You are on page 1of 3

FIJUNA ESTAGIA EM ARRONCHES

Durante a segunda semana das férias da Páscoa, entre 3 e 6 de abril, a Federação
das Bandas Filarmónicas do Distrito de Portalegre levou a cabo o Estágio de Páscoa
da FIJUNA – Filarmónica Juvenil do Norte Alentejano – realizado na vila de Arronches.
O mesmo decorreu no Centro Escolar de Nª Srª da Luz e o concerto final teve lugar
no auditório do Centro Cultural de Arronches. O Estágio foi organizado em parceria
com o município de Arronches e com o apoio das três Juntas de Freguesia do concelho
bem como do Agrupamento de Escolas de Arronches.

O estágio contou com a presença de cerca de 75 jovens e 10 monitores, músicos das
bandas de Nisa, Castelo de Vide, Portalegre, Alegrete, Crato, Alter do Chão, Elvas,
Galveias, Santo Amaro (Sousel), e Ponte de Sor. Para tal, também contribuíram com
transportes as Câmaras Municipais de Crato, Alter, Ponte de Sor, Castelo de Vide e
Elvas bem como uma ou outra Junta de Freguesia e as próprias bandas (Nisa,
Alegrete, Galveias e Euterpe).
Segundo o jornal online “Notícias de Arronches” refere o seguinte: “Temos para nós
que foi um entre os melhores que nos foi dado assistir ao longo destes anos no Centro
Cultural de Arronches”. E segundo as palavras do Vice-Presidente do município e um
dos grandes impulsionadores deste estágio, João Crespo, tratou-se de “Um
magnífico concerto e agradeço a presença de todos, manifesto todo o
empenho por parte da autarquia para apoiar estas iniciativas.” Outro grande
responsável pro este estágio foi o Presidente da Junta de Freguesia de Assunção,
José Louro, grande aficionado das bandas filarmónicas.
Antes da atuação da orquestra Filarmónica Juvenil do N.A., o Presidente da Federação
de Bandas Filarmónicas do Distrito de Portalegre, Miguel Batista, agradeceu o apoio
do Município, das juntas de freguesia (referindo que é primo do Presidente da Junta
de Assunção, um apaixonado pela música) e a forma como foram acolhidos pela
Diretora do Agrupamento de Escolas, Professora Ana Maria Reis, assim como por
todos os colaboradores do Centro Escolar de Arronches.
O concerto foi dirigido pelo maestro Francisco Paixão, se bem que em duas peças a orquestra
tenha sido dirigida por dois jovens maestros – Ricardo Godinho e Carlos Almeida.
Sem desprimor para todos os intérpretes desta banda juvenil, queremos destacar a magnifica
prestação dos elementos dos instrumentos de precursão, em especial na peça “O Gladiador”,
pela sua grande qualidade. Aliás, qualidade essa que foi reconhecida pelo maestro Francisco
Paixão e pelo Presidente da Federação, tendo este elogiado todos os músicos, maestros e
monitores. Deixando no ar para breve a concretização do projeto da Orquestra Distrital.
Aproveitou ainda Miguel Batista para incentivar a Escola de Música de Arronches na
constituição de uma banda filarmónica ou na reativação da sua Orquestra.

Mas não foi só do excelente concerto que tivemos oportunidade de desfrutar, pois a voz de
Liliana Parelho, acompanhada pela orquestra, foi uma autêntica surpresa, onde se destaca a
conhecida canção “don't cry for me Argentina” e “Memory”.
No final toda a plateia de pé, aplaudiu incansavelmente esta Orquestra Filarmónica Juvenil que
tão bem representa o Norte Alentejano.