You are on page 1of 13

CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL

Prof. Márcio Michiles

GOVERNO FHC – LULA (1995- 2010) abrir mão de diversas frentes para estabilizar o país e entregá-lo
ao seu sucessor com as finanças devidamente organizadas.
As principais marcas positivas do governo FHC foram a
ECONOMIA continuidade do Plano Real, iniciado por Itamar Franco que tinha
A política de estabilidade e da continuidade do Plano Real foi a o próprio Cardoso como Ministro da Fazenda; o fim da
principal bandeira da campanha eleitoral de 1998 para a reeleição hiperinflação, e a criação de programas sociais pioneiros como o
de FHC. Ele foi reeleito já no primeiro turno. Promoveu inúmeras bolsa-escola, o vale-gás e o bolsa-alimentação. Além de
privatizações em setores como telecomunicações, distribuição de mudanças amplas no Estado brasileiro, com a implementação da
energia elétrica, mineração e financeiro. Essas privatizações Advocacia Geral da União, da Lei de Responsabilidade Fiscal, do
essas contestadas por sua oposição, principalmente do PT. Ministério da Defesa e a implantação do PROER - programa de
Ao longo de seu mandato presidencial a economia brasileira[ se restruturação do sistema financeiro brasileiro - concentrando e
manteve estável, em consequência do controle da inflação transformando os bancos brasileiros em instituições fortemente
conseguido com o Plano Real. fiscalizadas o que rendeu elogios do próprio presidente Lula na
ocasião da crise econômica mundial de 2008.
INÍCIO DA EXPANSÃO ECONÔMICA
Durante o Plano Real e sucessivamente, houve um maciço LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL
ingresso de investimentos externos na área produtiva, sendo essa A Lei de Responsabilidade Fiscal provocou uma mudança
entrada de dólares uma das âncoras do plano. Só na área da substancial na maneira como é conduzida a gestão financeira dos
indústria de automóveis, entraram com fabricação no país durante três níveis de governo. Até então, o governo federal não tinha
o governo de Fernando Henrique nada menos que onze marcas mecanismos para medir o endividamento total do país. Como
(Peugeot, Renault, Citroën, Audi, Mitsubishi, Nissan, Land Rover, medida de contingênciamento para a implantação da LRF, o
Toyota - até então uma pequena fabrica artezanal de jipes, governo tomou para si as dívidas públicas estaduais e municipais,
Honda, Mercedes-Benz automóveis, Dodge-Chrysler, fora a (na tornando-se credor dos estados e municípios altamente
época) brasileira Troller. Ainda no setor de caminhões a endividados. Com a LRF, impediu que os prefeitos e
Volkswagem implantou fábrica em Resende-RJ, a Iveco em Minas governadores endividassem novamente os estados e municípios
e a Internacional/Agrale no Rio Grande do Sul. Entraram em além da capacidade de pagamento.
atividade também montadoras de motocicletas como Kasinski e
Sundown em Manaus. A produção de veículos no país cresceu SAÚDE
expressivamente ultrapassando a marca de 2 milhões/ano. O programa de combate à AIDS foi copiado por outros países e
Investimentos perderam fôlego por causa das crises em vários apontado como melhor programa de combate a Aids pela ONU[
países emergentes que ainda afetavam o Brasil. No período, foi criada também a lei de incentivo aos
Nesse período o país começava a viver uma expansão medicamentos genéricos, o que possibilitou a queda preço dos
econômica, depois de sofrer os efeitos de várias crises medicamentos no Brasil. Eliminou os impostos federais dos
internacionais nos anos anteriores. A expansão econômica medicamentos de uso continuado. Foi regulamentada ainda a lei
embrionária, no entanto, trouxe efeitos colaterais sérios, gerados de patentes, com resolução encaminhada à Organização Mundial
pela ausência de investimento e planejamento em produção de do Comércio para licenciamento compulsório de fármacos em
energia no Brasil, que não se organizara para seu crescimento. caso de interesse da saúde pública. Foi organizado também o
FHC enfrentou diversas crises mundiais durante seu governo, Sistema Nacional de Transplantes e a Central Nacional de
como a crise do México em 1995, a crise asiática em 1997-98, a Transplantes
crise russa em 1998-99 e, em 2001, a crise argentina, os Durante o Governo FHC, foi sancionado a Lei nº 10.167, de 2000
atentados terroristas nos EUA em 11 de setembro de 2001, a que tornou mais rigorosa a política antitabagista no Brasil, com a
falsificação de balanços da Enron/Arthur Andersen. Internamente, proibição da publicidade e a introdução das imagens de impacto
enfrentou uma crise em 1999, quando houve uma forte em embalagens de cigarro. Também foi introduzida a vacinação
desvalorização do real, depois de o Banco Central abandonar o dos idosos contra a gripe e criada a Agência Nacional de Saúde
regime de câmbio fixo e passar a operar em regime de câmbio Suplementar (ANS) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária
flutuante. Em 2002, a própria eleição presidencial no Brasil, em (Anvisa). Também tinha os "Mutirões da Saúde".
que se previa a vitória de Lula, causou mais uma vez a fuga de
hot-money, elevando o preço do dólar a quase R$ 4,00. CRISES E ACUSAÇÕES DE CORRUPÇÃO
Opositores de seu governo afirmam entretanto que tendo Reeleição
Fernando Henrique incentivado o fluxo de capitais externos No primeiro mandato de Fernando Henrique Cardoso, foi
especulativos de curto prazo no Brasil (hot-money) - que aprovada uma emenda constitucional que permitiu a reeleição
supostamente inundariam o país para equilibrar o balanço de para os cargos executivos em todos os níveis. Tornando-se FHC
dólares, exatamente o oposto do desejado se deu: a cada crise o primeiro presidente brasileiro a ser reeleito posteriormente.
que surgia em outros países emergentes, a economia brasileira Gravações colocaram sob forte suspeita a emenda que permitiu a
sofria uma retirada abrupta desses capitais internacionais reeleição do FHC. Dois deputados do PFL admitiram terem
especulativos, o que obrigava FHC a pedir socorro ao FMI, o que desembolsado dinheiro junto a Sérgio Motta(Ministro das
fez três vezes. sendo a última já com concordância de Lula, comunicações) para votar a favor da emenda. Os deputados
recem-eleito. Seus defensores lembram que FHC pegou o país acusados, após serem investigados pela Comissão de
falido, praticamente sem divisas em dólar e com uma hiper- Constituição e Justiça, se viram obrigados a renunciar para evitar
inflação que chegou a mais 70% em um único mês, tendo que
VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

a cassação de seus mandatos. Tendo formado uma base de direção do Banco Central do Brasil dando um forte sinal para o
sustentação coesa, principalmente através do apoio total do PFL mercado - principalmente o Internacional, em que Meirelles é
e de parte do PMDB, FHC manteve uma relativa estabilidade bastante conhecido por ter sido presidente do Bank Boston - de
política neste período. que não haveria mudanças bruscas na condução da política
Em maio de 1997 grampos telefônicos publicados pela Folha de econômica em seu governo.Nomeou o médico sanitarista e ex-
S. Paulo revelaram conversas entre o então deputado Ronivon prefeito de Ribeirão Preto Antônio Palocci, pertencente aos
Santiago e outra voz identificada no jornal como Senhor X. Nas quadros do PT, como Ministro da Fazenda. Após seguidas
conversas, Ronivon Santiago afirma que ele e mais quatro denúncias contra Palocci feitas pela mídia, no caso conhecido
deputados receberam 200 mil reais para votar a favor da como "Escândalo da quebra do sigilo bancário do caseiro
reeleição, pagos pelo então governador do Acre, Orleir Cameli Francenildo", este pediu demissão (em 27 de agosto de 2009, o
A oposição ao governo, liderada pelo PT, baseada em gravações STF arquivou a denúncia feita contra Palocci).O seu substituto foi
de conversas telefonicas divulgadas pelo jornal Folha de S. Paulo o economista e professor universitário Guido Mantega, que
que demonstravam como quatro deputados federais venderam assumiu o ministério em 27 de março de 2006.
seus votos por US 200 mil cada, passou a acusar pessoalmente O Governo Lula caracterizou-se pela baixa inflação, que ficou
Fernando Henrique Cardoso, de ter comprado os votos dos controlada, redução do desemprego e constantes recordes da
deputados. Esse, por sua vez, defendeu-se, alegando que vários balança comercial.Na gestão do presidente Lula observou-se o
foram os beneficiados pela emenda, uma vez que governadores e recorde na produção da indústria automobilística em 2005, e o
prefeitos também poderiam ser reeleitos e que as escutas maior crescimento real do salário mínimo.
mostravam o envolvimento de um governador e seus deputados, Em 2010, Alan Mulally, presidente mundial da Ford afirmou que
não o governo federal. graças aos programas de incentivo do Governo Lula foi possível
O episódio foi investigado na época pela Comissão de ao país sair de forma efetiva da crise mundial.Durante a crise a
Constituição e Justiça - numa investigação que durou poucas retração do PIB foi de apenas 0,2%, mostrando um resultado
horas - e anos depois foi abordada pela CPI do Mensalão. Em melhor que as grandes economias do mundo obtiveram.
ambas as circunstâncias, não se conseguiu comprovar a efetiva
compra de votos diretamente por FHC INFLAÇÃO
Após a investigação da CCJ os deputados Ronivon Santiago e Nos oito anos do Governo Lula, a taxa de inflação oficial do País,
João Maia renunciaram a seus mandatos, para evitar sua representada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA),
cassação. ficou em sete oportunidades dentro da meta estabelecida pelo
Conselho Monetário Nacional (CMN).[16] A exceção ficou por
CRISE DO APAGÃO conta justamente do primeiro ano da gestão, em 2003, quando o
Após toda uma década sem investimentos na geração e IPCA, mesmo mostrando uma alta menor, de 9,30%, ante a taxa
distribuição de energia elétrica no Brasil, na passagem de 2000 de 12,53% de 2002, ficou acima da meta ajustada de 8,5%
para 2001, um racionamento de energia foi elaborado às pressas anunciada pelo Banco Central.
e atingiu diversas regiões do Brasil, principalmente a Região Em 2004, depois de o CMN estipular uma meta de inflação
Sudeste do Brasil. O Governo FHC foi surpreendido pela acumulada de 5,5% para aquele ano, com tolerância de 2,5
necessidade urgente de cortar em 20% o consumo de eletricidade pontos porcentuais para baixo ou para cima, o IPCA atingiu uma
em quase todo o País (a região sul não participou do taxa final de 7,60%, bem próxima do teto estabelecido.[Em 2005,
racionamento, tendo em vista que suas represas estavam cheias). a inflação oficial do País fechou o período com uma alta
Enquanto a energia sobrava em alguns estados, onde chovia acumulada de 5,69%, dentro da meta de 4,5%, com tolerância de
muito, como no Rio Grande do Sul,faltava em outros onde não 2,5 pontos para cima ou para baixo.
chovia. A ausência de linhas de transmissão com capacidade A partir de 2006, o CMN manteve o ponto central da meta
suficiente para transferir as cargas gerava essa desigualdade. inflacionária do Brasil em 4,5%, mas reduziu as margens para 2
O governo estipulou benefícios aos consumidores que pontos porcentuais para cima ou para baixo. Foi exatamente
cumprissem a meta e punições para quem não conseguisse nesse ano que o IPCA atingiu a marca de 3,14%, a menor taxa
reduzir seu consumo de luz. Introduziu também no Brasil em desde o início de implantação das metas, em 1999.
tempo recorde uma rede de usinas termoelétricas para funcionar Em 2007 e 2008, a inflação acumulada avançou para os níveis de
como segunda opção em casos de estiagens longas. Até então o 4,46% e de 5,90%, respectivamente, mas ainda continuaram
país era totalmente dependente da geração de energia através de dentro do intervalo perseguido pelo Banco Central.Em 2009, em
recursos hídrico virtude principalmente da alta menor no preços dos alimentos, o
No final de 2001, o nível de chuvas melhorou e o racionamento IPCA acumulado desacelerou para a marca de 4,31%. No último
pôde ser suspenso em fevereiro de 2002. ano do governo Lula, a inflação apresentou importante
Auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) publicada em 15 aceleração, registrando alta de 5,91%. Apesar de ainda ter ficado
de julho de 2009 mostrou que o apagão elétrico gerou um prejuízo dentro da meta do CMN, de 4,5%, com tolerância de 2 pontos
ao Tesouro de R$ 45,2 bilhões para cima ou para baixo, o IPCA foi o maior desde 2004.

ERA LULA DESEMPREGO


Economia De acordo com o IBGE, em dezembro de 2010, a taxa de
desemprego atingiu 5,3% da população economicamente ativa
A gestão Lula iniciou dando segmento à política econômica do (PEA), o que representou o menor resultado da série histórica,
governo anterior, FHC.Para tanto, nomeou Henrique Meirelles, iniciada em 2002 pelo instituto.Em dezembro de 2002, o
deputado federal eleito pelo PSDB de Goiás em 2002, para a desemprego representava 10,5% da PEA.Em 2003, no mesmo
mês, a taxa ficou em 10,9%.Em dezembro de 2004, atingiu 9,6%
VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência
2
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

da PEA e, no mesmo mês dos anos seguintes, a taxa sempre conta de mudanças na metodologia, os organizadores do
mostrou números menores: 8,4% (2005 e 2006); 7,5% (2007); levantamento enfatizaram que o IDH de 2010 não pode ser
6,8% (2008 e 2009). comparado ao IDH de anos anteriores, que utilizavam uma
O desemprego médio do último ano do Governo Lula foi de 6,7%, metodologia diferente. Conforme o relatório, o IDH do Brasil
também o menor da série histórica. Em 2009, essa mesma taxa apresenta "tendência de crescimento sustentado ao longo dos
era de 8,9%. anos".
Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e
Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego REFORMAS
(MTE), o volume de vagas criadas em 2010 foi o melhor do Uma das plataformas de campanha de Lula foi a necessidade de
Governo Lula na geração de emprego com carteira de trabalho reformas constitucionais.Uma reforma relevante ocorrida no
assinada e também representou resultado histórico. Descontadas Governo Lula foi a aprovação da Emenda Constitucional 45, de
as demissões de 2010, foram criados 2.524.678 postos de 2004, que ficou conhecida como Reforma do Judiciário. Seus
trabalho formal. No acumulado de oito anos da era Lula, o principais aspectos foram a inclusão do princípio da celeridade
Ministério do Trabalho contabilizou a criação de 15.048.311 novas processual como direito fundamental; a criação do Conselho
vagas com carteira assinada, já descontadas as demissões. Nacional de Justiça, além de outras normas que objetivam desde
um processo judicial mais célere até a moralização e a
CRISE DE 2009 transparência do Poder Judiciário.
O Brasil sofreu pouco com a crise econômica de 2008-2009, e
isso foi reconhecido internacionalmente por outros países.De PROGRAMAS SOCIAIS
acordo com estudos da fundação da Alemanha Bertelsmann A desilgualdade entre os mais ricos e os mais pobres teria
publicados em 2010, o Brasil foi um dos países que melhor aumentado entre 2001 e 2003, conforme publicação do O Globo
reagiram perante a crise.Segundo os relatórios publicados, a em fevereiro de 2005.Após a posse de Lula, porém, um relatório
fundação elogia os programas sociais do país e o controle austero do IBGE, do fim de novembro de 2007, afirmou que o governo do
sobre as instituições financeiras, e revela que o país alcançou presidente Lula estaria fazendo do Brasil um país menos desigual.
posições econômicas melhores. Com base no PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de
Domicílios), a FGV divulgou estudo mostrando comparaçõe
PRIVATIZAÇÕES percentuais desde o ano em que Lula tomou posse.
O governo Lula foi responsável pela concessão de cerca de 2,6
mil quilômetros de rodovias federais, que foram a leilão em 9 de COMBATE À ESCRAVIDÃO
outubro de 2007.O vencedor do leilão para explorar por 25 anos O combate à escravidão e ao trabalho degradante foram
pedágios nas rodovias foi o grupo espanhol OHL.Houve também fortificados do governo do presidente Lula. Quando Lula assumiu,
a privatização de 720 quilômetros da Ferrovia Norte-Sul para a FHC tinha deixado um Plano Nacional de Erradicação do
Vale do Rio Doce pelo valor de R$ 1,4 bilhão.Entre outras Trabalho Escravo, uma base sobre a qual o governo Lula poderia
privatizações do governo Lula, estão a da Hidrelétrica Santo trabalhar O resultado foi que, entre 1995 a 2002 houve o resgate
Antônio, Usina Hidrelétrica de Jirau e a linha de transmissão Porto de 5.893 pessoas do trabalho escravo e entre 2003 a 2009, o
Velho – Araraquara. Brasil resgatou 32.986 mil pessoas da condição de trabalho
escravo, a maioria no Governo Lula. Porém, as punições ao
REDUÇÃO DA POBREZA E DISTRIBUIÇÃO DE RENDA trabalho escravo no Brasil, algumas vezes, se restringem a
Em 2010, o Bird afirmou que o país avançou na redução da idenizações trabalhistas, como as assumidadas pelo Grupo
pobreza e distribuição de renda.Segundo a entidade, apesar da Votorantim, mas já há evolução e condenações contra tal crime.
desigualdade social ser ainda elevada, conseguiu-se reduzir a Segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho), até hoje
taxa de pobreza de 40% em 1990 para 9,1% em 2006, graças à houve no país apenas uma condenação com efetivo cumprimento
avanços perpetrados pelos governos Collor, Itamar, FHC e Lula.[ de pena de prisão, sendo aplicadas normalmente apenas multas,
Alguns dos motivos para a redução teriam sido a inflação baixa e indenizações às vítimas e bloqueio de ficha de empresas para o
os programas de transferência de renda recebimento de financiamentos.

ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO EDUCAÇÃO


Entre 2002 e 2007, o Brasil, embora tenha melhorado seu IDH Na área do ensino superior, o ProUni (Programa Universidade
(Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,790 para 0,813, caiu Para Todos) foi o, segundo as declarações do MEC, maior
da 63º posição para a 75ª posição no ranking dos países do programa de bolsas de estudo da história da educação
mundo.O estudo é divulgado pelo PNUD (Programa das Nações brasileira. De 2005 a 2009, o ProUni ofereceu quase 600 mil
Unidas para o Desenvolvimento), que esclareceu o recuo do País bolsas de estudo em aproximadamente 1,5 mil instituições de
para 75ª posição com dois fatores: a entrada de novos países no ensino em todo o país, que receberam para isto o benefício
levantamento e a atualização de dados, que beneficiaram países da isenção de tributos.
como a Rússia.Países considerados de "Alto Desenvolvimento
Humano" são aqueles com IDH superior a 0,800.[No Entre os beneficiados com bolsas, 46% eram autodeclarados
levantamento referente a 2007, uma nova categoria de países foi afrodescendentes.
incluída no ranking: o IDH "Muito Elevado", com número superior O governo também criou onze universidades públicas
a 0,900. federais até setembro de 2009, superando o marco do
No levantamento referente a 2010, último ano do Governo Lula, o presidente Juscelino Kubitschek. Em janeiro de 2010 a Unila
Brasil ficou ainda na distante 73ª posição entre 169 países. Por (Universidade Federal da Integração Latino-Americana) era a

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


3
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

décima terceira universidade criada, com perspectica de e isso seria inaceitável para os chineses. O Governo Lula também
início de aulas para agosto de 2010, com sua primeira turma acumula algumas derrotas em suas tentativas na criação de um
de 200 alunos entre brasileiros, paraguaios, uruguaios e bloco econômico compreendido por países subdesenvolvidos e
argentinos; uma universidade que contará com um emergentes. O Governo Lula patrocinou uma missão de paz no
investimento para construção dos edifícios no montante de Haiti, almejando crédito com a ONU.Cerca de 1200 militares
550 milhões, uma construção portentosa prevista para findar brasileiros desembarcaram no Haiti em uma missão pacífica
em 2014, com o projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer Até visando a reestruturação do estado haitiano.
agosto de 2010, as universidades federais ofereciam 113 mil O governo Lula também acumula algumas derrotas no campo
vagas gratuitas e apresentavam que os investimentos teriam internacional: Depois de investir 3,5 bilhões de dólares na Bolívia,
passado de 20 bilhões para 60 bilhões durante o governo a Petrobrás teve suas usinas nacionalizadas por Evo Morales,
Lula, prometendo um aumento das vagas para 250 mil até sem a devida resposta diplomática. Cedeu também ao Paraguai,
2014. Contudo, o programa é criticado por professores e quando o recém aleito presidente Fernando Hugo decidiu não
estudiosos de instituições de ensino federais. Algumas mais cumprir o contrato assinado com o Brasil, a respeito da
universidades se encontrariam em processo de energia elétrica de Itaipú. Com isto, o Brasil triplicou a quantia que
sucateamento por falta de repasse de recursos federais e paga ao vizinho pela energia elétrica com a qual o Paraguai
pela falta de autonomia das universidades. um anseio que foi abastece a região sudeste brasileira. O novo acordo de setembro
parcialmente almejado em junho de 2010, próximo ao final do de 2009 ajustaria de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões. O
Governo Lula, com a assinatura do Decreto 7.233, que acordo permite também que o Paraguai venda energia ao
resultaria na esperança por melhoria na autonomia e gestão mercado brasileiro sem a mediação da estatal Eletrobrás.[Sobre a
dos recursos a partir de 2011, no Governo da Dilma. ocupação no Haiti, a organização sindical Batay Ouvriye
(Batalha Operária) denunciam que a forças de ocupação se
O investimento em educação, realizado no Governo Lula, vem prestaram a reprimir trabalhadores que protestaram contra as
sendo considerado insuficiente, perante especialistas e entidades multinacionais que se instalaram no país. Segundo o
do setor. O percentual de gastos na educação superior federal, dirigente sindical Didier Dominique, considera que a
em 2005, estava estagnado em 0,6% do PIB.Em 2008 alcançou intervenção no Haiti passará a história como uma mancha na
4,7% do PIB. Porém, considera-se que o ideal seria um biografia de governantes que se elegeram com o apoio de
investimento entre 8 e 12% do PIB, face ao déficit educacional movimentos populares, como o presidente Lula
brasileiro atual, algo pouco visto na história brasileira. Em 2010 o Governo Lula obteve vitória no caso dos subsídios
Segundo Roberto Leher, Professor da Faculdade de para os produtores de algodão dos Estados Unidos.A
Educação da UFRJ, coordenador do GT Universidade e Organização Mundial do Comércio concedeu o direito do Brasil
Sociedade do CLACSO, em matéria publicada em 2005 pela retaliar com impostos de importação diversos produtos de origem
Revista Adusp, aponta que a universidade no Governo Lula norte-americana devido aos gastos de Washington para financiar
foi uma continuidade das agendas do Banco Mundial, do BID a produção de algodão, o que prejudicava o setor no
e da Cepal, de modo a conformar a universidade pública em Brasil.[107][108] Todavia, o Brasil permitiu maiores negociações
um setor mercantil balizado pelos valores neoliberais, que com os EUA com o objetivo de acabar com a disputa.O Governo
dificilmente mereceria o conceito de pública Brasileiro também fez a doação de 172 milhões de dólares para o
Haiti reconstruir seu país depois do Sismo do Haiti de 2010 que
POLÍTICA EXTERNA devastou o país.
No plano internacional, o Brasil sob a administração de Lula Entre 2005 e 2009, Cuba recebeu cerca de 33,5 milhões de reais
exerceu uma posição de destaque no grupo de países em ajuda humanitária do governo do então presidente Luiz Inácio
emergentes frente aos mais ricos no G20 , destacando-se no caso Lula da Silva. No mesmo período, o Brasil também forneceu ajuda
da iraniana Sakineh Ashtiani, que havia sido condenada à morte humanitária ao Território Palestino, com o destino de 19 milhões
por apedrejamento; destacou-se como sendo membro ativo no de reais (ou 12%) dos recursos.
Conselho de Direitos Humanos; nas operações de paz no Haiti; e
na Comissão de Construção da Paz na Guiné-Bissau em 2010. ESCÂNDALO DO MENSALÃO
Mais de um ano do mandato foi utilizado pelo presidente na visita As crises políticas tiveram seu ápice em julho de 2005 quando
a mais de 200 países, para, de acordo com Daniel Castelán, denunciaram o esquema de compra de votos de deputados no
reduzir as resistências ao fortalecimento do país no cenário Congresso e o financiamento de campanhas por "Caixa 2".
internacional, já que algumas demandas brasileiras ficam mais Conhecido como o "Escândalo do Mensalão", foi o momento mais
difíceis com países opondo-se. crítico da gestão Luiz Inácio Lula da Silva e considerado o pior
Um dos grandes feito do governo Lula foi a integração da escândalo de seu governo e resultou na cassação do mandato de
América do Sul através da expansão do Mercosul. José Dirceu em dezembro de 2005, detentor do principal posto de
coordenação política do país naquele momento, sendo tratado
Porém, o governo Lula tomou decisões controversas em matéria pela imprensa como o verdadeiro homem forte da administração
de política externa. Uma delas foi o reconhecimento da China federal, a quem caberia as decisões. E os desdobramentos das
como economia de mercado, o que derrubou diversas barreiras investigações se estenderam até 2008 na Operação Satiagraha.
comerciais impostas aos produtos chineses, facilitando sua Em 2011, já depois do fim dos dois mandatos do presidente Lula,
entrada no mercado brasileiro prejudicando a economia nacional reportagem de capa da Revista Época trouxe a informação de que
em alguns setores.Mas esse movimento não surtiu o efeito um relatório final da Polícia Federal confirmou a existência do
desejado, que é o apoio da China à demanda brasileira por um mensalão.O documento de 332 páginas foi a mais importante
assento no Conselho de Segurança das Nações Unidas, já que o peça produzida pelo governo federal para averiguar o esquema
Japão, apoiado pelos EUA, também quer um assento permanente de desvio de dinheiro público e uso para a compra de apoio
VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência
4
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

político no Congresso durante o Governo Lula. A reportagem da


Revista Época foi contestada uma semana depois pela revista
Carta Capital, que destacou que não havia "uma única linha no
texto" da PF que confirmava a existência do esquema de
pagamentos mensais a parlamentares da base governista em
troca de apoio a projetos do governo no Congresso Nacional.
Até o final do primeiro mandato de Lula, outras denúncias de
escândalos foram sendo descobertas, como o caso da
quebra de sigilo de um caseiro pelo do estado, que levou a
demissão do ministro Antonio Palocci, além de a tentativa de
compra de um dossiê por parte de agentes da campanha do
PT de São Paulo.

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


5
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM Questão 03

Questão 01
Segundo o diagnóstico do Governo Fernando Henrique Cardoso,
a globalização era um processo inevitável: ou os países se
ajustavam a ela ou ficariam à margem das grandes
transformações que o mundo estaria vivendo no final do século
XX. As medidas que visavam adaptar o Brasil às condições
requeridas por esse processo consistiam em

a) elevar o nível de emprego, praticar juros baixos no mercado


interno e investir na infraestrutura nacional.
b) ampliar os gastos públicos, estimular o combate da inflação e
consolidar o processo de substituição de importações.
c) valorizar a herança nacionalista, aprofundar o reajuste de
preços e salários e abrir o país para a entrada de capitais Nas eleições para a Câmara do Deputados (1994) mostrado na
externos. tabela acima, o Estado de São Paulo elegeu 70 parlamentares
d) promover a desregulamentação financeira, reduzir o papel do através de 13 partidos políticos. Acerca dessas eleições é
Estado na economia e implementar programas de ajustes fiscais. possível afirmar que nesta unidade da Federação:

Questão 02 a) PT, PC do B e PDT, partidos com forte representação em todo


Em outubro de 1994, embalado pelo sucesso do Plano Real, o território nacional, conseguiram eleger mais de 30% dos
Fernando Henrique Cardoso foi eleito Presidente da República. parlamentares paulistas à Câmara dos Deputados.
Em seu discurso de despedida do Senado, se comprometia a b) PSB, PRN e PT, partidos com programas de governo
acabar com o que denominava “Era Vargas”: “(...) Eu acredito praticamente idênticos, elegeram em conjunto menos de 20% dos
firmemente que o autoritarismo é uma página virada na história do deputados federais do Estado de São Paulo.
Brasil. Resta, contudo, um pedaço do nosso passado político que
c) PPR, PTB, e PSD elegeram, conjuntamente, dezoito
ainda atravanca o presente e retarda o avanço da sociedade.
Refiro-me ao legado da Era Vargas.” (14/12/1994) deputados, o que representa cerca de 50% do total dos
representantes de São Paulo eleitos pelos três maiores partidos.
O presidente eleito governou o Brasil por dois mandatos, iniciando d) PSDB, PMDB e PFL, partidos que em nível federal apoiam o
a consolidação da política neoliberal no país, principiada pelos governo Fernando Henrique Cardoso, elegeram em conjunto
presidentes ColIor e Itamar Franco. Sobre os dois mandatos cerca de 45% dos deputados federais por São Paulo.
(1995-2002), pode-se afirmar que se caracterizam
Questão 04
a) pela manutenção do poder aquisitivo dos que se aposentavam;
estabelecimento do monopólio nacional sobre as A vitória de Fernando Henrique Cardoso nas eleições
telecomunicações, através das empresas estatais; e presidenciais de 1994 possibilitou a continuidade e o
nacionalização do sistema financeiro. aprofundamento do modelo de desenvolvimento baseado no
b) pelo elevado crescimento econômico, com média anual de Plano Real, que fora lançado em julho daquele ano, sob a
cerca de 5% ao ano; grande investimento em infraestrutura e articulação do futuro presidente, à época Ministro da Fazenda do
educação; distribuição de renda; e aumento da capacidade
governo Itamar Franco.
econômica do Estado.
c) pela política social de inclusão, com a criação da Bolsa Família;
facilitação do ingresso de carentes na Universidade; restrição aos Compõem esse modelo de desenvolvimento os itens a seguir,
investimentos estrangeiros; e elevados incentivos à agricultura com EXCEÇÃO da
familiar.
d) pelo rompimento com a política econômica originada pelo a) necessidade de aprofundar a internacionalização da economia
“Consenso de Washington”; consolidação do sistema financeiro
brasileira.
estatal; e reforço da legislação trabalhista gestada na primeira
metade do século XX. b) preservação da estabilidade da moeda.
e) pelo limitado crescimento econômico; privatização das c) ampliação da atuação direta do Estado em setores estratégicos
empresas estatais; diminuição do tamanho do Estado; e apagão da economia.
energético, que levou ao racionamento e ao aumento do custo da d) liberação dos mecanismos de mercado como forma de
energia. estímulo à competitividade.

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


6
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

Questão 05 De acordo com os textos, essa crise estava relacionada,


Analise os textos. principalmente,
a) à fuga de capitais ocorrida no final de 1998, que provocou uma
"Diante dos documentos internacionais que começam a expor a redução nas divisas e a desvalorização cambial.
verdadeira situação do Brasil, depois das reformas neoliberais da b) aos conflitos entre Brasil e Argentina, na definição das taxas
Constituição e da economia, o único álibi que os responsáveis alfandegárias para importação/exportação de alimentos.
pelo resultado clamoroso podem invocar é que o 'processo não c) aos baixos investimentos do Governo nas áreas sociais,
está concluído'." especialmente na saúde, educação e moradia.
(Janio de Freitas. "Folha de S. Paulo". 19/09/99. Cad. 1. p. 5) d) à falta de decisão política do Governo para enfrentar os
problemas decorrentes da baixa oferta de trabalho.
"Nos anos 80 e 90, sob o paradigma neoliberal, diluiu-se a
'legitimidade' dos projetos de desenvolvimento e debilitaram-se os Questão 07
Estados nacionais. Liberalização, desregulação e privatização I. "Na relação Estado/mercado, o presidente opta pelo privilégio
passaram a constituir os pilares de uma suposta 'nova ordem' que deste, fonte do dinamismo, da modernização, dos gastos
promoveria a modernização e o progresso por força das virtudes racionais - o mercado como 'melhor alocador de recursos', em
da eficiência alocativa dos mercados de capitais". contraposição ao Estado ineficiente, desperdiçador, irracional.
(Luciano Coutinho. "Folha de S. Paulo", 12/9/99. Cad. 2. p. 2) Bastaria o Estado ser passado a limpo, para que a crise brasileira
fosse superada, conduzida pela economia privada, livre das
Os dois autores referem-se ao Projeto Neoliberal implantado no travas do Estado."
Brasil pelos últimos governos da Federação. A partir da análise
dos textos, pode-se depreender que o Projeto Neoliberal, no II. "Não é uma estabilidade ancorada num desenvolvimento
Brasil, econômico que, ao expressar a força de nossa economia,
pudesse determinar a paridade com o dólar pela equiparação das
a) acelerou o processo de distribuição de renda no país. duas economias. É um mecanismo basicamente financeiro, que
b) fortaleceu o poder de intervenção do Estado na economia. se apoia na entrada maciça de capitais especulativos,
c) não alcançou ainda os objetivos pretendidos pelos seus pressionando o preço do dólar para baixo."
idealizadores.
d) ultrapassou a fase de implantação do progresso e da Os textos identificam, respectivamente, uma crítica à política
modernização econômica. a) intervencionista do presidente Ernesto Geisel e ao 11 Plano
Nacional de Desenvolvimento.
Questão 06 b) autoritária do presidente João Batista Figueiredo e ao Plano
Leia os textos. Cruzado II.
c) liberal do presidente Fernando Collor de Mello e ao Plano Brasil
"A crise econômica recente no Brasil demonstra que qualquer Novo.
país está ameaçado por turbulências informativas e movimentos d) neoliberal do presidente Fernando Henrique Cardoso e ao
especulativos nos mercados financeiros globais." Plano Real.
(Manuel Castells. "Folha de S. Paulo", 23/05/99. Cad. Mais, p. 5)
Questão 08
(...) uma crise aguda da economia brasileira seria transmitida a A crítica feita através da charge refere-se um aspecto da política
toda a América Latina e provocaria uma catástrofe nos Estados econômica adotada pela administração FHC.
Unidos, que destinam 20% de suas exportações a essa região. A
Europa, evidentemente, também não seria poupada por uma crise
geral da economia. Foi menos o futuro do Brasil do que o medo
de uma tal crise mundial que mobilizou uma ajuda internacional
considerável para livrar o país dos apuros."
(Alain Touraine. "Folha de S.Paulo". 31/01/99. Cad. Mais. p. 5)

O Plano Real, adotado pelo Governo de Itamar Franco, em 1994,


contribuiu para a eleição do Presidente Fernando Henrique
Cardoso. No início de 1999, o Plano Real sofreu uma crise que
fez cair os índices de popularidade do Presidente.

(Fonte: IMPRENSA, nº 20, setembro de 1997, p. 86.)

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


7
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

Leia as afirmações a seguir sobre a administração FHC.

I - A administração FHC tem privilegiado a abertura e a


desnacionalização da economia do País, a privatização do setor
público e uma política de compressão dos salários do
funcionalismo público federal.
II - O governo FHC nega ser um governo de perfil neoliberal e
justifica a política de desmantelamento do setor estatal com o
discurso da necessidade de modernizar a economia brasileira
como condição para inserir-se competitivamente no processo de
globalização.
III - O sucesso do Plano Real e o processo de privatização da
economia provocaram sensíveis melhorias sociais junto às
massas dos excluídos do campo, esvaziando quase por completo
a luta política dos movimentos sociais organizados no meio rural.

Quais estão corretas?


a) Apenas I
b) Apenas II
c) Apenas I e II
d) Apenas II e III

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


8
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO Questão 03


Em 2009, o jornal L'Osservatore Romano afirmou que a máquina
Questão 01 de lavar roupas fez mais pela liberação das mulheres que a pílula
O rompimento da barragem da Samarco Mineração no distrito de anticoncepcional, pois elas deixaram de ficar horas junto ao
tanque e puderam ocupar-se em atividades mais interessantes e
Bento Rodrigues, em Mariana, Minas Gerais, no dia 05 de
produtivas. No Brasil, a economia e a sociedade acompanharam
novembro de 2015, retomou o debate sobre a privatização da essa tendência.
Companhia Vale do Rio Doce. Sobre essa medida do Governo
Federal, assinale a alternativa CORRETA. Assinale a alternativa que apresenta as características atuais do
sistema produtivo brasileiro:
a) A privatização da Vale do Rio Doce foi encabeçada pelo
governo de Fernando Collor de Mello, que tinha uma postura a) uso intensivo de robótica, fortalecimento dos sindicatos e
política vinculada ao neoliberalismo mundial. regulação estatal.
b) A privatização da Vale do Rio Doce, no governo de Fernando b) uso de alta tecnologia, terceirização e mundialização da
Henrique Cardoso, e teve como principal objetivo atrair o capital produção.
produtivo internacional. c) sindicatos fortalecidos, altos salários e neoliberalismo.
c) A privatização da Vale do Rio Doce foi negociada no governo d) neoliberalismo, economia de mercado e pleno emprego.
do Itamar Franco, como medida de combate à inflação, que e) estado de bem-estar social, uso intensivo de eletrônica e
alcançou o percentual de 1764 no ano de 1989. globalização.
d) A privatização da Vale do Rio Doce foi encabeçada pelo
governo de Fernando Henrique Cardoso e foi uma medida Questão 04
consensual do ponto de vista político, uma vez que nenhum Durante a campanha para a reeleição em 2006, Luiz Inácio Lula
partido se opôs à ação. da Silva utilizou o jingle de campanha que explanava "Lula de
e) A privatização da Vale do Rio Doce foi feita durante o primeiro novo, nos braços do povo". Segundo pesquisadores, quem
governo Lula e teve como principal objetivo atrair o capital primeiro voltou "nos braços do povo" ao poder foi Getúlio Vargas,
especulativo internacional. em 1950.
Disponível em:
<http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc0207200610.htm>
Questão 02 Acesso em: 28ago.2013
“O que se denominava partido político, na primeira metade do
século XIX diferencia-se da compreensão atual: era mais do que O período do governo varguista de 1930 a 1945 é melhor
‘tomar um partido’ e constituía-se em formas de agrupamento em representado apenas na alternativa:
torno de um líder, ou através de palavras de ordem e da imprensa
em determinados espaços associativos ou de sociabilidade e a a) O motivo alegado para Vargas decretar a ditadura do Estado
partir de interesses ou motivações específicas, além de se Novo foi a certeza da explosão da II Guerra Mundial.
delimitarem por lealdades ou afinidades (intelectuais, econômicas, b) Em 1930, Vargas mandou ao Congresso Nacional o projeto de
culturais etc.) entre seus participantes. Tais grupos eram lei que se transformaria na Consolidação das Leis do Trabalho.
identificados por rótulos ou nomeações, pejorativos ou não”. c) Entre 1930 e 1934, houve um período de muita abertura política
MOREL, Marco. O período das Regências (1831-1840). na Ditadura de Getúlio Vargas, uma vez que se permitiram
Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003. p.32). eleições nesta etapa de seu governo.
d) A Revolução de 1930 põe fim à hegemonia dos produtores de
Embora a análise do historiador seja do século XIX, o atual café e, apesar de não banir o produto, inicia no País a fase da
quadro político no Brasil tem retomado as mesmas indústria de substituição das importações.
caracterizações ao partido que se encontra no poder. Como e) A partir de 1937, iniciou-se uma nova relação entre o governo
exemplo disso podemos evidenciar: varguista e os intelectuais, os quais, sem exceção, passaram a
trabalhar juntos a partir da fundação do Departamento de
I. Desqualificação do PT e do governo pela mídia. Imprensa e Propaganda (DIP).
II. Negação das contribuições sociais, obtidas no Brasil pelo
governo do Partido dos Trabalhadores. Questão 05
III. Ofuscamento da imagem do ex-presidente Lula como líder Em 1993, no Brasil, anunciou-se um novo plano de estabilização
político.
econômica, o Plano Real, que entrou em vigor efetivamente em
IV. Interdição do atual governo, sob a alegação de superação
para a conjuntura atual. julho de 1994.

São verdadeiras O Plano Real foi planejado e implantado no governo do presidente


a) I, II, III e IV. a) José Sarney.
b) apenas I, II e III. b) Fernando Collor de MelIo.
c) apenas III e IV c) Itamar Franco.
d) apenas, I, III e IV. d) Fernando Henrique Cardoso.
e) apenas I e IV. e) Luís Inácio Lula da Silva.

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


9
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

Questão 06 Questão 09
No final do segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso, a Observe a figura:
eleição foi vencida pelo candidato do PT, um partido de oposição,
que, após três tentativas, elege seu candidato Luiz Inácio Lula da
Silva, que assume a presidência em 2003.

Sobre este governo, assinale a alternativa CORRETA.

a) O governo “Lula” nacionaliza todas as empresas


multinacionais, nega a dívida externa e instala um estado
socialista no Brasil.
b) No seu primeiro mandato, é criado o Plano Real que estabiliza
a economia do país, acabando com os altos índices de inflação e
troca o nome da moeda.
c) Pela primeira vez, na história da república brasileira, um líder
político de origem autenticamente popular, um torneiro mecânico,
assumia a presidência da República por dois mandatos.
d) Logo que assume, o novo presidente acaba com as políticas
sociais, como o programa bolsa-família, criada pelo governo de
Fernando Henrique.
e) O presidente “Lula” não foi reeleito em 2006, devido à queda do
PIB e ao crescimento do desemprego, fazendo com que a
desigualdade social aumentasse durante o seu governo.

Questão 07
Luiz Inácio Lula da Silva, ou simplesmente Lula, foi líder sindical e
esteve à frente das famosas greves do ABC Paulista no final dos
anos 70, chegando à Presidência da República brasileira em
A partir da tira, é possível inferir, a respeito do impacto das novas
2003, após vencer as eleições em que tinha por oponente o tecnologias nas sociedades contemporâneas,
paulista José Serra. Com relação ao governo Lula, no seu a) o aumento do tempo dedicado ao lazer, devido à diminuição da
primeiro mandato, analise as seguintes proposições. jornada de trabalho.
b) a diminuição das horas de trabalho e a massificação do uso de
( ) Um dos atos iniciais do Presidente Lula foi a reforma da fontes de energia alternativas, associadas à valorização do ócio e
Previdência Social, pela qual aumentaram-se as da vida natural.
exigências para os trabalhadores se aposentarem. c) a transformação das cidades em espaços de vida
( ) A estabilidade da moeda e o controle da inflação foram socioeconômica harmonizados com os ritmos do corpo e da
objetivos concretizados pelo seu governo. natureza.
( ) Instituiu o Plano Real como forma de conter a histórica d) a presença constante dos meios de comunicação na vida
inflação que se abatia sob o país, desde os governos cotidiana e a difusão de ideologia anticonsumista.
militares. e) a aceleração do tempo histórico, devido a mudanças
( ) No meio da primeira fase de seu governo, surgiram, na econômicas, sociais e políticas cada vez mais rápidas.
imprensa, alguns escândalos políticos, entre os quais
sobressaía a acusação de que parlamentares eram pagos Questão 10
para aprovar projetos do governo.
( ) Considerando os carros de fabricação nacional verdadeiras
“carroças”, o governo passou a favorecer a importação de
automóveis e outros produtos de luxo.

Questão 08
Em janeiro de 2003, o presidente Lula assinou a Lei 10.639 que
instituiu a obrigatoriedade do ensino de cultura e história africanas
nas escolas brasileiras. NÃO foi objetivo norteador dessa lei

a) valorizar os saberes de origem afro-descendentes.


b) promover a autoestima de estudantes negros do país.
c) favorecer o desenvolvimento de uma cidadania inclusiva.
d) garantir o acesso a uma renda mínima para os desfavorecidos.
e) problematizar a visão eurocêntrica presente nos livros
didáticos.

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


10
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

Um slogan busca divulgar uma ideia importante de forma simples Sexta-feira, 12 de maio de 2006. Graças à comunicação
e direta, além de traduzir valores e intenções, sobretudo se instantânea, via telefone celular, a direção do PCC (Primeiro
utilizado para fins de propaganda política. Comando da Capital) ordena rebeliões nos presídios paulistas e
As propostas do governo Médici e do governo Lula relacionadas ataques às delegacias de polícia. Até segunda-feira, dia 15, 80
aos slogans acima estão identificadas, respectivamente, na presídios se rebelam, ocorrem 227 atentados e 56 ônibus são
seguinte alternativa: incendiados. O número de mortos chega a 75 e serão 161 até
a) defesa da segurança nacional − integração sociocultural quinta-feira, dia 17.
b) distribuição equilibrada de renda − socialização da riqueza Revista "Isto É", 24 de Maio de 2006. p. 38-41. (adaptado)
c) diminuição das desigualdades jurídicas − democracia racial
d) qualificação da mão de obra fabril − desenvolvimentismo
Diante desse quadro, é possível afirmar:
econômico
( ) Apesar da modernização tecnológica e da complexa
Questão 11
organização político-social, a cidade moderna tem
Leia o fragmento do texto e, após, assinale a(s) alternativa(s) dificuldades em lidar com os comportamentos divergentes.
correta(s). ( ) O conflito entre ordem e desordem, lícito e ilícito, permeia
“Em maio de 2006, uma organização criminosa ligada ao tráfico o mundo e instaura tensão política e social.
de drogas e comandada de dentro de presídios desencadeou uma ( ) O sentimento de abandono e insegurança que toma conta
onda inédita de violência, com o ataque em larga escala a forças da população ordeira leva-a a desaprovar a ação policial
policiais e civis, atingindo pelo menos seis estados brasileiros. A violenta e arbitrária.
cidade de São Paulo foi paralisada; a população se recolheu a ( ) A estruturação das ações criminosas em organizações
suas casas e a polícia iniciou operações de represália, com complexas e hierarquizadas se explica pelo crescente
violência sem precedentes. Outros ataques do crime organizado desenvolvimento moral e tecnológico da sociedade
continuaram acontecendo tanto em São Paulo quanto no Rio de brasileira.
Janeiro.”
(VICENTINO, Cláudio e DORIGO,Gianpaolo. História Geral e do A sequência correta é
Brasil. São Paulo: Scipione, 2010, p.805). a) V - V - F - F.
b) F - F - V - V.
01) O programa de Aceleração do Crescimento (PAC), lançado c) V - V - V - F.
pelo Governo Lula em janeiro de 2007, constituiu-se em uma d) F - V - V - V.
resposta direta, imediata e incisiva às ações do crime organizado, e) F - F - F - V.
promovendo uma melhor distribuição de renda e uma redução do
desemprego no Brasil. Questão 13
02) O quadro acima descrito resultou, dentre outros fatores, da
incapacidade das instituições do Estado em conter as ações do
crime organizado.
04) A criminalidade que persiste no Brasil vincula-se a causas
variadas e complexas que incluem, entre outros, elevados índices
de pobreza e ineficiência e corrupção dos órgãos policiais.
08) A superação do quadro descrito acima, com uma expressiva
diminuição dos índices de violência urbana e a desarticulação do
crime organizado, somente foi possível em razão dos grandes
investimentos do governo do presidente Fernando Henrique
Cardoso em infraestrutura e em educação básica.
16) O quadro acima descrito refere-se apenas às cidades do Rio
de Janeiro e de São Paulo, não tendo atingido o interior desses
estados e nem o Estado do Paraná.
A foto anterior, publicada na "Folha de S. Paulo", em 07 de maio
Questão 12 de 2005, mostra imagens de uma marcha dos trabalhadores sem-
terra, entre Goiânia e Brasília. Ao final da marcha, representantes
do movimento foram recebidos em audiência pelo Presidente Luiz
Inácio Lula da Silva.

Sobre os significados políticos dessa marcha e sobre o


relacionamento entre o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra
e o governo Lula, assinale a alternativa correta.
a) A defesa do "impeachment" do Presidente Lula, em função das
denúncias de corrupção no seu governo, foi a principal bandeira
levantada pelo movimento dos trabalhadores sem-terra, na
marcha de Goiânia à Brasília.

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


11
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

b) Na audiência com o Presidente da República, os Qual é esse contexto?


representantes do movimento dos trabalhadores sem-terra a) A crise institucional causada pela corrupção no governo de
entregaram-lhe um documento que continha, entre outras João Goulart.
reivindicações, a necessidade do governo aumentar b) A derrota do movimento "Diretas Já" e a eleição indireta para
significativamente o número de famílias assentadas até o fim de Presidente.
seu mandato, além de liberar crédito especial para os c) A censura e a repressão do governo do último Presidente
trabalhadores assentados. militar, o General Médici.
c) A marcha de Goiânia à Brasília unificou as organizações dos d) As privatizações e a globalização da economia brasileira do
trabalhadores sem-terra que externaram, em documento, a sua Governo de FHC.
completa desconfiança em relação ao Presidente da República, e) A crise atual do governo de Luis Inácio Lula da Silva, causada
considerando-o representante dos setores conservadores da pelo "mensalão".
sociedade brasileira, portanto, sem nenhuma credibilidade para
implementar os assentamentos de reforma agrária pretendidos. Questão 15
d) A decisão do Presidente Lula de compor seu governo com Em 2005, a população acompanhou mais uma grave crise da
ministros do campo progressista foi determinante para lhe história política recente no Brasil. A esse respeito, analise:
assegurar maioria no Congresso Nacional, possibilitando o UMA semelhança e UMA diferença entre a crise política do
cumprimento das promessas de campanha relativas ao número governo Lula e a vivenciada em 1992 pelo governo Collor, no
de assentamentos de reforma agrária e colocando fim aos chamado "Collorgate".
conflitos e à violência no campo. Por isso, a marcha objetivou
explicitar o apoio do movimento ao Presidente da República.

Questão 14
Responder à questão a partir da leitura e análise das letras das
músicas a seguir.

GERAÇÃO COCA-COLA - Letra: Renato Russo


Quando nascemos fomos programados
A receber o que vocês nos empurraram
Com os enlatados dos USA, de 9 a 6.
Desde pequenos nós comemos lixo
Comercial e industrial
Mas agora chegou nossa vez
Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês.
Somos os filhos da revolução
Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola.
Depois de vinte anos na escola
Não é difícil aprender
Todas as manhas do seu jogo sujo
Não é assim que tem que ser
Vamos fazer nosso dever de casa
E aí então, vocês vão ver
Suas crianças derrubando reis
Fazer comédia no cinema com as suas leis (...)

QUE PAÍS É ESSE? - Letra: Renato Russo


Nas favelas, no senado
Sujeira pra todo lado
Ninguém respeita a Constituição
Mas todos acreditam no futuro da nação
Que país é esse? (...)

As letras das músicas "Geração Coca-cola" e "Que país é esse?",


da banda de rock Legião Urbana, referem-se a um contexto
particular de transformações na política, na sociedade e na
economia brasileira. A sensação de frustração frente às
promessas de mudança e de maior participação popular e
estudantil na política, presente nas letras dessas músicas, refere-
se a um determinado contexto político.

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


12
CURSO ANUAL DE HISTÓRIA DO BRASIL – (Prof. Márcio Michiles)

RESOLUÇÕES DAS QUESTÕES DE CASA Questão 13:


Resolução:
Questão 01:
Resolução: Resposta: Alternativa B

Resposta: Alternativa B Questão 14:


Questão 02: Resolução:
Resolução:

Resposta: Alternativa A Resposta: Alternativa B

Questão 03: Questão 15:


Resolução: Resolução:
Senelhança: Em ambos os casos a partir de denúncias de
Resposta: Alternativa B corrupção no governo veiculadas por orgãos de imprensa, foram
estabelecidas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) que
Questão 04: através de investigações e depoimentos comprovaram parte das
Resolução: . denúncias e evidenciaram esquemas de tráfico de influências e
corrupção no governo.
Resposta: Alternativa D Diferença: A partir da comprovação das denúncias e de um
grande esforço do presidente Fernando Collor em poupar sua
Questão 05: imagem, uma grande mobilização popular, em particular as
manifestações dos "Caras Pintadas", levou o Congresso
Resolução:
Nacional a mover um processo de impeachement que
resultou no afastamento do presidente. No caso do
Resposta: Alternativa C
presidente Lula, apesar do esforço de parte de seus
opositores em querer vincular sua pessoa diretamente aos
Questão 06:
esquemas de corrupção comprovadamente existentes no
Resolução: governo, nada se comprovou contra ele gozava ainda de
grande apoio popular, sendo reeleito no ano seguinte.
Resposta: Alternativa C Resposta: Alternativa
Questão 07:
Resolução:
V – V – F – V – F.
Resposta: Alternativa

Questão 08:
Resolução:

Resposta: Alternativa D

Questão 09:
Resolução:

Resposta: Alternativa E

Questão 10:
Resolução:

Resposta: Alternativa A

Questão 11:
Resolução:
02 + 04= 06
Resposta: Alternativa

Questão 12:
Resolução:
Resposta: Alternativa A

VestCursos – Especialista em Preparação para Vestibulares de Alta Concorrência


13