You are on page 1of 3

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DA PARAÍBA

CURSO: ENGENHARIA CIVIL TURNO: NOITE


DISCIPLINA: ELETROMAGNETISMO
PERÍODO: 3 C.H.: h/aula SEMESTRE: 2017.2
PROFESSOR: NATHAN SARMENTO
NOME: CARLOS AUGUSTO COSTA DO NASCIMENTO MATRÍCULA: 20171076019

ESTA LISTA DE EXERCÍCIOS DEVE SER ENTREGUE ATÉ


O DIA DA PROVA, IMPRETERIVELMENTE

1. Na figura abaixo, as partículas 1 e 2, de carga 𝑞1 = 𝑞2 = +3,20 × 10−19 𝐶, estão sobre o eixo y, a


uma distância d = 17,0 cm da origem. A partícula 3, de carga 𝑞3 = +6,40 × 10−19 𝐶, é deslocada
ao longo do eixo x, de x = 0 até x = 5,0 m. Para que valor de x o módulo da força eletrostática
exercida pelas part[iculas 1 e 2 sobre a partícula 3 é (a) mínimo? E (b) máximo? Quais são os
valores (c) mínimo e (d) máximo do módulo?

2. Um próton se desloca horizontalmente da esquerda para direita a 4,5𝑥106 m/s.

a) Determine o módulo, a direção e o sentido do campo elétrico mais fraco capaz de trazer o
próton uniformemente para o repouso, por uma distância de 3,2 cm.

b) Quanto tempo leva para o próton parar após entrar no campo?

3. A figura mostra uma barra não-condutora com uma carga Q = −8,0 µC


distribuída uniformemente. A barra é dobrada na forma de uma
semicircunferência de raio R=15 cm.

a) Calcule o módulo e a direção do campo elétrico 𝐸⃗ em O, no centro da


semicircunferência.

b) Se a barra for substituida por uma carga puntiforme situada no ponto P, qual é a razão entre o
novo campo calculado e o anterior?
INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DA PARAÍBA – IESP
BR 230 - Km 14 Cabedelo – Paraíba – CEP 58.310-000
CNPJ: 70.118.716/0001-73 – Telefone: 83.2106.3800
4. A figura mostra uma superfície gaussiana na forma de um
cubo
De 2,0 m de aresta, imersa em um campo elétrico dado por
𝐸⃗ = (3𝑥𝑦)𝑖̂ + (−2𝑦 2 )𝑗̂ + 7𝑘̂
Qual é a carga total contida no cubo?

5. Na figura ao lado, um elétron com uma energia cinética inicial de


4,0 keV penetra na região 1 no instante t = 0. Nessa região, existe
um campo magnético uniforme dirigido para dentro do papel de
módulo 0,01 T. O elétron descreve uma semicircunferência e deixa
a região 1, dirigindo-se para a região 2, situada a 25 cm de
distância da região 1. Existe uma diferença de potencial ∆𝑉 =
2000 𝑉 entre as duas regiões, com uma polaridade tal que a
velocidade do elétron aumenta no percurso entre a região 1 e a
região 2. Na região 2 existe um campo magnético uniforme
dirigido para fora do papel de módulo 0,02 T. O elétron descreve
uma semicircunferência e deixa a região 2. Determine o instante t
em que isso acontece.

6. Na figura ao lado, uma partícula descreve uma trajetória circular em


uma região onde existe um campo magnético uniforme de módulo 𝐵 =
4,0 𝑚𝑇. A partícula é um próton ou um elétron (a identidade da
partícula faz parte do problema) e está sujeita a uma força magnética
de módulo 3,2 × 10−15 𝑁. Determine (a) a velocidade escalar da
partícula (b) o raio da trajetória (c) o período do movimento.

7. A figura abaixo mostra, em seção reta, dois fios longos e paralelos percorridos por correntes e
separados por uma distância L. A razão 𝑖1 ⁄𝑖2 entre as correntes é 4,00; as direções das correntes
não são conhecidas. A figura abaixo também mostra a componente 𝐵𝑦 do campo magnético em
função da posição sobre o eixo x à direita do fio 2. A escala vertical é definida por 𝐵𝑦𝑠 = 4,0 𝑛𝑇 e a
escala horizontal por 𝑥𝑠 = 20,0 𝑐𝑚. (a) Para que valor de x > 0 a componente 𝐵𝑦 é máxima? (b) Se
𝑖2 = 3 𝑚𝐴, qual é este valor máximo de 𝐵𝑦 ? Determine o sentido (para dentro ou para fora do
papel) (c) de 𝑖1 ; (d) de 𝑖2

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DA PARAÍBA – IESP


BR 230 - Km 14 Cabedelo – Paraíba – CEP 58.310-000
CNPJ: 70.118.716/0001-73 – Telefone: 83.2106.3800
INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DA PARAÍBA – IESP
BR 230 - Km 14 Cabedelo – Paraíba – CEP 58.310-000
CNPJ: 70.118.716/0001-73 – Telefone: 83.2106.3800