You are on page 1of 5

EXERCÍCIOS MECÂNICA DOS SOLOS – UNIDADE III

PERGUNTA 1

Qual o valor da carga piezométrica no ponto A e o valor da carga total no ponto B


para o permeâmetro indicado na figura, sendo que o valor de h= 1m, z=10 cm e
L=20cm?

A carga piezométrica é a altura em que a água faz pressão no ponto A, ou seja: h+z+L = 1+0,1+0,2m =
1,3m.

A carga total é a soma das cargas altimétrica e piezométrica no ponto B:

𝐻𝑇 = 𝐻𝐴 + 𝐻𝑃

A carga piezométrica é a altura total de pressão de água no ponto B, ou seja: z = 0,1m.

A carga altimétrica é a distância do referencial, ou seja: L = 0,2m.

Logo, HT = 0,1 + 0,2 = 0,3m.

Alternativa correta: E.

PERGUNTA 2

Pressão da formação ou pressão de poros é a pressão que o fluido exerce no interior dos poros dos
elementos porosos como os solos e as rochas, ou seja, é a parcela da pressão total que se desenvolve
na água ocorrente nos vazios. Uma rocha porosa quando sujeita a um carregamento causa a
poropressão. Esta só ocorre quando a água que enche todos os vazios está sob a ação da gravidade
(ocorrência de água livre - solos submersos) ou a água está com uma pressão externa que pode ser
pressão de adensamento ou pressão de percolação, aliviando o peso das partículas, pois as massas
mergulhadas em água são mais leves.

Alternativa correta: B.

PERGUNTA 3

A carga de um aterro sobre um solo argiloso saturado, instantaneamente aplicada, é transferida para
o solo como recalque por adensamento. Trata-se da lei fundamental que rege o fenômeno de
adensamento das camadas de solo mole.

Alternativa correta: A.

PERGUNTA 4

Para um perfil de solo com duas camadas, sendo a primeira com 5m de


profundidade e a segunda, sotoposta à primeira, com 5m também. O nível freático
encontra-se no encontro entre as duas camadas. O peso específico natural da
primeira camada é de 20 kN/m³ e o peso específico saturado da segunda camada é
de 18 kN/m³. Considerando o carregamento externo nulo, quais as tensões totais e
poro-pressões no contato das camadas e no fundo da segunda camada?

O peso específico abaixo do nível de água representa o estado de saturação desse solo, enquanto
que acima do NA o solo está em sua condição natural.

A tensão no contato é igual ao peso específico do solo superior vezes a altura do solo, ou seja:

𝑘𝑁
𝜎 = 𝛾. ℎ = 20 . 5𝑚 = 100 𝑘𝑃𝑎
𝑚³

A pressão neutra (poropressão) é igual a zero no contato.

A tensão no fundo é:

𝑘𝑁
𝜎 = 100 𝑘𝑃𝑎 + 18 . 5𝑚 = 190 𝑘𝑃𝑎
𝑚³

E a pressão neutra é dada pelo peso específico da água vezes a altura de solo saturado:
𝑘𝑁
𝑢 = 0 + 𝛾𝑤 . ℎ = 0 + 10 . 5𝑚 = 50𝑘𝑃𝑎
𝑚³

Alternativa correta: C.

PERGUNTA 5

As tensões efetivas relacionam as tensões de contato entre as partículas, ou seja, a transmissão de


tensões entre o esqueleto sólido do solo na presença de água. Em outras palavras, é o resultado da
pressão total calculada, descontando-se o valor da pressão neutra no ponto onde o cálculo é
realizado.

Alternativa correta: C.

PERGUNTA 6

Os solos ditos moles ou muito moles são predominantemente constituídos de argilas saturadas
altamente plásticas. São solos muito compressíveis e com permeabilidade e resistência
extremamente baixas.

Alternativa correta: A.

PERGUNTA 7

Em um prédio de 6 andares, uma fundação superficial do tipo sapata foi construída


sobre um solo muito argiloso saturado e outra fundação do mesmo tipo foi
construída sobre uma camada espessa de areia. As duas fundações pertencem à
mesma estrutura edificada. O que se espera que venha a ocorrer a longo prazo?

As areias são granulares, de fácil drenagem e deformações em curto prazo, enquanto que as argilas
são solos muito finos, com dificultosa drenagem e deformações a longo prazo. As deformações
diferenciais no solo implicam em danos à estrutura e estão relacionadas ao adensamento, que ocorre
somente com a presença de solos compressíveis, ou seja, argilosos. Desta forma, o recalque, ou
deslocamento, do solo ocorre na superfície. Nos terrenos muito permeáveis, como solos arenosos ou
pedregulhos, o conceito de adensamento não se aplica, pois as deformações são instantâneas, não
ocorrem ao longo do tempo.
Alternativa correta: E.

PERGUNTA 8

De acordo com o perfil de solo abaixo, qual a tensão total e a poro-pressão no ponto
A, sabendo que:

γn1=20kN/m³
γn2=17kN/m³
γsat2=20kN/m³
γsat2=20kN/m³
γsat3=15kN/m³

Tensão total em A:

𝑘𝑁 𝑘𝑁 𝑘𝑁 𝑘𝑁
𝜎 = 20 . 4𝑚 + 17 . 1,5𝑚 + 20 . 1,5𝑚 + 15 . 3,5𝑚 = 188 𝑘𝑃𝑎
𝑚³ 𝑚³ 𝑚³ 𝑚³

Poropressão no ponto A:

𝑘𝑁
𝑢 = 0 + 0 + 10 . 5𝑚 = 50 𝑘𝑃𝑎
𝑚³

Alternativa correta: B.
PERGUNTA 9

Uma carga de 500 kN foi aplicada sobre uma camada de solo adensável. Passados
60% do tempo de adensamento máximo estimado da camada mediu-se a
sobrepressão hidrostática (excesso de pressão neutra). Qual o valor mais esperado
pela leitura, se consideradas condições ideais com a analogia de Terzaghi?

A analogia de Terzaghi faz correspondência do fenômeno de adensamento com uma mola dentro de
um êmbolo com água. Na condição inicial (posição 1) tem-se o êmbolo cheio de água com a mola
completamente esticada e a saída de água permanece fechada. Isso corresponde ao estado natural
do solo. Na posição 2, o carregamento externo é aplicado com a torneira ainda fechada. Isso
corresponde à situação de carregamento instantâneo de uma camada de aterro ou de fundação do
solo. A carga aplicada é transferida em sua totalidade para a água. Na posição 3, abre-se a torneira e
a carga aplicada é absorvida 100% pela água. Nesse instante (t=0) inicia-se o processo de
adensamento. A partir desse momento, a tensão efetiva aumenta à medida que a pressão neutra é
dissipada. Em 60% do tempo total de adensamento, tem-se 500 kN x 0,6 = 300kN transferidos para a
mola (partículas de solo argiloso) e a água restante ainda suporta 200kN restantes de carga.

Alternativa correta: D.

PERGUNTA 10

Seguindo os mesmos cálculos obtidos na questão 8:

𝜎′ = 𝜎 − 𝑢 + 𝑞

Sendo q = 0 (ausência de carregamento externo):

𝜎 ′ = 188 𝑘𝑃𝑎 − 50 𝑘𝑃𝑎 + 0 = 138 𝑘𝑃𝑎

Alternativa correta: A.