You are on page 1of 1

Os símbolos de Mulliken são nomeados de acordo com as seguintes regras

:
Usamos as letras A e B para denotar as representações unidimensionais; a letra
E e T para as representações bidimensionais e tridimensionais, respectivamente.
Sabemos se uma representação é uni, bi ou tridimensional, se o caráter do elemento de
identidade de simetria (E) é 1, 2 e 3, respectivamente.
Para as representações unidimensionais, usaremos a letra A, quando a
representação for simétrica em relação ao eixo de maior ordem e B quando for
antissimétrica.
Os índices 1 e 2 serão usados para diferenciar as representações quando elas
forem simétricas ou antissimétricas em relação ao eixo de rotação C2, perpendicular ao
eixo de maior ordem ou, quando este eixo não existir no grupo, o caractere do plano
vertical σv.
Um ou dois plicates colocados acima das letras (A ', A ") são usados para
designar que a representação é simétrica ou antissimétrica em relação ao plano
horizontal σh, respectivamente.
Quando o grupo pontual tem como elemento de simetria um centro de inversão,
usamos as letras g (do alemão gerade, que significa par) e u (do alemão ungerade, que
significa ímpar) como o índice de símbolos para representações simétricas e
antissimétricas com relação ao centro de inversão respectivamente.
Alguns símbolos numéricos que estão presentes nas representações bi e
tridimensionais são mais difíceis de explicar e serão considerados símbolos arbitrários.
Os sinais nos números indicam se as representações são simétricas ou
antissimétricas a representação.