You are on page 1of 3

CONFORMAÇÃO MECÂNICA

___________________________________________

Aula 2
Lei de Hooke

A lei de Hooke é a lei da física relacionada à elasticidade de corpos, que serve para
calcular a deformação causada pela força exercida sobre um corpo, tal que a força é igual ao
deslocamento da massa a partir do seu ponto de equilíbrio vezes a característica constante
do corpo que é deformada.
F=k*∆l

No S.I. F é a força em Newtons k é a constante elástica do material em Newton / metro e


∆l é o deslocamento em metros.

Essa fórmula é normalmente usada para calcular a força ou o deslocamento em molas,


porem analisando outros sistemas elásticos, Hooke verificou que existia sempre
proporcionalidade entre força deformante e deformação elástica produzida. Pôde então
enunciar o resultado das suas observações sob forma de uma lei geral. Tal lei, que é
conhecida atualmente como lei de Hooke, e que foi publicada por Hooke em 1676, é a
seguinte:

As forças deformantes são proporcionais às deformações elásticas produzidas.

Ou seja quanto maior a força aplicada maior a deformação elástica obtida e esse acréscimo
era linear de acordo com o gráfico.
σ

ε
Nos dois eixos vemos o que chamamos de Tensão e deformação de engenharia que são
dadas pelas fórmulas abaixo:

Tensão:

σ=F Onde σ é a tensão em N/m² (que é equivalente a 1 Pascal Pa) , F é a


A força em N e A é a área da seção em m²

Prof. Roberto Leonessa 1


CONFORMAÇÃO MECÂNICA
___________________________________________
Deformação:

ε = l0 – li Onde ε é a deformação (sem unidade), l0 é o comprimento inicial da


l0 barra em metros e li é o comprimento final da barra em metros

Como o gráfico é linear podemos considerar: E = σ/ε como sendo uma constante chamada
de módulo de elasticidade ou módulo de Young que será uma característica do material da
barra. Então juntando e deduzindo as duas fórmulas temos:

∆l = F * l0
A*E

Onde: ∆l é a deformação em metros, F é a força em Newtons, l0 é o comprimento inicial da


barra em metros, A é a área da seção em metros quadrados e E é o módulo de elasticidade
em N/m² (que é equivalente a 1 Pascal Pa).

E através dessa fórmula podemos calcular o alongamento de uma barra sujeita a uma carga
axial.

Diagrama tensão x deformação

Apesar da linearidade do alongamento dos materiais em sua fase de deformação elástica


após um certo valor de tensão eles passam a sofrer a deformação plástica, que antecede a
ruptura e nesta fase o gráfico assume uma aparência completamente diferente, conforme
mostrado abaixo:

Prof. Roberto Leonessa 2


CONFORMAÇÃO MECÂNICA
___________________________________________

Para maiores informações consultar:

HELMAN, H. Fundamentos da Conformação Mecânica dos Metais, Cristiano Ottoni, Belo


Horizonte, 1993 capítulos 2 e 4

GARCIA, Amauri; SPIM, Jaime Álvares; SANTOS, Carlos Alexandre dos, “Ensaios dos
Materiais”, LTC, 1ª Edição, Rio de Janeiro, 2000. capítulos 1 e 2

Prof. Roberto Leonessa 3