You are on page 1of 4

ESCOLA ESTADUAL RENATO FILGUEIRAS

Rua Hélio Filgueiras 81 – Centro- Papagaios MG CEP 35669-000


Tel: (37) 3274-1150 e-mail: escola.34660@hotmail.com

Aluno:_______________________________________________ Nº_________ Turma:____________

Professor:________________________________ Disciplina:___________________

Valor:________________ Bimestre:_________________

“A escolha dos candidatos à sucessão presidencial funcionará como um


estopim para a mais importante revolução da história republicana. (...) Os
entendimentos políticos evoluíram no sentido de agruparem-se em torno de
Getúlio Vargas as forças da oposição (...) Realizaram-se, contudo, as eleições
e o resultado foi favorável a Júlio Prestes. Entretanto, vinte e dois dias antes de
terminar o mandato de Washington Luís, a revolução estava nas ruas.”

1. A que revolução o texto faz referência e quem assumiu a Presidência


da República sucedendo a Washington Luís?
A. Revolução de 1930; Júlio Prestes.
B. Revolução de 1930; Getúlio Vargas.
C. Revolução de 1930; João Pessoa.
D. Revolução Constitucionalista de 1932; Júlio Prestes.
E. Revolução Constitucionalista de 1932; Getúlio Vargas.

2. Entre as alternativas a seguir apenas uma não se relaciona com a Era


Vargas. Assinale-a:
A. Censura à imprensa e violenta repressão política durante o Estado Novo.
B. Construção da Companhia Siderúrgica Nacional em Volta Redonda e
fundação da Petrobrás.
C. Centralização de poderes e Revolução Constitucionalista de 1932.
D. Atendimento aos interesses das elites agrária e industrial e às reivindicações
dos trabalhadores, atenuando o conflito entre o capital e o trabalho.
E. Alinhamento aos EUA/OTAN no contexto da Guerra Fria e abertura às
multinacionais.

3. Entre as principais características da Constituição de 1934, podemos


destacar como importantes conquistas, EXCETO:
A. A instituição do voto feminino;
B. Ensino primário gratuito e obrigatório;
C. Estatização das riquezas do subsolo;
D. Reconhecimento dos direitos trabalhistas como o salário mínimo, a jornada
de trabalho de 8 horas, férias anuais, etc;
E. Liberdade de expressão sem restrições à imprensa.

4. Com respeito à Ação Integralista no Brasil, na década de 1930, é


correto afirmar que
A. Foi uma cópia fiel do fascismo italiano, inclusive nas cores escolhidas para o
uniforme usado nas manifestações públicas.
B. Foi um movimento sem expressão política, pois não tinha líderes
intelectuais, nem adesão popular.
C. Tinha como principais marcas o nacionalismo, a base sindical corporativa e
a supremacia do Estado.
D. Elegeu católicos, comunistas e positivistas como antagonistas mais
significativos.
E. Foi um movimento financiado pelo governo getulista, o que explica sua
sobrevivência.

5. O Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), criado em 1930 por


Getúlio Vargas,
A. Era um órgão que garantia a liberdade artística, jornalística e dos demais
meios de comunicação do Brasil na era Vargas.
B. Promovia manifestações cívicas, nas quais os sindicatos de esquerda
tinham um papel importante de conscientização das massas.
C. Estimulava a produção de filmes nacionais e concursos de música e
defendia o direito de os sindicatos realizarem seus comícios e suas greves.
D..Aproveitou-se do programa Hora do Brasil, que, além de transmitir notícias
políticas e informações, servia como porta de entrada para as ideias liberais de
Vargas.
E. Era responsável por controlar os meios de comunicação e promover a
propaganda do Estado Novo.

6. Em novembro de 1935, eclode no Rio Grande do Norte a Intentona


Comunista referência pejorativa à fracassada tentativa de tomada do
poder, por meio de um plano a partir dos quartéis e apoio as ações
militares com greves e manifestações de massa. O levante em questão foi
de iniciativa:
A. Da Ação Integralista Brasileira
B. Da Aliança Liberal
C. Da Aliança Nacional Libertadora
D. Do Partido Democrático Paulista
E. Do Departamento Administrativo do Serviço Público

7. A política cultural do Estado Novo com relação aos intelectuais


caracterizou-se:
A. Pela repressão indiscriminada, por serem os intelectuais considerados
adversários de regimes ditatoriais.
B. Por um clima de ampla liberdade pois o governo cortejava os intelectuais
para obter apoio ao seu projeto nacional.
C. Pela indiferença, pois os intelectuais não tinham expressão e o governo se
baseava nas forças militares.
D. Pelo desinteresse com relação aos intelectuais, pois o governo se apoiava
nos trabalhadores sindicalizados.
8. Durante o governo de Getúlio Vargas, eclodiu em São Paulo um
movimento que a história consagrou com o nome de Revolução
Constitucionalista de 1932 Os revoltosos exigiam:
A .a participação da elite cafeeira no governo
B. aprovação de leis trabalhistas
C. extinção da censura à imprensa
D. convocação de uma Assembléia para a elaboração de uma Constituição
E. permissão para o funcionamento de sindicatos

Em novembro de 1937, Getúlio Vargas deu um golpe de Estado, com o objetivo


de permanecer na presidência, uma vez que as eleições já estavam marcadas
para 03 de janeiro de 1938.

9. Para dar esse golpe Getúlio Vargas armou um plano chamado de:
A. Plano de metas
B. Plano Cohen
C. Plano provisório
D. Plano salarial

Para fazer propaganda de Getúlio Vargas exaltando a figura idealizada de


ditador, foi criado o DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda ) onde o
rádio passou a ser utilizado em grande escala.

10. O DIP foi criado no governo:


A. Governo provisório
B. Governo constitucionalista
C. Estado novo
D. Retorno de Vargas em 1951