You are on page 1of 4

01 –

A) – índice de umidade (IU)= (EXC/ETP)*100


(1974-2017) IU= 8,344406059
(2016) IU= 0
(1985) IU = 18,7508529

B) Índice de aridez (IA)=(DEF/ETP)*100


(1974-2017) IA= 55,21112396
(2016) IA= 63,99724
(1985) IA= 48,04174
C) Índice Efetivo de Umidade (IM) = IU-(0,6*IA)
(1974-2017) IM=8,344406059 – úmido sub-úmido
(2016) IM= -37,825044 – semiárido
(1985) IM= -10,0741911 – seco sub-úmido

02 –
03 –
TD DE HIDROGEOGRAFIA

BACIA HIDROGRÁFICA - Uma área de captação natural da água de precipitação que


faz convergir o escoamento para um único ponto de saída. Compõe-se de um conjunto
de superfícies vertentes e de uma rede de drenagem formada por cursos de água que
confluem até resultar em um leito único no seu exutório (Tucci, 1997).

SUB-BACIAS - são áreas de drenagem dos tributários do curso d’água principal.


Possuem áreas maiores que 100 km² e menores que 700 km² (FAUSTINO, 1996).

MICROBACIA - possui toda sua área com drenagem direta ao curso principal de uma
sub-bacia, várias microbacias formam uma sub-bacia. Possuem a área inferior a 100
km2 (FAUSTINO, 1996).

A bacia hidrográfica ou bacia de drenagem de um curso d'água é a área onde, devido ao


relevo e geografia, a água da chuva escorre para um rio principal e seus afluentes. A
forma das terras na região da bacia fazem com que a água corra por riachos e rios
menores para um mesmo rio principal, localizado num ponto mais baixo da paisagem.

Desníveis dos terrenos orientam os cursos d'água e determinam a bacia hidrográfica,


que se forma das áreas mais altas para as mais baixas. Ao longo do tempo, a passagem
água da chuva vinda das áreas altas desgasta e esculpe o relevo no seu caminho,
formando vales e planícies.

A área de uma bacia é separada das demais por um divisor de águas, uma formação do
relevo - em geral a crista das elevações do terreno - que separa a rede de drenagem
(captação da água da chuva) de uma e outra bacia. Pense na crista de um morro que
divide a água da chuva para um lado e para o outro.

As quatro principais bacias hidrográficas do Brasil são as bacias Amazônica, do


Tocantins, a Platina (Paraná, Paraguai e Uruguai) e a do rio São Francisco que, juntas,
cobrem cerca de 80% do território brasileiro.

Classificação

Em Geografia, existe uma classificação para a forma como as águas fluem dentro de
uma bacia. As águas exorreicas correm para o mar; endorreicas, quando as águas caem
em um lago ou mar fechado; criptorreicas, quando as águas desaguam no interior de
rochas calcárias (porosas) e geram lagos subterrâneos (grutas), além de formar lençóis
freáticos; arreicas, quando o curso d'água seca ao longo do seu percurso.