You are on page 1of 7

Gestão Estratégica para a

Sustentabilidade
Profª. Conceição A. P. Barbosa

Aula 5
Complexidade e transdisciplinaridade

05/06/2016

Universidade Presbiteriana Mackenzie

TOWARD A THEORY OF PARADOX:


A DYNAMIC EQUILIBRIUM MODEL
OF ORGANIZING

 Os autores Smith e Lewis tratam de uma


abordagem (que definem como
diferentes lentes) em que apresentam
visões paradoxais das teorias que tratam
dos ambientes organizacionais a fim de
fazerem uma proposta de um modelo de
equilíbrio dinâmico que sinaliza as
tensões que favorecem a
sustentabilidade...

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 2 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

1
Universidade Presbiteriana Mackenzie

TOWARD A THEORY OF PARADOX:


A DYNAMIC EQUILIBRIUM MODEL
OF ORGANIZING

 Os autores identificam 4 fontes


(pertencer, aprender, organizar e
desempenhar), geradoras de
paradoxos, para estabelecerem um
quadro de análise das tensões
organizacionais que não só descreve
cada uma mas, as relaciona,
pontuando as correntes téoricas que
direcionam estas vertentes.
Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 6 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

Universidade Presbiteriana Mackenzie


TOWARD A THEORY OF PARADOX:
A DYNAMIC EQUILIBRIUM MODEL
OF ORGANIZING
Aprender (conhecimento)
(renovação e inovação
para mudar o futuro)

Organizar (processo)
Pertencer
(identidade/relações interpessoais)

Desempenhar (alcance de objetivos)

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 7 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

2
Universidade Presbiteriana Mackenzie

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 8 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

Universidade Presbiteriana Mackenzie

TOWARD A THEORY OF PARADOX:


A DYNAMIC EQUILIBRIUM MODEL
OF ORGANIZING
 Líderes decidem o que deve ser feito, como será feito,
quem fará e em qual horizonte de tempo.Quando definem
isto, definem também o que não escolhem
 Com isto vislumbram objetivos e estratégias e:
 criam tensões no desempenho (performing), como
decidir entre local e global, por exemplo
 criam tensões no processo (organizing), como
centralização e descentralização;
 criam tensões no pertencer (belonging), escolhas
afetam valores, identidades e papéis
 criam tensões no aprender (learning), escolhas entre o
hoje e o amanhã, entre o futuro e o passado

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 9 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

3
Universidade Presbiteriana Mackenzie

TOWARD A THEORY OF PARADOX:


A DYNAMIC EQUILIBRIUM MODEL
OF ORGANIZING
 A complexidade (número de fatores e sua
relação) vem das inúmeras fontes de
tensão na empresa, reforçada pelo
caráter transdisciplinar (múltiplas
abordagens “entrelaçadas”), o que exige
que as empresas consigam encontrar um
fio condutor que permeie interesses,
contextos e recursos diversos, boa parte
das vezes conflitantes

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 11 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

Universidade Presbiteriana Mackenzie


TOWARD A THEORY OF PARADOX:
A DYNAMIC EQUILIBRIUM MODEL
OF ORGANIZING Do ponto de vista pessoal:
-Mudança de crenças e
O “Fio condutor”: comportamentos (voluntário)
Gerenciamento das -Manutenção de comportamentos
tensões com o objetivo de prévios em função do passado
buscar consistência (involuntário)

Do ponto de vista organizacional:


A conduta involuntária é reforçada pela
dinâmica organizacional, que impregna inércia
nas estruturas, rotinas e capacidades, onde o
futuro pertence ao passado

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 12 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

4
Universidade Presbiteriana Mackenzie

TOWARD A THEORY OF PARADOX:


A DYNAMIC EQUILIBRIUM MODEL
OF ORGANIZING
 Qual o espaço para a sustentabilidade?
 Do que está em nós impregando e que,
consequentemente levaremos para
empresa ou por novas decisões e posturas?

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 13 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

Universidade Presbiteriana Mackenzie

TOWARD A THEORY OF PARADOX:


A DYNAMIC EQUILIBRIUM MODEL
OF ORGANIZING
 Disso tudo é possível depreender que a
existência de escolhas implica na exclusão
de outras alternativas
 Neste sentido, falar em sustentabilidade
implica na escolha por mudança nas
crenças e comportamentos

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 14 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

5
Universidade Presbiteriana Mackenzie

É possível alterar a cultura das


organizações? (1/3)
A classificação da mudança à partir
das dimensões tempo e objetivo
Objetivos Individual Grupal Social

Tempo

Curto termo Mudança de Mudanças Invenção/Inova


atitudes normativas ção

Mudança de Mudança Revolução


comportamento administrativa
Longo termo Mudança do Mudança Evolução sócio-
ciclo de vida organizacional cultural

Fonte: adtapado de Zaltman e Duncan (1977, p.11).

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 16 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

Universidade Presbiteriana Mackenzie

É possível alterar a cultura das


organizações? (2/3)
Circuito Simples de aprendizagem

Ações Enganos
ou erros

Alterar a ação

Fonte: Argyris (1992)

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 17 Bloco C – Eh o caos... Aula 05

6
Universidade Presbiteriana Mackenzie

É possível alterar a cultura das


organizações? (3/3)
Circuito Duplo de aprendizagem

Valores Ações Enganos


Fundamentais ou erros

Circuito Simples de Aprendizagem

Fonte: Argyris (1992)

Universidadade Presbiteriana Mackenzie Gestão Estratégica para a Sustentabilidade - 18 Bloco C – Eh o caos... Aula 05