You are on page 1of 9

EsSA

Brasil Acima de TUDO !

NÃO COMETA O MESMO ERRO QUE ONTEM


Se for pra desistir, desista de ser fraco!
GEOGRAFIA
Resumo das regiões do Brasil

INDICE
1. Região Norte
2. Região Centro-Oeste
3. Região Nordeste
4. Região Sudeste
5. Região Sul
6. Outros
Região norte
Estados: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Cortada pela
linha do equador
Física
Relevo: Planalto das guianas, região serrana, planalto Norte - amazônico, planície
amazônica – várzea, teso e baixo platô , planalto brasileiro
Hidrografia: Bacias do amazonas, Tocantins, Amapá
Climas: equatorial e tropical
Vegetação: Floresta equatorial , campos limpos e campos inundáveis
População: 15.359.608(estimativa/2009 IBGE)
Correntes migratórias: Séculos XVI e XIX – missões religiosas, 1879-1910 – ciclo da
borracha, 1970 – projetos federais agropecuários e agrominerais (fronteiras agrícolas)
Economia
Extrativismo:
Animal: caça e pesca
Vegetal: castanha, guaraná, madeira, látex
Mineral: ouro(serra pelada e reserva ianomâmi), manganês e ferro (serra dos Carajás)
Cassiterita: (Rondônia) nióbio(serra do Navio), bauxita(rio trombetas- município
Oriximiná) e petróleo(Urucu)
Agricultura - Pecuária
Grades projetos ao longo das rodovias
Industria
Zona Franca de Manaus: automobilística e eletroeletrônica
Madeira: Paragominas

A Região Norte é a mais extensa dentre as cinco regiões do país. No Norte, estão
localizados o maior e o segundo maior estado brasileiro: Amazonas e Pará,
respectivamente. A região também possui os três maiores municípios do Brasil em área
territorial: Altamira, Barcelos e São Gabriel. Cada um possui mais de 100.000 km²,
extensão superior a de 105 países. Na região, encontramos a maior bacia hidrográfica
das Américas e o maior rio do mundo, o rio Amazonas. A região é a segundo menos
populosa do país, com 15 milhões de habitantes (a menor é a região Centro-Oeste).
Entretanto, sua densidade demográfica é a menor, com 4,77 hab./km². Sua economia é
baseada principalmente em atividades industriais, atividades turísticas e no extrativismo
vegetal e mineral. Em 2007, seu PIB (Produto Interno Bruto) representava pouco mais
de 5% do PIB nacional.

1
Região Centro-Oeste
Estados: Mato Grosso, Mato grosso do sul e Goiás, Distrito Federal(Brasília)
Física
Relevo: Planaltos (central e meridional) , Planície (pantanal)
Hidrografia: Bacias amazônicas, Tocantins, Paraguai (corta o Pantanal) e Paraná
Clima: Tropical com dupla estacionalidade/semiumido(chuvas de verão, invernos secos)
dominante equatorial, tropical de altitude e subtropical.
Vegetação: Cerrado(dominante), Campos(MS), floresta amazônica(MT) e complexo
Pantanal.
População: 13.895.375(estimativa/2009 IBGE)
Correntes Migratórias: inicio do século XX – construção da Estrada de Ferro Noroeste
do Brasil. 1970 – Fronteiras agrícolas
Economia
Extrativismo
Animal: Pesca no Pantanal
Vegetal: cerrado para produção de carvão vegetal
Mineral: ouro no pantanal norte do Mato grosso , diamante no Pantanal e Goiás, níquel
em Goiás, amianto em Goiás, Calcário no Distrito Federal, ferro e manganês no Maciço
do Urucum(MS)
Agropecuária
Principais cultivos : Soja, milho, algodão e Arroz
Principais rebanhos: gado bovino extensivamente no Pantanal e no cerrado
Indústria
Eixos: (MS) Campo Grande – Dourados , (MT) Cuiabá – Rondonópolis, (GO) Goiânia –
Catalão(Mitsubishi) – Anápolis (Hyundai). Principais produtos: frigoríficos, lácteos,
mecânicos, vestuário e editorial.

Sua área é de 1.604.850 Km2, ocupando aproximadamente 18,8% do Brasil, tendo a


segunda maior extensão territorial entre as Regiões brasileiras, sendo menor apenas
que a Região Norte. Seu povoamento é conseqüência dos fluxos migratórios, isso
ocorreu primeiramente devido ao transporte de gado do Sul e Sudeste para as primeiras
fazendas do Centro-Oeste, além da atuação dos bandeirantes paulistas.As
manifestações culturais de maior destaque no Centro-Oeste são: Fogaréu na Cidade de
Goiás, Cavalhada na cidade de Pirenópolis, ambos no Estado de Goiás; Cururu, dança
folclórica dos Estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

2
Região Nordeste
Estados: Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco,
Alagoas, Sergipe e Bahia
Física
Relevo: Planície Litorânea: golfo do maranhão e da baía de todos os santos
Planalto nordestino: chapada Borborema e diamantina, depressão sertaneja
Hidrografia: Bacia Tocantins, são Francisco, bacias nordeste (meio norte, nordeste
oriental e nordeste ocidental) e Bacias leste
CUIDADO: presença de rios temporários na Bacia nordeste
Clima: Equatorial (Maranhão e Piauí), Tropical, Semiárido (sertão Nordestino) e
Tropical Úmido(litoral)
Vegetação: floresta Equatorial, floresta Tropical de Encosta, mata dos cocais e caatinga
(dominante) e cerrado
População: 53.591.197 (estimativa/2009 IBGE)
Correntes migratórias: plantio de açúcar, criação de gado (sertão), fluxos emigratórios
para o sudeste e sul , fluxos migratórios internos, safras agrícolas (Corumbá)
Economia
Extrativismo
Animal: pesca
Vegetal: carnaúba e babaçu
Mineral: sal e petróleo
Sub-regiões
- Zona da mata : agricultura de plantation ( cana-de-açúcar, cacau, fumo) e grandes
centros industriais : salvador (BA) – Camaçari – petroquímico e a Ford; Recife (PE) :
Distrito industrial do Cabo – alimentícias , têxteis e vestuário e Fortaleza (CE): têxtil,
calçados e automobilística
- Zona do Agreste : policultura de subsistência e pecuária extensiva
- Sertão : pecuária extensiva, agricultura de subsistência e agricultura comercial de
algodão e cultivos irrigados (frutas)
- Meio norte : extrativismo de babaçu e carnaúba, pecuária e policultura
O Nordeste brasileiro é um dos principais destinos turísticos do Brasil. Essa região
conta com belas praias, uma cultura rica e diversificada, uma extensa costa litorânea e
pontos turísticos famosos no mundo todo.A região nordeste do Brasil tem uma área de
1,57 milhões de km², que corresponde a 18,26% do território nacional. Nessa região
vivem cerca de 48 milhões de habitantes.Recife, em Pernambuco, é a mais antiga
capital brasileira: foi fundada em 1537.A Bahia faz divisa com oito estados: Alagoas,
Sergipe, Pernambuco, Piauí (N); Minas Gerais e Espírito Santo (S); Goiás e Tocantins
(O)

3
Região Sudeste
Estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Cortada pelo
tropico de capricórnio
Física
Relevo: Planície litorânea – Baía de Guanabara (RJ), sistema Jagunar (RJ), Planalto
Atlântico – Serra do Mar, Serra da Mantiqueira, Serra do Espinhaço, Planalto Meridional
– Depressão Periférica, Arenito – Basáltico
Hidrografia: bacia de são Francisco, bacia do Paraná, bacia de leste e Bacia sudeste
Clima: Tropical (AW), Tropical Úmido (af), Semiárido (Bsh), subtropical (Cfa) e Tropical
de Altitude – dominante – (cwa – cwb)
Vegetação: Caatinga,cerrado,campos de altitude,floresta tropical – Mata Atlântica –
Dominante.
Economia
Extrativismo
Animal: pesca
Vegetal: madeira para carvão e serrarias
Mineral: Quadrilátero Ferrífero* - ferro e manganês, Bacia de campos – petróleo, Tupi –
(pré-sal).
População: 80.915.332 (estimativa/2009 IBGE)
correntes migratórias: Século XVI – primeiras povoações – fortificações , Posteriormente
para interior – ouro, diamantes,gado. Vale do São Francisco. Ciclo agrícola como café e
cacau .
Agropecuária
Principais cultivos: café(SP,MG,RJ), críticos(SP),açúcar(SP).
Principais rebanhos: bovinos (SP), Triângulo Mineiro(MG)
Industria
Anchieta – Imigrantes (ABCD): montadores, autopeças, pólo petroquímico de Cubatão,
siderúrgicas(COSIPA) refinaria Arthur Bernardes e Porto de santos. Via Dutra:
industriais modernos, montadoras, fibras óticas, equipamentos e calçados.
Castelo Branco: têxtil e vestuário

Em 1788 havia um clima tenso em toda a capitania de Minas Gerais. Principalmente em Vila
Rica, atual Ouro Preto. A cidade fervinlhava de gente, idéias de liberdade e ouro. Alí viviam mais
de 70 mil pessoas. Sim contar com os forasteiros e aventureiros que se arriscavam nas minas
descobertas quase um século antes. Cansados dos impostos cobrados pela coroa portuguesa e
da falta de liberdade, crescia o número de proprietários de terras, padres, advogados e até
funcionários do governo para libertar o Brasil do domínio de Portugal.

4
Região Sul
Estados: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do sul. Cortada pelo trópico de
capricórnio.
Física
Revelo: Planície litorânea: Bacias de Paranaguá, Guaratuba (ambas no PR),
Babitonga (SC)
Ilhas: São Francisco do sul e santa Catarina (SC – Florianópolis)
Sistemas Lagunas: litoral sul e santa Catarina e rio grande do sul (Patos, Mirim e
Mangueira)
Planalto Atlântico: aspectos diferenciados com serras e planaltos.
Planalto Meridional: Depressão periférica , arenito basáltico
Hidrografia: Bacias do rio Paraná, Uruguai, Itajaí e Jacuí
Clima: Tropical de altitude (cwa) Norte do Paraná, Subtropical (Cfa – interior e litoral e
Cfb) nas partes mais altas)
Vegetação : Florestas tropicais ( de encosta e do rio Paraná), Floresta subtropical
(mata das araucárias), formações campestres (campos gerais, campos Lages, campos
de vacaria e campanha gaúcha) formações litorâneas (mangues)
Economia
Extrativismo
Animal: pesca (SC)
Vegetal: madeira (PR e SC) e erva-mate (PR,SC e RS)
Mineral: carvão mineral (PR,SC e RS), cobre (RS), petróleo (PR e SC), talco (PR),
xisto (PR)
População: 27.719:118 (estimativa/2009 IBGE)
Correntes migratórias: a partir de 1532 – litoral e o planalto . Estimulo: mineração,
tropeiros, criadores de gado, extração de madeira e erva mate. Ciclos agrícolas e as
grandes obras.
Grupos de migrantes: italianos, alemães, açorianos, portugueses, ucranianos,
poloneses, japoneses
Pecuária
Bovinocultura: RS (5º maior e a 1º em qualidade) SC e PR
Suinocultura: PR, RS e SC (maior rebanho)
Avicultura: PR, SC e RS
Industria
Região metropolitana de porto alegre: refino de petróleo, metalurgia, couro, calçados.
Polo petroquímico de triunfo e montadora GM em Gravataí. Região metropolitana de
Curitiba : montadoras, moveleiras, alimentícia, papel e celulose e equipamentos
elétricos. Vale do Itajaí : têxteis, vestuários, metalurgia e equipamentos.
O Rio Grande do Sul possui o 4º maior PIB do país, superado apenas por São Paulo,
Rio de Janeiro e Minas Gerais.O Rio Grande do Sul é o terceiro estado com maior
número de municípios, atrás de Minas Gerais e São Paulo. Ao todo, são 497 cidades
gaúcha.A população do Rio Grande do Sul é formada por descendentes de indígenas,
africanos, portugueses, espanhóis, alemães, italianos e poloneses. Ainda é possível
encontrar falantes de dialetos italianos e alemães no estado, especialmente na região
da Serra Gaúcha.
5
Hidrografia do Brasil
Abundancia em rios , predomínio de rios perenes, predomínio de foz estatuário, densa
rede hidrográfica, drenagem exorreica*, regime pluvial tropical, cheias de
verão(meridional), lagos de pequena extensão
*exorricas: possui drenagem para oceanos

Bacias Hidrográficas Brasileiras Independentes


- Bacia Amazônica: a maior do globo , maior potencial hidráulico(pouco aproveitado),
navegável, regime misto(pluvionival)
- Bacia Araguaia-Tocantins: Maior Bacia totalmente brasileira, hidrovia, geração de
energia
- Bacia do São Francisco : maior rio totalmente brasileiro, tem afluentes temporários,
energia, transporte, irrigação – “transposição”

Vegetação brasileira
Floresta amazônica : higrófila, latifoliada, perenefólia, densa e heterogênea.
Subdividi-se em caaigapó (sempre inunda), várzea (periodicamente inunda) e caaetê
(ou terra – firme) livre de inundações.
Floresta Aciculifoliada: mais aberta e homogênea que as outras formações florestais
do Brasil, ocorrem nas partes mais altas do planalto Atlântico e Meridional, junto com
espécies decíduas e perenes.
Formações campestres (estepes): campos do Sul do Brasil(RS,SC,PR), \Campos de
altitude(MG,RJ, ES e SP), Campos de Hiléia( Região Norte).
Cerrado: Formação xeromorfa de clima com dupla estacionalidade , com chuvas de
verão e solos arenosos e ácidos.
Caatinga: formação xeromorfa de caratês decíduo e cactáceas, de clima estacional,
com chuvas de inverno e solos expostos e salinos
Pantanal: diversificado relevo de planície inundável com hidrófilas, tropófilas e
xerófilas.

6
CREDITOS: Iago Passos
Twitter: @IaGuiinhoDbX

Related Interests