You are on page 1of 2

Plano de Aula: O Direito na Primeira República

HISTÓRIA DO DIREITO BRASILEIRO - CCJ0256


Título
O Direito na Primeira República

Número de Aulas por Semana

Número de Semana de Aula


7

Tema

Burocracia e Direito na Primeira República

Objetivos

O aluno deverá ser capaz de:

 Indicar quais os fatores que levaram à Proclamação da República;


 Compreender as principais dificuldades enfrentadas nos primeiros anos da República, (a
chamada "República da Espada") e a sua consolidação;
 Entender o motivo pelo qual o Código Penal de 1890 foi posto em vigência, mesmo antes que se
promulgasse a Constituição dos Estados Unidos do Brasil;
 Apontar quais as características organizacionais da República dos Estados Unidos do Brasil,
segundo a Constituição de 1891.

Estrutura do Conteúdo

Para esta aula você deverá ler o conteúdo do Capítulo 4 do Livro Didático, páginas 88 a 102 e na Aula 3
online (História da República Brasileira: Da política dos governadores aos governos populistas),
ministrada pelo Professor Rodrigo Rainha.

Serão abordados nesta nossa sétima aula os seguintes tópicos:

A República da Espada: do Governo Provisório ao governo do Marechal Floriano. A República da


Espada, ocorrida entre os anos de 1889 a 1894, foi por muitos considerado o primeiro período dit atorial
ocorrido no Brasil. Durante este período, o Brasil foi governado pelos Marechais Deodoro da Fonseca e
Floriano Peixoto, sendo que os levantes populares e a repressão a focos de resistência à República,
composto por simpatizantes do Imperador Dom Pedro II, foram violentamente reprimidos, consolidando a
República proclamada em 1889. O período consagra a concepção de um regime republicano
centralizador, o que delineava um quadro contrário à vontade das oligarquias rurais e dos grandes
cafeicultores paulistas, que pregavam a implantação de um regime republicano descentralizado.

O Código Penal de 1890. Com a abolição da escravidão em 1888, tornou-se incontestável para as elites
do período, a necessidade de adaptação das leis vigentes. Isso fica claro co m, por exemplo, a proibição
da prática de capoeira em espaços públicos pelo Código Penal de 1890, o segundo Código Penal no
Brasil, o primeiro da República, que viria a substituir o de 1830. O novo texto, elaborado às pressas, com
pouca discussão e reflexão, foi criticadon por sua por sua falta de técnica, tendo, por isso sofrido
interferência de inúmeras leis modificativas, até sua efetiva derrocada, em 14 de dezembro de 1932
(embora só fossemos ter um novo Código em 1940).
A primeira Constituição Republicana de 1891. A Constituição de 1891 - inspirada na Constituição
norte-americana de 1787 ? teve como principais traços, os seguintes:

 Adoção da forma republicana de governo (República Federativa, sob a denominação de


República dos Estados Unidos do Brasil);
 Previsão da existência de três poderes independentes e harmônicos entre si (com a supressão
do Poder Moderador, típico traço do Império brasileiro);
 Eleição para escolha do Presidente da República e dos membros do poder Legislativo por meio
do sufrágio direto, universal masculino (mas com voto aberto, propiciador do voto de cabresto) e
proibição de voto aos analfabetos, menores de 21 anos, mulheres, mo nges regulares, praças
das Forças Armadas e mendigos;
 Estabelecimento de um Estado laico, extinguindo-se o Padroado;
 Ampla autonomia para os estados (federalismo forte);
 Previsão de controle da constitucionalidade dos atos normativos pelo Poder Judiciário.

Aplicação Prática Teórica

Embora a charge acima apresente um tom intencionalmente irônico, há alguns questionamentos que
podem ser feitos.
a) No que se refere a ignorância dos personagem no terceiro quadro acerca da Proclamação da
República, teria ela alguma conexão com o situação ocorrida em 1891?
b) No que se refere ao segundo quadro, apesar do estabelecido no Art. 72 da Constituição de 1891
(direitos fundamentais), a presença dos militares no comando da Proclamação propiciaram maior grau de
liberdade aos cidadãos brasileiros?