You are on page 1of 5

MINUTA - DO CONTRATO DE

COBRANÇAS E GARANTIA DE TAXAS


CONDOMINIAIS

que entre si fazem, de um lado, CONDOMÍNIO RESIDENCIAL -----------------------, inscrito no C.N.P.J


sob o nº -------------------, estabelecido nesta Cidade e Comarca de Londrina, Estado do Paraná, à
rua ----------------, nº ------, constituído de ----- apartamentos residenciais, neste ato representado
por seu Síndico Sr.----------------, portador da Cédula de Identidade Civil (RG) sob n
----------SSP/PR e do CPF n ----------, residente e domiciliado no apartamento ---- do bloco --, do
referido condomínio, doravante denominado simplesmente CONDOMÍNIO, e, de outro lado,
DEZAINY ASSESSORIA DE COBRANÇAS S/S LTDA., pessoa jurídica de direito privado, com
sede nesta Cidade e Comarca, à Rua Minas Gerais, nº 297, 9º andar - sala 94, inscrita no
C.N.P.J sob nº ---------------, neste ato representado por sua sócia gerente, ------------, brasileira,
casada, empresária, residente e domiciliada também nesta Cidade e Comarca, inscrita no C.P.F
sob nº ---------------, doravante denominada simplesmente DEZAINY, na forma das cláusulas e
condições a seguir avençadas:

CLÁUSULA 1ª: - O presente contrato tem por objeto a cobrança de taxas de condominiais,
mediante o sistema de repasse de cotas pela DEZAINY ao CONDOMÍNIO, independentemente
do adimplemento dos condôminos, na forma abaixo indicada.

CLÁUSULA 2ª - A DEZAINY obriga-se a repassar ao CONDOMÍNIO, até o limite de 12 (doze)


taxas atrasadas por condômino; independente do pagamento pelos condôminos.

Parágrafo 1º: - A prestação das taxas condominiais repassadas serão feitas no 2º dia útil após
o vencimento, caso a inadimplência ultrapasse 20% (vinte por cento) será repassado o mesmo
valor até 10(dez) dias após o primeiro repasse, e se ultrapassar 30% (trinta por cento) a
DEZAINY poderá repassar até o último dia do mês do vencimento. Inobstante, na ocorrência de
fatos supervenientes, como a adoção pelo Governo, de medidas econômicas emergenciais,
motivo de força maior, depressão econômica ou convulsões sociais, a garantia poderá ser feita,
a critério da DEZAINY, até o quinto dia útil após o vencimento.

Parágrafo 2º: - O repasse ao CONDOMÍNIO serão efetuados no valor líquido das taxas, sem
multa ou qualquer acréscimo, em cheques nominais e cruzados ao condomínio.

Parágrafo 3º: - Não serão repassados valores correspondentes a multas por infração à
Convenção ou ao Regimento Interno do condomínio ou qualquer despesa de ordem pessoal;
apenas quando houver o pagamento feito pelo condômino, quando lançado em seu boleto
condominial.

Parágrafo 4º: - Vencido o prazo de 12 (doze) meses, mencionado no "caput da cláusula 2ª",
se a DEZAINY por mera liberalidade continuar a repassar ao CONDOMÍNIO as taxas com mais
de 12 (doze) meses de atraso, tal procedimento não constituirá novação, podendo ser suspenso
a qualquer momento, sem qualquer aviso prévio.

CLÁUSULA 3ª: - Os bloquetos de cobrança mensal serão emitidos pelo sistema de C.P.D da
DEZAINY, sendo que o CONDOMÍNIO, no prazo de 7 (sete) dias úteis antecedentes ao do
vencimento de cada mês, deverá informar os valores que irão compor as taxas condominiais.

Parágrafo 1º: - Se o CONDOMÍNIO não encaminhar ou não prestar as informações no prazo


azado, a DEZAINY poderá adiar, na proporção do atraso, o repasse do objeto.

Contrato de Cobrança com Garantia de Taxas Condominiais.


Cond. Res. SOLAR DOS TUCANOS e DEZAINY ASSESSORIA Cob. S/S Ltda. Pág. 1 / 5
Parágrafo 2º: - O repasse das taxas condominiais ficará suspensa por prazo indeterminado se
houver dúvida quanto à legitimidade do síndico eleito ou se mais de uma pessoa reivindicar para
si a condição de síndico do CONDOMÍNIO.

CLÁUSULA 4ª: - O repasse das taxas condominiais em atraso não provocará a cessão do
crédito, com Sub-rogação de todos os direitos, ações, privilégios e garantias do CONDOMÍNIO
em favor da DEZAINY (Código Civil, Art. 349 * ); não se operará de imediato, mas ocorrerá
automaticamente nas seguintes hipóteses:

I. - pagamento de taxas condominiais pelos condôminos;

II. - rescisão do presente contrato, por qualquer causa ou motivo.

Parágrafo 1º: - As despesas judiciais e extrajudiciais que forem necessárias serão garantidas
pela DEZAINY e reembolsadas pelo CONDOMÍNIO até o limite mensal do valor bruto total da
receita mensal repassada, abrindo desde já o CONDOMÍNIO mão de qualquer valor que lhe
possa se restituído.

Parágrafo 2º: - As cobranças judiciais das cotas condominiais serão promovidas em nome do
CONDOMÍNIO, pelo Departamento Jurídico da DEZAINY.

CLÁUSULA 5ª: - Os pagamentos das taxas condominiais serão efetuados das seguintes formas:

I. - Até o vencimento em qualquer rede bancaria.

II. - Após o vencimento ter-se-á um prazo de carência de 05 (cinco) dias, para


pagamento no banco credenciado, somente com a multa condominial.

Parágrafo Único: A DEZAINY ficará desobrigada a fornecer Central de Recebimento das taxas
condominiais vincendas e vencidas no seu vencimento ou dentro de seu prazo de carência,
devendo estas, serem pagas em banco com acréscimo do custo bancário.

CLÁUSULA 6ª: As taxas condominiais que não forem liquidadas dentro do prazo de carência
citado no inciso II da Cláusula 5ª, serão encaminhadas ao Departamento Jurídico da DEZAINY,
quando sobre estas incidirão o juro de mora de 1% mês, correção monetária e honorários
advocatícios de 10% (dez por cento) para as cotas pendentes até 60 (sessenta) dias, e
honorários de 20% (vinte por cento) para as cotas vencidas acima de 60 (sessenta) dias.

CLÁUSULA 7ª: Os condôminos inadimplentes que forem executados pelo Departamento


Jurídico da DEZAINY arcarão com os honorários advocatícios, custas e despesas judiciais.

Parágrafo Único: - As multas, juros, correções monetárias, custas e honorários advocatícios


constituem restituição da DEZAINY a título de retorno de capital aplicado, e de ressarcimento
dos riscos de cobrança.
CLÁUSULA 8ª: - Constituem obrigações do CONDOMÍNIO, cujo descumprimento poderá dar
causa à rescisão do presente contrato:

Contrato de Cobrança com Garantia de Taxas Condominiais.


Cond. Res. SOLAR DOS TUCANOS e DEZAINY ASSESSORIA Cob. S/S Ltda. Pág. 2 / 5
I. Enviar as informações necessárias para à emissão das taxas condominiais,
previsto na Cláusula 3ª;

II. Fornecer à DEZAINY ou seu Departamento Jurídico os documentos e rol de


testemunhas necessários à defesa dos interesses do CONDOMÍNIO ou ao
ajuizamento de ação contra o condômino;

III. Auxiliar a DEZAINY nas cobranças das taxas em atraso, empregando todos os
esforços e meios suasórios permitidos em lei.

IV. Não eleger condôminos inadimplentes para ocupações de cargo ou contratá-lo


para exercer atividades em área funcional do condomínio, observando art. 1.335,
inciso III do Código Civil *.

V. Os apartamentos da construtora são de inteira responsabilidade do


CONDOMINIO, não cabendo a responsabilidade

Parágrafo Único: - O CONDOMÍNIO não poderá fornecer qualquer declaração de quitação


condominial ao condômino que esteja em atraso junto a DEZAINY, salvo se esta declarar
expressamente não haver mais débito pendente do condômino.

CLÁUSULA 9ª : - O CONDOMÍNIO lançará mensalmente no rateio a titulo de indenização por


perdas e danos, a importância correspondente a sobre o valor total do rateio mensal.

Parágrafo Único: O percentual estipulado na Cláusula 9ª, será cobrada mediante a uma
inadimplência de até 30%; Ultrapassando o percentual de 30% a remuneração será escalonada
na forma abaixo descrita:

Caso a inadimplência seja superior a 20% (vinte por cento) dos condôminos, o
CONDOMÍNIO pagará um adicional de indenização de 1% (um por cento); se superior a
25% (vinte e cinco por cento), o adicional será de 2% (dois por cento); se superior a 30%
(trinta por cento), o adicional será de 3% (três por cento) e assim sucessivamente.

I. - se a inadimplência for superior a 40% (quarenta por cento) a DEZAINY poderá a


qualquer tempo rescindir parcialmente o presente contrato, ficando desobrigada a
repassar cotas pendentes ao CONDOMÍNIO.
II. – Ocorrendo rescisão parcial, a DEZAINY somente fará a cobrança das taxas já
repassadas ao CONDOMÍNIO.

CLÁUSULA 10ª: - O presente contrato tem o prazo de 1 (um) ano, iniciando-se em 1º de


Julho de 2005 e vencendo-se em 30 de Junho de 2006 , e ficará automaticamente prorrogado

Contrato de Cobrança com Garantia de Taxas Condominiais.


Cond. Res. SOLAR DOS TUCANOS e DEZAINY ASSESSORIA Cob. S/S Ltda. Pág. 3 / 5
por períodos iguais e sucessivos caso não denunciado expressamente, por qualquer das partes,
com antecedência mínima de 60 (sessenta) dias do vencimento ou do vencimento de quaisquer
dos períodos de prorrogação.

CLÁUSULA 11ª: - Qualquer das partes poderá dar por rescindido o presente contrato,
independentemente do prazo acima mencionado, se a outra parte não cumprir as suas
obrigações.

Parágrafo 1º: - Havendo rescisão do presente contrato, por decurso de prazo ou por
manifestação de vontade de qualquer das partes, a DEZAINY ficará automaticamente
sub-rogada da importância repassada ao CONDOMÍNIO, bem como seus acréscimos, podendo
cobrá-las dos condôminos em seu próprio nome, ou fazê-lo em nome do CONDOMÍNIO.

Parágrafo 2º: - A rescisão do contrato motivada pela eleição de novo Síndico, será considerada
como sem justa causa.

Parágrafo 3º: - Se o CONDOMÍNIO rescindir o presente contrato sem justa causa, ou der
motivo à sua rescisão fora do prazo contratual, ficará obrigado a ressarcir em 10 (dez) dias do
fato, os valores que recebera antecipadamente no que diz respeito às cotas não quitadas em
poder da DEZAINY, acrescidos da (multa convencionada, juros de mora, correção monetária),
cláusula penal de 10% (dez por cento), custas judiciais e extrajudiciais e honorários advocatícios
de 20% (vinte por cento) sobre o total do débito.

Parágrafo 4º: - Se o CONDOMÍNIO vier a sucumbir na cobrança judicial de qualquer taxa de


CONDOMÍNIO, por motivo decorrente de culpa ou dolo do Síndico ou Administrador, ou por fato
independente da vontade ou diligência da DEZAINY ou seu Departamento Jurídico, o
CONDOMÍNIO também ficará obrigado a reembolsar à DEZAINY os valores desta recebidos e
não cobrados, com os acréscimos previstos no Parágrafo 3º da CLÁUSULA 11ª.

Parágrafo 5º: - O reembolso acima referido também será devido nas seguintes hipóteses:

I - Se o condômino contestar a ação de cobrança alegando ilegitimidade do CONDOMÍNIO


para cobrar as taxas, por entender equivocadamente que houve sub-rogação do crédito.

II - Se o condômino propuser ação de consignação em pagamento ou outra que coloque o


crédito “sub-judice”, tornando-o, em conseqüência, de difícil recuperação.

III - Se o condômino contestar a ação de cobrança, por motivo decorrente de culpa ou dolo
do Síndico ou Administrador.

IV – Se CONDOMÍNIO (sindico, contador ou administrador) lançar qualquer valor junto a


cota condominial que não seja aprovado em assembléia ficará no caso de dúvida ou
questionamento judicial ou extrajudicial, ficará o CONDOMÍNIO obrigado a reembolsar a
DEZAINY, conforme prevê o Parágrafo 3º da CLÁUSULA 11ª.

Contrato de Cobrança com Garantia de Taxas Condominiais.


Cond. Res. SOLAR DOS TUCANOS e DEZAINY ASSESSORIA Cob. S/S Ltda. Pág. 4 / 5
CLÁUSULA 12ª: - Para que a DEZAINY possa cumprir o estipulado neste contrato, o
CONDOMÍNIO lhe outorga, neste ato, procuração com poderes das cláusulas “ad judicia”, para
o advogado a ser indicado pela Dezainy, para o foro em geral, em caráter irrevogável no prazo
de vigência do presente contrato, ou dos períodos de sua prorrogação, devendo ser renovada
sempre que eleito novo Síndico no CONDOMÍNIO.

CLÁUSULA 13ª: - Fica eleito o Foro da Comarca de Londrina, com privilégio sobre qualquer
outro, para dirimir quaisquer questões oriundas do presente contrato.

E por estarem justos e contratados, firmam o presente contrato em 2 (duas) vias de igual teor,
com anuência e o testemunho de 2 (dois) membros do Conselho do CONDOMÍNIO, obrigando-
se a cumpri-lo fielmente por si, seus herdeiros e sucessores.

Londrina, de de 2005.

_______________________________________
CONDOMINIO

_______________________________________
DEZAINY SULBRASILEIRO COND. COB. S/S LTDA.
(a) Ivone da Cruz Souza - Sócia Gerente

______________ ________________
Testemunha – Apto Testemunha – Apto

* (Código Civil - Lei nº 10.406/2002)

Contrato de Cobrança com Garantia de Taxas Condominiais.


Cond. Res. SOLAR DOS TUCANOS e DEZAINY ASSESSORIA Cob. S/S Ltda. Pág. 5 / 5