno 31/07/1964 sobrevivência do 45 subdistrito de Pinheiros,
contorno da cidade”, numerosos benefícios, Marginais do Pinheiros ameaçada por um mandato de segurança
destacando-se o descongestionamento do Rio Pinheiros: estaca zero recentemente impetrado contra a lei 8050,
tráfego e melhor conservação das vias A ligação da região de Pinheiros com as de 31 de dezembro de 1963, que, entre
públicas, impróprias para o tráfego pesado. principais estradas estaduais e federais, outros, institui o nosso subdistrito, vem
Para a nossa região a obra prevista tem um através do grande Anel Rodoviário, vai se encontrando apoio de numerosos setores de
significado especial, uma vez que o Anel tornando cada dia que passa uma nossa comunidade.
Rodoviário tornará mais fácil e rápido o necessidade, sendo indispensável que a
acesso ao Ceasa  Centro Estadual de Prefeitura Municipal de São Paulo e governo 02/10/1964
Abastecimento  localizado no centro estadual comecem a pensar, seriamente, na Suspensa por decisão unânime da
industrial do Jaguaré. abertura das marginais do Rio Pinheiros. justiça a instalação do subdistrito de
Pinheiros

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 50
imprescindível da outra marginal, que se sobretudo o Butantã. Agora, só nos compete
09/10/1964 inicia à cabeceira da ponte da Euzébio apelar ao Sr. Prefeito Municipal, a fim de que
Prevista para o dia de São Paulo a Matoso, junto ao “posto de gasolina n1” e irá sua Excelência determine pronta e rápida
entrega da ponte sobre o Rio Pinheiros ligar a Cidade Universitária até a ponte do execução das obras assim teremos
Jaguaré. Será a próxima etapa que se solucionado grande parte do sério problema
09/10/1964 configura providência indispensável, para do trânsito em nossa região.
Nós e a Câmara favorecer o trânsito da Vital Brasil e Francisco Jardim Peri-Peri
As marginais Mourato que demanda da Lapa, Alto de Já faz algum tempo chamamos aqui a
Quem já passa pela ponte sobre o Rio Pinheiros, Cidade Universitária e Jaguaré e atenção do Sr. Prefeito para a situação
Pinheiros, à Av. Euzébio Matoso, vê dezenas Osasco. Neste sentido, na próxima semana calamitosa do jardim Peri-Peri. Tivemos o
de caminhões trabalhando nas escavações do através de requerimentos que estamos ensejo de dirigir vários requerimentos ao
novo leito das marginais do Pinheiros. É de elaborando, vamos entrar em entendimento executivo municipal, solicitando providências
muito que vimos lutando com esse objetivo e com o Executivo. Convictos estamos de que e melhorias para aqueles munícipes que ali
estamos certos e convictos de que será uma será uma obra de vulto e concorrerá para residem. A via principal de ligação do Peri-
obra monumental e digna de todos os solução de alguns problemas do trânsito em Peri é a Av. “J”, que se constituiu em
elogios, porque virá, verdadeiramente, nossa região. verdadeiro córrego que vai corroendo o leito
solucionar um dos antigos problemas do carroçável e se apresenta em péssimas
trânsito, não só em Pinheiros como em toda 11/12/1964 condições. A fim de melhor assegurar pelo
São Paulo. Justamente quando se fala tanto Nós e a Câmara menos um benefício para o Peri-Peri
em Anel Viário ou “avenidas de contorno”, Ponte Cidade Universitária apresentei e foi aprovada a emenda n529,
ligando a periferia paulistana, nada mais Assim será denominada a novíssima ponte consignando verba para a canalização e
necessária do que a obra pela qual tanto que será construída no próximo ano, cujas pavimentação da Av. “J”, já constando da lei
vimos lutando. Aí estão sendo realizadas as obras deverão ser iniciadas nos primeiros orçamentária que passará a vigorar a 1 de
obras. Em face de disponibilidade financeira dias de janeiro. A Lei orçamentária para o janeiro próximo. É, dentre muitos benefícios,
necessária para a sua realização pela exercício de 1965, recentemente aprovada obra que o Peri-Peri está necessitando e por
Administração Municipal, dentro em breve pela Câmara Municipal, destinou a verba de certo agora, compete ao executivo municipal
estará concluída. As vantagens decorrentes 600 milhões de cruzeiros para o início da executar a lei.
deste empreendimento são inúmeras e citada obra. É de real e grande importância
brevemente, estaremos todos colhendo seus para a região pinheirense, pois que 11/12/1964
frutos. construída sobre o Rio Pinheiros, a altura da Dia 15 de janeiro: entregue ao tráfego a
Cidade Universitária, irá facilitar a 2a ala da ponte sobre o Pinheiros
30/10/1964 comunicação e o trânsito mais rápido e
Novas Marginais intenso do Butantã e toda a corrente de 08/01/1965
Agora que as obras de abertura das tráfego que vem de Osasco, Cotia, Via Abre-se para o povo de Pinheiros uma
marginais do Pinheiros vão adiantadas e em Anhanguera, interior do Estado e sul do país. nova luta reivindicatória: a construção
ritmo progressivo, como pode se verificar “in Alem dos bairros do Alto da Lapa, Alto de da Marginal
loco” e ainda terça-feira última ali estivemos, Pinheiros, sem necessidade de vir a Com a inauguração da segunda ala sobre o
visitando as obras do “pequeno anel viário”, congestionar a ponte Euzébio Matoso e Rio Pinheiros, na Av. Euzébio Matoso, estará
dentro de mais algum tempo estará concluído Lemos Monteiro. Com a abertura das concretizada uma das mais antigas
e virá solucionar grande parte dos problemas Marginais do Pinheiros, em ambos os lados e reivindicações de toda a região.
de trânsito em nossa região e no próprio margens, cujas obras já vão também Abre-se agora uma nova luta reivindicatória
centro da cidade. Igualmente, as obras do aceleradas, a novíssima ponte “Cidade que poderá arregimentar num esforço único
trevo da Praça Antônio Sabino que dará Universitária” que representa fruto de uma todas as forças pinheirenses: comércio,
acesso à ponte vão adiantadas. Mas, faz luta e trabalhos incessantes, sem dúvida indústria, entidades, povo, imprensa, etc.
parte de nosso trabalho e planos, a abertura alguma, virá beneficiar nossa região e, Trata-se da construção da Marginal do Rio

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 51
Pinheiros, destinada a ligar por fora do centro O prefeito municipal de São Paulo abriu que aprova planta de residências sem as
da cidade as principais rodovias estaduais e quarta-feira última, concorrência pública para condições necessárias, que não se incomoda
federais. construção de mais uma importante obra em com o entupimento de córregos e bueiros,
Os benefícios nosso bairro, trata-se de nova ponte sobre o que não ataca os grandes problemas com a
Os benefícios decorrentes de tão importante Rio Pinheiros, que ligará o Alto de Pinheiros devida profundidade. Resultado: flagelo e
obra serão evidentes; ela tirará de todas ao Butantã, unindo as ruas Semaneiros e destruição para o povo, principalmente para
nossas vias públicas os veículos de alta Alvarenga. Para a referida obra, cujo início é os mais humildes.
tonelagem, que além de perturbar o sossego esperado para breve, a municipalidade
da população, atravancam o trânsito e paulistana destinou verba de 600 milhões de 22/01/1965
destroem o leito das ruas. Estabelecerá cruzeiros. Dilúvio: periferia sai mais prejudicada
ligação rápida com numerosos bairros da Importância As intensas chuvas que castigaram a Capital
capital sem necessidade de se cruzar o Seria desnecessário frisar a importância da paulista na última terça-feira deixaram na
centro urbano; facilitará de modo notável o nova obra que a Prefeitura Municipal de São região de Pinheiros, especialmente nos
acesso das rodovias Presidente Dutra, Via Paulo realizará em Pinheiros, e sem dúvida, o bairros mais pobres, um rastro de destruição,
Anchieta, Via Anhangüera, etc., além de reconhecimento da posição de nosso bairro, levando pânico a grandes parcelas da
trazer muito mais progresso para esta que é uma das mais importantes saídas de São população, felizmente ao que consta não
uma das regiões mais prósperas de São Paulo, como já se disse, a segunda ala da houve vítimas a lamentar, mas os danos
Paulo. ponte, que se inaugurará no dia 25 de janeiro materiais foram de grande monta. Casas e
Projeto próximo, significa melhorias substanciais da muros ruíram, centenas de famílias ficaram
Ao que estamos informados já existe projeto condição do tráfego em toda a região, mas ao desabrigo, expulsas de seus lares pela
para a execução da obra, que ganhou o nome não resolverá definitivamente o problema. A violência das águas, leitos de vias públicas
de Pequeno Anel Rodoviário, e para cuja nova ponte que agora se inicia, facilitando o foram destruídos, em suma, a população de
realização concorrerão subsídios da acesso à Cidade Universitária, à Estrada de vários bairros da periferia assistiu a uma
Prefeitura, do Estado e da União. Itu etc., representará uma contribuição de situação de verdadeira calamidade pública.
Como se sucedeu com a segunda ala da inestimável valor. Ocorrências em Pinheiros
ponte, que poderá ser entregue ao povo Vamos esperar que a nova obra de arte seja O leito da Rua Teodoro Sampaio e outras vias
ainda este mês, apesar de muitas logo iniciada e que não se repita o que públicas tiveram o asfalto arrancado pela
dificuldades finais, nós estaremos ao lado do aconteceu com a ponte Euzébio Matoso, que enxurrada, numerosas outras ocorrências se
povo de Pinheiros na luta pela construção da se arrastou por tantos anos. registraram em Pinheiros causando vultosos
Av. Marginal, esperando que desta vez os prejuízos. Na Av. Euzébio Matoso,
poderes públicos não deixem passar tanto 22/01/1965 proximidades da ponte, as águas da chuva
tempo. Pânico e ruínas no rastro das chuvas impedidas de escoar normalmente para o rio
O dilúvio que assolou a capital na última Pinheiros, por causa de um aterro ali
15/01/1965 terça-feira deixou na região de Pinheiros um recentemente construído, inundaram extensa
Inauguração oficial dia 25 de janeiro rastro de destruição. Casas e muros área daquela importante via, invadindo
A segunda ala da ponte sobre o Rio Pinheiros, desabaram, leitos de vias públicas numerosas residências, entre as quais a do
na Av. Euzébio Matoso, será oficialmente destruídos, centenas de famílias deputado estadual Pinheiros Jr.
inaugurada sem nenhuma dúvida no próximo desabrigadas, inundações nunca vistas, mas Foi preciso desviar o tráfego, via cidade, pela
dia 25, data do aniversário da cidade de São o pior aconteceu no bairro do Rio Pequeno, Rua Santana, o que causou verdadeira
Paulo. onde cerca de 200 famílias ficaram ao balbúrdia no trânsito. Nas ruas Maria Carolina
relento, expulsas de seus lares pela violência e Marieta o famigerado Córrego Verde,
15/01/1965 das águas. naquela altura canalizado, não suportou a
Nova Ponte Semaneiros - Alvarenga Em todo o grande mal ficou bem clara a quantidade e a força das águas que
Prefeito abre concorrência pública. responsabilidade do Poder Público, que inundaram completamente dezenas de
autoriza loteamento em buracos inabitáveis,

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 52
residências, destruindo móveis e pondo em intransitáveis, Com o dilúvio de terça-feira a Informa o DAE, que a firma encarregada da
perigo muitas vidas. situação tornou-se calamitosa e impondo construção da ETE de Pinheiros tem o prazo
Um muro ruiu na R. Lisboa, onde também duro sofrimento à sua laboriosa população. de 180 dias, 6 meses, para completar e
muitas casas foram tomadas pela água; caiu A grande responsabilidade entregar a obra.
uma casa no Butantã e outras ficaram Seria longo demais narrar tudo o que Os trabalhos interrompidos durante vários
seriamente ameaçadas; enfim, muita coisa aconteceu em nossa região, notadamente na meses e ultimamente prejudicados pelas
aconteceu em Pinheiros em vista do dilúvio, periferia, mas em todo grande mal, que chuvas foram retomados em ritmo um pouco
há muitos anos não registrado em toda a castigou tanto as populações, ficou definida a mais acelerado, contando atualmente a obra
cidade. responsabilidade do Poder Público, que com cerca de 80 trabalhadores.
No Rio Pequeno autoriza o loteamento de buracos inabitáveis,
O pior aconteceu no bairro do Rio Pequeno, à beira de córregos contaminados e sujos, 19/02/1965
onde se declarou verdadeiro estado de que não se preocupa com o constante Anel Viário: uma necessidade que se
calamidade. Ali mais de uma centena de entupimento dos bueiros e galerias de águas impõe
famílias ficaram ao desabrigo. Nossa pluviais, enfim que não dá aos problemas de O projetado Anel Viário que interligará, por
reportagem acompanhada pelo Sr. Hélio interesse público a merecida atenção, e fora do centro urbano da Capital, as
Fidellis, presidente da Sociedade Amigos do quando os ataca não o faz com a devida principais rodovias estaduais e federais
Bairro do Rio Pequeno, visitou os locais profundidade. representa um melhoramento de grande
inundados, podendo verificar o vulto dos Os resultados são os que estão aí, um flagelo vulto para a cidade e sua execução se
danos sofridos pela população, na maioria para o povo e o flagelo poderá aumentar se apresenta hoje uma premente necessidade.
gente humilde que já vive a braços com toda as autoridades não se precaverem contra a A obra que deverá ser executada com
uma série de dificuldades. possibilidade de um surto de epidemia. recursos da prefeitura de São Paulo, Estado e
Felizmente o bairro contou com a ajuda União, beneficiará grandemente a região de
pronta do 16O Batalhão Policial da Força 29/01/1965 Pinheiros, desenvolverá a construção da
Pública de São Paulo, ali sediado, que colocou Chuvas, perigo de contaminação ameaça Marginal do Rio Pinheiros e ligará nosso bairro
todos os homens a serviço do povo, populações dos bairros da periferia por via direta à Via Anchieta e Anhangüera.
removendo pessoas de seus lares inundados, As grandes chuvas, que vêm castigando
transportando pessoas idosas, crianças, nestes últimos dias a capital, vão trazer um 23/04/1965
móveis etc. problema muito sério para os bairros mais Córrego de águas contaminadas
Esses homens comandados pessoalmente distantes, onde as inundações provocadas preocupa moradores
pelo Coronel Ubirajara Silveira prestaram pelos córregos entupidos produziram danos Problema dos mais graves no vizinho bairro
relevantes serviços à população; muitos deles de toda ordem. de Vila beatriz está aguardando solução há
ficaram feridos. Também o Posto Policial do Há problema de contaminação muitos anos. Trata-se de um córrego de
bairro chefiado pelo C.D. Henrique, o guarda Mal as águas de um temporal começaram a águas contaminadas que corre no leito da Av.
Bruno mais a colaboração do C.D. Norberto secar novas chuvas caem, inundando A ou Prof. Muniz, trecho situado entre as Ruas
Luís Pinto e guarda Ângelo Penha deu sua novamente centenas de casa, contaminando Lira e Isabel de Castela, este córrego que
colaboração aos flagelados, providenciando águas de poços e amontoando detritos. No durante as chuvas transborda de seu leito
inclusive alimentos. caso de nossa Região, os bairros mais inundando dezenas de residências, exala o
Peri-Peri castigados são: Rio Pequeno, Jardim Peri-Peri, tempo todo terrível mau cheiro, constituindo-
O bairro do Peri-Peri sofreu também as Baixas do Pirajuçara etc., cuja população já se grave risco para os moradores vizinhos.
conseqüências da tromba d’água; dezenas de bastante flagelada começa a temer pela Promessas
residências ficaram completamente ilhadas, própria saúde. Há seis ou sete anos atrás alguns
tornando-se impossível chegar-se ao local. O proprietários de terrenos situados à margem
bairro já em tempo normal sofre as 05/02/1965 do riacho requereram a Prefeitura Municipal
conseqüências da omissão da Prefeitura de Prazo de 6 meses para a entrega da aprovação de plantas para construir, tendo-
São Paulo. Qualquer chuvinha torna as ruas Estação de Tratamento de Esgotos lhes a municipalidade exigido além dos 4m,

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 53
normais de recuo, mais 9m, uma vez que ali, momentosos que aí estão a exigir pronta duas margens do Rio Pinheiros cruzando com
informava a repartição competente, seria solução. Desses problemas chamamos a as Avenidas Jaguaré, Cidade Universitária,
aberta uma Avenida com conseqüente atenção dos leitores sobre o famigerado Euzébio Matoso e Cidade Jardim.
canalização do córrego. Córrego Verde e as necessárias passagens de Com 3km de extensão a primeira etapa do
Os moradores evidentemente satisfeitos com nível. Anel estabelecerá de início a ligação das
as perspectivas cumpriram rigorosamente as Córrego Verde Rodovias Raposo Tavares, Marechal Rondon,
exigências, mas a Prefeitura de São Paulo, Sobre o Córrego Verde manifestaram-se o Br-2, Estrada do Oeste e Via Anhangüera a
fato, aliás, não raro, deixou de cumprir sua Engenheiro Ricardo Miguel Feres, o deputado Via Dutra através da marginal já existente no
promessa. O local está como há sete anos José Sabino, o radialista Cláudio Durante esse Rio Tietê, compreenderá três pontes, dois
atrás ou pior ainda, uma verdadeira chaga assunto não é novo e vem arrastando-se há viadutos e mais os seguintes trechos:
que envergonha uma cidade como a nossa. decênios, desafiando e vencendo sucessivas entroncamento com a Via Anhangüera,
Agravamento administrações municipais, pois o córrego Alemoa, Remédios, Estrada do Oeste, Av.
Na R. Isabel de Castela foi feito, não se sabe banha extensa área completamente Jaguaré, Av. Cidade Universitária, Av. Euzébio
se com ou sem a aprovação municipal, uma habitada. Matoso e Av. Cidade Jardim, duas novas
construção que os moradores consideram No período da seca as águas são pontes serão construídas sobre o Pinheiros;
irregular, pois ocupa de lado a lado o leito da disciplinadas naturalmente, mas quando uma na Cidade Universitária e outra no
projetada e prometida avenida, a qual nesta chove o endiabrado transborda, invadindo Jaguaré.
altura fica totalmente interrompida. lares, destruindo hortas e jardins, tingindo Não será necessário muito estudo para
Ali está um assunto que precisa ser com o verde dos limos as paredes, além verificar a importância desta obra à nossa
conhecido pelo Prefeito de São Paulo e que disso, com o empoçar das águas torna-se região, afora o benefício de retirar de nossas
exige uma solução imediata. As dezenas de perigo foco de procriação de mosquitos; vias públicas o tráfego de caminhões de alta
famílias residentes nas imediações esperam desde largo tempo os moradores ribeirinhos tonelagem, trará mais duas pontes e os
do Sr. Faria Lima, ao qual encaminharemos reclamam, até agora inutilmente, para que o esperados e tão importantes trevos das
está matéria, solução do antigo problema que famigerado Córrego seja canalizado; somente Avenidas Euzébio Matoso e Cidade Jardim,
lhes vem causando sérios inconvenientes, assim deixará de ser o verdadeiro fantasma pontos de vital importância para o
além de constituir-se um entrave ao que é atualmente. desenvolvimento de toda a região e solução
desenvolvimento do progressista bairro definitiva dos problemas de trânsito e
paulistano. 09/07/1965 brevemente mudará de forma completa a
Será iniciado dentro de 90 dias o trecho fisionomia desta parte de Pinheiros e com as
30/04/1965 pinheirense do Anel Viário desapropriações que necessariamente serão
Precisa ser ampliada a Ponte da Cidade Terão início dentro de 90 dias as obras do exigidas estará inteiramente urbanizada.
Jardim pequeno Anel Rodoviário, sistema que
interligará por fora da cidade as principais 23/07/1965
21/05 /1965 rodovias estaduais e federais. Era uma vez uma rua
O Córrego Verde e passagens de nível Esta informação foi prestada à nossa Córregos poluídos é um dos grandes
são antigos problemas de Pinheiros reportagem pelo Sr. Wilson de Barros, chefe problemas da capital bandeirante, e fala-se
Há duas semanas terminamos uma enquete do gabinete do secretário dos Transportes do que a Prefeitura precisará de um trilhão de
feita entre quase 20 pinheirenses sobre o que Estado, o qual informou ainda que o primeiro cruzeiros para resolver o caso em toda a sua
de imediato o novo prefeito Faria Lima poderá trecho será o que servirá à zona de Pinheiros; grande extensão.
fazer por nosso bairro. Alguns dos este trecho considerado pelas autoridades Seria portando ilusório esperar que o Córrego
interpelados esqueceram do formidável poder como o mais importante, começará na Verde, um dos mais antigos e graves de
reivindicatório da imprensa e foram pouco confluência do Rio Pinheiros com o Tietê onde nossa região, seja canalizado e saneado em
objetivos permanecendo quase no terreno do se entroncam as seis faixas de trânsito da futuro próximo, mas um trecho deste famoso
vago, no entanto outros foram explícitos Estrada do Oeste com as seis faixas do córrego, que merece atenção da Prefeitura
apontando problemas palpitantes e próprio Anel e se desenvolverá ao longo das Municipal de São Paulo, é o trecho situado no

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 54
fim da rua Aspicuelta, em Vila Madalena, a região de Pinheiros, onde ainda há pouco, Ampliação do Largo de Pinheiros,
onde esta rua se encontra com a Medeiros de em janeiro deste ano, registraram-se grandes medida que se impõe como necessidade
Albuquerque, cujo leito deixou praticamente inundações, provocaram desabamentos inadiável.
de existir tomado completamente pelas desalojando dezenas de famílias humildes, O alargamento do Largo de Pinheiros, medida
águas do córrego e, pior ainda, as crianças acarretando em si uma série de vultosos há muito esperada e mais de uma vez
das redondezas brincam com estas águas prejuízos para a população, notadamente da anunciada, impõem-se hoje como uma
contaminadas por toda espécie de sujeira que se concentra nos bairros mais pobres. necessidade, não apenas porque
arriscando-se a contrair moléstias graves. Antes prevenir proporcionará sensível melhoria no aspecto
Os moradores das vizinhanças já fizeram Evidentemente não pode a Prefeitura do tradicional logradouro organizando e
numerosos pedidos à Prefeitura; pediram Municipal de São Paulo, em curto prazo, embelezando, o que não deixa de ser
ajuda a vereadores, reclamaram através da afastar da Capital o problema das também importante, mas principalmente
imprensa do bairro, sem qualquer resultado. inundações. A solução definitiva depende da porque resolverá um grave problema de
A única medida tomada pelas autoridades foi completa canalização, retificação e trânsito em todo o bairro. O Largo é pequeno
mandar jogar nas imediações do córrego saneamento das centenas de córregos que demais para suportar todo o tráfego que
terra retirada do cemitério São Paulo, o que cortam o Município, medidas que como desce pela Teodoro Sampaio em direção à R.
assustou ainda mais as populações dos afirmou o próprio Prefeito Faria Lima, exigirá Butantã ou Padre carvalho, e o que vem da R.
arredores. Aí esta um problema que precisa aos cofres municipais uma despesa da ordem Paes Leme com direção à cidade, sem contar
ser considerado. Não se pede saneamento de um trilhão de cruzeiros. com o grande número de veículos que faz
total com a canalização das águas, pede-se Há entretanto algumas providências que balão em torno das cabines telefônicas para
que seja adotada alguma medida que podem ser tomadas já, antes que chegue a retornar. Acrescente-se a tudo isso o
melhore um pouco o aspecto do local, alguma estação das chuvas: desentupimento dos problema dos bondes, que têm ali seu ponto
providência que impeça as crianças de atingir bueiros e limpeza, ao menos superficial dos final e que tornam ainda mais difíceis as
o leito do córrego, ao menos uma limpeza córregos, que são na zona de Pinheiros os condições viárias.
periódica do local para que pelo menos responsáveis pelas inundações. Se forem A única solução, pois, é o alargamento, já
diminua o terrível mal cheiro que em dias de determinadas a tempo essas medidas se não aprovado por lei há alguns anos. A proposta
sol toma conta de toda vizinhança. conseguirem evitar as enchentes, atenuarão do vereador João Lemos em recente
pelo menos os seus efeitos. requerimento cobrou do Executivo Municipal
06/08/1965 a realização da obra, que exigirá
Inundações: medidas preventivas 13/08/1965 evidentemente a desapropriação de vários
poderão atenuar as conseqüências A Prefeitura vai construir ponte no imóveis. Medida importantíssima deve
O jornalista Freitas Nobre, ex-vice-prefeito do Bairro da Vila Ida merecer a atenção do Prefeito da Capital e os
nosso município, um artigo publicado em Atende a requerimento encaminhado em esforços de todos os que tem interesse em
Diário desta capital, chamou a atenção do 29/04 /1963 pelo Sr. José Sabino. Pinheiros, principalmente da sociedade
Prefeito Faria Lima para o problema das Deverá ser aberta por esses dias Amigos de Pinheiros, recentemente
inundações, que todos os anos com raras concorrência pública para a construção da organizada, que poderia fazer da
exceções, se registram em numerosos pontos Ponte sobre o Córrego existente na Rua Dr. reivindicação um dos seus principais
da cidade no tempo das chuvas, trazendo Luís A Queiroz Aranha, na Vila Ida, subdistrito objetivos do momento.
conseqüências danosas para a população. de Vila Ida; essa ponte foi destruída há cerca
Em seu artigo tece comentários em torno do de três anos pelas chuvas, ficando 01/10/1965
problema sugerindo a Prefeitura Municipal de completamente interrompida aquela via Córrego Verde: a canalização total vai
São Paulo medidas que previnam essas pública com sérios prejuízos a população. ser iniciada este ano
ocorrências procurando atenuar suas 1o - Primeiro trecho da R. Medeiros de
conseqüências. 17/09/1965 Albuquerque, em Vila Madalena, entrará por
A oportuna advertência feita pelo conhecido estes dias em concorrência pública. 2o -
jornalista se reveste de grande interesse para Canalização total prevista para o próximo

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 55
ano. 3o - Leito antigo, problema de difícil constitui perigo permanente para as crianças existentes em número insuficientes e
solução. é hoje uma verdadeira calamidade pública. provavelmente entupidos não dão normal
A Prefeitura Municipal resolveu, após longos Leito antigo vazão ao volume d’água, provocando com
anos de solicitações, completar a canalização O serviço a ser executado pela Prefeitura, e isso as inundações com as águas elevando-se
do Córrego Verde, famoso em toda a região espera-se que o faça imediatamente, apesar até as calçadas.
pelos muitos estragos que já causou a dos benefícios apontados não solucionará Outras
população de Pinheiros, como se sabe o definitivamente o problema, pois existe ainda Além da principal artéria do bairro, outras
Córrego já esta canalizado em quase sua o leito antigo do Córrego Verde. Quando a mais vêm enfrentando o mesmo problema,
totalidade, ficando agora os trechos municipalidade executou a canalização da algumas até em condições; mais graves
seguintes: R. Medeiros de Albuquerque, em parte que vai da Vila Madalena em direção à como trechos das ruas Arthur de Azevedo,
Vila Madalena, trecho que passa pelas R. Teodoro Sampaio foi desviado o leito do Lisboa, Maria Carolina, etc., onde as águas
imediações das ruas Lisboa e Henrique córrego para evitar os encargos decorrentes penetram até residências e às vezes
Schaumann, que todos os anos inunda, das desapropriações e o leito antigo provocam desmoronamento de morros.
provocando desabamentos e outros prejuízos permanece sendo utilizado para descarga de Córrego Verde
e finalmente o trecho que vai da R. Iguatemi esgotos e águas servidas de muitas E como não poderia deixar de ser as vias
até a galeria existente nas proximidades do residências, depósito de lixo, etc. públicas que mais tem sofrido os efeitos dos
Rio Pinheiros, onde o córrego deságua. Além de inundar periodicamente durante o temporais tem sido aquelas situadas nas
A informação de que a municipalidade vai tempo das grandes chuvas, este problema imediações do Córrego Verde, que com seus
atacar estes trechos restantes foi fornecida à segundo nos disse o Sr. Luciano Reis, será transbordamentos periódicos espalham suas
reportagem pelo Sr. Luciano Reis, engenheiro- também atacado pela Prefeitura, mas não águas pestilentas por estas ruas numa séria
chefe da divisão de Projeto do Departamento agora, a canalização complementar do leito ameaça à saúde pública.
de Obras da Prefeitura, o qual anunciou que antigo exige muitas desapropriações e a Periferia
já estão sendo providenciadas as medidas municipalidade não tem condições para arcar Nos bairros periféricos a situação não é
necessárias para a abertura de concorrência tão cedo com o pesado encargo. melhor; ruas alagadas e lama por todos os
pública para a execução, ainda este ano, do lados são o que se nota em quase todos os
trecho da Medeiros de Albuquerque, informou 29/10/1965 núcleos que cercam Pinheiros. Não obstante,
ainda que já se encontra em execução o Ponte continua inacabada todos os protestos que se levantam durante
trecho de 300m que a partir da R. Iguatemi Embora decorridos 9 meses deste a sua as estações das chuvas, a Municipalidade
vai terminar na galeria existente, acima inauguração, continua inacabada a nova ala insiste em desconhecer o problema não
mencionada, devendo ser atacado no da Ponte do Rio Pinheiros na Av. Euzébio adotando nenhuma providência para que
próximo ano o trecho da R. Henrique Matoso. essas situações possam ser evitadas e assim
Schaumann, outro braço do Córrego Verde. adentramos mais uma temporada de chuvas
Os benefícios 10/12/1965 com os mesmos problemas de todos os anos,
São evidentes os benefícios que esta obra, há Chuvas de novo causam inundações em e os protestos, bastante justos, continuarão
tantos anos esperada, proporcionarão à Pinheiros por muito tempo, não temos dúvida.
população pinheirense, bastando destacar Em conseqüência das últimas chuvas repete-
que solucionará em pelo menos 90% os se novamente o problema das inundações em 17/12/1965
problemas de inundações, permitirá por outro diversos locais das regiões de Pinheiros, Canalização do Córrego Verde
lado a extinção de um importante foco de transformando algumas ruas em verdadeiros Aberta concorrência pública
pernilongos que se criam e proliferam no leito rios que dificultam o trânsito de veículos e A Prefeitura Municipal abriu concorrência
contaminado do Córrego. impedem a passagem de pedestres. pública para a canalização dos trechos
Para os moradores da R. Medeiros de Teodoro Sampaio restantes do Córrego Verde, a canalização
Albuquerque os benefícios serão ainda Entre as ruas que vêm sendo bastante será feita em galeria de 2,50m x 2,50m numa
maiores, pois o córrego que destruiu quase castigadas com as inundações, inclui-se extensão de aproximadamente 270m.
que totalmente o leito da via pública e que também a Teodoro Sampaio, onde os bueiros

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 56
Os serviços que deverão ser concluídos após A atual administração municipal, seguindo o pedestres e dificultando o tráfego de
a aprovação da proposta vencedora, dentro exemplo de suas antecessoras, continua veículos.
de 90 dias, estão orçados em 230 milhões de ignorando os principais problemas de Bueiros entupidos
cruzeiros. Pinheiros, problemas esses que já há alguns Ao que parece os bueiros existentes ao longo
Um velho problema anos já poderiam e deveriam ter sido da Teodoro Sampaio encontram-se entupidos
A abertura da concorrência e a conseqüente solucionados, uma vez que acarretam uma não dando a normal vazão ao volume de
realização da obra deverão por um ponto série de dissabores para considerável parcela água; é prescindível pois que seja efetuada
final num dos mais antigos e mais graves da população do bairro. uma limpeza em regra nos mesmos para que
problemas da região de Pinheiros. Ninguém Quais são? não seja prejudicado o trânsito de veículos e
desconhece que durante o tempo das Sem contar os problemas novos, que surgem pedestres durante as ocasiões de chuvas
grandes chuvas numerosas famílias que quase que diariamente em conseqüência do como vem ocorrendo.
residem nas proximidades do famoso córrego próprio desenvolvimento do bairro, merecem Outros
estão sujeitas a uma série de aborrecimentos um destaque especial os antigos, aqueles Por falta de providências antecipadas da
com as residências inundadas, muros ruídos, que há decênios vem servindo de municipalidade outros locais do bairro sofrem
etc. propaganda para alguns políticos que também com as chuvas, caso, por exemplo,
Agora é de se esperar que a Prefeitura, prometem solucioná-los em vésperas de daqueles situados nas imediações do Córrego
fiscalizando os prazos contratuais, não deixe eleições. Verde, que transbordando suas águas
que se prolongue por mais tempo esse que é Córrego Verde pestilentas para as vias públicas e
um dos mais importantes serviços públicos Inevitavelmente, em qualquer relação que se residências, neste e em muitos outros casos,
da região pinheirense. faça de problemas do bairro, não poderia a repetição tornou-se uma constante.
faltar o Córrego Verde. O fiozinho de água Protestos vêm sendo dirigidos as autoridades
14/01/1966 que corta grande parte de Pinheiros é ao longo de muitos anos, mas os problemas
Ainda não concluída as obras da ponte responsável, como a própria Prefeitura persistem e como dissemos em reportagem
Euzébio Matoso reconhece, pela onda de pernilongos que anterior sobre o assunto, esses protestos
O próximo dia 25 de janeiro que assinala o periodicamente assola o nosso bairro. serão em vão por muito tempo, é o que tudo
412o aniversário da Capital, marcará também indica.
o 1o aniversário da inauguração da 2 a ala da 04/02/1966 a
Ponte sobre o Rio Pinheiros na Av. Euzébio Chuvas causam novas inundações em 04/02/1966
Matoso, como se sabe o acontecimento foi o Pinheiros Construção civil em Pinheiros também
termo de uma campanha de mais de 10 anos, Problema antigo que a Prefeitura não quer provoca pujança no bairro
trazendo solução ainda que parcial a um dos ver Pinheiros situa-se entre os bairros paulistanos
problemas mais graves da região pinheirense. Com as últimas chuvas que desabaram sobre que mais crescem em todos os setores, e
Agora, passado um ano, é com estranheza o bairro voltaram a se repetir as cenas de como não poderia deixar de ser a construção
que se constata que a ponte ainda não foi inundações em diversos locais de Pinheiros. civil tem um papel relevante no crescimento
totalmente concluída; falta iluminação, o que Ruas completamente alagadas, águas do bairro, acompanhando o seu vertiginoso
vem causando dificuldades no intenso penetrando em residências e ameaçando as desenvolvimento e atendendo às
trânsito que por ali circula; o asfaltamento no construções com desabamentos e vias necessidades que este crescimento requer.
leito da nova ala e das vias de acesso deixa a públicas transformadas em verdadeiros rios,
desejar; enfim a nova ponte ainda não está eis o que se pode observar em ocasiões de 11/02/1966
concluída. chuvas um pouco mais intensas. Obras da nova ponte sobre o Rio
Teodoro Sampaio Pinheiros terminarão em novembro
28/01/1966 A principal artéria do bairro mais uma vez Segundo informações da firma incumbida da
Prefeitura de São Paulo está alheia aos sofre as conseqüências dos aguaceiros, construção da nova ponte sobre o Rio
antigos problemas pinheirenses quando as águas sobem até o nível da Pinheiros, entre as praças Alberto Rangel e
calçada e tornam-na intransitáveis para os Arcipreste Oliveira, na Cidade Universitária,

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 57
os trabalhos prosseguem normalmente, Uma parte das mais atingidas pelos aconteceu e nada há de indicar que tão logo
estando prevista sua conclusão para o mês constantes aguaceiros, como não poderia seja iniciada a obra.
de novembro deste ano. deixar de ser, é justamente aquela situada Importância
nas imediações do Córrego Verde. Não é necessário indicar mais uma vez a
18/02/1966 Além do costumeiro transbordamento dos enorme importância do Anel Viário, não
Administração Regional está alcançando trechos não canalizados do referido Córrego, apenas para Pinheiros, mas para toda a
resultados satisfatórios em Pinheiros onde já é uma constante em Pinheiros, novo Capital, cidades vizinhas de São Paulo e até
Decorridos cerca de 4 meses do início das problema surgiu para os moradores da rua outros Estados.
atividades da Administração Regional de Medeiros de Albuquerque em Vila Madalena, O anel Viário interligando as principais
Pinheiros, criada pelo Prefeito Faria Lima, o desmoronamento das margens do Córrego, rodovias estaduais tiraria das ruas de São
juntamente com outras regionais com vistas que poderá abalar, se não forem tomadas Paulo o tráfego de caminhões de alta
à descentralização dos serviços da medidas urgentes, o alicerce de numerosas tonelagem que atravancam o trânsito,
municipalidade. residências vizinhas, com grave perigo para destroem o leito das vias públicas, encurtaria
os que ali residem. as distâncias entre o centro produtor e os
04/03/1966 Canalização em longo prazo consumidores, traria em si uma série de
Teodoro sem bondes Tudo isso conseqüência da falta de previsão benefícios que só o tempo revelaria.
Prefeitura e DST chegaram a um acordo das autoridades municipais que estendem É, pois, uma pena que o Governo do Estado,
quanto à retirada dos bondes da Capital por anos seguidos a concretização de obras, passados tantos meses não tenha ainda
Num prazo de 18 meses deixará de circular o que há muito deveriam estar concluídas. É o iniciado os serviços, prolongando assim
último veículo dessa espécie na Paulista. Já caso do Córrego Verde cuja canalização vem definitivamente uma obra de extraordinária
na próxima semana as Avenidas Angélica e sendo executada a passo de tartaruga, muito importância.
Paulista ficarão livres dos obsoletos coletivos, embora seja um dos maiores, senão o maior
que serão retirados paulatinamente das problema de nossa região. A Prefeitura 18/03/1966
demais linhas naquele prazo. Municipal que iniciou a canalização de um Ponte da Cidade Universitária
No tocante a Pinheiros a medida é das mais pequeno trecho do famoso Córrego, Já há muito vimos apontando através das
auspiciosas. Somente assim poderá ser exatamente nas vizinhanças da R. Medeiros colunas deste semanário a necessidade
solucionado o problema de trânsito na de Albuquerque, deve imprimir maior rapidez imperativa da construção de uma ponte
Teodoro Sampaio, uma vez que a presença às obras a fim de evitar que dezenas de sobre o Rio Pinheiros e que viesse ligar o
dos bondes impede o êxito total de qualquer famílias, residentes nas imediações, sofram Butantã ao Alto de Pinheiros e Lapa e daí
plano que por ventura venha a DST executar conseqüências desagradáveis. para a Via Anhangüera e outras rodovias.
em nosso bairro.
Esperamos pois que Pinheiros seja logo 18/03/1966 18/03/1966
beneficiado com a retirada dos bondes de sua Anel Viário - Um dos planos do Governo Leito antigo do Córrego Verde é
principal artéria, o que ensejará uma melhor que continua no papel depósito de lixo
pavimentação para a Teodoro Sampaio e a Há um silêncio completo que parte das Ali onde começa a R. Inácio Pereira da Rocha,
melhoria das condições de tráfego nessa via. autoridades municipais sobre a construção do no vizinho bairro da Vila Madalena, há um
Anel Rodoviário, silêncio muito significativo, velho problema que envergonha toda a
11/03/1966 sinal de que nada foi feito, pelo menos no região. Trata-se do leito antigo do Córrego
Vila Madalena: residências outra vez setor pinheirense. Verde, atualmente utilizado para receber
ameaçadas pelo Córrego Verde Em princípios de julho do ano passado foi águas servidas de residências, deixam em
As últimas chuvas que vêm castigando toda a anunciado que o trecho pinheirense seria abundância detritos de toda ordem, em local
Capital fizeram-se sentir também em nossa iniciado dentro de 90 dias, esperava-se, bem conhecido, pois existe ali uma pequena
região, ocasionando uma série de graves portanto que alguma coisa se iniciasse no ponte de madeira destinada apenas ao
contratempos para os moradores. mês de outubro, isso, entretanto não trânsito de pedestres, o que já é um outro
problema.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 58
Gestões completa e definitiva canalização do famoso tempos de chuva é um verdadeiro tormento.
Esta situação já é do conhecimento da córrego que periodicamente transborda de Reiteramos pois o apelo já tantas vezes
Prefeitura, que muito esporadicamente envia seu leito levando para dentro de residências formulado, no sentido de que a Prefeitura
uma turma para fazer rápida limpeza no toda a sujeira que transborda. Municipal apresse as obras de canalização já
local, nada porém de mais sério, que remova iniciadas. Só assim se porá termo a situação
o problema pela raiz. E, não faltando 29/04/1966 aflitiva de numerosas famílias que vivem à
reclamações de toda ordem na imprensa Córrego Verde: contaminado e detritos margem das partes ainda não canalizadas do
local, moradores e políticos que há muitos humanos invadem casas Córrego
anos pedem providências. Na semana passada ocorreu o desabamento
O progresso sempre crescente da região de das paredes da galeria do Córrego Verde, 15/07/1966
Pinheiros já não admite situações como está. local onde começa uma das partes Esgotos da Cardeal: operação tartaruga
É necessário, pois, que a Prefeitura leve a canalizadas, situado nos fundos do edifício Obras de instalação de esgotos na rua
sério o caso e, atendendo a dezenas de Tibagi, no. 182 da R. Henrique Schaumann. Cardeal Arcoverde arrastam-se com
pedidos de moradores vizinhos, fazemos um Com a ocorrência algumas residências da excessiva morosidade ocasionando uma série
apelo ao Sr. Engenheiro Márcio Dias Pinto, Vila, situada na R. Lisboa n 307, sofreram de problemas para o tráfego e para as
intitulado da Administração de Pinheiros, no durante dias seguidos o pior castigo, entre os famílias ali residentes.
sentido de que faça uma visita ao local e muitos que periodicamente, o famigerado
encaminhe com urgência à Prefeitura da Córrego, infringe aos moradores daquele 15/07/1966
Capital pedido de providências que solucione local. Não foi nem preciso que chovesse, as Entre lágrimas e aplausos bondes
de forma definitiva o velho e vergonhoso águas do Córrego que ali não são deixam a Teodoro Sampaio
problema. canalizadas, impedidas de escoar livremente Foram extintas na última sexta-feira as linhas
para a galeria destruída, invadiram quintais e de bondes de Pinheiros e Vila Madalena, com
22/04/1966 porões, pondo em desespero as famílias que as obras iniciadas na Praça Ramos de
Pequeno Anel Rodoviário ali residem. Pior ainda, como se sabe o Azevedo e finalizadas no Largo de Pinheiros,
Já foram concluídos os trabalhos de Córrego Verde é utilizado também como o último bonde de n 1591 ostentando faixas
sondagem, do trecho que vai da Via condutor de esgotos e as águas levaram para com os dizeres: “Rendo-me ao progresso 
Anhangüera a Pinheiros, das Marginais que dentro das casas montanhas de detritos Viva São Paulo”, “Cumpri o meu dever, parto
formarão o Pequeno Anel Rodoviário, sistema humanos que impregnaram de terrível mau tranqüilo” e “Adeus”, partiu da Praça Ramos
de comunicação que interligará por fora da cheiro toda a vizinhança. de Azevedo trazendo autoridades municipais
cidade as principais rodovias estaduais e Consertos e estaduais até o Largo de Pinheiros, onde foi
federais. Os moradores em vista da gravidade da instalado um palanque para as solenidades
situação pediram socorro as autoridades de praxe.
29/04/1966 municipais, ao que informa o Engenheiro
Rua Lisboa: residências de novo Márcio Dias Pinto, da Administração Regional 12/08/1966
invadidas pelas águas do Córrego Verde de Pinheiros, que compareceu ao local e Pinheiros: vanguardeiro no setor da
Numerosas residências da Vila, situada na R. determinou imediatamente o envio de um indústria da construção civil
Lisboa n 307, foram invadidas pelas águas grupo de trabalhadores para fazer os reparos 1966 pode ser considerado como o ano da
do Córrego Verde em virtude do rompimento da galeria. firmação da região de Pinheiros no setor da
da galeria existente nos fundos do edifício Canalização indústria da construção civil, esta afirmação
Tibagi, situado na Rua Henrique Schaumann Se bem que seja elogiável a presteza com pode parecer a muitos arrojada, precisa
182. que a Administração Regional atendeu à mesmo de melhor fundamento, pois as
O administrador regional de Pinheiros, o ocorrência, não é só isso que desejam os conjunturas da política econômica financeira
engenheiro Márcio Dias Pinto, determinou o moradores da Vila mencionada, o que eles adotada pelo Governo da República foram e
imediato reparo da referida galeria, mas as desejam e vem pedindo há anos é a definitiva continuam não sendo tão favoráveis para
famílias atingidas desejam mais que isto, a canalização do Córrego Verde, que nos este importante ramo de atividade.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 59
(...) entrando talvez, por um feliz paradoxo, que vem sofrendo as famílias residentes
neste ano de 1966, apesar de todas as 12/08/1966 naquela via e outras próximas.
dificuldades, deverão ser entregues Rua Cariris: inundações desesperam os Segundo informou, o córrego que corta a
numerosos edifícios comerciais e residências moradores Estrada do Campo Limpo, periodicamente
que já compõem a paisagem pinheirense, e Moradores da R. Cariris em sua parte de transborda deixando suas águas pestilentas
uma vez acabados darão a esta paisagem um baixo estão desesperados com problemas de nas residências das imediações, danificando
colorido diferente conferindo-lhe inundações que se tornou ali habitual, como móveis, ameaçando a saúde de seus
definitivamente um aspecto de uma cidade. se sabe a Prefeitura Municipal determinou moradores, principalmente das crianças que
Bastaria lembrar alguns situados na zona asfaltamento daquela via pública, o que ali, expostas ao perigo, brincam nas águas
mais central de nosso bairro: Edifício Lobrás, começou a ser feito, pois grande parte já está poluídas.
Condomínio Teodoro Sampaio, Edifício Cidade concluída, a parte de baixo, porém foi
de Pinheiros, Edifício Dimep e tantos outros abandonada pela empresa construtora que 16/09/1966
que seria algo demais enumerar. antes de deixar o local retirou os tubos de Obras na nova ponte sobre o Rio
Lançamentos em preparação escoamento de águas pluviais e entupiu as Pinheiros chegam ao término
É importante também lembrar os bocas-de-lobo, o resultado foi que quando cai No próximo mês estará terminada a estrutura
empreendimentos que se acham em sua fase qualquer pequena chuva, as águas vindas da Ponte sobre o Rio Pinheiros, ligando a R.
de lançamento e vendas, e um testemunho das ruas Pinheiros e Cláudio Soares e parte Alvarenga, na Cidade Universitária, a R.
disso são as páginas destinadas aos anúncios alta da Cariris se acumulam na parte mais Ipissuma, no Alto de Pinheiros, a fim de
classificados deste jornal; elas provam que as baixa, alagando as residências. Segundo colocar os leitores a par do importante
grandes organizações mobiliárias e pode verificar a reportagem a água chega a melhoramento, o repórter esteve no
construtoras da Capital do Estado voltaram subir mais de 0,5m dentro estragando Departamento de Obras da Prefeitura onde
suas vistas para Pinheiros, porque se móveis, levando detritos para dentro dos foram colhidos os dados que aqui vão.
convenceram de seu grande futuro no ramo lares, pondo em desespero as numerosas
da indústria da construção civil. famílias que ali residem. 07/10/1966
É de se esperar que mais dias, menos dias as Trecho vai ser canalizado
autoridades governamentais liberalizem um 19/08/1966 O Prefeito Faria Lima determinou a
pouco seus mais critérios, e então Pinheiros Remanejamento de galeria do Córrego canalização de um trecho do Córrego Verde,
que se destaca nas atuais condições no setor Verde situado nas imediações da R. Medeiros de
da construção civil, estará definitivamente O Prefeito Faria Lima determinou a execução Albuquerque no vizinho bairro de Vila
em posição de vanguarda. do remanejamento da galeria de canalização Madalena. As obras devem começar dentro
do Córrego Verde, na R. João Moura, entre as desses dias, pois já se encontram no local os
12/08/1966 Ruas Galeno de Almeida e Cardeal Arcoverde. materiais necessários para o serviço de
Prefeitura ataca na região de Pinheiros Os serviços deverão estar concluídos dentro canalização de cerca de 25 a 30m de córrego.
A Prefeitura Municipal esta construindo uma de 90 dias e estão orçados em mais de 20 O referido trecho fora abandonado há algum
grande galeria de águas pluviais na R. milhões de cruzeiros. As obras deverão tempo pela municipalidade que volta a
Vupuabuçu, trecho compreendido entre as melhorar as condições de escoamento das completá-la graças à insistência do Padre
ruas Frederico Hermann Jr. e Ferreira de águas no local evitando as enchentes. Olavo Pezzotti, vigário do bairro, junto às
Araújo. Trata-se de galeria de concreto autoridades municipais.
armado no próprio local, capaz de conter o 12/09/1966
grande volume de água que vem nos tempos Córrego invade residências 14/10/1966
de chuva dos Altos da City, a obra está O Sr. Antônio Pissili residente na rua 4, na Prevenção de enchentes
orçada em 84 milhões de cruzeiros, devendo divisa entre o bairro de Campo Limpo e o O serviço deve começar já
estar concluída antes do prazo estipulado em município de Taboão da Serra, veio à redação Bocas-de-lobo, galerias e córregos entupidos
contrato, isto é, dentro de aproximadamente deste semanário para relatar os dissabores poderão, como acontece todos os anos na
um mês. região de Pinheiros, provocar novas

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 60
inundações, trazendo novos prejuízos à 04/11/1966
população. Tudo indica que estamos entrando Córrego Verde: pequeno trecho não 11/11/1966
na estação das chuvas mais fortes. É canalizado ainda causa transtorno Um rio chamado Teodoro Sampaio
necessário que as autoridades municipais Com as chuvas que caíram sobre a cidade O forte aguaceiro que desabou sobre
comecem a tomar providências para que as nestes dias, voltaram a se registrar as Pinheiros, na última quarta-feira, demonstrou
enchentes não voltem a ocorrer ou sejam inundações provocadas por pequeno trecho mais uma vez a precariedade das galerias de
danosas. do Córrego Verde, cerca de 200m, ainda não águas pluviais do bairro, além da
Ponto crítico canalizado, situado nos fundos da Rua Lisboa imprevidência das autoridades responsáveis.
As imediações das ruas Henrique Schaumann na altura do n 275, disse-nos o entrevistado A principal artéria do bairro transformou-se
e Lisboa, perto da rua Arthur de Azevedo, são que há mais de 18 anos vem lutando em vão em verdadeiro rio, com as águas subindo nas
os pontos críticos das inundações que pela canalização daquele trecho do Córrego calçadas e impedindo que transeuntes
periodicamente se registram em Pinheiros, Verde, informou ter organizado inúmeros atravessem a rua e aos passageiros que
são causados pelo crônico entupimento de abaixo-assinados encaminhado memoriais desciam de coletivos àquela hora não restava
galerias e foi canalizado. reivindicatórios, levado o caso à grande outro recurso senão afundar os pés nas águas
Os moradores da vizinhança vivem em imprensa e à televisão, ter falado com que corriam pela Teodoro Sampaio.
constantes preocupações, temerosos que sucessivos prefeitos e em vão, frisou. Apesar
com a ocorrência de temporal mais violento de quase toda área ter sido desapropriada 11/11/1966
registrem-se de novo as enchentes que simbolicamente, isto é, doada à Prefeitura de Extensão da rede de esgotos O DAE
invadem porões, derrubam muros causando São Paulo, apesar de tratar-se de pequeno conclui obras da região
muitos aborrecimentos por um trecho do trecho, com poucos metros, cuja canalização O Departamento de Águas e Esgotos,
Córrego Verde que ainda não foi canalizado. não custaria tanto dinheiro aos cofres segundo notícia veiculada pelo Diário Oficial
Os moradores da vizinhança vivem em municipais. do estado, concluí trabalhos de assentamento
constantes preocupações, temerosos que O pior de mais de 25 mil metros de redes de esgoto
com a ocorrência de temporal mais violento O que há de mais desagradável no local não na capital, beneficiando 3 mil prédios num
registrem-se de novo as enchentes que é o fato puro e simples da inundação, porque total de cerca de 15.000 munícipes, boa parte
invadem porões, derrubam muros causando a água da mesma forma que vem, vai dos quais em nossa região.
muitos aborrecimentos. embora depois. O pior é que trás consigo
Outros locais para dentro de casa animais mortos, detritos 18/11/1966
Mas há outros focos, localizados em bairros humanos, sujeira e contaminação de toda Ponte da Cidade Universitária será
mais distantes da região, especialmente os espécie, e quando volta o sol ninguém pode entregue no começo de 67
que se situam as margens do Córrego suportar o mau cheiro que fica. Nesta época, Praticamente concluída deverá ser entregue
Pirajuçara, onde o castigo das inundações é a Administração Regional de Pinheiros, ao tráfego em princípios do próximo ano.
um fato de tradição, e o pior é que na maioria informou ainda o Dr. Paulo José de Carvalho,
dos casos são famílias humildes as mais mandou limpar a galeria situada na Henrique 10/12/1966
castigadas; gente pobre que, em muitos Schaumann perto da Rebouças, onde Outra ponte sobre o canal do Pinheiros
casos, é obrigada a abandonar seus lares recomeça a canalização do córrego, e em Novas obras foram autorizadas na
invadidos pela água e pelos detritos. conseqüência da inundação não atingiu as última segunda-feira pelo Prefeito Faria
Urge, pois, que a Administração Regional de proporções de antes. Lima
Pinheiros mande fazer uma verificação nos Mas, o que desejam e esperam os moradores, Dentre estas se destaca a construção de
córregos, bocas de lobo e galerias da região, há 20 anos, é a canalização do trecho, para nova ala na Ponte sobre o Rio Pinheiros, na
num trabalho de prevenção; isso poderá que o problema seja sanado em definitivo, e Av. Cidade Jardim; a obra que deverá estar
evitar que as enchentes voltem a amargurar através da gazeta de Pinheiros leva mais um concluída num prazo de 360 dias após a
famílias ou pelo menos atenuar os seus apelo ao Prefeito Faria Lima no sentido de assinatura do contrato com a firma
efeitos. que sejam tomadas as providências a tanto construtora, facilitará o tráfego de veículos
esperadas. que demandam o Jóquei Clube, Estádio do

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 61
São Paulo Futebol Clube, Palácio dos pouca intensidade, transformando essas ruas Com a chegada das chuvas, a ameaça de
Bandeirantes etc., desafogando em rios e deixando toda espécie de detritos inundações voltam a preocupar dezenas de
consideravelmente a ponte da Av. Euzébio nos leitos das ruas e nas calçadas. famílias pinheirenses, que mais uma vez
Matoso. Outros problemas citados nesta reportagem poderão ter suas residências invadidas pelas
são: lixo, pavimentação, passagens de nível águas.
03/01/1967 etc. Ainda estão bem vivas as desagradáveis
Velhos problemas para o Ano Novo Lixo conseqüências das inundações do ano
Ano novo começa em Pinheiros com os No tocante ao lixo, se alguma melhoria houve passado e nos anteriores. Em princípios do
mesmos velhos problemas. 1966 não foi um no serviço de coleta domiciliar o mesmo não ano anterior, como noticiamos na ocasião, a
ano pródigo em realizações em relação ao se pode dizer da limpeza das vias públicas, enxurrada chegou a arrastar um automóvel
nosso bairro, poucos foram os que continua bastante irregular. O trabalho que se encontrava na garagem, levando-o
melhoramentos públicos que recebemos no de varrição prossegue sendo feito em até o terreno existente na Rua Fradique
ano que passou. Antigos problemas como períodos por demais espaçados Coutinho, entre as Ruas Teodoro Sampaio e
Córrego Verde, falta de pavimentação em apresentando-se as ruas e escadarias do Cardeal Arcoverde.
importantes ruas do bairro, o esquecimento bairro por isso permanentemente sujas Nas imediações do Córrego Verde, o fato
dos projetos de construção de passagens de oferecendo um desagradável aspecto aos assumiu então aspecto mais grave, quando
nível e outras artérias pinheirenses visitantes. as águas pestilentas deste córrego invadiram
continuaram sendo assunto no ano que se Pavimentação residências levando toda faixa de detritos e a
inicia - velhos problemas para o ano novo. No setor de pavimentação, lembrem - se de ameaça de epidemias.
O ano que findou trouxe poucos que ainda algumas ruas Pinheirense As causas
melhoramentos públicos para a nossa região. inexplicavelmente não receberam ainda este A precariedade das galerias pluviais e o
Na verdade os velhos problemas regionais melhoramento citando dentre elas trecho da permanente entupimento dos bueiros têm
continuaram intocados, desafiando no Arthur de Azevedo entre Fradique Coutinho e sido em geral as causas dessas inundações,
decorrer dos anos as sucessivas Matheus Grou; a Matheus Grou entre Arthur com os bueiros e galerias nessas condições
administrações, que se mostram impotentes de Azevedo e Cardeal Arcoverde, embora não pode haver vazão das águas, originando-
para solucioná-los. localizadas no ponto central do bairro essas se então esses problemas.
Seria longo e exaustivo relacionarmos todos vias viram correr mais um ano sem receber a Novamente
os problemas que afetam o bairro e a esperada pavimentação. Infelizmente estes problemas tendem a
população local, alguns deles, entretanto, ocorrer novamente bastando que uma chuva
pelos contratempos que vêm ocasionando há 13/01/1967 mais intensa caia sobre o bairro, porque
anos. Não podemos deixar de mencionar para Concluídas as obras da ampliação da apesar das constantes reclamações da
que não sejam esquecidos de vez pelas nova ponte população a municipalidade não adotou
autoridades responsáveis. Foram concluídas as obras de construção da nenhuma providência para evitar a repetição
Águas nova ponte sobre o Rio Pinheiros ligando a do fato.
E o caso do Córrego Verde, cuja canalização Praça Alberto Rangel ao final da R. Alvarenga, Bueiros e galerias continuam nas mesmas
vem se arrastando em pequenas etapas, no Butantã, à Praça Arcipreste de Oliveira, no condições, enquanto a canalização do
enquanto dezenas de famílias têm suas Alto de Pinheiros. A nova ponte facilitará o Córrego Verde se desenvolve a passos de
residências invadidas pelas águas imundas acesso à Cidade Universitária, bem como tartaruga. Esperemos, portanto que neste
desse Córrego em seus costumeiros contribuirá para melhorar as condições do ano sejam adotadas as medidas de há muito
transbordamentos. trânsito desviado para aquele local, reclamadas, para que a ameaça que hora
Problema idêntico verifica-se em diversas desafogando também a ponte da Av. Euzébio paira sobre dezenas de famílias seja
vias públicas do bairro, inclusive na Teodoro Matoso. eliminada.
Sampaio onde as galerias de águas pluviais,
permanentemente entupidas, não dão vazão 13/01/1967 27/01/1967
às águas, mesmo nas ocasiões de chuva de Enchentes podem ocorrer de novo

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 62
Galeria-tronco de águas pluviais na R. prédio elevam-se a mais de 5m alagando colhidos resultados positivos, executando-se
Iguatemi completamente a garagem. de imediato as obras necessárias à
Foi iniciada há dias a construção de galeria- Segundo informações dos moradores do prevenção das inundações que tantas
tronco de águas pluviais ao longo das ruas edifício o fato se deve ao rompimento da aflições têm ocasionado à considerável
Iguatemi e Henrique Monteiro, nas canalização do Córrego naquele trecho, o que parcela da população paulistana, inclusive
proximidades da Praça Itália. As obras que ocorreu há alguns meses, agravando-se pinheirense. E esperamos que a canalização
prosseguem em ritmo acelerado visam agora com a construção de prédios ao seu do Córrego Verde seja incluída entre as
solucionar problemas do represamento de redor que afunilaram seu leito e impediram a primeiras obras a serem executadas em
águas nesses locais, bem como dos danos vazão das águas. comum pelo Estado e pela Prefeitura.
causados à pavimentação nessas vias.
10/02/1967 16/06/1967
27/01/1967 Ruínas e desolação no rastro das chuvas Doação de imóvel na Arthur de Azevedo
Administração Regional de Pinheiros Desespero sentiram dezenas de famílias para canalização do Córrego Verde
inicia novas obras na região pinheirenses em conseqüência das chuvas Foi aberto à concorrência para pavimentação,
Novas obras estão sendo atacadas pela que caíram sobre o bairro nos primeiros dias o trecho da Arthur de Azevedo, situado entre
Administração Regional de Pinheiros visando da semana e, sobretudo da ausência dos as ruas Matheus Grou e Fradique Coutinho.
solucionar problemas de numerosas vias poderes municipais que embora alertados Esse trecho, segundo informações obtidas
públicas, segundo informações prestadas à não souberam evitar os danosos resultados durante anteriores administrações, não
reportagem pelo Sr. Márcio Dias Pinto, titular das inundações. poderia ser pavimentado enquanto não fosse
da AR de Pinheiros. Os estragos em nossa região foram grandes, canalizado o Córrego Verde, que corta a
Entre as obras está a da Av. Marginal, casas e muros ruíram não se registrando Arthur de Azevedo nesta altura, isso porque
segundo o administrador regional, que apenas por sorte fatos mais lamentáveis que afirmavam, para a pavimentação deste
adiantou que já foi aprovado e concluído no os prejuízos vultosos, famílias perderam tudo: trecho seria necessária antes a construção de
plano de pavimentação deste ano, o trecho móveis, aparelhos domésticos, roupas foram um pontilhão naquele local, o que por sua vez
da Av. Marginal, entre as pontes das avenidas danificadas ou arrastadas pelas águas, implicaria na retificação daquele córrego.
Euzébio Matoso e Cidade Jardim, a qual famílias desabrigadas. As cenas catastróficas Entretanto, a Prefeitura colocou a citada obra
quando concluída beneficiará o tráfego da rua se registraram nos mais diversos pontos do em concorrência, nada adiantando contudo
Iguatemi. nosso bairro, principalmente nas várzeas quanto ao pontilhão ou canalização do
vizinhas ao Córrego Verde. Córrego Verde neste trecho.
03/02/1967
Inundações ameaçam diversos prédios 17/02/1967 21/07/1967
na região de Pinheiros Estado e Prefeitura unem-se para acabar Estação de Tratamento de Esgotos de
Como era previsto, com as chuvas mais com as enchentes Pinheiros será concluída
intensas que desabaram sobre o bairro nesta As enchentes ocorridas em vários locais da em 68
semana, tivemos a lamentável repetição das Capital nesta semana, parece que tiveram Em futuro não muito remoto, o bairro de
inundações que invadiram residências e por fim o dom de alertar os poderes públicos, Pinheiros abrigará uma grande ETE, obra de
edifícios, danificando móveis, derrubando assim é que o Estado se dispõem a colaborar grande vulto já em fase bastante adiantada
muros e carregando toda sorte de detritos com a municipalidade paulistana para a no que diz respeito à construção civil, servirá
para o interior desses prédios. solução do grave problema, através da a uma população de 320 mil pessoas, tratará
5m de água execução de obras de grande alcance os esgotos do bairro de Pinheiros, Jardim
Um dos casos mais graves, dentre aqueles definitivas e não serviços de duração América, Jardim Paulistano, Vila Olímpia e
que chegaram ao nosso conhecimento, passageiras, com efeitos em curto prazo. outros bairros adjacentes.
ocorreu e vem ocorrendo no Edifício Tibagi, à Córrego Verde
Rua Henrique Schaumann, 182, onde as Espera-se que com essa reunião, que de há 04/08/1967
águas do córrego situado nos fundos do muito se vinha fazendo necessária, sejam

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 63
Retificação do Rio Pinheiros: uma várzea adjacente, passada a enchente e contribuição da extensa área drenada 270
grande obra urbanizadora retirando-se as águas para o leito normal, km2, posteriormente nos entendimentos
Instalados na secção a céu aberto da Usina dada a existência de longas áreas de planura referentes à concessão para o desvio de um
Henri Borden, na antiga Cubatão, os grupos ribeirinha em cota mais baixa do que os maior volume de águas da bacia do Tietê, foi
geradores previstos para a primeira etapa do cordões, permaneciam nas depressões pelo decreto 22008 de 1946, essa vazão
aproveitamento da serra, a que utilizava depósitos aluviais brejosos, de outro lado da fixada em 270m3/s sobre desnível de 5,5 m.
águas do vertente oceânico, a dos rios das intensiva exploração de área, pedregulho e Já se encontram em operação o de no. 1,
Pedras e de parte da Bacia do Rio Tietê, barro cerâmico nos terrenos ribeirinhos, desde julho de 1940, o de no.2, desde
limitada pela barragem de Pedreira em Santo sobretudo no trecho compreendido entre a novembro de 1950, a Elevatória de Traição é
Amaro, tornou-se imprescindível para o antiga ponte de Pinheiros e a confluência com dotada de eclusa que acena para as
acionamento das máquinas reclamadas pela o Tietê, resultou a abertura de numerosas e possibilidades futuras de navegação, o nível
rápida crescida das solicitações na dinâmica enormes valas nas quais as águas ficavam d’água do Tietê, na confluência com o
área servida a obtenção de mais amplos estagnadas, constituindo criadouros Pinheiros, é mantida na cota média de 715,50
recursos hidráulicos, e esses foram permanentes de culicídeos, essas condições m, a amplitude normal das flutuações 0,50 m,
conseguidos com a retirada de maior volume adversas naturais e criadas invalidavam a para o que se tornou necessário alteamento
d’água do Tietê para a adução do novo extensa zona ribeirinha para qualquer plano de 6m da crista da barragem Edgar de Souza,
caudal alimentador do Reservatório Billings. de urbanização. criaram-se assim condições para o
Foram efetuadas as obras de retificação dos Característica dos canais escoamento de volumoso caudal pelo Canal
Rios Pinheiros e dos seus formadores, o Decidida a canalização dos cursos, elaborou- de Pinheiros no sentido inverso ao do curso
Grande e o Guarapiranga. se um projeto que nos amplos delineamentos natural do rio retificado, próxima à
Para a lei estadual no. 2249 de 27/11/1927, consiste no seguinte: os estudos confluência foi construída uma estrutura de
artigo 10, letra D, foi a de São Paulo Transway empreendidos mostraram que a melhor concreto dotada de grades retentoras de
Light and Power Company Limited autorizada solução para encaminhamento do caudal do detritos e vegetação aquática, sobretudo
a aprofundar o leito dos rios Pinheiros e seus Pinheiros ao reservatório Billings seria dividir aguapé, que prolifera rapidamente no Tietê e
afluentes, Grande e Guarapiranga, a jusante o espelho d’água do canal em dois de vigas de vedação que permitem separar
das respectivas barragens nos municípios de patamares, o inferior na cota máxima de os vales do Pinheiros do Tietê no caso de
Santo Amaro e da Capital. Drenando, 715,5m e o superior na cota de 721m, grandes enchentes deste último.
beneficiando e saneando assim os terrenos vencendo-se o desnível por recalque Da estrutura de retiro das águas corre uma
situados nas respectivas zonas inundadas. efetuado no km 15,460 - Usina Elevatória de distância de 10,6 km até alcançar a Usina de
A regulamentação da medida legislativa foi Traição, o comprimento em conjunto dos Traição, onde são recalcadas.
efetuada pelo decreto no. 4487 de 9/11/1928 canais dos rios Grande e Pinheiros é de 25,8 Como já mencionado no trecho superior do
no qual foram aprovadas as condições km, o do Guarapiranga é de 1,88 km, a canal e após defluir 15,4 km pelos grupos
relativas a concessão acordada em Contrato extensão dos velhos e tortuosos cursos do instalados da Usina Elevatória de Pedreira,
Público de 21/11/1928, assinada na Rio Pinheiros e Grande era de 43 km. novamente elevadas e lançadas no
Secretaria de Estado dos Negócios de Viação Considerações referentes à energia Reservatório Billings, atualmente estão
e Obras Públicas. aproveitável no período crítico de estiagem instalados na Usina de Pedreira 4 grupos
Condições pré-existentes à canalização demonstraram que o limite econômico para a reversíveis, tipo Francis, que quando postos a
Para exemplificar as condições desfavoráveis capacidade do canal seria de operar como bomba, condição normal de
para escoamento das águas pelo alívio aproximadamente 90m3/s, todavia como uma trabalho, tem a capacidade recalcadora total
natural do Pinheiros, tomemos a secção das finalidades do projeto era criar condições de 177,2m3/s sobre desnível de 24,5m a
máxima original junto à velha ponte de que permitissem a urbanização do Vale do 7,10km ao Norte da Usina de Pedreira.
Itapecerica, a vazão máxima contida era de Pinheiros, tornando úteis áreas anteriormente O canal do Rio Grande conflui com o de
65m3/s, excedido este volume, o que entre sujeitas a freqüentes inundações; foram Guarapiranga dando origem ao de Pinheiros
1911 e 1930, ocorreu durante 7% do tempo, determinadas escavações mais amplas de tal como acontecia primitivamente com o
as águas superavam os cordões marginais a modo a ser escoada, nas grandes chuvas, a curso natural dos rios retificados.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 64
Os grupos instalados nas duas Usinas Avenida Marginal de Pinheiros, entre as córregos, que vêm sendo executados a
Elevatórias são reversíveis podendo além de pontes da Cidade Universitária e Avenida passos de tartarugas.
sua função principal recalcadora, serem Cidade Jardim. A informação foi prestada pelo Alerta
usados como geradores, essa versatilidade Dr. Nelson Medi, engenheiro chefe do Assim, a menos que providências venham a
tem sido útil na Usina de Pedreira, como Departamento de Rodagem do município de ser adotadas em caráter de urgência, as
medida de emergência nos períodos de São Paulo, DERMU - São Paulo. inundações voltarão a ocorrer neste bairro,
pontas de cargas extremas. Ali a água Na palestra que fez na última terça-feira, na ocasionando novos dissabores a numerosas
descarregada para acionar as máquinas, sede do Distrital de Pinheiros da Associação famílias pinheirenses. Alertamos outra vez as
como turbinas, é novamente recalcada nos Comercial, a convite do Lions Clube e do autoridades responsáveis para o fato, uma
momentos de baixa solicitação. Em Traição a grupo de trabalho que colabora com a vez que ainda há tempo para que sejam
reversibilidade embora existente é menos útil administração regional de Pinheiros. postas em prática medidas que impeçam a
devido ao menor desnível. repetição das desagradáveis ocorrências.
Foram assim incorporadas à área urbanizada 08/09/1967
da metrópole cerca de 25 milhões de m 2 de Inundações: Prefeitura não soluciona 15/09/1967
terrenos perfeitamente saneado, onde hoje problema Inundações: problema abordado na
se localiza a Cidade Universitária, a Sede de Recentes informações divulgadas por Câmara
Campo do Jóquei Clube, bairros elegantes e estações meteorológicas dão conta que nos A reportagem publicada na última edição da
populares e um grande complexo industrial. próximos meses chuvas torrenciais se “Gazeta de Pinheiros” sob o título
abaterão sobre a Capital. Isso significa, a Inundações: Prefeitura não soluciona o
04/08/1967 princípio, que teremos a repetição das problema, teve grande repercussão na
Prefeitura preocupa-se com as catastróficas inundações que ocorrem em Câmara Municipal, tendo sido abordados
marginais do Pinheiros Pinheiros nessas ocasiões, porque não pelos vereadores João Lemos e Maria Osaka.
As obras das marginais do rio Pinheiras estão obstante as proporções das últimas Falando na seção do último dia 11, aqueles
sendo objeto de vários estudos por parte da enchentes havidas em nosso bairro, vereadores levantaram problema, que é dos
Secretaria de Obras da Prefeitura. Tanto notadamente aquela do domingo de Carnaval mais graves, como afirmam, e que por isso
assim que o trecho compreendido entre a deste ano, quando dezenas de moradias mesmo devem merecer plena atenção do
ponte da Cidade Jardim e a ponte da Cidade foram destruídas, nenhuma medida prática Poder Municipal.
Universitária, do lado oeste, poderá entrar para evitá-las foi tomada pela
em fase de construção ainda este ano. municipalidade. Nesse bairro as inundações 29/09/1967
repetem-se em vários trechos, entre as ruas Deputado pede paciência para acabar
04/08/1967 Belmiro Braga, Padre João Gonçalves, Arthur com as enchentes
Necessária a ampliação do Largo de de Azevedo, entre as ruas Fradique Coutinho A preocupação da laboriosa população de
Pinheiros e Matheus Grou, Lisboa etc. Todos nas Pinheiros, trazida pelas reportagens da
Em maio último, o Brigadeiro Faria Lima proximidades do Córrego Verde que “Gazeta de Pinheiros”, vem repercutindo no
determinou ao administrador regional de transbordando lama, adentra com suas águas Palácio 9 de Julho. A reportagem que
Pinheiros novos estudos para a ampliação do pestilentas nas residências locais. publicamos na nossa edição do dia 08 do
Largo de Pinheiros, fixando um prazo de 15 Canalização corrente, abordando o estado de sobressalto
dias para que tais estudos fossem Este é um dos mais graves problemas da que domina o povo ante a perspectiva de
encaminhados. região, contudo passam-se os anos sem que novas inundações na região banhada pelo
se caracterize a canalização do famigerado Córrego Verde.
01/09/1967 córrego. A Administração Faria Lima, que vem Ruas Belmiro Braga, Padre João Gonçalves,
Primeira pista da marginal de Pinheiros executando obras de vulto em diversos Arthur de Azevedo e Lisboa serviram de
será concluída em 1968 setores, parece também relevou a um plano elementos para que o deputado Alceu
Deverão ser concluídas dentro de 180 dias as secundário problemas de canalização de Gasparini apresenta-se uma moção no
obras de construção da pista rápida da plenário da Assembléia Legislativa passando

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 65
pelo Prefeito Faria Lima, ao Governador de Tabu
Estado e ao Presidente da República, para É tempo de se derrubar o tabu que cega, de 01/12/1967
que conjuguem esforços no sentido de que forma irritante, a canalização do Córrego Canalização de Córrego
providências sejam aplicadas com o fim de Verde, principal causador das inundações em Um deputado enviou ao Brigadeiro Faria
eliminar de vez o problema das inundações nosso bairro, desafiando sucessivas Lima, prefeito da Capital, um ofício
na Capital, e de um modo específico no bairro administrações, permanece o Córrego, solicitando providências no sentido de ser
de Pinheiros. através dos anos, levando a destruição a canalizado o Córrego das Corujas, em Vila
dezenas de lares. E não foi diferente com a Madalena. Justificando, esclareceu aquele
06/10/1967 atual administração municipal, como as deputado que a transição de todo o bairro de
Limpeza no Córrego Pirajuçara precedentes, também ignora o problema. Vila Madalena ao chamado Córrego das
O Prefeito Faria Lima determinou os serviços Medidas Corujas, cujas águas são totalmente poluídas,
de limpeza, desobstrução e pequenas Essa ausência da municipalidade para o apesar disso mulheres são vistas em suas
retificações no Córrego Pirajuçara, no grave problema faz com que voltemos ao margens lavando roupas e louças.
Butantã, entre a avenida Vital Brasil e a assunto para que em nome das famílias Além de receber o esgoto, muitas famílias
galeria na margem do Rio Pinheiros. ameaçadas pelas inundações, solicitar que nele despejam o lixo de suas residências.
A medida visa evitar as inundações e mau providências sejam adotadas a fim de que Toda a população fica assim exposta à toda
cheiro exalado pelas águas paradas desse não se repitam os desagradáveis fatos sorte de moléstias, principalmente crianças
córrego e a conclusão dos serviços deverá ocorridos no princípio do ano. que brincam nas águas poluídas.
ocorrer no prazo de 90 dias, fixado pelo chefe A canalização do Córrego das Corujas seria o
do executivo paulistano. 27/10/1967 ideal para a solução do problema.
Inundações
20/10/1967 Por diversas vezes temos abordado o 01/12/1967
Inundações voltam a ameaçar problema ocasionado pelas inundações em Ponte sobre o córrego Pirajuçara
numerosos lares pinheirenses Pinheiros, se o fazemos com tanta insistência Por indicação da Administração Regional de
Manifesto se difama ante a preocupação de é porque consideramos esse um dos maiores Pinheiros a municipalidade vai construir uma
numerosas famílias pinheirenses pelas problemas que afetam o nosso bairro, ponte sobre o córrego do Pirajuçara na Av.
inundações que poderão ocorrer quando intranqüilizando numerosas famílias locais Vital Brasil. Tendo iniciado já os serviços de
chuvas intensas desabarem sobre o bairro. À nas épocas da chuva, os danos ocasionados demolição do pontilhão ali existente, ao
preocupação dessas famílias juntamos a pelos periódicos transbordamentos do mesmo tempo será alargado o canal do
nossa, pois, que se medidas de emergência Córrego Verde tem sido de monta. Lares córrego naquele trecho a fim de impedir a
não ocorrerem em tempo hábil, não temos foram totalmente destruídos pelas águas em ocorrência de inundações, que por diversas
dúvidas que se repetirão as desagradáveis outras ocasiões quando por pouco não se vezes têm invadido as residências ali
ocorrências do começo do ano, quando registraram perdas de vidas em situadas. Em virtude do alargamento, a nova
diversas moradias foram destruídas pela conseqüência dos desabamentos verificados. ponte será bem mais ampla que a atual,
força das águas e diversas famílias Apesar disso, apesar das reclamações e esperando a Administração Regional de
pinheirenses perderam todos os seus apelos nenhuma medida para sanar o Pinheiros, com essa medida solucionar o
haveres. Ainda algumas semanas atrás problema foi adotado. antigo problema das enchentes do Córrego
focalizamos o assunto, que repercutiu na A canalização deste córrego arrasta-se Pirajuçara.
Câmara e na Assembléia Legislativa, sendo penosamente para desespero dos que vivem
abordado nessas casas por parlamentares. em sua proximidade. Há um problema que 15/12/1967
Todavia a municipalidade parece manter-se precisa ser solucionado com brevidade para Levantamento da Bacia do Córrego
alheia ao problema, uma vez que nenhuma evitar males maiores. Aqui fica mais uma vez Pirajuçara
medida positiva foi adotada. a advertência que, esperamos, chegue até as Foi autorizada pelo Prefeito Faria Lima a
autoridades responsáveis que até agora têm- construção de projeto para levantamento
se mantido alheias ao assunto. completo da Bacia do Córrego Pirajuçara, no

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 66
Butantã, para futura realização de obras de providências, providências que não vieram no geralmente as mais atingidas nestas
saneamento e prevenção contra enchentes. ano que se finda, apesar de muitas catástrofes, são vias públicas das mais
O levantamento abrangerá uma área de promessas, continuemos nas expectativas, centrais de Pinheiros, das mais populosas, e,
51km, devendo os pois, que o desafio representado por esses no entanto, sofrem os horrores das
trabalhos serem concluídos dentro de 90 dias. problemas seja aceito pelas autoridades inundações, como se localizassem em lugares
Devendo os primeiros dados a respeito serem responsáveis em 1968 e que tenhamos, no distantes, de pequena renda de impostos e
fornecidos à Prefeitura dentro de 45 dias, decorrer do próximo ano, a concretização de nenhuma posição econômica e social na
para a abertura das concorrências públicas. mais esses melhoramentos para o bairro. região.
Segundo os cálculos oficiais o projeto custará Lembrem-se as autoridades do ocorrido em
cerca de 40 mil cruzeiros novos. 26/01/1968 outros anos e tomem logo providências
Chuvas mais intensas podem provocar urgentes que amenizem os efeitos
29/12/1967 novos desabamentos no bairro desastrosos das águas e, posteriormente,
Algumas reivindicações atendidas Prefeitura não soluciona problemas das procurem resolver definitivamente este grave
outras não inundações problema que vem sendo protelado há tantos
Caminhamos rapidamente para o final de As primeiras chuvas caíram e as primeiras anos e que, afinal, ante obras tão gigantescas
1967, ano que trouxe alguns melhoramentos vítimas de inundações, noutros bairros, que se projetam para São Paulo, não pode ser
de importância para o nosso bairro, surgiram. Pinheiros, desta vez, ainda não liquidado com maior facilidade.
contribuindo para melhor desenvolvimento teve a registrar nenhum caso, mas a
desta comunidade, mas que também não viu preocupação dos moradores da região 09/02/1968
resolvidos outros tantos problemas que banhada pelo Córrego Verde, se faz sentir Marginal do Pinheiros fica pronta em 60
afetam a coletividade pinheirense. com toda a intensidade, pois, mesmo após os dias
Realizações acontecimentos por ocasião do carnaval do
Entre as realizações de vulto que tivemos no ano passado, quando perdas de haveres e 16/02/1968
decorrer deste ano, algumas das quais vidas em perigo se registraram nesta região, Quase pronta a Estação de Tratamento
concretizadas devido principalmente a nenhuma providência tomou a Prefeitura para de Esgoto
trabalhos de pinheirenses, destacam-se: a solucionar definitivamente esta falha. Saneamento do Rio Pinheiros, um dos
instalação da iluminação a gás de mercúrio O Sr. Faria Lima, prefeito da capital, desde benefícios que a obra vai proporcionar
em nossa principal via pública, a Pedroso de que assumiu o cargo vem se preocupando Encontram-se em fase final as obras de
Moraes; obra que agora se inicia, a com as inundações em outros setores da construção da ETE de Pinheiros, que servirá,
construção de pontes sobre o Canal do cidade, tanto que obras foram realizadas, além do nosso bairro, a região dos Jardins,
Pinheiros e outras. porém, até agora, ainda não voltou a sua Vila Olímpia e bairros adjacentes, com uma
Problemas vistas para esta região. população estimada em 320 mil pessoas.
Contudo chegamos ao caos deste ano com Nada tem sido feito para prevenir a repetição A construção desta Estação arrastou-se por
diversos outros problemas a espera de do desolador quadro do ano passado, quando vários anos, tendo o impulso decisivo no ano
solução, problemas que já atravessaram a nossa reportagem encontrou nos locais anterior, quando o Governo Estadual o fez
outros anos sem serem encarados com mais atingidos, amontoados nas calçadas, atacar de rijo a obra, para que esta fosse
seriedade pelos poderes competentes. Neste nos quintais das residências, móveis, concluída dentro do mais breve tempo
caso incluímos a esperada canalização do colchões, televisores e outros aparelhos empregando, neste período 1,5 milhões de
Córrego Verde, cuja falta tem ocasionado domésticos, destruídos ou danificados; é de cruzeiros novos na aquisição de
desastrosas inundações em alguns pontos do supor que, também, nesta época de chuva, equipamentos.
bairro. isto se repita de novo e, de novo, as Saneamento do Pinheiros
(...) término das obras da ETE, que propiciará autoridades façam promessas que nunca Um dos benefícios proporcionados na região
o saneamento do canal de Pinheiros e outros cumpre. com o funcionamento desta unidade para o
mais, são estes alguns dos problemas que As ruas Belmiro Braga, Padre João Gonçalves, saneamento do Rio Pinheiros, uma vez que o
atravessaram mais um ano à espera de Arthur de Azevedo e Fradique Coutinho, material de esgoto ali lançado já terá sido

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 67
depurado na estação, terminando-se, assim, Beatriz. De águas contaminadas, ele A conclusão da obra, como se recorda, foi
com o mal cheiro característico daquele transborda na época das chuvas, inundando retardada, porque a firma empreiteira teve
canal. residências, causando prejuízos. E serve de que elaborar novo projeto. O anterior previa
Na 1a fase de funcionamento da Estação, será local para a criançada brincar, sem medo de para a ponte uma largura de 14m, quando a
desenvolvido um tratamento primário dos contaminação. O tempo vai passando e avenida depois do alargamento previsto pela
esgotos, ou saneamento, propriamente dito. nenhuma providência foi tomada até agora prefeitura terá 28m.
pela autoridade municipal. Está na hora do
18/04/1968 administrador regional de Pinheiros dar uma 09/08/1968
Já há condições para instalar o espiada no local e pedir a solução dos Ponto de Vista
subdistrito de Pinheiros problemas. Os moradores vão ficar muito Saneamento
agradecidos. Um dos problemas mais graves de nossa
31/05/1968 região, e que está exigindo providências não
Estrilo: ponte terminou 21/06/1968 prossegue? medidas urgentes por parte do
A nova ponte sobre o Córrego Pirajuçara, na Fim das enchentes na região governo do estado, é o Rio Pinheiros. Como
Av. Vital Brasil vai ficar pronta na semana que A Prefeitura de São Paulo vai executar em todos sabem seu leito se transformou no
vem. A informação veio do administrador Pinheiros uma obra que está sendo esgoto de toda uma vasta região e suas
regional de Pinheiros, Sr. Antônio Ivo Pezzotti. considerada como a mais importante das que águas são a própria imagem da
O alargamento do Córrego porá termo às se fizeram para solucionar o problema das contaminação.
inundações periódicas que ocorriam no local. inundações em alguns setores da região. E para agravar o problema, suas águas não
O término das obras encerra um episódio de Há uma galeria complementar do Córrego têm um escoamento normal. Andam para
grande descontentamento, que tomou conta, Verde, a ser construída paralelamente à trás, em virtude da Estação da Traição, que
durante alguns meses, de moradores e velha. as puxam em sentido contrário da do seu
comerciantes das vizinhanças. Fim de antigo problema curso.
No fim das contas surtiu efeito o estrilo de Como é sabido, o Córrego Verde está Então as conseqüências são as que todos
Nhô Tonico. Que fez com que o prefeito canalizado em toda a sua extensão. Foi um conhecem. O mau cheiro insuportável,
determinasse à firma construtora trabalho feito por etapas, sem muita especialmente nos dias de calor. A
apressamento dos serviços. Para sossegar previsão. E a galeria atual já não comporta o proliferação inevitável dos pernilongos. O
completamente a Vital Brasil, o que falta volume das águas que, no tempo das fortes perigo que representa para a saúde da
agora é que terminem logo as galerias de chuvas, descem do alto de Vila Madalena, população disseminada pelas suas margens.
águas pluviais. Sumarezinho e Jardim das Bandeiras, e O problema tem solução. A Estação de
provocam inundações. Tratamento, cujas obras, iniciada a alguns
07/06/1968 A nova galeria, dividindo com a velha esse anos, estão paralisadas, ninguém sabe
Pequeno Anel Rodoviário fica pronto em volume eliminará, no entender dos técnicos porque motivo. Uma vez concluída, esta
abril de 69 da municipalidade, as causas das inundações Estação receberá através de um canal
Pequeno Anel Rodoviário, considerado de que há anos vem prejudicando moradores de emissor, todos os detritos dos esgotos.
vital importância para São Paulo, é um vários pontos de nossa região. Purificará a água e a lançará de volta ao leito
sistema de via expressa que circunda a do rio. Então ele poderá ser o rio de
capital por fora do centro urbano. Vai 28/06/1968 antigamente, limpo e salubre, aproveitável
interligar de maneira fácil e rápida, as Novos problemas surgem na ponte nova para a prática de esportes aquáticos, para a
principais rodovias estaduais e federais. da Vital Brasil navegação, etc.
Vai perdurar ainda algum tempo a situação O Estado já gastou somas enormes na
14/06/1968 difícil em que se encontram alguns construção da Estação de Tratamento, e não
Um córrego que vai ficar na história moradores da Av. Vital Brasil, trecho em que se compreende a razão que o levou a
O Córrego das Corujas é há muitos anos o a prefeitura construiu uma nova ponte sobre paralisar as obras.
velho problema dos moradores da Vila o Córrego Pirajuçara.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 68
Ela representa benefício não só para a nossa Pinheiros, aprovado pela lei no.5700, de 15 que acarretará inundações na ocasião das
região, como para toda a capital. de março de 1960.” chuvas.
Como é do conhecimento público, o DER está Segundo informou o secretário de obras, Sr. A solução é a canalização do Córrego,
construindo às margens do rio as pistas do José Meixes, as desapropriações atingiram providência que os moradores locais solicitam
pequeno Anel Rodoviário. E juntamente com apenas imóveis defrontes à fachada principal à Prefeitura, em caráter de urgência.
as obras das pistas, deverão urbanizar as da Igreja de Pinheiros, entre as ruas Campo
margens do Pinheiros, transformando-o num Alegre e Fernão Dias. 15/11/1968
jardim. Mas do que adiantará tudo isto, se o Fim das inundações Último trecho do Córrego Verde vai ser
jardim vai servir de moldura para uma Outra obra importante, que deverá marcar o canalizado
corrente de água fétida e contaminada, cujas fim das inundações do Córrego Verde, é a O prefeito Faria Lima abriu concorrência
proximidades faz mal a saúde? instalação de galeria complementar, que pública para execução de galerias pluviais
Eis o problema. O Estado tem condições de agora está sendo iniciada. A galeria nas ruas Belmiro Braga e Matheus Grou, no
enfrentá-lo. Já começou a tarefa. complementar, que visa auxiliar o trecho entre as ruas Estela e Girassol (4 o.
escoamento das águas da antiga galeria, está trecho do Córrego Verde).
13/09/1968 sendo atacada no seguinte trecho: rua Prevenção de enchentes
Prefeito mexe na região Pinheiros (altura da rua Maria Carolina), Como medida preventiva das enchentes, que
Um amplo programa de obras, no âmbito da Teodoro Sampaio, Largo de pinheiros, Paes todos os anos ocorrem em determinados
administração municipal, está sendo Leme, desembocando no Rio Pinheiros. pontos da região, o brigadeiro Faria Lima
executado, ou em vias de realização, nesta aprovou concorrência pública para os
etapa final do mandato do prefeito Faria 27/09/1968 serviços de limpeza, desobstrução e
Lima. Córrego das Corujas: drama em Vila retificação do Córrego Pirajuçara e afluentes.
Com a execução dessas obras, antigas Beatriz
reivindicações da região serão finalmente Verdadeiro drama estão vivendo alguns 03/01/1969
atendidas, solucionando problemas e dando a moradores da Av. “A”, num trecho entre as Iniciada execução do plano de
esta zona um melhor aspecto urbanístico. ruas Lira e Isabel de Castela em Vila Beatriz. pavimentação
Para informação dos leitores, divulgamos, a Por onde passa o Córrego das Corujas, que se O Plano de Pavimentação de 137 ruas da
seguir, em que estado se encontra as situa entre o leito carroçável e as moradias região de Pinheiros proposto pelo ex-
principais obras programadas para a região de um dos lados dessa via pública. administrador regional é aprovado pelo
de Pinheiros, segundo as últimas notícias que Até há pouco tempo o acesso até essas prefeito Faria Lima e já começou. Mais 54
tivemos, junto dos departamentos residências era feito através de pontilhões de vias vão entrar em concorrência nestes dias
competentes da municipalidade. madeira colocados sobre o Córrego. Porém, a esperando-se que em fins de abril ,as 137
Ampliação do Largo de Pinheiros Prefeitura entendeu de alargar e limpar os ruas estejam prontas.
Foi assinado pelo Prefeito Faria Lima, no pontilhões, o que deixou as casas isoladas do A Administração Regional não quer lixo
último dia 5, o decreto que declara de leito da rua. nas ruas
utilidade pública, para serem desapropriados, Agora para atingirem suas residências, alguns Visando embelezar a cidade e, ao mesmo
os imóveis necessários à ampliação do Largo moradores são obrigados até mesmo a tempo evitar a proliferação de focos de
de Pinheiros. O decreto, de n7658, diz em saltarem os muros laterais, uma vez que pela mosquito e outros insetos, o Sr Celso Pirai
seu artigo 1: “Ficam declarados de utilidade frente é impossível chegarem a suas novo titular da administração Regional de
pública, para o fim de serem desapropriados moradias. Pinheiros enviou circular aos moradores da
judicialmente ou mediante acordo, os imóveis Para esses moradores, o alargamento do região solicitando que sejam utilizados
de propriedade de quem de direito, situados Córrego, além de ser desnecessário, é recipientes metálicos com tampa para o
entre o Largo de Pinheiros, a rua Fernão Dias prejudicial, pois o volume de água aumentará depósito de lixo.
e a rua Campo Alegre, no. 45, no 450 e não vai ser possível à estreita boca-de-lobo
subdistrito  Pinheiros, necessários à existente na altura da R. Isabel de Castela, 10/01/1969
execução do plano de ampliação do Largo de onde terminal córrego, dar vazão as águas, o

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 69
Mudadas as divisas da Regional de Esgotos de Pinheiros serão tratados na Favelados e alunos do Colégio Santa
Pinheiros Estação do DAE Cruz arregaçaram as mangas
A Administração Regional de Pinheiros, a Até o fim do ano, a estação de tratamento de Reuniram-se num mutirão e construíram duas
partir de 7 de janeiro, por decreto 7890, esgotos estará na rua Sumidouro e deverá casas que irão abrigar famílias que
passou a ter as seguintes divisas: começa no estar em funcionamento, segundo residiam em barracos, existentes no
cruzamento da Av. Jaguaré com Rio Pinheiros informações colhidas em nossa reportagem terreno em que vai passar a avenida
segue pela Av. Jaguaré Cerro Corá, Heitor junto ao DAE. Suas obras encontram em Arruda Botelho. A iniciativa foi do Serviço
Penteado, Dr Arnaldo, Consolação, Paulista, andamento há cerca de cinco anos tendo de Auxílio aos necessitados, SAN,
Bernardino de Campos, Vinte e Três de Maio, sofrido várias paralisações para efeito de fundado pelos alunos e supervisionado
Amâncio de Carvalho, Rodrigues Alves, revisão do projeto. Espera -se, com as últimas pelos padres do Colégio Santa Cruz, mas
Ibirapuera, Rodrigues Alves até o Córrego da modificações introduzidas no mesmo, que o trabalho foi feito em conjunto com a
Traição, seguindo por este até a foz do Rio aquela obras tomem sua feição definitiva, Secretaria do Bem-Estar Social da
Pinheiros, seguindo por este até o não sendo necessária nenhuma alteração Prefeitura Municipal e da Administração
prolongamento ideal da Rua Joapé, segue até nova. A finalidade da estação é de tratar os Regional de Pinheiros através do seu
a Praça Vitória Régia pela Estrada do esgotos da região da Margem Norte do setor de Serviço Social.
Morumbi até a Av. Morumbi, segue pelas ruas Pinheiros diminuindo a poluição do curso d Só que as favelas somem de um lado e
Tenente 18ª até a Giovanni Gronchi pela qual água A estação possui equipamento capaz de aparecem do outro. Para situar bem o
desce até a Rua 12ª, até a Estrada das dar vazão a vinte e seis metros cúbicos por problema, se faz questão de frisar: no início
Boiadas, segue por esta a Francisco Mourato segundo. que o número de favelas na região tende a
até a divisa do Município , segue por esta até Pinheiros terá 1500 apartamentos do aumentar. No momento seu número chega a
a Estrada de Itu, segue por esta até a Av. BNH 19, embora estes núcleos desapareçam em
Jaguaré e até o ponto inicial do perímetro. Serão construídos na Av. Diógenes Ribeiro de algum lugar devido ao trabalho de
Lima apartamentos dentro de um plano desfavelamento em outros, conseqüência da
10/01/1969 traçado pelo BNH e projeto para mais 1300 realização de obras públicas. Quando os
Guerra total aos pernilongos na Vila Madalena. barracos são derrubados, as favelas não
Desde o início da semana, os focos de acabam; são erguidas em outros pontos, por
pernilongos do rio Pinheiros vêm sendo 24/01/1969 serem constituídas por elementos que
atacados com BHC e óleo diesel, num Pinheiros virou campo de batalha: obras ganham muito pouco, não tendo condições
trabalho realizado com o serviço da públicas de pagar aluguel em uma casa por mais
erradicação da malária e a Administração A prefeitura de São Paulo deve dinamizar o modesta que seja, nem de participar dos
Regional de Pinheiros. ritmo de trabalho nas obras públicas que Planos Nacionais da Habitação.
executa ao mesmo tempo em vários pontos Estes exigem que o interessado tenha como
17/01/1969 de Pinheiros. De uns tempos para cá, esta renda mensal o equivalente a 1,5 ou 2
Até o fim do ano o DAE terá distrital em vasta área de nosso bairro vem sofrendo salários mínimos, mas na favela mora um
Pinheiros enorme congestionamento em virtude de servente do pedreiro que trabalha por um
O abastecimento de água em Pinheiros vai obras que impedem o trânsito, obrigando o tempo e fica desempregado quando a obra já
melhorar porque o Departamento de Águas e DET a interditar trechos de ruas de grande está terminada; mora ali, aquele que vive de
Esgotos decidiu também partir para a importância viária. Essas obras transformarão trabalhos esporádicos como posseiro e que
descentralização e vai instalar aqui a sua a fisionomia do bairro, mas os prejuízos que não tem condições de apresentar renda fixa
primeira unidade regional com equipamento sua demora traz para a população devem ser mensal. Como a família não pode ficar na rua,
moderno e dotado de bastante autonomia. levados em conta. o jeito é localizar num terreno vago e
Neste mesmo dia, a notícia de que a LIGHT reerguer um barraco; sendo tocado dali,
prossegue o plano de expansão com os fios procura-se outro.
aéreos para extensões de linhas domiciliares
e também com iluminação pública. 31/01/1969

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 70
Combate à poluição das águas vai partir ruas a fim de que as águas possam escoar O encanamento de esgoto da rua Pinheiros
daqui novamente. não existe mais. Cabe ao DAE restabelecê-lo.
Não há quase nenhum movimento no prédio. O que os moradores estão pedindo é uma Porém, ainda de acordo com declarações de
Essa calma é temporária, pois a partir de 04 máquina de fazer o desassoreamento do leito engenheiros do referido órgão, as coisas
de fevereiro as coisas vão mudar de figura. da rua. O ideal seria que a Prefeitura agora se tornaram um pouquinho mais
Nesse dia, o governador Abreu Sodré virá a construísse galerias de águas pluviais. complicadas. Não podendo utilizar a antiga
Pinheiros inaugurar as novas instalações da faixa de terreno que passou a ser ocupada
CETESB, Centro de Saneamento Básico, um 14/02/1969 pela galeria complementar do Córrego Verde.
órgão criado há pouco tempo com a Rua Pinheiros virou esgoto a céu aberto Talvez não haja possibilidade de fazer novas
finalidade de centralizar as pesquisas e os Uma agressão ao olfato de quem reside ou é escavações no leito da rua Pinheiros. Acham
estudos relativos à poluição das águas de estabelecido nas proximidades da rua aqueles técnicos, que o terreno naquele local
âmbito Estadual. Pinheiros, aquele líquido esverdeado e não oferece condições por ser menos
Com isso o combate à poluição vai entrar em malcheiroso que corre pelas sarjetas e faz resistente. Os engenheiros do DAE
nova fase. com que os pais temam pela saúde de seus encontram-se incumbidos de estudar novo
filhos, que não podem resistir à tentação de traçado visando dar uma solução completa e
07/02/1969 mergulhar seus pés neles, na brincadeira definitiva àquele problema.
A região de Pinheiros há muito se inocente que poderia ter conseqüências
ressente da falta de uma assistência sérias. É por isso que todos torcem pelo 21/02/1969
sanitária completa, término das obras da galeria do Córrego No dia 4 de março já terão início as primeiras
Com exceção do dispensário de tuberculosos Verde. providências para a implantação do distrito
e alguns postos em alguns bairros, não há Agora é a rua Iguatemi que vem recebendo o regional do DAE.
uma unidade adequada para o atendimento líquido pútrido e malcheiroso proveniente do Com a descentralização de seus serviços, ele
de todas as necessidades de saúde pública, esgoto da rua Pinheiros, anteriormente espera solucionar antigos problemas,
mas parece que agora o problema vai chegar lançado nas sarjetas da rua Bianchi Betoldi. eliminando parte da burocracia que ainda
ao seu final porque as obras do Centro de DAEE x Prefeitura impera na maior parte das repartições
Saúde vão começar. Segundo declarações do engenheiro do DAE, públicas.
O Mercado novo está por pouco a responsabilidade pelo acontecimento não Duas linhas de Metrô cortarão
Estão em finalizações os projetos do mercado cabe àquele departamento. A realidade é que futuramente a região de Pinheiros
novo. na rua Pinheiros já existe um emissário de A sudeste e sudoeste deverá entrar em
Criação de um novo Centro Telefônico esgoto, sobre cuja exata localização a funcionamento em 77 e a Paulista em 78.
em Pinheiros prefeitura tinha sido informada Essa será a última a ser construída na
O Rio Pequeno ainda tem problemas de anteriormente. primeira etapa. Sabe-se que depois de
inundação Quem mexeu no que havia foi a Prefeitura terminadas as quatro linhas principais, e
Estado lastimável em que se encontra a rua 3 Municipal. A galeria complementar do estando as mesmas em pleno funcionamento,
no Jardim Ivana. Córrego Verde, de acordo com o projeto será estudado o seu prolongamento até
Para esta rua, que não é pavimentada, são inicial, deveria ser escavada a 6 metros e pontos mais distantes. A propósito disso, eles
despejadas as ruas da Otacílio Tomanick que meio de profundidade, bem abaixo do cano dizem que o êxito de um projeto de tais
não têm nenhuma galeria de águas pluviais. de esgoto que se achava a 4 metros. dimensões que trará incontáveis benefícios
Como as águas das chuvas vão também para Não se sabe exatamente o que aconteceu, para a população, depende muito de apoio da
a rua três, detritos de toda espécie que mas ao atingir um trecho da rua Pinheiros, os opinião pública e esse apoio tem sido
tomaram conta do leito da via pública, responsáveis pelas obras decidiram fazer a negado. A primeira ação que se deseja fazer
impedindo o escoamento da água que galeria à mesma altura do emissário de em relação aos rumores que eventualmente
costuma inundar quase todas as residências. esgoto, inutilizando-o, portanto. E daqui para poderão surgir em torno de hipotéticas
Eles pretendem fazer a limpeza completa das frente? desapropriações.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 71
Elementos interessados em adquirir imóveis a Outro problema é o constituído pelas águas A prefeitura vai estudar a ligação de Vila
preços baixos ou em vender outros a da chuva que empoçam no meio da rua, onde Madalena com Pinheiros. Esse pedido foi feito
elevados preços poderão dar início a uma muitas pessoas atiram lixo, originando focos pelos moradores visando a ligação, por linhas
onda de boatos. No entanto, é bom que se de pernilongos. de ônibus, entre os dois bairros, que vai
frise ,que não foi ainda detalhado, não se Interrupção do trânsito na Cardeal com entrar em estudos na segunda revisão dos
sabendo exatamente por onde passarão. Teodoro Sampaio planos de transporte da zona oeste.
As mesmas poderão ser desviadas um pouco O cruzamento da Cardeal com a Teodoro Briga entre DAE e Prefeitura
para cá, um pouco para lá e é indispensável Sampaio é um dos pontos nevrálgicos do Brigam o Departamento de Águas e Esgotos
lembrar que não haverá a necessidade de trânsito em Pinheiros e seu provável e a Prefeitura por causa do atraso de
demolição da maior parte dos prédios. fechamento para a continuação das obras da inúmeras obras públicas. Na última semana,
Córrego Pirajuçara, ninho de galeria complementar do Córrego Verde já jornais publicaram dois editais do DAE
pernilongos vem constituindo motivo de preocupação refutando as acusações que teriam sido feitas
Não se pode dizer que o córrego Pirajuçara para muitos. por determinados órgãos públicos, o que foi
não tenha sido objeto de atenção por parte Levará alguns meses o término das logo esclarecido, como sendo a observação
dos poderes públicos. obras da Rua Matheus Grou dirigida à Prefeitura Municipal. Este jornal
Por diversas vezes, foi procedida a limpeza de Embora algumas partes da galeria procurou saber há tempos atrás o que estava
seu leito nos mais diversos trechos. complementar do Córrego Verde, sob a ocasionando o retardamento da entrega de
O que ocorre, porém, é que muita gente responsabilidade da ELSERVE ENGENHARIA diversas obras que se efetuam na região.
ainda não se decidiu a colaborar no sentido DE CONSTRUÇÃO LTDA, acham-se Neste particular é suficiente lembrarmos que
de manter o referido curso d’água livre de praticamente prontas. O trecho que cabe à a galeria complementar do Córrego Verde,
impurezas. referida firma não ficará completo tão cedo, trecho de responsabilidade da firma
Mesmo em lugares em que passam os pois será necessário aguardar o término do SODRAGA, deveria ter sido terminado em
veículos de limpeza pública, determinadas viaduto da Teodoro Sampaio para que as começo de dezembro do ano passado e até
pessoas não têm a necessária paciência de obras prossigam. hoje ainda se acha em construção. O mesmo
aguardar o dia do recolhimento do lixo. poderíamos dizer de outros trechos da citada
Todos os detritos que se acumulam em casa, 21/03/1969 galeria e do viaduto da Teodoro Sampaio. Os
atiram imediatamente dentro do Pirajuçara Estão construindo amplo conjunto funcionários das empreiteiras atribuíram a
ou às suas margens, e é o que testemunha residencial localizado na Fradique responsabilidade ao DAE por não fornecer
foto acima, mostrando ao vivo como é que se Coutinho entre a Teodoro e a Cardeal. plantas exatas da localização dos condutos
reúnem em certos lugares as condições Apartamentos, lojas, ou seja, grande de águas e esgotos. Houve também algumas
propícias ao aparecimento de pernilongos. expansão das obras de construção, críticas à Prefeitura, especialmente por suas
Ainda recentemente, o administrador pavimentação etc... falhas da sondagem do solo. De tudo isso
regional, Sr. Celso Piraíno solicitou a concluímos pela necessidade urgente de tão
colaboração dos moradores da região no 28/03/1969 faladas reformas de nossos aparelhos
sentido da manutenção da limpeza pública. Dentro de 30 dias o Departamento de administrativos, com indispensável
Os moradores do jardim Caxingui, por sua Estradas de Rodagem vai iniciar a construção modernização dos equipamentos. O que não
vez, pedem à administração regional que do trevo do lado de lá da Ponte do Rio se compreende é que se volte ao tempo em
providencie nova limpeza do Córrego Pinheiros. Informações obtidas junto àquele que o Estado e a Prefeitura viviam públicos
Pirajuçara, para a altura daquele núcleo órgão estadual dão conta de que as obras ligados a cada uma dessas administrações.
populacional. serão de vulto. Por isso, o DER vai interditar a Viviam como cão e gato unhando-se e
ponte de Pinheiros. mordendo-se mutuamente.
07/03/1969 Vai começar a construção do Viaduto Vai ser interditada a ponte da Euzébio
Neste dia tem notícia de tifo no Jardim que ligará a Arthur de Azevedo à Matoso.
Messias devido a poços contaminados Henrique Schaumann Essa construção do trevo pelo DER tem dois
empecilhos: espera o DER a conclusão das

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 72
obras de rebaixamento da adutora Cotia que então faz parte do plano de descentralização lotados de sujeiras e detritos. Durante esses
passa na ponte da Cidade Universitária. do DAE, sendo o primeiro a ser implantado na últimos quatro anos, a administração regional
Segundo ponto é o DAE determinar qual das capital. É o distrito piloto de cujas de Pinheiros cuidou dos córregos realizando a
pistas da marginal deverá ser interditada experiências se servirão os técnicos para sua limpeza periódica, desassoreamento e
para a construção da parte do emissário de planificar a instalação dos seguintes. Com retificação. Foram os seguintes córregos
esgotos. Portanto, o DER e o DET não podem essa descentralização, o departamento atendidos, num total de 10000 metros por
remanejar o trânsito e só resolvidos os dois procura desafogar sua sede central e ao ano: Pirajuçara, Pirajuçara-Mirim, Jaguaré,
problemas, estabelecido um clima de mesmo tempo procurará dar um atendimento Corujas, Uberaba, Belini e Traição. Segundo
trabalho incessante, indispensável para que mais rápido a tudo o que se refere aos cálculos feitos pela subdivisão de obras da
no menor espaço de tempo fossem vencidas serviços de distribuição de água e coleta de administração regional, cerca de 20.000
as imensas defasagens constatadas entre seu esgotos. As valas abertas pelo DAE serão metros de galerias de águas pluviais foram
desenvolvimento e os precários serviços fechadas com a maior presteza não criando construídas pela administração do Sr. Faria
públicos. Oxalá não retorne à fase dos problemas. Lima e a obra mais importante de prevenção
xingamentos abundantes e das obras às enchentes, é, sem dúvida a construção da
escassas e o trevo será iniciado sem que haja 11/04/1969 galeria complementar do Córrego Verde que
transtorno para o tráfego. A região de Estado e Prefeitura tanta confusão vem trazendo ao trânsito, mas
Pinheiros já está sufocada pelo trânsito, Nos discursos proferidos pela solenidade de cujos benefícios se farão sentir muito
vistas as muitas obras que se realizam ao posse do Prefeito Maluf, o Governador Abreu brevemente.
mesmo tempo. Portanto, a interdição da Sodré ressaltou uma vez mais a importância
ponte deverá agravar o problema. As obras da existência de um clima de harmonia entre 16/04/1969.
devem ser realizadas rapidamente, para que as administrações municipais e estaduais. Inauguração
as conseqüências da interdição não piorem As obras da Faria Lima na região Comunicamos à população que foi
ainda mais a situação. Os 4 anos de administração do Brigadeiro inaugurado dia 16 o Distrito Regional de
Faria Lima foram marcados por uma Pinheiros, Departamento de Águas e Esgotos
04/04/1969 avalanche de obras que transformaram a da Rua Costa Carvalho, 458. Esta unidade faz
Bueiros cobertos de terra perto da fisionomia da cidade, que criaram a nova São parte do Plano de Descentralização das
Travessa Alonso Paulo, a metrópole moderna, digna de ser atividades do DAE e visam o atendimento dos
Os moradores da Travessa Alonso, que tem vista. Faria Lima não pensou apenas no moradores dos seguintes bairros. Inicialmente
início na rua Medeiros de Albuquerque, estão centro; voltou a sua atenção para todos os atenderemos reparação de vazamentos, falta
reivindicando a retirada de terra que foi bairros, para os mais diferentes. Todos os d’água, substituição de ligações de água e
colocada sobre um bueiro de escoamento das setores foram atendidos e nem todos os esgoto, desobstrução de ramais domiciliares
águas da chuva. As autoridades não mandam problemas tiveram solução porque São Paulo de esgoto e limpeza de coletores de esgoto.
fazer o serviço. O problema do escoamento estava atrasada de muitos anos em seu
das águas se torna mais complicado em vista desenvolvimento. A região de Pinheiros foi 18/04/1969
do mato que cobre a rua Medeiros, no início muito bem aquinhoada. Através de seus Neste dia temos uma página de notícias do
da travessa Alonso; exatamente nesse ponto órgãos técnicos e da administração regional governo Abreu Sodré, Departamento de
o mato ameaça encobrir os bueiros. Eles procurou solucionar os grandes problemas e Águas e Esgotos, com a inauguração do
solicitam à Prefeitura uma limpeza no local. encaminhar a solução dos que ainda afligem Distrito Regional de Pinheiros.
Na Região de Pinheiros a maior Loja a população.
Atacadista de São Paulo Combate às enchentes 02/05/1969
A firma F. MONTEIRO S/A COMERCIAL Numerosos pontos de nossa região sofreram Vai começar o asfaltamento da Paes
INDUSTRIAL E IMPORTADORA atualmente durante anos seguidos o problema das Leme em Pinheiros
instalada na Teodoro Sampaio esquina com enchentes na época das chuvas. As causas Estão chegando ao fim os transtornos
Cardeal Arcoverde. Dia 11 de abril será eram: dificuldade de vazão das águas, causados pelas obras de construção da
inaugurado o distrito regional do DAE, que bueiros entupidos, córregos completamente galeria complementar do Córrego Verde:

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 73
congestionamento, dificuldades de circulação Transformado em lagoa o terreno do planejamento, fixação de prioridades de
até para pedestres, poeira em dias de sol e Novo Mercado programação.
lama nos dias de chuva. A água foi minando, minando e em pouco
A fim de aliviar a situação para os tempo o terreno da rua Pedro Cristie, onde 04/07/1969
comerciantes nas vias em que foram vai ser construído o novo mercado distrital, O Prefeito Maluf construirá Centro
executadas as obras, a Prefeitura vai mandar estava transformado em uma lagoa. Comunitário de Pinheiros
pavimentar imediatamente os trechos destas Três nascentes foram localizadas pelos Em documento entregue ao prefeito são
ruas das quais as obras já foram concluídas. operários da construtora PASSARELLLI, em expostas as razões da solicitação. Pinheiros
fins de abril último, estando já em andamento apresenta elevado grau de associatividade,
16/05/1969 os trabalhos de drenagem. mas não tem recebido os estímulos e
Obras já custaram ao comércio Acrescentaram saber da ocorrência de outras recursos a que faz jus. Não conta sequer com
Pinheirense quase 16 milhões nascentes em várias obras da região o que, um centro educacional, nem um campo de
As obras em atraso foram o primeiro passo na opinião de alguns engenheiros, seria futebol.
dado ao recém empossado administrador devido à proximidade do rio Pinheiros. Para O centro comunitário a ser construído e a ser
regional de Pinheiros, Ivo Pezzotti. Já vai para que a obra seja entregue a tempo, a firma administrado por um conselho representativo
8 meses a confusão generalizada, sem que responsável colocará um total de 30 de todas as entidades e setores da
ninguém saiba exatamente quando tudo empregados trabalhando em ritmo acelerado. comunidade irá sanar essa lacuna, sendo
terminará. dotado de campo de futebol etc.
13/06/1969 Vai começar a construção do primeiro
23/05/1969 BNH constrói na região trecho do Projeto Iguatemi
70 dias para a conclusão das obras em Nesse terreno amplo de aproximadamente ALGUNS ANÚNCIOS DE LOTEAMENTO NO
Pinheiros 100.000 metros quadrados erguer-se-á um JARDIM SANTA LÚCIA NA VILA MADALENA
O engenheiro Sérgio Roberto Golinni, titular conjunto residencial com 1376 apartamentos SUA CASA EM SEU TERRENO
da Secretaria de Obras da Prefeitura, esteve construídos pelas cooperativas habitacionais MUITO ANÚNCIO DE MATERIAL DE
em Pinheiros na última sexta-feira para ver com o financiamento do BNH, que fica na Av. CONSTRUÇÃO
de perto o andamento das obras de Diógenes Ribeiro de Lima e não será o único Ivo Pezzotti deixa plano de obras para
construção da galeria complementar do núcleo residencial a ser erguido em nossa dois anos.
Córrego Verde. Com base nos dados obtidos, região. Mais dois encontram-se em cogitação Nesses planos podemos ver a pavimentação
determinar as medidas necessárias ao no Butantã e na Vila Madalena. de ruas, alargamento de ruas, pavimentação
apressamento da obra que está causando de estradas, retificação e alargamento de
enormes prejuízos ao comércio e à população 20/06/1969 estrada, prolongamento da Av. das Corujas,
do bairro. Prefeito quer levantamento das prolongamento de ruas, ligação entre ruas,
Nesse artigo ele dá um plano de 70 dias para necessidades da região enfim, vertiginosamente a cidade se
concluir até a pavimentação do local. Prefeito Maluf determinou à administração pavimenta.
regional de Pinheiros, como às demais, a
06/06/1969 elaboração de levantamento completo das 08/07/1969
Grande Avenida ligará os Jardins ao necessidades dos problemas relativos à Esgotos em Vila Beatriz
Sumaré saúde, habitação, educação, cultura e Entre os bairros beneficiados pela conclusão
Prefeito Maluf determinou ao Departamento recreação, sistema viário, áreas verdes, de 5km de rede de esgotos executados pela
de Urbanismo a elaboração do projeto de iluminação pública, comunicações, limpeza DAE, encontra-se o vizinho bairro de Vila
uma grande avenida que ligará o Sumaré à pública, segurança pública. Ele quer proceder Beatriz, tendo a rua Agostinho Bezerra, entre
Av. Brasil. Prevê o plano passagem debaixo ao levantamento completo da realidade em as ruas Pascoal Vectra e Ourânia, recebido o
da Dr. Arnaldo, Oscar Freire, Capote Valente nível de condições locais que permitirão a melhoramento.
etc. É a Av. Sumaré. elaboração de uma previsão e conseqüente
15/07/1969

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 74
Tratamento da Marginal para acabar Mais desapropriações: ampliação da Av. 24/10/1969
com o lixo Corifeu de Azevedo Marques Mais uma pista na Av. Marginal
A Regional está estudando medidas a serem Segundo informações obtidas no Até fins de 1970 estará totalmente concluída
adotadas com vistas a dar um melhor Departamento de Urbanismo da Prefeitura, a Av. Marginal do Rio Pinheiros, permitindo
tratamento às Marginais do Rio Pinheiros, a também a Av Corifeu de Azevedo Marques, aos moradores desta região atingir, em
fim de evitar que lixo e entulho continuem a em toda sua extensão (da Av. Vital Brasil a poucos minutos Interlagos ou o início da Via
ser descarregados ao longo da mesma. O Osasco), será alargada proximamente. Dutra (Santana), graças à aceleração
engenheiro João Gilberto Sampaio Madureira, imprimida às obras de pavimentação e
respondendo interinamente a AR-Pi, disse que 19/09/1969 duplicação de pistas, numa extensão
uma das soluções aventadas é a de se Vai ser alargada a Av. Dr. Arnaldo aproximada de treze quilômetros,
providenciar uma área, mesmo que Já aprovado em segunda discussão pela determinada pelo Prefeito Paulo Maluf.
pertencente a um particular, para servir de Câmara Municipal, encontra-se em poder do
depósito de entulho. Prefeito Paulo Salim Maluf, para ser 07/11/1969
Mato é convite sancionado, o projeto de alargamento de Favelas de Pinheiros vão acabar
O Sr. Madureira informou ainda que a AR-PI trechos da Av. Dr. Arnaldo, Heitor Penteado, Após fazer uma visita à pequena favela do
esta pensando em ajardinar, gramar e fazer Dr. Alfonso Bovero e Rua Cerro Corá. O Jóquei Clube, o Administrador Regional de
rampas nos lugares visados, por acreditarem projeto prevê também melhoramentos em Pinheiros, o engenheiro Heitor Pereira de
os técnicos da Administração que o outras vias públicas dessa região. Souza, determinou a sua dissolução. Os
tratamento adequado contribuirá em muito moradores foram convencidos a transferirem-
para que diminua o descarregamento de 10/10/1969 se para a favela do Maranhão, no Tatuapé. Os
entulho/velocidade. Para evitar a ação dos Água do Pinheiros traz preocupação outros barracos existentes foram
caminhões (muitos, inclusive, trabalham à A distrital de Pinheiros da Associação desmontados, transportados e montados
noite), só mesmo esse reforço no Comercial deverá enviar ofício ao DAE no novamente na favela do Maranhão, pelos
policiamento. qual demonstra sua preocupação pelo funcionários da Regional de Pinheiros.
eventual aproveitamento das águas do Rio O objetivo dessa medida é impedir que,
22/08/1969 Pinheiros para o abastecimento da Capital. desse minúsculo núcleo, viesse surgir uma
Unidade Sanitária pronta em 1 ano Como foi amplamente noticiado, a Secretaria favela maior. Se tal coisa acontecesse, o
Até setembro do próximo ano deverá ser dos Serviços e Obras Públicas, através de desfavelamento tornar-se-ia mais difícil. O
entregue ao público a Unidade Sanitária de seus órgãos técnicos,COMASP, DAE e DAEE, administrador regional disse que essa é uma
Pinheiros, importante obra que o Governo estuda a adoção da medida em caráter de das formas que vai adotar para impedir o
Estadual englobará a alguns departamentos emergência, no caso de prolongamento da alastramento dos aglomerados de barracos:
assistenciais, como Centro de Saúde, estiagem. Segundo os órgãos estaduais, não permitir a consolidação e fortalecimento
dispensário de tuberculose, profilaxia da amplas e profundas pesquisas foram dos pequenos núcleos. Através de
lepra e Departamento Estadual da Criança. A realizadas, inclusive com a participação de fiscalização contínua, vai procurar localizá-
concorrência com a construção do prédio, técnicos estrangeiros, comprovando-se que los. Em seguida, tomará as medidas
entre as ruas Padre Carvalho e Ferreira de essas águas poderiam ser aproveitadas com indicadas para a sua erradicação.
Araújo, está aberta no Departamento de toda a segurança. Tendo sob a sua jurisdição uma extensa área
Obras Públicas da Secretaria do Serviço e Contudo, alguns contestam essa opinião, territorial, a Administração Regional de
Obras Públicas, devendo ser julgadas em razão pela qual a Distrital de Pinheiros da Pinheiros conta com 14 favelas, após a
princípio do próximo mês. O custo da obra Associação Comercial em seu ofício eliminação da que mencionamos acima.
está orçado em NCr$ 1.900.000,00 e os manifesta-se preocupada com o assunto, O levantamento minucioso a respeito de cada
vencedores da concorrência deverão tanto mais conhecendo, como todos os uma foi feito há meses, para se estabelecer
construir o prédio dentro de 12 meses. pinheirenses, o extremo de poluição em que um plano de ação. A pesquisa revelou
se encontra o Rio Pinheiros. existirem favelados que gostariam de
29/08/1969 retornar ao se Estado de origem. No caso em

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 75
que esse desejo seja realmente confirmado, arruamento. Essas providências evitaram ambiente que se criou ali. Acreditam que
será estudada a possibilidade do pagamento fossem erguidas muitas edificações nas tudo poderia ter sido sanado, se a
da passagem de retorno. Existem ainda faixas de terreno a serem utilizadas para a canalização do córrego fosse efetuada,
algumas medidas em estudo. abertura da importante artéria. Com isso conforme reivindicação apresentada as
ficou facilitada sobremaneira a parte que diz autoridades há muito tempo.
07/11/1969 respeito às desapropriações, sendo atingidas Renovando o apelo feito, a Sociedade Amigos
Novas obras do Anel Rodoviário poucas construções. do Bairro da Previdência dirigiu novo ofício ao
Visando a melhoria do Sistema Viário da Av. Córrego Prefeito Paulo Salim Maluf, esperando que
Marginal Leste do Rio Pinheiros, o Prefeito Segundo consta tudo estaria dependendo dessa vez o problema seja solucionado
Paulo Maluf determinou a abertura de agora do Departamento de Obras, definitivamente.
concorrência para a construção do trevo de encarregado de completar o anteprojeto no
acesso a Ponte de Cidade Jardim, obra que se refere à canalização do Córrego 14/11/1969
integrante do Anel Rodoviário. Pirajuçara. Se esse departamento não se Recorde de Maluf: 106 milhões em novas
desincumbir a tempo de sua obras
07/11/1969 responsabilidade, o projeto de abertura da
Projeto da Av. Pirajuçara encalhado na avenida não será incluído no Plano de Obras 21/11/1969
Prefeitura da Prefeitura Municipal para o próximo Águas do Pirajuçara inundam
A Prefeitura Municipal não deu início até o exercício, provocando um retardamento ainda residências
momento à construção da Av. Eliseu de maior. Dada a importância que terá essa Casas da Rua Cropiara e de outras ruas foram
Almeida (Av. Pirajuçara), embora seu artéria no Sistema Viário da região, cabe à invadidas por água do córrego Pirajuçara, em
anteprojeto tenha sido concluído há meses Prefeitura Municipal tomar as indispensáveis decorrência das chuvas que caíram dia 18 e
pelo Departamento de Urbanismo, não se medidas para o mais rápido andamento do 19 últimos. Em alguns casos as águas
sabendo se será incluída no Plano de Obras projeto, incluindo-o no excederam a metro e meio de altura,
do próximo exercício. próximo Plano de Obras. trazendo sérios transtornos para as famílias
Marginais moradoras naqueles locais.
A Av. Eliseu de Almeida é considerada de 14/11/1969 Causas
grande importância para o Sistema Viário da Governo Federal vai rever a lei das Moradores das residências atingidas
Região. Sua construção permitirá que seja desapropriações estranham a forma como se dão essas
desafogado o trânsito na Av. Prof. Francisco enchentes, pois os níveis das águas sobem
Mourato, bastante intenso atualmente. 14/11/1969 repentinamente. Alguns dizem que o
Acompanhando as margens do Córrego A bronca pinheirense fenômeno chega a se assemelhar com a
Pirajuçara do início ao fim, ela terá cerca de Moradores reivindicam a canalização de invasão das águas provocadas com a
5500m de extensão. Começara na Av. Vital córrego abertura repentina de uma represa. Mas o
Brasil e terminará no Jardim Monte Kemel, no Córrego que exala enorme mau cheiro vem que a maioria deles reclama é que seja feita
bairro do Ferreira, tendo uma pista de 10,5m prejudicando o trabalho de professoras e uma limpeza no leito do córrego Pirajuçara.
de largura em cada uma das margens do alunos do Parque Infantil do Bairro da Com o início do asfaltamento da avenida que
Córrego. Previdência, situado à rua João Batista de margeia aquele curso d’água, todo o entulho
Poucas construções Souza Filho. resultante das obras foi atirado em seu leito.
Num pequeno trecho ela já vem sendo Ratos Esses detritos é que estariam provocando os
utilizada, embora de forma bastante precária, O problema não é apenas o mau cheiro. repetidos transbordamentos, sem que haja
uma vez que não possui pavimentação. Como Ultimamente começaram a aparecer ratos nenhuma esperança de melhora, pois que
sua abertura já se achava prevista de há em grande quantidade. Os moradores da caminhões continuam utilizando o Pirajuçara
muito, foram transmitidas ao público região encontram-se preocupados, ante a para novas descargas de entulho.
diretrizes a respeito das construções de possibilidade de que as crianças venham a
prédios naquela área, assim como ao futuro contrair alguma moléstia, em virtude do 21/11/1969

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 76
Governo federal poderá sustar adequado, para se encontrar uma solução as águas não chegam até ela, correndo pela
desapropriações definitiva. Não adiantaria nada ficarmos nas superfície. Como podemos verificar por este
Como resultado da luta permanente que indicações gerais, superficiais, pois que a exemplo e o do Córrego Pirajuçara, há 1001
travam em defesa de seus interesses e que solução resultante seria apenas paliativa. fatores pesando em cada caso.
chegou a repercutir profundamente nas Locais Processos
esferas federais, os desapropriados de São Continuando, o engenheiro Heitor Pereira de Após a conclusão dos estudos, esclareceu
Paulo obtiveram nova e importante vitória Souza exibiu à reportagem um levantamento ainda o engenheiro Heitor Pereira de Souza,
nos últimos dias. preliminar já efetuado: o Córrego Pirajuçara será elaborado um processo para cada caso,
O Ministro da Justiça, o Sr. Alfredo Buzaid, transbordou em vários pontos. De acordo sendo os mesmos enviados a Obras1 e
comprometeu-se a enviar uma solução de com o que pudemos verificar, parte do vão da Obras4, Departamento da Prefeitura
emergência para o problema das ponte ao início da Via Raposo Tavares está encarregado do assunto, para que sejam
desapropriações em São Paulo. Depois de causando o estrangulamento do Córrego traçadas as medidas capazes de solucionar
ouvir o prefeito Paulo Salim Maluf, o ministro naquele ponto. E há mais: trecho do córrego definitivamente o problema. Disse o titular da
poderá propor ao Presidente da República necessitando retificação, limpeza e Regional de Pinheiros acreditar que os
sejam sustadas temporariamente as dragagem. Para poder falar com maior serviços necessários poderão ser feitos
desapropriações em São Paulo. segurança e sugerir solução para o problema rapidamente, de forma a impedir a repetição
do Pirajuçara, irei a Taboão da Serra. Como o das enchentes já na próxima estação
28/11/1969 Pirajuçara nasce lá, torna-se imprescindível chuvosa.
Problemas das inundações só serão um estudo da situação no vizinho município Ajuda
enfrentados em 1970 porque, muitas vezes, as causas de uma Quanto à ajuda aos flagelados, temos a
Procurando evitar que se repitam no futuro as enchente não se localizam no ponto em que satisfação de constatar que o nosso trabalho
inundações que assolaram diversos pontos da elas se dão, mas bem mais longe. Sem o foi bem menor que em outras regiões, em
região, a administração regional de Pinheiros conhecimento de todos os ângulos da virtude de não terem ocorrido muitos
vai proceder a levantamento minucioso de questão, pouco se pode fazer. desabamentos de residências, não havendo
cada ponto em que ela se manifestará com Captação praticamente perdas de vidas humanas a
maior força, identificando suas causas, para O levantamento assinala inundações em ruas lamentar. Não obstante, mantemos plantão
formação de processos que serão enviados a servidas pela galeria complementar do de 24h ininterruptas. Os desabrigados que
Departamentos competentes da Prefeitura, Córrego Verde recentemente construída e aparecerem, enviaremos à Assistência Social
visando dar solução definitiva ao assunto. cuja construção teve como objetivo do Palácio do Governo, assim como os que
Isso foi o que declarou a reportagem o exatamente impedir as enchentes. Elas, no necessitarem cuidados médicos. Os casos de
engenheiro Heitor Pereira de Souza, titular da entanto, se repetiram na esquina das ruas desidratação serão encaminhados à rua
Administração Regional de Pinheiros. Harmonia e Luiz Murat e na confluência da Guaianazes, 1058 e os que se referirem à
Preliminares Padre José Gonçalves e Arthur de Azevedo, alimentação e ajuda em geral, à Secretaria
Já efetuamos um estudo preliminar, estando principalmente. A reportagem quer saber o do Bem-Estar Social da Prefeitura Municipal.
assinalados os locais em que as enchentes que houve:
são mais violentas. Ainda não possuímos - Acho que a galeria está atendendo às 26/12/1969
idéia exata das causas das inundações, em necessidades, respondeu o titular da Assim foi 1969
cada um dos pontos, embora em alguns administração regional de Pinheiros. Tive a (Entre várias pequenas reportagens de 1 a
casos ela já esteja identificada. Mesmo oportunidade de descer até lá e observei um página)
assim, acreditamos que possam existir outros verdadeiro subterrâneo, fluindo rápido e Córrego Verde...finalmente canalizado
obstáculos impedindo o melhor escoamento normalmente. O que está acontecendo Colocou os comerciantes de algumas ruas
das águas. Estudo mais detalhado e preciso (segundo frutos de observações preliminares) pinheirenses em pé-de-guerra em virtude do
só poderá se realizar quando as chuvas é pouca capacidade de captação, isto é, atraso das obras de ampliação das galerias.
amainarem ou cessarem. Nossa opinião é de inexistência de maior número de “bocas-de- O secretário de obras, Sérgio Ugolini, visitou
que cada local deve merecer um estudo lobo”. A galeria tem grande capacidade, mas

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 77
o local e, depois de tudo o término das obras
foi comemorado com festa ao Prefeito.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 78
Década de 50
79
80
09/01/1970 situando-as junto o trevo da Av. Nações Freire, Galeno de Almeida e de vias públicas
Pavimentação de 7,5 km da Marginal do Unidas (Marginal). nos bairros de Santana e Vila Olímpia.
Pinheiros
O Prefeito Paulo Maluf determinou que seja 23/01/1970 30/01/1970
aberta a concorrência pública, no Setor do Pirajuçara vai ser canalizado Desapropriações: preocupação agora é
Departamento de Estradas de Rodagens do Atendendo à solicitação feita pelo Fundo de aplicação da lei
Município, com execução dos serviços de Construção da Cidade Universitária, o Prefeito O movimento dos desapropriados entrou em
pavimentação de vários trechos da Av. Paulo Salim Maluf determinou urgentes nova fase. Sua preocupação agora é com a
Nações Unidas, Marginal do Rio Pinheiros. providências para colocar em concorrência aplicação do decreto baixado pelo Presidente
Os trechos que serão beneficiados são os pública a execução das obras de canalização Médici. Com essa lei estabelece que o
seguintes: Rua do Sumidouro até a Ponte de cerca de 1 km do Córrego Pirajuçara, da expropriado terá cinco dias para apresentar
Euzébio Matoso, numa extensão de 720m, sua embocadura do Rio Pinheiros para trás. contestação, todos procuram manter-se
com 10,50m de largura; da Ponte Cidade alertas.
Jardim até a Ponte do Morumbi, numa 23/01/1970 A Prefeitura Municipal expediu diversas
extensão de 3.800m, com 10,50 de largura; e Combate aos pernilongos começa a dar citações (cuja entrega estava sendo efetuada
na Av. João Dias até a Ponte do Socorro, resultados dia 26, isto é, após a decretação da nova lei)
atingindo uma extensão de 3.000m, também Segundo informações da Prefeitura, os casada nos termos da lei anterior.
com 10,50m de largura. Os serviços deverão serviços de combate ao “cúlex”, que está Não obstante esta contradição, participantes
estar concluídos 120 dias após as assinaturas sendo feito ao longo do Rio Pinheiros pelo da assembléia permanente dos
dos contratos e custarão aos cofres serviço de profilaxia da malária e demais desapropriados alertaram que, ao receber a
municipais cerca 5 milhões e 800 mil departamentos de saneamento do citação, cuidasse o interessado de apresentar
cruzeiros novos. Departamento de Saúde do Estado, em impugnação dentro do prazo estabelecido
Para acelerar os serviços da Av. da Traição, colaboração com a Secretaria de Higiene e pela lei. A advertência originou-se na falsa
importante artéria que ligará a Marginal do Saúde da Municipalidade. interpretação dada por alguns dos citados.
Pinheiros ao Bairro da Água Funda, o Prefeito Julgavam eles que, por não se acharem
ordenou também fossem colocados em 60 km de margens inteiramente enquadrados nos termos do
concorrência os serviços de canalização de Há um grande barco no canal do Rio Pinheiros decreto lei no. 1075, tais citações perderiam
mais um trecho do Córrego de mesmo nome, trabalhando nas duas margens, num percurso automaticamente seu valor legal. Tal
trecho este situado entre a Rua Aicás de 30 km na margem esquerda e outros 30 pretensão não encontra sustentação, nem
proximidade da Rua Piratinins. na direita, num total de 60 km. foco.
A administração regional de Pinheiros vai Daí a advertência no sentido de que
09/01/1970 começar, dentro de alguns dias, a atuar nos procurasse o interessado cuidar da
Nova Estação Ferroviária que será terrenos marginais do rio, providenciando o impugnação, dentro dos cinco dias que a lei
construída bem perto da Ponte aterro de pequenas lagoas, intimando os concede. Não sendo tomada tal medida, o
Sorocabana tem projeto para facilitar o proprietários de terrenos próximos ao curso processo desapropriatório passará a correr
acesso dos usuários d’água para que os aterre e pulverizando com pela lei antiga, com evidentes prejuízos para
A Estação de Pinheiros da Estrada de Ferro da produtos químicos as margens do rio. o expropriado.
Sorocabana vai ser, futuramente deslocada
para mais perto da Ponte da Av. Euzébio 23/01/1970 30/01/1970
Matoso, onde será construído um prédio mais Desapropriados aguardam decisão do Este córrego precisa ser domado com
alto com melhores condições de conforto Presidente urgência
para os passageiros. A mudança drástica “Desapropriados exigem justiça”, são os Este é o córrego Pirajuçara. Ele vem lá do
atingirá também outras Estações de paradas dizeres de dezenas de faixas colocadas pelos Taboão da Serra e percorre grande parte do
ao longo do canal do Rio Pinheiros. Visa desapropriados nas fachadas de suas subdistrito do Butantã. E por ser estreito
oferecer aos usuários um acesso mais fácil, residências na R. Henrique Schaumann, Oscar demais, por ser considerado por muitos como

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 81
depósito de lixo, seu leito não comporta municipais medidas que previnam de vez as Jardim Pirajuçara, Rua 23 de outubro; Rua
qualquer volume de água superior ao que enchentes. Corinto, Rua Banibás, Estrada Rio Pequeno,
normalmente conduz. E isso tem provocado Esses moradores estiveram reunidos na Rua 23 (Monte Kemel), Rua 26 (Jardim
todos os anos, na época das chuvas, muitas quarta-feira última, as 21:00h, na Av. Colombo), Rua 3 (Jardim Ivana), Casa da
inundações, acarretando para dezenas de Caxingui ,44 para debater o problema e Criança, Rua Augusta Farinha, Rua Jacurandá,
famílias prejuízos de monta. Este ano as discutir a minuta de memorial que será Rua Angelim, Rua 23 (Jardim Abril), Rua
coisas chegaram a ponto de quase encaminhado ao Prefeito Paulo Maluf. Estava Prudentopólis, Rua Romeu Ferro, Rua
calamidade. Os pontos de inundações foram prevista a presença do presidente do Clube Fiandeiras, Rua Claudionor (Jardim Pinheiros),
muito mais numerosos que com as últimas dos Lojistas da Francisco Mourato, Sr. José Córrego da água Podre, Rua Tristão de
chuvas, os prejuízos foram muito maiores que Sérgio Pereira Toledo Cruz. Campos e Estrada Rio Pequeno.
nas outras enchentes. Tudo isso levou os O ponto principal dessa campanha será pedir
moradores do Butantã a uma união de forças ao Prefeito da capital limpeza, 06/02/1970
para pedir ao Prefeito Paulo Maluf que tome aprofundamento do leito e canalização do Dragado ribeirão no Jardim Ivana
as providências necessárias para evitar o que córrego Pirajuçara. Posteriormente os Atendendo reivindicação dos moradores do
este ano aconteceu. O Pirajuçara, acham eles moradores deste núcleo deverão pedir o bairro, a Administração Regional de Pinheiros
e com muita razão, precisa ser aprofundado apoio de todos os outros bairros onde se procedeu a dragagem do ribeirão Jaguaré, no
em seu leito, precisa de limpeza periódica, verificam as enchentes, para que a trecho do Jardim Ivana, visando diminuir a
precisa ser canalizado. campanha alcance os resultados pretendidos. violência das enchentes que atingem
principalmente as residências da Rua Três.
30/01/1970 06/02/1970 “Estamos enfrentando o problema das
Campanha contra enchente será iniciada A Regional de Pinheiros executará 50 inundações com os recursos que possuímos,
no Butantã novas obras disse o Administrador Regional, Engenheiro
O córrego Pirajuçara, que vem lá do Taboão Serviços que compreendem regularização de Heitor Pereira de Souza, porém somente
da Serra, é responsável pelas inundações que terrenos, remoção de entulhos, limpeza de medidas de grande alcance poderão trazer
há muitos anos ocorrem na região do córregos, compactação etc., foram iniciados resultados significativos. Uma delas, seria a
Butantã, e que este ano com os fortes na área da Administração Regional de realização das indispensáveis obras no Rio
temporais que desabaram atingiram Pinheiros, a partir da última segunda-feira. Tietê, que fogem à nossa alçada, por ser de
proporções inusitadas, trazendo muitos Estão sendo atendidos mais de 50 pedidos e âmbito estadual e mesmo federal. A outra
prejuízos a moradores e sua vizinhança. reclamações dos habitantes da Regional, medida (de difícil aplicação), seria o aumento
Ele é estreito demais, muito raso, e por seguir todos eles constantes em memorandos e da captação dos coletores. As últimas chuvas
por uma região densamente povoada, é processos enviados, muitos deles, pelo caracterizaram-se por uma massa imensa de
constantemente utilizado como depósito de Gabinete do Prefeito. água que cai sobre a cidade em poucos
lixo. Por isto não há vazão das águas nas Os trabalhos vão beneficiar 50 ruas, vilas, minutos, não encontrando rápido escoamento
grandes chuvas, transbordando e inundando bairros e jardins circunscritos à Administração pela rede existente. Conseqüência:
residências. de Pinheiros, como os que se seguem, entre praticamente toda a cidade ficou inundada”.
Memorial ao Prefeito muitos outros: Jardim D’Abril, Jardim
Embora seja difícil avaliar quais os pontos Jaqueline, Vila Albano, Rua Chanhucatu, Eliva 06/02/1970
que mais sofrem com as últimas inundações (Cidade Jardim), Rua dos Beneditinos (Jardim Inundações voltam a castigar a região
(foram muitos), a reação maior por parte dos Colombo), Rua 5 (Shopping Center), Estrada As fortes chuvas que têm caído sobre a
moradores foi o núcleo situado ao lado da Via de Cotia, Ruas 3 e 4 (Jardim Odete), Rua cidade, têm castigado bastante a população
Raposo Tavares, pouco antes do bairro da Rebola Péres, Rua Icaraí (Jardim Arpoador), desta região, notadamente na periferia de
Previdência, logo depois da pontezinha do Rua 2, Rua do Jardim Lúcio de Castro, Rua Pinheiros. Numerosas famílias ficaram
Pirajuçara. Ali os prejuízos foram de monta, Horácio Lafer, Jardim Monte Belo, Rua desabrigadas, muitas perdendo todos os seus
levando os moradores a um movimento Valentim Gentio, Bandeirantes, Clube de bens, pelo descuido da municipalidade em
reivindicatório que exigirá das autoridades Malha (próximo ao Colégio Santo Américo), solucionar o problema das inundações.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 82
Muitos casos Inundações na rua Cristiano Viana periódicas do Córrego Pirajuçara, que tem
Vários casos graves ocorreram nesses últimos A rua Cristiano Viana, entre as ruas Cardeal ocasionado grandes prejuízos para dezenas
dias, principalmente nas imediações do Arcoverde e Galeno de Almeida, constituiu-se de famílias.
córrego Pirajuçara. No Ferreira, diversas em enorme barranco, em cuja parte mais Estão dispostos esses moradores a uma
casas (próximas à Chácara do Jóquei Clube) baixa acumulam-se as águas procedentes campanha de grandes proporções, com vistas
ficaram quase que totalmente submersas, das partes mais elevadas. a exigir da municipalidade canalização do
para desespero de seus moradores. O mesmo As águas arrastam para o local toda a sorte córrego, única forma de prevenir uma vez por
aconteceu no Rio Pequeno, onde outro de detritos e nas épocas de seca no lixo ali todas, as enchentes. Aliás, esta campanha já
córrego transbordou e invadiu as residências depositado proliferam ratazanas, mosquitos teve início numa reunião realizada no 28 de
vizinhas, obrigando os moradores a etc. janeiro, na qual saiu um abaixo-assinado
procurarem abrigo nas dependências do 16o. Um dos mais antigos moradores locais, o Sr. dirigido ao titular da Secretaria de Obras da
Batalhão Policial. Na Vila Indiana, as águas Januário Serulo, informou que as últimas Prefeitura, engenheiro Sérgio Ugolini,
penetraram no armazém da Sra. Adelaide chuvas provocaram inundações no local, subscrito por cerca de 100 pessoas, o
Pinheiros Lima, à R. Boturoca, 4, causando- invadindo residências ali situadas e documento, que transcrevemos abaixo, visa à
lhe elevados prejuízos. No Caxingui, ameaçando fazer ruir a escadaria existente necessidade urgente da canalização.
destruíram pontilhões sobre o Pirajuçara, nesse local. União de forças
dificultando as ligações entre esse bairro e o Pede, pois, à Administração Regional de Na reunião de quarta-feira última era
da Previdência. Pinheiros para que proceda os reparos também tema de debates a constituição da
Providências exigidos pela escadaria que, sem essa Sociedade Amigos do Butantã. Acham os
Como esses, muitos outros acontecimentos providência, não tardará a desmoronar. moradores atingidos pelas enchentes que
desastrosos sucederam-se em diversos ocorreram na City Butantã que
pontos da região (e da Capital) demonstrando 20/02/1970 arregimentando todos os moradores do
que a Prefeitura ainda não decidiu enfrentar o Quase pronta a segunda pista da “Faria subdistrito, terão mais força junto à Prefeitura
problema de frente. A precariedade das Lima” para o êxito de suas reivindicações.
galerias pluviais, a obstrução de córregos e Apesar das chuvas que ultimamente têm A propósito temos em mãos outro abaixo-
“bocas-de-lobo” são alguns dos problemas caído na Capital, prosseguem em ritmo assinado subscrito pelo Sr. Brás Messina e
que devem ser encarados com urgência pelos acelerado as obras da Avenida Faria Lima, outros moradores do subdistrito do Butantã.
órgãos técnicos responsáveis, para que a antiga rua Iguatemi. A segunda pista já está Nesse documento, que também
população não venha mais a ser tão quase toda coberta por “dinder” (mistura de transcrevemos mais abaixo são pedidas
castigada pelas chuvas. pedra britada e piche) e logo receberá o providências para solução do problema das
capeamento asfáltico, faltando apenas 400 m enchentes. Esse abaixo-assinado foi
13/02/1970 em que o leito está sendo trabalhado na encaminhado ao Prefeito Paulo Maluf, tendo
A bronca pinheirense terra. sido protocolado sob o número 74578.
Limpeza para o Jardim Maria Luiza Por aí se pode ver que os moradores do
Moradores da R. Dr. Caramuru Paes Leme, no 20/02/1970 Butantã, quase todo ele banhado pelo
Jardim Maria Luiza estão reclamando da Ganha alento no Butantã a campanha córrego Pirajuçara, têm condições para que
Administração Regional de Pinheiros contra enchentes uma estreita união de esforços, que por certo
providências no sentido de serem Moradores da City Butantã, bairro situado à resultará no atendimento de suas
desobstruídos os esgotos desta via. Segundo margem esquerda da Via Raposo Tavares, reivindicações.
informaram, os esgotos estão entupidos e antes do bairro da Previdência, tinham Os abaixo-assinados
não dão vazão às águas servidas, que correm marcado para a noite de quarta-feira última, Exmo. Sr. Secretário de obras da
pelo leito da rua exalando mau cheiro. no salão nobre do Centro Regional de municipalidade:
Pesquisas Educacionais “Professor Queirós Os abaixo-assinados, moradores de City
13/02/1970 Filho” da Cidade Universitária, uma reunião Butantã, tendo em vista as freqüentes
A bronca pinheirense com o objetivo de tratar das inundações enchentes que tem assolado a região, vem

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 83
expor a V. Sa. o seguinte: 1- A partir de 1964 Previdência, subdistrito do Butantã, regional administrativa em São Paulo. Pelo menos é o
as enchentes do rio Pirajuçara têm atingido de Pinheiros, às margens do rio Pirajuçara, rio que se pode observar através da ação diária
níveis cada vez mais elevados, aumentando este que começa seu curso no município de da Administração Regional de Pinheiros,
progressivamente os prejuízos decorrentes. Taboão da Serra, consideramos: dando atendimento mais rápido a muitos dos
2- Como existisse um órgão da Prefeitura 1- Os extravasamentos de águas, reclamos e reivindicação da população local.
Municipal teoricamente responsável pela conseqüências das enchentes, ocasionadas É forçoso reconhecer, no entanto, que muito
solução de ocorrências desse tipo, pelas cheias no período de 16 a 20 de janeiro ainda há a fazer para que esses órgãos se
Administração Regional de Pinheiros, a ele do corrente ano; 2- Os enormes e onerosos coloquem a altura das necessidades dos
nos dirigimos, desde então até hoje, sem que prejuízos decorrentes de tais enchentes, que serviços públicos numa cidade em constante
nenhuma providência fosse tomada. 3- chegaram a alcançar a altura de 1,5m; 3-O mudança, como acontece ser São Paulo.
Alarmados com o descaso, com a incúria, e, difícil e demorado escoamento das águas As Administrações Regionais se ressentem
possivelmente, com a ineficiência dessa extravasadas (doze a dezoito horas ainda (baseamo-nos no que se pode observar
entidade, restamos expor para V. Sa. nossas aproximadamente); 4-O difícil e perigoso em Pinheiros) de um certo desentrosamento
preocupações, na certeza de que, situando-se acesso às casas (residenciais e comerciais), com os órgãos centrais da Prefeitura. Muitas
o problema na área de ação dessa Secretaria por caminhos lamacentos; 5-O impedimento das obras projetadas e mandadas executar
de Obras, aí encontraremos a solução de se alcançar os pontos de ônibus, por estes, em nossa região, não sofrem a
necessária ao resguardo de nossas famílias e principalmente pelas pessoas que vão ao devida fiscalização da Administração
de nossas propriedades. 4- Vale a pena trabalho; 6- O alto índice de periculosidade Regional.
salientar que, na mais recente enchente, a 19 de doenças infecto-contagiosas, oferecidos Assim, como compete à Prefeitura Municipal
de janeiro último, o nível do rio Pirajuçara pela sujeira e detritos deixados pelas sanar essas falhas, permitindo um melhor
subiu de tal modo que colocou em risco a enchentes e o acúmulo de lixo; 7-A aproveitamento das Administrações
vida de crianças e moradores até mesmo de conservação das pontes de madeira Regionais, é de seu dever também cuidar
ruas distantes do rio. 5- Estamos cientes de construídas pela Prefeitura deste Município, e melhor aparelhamento dos órgãos
que está em execução um plano de das vias de trânsito, principalmente a descentralizados. As recentes inundações,
canalização dos 1000m finais desse rio. É avenida Três Poderes, Pirajuçara e Eliseu de obrigando os funcionários da Regional a
evidente que, se existe um projeto para a Almeida (esta última na altura dos números atender diversas ocorrências ao mesmo
canalização de todo o rio, a execução de 600 a 1300, as águas danificaram totalmente tempo, demonstraram que o aparelhamento
parte desse plano, já adotada pela Secretaria o leito carroçável) e ruas Francisco Barbieri e existente na repartição é insuficiente para
de Obras, positivamente não evitará a outras; 8-A saúde e a higiene das crianças atendimento de território tão extenso e a
repetição das enchentes que se amiúdam. 6- que ali trafegam; 9-E finalmente, a população tão numerosa, como os que têm
Assim, já descrentes de soluções meramente preservação dos bens da municipalidade e sob sua responsabilidade.
protelatórias, como cortes de árvores à dos particulares. Esses pontos estão a merecer atenção
margem do rio, solicitamos a V. Sa. Que Resolveram mui rapidamente requerer e urgente da Administração Municipal, para que
determine urgentemente a canalização de explicar a V. Excia. que se digne mandar, as críticas da população possam ser
mais 1000m do rio Pirajuçara, inclusive com a através dos órgãos competentes, necessárias atendidas conforme merecem. Sem que se
eliminação de pontos críticos como o da e mais urgentes providências, em atenção ao propicie aos responsáveis pelas
Ponte da Av. São Paulo-Paraná, quando as que acima foi exposto. Administrações Regionais os meios
galerias situadas na desembocadura do Rio necessários, as críticas de renovarão
Pirajuçara no Rio Pinheiros e outros de fácil 27/02/1970 inutilmente, em que pesem os esforços
identificação. Ponto de Vista empreendidos por esses funcionários no
Outro abaixo-assinado Mais atenção às Regionais sentido de bem exercer suas funções.
Exmo. Sr. Prefeito do Município de São Paulo: Criadas em fins de 1965, pelo então Prefeito
Os abaixo-assinados, moradores e Faria Lima, as Administrações Regionais 27/02/1970
proprietários, residentes nos bairros Jardim representaram um passo importante no Canalização do Pirajuçara
Caxingui, Jardim Adhemar de Barros, Jardim sentido de desburocratizar a máquina

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 84
A atenção da Administração Regional de Clube dos Lojistas da Francisco Mourato, realizam nas marginais do Tietê e Pinheiros,
Pinheiros está totalmente voltada, nestes informado aos presentes que, a pedido da nos trechos a cargo da Prefeitura. Como se
meses de intensas chuvas, para as enchentes entidade, o 34o. Policial - Vila Sônia, em cuja sabe, as marginais constituem parte
que vêm assolando a região e para suas jurisdição se encontra o Pirajuçara, vai integrante do Pequeno Anel Rodoviário da
conseqüências, segundo nos informou o exercer severa vigilância para impedir o Capital, em cuja execução estão associados o
titular deste órgão público, engenheiro Heitor despejo de terra, lixo e outros detritos no Governo do Estado e a Municipalidade.
Pereira de Souza. Ciente de que o Prefeito Córrego, como vem ocorrendo. Dos 85 km (extensão total do circuito) são de
Paulo Maluf colocará em concorrência pública Memorial ao presidente responsabilidade da Prefeitura 37 km, dos
a parte final do Córrego Pirajuçara (1000 m), Foram lidos e aprovados, não por quais 75% já estão concluídos. Os trabalhos
o engenheiro Heitor Pereira de Souza solicitou unanimidade, os textos dos abaixo-assinados de execução dos trechos municipais tiveram
ao chefe do Executivo Municipal seja posta que serão dirigidos ao Presidente Médici e ao grande impulso uma vez que o Anel Viário
em concorrência pública o trecho do referido Prefeito Paulo Maluf. No memorial ao desempenhará papel vital no desafogo do
curso d’água que vai da Vital Brasil em presidente da República, recordam a solução trânsito na cidade de São Paulo. Circundará a
direção à Via Raposo Tavares, perfazendo dada por S. Excia. ao problema dos Capital por uma pista contínua de alta
mais 1000 m. desapropriados e pedem sua intervenção velocidade, desviando para a periferia o
Inundações do Pirajuçara: problema vai para que o problema das inundações também movimento de veículos que hoje circulam
ao Presidente seja solucionado. Além, dessas autoridades, pelo centro. Basta mencionar os bairros
Esteve reunida mais uma vez, na última memoriais serão enviados também ao principais que o Anel Viário beneficiará
terça-feira, no salão nobre do Centro Regional Governador Abreu Sodré, ao Comandante da quando concluído.
de Pesquisas Educacionais “Prof. Queirós 2a Região Militar, e ao Presidente da Câmara Os 37km de responsabilidade do município
Filho”, na Cidade Universitária, a Comissão Municipal de São Paulo. vão fazer a ligação de Guarulhos, Penha, Vila
Permanente dos Moradores da City Butantã, Os abaixo-assinados serão entregues a vários Maria, Tatuapé, Santana, Bom Retiro, Casa
movimento que congrega moradores dos moradores dos bairros atingidos, para coleta Verde, Freguesia do Ó, Lapa, Vila Anastácio,
bairros situados à margem do Córrego de assinaturas e o posterior envio aos Vila dos Remédios, Cidade Jardim, Vila
Pirajuçara, atingidos pelas últimas destinatários. Leopoldina, Jaguaré (Ceasa), Pinheiros,
inundações. Formação de Sociedade Brooklin, Santo Amaro.
Representante da Prefeitura Deliberou-se, finalmente, a formação de uma
A Assembléia contou com a presença de um Sociedade de Moradores da Região para 27/03/1970
representante da municipalidade, engenheiro acompanhar o movimento pró-canalização do Iniciado alargamento do Pirajuçara no
Jaime Rocha Pereira, chefe da divisão de rios, Pirajuçara, bem como tratar de outros Caxingui
canais, córregos e águas pluviais, que problemas locais, como limpeza de ruas, A Prefeitura paulistana já deu início aos
explicou aos presentes a posição da terrenos, pavimentação etc., a denominação trabalhos de alargamento do Córrego
Prefeitura diante do problema das da entidade, aprovada pelos presentes, será Pirajuçara, na altura do bairro do Caxingui,
inundações. No caso específico do Córrego Sociedade de Moradores do Butantã- segundo informações do Sr. José Sérgio
Pirajuçara, a autoridade informou que a sua Pirajuçara. Ao mesmo tempo, foi eleita uma Pereira Toledo Cruz, presidente do Clube dos
canalização obedecerá a etapas, uma falta primeira diretoria provisória, que ficou assim Lojistas da Francisco Mourato, que iniciou a
que a falta de verbas impede a realização das constituída: Presidente, Antônio Pedro Mirra; campanha para a canalização daquele
obras, por completo, numa só vez. Assim, no Vice-Presidente, Pedro Sebastião Gregório; córrego.
decorrer desse ano seria executado 1 km de Tesoureiro, Juan Rulle; Secretário, Alfredo Agradecimentos
canalização (da Av. Vital Brasil em direção a Silva Pires; e Diretor Técnico, Cláudio Hipólito. O Sr. José Sérgio Pereira Toledo Cruz esteve
Raposo Tavares) apenas. nesta redação para prestar aquela
Detritos no Córrego 20/03/1970 informação, e, ao mesmo tempo tornar
Durante a reunião foram levantados diversos Trabalho intenso nas marginais público o seu agradecimento ao Prefeito
problemas relacionados com o córrego, tendo O Prefeito Paulo Maluf determinou sejam Paulo Maluf pelas providências adotadas para
o Sr. José Serra Toledo Cruz, presidente do intensificados ainda mais os trabalhos que se solucionar o grande problema das inundações

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 85
do Pirajuçara, que têm ocasionado diversos A obra, como se sabe, foi iniciada há anos, teria, primeiramente, que terminar a abertura
prejuízos a centenas de famílias que ficam sendo interrompida diversas vezes, por da Av. Faria Lima para, depois, atacar a
situadas às suas margens. motivos vários. Agora, encarada como ligação Sumaré-Brasil”, são declarações feitas
Por outro lado, o Presidente do Clube dos prioritária pelo Governo Estadual, está sendo pelo Sr. Francisco Curcio, presidente da
Lojistas da Francisco Mourato agradece atacada firmemente e não deverá sofrer mais Assembléia permanente dos desapropriados
também à Administração Regional de interrupções até seu término, previsto para o de São Paulo, na última reunião desse
Pinheiros, a limpeza procedente às ruas fim deste ano. movimento.
adjacentes ao Grupo Escolar Municipal do Pretendem as autoridades apresentar já em
Jardim Caxingui, que se encontravam funcionamento em janeiro do próximo ano, 22/05/1970
obstruídas pelos detritos deixados pelas durante a realização de um congresso de BNH: moradias para 20 mil na região
inundações. engenharia sanitária que terá lugar em São Apartamentos e casas que serão construídos
Paulo. pelas Cooperativas Habitacionais da Capital
03/04/1970 no Alto de Pinheiros, Butantã e Vila Madalena
Demoram as obras da Vital Brasil 17/04/1970 poderão abrigar cerca de 20 mil pessoas.
As obras de ampliação da Vital Brasil, Limpeza de córrego Esses conjuntos habitacionais, construídos de
iniciadas há meses, arrastam-se O Córrego Pirajuçara-Mirim, que tantos acordo com o plano do BNH, estarão
demoradamente, em prejuízo do trânsito transtornos causou aos moradores de Vila ocupados no prazo máximo de ano e meio -
naquela via pública e do comércio ali Indiana, nas épocas de chuva, vai ser é o que prevê o Sr. Carlos Clementino Perim -
estabelecido. desobstruído. presidente da Cooperativa Tibiriçá.
A Administração Regional de Pinheiros abriu O que se encontra com sua construção mais
03/04/1970 concorrência pública para a limpeza e avançada é o do Alto de Pinheiros, na Av.
Regional de Pinheiros e ADP acertam pequenas retificações naquele córrego, como Diógenes Ribeiro de Lima, compreendendo
colaboração medida para evitar a repetição das enchentes 1370 apartamentos. O do Butantã - 2000
O novo administrador da Regional de que ocasionaram elevados danos aos casas - será iniciado dentro de três meses,
Pinheiros, bacharel Paulo Alves Mota, moradores de Vila Indiana e bairros aproximadamente. O de Vila Madalena
recebeu, na última quarta-feira, a visita do adjacentes. demorará um pouco mais.
Presidente da Associação para o
Desenvolvimento de Pinheiros, que ofereceu 01/05/1970 22/05/1970
colaboração da entidade que dirige à Canalização do Pirajuçara Ponto de Vista
Regional de Pinheiros, colocando a disposição A canalização do Pirajuçara será feita aos Regional para o Butantã
desta a sua sede, à R. Simão Álvares, 552, poucos, um ou dois quilômetros por ano. Ao A criação de uma Regional para o Butantã,
para o recebimento de reclamações e prestar esta informação, o Prefeito Paulo medida já anunciada pelo Prefeito Paulo Salim
sugestões endereçadas a AR-PI, incumbindo- Maluf disse que isso é devido ao alto custo da Maluf e que deverá ser concretizada em
se a ADP de encaminhá-las à Regional. obra. Além de sua extensão, torna-se breve, virá tornar mais efetiva a
indispensável refazer duas pontes que estão descentralização administrativa implantada
17/04/1970 provocando o estrangulamento daquele curso na Capital há cerca de quatro anos pelo então
Vai terminar a poluição das águas do d’água. Prefeito Faria Lima.
Pinheiros Com a instalação da Administração Regional
Depois de paralisadas por algum tempo, 08/05/1970 de Pinheiros, a região passou a ser melhor
foram reiniciadas as obras de construção da Desapropriados acham que Prefeito assistida no que diz respeito a diversos
Estação de Tratamento de Esgotos de deve terminar a Faria Lima serviços municipais.
Pinheiros, unidade destinada a solucionar o O chamado “Projeto Iguatemi” é bem mais Muitas lacunas em seu funcionamento,
problema da poluição das águas do Rio antigo que a ligação Sumaré-Brasil, tendo-se porém, foram ficando evidentes a medida em
Pinheiros. iniciado na gestão Faria Lima. Por um dever que transcorriam os dias. As causas dessas
de coerência, o Prefeito Paulo Salim Maluf

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 86
falhas são numerosas, incluída a falta de mais periféricos os quais, por se situarem nas Tietê e Pinheiros, integrando o conjunto viário
equipamento e pessoal. áreas de Administrações Regionais muito que inclui também o Viaduto Vila Leopoldina,
Outro obstáculo ao melhor rendimento da extensas, deixam de merecer da em construção, e parte da Avenida Jaguaré. O
Regional de Pinheiros é o constituído pela municipalidade a atenção de que necessitam. novo trecho a ser construído, mais ou menos
enorme extensão territorial que abrange e a 500 m, ligará o Viaduto Vila Leopoldina à
variedade de condições, não se podendo 26/06/1970 margem esquerda do Rio Tietê, dando acesso
traçar paralelo, por exemplo, em as Dia 18, Sede da Prefeitura será direto, através de uma ponte construída no
necessidades do Jardim Europa e as da Vila instalada na Região de Pinheiros local pelo Estado, às Vias Castelo branco e
Sônia ou Ferreira. O Prefeito Paulo Maluf e todo secretariado Anhangüera e prosseguindo pela Marginal, a
Nesses núcleos populacionais, o combate as municipal virão a Região de Pinheiros, no todos os bairros das zonas Norte e Leste da
enchentes, a pavimentação de vias públicas e próximo dia 18, para atender as Capital.
outras reivindicações próprias dos bairros reivindicações das entidades associativas Pelo lado de Pinheiros a Avenida Nações
menos atendidos, ainda em processo de sediadas na área da Administração Regional Unidas - que já se encontra em fase média de
expansão, requerem uma Administração de Pinheiros e dos munícipes. E a instalação execução - ligar-se-á diretamente com a
Regional dotada de maquinários e pessoal do Governo Municipal nesta região, nesse dia, Avenida Jaguaré e, através desta, com a
apropriados. oferecerá oportunidade de um contato direto Marginal do Rio Pinheiros. Depois de pronto,
É o que se espera venha acontecer agora com o Prefeito e Secretários do Município, cortará o Ceasa, facilitando sobremaneira o
com a criação da Administração Regional do visando à solução de numerosos problemas tráfego de caminhões que demandarem a
Butantã. Ganhará aquele subdistrito, dada a locais. Castelo Branco e a Anhangüera, desafogando
possibilidade de um melhor atendimento. E assim as ruas do Alto da Lapa.
beneficiados serão também os outros bairros 26/06/1970
abrangidos pela Administração Regional de Butantã terá Administração Regional até 03/07/1970
Pinheiros, uma vez que poderá está o início de 71 Complexo Viário: Consolação - Rebouças
concentrar mais sua atividade, passando a Entre o fim deste ano e princípio de 1971 Consolação - Rebouças - Dr. Arnaldo será
ter território menor. deverá ser efetivada a criação da entregue ao público oficialmente domingo, as
Administração Regional do Butantã, com o 11:00h da manhã, em solenidade presidida
29/05/1970 desmembramento da Regional de Pinheiros, pelo Prefeito Paulo Salim Maluf.
Regional do Butantã para atendimento segundo informou o Sr. Fernando Pereira
da periferia Barreto, coordenador das Administrações 10/07/1970
Poderá ser assinado a qualquer momento, Regionais da Prefeitura. Moradores do Jardim Ivana vão pedir
segundo fontes da Prefeitura Municipal de O local para a instalação da futura AR-Bu canalização de córregos
São Paulo, ato do Prefeito Paulo Maluf, que ainda não foi escolhido, devendo situar-se, Moradores do Jardim Ivana (Rio Pequeno) vão
desmembra Administrações Regionais da contudo, num dos bairros de maior densidade reivindicar ao Prefeito Paulo Maluf, durante
Capital, criando outras. A medida tem como demográfica daquela região. Também a sua visita à região de Pinheiros, dia 18
objetivo dar um atendimento mais eficiente a delimitação da nova regional esta sendo próximo, a canalização do Ribeirão do
bairros e vilas mais periféricos os quais, por objeto de estudos, adiantando o Sr. Pereira Jaguaré, pequeno córrego que há vários anos
se situarem nas áreas de Administrações Barreto que o canal do Rio Pinheiros deverá vem se constituindo em um grande problema
Regionais muito extensas, deixam de ser um dos limites naturais. para os moradores locais. “Nos meses de
merecer da municipalidade a atenção de que dezembro, janeiro e fevereiro, quando as
necessitam. Segundo fontes da Prefeitura 26/06/1970 chuvas são intensas, o Ribeirão do Jaguaré
Municipal de São Paulo, ato do Prefeito Paulo Ligação das marginais do Pinheiros e não comporta suficientemente o volume de
Maluf, que desmembra Administrações Tietê águas, ocasionando o trasbordamento por
Regionais da Capital, criando outras. Em julho próximo, será colocado em toda região. As residências ficam inundadas,
A medida tem como objetivo dar um concorrência pública o trecho final da Avenida com as águas atingindo uma altura de 1,5m,
atendimento mais eficiente a bairros e vilas Nações Unidas, que ligará as marginais do e trazendo sérios prejuízos.”

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 87
Galerias de águas pluviais exatamente para a complementação do final das obras. Com isso, será desafogado o
Ao mesmo tempo, os signatários do memorial retorno. A Prefeitura Municipal não contaria trânsito das Avenidas Euzébio Matoso e Vital
pedem a construção de galerias de águas com aquiescência da proprietária do imóvel Brasil, atualmente circulando com muita
pluviais na Av. Otacílio Tomanick que, embora para que por ele passasse a dita viela, dificuldade pela única pista aberta na ponte.
tendo cerca de 1200m de extensão e sendo resultado disso ter sido a obra embargada
uma das mais importantes vias públicas pela aquela senhora. Moradores do local 21/08/1970
daquele bairro não possui esse dizem que, enquanto as autoridades Ugolini fala sobre a Av. Pirajuçara e
melhoramento, provocando inundações nas municipais não resolvem esse impasse, outras obras
ruas 3 e 1, para onde correm as águas surgido em ponto relativamente distante, Já foi iniciada a obra de canalização do
provenientes da avenida. poderiam, pelo menos, terminar as obras Pirajuçara e a abertura do primeiro trecho da
embaixo e em torno do viaduto, para que eles avenida Eliseu de Almeida, entre a Avenida
17/07/1970 possam utilizar melhor seus veículos e para Vital Brasil e o Rio Pinheiros. Dentro de 45
Obra incompleta é causa de enchentes que fiquem livres da ameaça das enchentes. dias deve ser iniciada a construção das
na Arthur de Azevedo escadas da rua Matheus Grou. A
Os moradores da rua Arthur de Azevedo, ao 24/07/1970 Administração Regional de Pinheiros deverá
lado do viaduto existente na confluência 290 reivindicações foram despachadas realizar o calçamento nos baixos do Viaduto
desta via pública com a Henrique pelo Prefeito na Vila Sônia da rua Arthur Azevedo. Só em fevereiro ou
Schaumann, temem que suas casas sejam Das 8:00h até as 19:15h do dia 18 último o março do próximo ano serão contratadas as
novamente invadidas pelas águas, caso Prefeito Paulo Maluf, em seu despacho na obras da Rua Henrique Schaumann para a
venham a cair chuvas mais fortes, repetindo Escola Municipal “Teodomiro Dias”, da Vila abertura da ligação Sumaré-Brasil. Não há
o que ocorreu no início deste ano. A causa Sônia, atendeu a 1549 pessoas de 40 nada programado com relação ao segundo
das enchentes reside na inexistência de guias entidades, que lhe apresentaram 290 trecho da Faria Lima (ex. Iguatemi).
e sarjetas, além de pedras, entulhos e lixo reivindicações. Todas foram despachadas São declarações do Sr. Sérgio Ugolini,
acumulados na local, desde que foram pelo Prefeito Paulo Maluf, sendo secretário de obras da Prefeitura Municipal,
suspensas as obras de construção do retorno imediatamente distribuídas para as em entrevista que concedeu à “Gazeta de
sobre o viaduto. Secretarias e Administração Regional, para Pinheiros”.
Casas inundadas execução ou estudos. Avenida Pirajuçara
Reportando-se aos acontecimentos do início A abertura da avenida Eliseu de Almeida
do ano, o Sr. José Fonte de Oliveira, um dos 14/08/1970 (mais conhecida como Av. Pirajuçara) é uma
queixosos, disse que as casas de números DET ouve sugestões para implantar o obra para três anos no mínimo, segundo o Sr.
772 e 776 receberam tanta água com barro Plano de Trânsito em Pinheiros Sérgio Ugolini.
vermelho que os quintais ficaram totalmente Com extensão de aproximadamente 5,5 km,
cobertos, até 1 m de altura, sendo visíveis 21/08/1970 a Av. Eliseu de Almeida, dificilmente ficará
ainda hoje os sinais desta enchente. Prioridade para Projeto de Extensão da pronta antes desse prazo, dada a
Por que parou? Rede de Esgotos na zona da Francisco necessidade de canalizar o Córrego
A reportagem não conseguiu apurar os Mourato Pirajuçara. Esse trabalho só pode ser
motivos reais que teriam levado à suspensão efetuado nos meses de março a setembro,
das obras de construção do mencionado 21/08/1970 quando as chuvas rareiam. E, além disso, a
retorno, por parte da empreiteira. Segundo Obras na Ponte sob o Rio Pinheiros vai canalização deve ter uma seqüência, partindo
consta, a suspensão foi determinada por um terminar dentro de 45 dias. sempre da foz para a cabeceira. A tentativa
impasse criado por proprietário de terreno A segunda pista da Ponte do Rio Pinheiros de fazer primeiramente, um trecho
localizado a aproximadamente 200 m do deverá ser entregue ao tráfego dentro de 45 intermediário poderá ter como resultado a
viaduto. O terreno encontra-se quase na dias, esperamos que dentro de daqui um mês provocação de enchentes.
esquina da rua Henrique Schaumann, na estejam terminando a colocação das vigas, Acrescentou: está sendo executado agora o
saída da viela aberta sob o viaduto, passando-se então à pavimentação, etapa trecho entre a Vital Brasil e o Rio Pinheiros

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 88
cuja conclusão, permitirá conseguir-se um Vila Pirajuçara. Sendo impossível transpor o Mutirão limpará bueiros
desafogo no problema das enchentes, pois Córrego naquele local, vêm-se forçados à Mais um mutirão se realizará amanhã,
nesse ponto havia três pontilhões que longa caminhada para, contornando todo o sábado e domingo, no território sobre a
estrangulavam a corrente de água. No terreno do Clube Solar de Amigos, atingirem jurisdição da AR-Pi, desta vez a limpeza de
primeiro semestre do próximo ano deveremos suas residências. Através de abaixo- bueiros. Contando com a colaboração das
iniciar o segundo trecho, entre a Vital Brasil e assinados e por outros meios já levaram o demais regionais, o mutirão utilizará
a Francisco Mourato. O custo total da Av. problema ao conhecimento da Prefeitura aproximadamente 1000 homens e 120
Eliseu de Almeida deverá ser da ordem de 25 Municipal sem nenhum resultado. No entanto, caminhões.
milhões de cruzeiros. declararam os reclamantes, uma simples
ponte provisória, coisa não muito difícil de 30/10/1970
04/09/1970 construir, poderia trazer-lhes solução Governador veio ver as obras da Estação
Regional vai limpar ribeirão do Jaguaré e temporária, até que se providenciasse a obra de Tratamento de Esgotos
córrego Água Podre definitiva. O Governador Abreu Sodré, acompanhado
O Sr. Paulo Alves Mota, Administrador pelo Secretário de Obras do Estado,
Regional de Pinheiros, informou a reportagem 16/09/1970 Engenheiro Eduardo Yassuda e pelo Diretor-
que atendendo a pedido da Associação do Ponto de Vista presidente da Sanesp - Companhia
Desenvolvimento do Rio Pequeno determinou Contra as enchentes Metropolitana de Saneamento de São Paulo,
sejam iniciadas na próxima segunda-feira os As grandes chuvas são aguardadas para Engenheiro Benedito Eduardo Barbosa
trabalhos de limpeza do Ribeirão do Jaguaré, meados do próximo mês de novembro. Pelo Pereira, visitou, na última terça-feira, a
o mesmo devendo ser feito com o Córrego da menos está é a previsão feita por experts e Estação de Tratamento de Esgoto de
Água Podre. meteorologia. Estão assim há cerca de um Pinheiros, em fase final de construção, entre
O trecho do Ribeirão do Jaguaré a ser mês das fortes precipitações pluviométricas as ruas Sumidouro e Costa Carvalho.
submetido à limpeza é situado à altura do que sempre provocam inundações nesta Pronto em janeiro
número 805 da Estrada do Rio Pequeno, região, especialmente nos bairros de além O Sr. Abreu Sodré percorreu as dependências
próximo à rua Augusto Calheiros. Esse serviço Rio Pinheiros. que compõem aquele complexo técnico
será efetuado com a utilização de uma draga Os moradores destes núcleos populacionais arquitetônico, recebendo informações sobre o
enviada pela Secretaria de Obras . A mostram-se alarmados desde já com a andamento das obras. Segundo essas
máquina será incorporada definitivamente perspectiva de verem suas residências informações, a Estação - que integra o Plano
ao patrimônio da AR-Pi, por ser de máxima alagadas, numa repetição do que ocorre Geral de Disposição de Esgotos de São Paulo
necessidade numa região que é anualmente nestas ocasiões. Seu temor - deverá estar totalmente concluída em
constantemente atingida por enchentes, encontra maior justificação face às janeiro do próximo ano, devendo beneficiar,
sendo indispensável a constante limpeza dos inundações (embora que relativamente leves já em 1971, só no setor de esgotos, mais de
leitos dos curso d’água aqui existentes. se comparadas às que acontecem na época 600 mil pessoas.
Quanto ao Córrego da Água Podre, será limpo das grandes chuvas) que ocorrem durante os Controle de poluição do Pinheiros
através dos processos manuais. Sendo temporais esparsos de dias atrás. Situada no terminal do grande interceptor de
demasiadamente estreito, não é possível Se não se pode falar agora em grandes obras esgotos que corre paralelamente ao Rio
utilizar-se a draga na sua limpeza. para prevenção das enchentes, como Pinheiros, a Estação é uma das maiores do
canalização e outras, que a Administração Brasil no gênero e permitirá o controle de
11/09/1970 Regional e demais órgãos da Prefeitura poluição do Rio Pinheiros. Conforme projeto
Jardim Jussara reivindica ponte sobre o Municipal ponham em prática as medidas elaborado pela Sanesp, a Estação
Córrego Pirajuçara capazes de impedir que as inundações desenvolverá técnicas de aproveitamento do
Uma ponte sobre o Córrego Pirajuçara, que voltem a repetir os estragos ocasionados nas material trabalhável. Assim, foram
ruiu há cerca de um ano e não foi vezes anteriores. elaborados planos de aproveitamento não
reconstruída até o momento, está causando apenas do lodo resultante do tratamento do
os maiores transtornos para os moradores da 18/09/1970 material sólido, que poderá agir como

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 89
eficiente corretivo do solo, mas também do 11/12/1970 Córrego Água Podre por baixo da Avenida Rio
gás extraído dos afluentes dos esgotos, Plantão da regional Pequeno.
aproveitável para as indústrias, Limpeza de córregos e bueiros em Vila A tubulação, antiga, não ultrapassa 1 m de
principalmente. Já no próximo ano, segundo o Sônia diâmetro, dimensão insuficiente para o
projeto, a Estação de Tratamento de Pinheiros O leitor Nilton Valentim Destro dirige, por escoamento da carga líquida que por ali
poderá produzir o correspondente a 730 intermédio desta coluna, duas perguntas ao corre.
botijões de gás, podendo chegar a 1230 Administrador Regional de Pinheiros, Sr. Paulo Os resultados são transbordamentos que
botijões em 1990. Alves Mota. Em primeiro lugar, ele deseja pelas estatísticas efetuadas nas épocas das
Custo: 23 milhões saber se há algum projeto para o reinício dos chuvas, ultrapassam a 60 cm nas partes altas
Vila Leopoldina trabalhos de limpeza do Córrego Pirajuçara, e a 1 m nas partes baixas.
Durante sua visita à Estação de Tratamento que se encontram paralisados na altura da No local forma-se um cotovelo que agrava o
de Pinheiros, o Governador Abreu Sodré rua Senobelino Serra, na Vila Sônia. A outra problema das enchentes. Além da retificação,
assinou a autorização para execução da questão refere-se à limpeza dos bueiros das os moradores do bairro pediram a
primeira etapa das obras de adaptação da ruas Senobelino Serra e Tavares Vilela. Ele canalização de todo o córrego, como medida
Estação de Vila Leopoldina, na qual pelo quer saber se há alguma programação para a capaz de solucionar o problema
intermédio da Sabesp, serão aplicados cerca execução desse trabalho. definitivamente. O que eles estão
de Cr$ 3.500.000,00. estranhando é que, passados 5 meses da
18/12/1970 decisão favorável do prefeito Paulo Maluf aos
20/11/1970 Moradores do Rio Pequeno exigem a seus pedidos, não se tenha nenhuma notícia
Regional distribui gratuitamente plantas retificação do Córrego a respeito do início das obras.
de moradias econômicas Água Podre
A Administração Regional de Pinheiros já está Moradores do Rio Pequeno vão dirigir-se ao 01/01/1971
procedendo a distribuição gratuita de plantas Prefeito Paulo Maluf, solicitando sejam Córrego Pirajuçara: uma ameaça ao
do tipo moradias econômicas, de acordo com efetuados os trabalhos de canalização e Butantã
que estabelece a lei 8641 deste ano. retificação do Córrego Água Podre, conforme Em reunião realizada dias atrás, a diretoria da
As plantas de 8 tipos, são feitas pelas despacho dado pelo próprio chefe do Sociedade dos Moradores do Butantã-
próprias regionais e visam atender a executivo municipal no pedido feito pela Pirajuçara decidiu manifestar a Prefeitura sua
necessidade de moradia das famílias mais Distrital de Pinheiros da Associação Comercial preocupação com a morosidade com que vêm
necessitadas. de São Paulo, a 18 de julho do corrente ano. sendo executadas as obras de canalização do
Essas obras tornaram-se urgentes, face às Córrego Pirajuçara.
27/11/1970 copiosas chuvas que são esperadas, o que Movimentou a reunião o fato de estar se
Prefeitura vai estabelecer restrições às faz prever novos transbordamentos daquele aproximando a época das chuvas. As
construções na Av. Faria Lima curso d’água. Dias atrás, uma das fortes pancadas esparsas que caíram (mesmo
A Prefeitura Municipal vai estabelecer pancadas que caíram, provocou enchentes à reconhecendo-se que algumas delas foram
restrições às construções na Avenida Faria altura do número 900 da Av. Rio Pequeno, particularmente fortes) quase provocaram o
Lima. custando a vida de uma menina de nove anos transbordamento do referido curso d’água,
Rumores de que projeto neste sentido já de idade. Ao tentar transpor uma pequena temem os diretores daquela sociedade, que
havia sido enviado pelo Prefeito Paulo Maluf à ponte existente no local, a menor foi nos meses chuvosos, haja freqüentes
Câmara Municipal, fato que estaria causando arrastada pela enxurrada. enchentes. Conhecedores do que
retardamento na concessão de plantas, Tubulação insuficiente representaram as inundações do ano
levaram nossa reportagem a ouvir o De acordo com o que foi exposto ao Prefeito passado, resolveram solicitar à Prefeitura
engenheiro Benjamim Aviron Ribeiro, Paulo Maluf por ocasião do seu despacho na Municipal o apressamento das referidas
secretário do GEP Grupo Executivo do Vila Sônia, a causa principal do obras.
Planejamento. transbordamento daquele trecho, é a
pequena dimensão do cano que dirige o 08/01/1971

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 90
O que aconteceu em Pinheiros em 1970 pelos órgãos de imprensa, dentre os quais se Assim, foram elaborados planos de
(Entre muitos itens colocados temos inclui este. aproveitamento não apenas do lodo
inundações) Ao que se sabe, nenhuma medida foi tomada resultante do tratamento do material sólido,
Há muitos anos algumas áreas da região vêm para impedir que venham a ser registradas que poderá agir como eficiente corretivo do
sofrendo com os problemas das inundações, mais sérias conseqüências, quando o período solo, mas também do gás extraído dos
que tantos prejuízos acarretam. Uma das chuvoso encontrar-se em seu auge. afluentes dos esgotos, aproveitável para
áreas mais sofridas é a City Butantã, Urge, portanto, que a Prefeitura Municipal indústrias, principalmente. Nesse ano,
especialmente as residências situadas ao mobilize todos os recursos disponíveis para segundo o projeto, poderá ser produzido ali o
lado da Raposo Tavares, junto ao Córrego (através das limpezas dos cursos d’água e correspondente a 330 botijões de gás, com
Pirajuçara. Os moradores decidiram em 1970, demais providências cabíveis), evitar que a previsão de aproximadamente 1230 em
enfrentar objetivamente o problema. Foram população da região seja castigada com 1990.
ao Prefeito, movimentaram a opinião pública, inundações ainda mais violentas que de anos Juntamente com a Estação de Vila Leopoldina
pediram ajuda até ao Governo Federal. E anteriores. - em fase de construção - a Estação de
conseguiram seu objetivo. A Prefeitura Nesse sentido é de se desejar que a Pinheiros contará com cerca de 63 km de
resolveu canalizar o Pirajuçara, responsável Prefeitura Municipal cuide de reforçar o interceptores (ao longo dos Rios Pinheiros e
pelas enchentes. A obra não está ainda equipamento da Administração Regional, Tietê para a coleta dos esgotos que tendem a
concluída e é possível que, com as próximas tendo em vista a responsabilidade que se chegar aos cursos d’água) entre 19 km de
chuvas, ainda haja dificuldades. Mas o atribui a esse órgão. coletores troncos que receberam os detritos
problema está sendo enfrentado. Sua solução dos centros residenciais, além de 3 estações
definitiva passa para este ano. 08/01/1971 elevatórias de grande capacidade.
Estação de Tratamento Estação de Tratamento de Esgotos de Os processos
Poluição do Pinheiros, um imenso esgoto a Pinheiros: inauguração dia 22 A inauguração vai coincidir com a realização,
céu aberto, um dos mais importantes Será inaugurada e entrará em funcionamento nesta capital, do 6o.Congresso Brasileiro de
problemas da região. Sua solução depende no próximo dia 22 a Estação de Tratamento Engenharia Sanitária. Segundo o trabalho que
de que entre em funcionamento a Estação de de Esgotos de Pinheiros, localizada entre as o engenheiro Benedito Eduardo Barbosa e
Tratamento, o que vem sendo protelado a Ruas Sumidouro e Costa Carvalho, sua equipe vão apresentar no Congresso,
muito. programada para beneficiar, logo ao início de serão mostrados os processos para
A Estação começa a funcionar este ano? Esta seu funcionamento, 800 mil pessoas. tratamento de esgotos que serão utilizados,
é a promessa. Os bairros beneficiados serão os seguintes: inéditos no Brasil. De acordo com as
Pinheiros, Alto de Pinheiros, Jardim América, explicações temos as seguintes etapas:
08/01/1971 Jardim Europa, Jardim Paulista, Jardim 1) gradeamento para a retirada dos materiais
Ponto de Vista Paulistano, Itaim, Cidade Jardim, Brooklin mais grosseiros; 2) em seguida o material é
Chuvas que alertam Novo, Brooklin Velho, Santo Amaro, Vila Nova recalcado por uma estação elevatória e
As violentas chuvas que derrubaram várias Conceição, Cerqueira César, Vila Mariana e encaminhado para um sistema de remoção
casas na Via Raposo Tavares devem ser Ibirapuera. de areia; 3) numa terceira etapa, o material
encaradas pela Administração Municipal Controle da poluição do Pinheiros restante é encaminhado para decantadores,
como um sério sinal de alarme. Ocupando a área de 70.000 m2, essa Estação onde se processa a separação da parte
Por esta desagradável amostra pode se será a primeira unidade de tratamento de líquida da sedimentosa, que se deposita no
prever que as enchentes que atormentam os esgotos no Brasil. Com seu funcionamento, fundo formando um lodo;
moradores da região, especialmente os de será feito o controle de poluição no rio 4) nessa etapa o lodo é recalcado a um
além Rio Pinheiros, não serão mais amenas Pinheiros, conforme projeto elaborado pela sistema denominado adensador, onde é
que das vezes anteriores. SANESP - Companhia Metropolitana de comprimido para a retirada de água sendo,
Disso, aliás, já foi a Prefeitura Saneamento de São Paulo. em seguida, novamente recalcado para um
exaustivamente alertada pela Sociedade A Estação desenvolverá técnicas de digestor - unidades hermeticamente fechadas
Amigos de Bairros sediada naquela região e aproveitamento do material trabalhado. - onde se processa a transformação da

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 91
matéria orgânica, tornando-a inerte do ponto Pronto o prédio da unidade sanitária de executadas até o momento. Assim só lhes
de vista da poluição por meio de Pinheiros - tem restado
decomposição biológica e bioquímica; e 5) na Segundo informação prestada pelo gabinete tomarem iniciativas pessoais, como a de
última etapa o lodo digerido é conduzido para do Prof. Walter Leser, intitulado Secretaria da tentar evitar que suas residências, seus
uma centrífuga, onde se retira a água Saúde do Estado, o prédio da Unidade móveis e objetos de uso pessoal sejam ainda
restante, transportando o produto final para sanitária de Pinheiros, a rua Ferreira de mais atingidos pela fúria das águas.
fora do sistema, podendo ser utilizado como Araújo, n789 (próximo a rua Sumidouro), Mas o esforço individual de cada um tem
adubo. É nesta etapa que se formam os está praticamente concluído. Entretanto a alcance extremamente limitado, incapaz de
gases, com o aprimoramento da técnica, obra ainda não foi liberada pelo impedir conseqüências mais sérias. É que diz
poderão ser utilizados industrialmente como Departamento de Obras Públicas, que é o um diretor da Associação para o
combustível. órgão encarregado pela fiscalização dos Desenvolvimento do Rio Pequeno.
trabalhos. Em nosso bairro, várias residências
15/01/1971 construídas à margem do córrego Água Podre
Ponto de Vista 15/01/1971 ameaçam desmoronar. Somente a
A Regional prometida Plantão da Regional canalização deste curso d’água poderá conter
Um Assessor da Prefeitura notificou que o Bueiros entupidos na Vila Gomes a contínua erosão de suas margens.
Prefeito Paulo Maluf pretendia implantar uma A Rua Pereira do Largo, em Vila Gomes, vem Suas esperanças, porém, são pequenas.
Administração Regional no subdistrito do 1 sendo atingida por constantes inundações Todas as sugestões que aquela Associação
Butantã os moradores desta extensa região nos últimos tempos. A causa, segundo o Sr. apresentou a Prefeitura Municipal resultaram
encheram-se de esperanças. Lázaro Martins, morador dessa via, são os em nada.
Poderia ser esta uma das medidas capazes bueiros entupidos, que impedem o Retificação e canalização
de livra-los de parte dos inúmeros problemas escoamento das águas que descem em Para solucionar o problema das inundações
que os cercam trazendo alguns dos abundância do Jardim Rizo. Não encontrando na região do Rio Pequeno, várias providências
incontáveis melhoramentos de que carecem. saída, elas espraiasse pela Pereira do Largo, deveriam ser adotadas, conjuntamente. O
Para se ter uma pequena idéia do que isso inundando tudo. O Sr. Lázaro Martins pede a diretor da Associação enumere-as:
representa, é suficiente uma rápida leitura de Administração Regional que providencie o Retificar e canalizar o Córrego Água Podre,
nossas últimas edições (incluída a presente), desentupimento dos bueiros antes que novas substituir ponte existente no ribeirão Jaguaré
recheadas de protestos, reclamações e chuvas fortes venham a cair. e demolir um morro de pedras situado em
reivindicações da sofrida população daquele sua margem direita.
subdistrito. 15/01/1971 A retificação e canalização do Córrego Água
Tornou-se notório que a Administração Bairros inundados exigem providências Podre são imprescindíveis em razão de um
Regional de Pinheiros, em que pese seus da Prefeitura cotovelo formado pela galeria que conduz
esforços, não poderia dar convenientemente Numerosos bairros localizados no subdistrito suas águas sob o leito da Av. Rio Pequeno. O
atendimento a tal região, por se ver forçada a do Butantã  Jardim Ilana, Jardim Portugal, cotovelo, logo a entrada da galeria (por sinal,
dispersar sua atenção com os numerosos Jardim Messias, Vila Gomes, Vila Indiana e de reduzido diâmetro) dificulta o livre curso
problemas da extensa área sob sua outros  foram inundados, uma vez mais das águas, provocando transbordamentos na
jurisdição. com os transbordamentos que as últimas época das chuvas.
Os habitantes do subdistrito do Butantã chuvas provocaram nos Córregos Água Podre O ribeirão do Jaguaré, onde as águas do
guardariam uma amável recordação da e Pirajuçara-Mirim. Córrego Água Podre vão desembocar, sofre
administração Paulo Maluf, caso este, antes Essas enchentes não constituíram nenhuma um estrangulamento a altura da rua
de sua anunciada saída da Prefeitura surpresa para os moradores dos referidos Cachoeira, em conseqüência de uma ponte
Municipal, deixasse encaminhado o projeto núcleos populacionais, uma vez que as baixa e estreita existente no local. E um
de implantação da Regional prometida. medidas que os mesmos vem reivindicando a pouco mais adiante o leito do ribeirão se
anos da Prefeitura Municipal, não foram estreita, em virtude de um morro de pedra
15/01/1971

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 92
que forma uma espécie de garganta no local. Tratamento de Esgotos de Pinheiros, Ponto de Vista
Esses dois obstáculos, formando localizada à rua Sumidouro. Os testes serão Inundações têm solução
as águas a se represarem naquele trecho, são acompanhados por engenheiros de todo o A falta de recursos financeiros suficientes
outras causas das constantes inundações. Brasil, atualmente em São Paulo participante seria a causa principal, segundo se
Depois de estudos que fizemos das condições do 6 Congresso Brasileiro de Engenharia comenta, das autoridades municipais não
locais, apresentamos estas sugestões a Sanitária. executarem as obras capazes de evitar as
Prefeitura mas, ao que tudo indica elas não repetições das calamitosas enchentes que
foram levadas em consideração. 05/02/1971 assolam tantos bairros da capital, entre eles
Pirajuçara-Mirim Administração regional do Butantã ainda os situados no subdistrito do Butantã.
O Sr. José Pisinato, morador da Vila Indiana, em estudos A canalização dos cursos d’água e outras
deseja saber o que foi feito de um plano que Em meados do ano passado o Prefeito da obras demandariam tantos gastos que
foi apresentada a mais de um ano pelo Capital, Sr. Paulo Maluf, anunciou a consumiriam o orçamento municipal de mais
engenheiro Homero Setti Cristol, ex- determinação de criar novas Administrações de um exercício.
administrador regional de Pinheiros, à Regionais em São Paulo, com o objetivo de Mesmo que os gastos assumam proporções
Prefeitura Municipal: desafogar as já existentes. Na região de tão vultuosas, quer nos parecer que o carro
 Esse plano resultou de um levantamento Pinheiros, cuja Administração Regional é por não esta pegando somente aí. Tem-se a
geral da situação, feito pelo engenheiro demais vasta e atende áreas muito impressão que existe um certo sentimento
Homero. Ele sugeria duas medidas principais: heterogêneas, seria criada a Administração fatalista em determinadas esferas da
demolição da ponte existente na Cidade Regional do Butantã, que passaria a atender, Prefeitura, o que de nada pode-se fazer
Universitária e a construção de galeria para com seus serviços, os bairros situados além contra as enchentes.
águas pluviais na Av. Corifeu de Azevedo da Ponte do Rio Pinheiros. Assim, enquanto se ouve falar em
Marques, deste a curva de Vila Gomes até a Nada mudou com relação a essa planejamento em todos os setores da
ponte já mencionada. determinação. As novas Regionais serão de Administração Pública, não surge nenhuma
Segundo o Sr. José Pisinato, o engenheiro fato criadas, inclusive a do Butantã. Mas os notícia de que qualquer departamento da
Homero Setti Cristol lhe asseverara que esses estudos, segundo informou à reportagem o Prefeitura (ao do Estado) esteja se dedicando
serviços seriam incluídos no “Plano 70” e Sr. Fernando Pereira Barreto, coordenador das ao estudo do problema das inundações, com
seriam executados antes do alargamento da regionais, ainda não foram concluídos. É vistas a adoção de medidas que venham,
Av. Corifeu de Azevedo Marques. possível até que a criação passe para o pelo menos, amenizá-lo.
Para o Sr. José Pisinato, outras obras se próximo Governo da cidade.
tornam necessárias: colocação de mais um 26/02/1971
tubo para a passagem de águas na Butoroca; 19/02/1971 Com a inauguração da Estação de
obrigar todos os proprietários que divisam Adiada a construção da linha Tratamento de Esgotos começa a nascer
com o córrego Pirajussara-Mirim a pinheirense do metropolitano o novo Rio Pinheiros.
procederem um recuo de 2m; limpeza De acordo com o plano global anunciado a O Rio Pinheiros poderá voltar a ser
periódica do córrego, atualmente feita tempos pela Companhia do Metropolitano de navegável? Este é o sonho de muitos que
apenas uma vez por ano; limpeza diária das São Paulo, o trecho pinheirense do metrô, pensam em percorrer o velho Rio a bordo dos
ruas de Vila Indiana. parte integrante da linha sudoeste-sudeste barcos, longas viagens recreativas, a exemplo
(Pinheiros-Via Anchieta) deveria ter sua do ocorre com os principais cursos d’água da
22/01/1971 construção iniciada no ano de 1973. Isto Europa e da América do Norte.
Estação de Tratamento de Esgotos de entretanto não vai ocorrer, segundo Muitos técnicos, porém, preferem pensar em
Pinheiros vai ser testada hoje informações obtidas por esta reportagem outros termos, um caminho fluvial de grande
Somente após os testes experimentais de junto a assessoria de Relações Públicas da importância sendo utilizado principalmente
funcionamento, a serem realizados às 10:30 Companhia. para fins comerciais.
h de hoje, sexta-feira, é que será marcada a Qualquer uma das duas alternativas só pode
data de inauguração da Estação de 19/02/1971 ser colocada até agora, no terreno das

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 93
hipóteses. No entanto, a obra de saneamento Vila Indiana inundada uma vez mais pelo engenheiro Homero Setti Cristol, ex-
iniciada com a obra da Estação de Córrego Pirajuçara Administrador Regional de Pinheiros).
Tratamento de Pinheiros, a ser inaugurada dia O temporal que desabou sobre a cidade no
10 de março próximo, poderá significar a dia 10 último provocou novas enchentes na 19/03/1971
abertura de caminhos naquele sentido. Vila Indiana, causando danos a diversas Repete-se enchente no Jardim Ivana.
800 mil beneficiados residências e a cinco estabelecimentos Moradores voltam a exigir medidas da
O principal obstáculo a tornar o Rio comerciais. Duas residências sofreram tal Prefeitura
navegável sempre foi a total poluição de suas impacto das águas que seus moradores se Em numerosas residências do Jardim Ivana,
águas. Com a entrada em funcionamento da viram obrigados a transferirem-se para a Jardim Neide e Vila Dalva as águas chegaram
Estação de Tratamento de Esgotos, esse casa de vizinhos. a atingir altura de 1m na enchente do último
problema passa a ser enfrentado de forma As inundações do Córrego Pirajuçara-Mirim, dia 15, causando elevados prejuízos
mais concreta, criando condições para a sua fenômeno comum na época das chuvas, materiais, além de provocar a interrupção do
futura e definitiva solução. estão sendo agravadas com o loteamento trânsito por mais de 1h, numa distância de
Servindo uma área de drenagem de do Jardim Rizo e com os trabalhos de três quilômetros.
16.000 hectares, a Estação fará o tratamento terraplanagem executados para a construção Como sucede em outras regiões do
de 120 mil m3 de esgotos por dia. Serão de casas em terrenos do INPS na Av. Corifeu subdistrito do Butantã, essas inundações não
beneficiadas cerca de 800 mil pessoas nos de Azevedo Marques Não encontrando saída chegam a constituir nenhum imprevisto, pois
bairros de Pinheiros, Alto de Pinheiros, Jardim as águas descem do Jardim Rizo, vindo repetem-se todos os anos, durante a mesma
América, Jardim Europa, Jardim Paulista, acumular-se em Vila Indiana. época. As soluções também são mais do que
Jardim Paulistano, Itaim, Cidade Jardim, Soluções conhecidas. Só que não são aplicadas,
Brooklin Novo, Brooklin Velho, Santo Amaro, Segundo os moradores daquele núcleo conforme o desabafo feito pelo Sr. Tomás
Morumbi, Vila Nova Conceição, Cerqueira populacional, a Regional de Pinheiros Martim; presidente da Associação para
César, Vila Mariana e Ibirapuera. procurou amenizar a situação, adotando, Desenvolvimento do Rio Pequeno: Já
Ocupando uma área de 70.000 m2, entre as porém, solução que não satisfaz. Dizem eles cansamos de apresentar à Prefeitura relação
ruas Sumidouro e Costa Carvalho, a Estação que os tubos que a Regional está colocando de medidas capazes de acabar com as
de Tratamento de Esgotos teve um custo total na Rua Boturoca, com a finalidade de facilitar enchentes naquela região. Nenhum
de 23 milhões de cruzeiros. o escoamento das águas nada resolverão, engenheiro do município chegou a se
pois mais adiante a solução se torna pior. As manifestar contra as nossas opiniões, o que
05/03/1971 águas chegam a um ponto e não encontram mostra que elas nada têm de absurdas.(...)
Comerciários estão fundando sua saída.
Associação em Pinheiros Remontando a reclamação apresentada a 26/03/1971
Para tratar da fundação de uma associação, este jornal pelo Sr. José Pisinato, moradores Av. Francisco Mourato terá esgotos.
comerciários de Pinheiros reuniram-se na da Vila Indiana lembram soluções Plano está concluído
última quarta-feira na sede da ADP, sobre a anteriormente apresentadas e que poderiam, Estão praticamente concluídos os estudos
presidência do Sr. Aírton Santiago, sendo talvez, ser aplicadas, terminando em para extensão da rede de esgotos nos bairros
apresentadas sugestões para algumas definitivo com as enchentes. de Caxingui, Vila Sônia e Ferreira, ficando às
promoções que deverão ser levadas a prática Das medidas aventadas, destacam-se: margens da Av. Francisco Mourato. A
ainda este ano. estudar ou sustar de imediato os serviços que informação foi prestada a está reportagem
estão sendo executados na Rua Boturoca; pelo Sr. Eduardo Yassuda, ex-titular da
12/03/1971 desobstrução do Córrego Pirajuçara-Mirim; Secretaria dos Serviços e Obras Públicas do
Sodré inaugura Estação de Tratamento e colocação em concorrência pública, para Estado, por ocasião da solenidade de
Centro de Saúde (...) início rápido das obras na galeria para águas inauguração da Estação de Tratamento de
fluviais na Av. Corifeu de Azevedo Marques, Esgotos de Pinheiros.
12/03/1971 captando as águas do Córrego mencionado
(plano já estudado e aprovado pelo 26/03/1971

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 94
Inundação, ou a volta do Córrego Verde O síndico, José Catarinácio, diz: esquerdo do edifício. Na enchente do último
Depois de algum tempo ausente do noticiário  Nossa paciência chegou ao fim. Desta vez dia 25 acreditam elementos do corpo docente
dos jornais, o Córrego Verde, que durante vamos brigar na justiça, até a solução do do grupo escolar que tenham chegado a
muitos anos foi a causa de dissabores de problema. Além dos danos provocados com ultrapassar 1,5 de altura. Além do cerco a
numerosas famílias pinheirenses, está de as inundações, estamos lutando também massa líquida chega a invadir as
volta. pelos alicerces do prédio. Algumas famílias já dependências das escolas. As professoras
terça-feira última, em conseqüência das pensam em mudar-se daqui, temerosas que que necessitam passar do pavilhão maior
fortes chuvas, o Córrego voltou a transbordar, algo para as salas situadas em outras
inundando a garagem do prédio n1663/65 da mais grave venha a suceder-se. Pelos seus dependências, são forçadas a atravessar o
Rua Cardeal Arcoverde, ocasionando danos problemas o prédio ainda não recebeu o seu pátio pisando na água.
em dois veículos que ali se encontravam e “habite-se”, embora construído a oito anos. O número de prejudicados com esses
atingindo a instalação elétrica, o que deixou o Estamos decididos, agora, a por fim nesses acontecimentos é bastante elevado, pois o
prédio sem elevadores e sem iluminação na problemas. Grupo Escolar Rural “Alberto Torres” têm 650
parte térrea. alunos e o Ginásio “Messias Freire” mil. Os
O problema do edifício 02/04/1971 responsáveis pelos estabelecimentos
O edifício Isaura (7 andares, 33 Enchente no Butantã interrompe aulas acreditam que as causas do recrudescimento
apartamentos) foi construído a cerca de 8 em Ginásio e Grupo Escolar das enchentes sejam as obras realizadas no
anos e, desde então vem sendo vítima das Os alunos do Grupo Escolar Rural “Alberto Córrego Pirajuçara-Mirim, pelo que pedem à
periódicas inundações do Córrego Verde. A Torres” e do Ginásio Estadual “Messias Administração Regional mande verificar o que
poucos anos, como foi amplamente noticiado Freire”, dois estabelecimentos de ensino que ocorre, tomando às devidas providências.
na ocasião, as águas arrastaram automóvel funcionam em um mesmo prédio da Av. Vital
algumas dezenas de metros no leito do Brasil, no Butantã, vêm sendo sensivelmente 16/04/1971
córrego, ao longo da rua Fradique Coutinho. O prejudicado em sua vida escolar, devido às Plantão Regional
veículo fora arrancado da garagem inundada enchentes que deixam praticamente isoladas “Bocas-de-lobo” entupidas na Simão
do edifício Isaura. Dada as circunstâncias da aquelas escolas em dias de chuva forte. Álvares
construção e posição do prédio, nem mesmo Nessas ocasiões, para evitar acidentes de Moradores da rua Simão Álvares solicitam à
a canalização do córrego Verde solucionou o maior gravidade, os responsáveis pelo Grupo Administração Regional sejam tomadas
problema, como atesta a inundação de terça- e pelo Ginásio não vêm outra solução a não providências para o desentupimento das
feira última. ser a de suspender ou interromper as aulas. “bocas-de-lobo” que ficam na confluência
De quem é a culpa? Uma ameaça permanente pesa sobre os dessa artéria com a Teodoro Sampaio. A
Os moradores culpam a firma construtora menores. Na enchente do último dia 25, a obstrução daqueles bueiros está causando
pelos problemas do prédio. Segundo eles a professora de português, Eda Carrone Nuce, inundações no local. Ao mesmo tempo
firma comprometera-se a construir uma ao aproximar-se do estacionamento com seu alertam para a sujeira que vem se
ampla galeria sob o edifício para o carro, percebeu quatro crianças que acumulando naquela rua. Galhos de árvores
escoamento do córrego. A firma se defende vagarosamente, iam sendo arrastadas pela cortados e outros detritos atirados nas
 são ainda os moradores que informam  enxurrada. De pé a margem da avenida, elas calçadas ali permanece por muitos dias,
dizendo que a galeria não adiantará se a tentavam subir aos ônibus que ali fazem antes de serem retirados pela turma da
Prefeitura não ampliar a dimensão dos tubos ponto. Mas não o conseguiam, devido à limpeza pública.
de canalização, a saída do edifício, nos pressão das águas. Amedrontadas, chorando
fundos. Neste local encontra-se os fundos de elas foram recolhidas pela professora Eda, 16/04/1971
algumas residências da Rua Fradique que as levou para suas casas. Ratos, sujeira e inundação no leito
Coutinho (altura do n596) onde foram feitas Cerco e invasão antigo do Córrego Verde
edificações sobre o córrego, em desacordo O prédio dos estabelecimentos escolares Alguns acham que é um trecho do Córrego
com as leis municipais. chega a ficar cercado pelas águas. Elas Verde, cuja canalização deixou de ser feita
O temor alcançam alturas mais elevadas do lado por um descuido da Prefeitura. Mas não é

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 95
nada disso. Trata-se simplesmente do leito todos os moradores locais, para pedir O Centro de Saúde de Pinheiros está
antigo do famoso córrego, que teve seu curso providências. procurando reforçar o controle sob possíveis
mudado quando a Prefeitura fez sua focos de epidemia nesta região. Tendo em
canalização. 23/04/1971 vista o perigo que poderia representar as
Situado entre as ruas Belmiro Braga e Padre Enchentes do Rio Pequeno: Regional constantes enchentes na área do Rio
João Gonçalves, se estende da ponte da rua promete galeria nova e remoção de Pequeno para os que ali residem, o Dr.
Inácio Pereira da Rocha (onde se inicia o pedras Geraldo Chaves Salomão determinou na
desvio da galeria do Córrego Verde) até a rua O problema das enchentes no Rio Pequeno última segunda-feira que uma equipe de
Cardeal Arcoverde. O engano a respeito da vai ser atacado com a realização de duas fiscais efetua-se um novo comando naquele
natureza do local não tem qualquer obras que a muito são reclamadas pelos bairro com o objetivo de pesquisar os índices
importância. O importante é que inunda moradores daquela região: substituição dos de vacinação contra a poliomielite e tifo.
freqüentemente, porque para ele aflui toda a tubos existentes no córrego Água Podre por
água da chuva que vem da Inácio Pereira da uma galeria mais ampla e eliminação das 30/04/1971
Rocha. E inunda, chegando a água a atingir pedras que impedem o livre curso das águas A bronca pinheirense
2m algumas vezes, porque o leito antigo do Ribeirão Jaguaré. Vila Beatriz reivindica obras contra
virou depósito de lixo e está quase Transmitindo essas informações à nossa inundações
inteiramente tomado de mato. E quem reportagem, o administrador Regional de Interpretando o sentimento dos moradores do
sofre é os moradores da rua Belmiro Braga, Pinheiros, Sr. Vita, disse que tomou tais bairro, o Sr. José Pereira da Silva Tavares
muitos dos quais viram destruídas partes de decisões após vistoria que efetuou no local alinha as principais reivindicações da Vila
suas residências. E tem mais: ali proliferam no último domingo: Beatriz: retirada de tubo condutor de água
enormes ratazanas, aranhas e até uma cobra  Estamos cumprindo a determinação do localizados sob a ponte da rua Pascoal Vita, a
já apareceu. Prefeito Figueiredo Ferraz de tomarmos fim de evitar as constantes enchentes
O que deve ser feito? conhecimento dos problemas “in loco”. Assim naquele ponto; reforma do calçamento da rua
A solução para o problema á muito fácil. fazendo, pudemos constatar pessoalmente Juranda; iluminação pública para as ruas
Basta construir sobre o leito antigo uma que os dois tubos existentes atualmente no Juranda, Pascoal Vita, Beatriz e Leão Coroado
viela sanitária, que permitirá o escoamento córrego Água Podre sob a estrada do Rio (em parte) e prolongamento da rede de água
normal Pequeno são insuficientes para dar vazão a para a rua Juranda.
das águas da chuva. Aliás, segundo informa o água. Eles têm apenas 80 cm de diâmetro, O causador das enchentes é o Córrego das
morador do número 83 da rua Belmiro Braga. serão substituídos por uma galeria moldada, Corujas que desce de Vila Maria Luiza e passa
Existe um projeto da Prefeitura neste sentido, de 2x2m. Essa obra e a outra  remoção das por baixo da rua Pascoal Vita. É o que diz o
prevendo até a construção de um jardim pedras do Ribeirão do Jaguaré  serão Sr. José Pereira da Silva Tavares:  Na época
no terreno municipal situado ao lado da objetos de concorrência pública, a serem da seca não passa de um fio d’água. Mas
ponte da rua Inácio Pereira da Rocha. divulgadas em poucos dias. quando chove, devido a sujeira que vem se
Se existe este projeto, por que não o executa Na ocasião o administrador percorreu outros acumulando em seu leito, desde a Vila Maria
a Prefeitura? Não exigirá muitos gastos, pontos da região, constatando-se ser Luiza, ele apresenta vários pontos críticos. E
porque o trecho é de pouca extensão, e dará necessário proceder a limpeza, rebaixamento quando atinge a ponte sobre a rua Pascoal
tranqüilidade a dezenas de famílias, além de e alargamento de córregos, além da Vita, o transbordamento chega ao auge.
melhorar totalmente o aspecto do local. pavimentação de diversas ruas. Acrescentou Naquele local passa um tubo condutor de
Sugere a Administração Regional de Pinheiros também que essas obras serão atacadas água, de diâmetro muito amplo. Recuado um
que mande para lá alguém que veja de perto dentro em breve. pouco acima do leito do córrego, ele por si só,
problema e encaminhe a solução, que parece já constituí um entrave no livre curso das
bem corriqueira. O Sr. Glauco está disposto a 23/04/1971 águas. Mas não bastasse isso, ainda serve de
levar a coisa até o fim. Diz que já se cansou Centro de Saúde está pesquisando anteparo para os objetos que a correnteza
de tantos anos de sofrimento e o primeiro condições sanitárias na região transporta, formando uma espécie de
passo será organizar um abaixo-assinado de barreira.

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 96
A conseqüência, segundo o nosso que possua mais de 100 mil habitantes.” E Tietê e Pinheiros, nesta Capital. Conforme
entrevistado, é que as águas encontram uma este último requisito (mais de 100 mil explicou o Secretário José Meixes, está é a
única saída: alcançando o nível da rua habitantes) não foi cumprido pela lei primeira obra a ser posta em concorrência,
Pascoal Vita, espraiam-se por está, indo qüinqüenal 8092. dentro dos estudos realizados pela comissão
inundar as residências situadas às suas Em segundo lugar porque a lei 8092 não mista Estado-Prefeitura para enfrentar o
margens. A solução, repete o Sr. Tavares, é a criou Cartório nem o cargo de escrivão. problema de enchente que assola a Capital e
remoção do tubo, além de periódicas Portanto não poderia haver concurso para a região da Grande São Paulo, além de outras
limpezas no leito do córrego. provimento de cargo inexistente num cartório regiões que integram a Bacia do Alto Tietê-
não criado. Foi então suspenso o concurso. Cubatão.
21/05/1971 Consta do acordo o seguinte: “... a Como se sabe, a referida Comissão
Butantã continua esperando sua impetração é procedente, por isso mesmo é apresentou uma série de medidas destinadas
Administração Regional indisfarçável a ilegalidade praticada pelo ao ataque efetivo do problema, dividindo-as
legislador estadual...”. quanto ao tempo nas categorias de imediatas
21/05/1971 Posteriormente foi promulgado o decreto lei e de médias e longo prazo e para serem
Afinal, a conclusão: não existe o Distrito n158, de 28 de outubro de 1969 (Lei executadas pelo Estado, através do DAEE e
de Pinheiros qüinqüenal), que fixou o quadro judiciário. Em pela Prefeitura Municipal de São Paulo.
Sobre os auspícios do Rotary Clube, um grupo seu anexo 1 referindo-se ao distrito de São As obras de remoção do maciço rochoso
de pinheirenses reuniu-se na última sexta- Paulo, cita o 45 subdistrito. Não descreve existente na confluência daqueles rios,
feira para examinar os aspectos que divisas e confrontações sob o Subdistrito de previstas na etapa imediata do plano, estão
envolvem a instalação do 45 Subdistrito de Pinheiros. No anexo 2 refere-se às divisas da estimadas em 650 mil cruzeiros e são
Pinheiros, criado pela lei 8092, de 28 de Vara Distrital tão somente, não reeditando indispensáveis para aumentar
fevereiro de 1964. Foram três anos de sequer aquele desmembramento da lei 8092. consideravelmente a vazão do Tietê.
debates sobre um assunto bastante Também não criou serventia (Cartório), nem o Constante da programação do DAEE, tais
controvertido. cargo de escrivão. Em decorrência desse obras serão executadas observando-se os
A história do subdistrito decreto lei, foi novamente aberto concurso termos de convênio com o DER, eis que o
A lei qüinqüenal 8092, de 28 de fevereiro de para provimento de cargos no Cartório de deslocamento possibilitará o
1964, fixou o quadro territorial, Pinheiros. E novamente Miguel Ramos de desenvolvimento das obras viárias naquela
administrativo e judiciário do Estado, criando Toledo impetrou mandato de segurança n área, e permitirá a interligação da Rodovia
entre outros, o 45 Subdistrito de Pinheiros, 194.510. A terceira Câmara Civil concedeu Castelo Branco com as Marginais do Rio Tietê
desmembrado do 13 (Butantã), do 14 segurança, baseada no fato de que o decreto e Pinheiros, o chamado “Cebolão”.
(Lapa), do 20 (Jardim América), e do 39 (Vila lei 158 que rege tão somente a organização O Engenheiro Superintendente do DAEE,
Madalena). Criando o subdistrito o secretário judiciária do Estado não criou e nem poderia informou que os serviços serão executados
da Justiça abriu concurso para provimento de criar novos distritos ou subdistritos. E num prazo de 3 meses e a firma responsável
cargos no Cartório de Pinheiros. Então Miguel novamente por determinação do Tribunal de e os responsáveis técnicos terão que
de Toledo, titular do Cartório do Butantã e Justiça, foi suspensa a realização do comprovar que já executarão um volume de
outros impetraram mandato de segurança concurso. 2500m3 de material rochoso, atestado por
n1196 contra a realização do concurso. O entidades públicas municipais, estaduais ou
tribunal de justiça de São Paulo concedeu 21/05/1971 federais.
segurança, baseado no fato de que a criação O Estado vai remover rochas no Rio
foi duplamente ilegal. Em primeiro lugar Tietê e Pinheiros 09/07/1971
porque a lei paulista 7.693 de 14 de janeiro Autorizado pelo Governador Laudo Natel, o Prefeitura resolve acabar com as pedras
de 1963, em seu artigo 3, dispõe que “a Departamento de Águas e Energia Elétrica do do córrego Jaguaré
subdivisão de distrito só poderá ser objeto de Departamento de Obras do Estado vai Tudo indica que está chegando o fim das
lei que disponha de quadro territorial, proceder a remoção de aproximadamente famosas pedras do córrego Jaguaré, no Jardim
judiciário e administrativo do Estado desde 8.000m3 de rochas na confluência dos rios Ivana, responsáveis pelas enchentes que

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 97
periodicamente assolam extensas regiões do melhoramentos. A outra é a do Morumbi. Nos Jardins a área especificada no decreto
rio Pinheiros. A Prefeitura Municipal abriu Decidi que a do Jd. Regina deveria ser fica delimitada pelo perímetro que começa no
concorrência pública para a execução de atendida em primeiro lugar, porque serve cruzamento da Av. Cidade Jardim com a Av.
serviços de quebra e remoção de pedras famílias que não conta com outra fonte de Brigadeiro Faria Lima, segue por esta até a
naquele local.(...) abastecimento de água. Praça Itália, continua pela Avenida Rebouças,
O edital de concorrência de n°130/71, foi Depois de um mês e meio de trabalho as Rua Estados Unidos, Alameda Gabriel
publicado no “Diário Oficial do Município’ do obras estavam terminadas. Rodrigo Gaspar Monteiro da Silva, Rua Áustria, Itália, Praça do
dia primeiro do corrente, (...). O prazo de Lima, que orientou e fiscalizou os Vaticano, Rua Rússia, Praça Coração de Maria,
máximo das obras será de 120 dias. trabalhos executados por oito homens diz Av. 9 de Julho, Av. Cidade Jardim até o
A concorrência aberta refere-se a execução que as chuvas complicaram as coisas: cruzamento com a Av. Brigadeiro Faria Lima.
de serviços em mais quatro locais, além do _ Nossos homens trabalhavam debaixo As mesmas restrições valem para os lotes
córrego Jaguaré, especificando que o total d’água quase o tempo todo e atolados na lindeiros a ambos os lados das ruas, praças e
das pedras a serem quebradas e removidas lama até os joelhos. As nascentes chegaram avenidas situadas naquele perímetro. São
ascendem a 1.500m 3 . Esse item do edital a nos fugir por várias vezes, mas nós fomos exceções ao perímetro estipulado no decreto
provocou comentário do Sr. Thomas Martins, buscá-las novamente. Em torno da bica foi os lotes vizinhos à Av. Brigadeiro Faria Lima, à
diretor da Associação para o feito um muro, o piso foi cimentado. Sobre o Alameda Gabriel Monteiro da Silva , desde
desenvolvimento do Rio Pequeno: córrego foi colocado uma laje de concreto e seu cruzamento com as ruas Juquiá e Ibsen
Ao que estou informado, somente as pedras sobre ela cinco tanques. Agora, Fiore Vita da Costa Manso, até a rua Dinamarca. A Rua
existentes no Jd. Ivana somam mais que prometeu instalar mais sete tanques o que Joaquim Antunes, entre a Alameda Gabriel
1.500m 3. Não sei se houve algum equivoco deverá ser feito brevemente.(...). Monteiro da Silva e a Av. Rebouças e também
por parte dos técnicos da Prefeitura ao os núcleos comerciais estabelecidos pela lei
elaborar a concorrência. De qualquer forma, é 30/07/1997 4.451 de Janeiro de 1954.
uma boa notícia para todos nós, que ficamos Prefeito quer mais áreas residenciais na
aguardando ansiosos o início das obras. região 06/08/1971
Tomara que tudo fique terminado antes da O Prefeito Figueiredo Ferras encaminhou à Enchentes: Vila Pirajuçara teme as
chegada do período das águas. Câmara Municipal o projeto de lei declarando próximas chuvas
estritamente residencial áreas de Pinheiros e A casa de Juan Rulle à Rua Queluzita, 52, Vila
16/07/1971 nos Jardins Paulista e América, nas quais só Pirajuçara , ainda tem nas paredes as marcas
A nova bica d’água do Jardim Regina serão permitidas - aprovado os respectivos das últimas enchentes, mas ele diz que não
Desde nove do corrente, os moradores do projetos - construção e reconstrução de vai submetê-la a nenhuma reforma. Não
Jardim Regina, Jd. Celeste e Vila Pazini não “habitações regionais particulares”, sendo pensa sequer em um simples pintura: Vou
precisam mais molhar os pés, nem pisar na proibido a edificação de edifícios de esperar as próximas chuvas. Sei que tudo isto
lama para servirem da bica d’água que se apartamentos ou prédios para outro uso que aqui vai encher de novo. Depois, então, é que
abastecem. Nesse dia foram inaugurados o não residenciais. começarei a pensar no que fazer.
cimentado e os cinco tanques que o Pinheiros A Rua Queluzita fica perto da ponte existente
Administrador da Regional de Pinheiros, Fiore A área atingida pela restrição em Pinheiros na Via Raposo Tavares, sobre o córrego
Vita, mandou construir em torno daquela situa-se no coração do bairro, ela é limitada Pirajuçara. Além de sofrer as conseqüências
nascente. pelo perímetro que se inicia na confluência dos constantes transbordamento desse curso
Mais sete tanques das ruas Teodoro Sampaio e Pinheiros, segue d’água, ainda recebe a verdadeira avalanche
Dia 1° de Maio do corrente ano, o por esta até a Av. Brigadeiro Faria Lima, Praça líquida que desce do bairro da Previdência e
Administrador Fiore Vita visitou o bairro a Itália, Av. Euzébio Matoso, Rua Butantã, Largo outros núcleos situados na parte alta da Via
convite da Sociedade Amigos local e tomou de Pinheiros, Rua Teodoro Sampaio até a Raposo Tavares. _ Não é só a Queluzita que é
contato com o problema: confluência com a Rua Pinheiros, ponto inicial atingida, as outras também: Grupiara,
_ Na região, era a segunda bica que me do perímetro. Perucaia e adjacências.
apresentava e que necessitava de Jardins

_______________________________________ _______________________________________________________________________________________________
SISTEMÁTICA INTEGRADA PARA CONTROLE DE INUNDAÇÕES EM SUB-BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS Anexo . página 98
O córrego Pirajuçara, no trecho vai da invadindo os jardins e o interior das obra estará concluída em 700 dias após a
Raposo Tavares até a Rua Camargo residências. assinatura do contrato.
apresenta grande quantidade de lama em Uma última coisa: por que é que não A execução dessas duas pontes e mais
seu leito, o que virá impedir o escoamento da terminam o asfaltamento de nossa rua? As trevos rodoviários foi anunciados no dia dois
torrente característica das épocas de chuvas. obras foram aprovadas pela Prefeitura, a último pelo Prefeito da Capital, Sr. Figueiredo
Isso se, até lá, a Prefeitura não cuidar do seu empresa vencedora da concorrência andou Ferraz.
desassoreamento. por aqui fazendo o serviço de terraplanagem,
Por outro lado, há as águas que descem da depois suspendeu tudo, alegando falta de 08/10/1971
parte alta da Raposo Tavares. Passando pela verbas. A rua ficou sem o asfalto e, ainda por Plantão da Regional.
rua Dr. Eduardo Vaz entra numa viela, caindo cima, temos que suportar tremenda nuvens Limpeza do Córrego Pirajuçara
num rego estreitíssimo que devia levá-las ao de poeira que só O leito do córrego Pirajuçara apresenta-se
córrego Pirajuçara. Como não encontram desaparecem quando a chuva resolve nos dá completamente assoreado, em quase toda a
passagem inundam os terrenos existentes no uma ajudazinha. sua extensão. O alerta parte dos famílias
local, indo desaguar na Queluzita. Região de Pinheiros Dia e Noite. residentes nos núcleos localizados às
O córrego está uma lástima, em vários Obras contra poluição do Rio Pinheiros margens, as quais demonstram apreensão
pontos: margens desbarrancando, lixo e A Companhia de Saneamento de São Paulo - diante do que poderá acontecer quando
entulho em seu leito, um dos lados da ponte Sanesp, contratou obras de construção dos chegarem as chuvas mais
da Vital Brasil começou a ceder. interceptores de esgotos do rio Pinheiros. fortes. Atualmente, a cada pancada de
Juan Rulle diz que há muito vem levantando Trata-se da execução de galerias especiais relativa intensidade ocorre transbordamento
esses problemas junto ao poderes públicos que margearão o rio Pinheiros recolocando em diversos trechos. Para que a situação não
(“Inclusive através da Sociedade Amigos do esgotos dos coletores- troncos dos bairros de venha a se agravar, pedem os moradores
Butantã-Pirajuçara, na qual fui diretor por Pinheiros, Butantã, Jaguaré, Vila Madalena, desses bairros que a AR promova urgente e
muito tempo”). Alto de Pinheiros e Cidade Universitária. enérgica limpeza no leito do Pirajuçara.
Agora, faz questão que a reportagem Segundo informou o Secretário de Obras do
comprove o que afirma. Seguindo pela Av. Estado, José Meiches, o trabalho é de vital 15/10/1971
Caxingui, às margens do Pirajuçara vai importância dentro do sistema de combate à Governador visita obras contra poluição
indicando vários pontos em que se observam poluição dos rios da Grande São Paulo. no canal do Pinheiros
avançado processo de erosão. O Governador Laudo Natel visitou, na última
O mais acentuado é o localizado na saída da 10/09/1971 semana, as obras de construção dos
Rua Bijari. A margem já foi comida, não Prefeitura vai construir mais duas interceptores de esgotos ao longo do rio
existem mais calçadas, nem guias. O asfalto pontes sobre o rio Pinheiros Pinheiros, iniciadas há aproximadamente 40
começa a ser rasgado, pronunciando a Até fins de 1972 a Prefeitura Municipal de São dias e que tem seu término previsto para
formação de uma valeta que poderá cortar a Paulo deverá entregar ao tráfego duas Fevereiro de 1972.
Av. Caxingui, tornando-a intransitável. grandes pontes sobre o canal do rio Pinheiros, Orçado em Cr$ 11 milhões, os interceptores
Mais adiante, à ponte da Vital Brasil, o leito na Av. Queiroz Filho ( antiga Jaguaré). A correrão paralelamente ao rio Pinheiros,
do córrego quase que inteiramente tomado obra .anunciada é de grande importância pois coletando esgotos do Butantã, Jaguaré,
por detritos e por entulhos provenientes de dará solução viária a vasta área da Capital, Cidade Universitária e Pinheiros. Os dejetos
guias e calçadas que vieram abaixo. Em um interligando diversas vias, tais como Marginal serão conduzidos até a Estação de
dos lados, o suporte de cimento da ponte de Pinheiros, Anel Rodoviário e Rodovia tratamento de esgotos de Pinheiros, onde
apresenta enormes fendas, podendo ruir a Castelo Branco, além de facilitar o acesso ao receberão um primeiro tratamento. O eflúvio,
qualquer momento.