You are on page 1of 5

Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia

Curso de Administração

Disciplina: Teoria Geral da Administração

Período Curricular: 1º período


Semestre Letivo: 2º semestre de 2016
Carga Horária: 68 horas/semestre
Créditos: 04
Natureza: Obrigatória
Modalidade: Presencial
Horário de funcionamento: Quartas e Sextas das 18:30 às 20h.
Pré-requisito: Sem pré-requisitos

FUNDAMENTAÇÃO:
Este curso foi criado de modo a demonstrar clareza conceitual a respeito da natureza do estudo da
administração e das relações entre esse estudo e as demais disciplinas oferecidas para a formação
do administrador, de modo a contribuir no desenvolvimento da consciência crítica do aluno, no
sentido de entender e compreender a evolução dos diversos conceitos da teoria da administração,
suas abordagens e as relações entre elas, destacando o caráter contingencial e situacional da
administração, determinada pela dinâmica do contexto político, econômico e social dos
respectivos momentos históricos e pela cultura do meio.

OBJETIVOS DO CURSO E RESULTADOS:


Capacitar o aluno à compreender a importância dos conceitos e práticas administrativas
desenvolvidas ao longo do tempo e sua adaptação para os dias atuais, construindo uma visão
integrada da necessidade e da aplicação das diferentes abordagens administrativas.

RESULTADOS DE APRENDIZAGEM ESPECÍFICAS:


Proporcionar que ao final do curso o aluno alcance uma visão crítica sobre a evolução do
pensamento administrativo, seus principais teóricos e suas principais contribuições na formação
dos conceitos da administração e o entendimento, para atuar profissionalmente, da influência do
ambiente externo a organizações na atual fase “de globalização e competitividade de mercados”.

ESTRATÉGIAS DE ENSINO
A exposição do conteúdo ocorrerá por meio de atividades que facilitem e estimulem a
aprendizagem. Buscar-se-á interação constante com os alunos. Em todas as atividades será
privilegiada a participação dos alunos. Atividades propostas:
 Aulas expositivas;
 Análise e interpretação de textos e artigos;
 Seminários;
 Experiências vivenciais;
 Visitas técnicas;
 Estudos de Casos;
 Estudos dirigidos;
 Análise de filmes temáticos/ vídeos técnicos;
 Trabalhos de pesquisa individual e em equipe.
 Exercícios individuais e em equipe
 Mapas Conceituais;
 Dinâmica de grupo.

EMENTA
Os primórdios da administração. Abordagem clássica da administração. Abordagem humanista da
administração. Abordagem estruturalista da administração. Abordagem comportamental da
administração. Abordagem sistêmica da administração. Abordagem contingencial da
administração.

PROGRAMA
UNIDADE 1 - OS PRIMÓRDIOS DA ADMINISTRAÇÃO
1.1 - Antecedentes históricos.
1.2 - Contexto histórico de origem da administração.

UNIDADE 2 - ABORDAGEM CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO


2.1 - Administração científica: Taylor e seguidores.
2.2 - Administração clássica: Fayol e seguidores.
2.3 - Apreciação crítica.

UNIDADE 3 - ABORDAGEM HUMANISTA DA ADMINISTRAÇÃO


3.1 - Movimento de Relações Humanas.
3.2 - Decorrências do Movimento de Relações Humanas.
3.3 - Estudos de Mary Parker Follett.

UNIDADE 4 - ABORDAGEM ESTRUTURALISTA DA ADMINISTRAÇÃO


4.1 - Modelo Burocrático: Weber.
4.2 - Teoria Estruturalista.
4.3 - Apreciação crítica.

UNIDADE 5 - ABORDAGEM COMPORTAMENTAL DA ADMINISTRAÇÃO


5.1 - Origens: Movimento de Relações Humanas.
5.2 - Proposição sobre motivação humana.
5.3 - Organização como um sistema social.
5.4 - Compatibilização entre objetivos organizacionais e objetivos individuais.
5.5 - Teorias X, Y e Z
5.6 - Apreciação crítica.

UNIDADE 6 - ABORDAGEM SISTÊMICA DA ADMINISTRAÇÃO


6.1 - Origens: cibernética.
6.2 - Teoria de Sistemas.
6.3 - A organização como um sistema aberto, dinâmico e total.
6.4 - Modelos de organização.
6.5 - Apreciação crítica.

UNIDADE 7 - ABORDAGEM CONTINGENCIAL DA ADMINISTRAÇÃO


7.1 - Origens: pesquisas.
7.2 - Variáveis ambientais internas.
7.3 - Variáveis ambientais externas.
7.4 - Influências das variáveis na gestão da organização.
7.5 - Reações das organizações frente às variáveis contingenciais.

AVALIAÇÃO
A avaliação será processual e se dará a partir da observação e análise das atividades desenvolvidas
durante o curso na respectiva disciplina. A avaliação será realizada em 3 etapas, conforme as
atividades abaixo mencionadas:

Atividades 1 Nota máxima da atividade


A - Seminário 7,0
B - Atividades complementares em classe 3,0
Total 10,0

Atividades 2 Nota máxima da atividade


A - Atividade de Pesquisa extraclasse em 7,0
empresa
B - Atividades complementares em classe 3,0
Total 10,0

Atividades 3 Nota máxima da atividade


A - Avaliação escrita (prova) 7,0
B - Atividades complementares em classe 3,0
Total 10,0

Orientações à atividades 1A e 2A:


Atividade extraclasse 1A: Seminário - Como se estruturam as organizações?
Em grupos de até cinco componentes. O trabalho consistirá em estudar o caso de uma
organização específica, analisando de acordo com a teoria os critérios administrativos que a
mesma utiliza em sua gestão.

Atividade extraclasse 2A: Atividade de Pesquisa extraclasse em empresa - Como a teoria ocorre
nas empresas?
A turma será dividida em grupos que realizarão um trabalho sobre um tema sorteado entre eles. O
trabalho constará de uma pesquisa sobre a teoria relacionada ao tema de pesquisa junto a uma
empresa para que se verifique como a teoria estudada é vivenciada nessa organização. A sua
conclusão será apresentada sob forma de relatório.

CALENDÁRIO DA DISCIPLINA

CH DATA CONTEÚDO
2 03/08/16 Apresentação da disciplina: conteúdos, formas de avaliação, bibliografia sugerida,
etc.
4 05/08/16 OS PRIMÓRDIOS DA ADM. - Antecedentes históricos
6 10/08/16 OS PRIMÓRDIOS DA ADM. - Contexto histórico de origem da administração
8 12/08/16 ABORDAGEM CLÁSSICA DA ADM. - Administração científica: Taylor e seguidores
10 17/08/16 ABORDAGEM CLÁSSICA DA ADM. - Administração clássica: Fayol e seguidores
11 19/08/16 ABORDAGEM CLÁSSICA DA ADM. - Apreciação crítica
12 24/08/16 ABORDAGEM HUMANISTA DA ADM. - Movimento de Relações Humanas
14 26/08/16 ABORDAGEM HUMANISTA DA ADM. - Decorrências do Movimento de Relações
Humanas
16 31/08/16 ABORDAGEM HUMANISTA DA ADM. - Estudos de Mary Parker Follett
18 02/09/16 AVALIAÇÃO - Apresentação de Seminários
20 02/09/16 ABORDAGEM ESTRUTURALISTA DA ADM. - Modelo Burocrático: Weber
22 09/09/16 ABORDAGEM ESTRUTURALISTA DA ADM. - Teoria Estruturalista
24 14/09/16 ABORDAGEM ESTRUTURALISTA DA ADM. - Apreciação crítica
26 16/09/16 ABORDAGEM COMPORTAMENTAL DA ADM. - Origens: Movimento de Relações
Humanas
28 21/09/16 ABORDAGEM COMPORTAMENTAL DA ADM. - Proposição sobre motivação humana
30 23/09/16 ABORDAGEM COMPORTAMENTAL DA ADM. - Organização como um sistema social
32 28/09/16 ABORDAGEM COMPORTAMENTAL DA ADM. - Compatibilização entre objetivos
organizacionais e objetivos individuais
34 30/09/16 ABORDAGEM COMPORTAMENTAL DA ADM. - Teorias X, Y e Z
36 05/10/16 ABORDAGEM COMPORTAMENTAL DA ADM. - Apreciação crítica
38 07/10/16 AVALIAÇÃO - Atividade de Pesquisa extraclasse em empresa
40 14/10/16 ABORDAGEM SISTÊMICA DA ADM. - Origens: cibernética
42 19/10/16 ABORDAGEM SISTÊMICA DA ADM. - Teoria de Sistemas
44 21/10/16 ABORDAGEM SISTÊMICA DA ADM. - A organização como um sistema aberto,
dinâmico e total
46 26/10/16 ABORDAGEM SISTÊMICA DA ADM. - Modelos de organização
48 28/10/16 ABORDAGEM SISTÊMICA DA ADM. - Apreciação crítica
50 04/11/16 ABORDAGEM CONTINGENCIAL DA ADM. - Origens: pesquisas
52 09/11/16 ABORDAGEM CONTINGENCIAL DA ADM. - Variáveis ambientais internas
54 11/11/16 ABORDAGEM CONTINGENCIAL DA ADM. - Variáveis ambientais externas
56 16/11/16 ABORDAGEM CONTINGENCIAL DA ADM. - Influências das variáveis na gestão da
organização
58 18/11/16 ABORDAGEM CONTINGENCIAL DA ADM. - Reações das organizações frente às
variáveis contingenciais
60 23/11/16 AVALIAÇÃO – Apresentação dos relatórios de visitas feitas nas empresas
62 25/11/16 Revisão do conteúdo para Prova
64 30/11/16 AVALIAÇÃO - Prova escrita
66 02/12/16 Feedback aos alunos das avaliações e revisão para prova de recuperação de curso
68 07/12/16 AVALIAÇÃO - Prova de recuperação de curso

BIBLIOGRAFIA BÁSICA
 ANDRADE, Rui Otávio B.; AMBONI, Nério. Teoria Geral da Administração: das origens as
perspectivas contemporâneas. São Paulo: M. Books, 2009.
 CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração. São Paulo, McGraw-Hill do Brasil,
1985;
 DRUCKER, Peter. Introdução a administração. São Paulo: Thomson Pioneira, 2002.
 MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria Geral da Administração: da revolução urbana
a revolução digital. São Paulo: Atlas, 2007. 6ª. Edição.
 MOTTA, Fernando Cláudio Prestes; VASCONCELOS, Isabella Freitas de Gouveia. Teoria
Geral da Administração. São Paulo: Pioneira. 2005.
 SILVA, Reinaldo O da. Teorias da administração. São Paulo: Pioneira Thompson, 2007.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

 FERREIRA, et al. Gestão empresarial: de Taylor aos nossos dias. Rio de Janeiro: Pioneira,
1998.
 KOONTZ & O'DONNEL. Fundamentos da Administração. São Paulo, Pioneira, 1981;
 KWASNICKA, Eunice L. Introdução à Administração. 4. Ed. São Paulo, Atlas, 1990;
 LONGENECKER, Justin G. Introdução à Administração: uma abordagem comportamental.
São Paulo, Atlas, 1981;
 MEGGINSON, L.C. et al. Administração: conceitos e aplicações. São Paulo, Harbra,1986;
 MONTANA, P. J. e CHARNOV, B. H. Administração. São Paulo, Saraiva, 1998;
 ROBBINS, Stephen Paul. Administração: mudanças e perspectivas. São Paulo: Saraiva.
2005.
 SILVA, Adelphino Teixeira da.. Administração básica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2009.
 STONER, J. A. F., FREEMAN. R. E. Administração. São Paulo: Prentice-Hall do Brasil, 1999.
(livro texto)