You are on page 1of 7
PROGRAMA I NSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇ ÃO À DOCÊNCIA – PIBID SUBPROJETO DE LICENCIATURA
PROGRAMA I NSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇ ÃO À DOCÊNCIA – PIBID SUBPROJETO DE LICENCIATURA
PROGRAMA I NSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇ ÃO À DOCÊNCIA – PIBID SUBPROJETO DE LICENCIATURA
PROGRAMA I NSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇ ÃO À DOCÊNCIA – PIBID

PROGRAMA I NSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇ ÃO À DOCÊNCIA – PIBID

SUBPROJETO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DE MATEMÁTICA

DO CERES CURSO

APOSTILA 3 – EXPRESSÕES ARITMÉTI CAS III

APOSTILA 3 – EXPRESSÕES ARITMÉTI CAS III

POTÊNCIAS

APOSTILA 3 – EXPRESSÕES ARITMÉTI CAS III POTÊNCIAS Conta a lenda que um rei s olicitou

Conta a lenda que um rei s olicitou aos seus

novo jogo, a fim

de diminuir o seu tédio. O me lhor jogo teria direito a realizar qualquer desejo. Um dos seus súditos invento u, então, o jogo de xadrez.

súditos que lhe inventassem um

u, então, o jogo de xadrez. súditos que lhe inventassem um O astuto inventor pediu então

O astuto inventor pediu então do tabuleiro do jogo de

preenchidas com moedas de ou ro, seguindo a

seguinte condição: na primeira

colocado o dobro de moedas que h avia na casa anterior. Tal foi sua surpresa quando os tesoureiros do reino lhe apresentaram apenas na última casa o total de m oedas era de:

que as 64 casas xadrez fossem

casa seria colocada uma moeda e em ca da casa seguinte seria

a suposta conta, pois

O rei estava fa lido!

seguinte seria a suposta conta, pois O rei estava fa lido! 2 6 3 ≈ 9.223.372.036.854.775.80

2 63 9.223.372.036.854.775.80 8

estava fa lido! 2 6 3 ≈ 9.223.372.036.854.775.80 8 Um produto de factores igu ais pode

Um produto de factores igu ais pode escrever-se de forma abrevia da.

de factores igu ais pode escrever-se de forma abrevia da. Considere um número qual quer positivo
de factores igu ais pode escrever-se de forma abrevia da. Considere um número qual quer positivo

Considere um número qual quer positivo a. Para todo número nat ural n maior que 1, a potência a n é o produto de n fatores iguais ao número a.

a n é o produto de n fatores iguais ao número a . a n =

a

n

= a

. a

. a

.

a

n fatores

de n fatores iguais ao número a . a n = a . a . a
de n fatores iguais ao número a . a n = a . a . a
de n fatores iguais ao número a . a n = a . a . a
7 2 = 7.7 = 49 2 5 = 2.2.2.2.2 = 32 6 3 =

7 2 = 7.7 = 49 2 5 = 2.2.2.2.2 = 32 6 3 = 6.6.6 = 216 10 7 = 10.10.10.10.10.1 0.10 = 10000000 (dez milhões) 10 6 = 10.10.10.10.10.1 0 = 1000000 (um milhão) Nota:

Observe que a potência 10 n é igual a 1 seguido de n zeros. Assim, por exemplo, 10 10 = 10000000000 (d ez bilhões).

por exemplo, 10 1 0 = 10000000000 (d ez bilhões). Todo número real a, nã o-nulo,

Todo número real a, nã o-nulo, elevado a zero é igual a 1. Ex:

4567 0 = 1 243 0 = 1 (- 2001) 0 = 1 Todo número real a, el evado a 1, é igual a ele mesmo. Ex:

23 1 = 23 2001 1 = 2001

1, é igual a ele mesmo. Ex: 23 1 = 23 2001 1 = 2001 As
1, é igual a ele mesmo. Ex: 23 1 = 23 2001 1 = 2001 As

As potências de expoente 2

a 2 = a.a, é lido como a ao q uadrado. a 3 = a.a.a, é lido como a ao cubo.

e 3 recebem nomes especiais:

é lido como a ao cubo . e 3 recebem nomes especiais: A partir da definição
é lido como a ao cubo . e 3 recebem nomes especiais: A partir da definição
é lido como a ao cubo . e 3 recebem nomes especiais: A partir da definição
é lido como a ao cubo . e 3 recebem nomes especiais: A partir da definição

A partir da definição de p otências (com expoentes com númer os naturais, números

possível observar algumas de suas ca racterísticas. atributos) das potências são decorre ntes unicamente da

inteiros e números racionais), é Essas características (ou

relação entre a definição de po tência e as operações de multiplicação e divisão.

Considere a, b números qu aisquer diferente de zero e m, n númer os racionais.

a, b números qu aisquer diferente de zero e m, n númer os racionais. PIBID –
a, b números qu aisquer diferente de zero e m, n númer os racionais. PIBID –
   

Propriedade

 

Ex emplo

 
 

Produto de pot ências de mesma base a m . a n = a m + n

3

1

3

1 11

 

P1

 

+

 

5

5

5

2

=5

5

2 =5

10

P2

Quociente de p otências de mesma base a m : a n = a m - n

8

12 :12

2

= 12

8

(

− −

2)

=12

10

     

2

P3

Potência de um a potência (a m ) n = a m . n

3

1

2

3

=3

1

2

2

3

=3

1

3

P4

Potência de pr oduto

2

4

2

3

2

 

. b) n = a n . b

n

(4 3)

=

 
 

(a

P5

Potência de qu ociente n

(a

: b) n = a n : b

3

(5:4) =5

3

:4

3

 
= a n : b 3 (5:4) = 5 3 :4 3   Calcule o valor

Calcule o valor da expressão a seguir:

A = {[(2 3 .2 4 : 4 3 )] 5 } 2

a seguir: A = {[(2 3 .2 4 : 4 3 )] 5 } 2 (

( 3 2 ) 3 . 3 4 = 3 5 . 3 4 = 3 9

} 2 ( 3 2 ) 3 . 3 4 = 3 5 . 3 4
} 2 ( 3 2 ) 3 . 3 4 = 3 5 . 3 4

Para o cálculo de potências cuja base é um número qualquer posi tivo e o expoente é um número inteiro negativo, q ue iremos representar por -n, sendo n u m número natural, temos:

1 − n a = n a
1
− n
a
=
n
a

Exemplos:

1 1 − 1 • 2 = = 1 2 2 − 3 3 •
1
1
− 1
• 2
=
=
1
2
2
− 3
3
•   2 
 3 
= 
 
3
 
2
(
)
− 2
1
• = 
4
4 

2

3   2 ( ) − 2  1  • =  4 
3   2 ( ) − 2  1  • =  4 
Por que a - n = ? Como já vimos anteriomen te todo número não-nulo

Por que a -n =

?

Como já vimos anteriomen te todo número não-nulo elevado a zer o é 1, com isso vem:

= 1

= 1

.

= 1

não-nulo elevado a zer o é 1, com isso vem: = 1 = 1 . =
não-nulo elevado a zer o é 1, com isso vem: = 1 = 1 . =
não-nulo elevado a zer o é 1, com isso vem: = 1 = 1 . =

Um número a é chamad o raiz enésima aritmética exata de um n úmero b, isto é,

r adical índice n b = a raiz r adicando
r
adical
índice
n
b
=
a
raiz
r adicando

Então

n b = a b = a n
n
b
=
a
b =
a n
n a . b a n = b
n a
.
b
a
n
=
b
n n (C om a e b maior que zero) = a . b n
n
n
(C om a e b maior que zero)
=
a
.
b
n
a
b ≠ 0
n
b

) m m

=

a = =

n m a m.n a
n
m
a
m.n
a
que zero) = a . b n a b ≠ 0 n b ) m =
que zero) = a . b n a b ≠ 0 n b ) m =
mn m n n n n 1 n a b = a . b a
mn
m
n
n
n
n
1
n
a
b =
a
. b
a
=
a
=
a

=

=

 

= 3

 

=

=

.

= 3 . 4 = 12

 

=

= =

=

.

=

=

= 2² = 4

:

=

: = = = = =

=

=

=

=

=

=

=

.

= 6.

   
   

=

=

= = = = . = 6.     = = É possível calcular 4 0

É possível calcular 4 0,5 ?

Veja: 4 0,5 =

A potência

com a maio r que zero, sendo m um número inteiro e n um número

natural não-nulo vale a seguint e definição:

=

e n um número natural não-nulo vale a seguint e definição: = = PIBID – SUBPROJETO

=

e n um número natural não-nulo vale a seguint e definição: = = PIBID – SUBPROJETO
e n um número natural não-nulo vale a seguint e definição: = = PIBID – SUBPROJETO
Uma consequência imediat a da definição de potências com expoe nte racional é: = para

Uma consequência imediat a da definição de potências com expoe nte racional é:

= para qualquer v alor de p natural não-nulo.

, por exemplo, pode te r outra expressão:

=

e são chamados

=

=

=

de radicais equivalentes.

= e são chamados = = = de radicais equivalentes . • séc. XVIII, como consequencia
= e são chamados = = = de radicais equivalentes . • séc. XVIII, como consequencia
= e são chamados = = = de radicais equivalentes . • séc. XVIII, como consequencia

séc. XVIII, como

consequencia da revoluç ão industrial e do avanço das tecnolo gias de exploração e transformação da natur eza. Além disso, houve um crescim ento exponencial da população do planeta, co mposto de pobres em sua maioria”

“Os impactos ambient ais aumentaram muito a partir do

Sene, Eustáquio de. Esp aço geográfico mundial e globalizado, 8º sé rie pág. 184. São Paulo:

Scipione, 2000.

e globalizado , 8º sé rie pág. 184. São Paulo: Scipione, 2000. PIBID – SUBPROJETO DE
e globalizado , 8º sé rie pág. 184. São Paulo: Scipione, 2000. PIBID – SUBPROJETO DE
• Supondo que uma certa bactéria se duplica a cada minuto, e que ao meio-dia

• Supondo que uma certa bactéria se duplica a cada minuto, e que ao meio-dia um vasilhame fique cheio d e bactérias, em que momento o vasilh ame estava ocupado apenas até a metade?

momento o vasilh ame estava ocupado apenas até a metade? EXERCÍCIOS 1. Efetue apresentando a r

EXERCÍCIOS

1. Efetue apresentando a r esposta em forma decimal:

a) 10 -3

b)

c)

2 -4

(-4) -2

d)

e)

2. Efetue apresentando a r esposta em forma de fração:

a)

b)

c)

d)

.

e)

f) 5 -2 . (-25) -1 :

3. Calcule o valor das exp ressões:

a)

b)

c)

d)

7 .

f)

g)

h)

4. Pense em um número in teiro, multiplique por 6, subtraia por 2 1, divida por 3, subtraia o dobro do núm ero pensado. O resultado é -7. Encont re uma explicação para isso.

ero pensado. O resultado é -7. Encont re uma explicação para isso. PIBID – SUBPROJETO DE
ero pensado. O resultado é -7. Encont re uma explicação para isso. PIBID – SUBPROJETO DE