You are on page 1of 4

PROJETO CANTIGAS DE RODA

PÚBLICO ALVO- EDUCAÇÃO INFANTIL( 3 a 6 anos)


ÁREA- LINGUA PORTUGUESA, NATUREZA E SOCIEDADE, ARTES
TEMPO PREVISTO- 02 meses
APRESENTAÇÃO
Este projeto visa possibilitar o contato das crianças com as mais variadas situações
comunicativas para que assim comecem a perceber a função social da oralidade, através das
cantigas de roda, percebendo esta forma de linguagem como veículo de comunicação e ideias.
No seu decorrer as crianças terão a oportunidade de participar de situações de pesquisas das
cantigas a serem trabalhadas, ouvir e discriminar eventos sonoros presentes no
desenvolvimento das mesmas e compartilhar o material produzido com colegas e familiares.
JUSTIFICATIVA
Quem em toda sua vida nunca ouviu dizer que quem canta seus males espantam? Quem nunca
pulou, dançou, riu ou chorou ouvindo uma bela música? “Ciranda, cirandinha, vamos todos
cirandar...” Quem não se lembra dessa música? Afinal, ela fez parte de nossa infância e nos
traz ótimas recordações. Considerando isso, como também o fato da música ser a arte de
combinar sons de modo agradável ao ouvido e que encanta as pessoas desde a infância, e que
as cantigas de roda possuem característica fantástica por ser poesia cantada de estrofes
simétricas, também chamadas de quadrinha, canção; é que acreditamos que este trabalho será
de grande interesse para as crianças, visto que se canta brincando.
Nestes momentos de brincadeira, além da satisfação vivenciada pelos participantes e a
liberação de energia, podemos perceber e trabalhar com diversos elementos musicais, como a
canção, o ritmo, os diversos andamentos e intensidades, diferentes pulsações, etc. É uma
atividade que propicia a aproximação entre os alunos, a expansão da criatividade, o despertar
da atenção e, especialmente, o conhecimento e a valorização da própria cultura. Mas, nem
sempre as crianças conhecem as cantigas de roda, principalmente as que têm muito contato
com tecnologias que não privilegiam a cultura popular.
Nesses casos, elas têm um acesso mais restrito às cantigas e brincadeiras como às de roda.
São essas as circunstâncias que tornam importante o trabalho a ser realizado por nós
educadores e crianças. Desta forma as cantigas de roda privilegiarão também a prática de
leitura, para aprender, para descobrir, comparar semelhanças e diferenças, questionar,
ampliando o conhecimento das crianças através da ciranda; como também a prática da escrita,
onde as crianças farão uso das estratégias de leitura para adquirir habilidades de leitores e
escritores competentes.
Assim estaremos rememorando as cantigas de roda, expressão da cultura espontânea que deve
estar presente na experiência de vida de qualquer criança. Afinal, essa é mais uma forma de
manter viva a cultura de nosso povo e aproximar a aprendizagem realizada na escola do
contexto cultural brasileiro. Sendo assim, outros fatores serão levados em consideração ao
longo do projeto, como o respeito à cidadania, proteção e cuidado com o outro, levando-os a
uma atitude afetiva e sensível.
OBJETIVO GERAL
Possibilitar ao educando o acesso à cultura oral, ressaltando seu valor na educação infantil,
pois é na infância que se aprende a valorizar a riqueza de nossas tradições culturais, darem
espaço para que as crianças brinquem de ciranda, e ainda que através das extraordinárias
cantigas de roda tenham momentos de leitura e escrita onde possam ler, escrever, interagir,
pensar, criar, analisar e expressar seus conhecimentos, construindo habilidades para se tornar
leitores e escritores competentes, exercendo seu direito de cidadãos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
PRÁTICA DE LEITURA: · Fazer a leitura de pesquisas (Cantigas de Roda do tempo da sua
mãe); · Conhecer as características de uma cantiga de roda tais como: estrofe, quantidade, se
existe rima ou não; · Compartilhar leitura de textos informativos sobre cirandas; · Ler para
relacionar informações, fazendo comentário de aspectos relevantes do texto; · Ampliar o
conhecimento em relação às cantigas de roda, e a relação das pessoas com as mesmas. (Quem
já brincou? Por que não brinca mais? O que sentia? · Refletir sobre o nome da cantiga de
roda.

PRÁTICA DE ESCRITA: Produzir bons textos oralmente e escrito (O Professor como


escriba). Utilizar e criar letras de canções (O Professor como escriba). Utilizar procedimentos
de revisão com ajuda. Como reler, verificar coerência com o que foi escrito, planejar a escrita
do que ainda falta escrever; Participar de situações de escrita coletiva de textos informativos,
opinando, acrescentando, revisando etc.; Construir procedimento de estudante tendo em vista
os propostos de ler para aprender.

PRÁTICAS DA LINGUAGEM ORAL: Cantar e brincar; Expor seu conhecimento em


relação ao tema; Interagir com os outros sobre o que aprendeu; Discutir sobre a importância
das cantigas de roda na sociedade e na vida das pessoas; Construir objetos sonoros; Articular
como elementos da linguagem musical: brincadeiras, jogos e danças; Interpretar as cantigas
de rodas já existentes.
INTERVENÇÃO I
Objetivos: Expor seu conhecimento em relação tema; Conhecer o projeto a ser trabalhado;
Definir o empreendimento.
O.D.1 RODA: - Levar os alunos para o pátio da escola para cantar e brincar com cantigas de
roda. - Propor que algumas crianças falem sobre as cantigas que mais gostam.
O. D.2 - Apresentar o projeto e explicar como será o seu desenvolvimento.
O. D. 3 Pedir que pensem no empreendimento apresentando sugestões como: - Mural com
todos os trabalhos; - Livro com Cantigas de Roda; - Exposição de objetos sonoros; -
Apresentação de cartazes onde serão registradas as aulas do projeto.
O.D.4 -Escolher o empreendimento (Livrinho de cantigas)

INTERVENÇÃO
II Objetivos: Envolver-se na prática da leitura e da escrita; Perceber a importância da leitura
na busca de informações; Expressar-se através da arte suas preferências entre as cantigas de
roda; Valorizar os desenhos expostos no mural.
O.D 1 -Propor que falem os nomes das cantigas de roda enquanto a professora fará o papel de
escriba, registrando em fichas.
O.D 2 -Distribuir fichas com nome de cantigas para que leiam e pintem, e em seguida expor
no quadro em forma de lista.
O.D 3 -Sugerir que escolham as cantigas de roda que mais gostam para representar através de
desenhos.
O.D. 4 - Roda de apreciação dos desenhos e leitura de textos informativos sobre cantigas de
roda.
O.D. 5 -Pesquisar com os pais cantigas de roda do seu tempo.

INTERVENÇÃO III
Objetivos: Ampliar o repertório em relação às características das cantigas de roda e de outras
músicas; Utilizar estratégias de leitura para buscar informações sobre as cantigas.
O.D.1 - Apresentar texto informativo sobre Cantigas de Roda no cartaz. -Fazer leitura coletiva
comentando sobre as informações do texto.
O.D.2 - Levar para sala cantigas de roda, fazer leitura das mesmas, comparando-as oralmente
sobre as suas características (versos, estrofes e rimas).
O.D. 3 -Classificar as cantigas de roda no quadro comparativo em cantigas populares e
cantigas de ninar.

INTERVENÇÃO IV
Objetivos: Envolver-se no canto e no movimento que cada ciranda proporciona.
O.D. 1 - Expor cartaz com cirandas diferentes (ver quadro comparativo). Ouvir, aprender a
canção e brincar de roda. Obs: Será escolhido um tipo de música por vez.

INTERVENÇÃO V
Objetivos: Selecionar canções que irão fazer parte do livro; Representar as canções através de
desenhos; Exercitar a prática da escrita.
O.D. 1 - Ler de forma coletiva os títulos das cantigas de roda trabalhadas, que estarão
registradas no mural; - Selecionar algumas cantigas para o livrinho.
O.D. 2 - Dividir a turma em grupos; - Propor que cada grupo faça desenhos representando as
cirandas.
O.D.3 - Escrever as canções. Obs: escrita feita pelo aluno.

INTERVENÇÃO VI
Objetivos: Observar livros para servir de modelo; Elaborar o livro.
O.D.1 - Em círculo, a Professora apresentará diversos livros, fará observações das capas,
leitura de algumas apresentações e índices.
O.D.2 - Relembrar o empreendimento e produzir coletivamente a apresentação do livrinho.
O.D. 3 - Elaborar o índice com todos os itens que farão parte do livro (apresentação, índice
dos textos produzidos pelos alunos, desenhos e outros...).
O.D. 4 - Propor que todos façam um desenho pensando na capa do livro. Fazer apreciação e
selecionar com os alunos o que mais gostaram para a capa.
O.D. 5 - Elaboração do livro.

INTERVENÇÃO VII
Objetivo: Produzir convite para exposição dos livros.
O.D.1 - Levar para sala modelo de convite; - Pedir que observem; - Produzir coletivamente o
texto para o convite; - Ler; - A professora passará o texto para a matriz; - Distribuir o mesmo
para que as crianças ilustrem; - Distribuir para os pais e comunidade.

INTERVENÇÃO VIII
Exposição dos Livros. Apreciação.

RODA DE AVALIAÇÃO: Falando e Escutando. Objetivos: Expressar conhecimentos


construídos; Avaliar o percurso dos trabalhos durante o desenvolvimento do projeto;
O.D.1 Em roda, desencadear animada conversa com questões como: - Qual foi a importância
das regras que vocês construíram para este projeto? -Houve algum momento, durante o
projeto em que vocês sentiram dificuldade? Quando? -Que momento do projeto foi mais
gostoso para vocês? Por quê?

ELABORADO POR:
EDRIANA ARAGÃO,
ELIANA ARAGÃO,
IVNA GOMES,
JOÃO MARTINS,
JOSEANE LOPES BRANDÃO,
LUCIENE DE OLIVEIRA E MARIA TELES.