You are on page 1of 57

MÓDULO 4:

Análise sintática
Conceitos Iniciais
• Frase: enunciado de sentido completo.
Nominal - Bom-dia, gente!
Verbal – Vamos estudar!

 Oração: estrutura organizada em torno de um verbo.


(Não precisa ter sentido completo).
 Eu sei que você é bom aluno.

 Período: enunciado de sentido completo que possui

oração(ões) e termina com . ! ? ...


 Eu sei que você é bom aluno.
Análise Sintática x Análise Morfológica
Sintaxe: papel / função de uma palavra em
determinada frase, oração ou período.
 Sujeito, predicado, OD, OI, adjunto adverbial,
agente da passiva, adjunto adnominal, aposto,
predicativo, complemento nominal.

Morfologia: classe da palavra, classe gramatical,


forma (10 classes)
 Substantivo, adjetivo, artigo, numeral, advérbio,
pronome, interjeição, conjunção, verbo,
preposição.
Análise Sintática x Análise Morfológica

Semântica: significado das palavras dentro do


contexto.

 A casa foi incendiada.

 Juliana comprou a casa.


Termos Essenciais da Oração
Essencial: absolutamente necessário,
indispensável, que não pode faltar.

Toda oração tem sujeito e predicado. (V ou F?)

 SUJEITO:
 PREDICADO:
Termos Essenciais da Oração
 SUJEITO: trata-se de uma estrutura determinada pelo
verbo, que, quando vem expresso, é representado por
alguma classe gramatical que possa exercer o papel de
sujeito.
 Tais classes são: substantivo, pronome e palavra
substantivada.

 PREDICADO: tudo aquilo que não faz parte do sujeito.


Período Simples – Termos da Oração
1) SUJEITO:
O leão fugiu do mercado.
O cabelo dela era vermelho.

 Tipos de Sujeito
A) Simples – Ana quebrou a unha.
B) Composto – As saias, as blusas e os ternos vieram
trocados.

C) Elíptico, desinencial ou oculto – Fui ao cinema.


Período Simples – Termos da Oração
 Tipos de Sujeito
D) Indeterminado
 Verbo na 3ª do plural – sem sujeito expresso
anteriormente.
Quebraram toda a sala.

 VTI
VI  SE
VL
 Precisa – se de empregados.
 Vive - se bem aqui.
 Não se é feliz neste lugar.
Transitividade ou predicação verbal
Transitividade = trânsito = movimento.
Movimento parte de uma origem e chega a um alvo.
Só podem ser alvo = coisa ou pessoa / ser.

A transitividade de um verbo não é fixa.


Depende do contexto.

Verbos transitivos: há movimentação de uma ação.


Verbos intransitivos: não há movimentação ou a
movimentação é incompleta (chega a algo que não
é alvo).
Verbos de ligação: semântica fraca, servem apenas
para ligar dois termos. Não indicam ação, indicam
estado.
Prática - Transitividade
1 – Os moços carregaram o móvel.

2 – Os moços chegaram.

3- Pedro aprendeu o exercício.

4- Jurisvaldo anda cansado.

5 – Josequildo gosta de cinema.

6- Katarinésia deu o livro a Kim.

7 – Eu fui à praia.
Período Simples – Termos da Oração
 Tipos de Sujeito
E) Inexistente
 Verbo ‘haver’ – sentido de ‘existir’
Havia muitas pessoas no lugar.
Existiam muitas pessoas no lugar. ( tem sujeito = muitas
pessoas)

 Verbos que indicam fenômenos da natureza


Choveu muito ontem.
Período Simples – Termos da Oração
 Tipos de Sujeito
E) Inexistente
 Verbos que fazem referência a tempo + verbo
ser (data, hora e distância)
Faz dez anos que não te vejo.
São dez horas.
Há três semanas eu cheguei de viagem.

 Com as expressões “Chega de...”, “Basta de...”


Chega de bagunça!
Basta de mentiras!
ATENÇÃO

 Advérbio não pode ser sujeito.


 Sujeito não começa com preposição.
 Identifique e classifique o sujeito das orações
abaixo:

1. Elogiaram o Roberto.

2. Joaquim é brasiliense desde que Brasília foi


inaugurada.

1. Os irmãos metralha voltaram a atacar. Assaltaram o


tio Patinhas.

2. Faz quatro noites que você voltou.


Período Simples – Termos da Oração

2) PREDICADO: tudo aquilo que não faz parte


do sujeito.

O leão fugiu do mercado.


O cabelo dela era vermelho.
Período Simples – Termos da Oração
 Tipos de Predicado
A) Nominal (núcleo = nome)
verbo de ligação / possui predicativo
Ela estava cansada.
Ela anda cansada.
B) Verbal (núcleo = verbo)
verbo de ação / não possui predicativo
Ela comprou a blusa ontem.
C) Verbo-nominal (núcleos = verbo + nome)
verbo de ação / possui predicativo
Ele chegou cansado.
Ele encontrou o caderno, rasgado.
Período Simples – Termos da Oração
 Tipos de Predicado
A) Nominal (núcleo = nome)
verbo de ligação / possui predicativo

B) Verbal (núcleo = verbo)


verbo de ação / não possui predicativo

C) Verbo-nominal (núcleos = verbo + nome)


verbo de ação / possui predicativo

P.S. Predicativo: indica


 Identifique e classifique o predicado:

1. Encontrei rasgadas as folhas de caderno.

2. João foi ao barbeiro.

3. Ela está bem.


1 – Objeto direto
2 – Objeto indireto
3 – Adjunto adverbial
4 – Agente da passiva
Objeto Direto
 Se é objeto, é alvo, certo?
 Se é alvo, houve trânsito (movimento), certo?
 Definição: complemento de um verbo transitivo que se
liga a ele sem preposição obrigatória.
 Atenção: pode ser representado por _________ ou por
____________________.

 Ex.1: Ele disse doces palavras.


 Ex.2: Ele as disse.
 Ex.3: Ele disse que a amava.
Casos de Objeto Direto Preposicionado
1 – Evitando duplo sentido
 O filho o pai esperou.

2 – Indicando valor partitivo


 Comi da torta. Bebi do vinho.

3- OD – pronome pessoal tônico ou pronome relativo quem


 Nem ele entende a nós, nem nós a ele.
 Ele pensava na namorada, a quem amava sobremaneira.
Pausa! Sobre os pronomes pessoais!
Pronomes Pessoais
Pessoa discurso Reto Oblíquo átono Oblíquo tônico
1ª singular Eu Me Mim, comigo
2ª singular Tu Te Ti, contigo
3ª singular Ela O, a, se, lhe Si, consigo, ela (ele)
1ª plural Nós Nos Nós, conosco
2ª plural Vós Vos Vós, convosco
3ª plural Elas Os, as, se, lhes Si, consigo, elas
(eles)
Casos de Objeto Direto Preposicionado
4 – OD for a palavra Deus ou pessoa com verbos que
indicam sentimento
 Amo a Deus, a meus pais e a você.

 Amo o cachorro.

Cuidado!
 Eu amo você!
Casos de Objeto Direto Pleonástico
 Pleonasmo: trata-se da repetição desnecessária de um
termo.
 Atenção: em Língua Portuguesa, nem sempre o que é
desnecessário, significa que está errado. Logo, o
objeto pleonástico, não é um erro.

 Aquela blusa maravilhosa, comprei – a.

 O casaco vermelho, rasguei-o.


Objeto Indireto
 Se é objeto, é alvo, certo?
 Se é alvo, houve trânsito (movimento), certo?
 Se é indireto, é porque liga-se ao verbo de forma indireta.
 Definição: complemento de um verbo transitivo que se liga a
ele com preposição obrigatória.
 Atenção: pode ser representado por _________ ou por
____________________.
 Ex.1: Ele precisa de carinho.
 Ex.2: Ele precisa disso.
 Ex.3: Entregou a Roberto. / Entregou-lhe.
 Ex.4: Ele precisa de que o amem.
Casos de Objeto Indireto Pleonástico

 A mim, isto não me agrada.

Cuidado:
 A mim, ele me beijou.

 Ele me ofereceu o emprego.


 Ele me abraçou.
Adjunto Adverbial
 Ad – “junto” – junto do verbo, advérbio ou adjetivo.
 Definição: termo que indica circunstância em que
ocorre a ação verbal. Não pode ser o alvo, lembram?
 Morfossintaxe: trata-se de uma função sintática
exercida pela classe morfológica advérbio ou locução
adverbial.

 Advérbio/ locução adverbial – classe morfológica.


 Adjunto adverbial – função sintática dessa classe.
Adjunto Adverbial
 Advérbio/ locução adverbial: classe morfológica.
 Satélite de: verbo, advérbio ou adjetivo.

 Ela chegou rapidamente.

 Ela está muito cansada.

 Ela está realmente muito cansada.


Adjunto Adverbial ≠ Objeto
Adjunto Adverbial Objeto
Termo acessório. Termo obrigatório
para o verbo
transitivo.
Complementa VI Complementa VT –
VTD, VTI ou VTDI
Indica circunstância Representa o alvo
Função da classe Função com núcleo
advérbio substantivo
Agente da passiva
 Definição: trata-se quem praticou a ação verbal, só
que na voz passiva analítica.
 Termo preposicionado (por ou de).

 A compra foi feita pelos pais.

 O ator estava cercado de fãs.

 Ele é amado de todos.


Voz passiva
 Definição: trata-se de uma estrutura oracional que possui
sujeito paciente.
 Sujeito paciente: sofre / recebe a ação verbal.
 Analítica: estrutura composta.

 Os engenheiros construíram o prédio.


Pausa! Sobre os pronomes pessoais!
Pronomes Pessoais
Pessoa discurso Reto Oblíquo átono Oblíquo tônico
1ª singular Eu Me Mim, comigo
2ª singular Tu Te Ti, contigo
3ª singular Ela O, a, se, lhe Si, consigo, ela (ele)
1ª plural Nós Nos Nós, conosco
2ª plural Vós Vos Vós, convosco
3ª plural Elas Os, as, se, lhes Si, consigo, elas
(eles)
Pronomes Oblíquos Átonos – Complementos de verbos
 o, a, os, as: OD
 lhe, lhes: OI, AA, CN
 me, te, se, nos, vos: OD, OI, AA, CN

 Encontrei-me com ele e levei-o ao aeroporto.

 Encontrei contigo e levei-te ao aeroporto.

 Entreguei-lhe o seu presente de Natal em


janeiro.
1 – Adjunto adnominal
2 – Complemento nominal
3 – Aposto
4 – Predicativo
Adjunto Adnominal
 Termo de valor adjetivo que marca as características
de um termo (de valor substantivo).

 Não é o núcleo da função sintática.


 São os satélites deste núcleo.

Adjetivo, artigo, numeral, pronome – classes


morfológicas.
Adjunto adnominal – função sintática dessas classes.
Adjunto Adnominal

ADJUNTO ADNOMINAL ( JUNTO, JUNTO, JUNTO


AO NOME)
Possui valor adjetivo.
Exerce o papel de satélite do que é núcleo.
Classes gramaticais: adjetivos, numerais, pronomes,
artigos.
Não se separa do termo a que se refere.
Adjunto Adnominal
 A minha casa era de madeira.

 O meu livro...

 Uma casa, qualquer casa...

 As casas de ontem...
Predicativo
 Termo de valor adjetivo que marca as características
de um termo (de valor substantivo).
 Pode ser do sujeito ou do objeto.

 Não é o núcleo da função sintática.


 É o satélite deste núcleo.

Adjetivo – classe morfológica.


Predicativo – possível função sintática dessa classe.
Predicativo
Predicativo
Possui valor adjetivo.
Exerce o papel de satélite do que é núcleo.
Classe gramatical: adjetivo.
Separa-se do termo a que se refere (verbo
ou vírgula).
Predicativo
 Juliana estava doente.

 Marcos andava apressado.

 Roberto encontrou o caderno, rasgado.


Adjunto Adnominal x Predicativo
Adjunto Adnominal Predicativo

Classe gramatical: adjetivo, Classe gramatical: adjetivo


artigo, numeral e pronome
Não se separa do termo a Separa-se do termo a que se
que se refere refere quase sempre por:
(junto, junto, junto ao nome)  vírgula
 verbo
Semântica: característica Semântica: característica
permanente, intrínseca. momentânea, circunstancial.
Análise
1- João vendeu o casaco manchado.

2 – João vendeu o casaco, manchado.


Complemento Nominal
 Complementa um nome (substantivo abstrato,
adjetivo ou advérbio).

 O juiz agiu favoravelmente ao réu.

 Ele é fiel à namorada.

 Não tenho mais lembrança de você.


Objeto Indireto ≠ Complemento Nominal

OBJETO INDIRETO COMPLEMENTO NOMINAL

Preposição obrigatória Preposição obrigatória

Complemento de verbo Complemento de nome

Eu me referi a você. Eu falei referentemente a


você.
Lembro-me de você. Tenho lembrança de você.

Eu necessitei de você. Eu tive necessidade de você.


Adjunto Adnominal ≠ Complemento Nominal

Adjunto adnominal Complemento nominal


Satélite de substantivo Alvo de substantivo,
ou equivalente. adjetivo ou advérbio.
Natureza ativa Natureza passiva
A compra de meus pais A mordida do domingo
foi cara. foi cara.
O chute de Renato foi O chute da bola foi para
ruim. fora.
Aposto
 Termo de natureza substantiva (associem-no a um
nome de alguma coisa)

 Função: explicar, resumir, enumerar, distribuir ou


especificar um outro termo também de valor
substantivo.
Aposto
1- Em dezembro, último mês do ano, viajarei para Minas.

2- A reunião será na cidade do Rio de Janeiro,


especificamente na Avenida Presidente Vargas.
Aposto
3 - Jóias, jantares e viagens: tudo me conquista.

4 - Quero que você compre três frutas: banana, maçã e uva.

5 - Messi e Neymar são dois grandes jogadores: este no


Brasil e aquele na Espanha.
Aposto ≠ Predicativo

APOSTO PREDICATIVO

Refere-se a Refere-se a
substantivo. substantivo.
Natureza substantiva. Natureza adjetiva.

Substantivo exerce Adjetivo exerce essa


essa função. função.
Aposto ≠ Adjunto Adnominal ≠ Complemento Nominal

 A casa de madeira foi completamente incendiada.

 O mês do Natal me gera expectativas.

 A escolha do nome baseou-se em estratégias de marketing.

 A escolha de Sophia foi feita depois que ela muito refletiu.


Análise Sintática x Análise Morfológica
Sintaxe: papel / função de uma palavra em
determinada frase, oração ou período.
 Sujeito, predicado, OD, OI, adjunto adverbial,
agente da passiva, adjunto adnominal, aposto,
predicativo, complemento nominal.

Morfologia: classe da palavra, classe gramatical,


forma (11 classes)
 Substantivo, adjetivo, artigo, numeral, advérbio,
pronome, interjeição, conjunção, verbo, preposição.
Relação Morfossintática
CLASSE GRAMATICAL FUNÇÃO SINTÁTICA
Substantivo Núcleo de função sintática nominal
Adjetivo Adjunto adnominal / predicativo
Artigo Adjunto adnominal
Numeral Adjunto adnominal
Pronome Adjunto adnominal / núcleo de F.S.
nominal
Advérbio Adjunto adverbial
Verbo V. Ação (núcleo do predicado)
Interjeição Não exerce
Preposição Não exerce
Conjunção Não exerce
FUJB/2011 – MPE/RJ
A alternativa em que o termo destacado funciona como
agente (e não como paciente) do termo anterior é:

a) “combate AO TRABALHO INFANTIL” – texto 1;


b) “necessidade DE CUMPRIMENTO DAS NORMAS” –
texto 1;
c) “Erradicação DO TRABALHO INFANTIL” – texto 2;
d) “responsáveis PELOS SEUS SUSTENTOS” – texto 2;
e) “A Convenção DA OIT” – texto 3.
CESPE/2011 – CBM/DF

“ A situação mundial é agravada pelo aquecimento


global, pelo processo de desertificação e pela
destruição dos mananciais”

O trecho “pelo aquecimento global, pelo processo de


CESPE/2012 – Banco da Amazônia

Em relação às ideias e às estruturas linguísticas do texto


acima, julgue os itens a seguir.

O sujeito da forma verbal “destacou” (L.5), cujo referente é


FCC/2013 – TRT/9ª região (PR) – Analista Judiciário

... tinham nascido para usar coroas. 
Ele trouxe estabilidade e


prosperidade a todos ... 
... que inspirou as revoluções do século XIX ...


A substituição dos elementos sublinhados pelo pronome
correspondente, com os necessários ajustes, tem como resultado
correto, na ordem dada:

a) tinham nascido para as usar - Ele lhes trouxe estabilidade e


prosperidade - que lhes inspirou
b) tinham nascido para lhes usar - Ele trouxe-os estabilidade e
prosperidade - que inspirou-as
c) tinham nascido para usá-las - Ele lhes trouxe estabilidade e
prosperidade - que as inspirou
d) tinham nascido para usá-las - Ele os trouxe estabilidade e
prosperidade - que lhes inspirou
e) tinham nascido para as usar - Ele trouxe-os estabilidade e
prosperidade - que as inspirou