You are on page 1of 6

A teoria dos tipos psicológicos de Jung e suas

semelhanças com os tipos constitucionais Coreanos


Postado por: Luiz Terapeuta

1. TIPOS PSICOLÓGICOS – C.G. JUNG


Jung identificou quatro funções psicológicas fundamentais:
. Pensamento
. Sentimento
. Sensação
. Intuição
Estas funções podem ser experimentadas de maneira INTROVERTIDA ou
EXTROVERTIDA.

1.1 INTROVERSÃO E EXTROVERSÃO:


PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA INTROVERSÃO:

. O movimento da energia consciente é em direção ao mundo interior.


. A realidade interior é de vital importância
. “Costuma ser caracterizada por uma natureza vacilante, meditativa, reservada, isolada
dos outros, recua diante dos objetos e está sempre na defensiva”.
. Há o “medo do objeto”.
. A força motivadora (julgamentos, percepções, sentimentos, afeto e ações) vem de fatores
internos ou subjetivos.
. As pessoas introvertidas são conservadoras, preferem o lar e amigos íntimos.
. Considera o extrovertido um fanfarrão superficial.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA EXTROVERSÃO

. O movimento da energia consciente é em direção ao mundo exterior.


. O objeto (as coisas, as outras pessoas), a realidade exterior é de vital importância.
. “Costuma ser caracterizado por uma natureza saliente, franca, que se adapta com
facilidade às situações propostas, estabelece rapidamente ligações e, pondo de lado
qualquer tipo de apreensão arrisca-se, com despreocupada confiança, a viver situações
desconhecidas”.
. Há o “medo do que está dentro”.
. Suas forças motivadoras são os fatores externos
. As pessoas extrovertidas gostam de viajar, de encontrar novas pessoas, de conhecer
novos lugares. São aventureiros e têm vida social intensa.
. Considera o introvertido desmancha prazeres, maçante e negativo.

1.2 AS QUATRO FUNÇÕES:

Jung chamou de FUNÇÕES RACIONAIS OU DE JULGAMENTO, o pensamento e o


sentimento, e de FUNÇÕES IRRACIONAIS OU DE PERCEPÇÃO, a intuição e a
sensação.

1.2.1 FUNÇÕES RACIONAIS (DE JULGAMENTO):.PENSAMENTO (FOGO)

. É racional por ser função de discriminação lógica (julgamento).


. Refere-se ao processo de pensamento cognitivo.
. Nos diz do que se trata aquilo que existe.
. São tipos reflexivos, são planejadores.
. Julgam em termos de lógica e eficiência.

SENTIMENTO (ÁGUA)

. É racional porque avalia do que gostamos.


. É discriminatória e reflexiva.
. É a função do julgamento ou da avaliação subjetiva.
. Nos dá o valor.
. Tomam decisões de acordo com um julgamento de valores próprios: bom ou mau, certo
ou errado.
.Preferem emoções fortes e intensas, ainda que negativas, a experiências “mornas”.

1.2.2 FUNÇÕES IRRACIONAIS (DE PERCEPÇÃO)

SENSAÇÃO (TERRA)

. Vê o que está no mundo exterior


. É a percepção através dos órgãos dos sentidos.
. Nos assegura que algo existe.

INTUIÇÃO (AR-METAL)

. Vê (capta) o que está no mundo interior


. É a percepção através do inconsciente.
. Nos dá um palpite do que podemos fazer com isso.

1.2.3 FUNÇÃO SUPERIOR E FUNÇÃO INFERIOR

O ideal seria ter acesso consciente à função exigida ou apropriada para cada circunstância,
mas não há controle consciente. Cada pessoa tem uma função fortemente dominante,
chamada de SUPERIOR OU DOMINANTE, e a mais utilizada, porque é onde o
indivíduo tem mais facilidade.
Outras são relativamente INFERIORES. As FUNÇÕES INFERIORES permanecem num
estado mais ou menos primitivo e infantil, às vezes semiconsciente ou totalmente
inconsciente.
A FUNÇÃO INFERIOR guarda uma grande concentração de vida (sombra), e a pessoa
tem pouco entendimento ou controle sobre ela. Na meia idade, aspectos da personalidade
sempre negligenciados são cobrados. Este processo gera sofrimento, pois para elevar a
função inferior ao nível da consciência, é necessário inferiorizar a função superior.
A FUNÇÃO INFERIOR é autônoma. Ex: vai desde a paixão até a raiva cega
(desequilíbrio no eixo madeira-metal do tipo I)
Temos também a FUNÇÃO AUXILIAR, que é consciente e parcialmente desenvolvida.
É de natureza diferente da superior, porém não antagônica. FUNÇÃO RACIONAL +
FUNÇAO IRRACIONAL E VICE VERSA.
Ex: PENSAMENTO PRÁTICO está associado à SENSAÇÃO PENSAMENTO
FILOSÓFICO, CIENTÍFICO está associado à INTUIÇÃO.
INTUIÇÃO ARTÍSTICA está relacionada com o SENTIMENTO
INTUIÇÃO FILOSÓFICA sistematiza sua visão através do PENSAMENTO.
Quanto mais desenvolvidas e conscientes forem às funções dominante e auxiliar, mais
profundamente inconscientes serão seus opostos..

2. CARACTERÍSTICAS DOS PRINCIPAIS TIPOS PSICOLÓGICOS


JUNGUIANOS E SUAS CORRELAÇÕES COM OS TIPOS CONSTITUCIONAIS
COREANOS

2.1 INTUIÇÃO EXTROVERTIDA (METAL – TIPO I – TAI YANG)


EXCESSO EM METAL E FALTA EM MADEIRA

. EXCESSO EM METAL

. Tem grande facilidade em perceber o que está acontecendo nos bastidores. Ele vê através
da camada externa. Onde a sensação vê uma coisa ou pessoa, o intuitivo vê a sua alma.
Há uma maior conexão com o céu do que com a terra (excesso em metal-ar).
. Está sempre a espreita de novas oportunidades e entedia-se com as coisas como elas são.
A dificuldade está no elemento (madeira-terra), o que significa que as questões referentes
ao dia a dia tomam uma proporção de dificuldade maior do que para os outros tipos.
. Dão pouca atenção ao corpo, não percebendo quando estão cansados ou famintos.
. Para por em prática as possibilidades da intuição, é necessário o pensamento (fogo) e a
sensação (madeira).
. Como a madeira gera o fogo e provavelmente este também é deficiente, isto explica a
falta de praticidade que lhes é atribuída, sendo às vezes subjetivo demais aos olhos dos
outros tipos.

2.2 INTUIÇÃO INTROVERTIDA (METAL – TIPO I – TAI YANG)


EXCESSO EM METAL E FALTA EM MADEIRA

. FALTA EM MADEIRA

. Em uma vertigem, o indivíduo sensação perceberá todas as sensações corporais, o já o


intuitivo exploraria cada detalhe das imagens suscitadas pelo distúrbio.
. Todo o intuitivo tem a capacidade de pressentir o futuro, mas o introvertido se dirige
para o interior como os profetas, poetas, artistas, xamãs.
. São confusos, perdem-se facilmente, esquecem coisas e compromissos.
. Tem dificuldade sexual pela pobre noção sobre o seu corpo e do parceiro.
. A função Sensação (inferior) leva a uma natureza sensual, libidinosa e, devido à carência
de julgamento, acaba fazendo alusões sexuais obscenas e socialmente inadequadas.

2.3 PENSAMENTO EXTROVERTIDO (FOGO – TIPO II – SHAO YANG)


EXCESSO EM FOGO – FALTA EM ÁGUA

. HIPERENERGIZAÇÃO EM FOGO

. O indivíduo tem a vida governada pelo pensamento


. É condicionado por dados objetivos transmitidos pela percepção sensorial.
. É organizado, faz funcionar (fogo), percebe o que está errado em um projeto, por ex.
. Seus parâmetros básicos são as idéias, os ideais, as regras e os princípios objetivos.
Pouca atenção é dada ao sujeito em questão.
. O difícil é a ligação com o outro.
. É o indivíduo que está na frente em uma batalha (guerra, por ex.), é o executivo, o
professor com uma linha lógica de raciocínio.

2.4 PENSAMENTO INTROVERTIDO (FOGO – TIPO II – SHAO YANG)


EXCESSO EM FOGO – FALTA EM ÁGUA

. REDUÇÃO DE ENERGIA EM ÁGUA

. Não é prático. Tende a ser mais teórico porque o fogo que tem a propriedade de
expansão; como se trata de um introvertido, ele fica contido (para dentro), então não se
expande (para.fora) como no tipo pensamento extrovertido, o que traria a objetividade e
a praticidade característica deste último.
. Podem se perder na fantasia. Criam teorias aparentemente baseadas na realidade, mas
na verdade, estão vinculadas a uma imagem interior (o fogo está contido).
. Na perseguição de suas idéias, geralmente são teimosos e nada sujeitos a influências.
Não possuem a maleabilidade da água.
. São pesquisadores
. FUNÇÃO INFERIOR: SENTIMENTO EXTROVERTIDO: Amam, mas não sabem
como expressar.
Às vezes não sabem como se sentem.
. Desvia-se da pessoa que ama, como se ela fosse um elemento perturbador. A água é o
elemento que traz a facilidade com as emoções e as respostas do sentimento.

2.5 SENSAÇAO EXTROVERTIDA (TIPO III – TAI YIN)


EXCESSO EM MADEIRA E FALTA EM METAL

. EXCESSO EM MADEIRA

. A pessoa está mais conectada com a terra (excesso em madeira), então tem a percepção
dos fatos objetivos bem desenvolvida, mas tem pouca paciência com a realidade abstrata
(falta em metal – ar).
. A pessoa depende dos objetos. Sua reação depende do próprio objeto.
. Procurará pessoas ou situações que provoquem fortes sensações.
. A percepção dos fatos objetivos é bem desenvolvida, mas tem pouca paciência com a
realidade abstrata.
. Mestres em pequenas coisas, são organizados, não esquecem de compromissos e são
pontuais.
Não perdem as coisas e não esquecem.
. Bom gosto estético
. Gostam de esportes e festas.
. São os profissionais de moda, atletas, etc.
. Seu amor depende do atrativo físico da pessoa amada.
. As vontades, sentimentos e pensamentos do outro não importam, mas vêm detalhes
como novo penteado.
. A intuição inferior leva a pensamentos de desconfiança, verão possibilidades de
desgraças, idéias sombrias.

2.6 SENSAÇAO INTROVERTIDA (TIPO III – TAI YIN)


EXCESSO EM MADEIRA E FALTA EM METAL

. FALTA EM METAL

. É guiado pela intensidade da sensação subjetiva. Como uma chapa fotográfica que capta
minúcias: como o outro se sente, expressão do rosto, etc.
. O extrovertido retrataria um reflexo realista do objeto, o introvertido a impressão
provocada pelo objeto.
. Em um trabalho artístico, por ex, o extrovertido se ateria a cada detalhe do objeto, já o
introvertido a impressão provocada pelo objeto no sujeito (impressionistas franceses).
. Sua calma se deve a uma desconexão com o objeto, que é substituído por uma reação
subjetiva, que não é a realidade do objeto.
. Pouca capacidade racional de julgamento para classificar as coisas. Pouco capaz de
compreensão objetiva, não compreendendo a si próprio.
. Voltado para o aqui agora, não conseguem imaginar o que vem depois.
. Função inferior: Intuição extrovertida. Ex: Fantasias proféticas sombrias e visões
interiores que se contrapõem a sua disposição de por os pés no chão.

.2.7 SENTIMENTO EXTROVERTIDO (TIPO IV – SHAO YIN)


EXCESSO DE ÁGUA – FALTA DE FOGO

. FALTA EM FOGO

. É orientado pelos dados objetivos e geralmente em harmonia com os valores objetivos


(como o pensamento).
. Procura relações harmoniosas com o ambiente
. Não precisam pensar se algo ou alguém lhes importa. Eles sabem. O pensamento está
subordinado ao sentimento. Conclusões lógicas que perturbem o sentimento são
ignoradas.
. PENSAMENTO é arcaico, infantil, negativo. Às vezes têm pensamentos negativos
acerca de pessoas que lhe são valiosas.

2.8 SENTIMENTO INTROVERTIDO (TIPO IV – SHAO YIN)


EXCESSO DE ÁGUA – FALTA DE FOGO

. EXCESSO DE ÁGUA
. Pessoa difícil de se compreender, pois seu exterior revela pouco, assim como a água que
toma a forma que lhe é dada. Dão a impressão de não possuírem nenhum sentimento.
. Torna a pessoa reservada e de difícil acesso. Como defesa, lança julgamentos negativos
ou é indiferente.
. Raramente estas pessoas são sinceras a respeito do que sentem.
. Exibem um sistema de valores irrepreensível, possuem um modelo impecável de normas
valorativas a ponto de nos obrigar a que nos comportemos decentemente na sua presença.
. Não se destacam e não se exibem. Têm uma aparência de autoridade.
. Evitam festas, porque sua função avaliadora paralisa muitas pessoas.
. Temperamento propenso à melancolia.
. PENSAMENTO EXTROVERTIDO inferior, primitivo – tende a ser redutivo.

Este texto foi parcialmente extraído e adaptado do artigo “PSICOLOGIA E


ACUPUNTURA” escrito por Marina Paesano – psicóloga acupunturista e editado na
Revista Jung e Corpo de Psicologia Analítica
ANO II no. 2 – 2002