You are on page 1of 7

BIOLOGIA- VOLUME 1

1) (UNIMAR) A partir de moléculas simples devem ter se formado todos os tipos de moléculas precursoras das que são essenciais à vida. Miller, simulando as condições da atmosfera da terra primitiva, construiu um aparelho e aplicou descargas elétricas nos gases supostamente presentes, então, em nosso planeta. Esses gases seriam, segundo Oparin: a) hidrogênio, amônia, metano, vapor de água. X b) gás sulfídrico, gás carbônico, ozônio, oxigênio. c) vapor de água, aminoácidos, proteínas, hidrogênio. d) nitrogênio, vapor de água, uréia, carbono. e) nitrogênio, hidrogênio, gás carbônico e uréia. 2) (UEPB) Organismos diferentes podem, às vezes, apresentar certas semelhanças, por causa da adaptação ao mesmo tipo de ambiente. A baleia, por exe mplo, é um mamífero que, ao se adaptar à vida aquática, passou a apresentar nadadeiras e outras características semelhantes às dos peixes. Sabendo-se, portanto, que as baleias surgiram, por evolução de mamíferos e não diretamente dos peixes. Órgãos análogos como os do exemplo citado são um caso de: a) evolução convergente. X b) seleção natural. c) evolução divergente. d) adaptação ambiental. e) mutação adaptativa. 3) (PUC) Certa espécie animal apresenta uma série de mutações que determinam a variedade de fenótipos relativos à coloração. Essa diversidade genética, orientada pela seleção natural, garante a adaptação dos indivíduos dessa espécie e diversos tipos de ambientes. O trecho anterior resume a teoria: a) de Darwin b) de Lamarck c) de Mendel

d) Moderna ou Sintética da Evolução X e) do Equilíbrio Gênico de uma População

(UERJ) Recentemente, pesquisadores do University College de Londres, analisando o DNA de esqueletos de seres humanos que viveram na Europa no período neolítico, mostraram que esses primeiros europeus não possuíam o gene da lactase, enzima necessária à eficiente digestão do leite. O surgimento, ao acaso, desse gene representou uma característica competitiva altamente vantajosa para a espécie, aumentando sua freqüência na população. Essa hipótese é um exemplo da proposição transformista denominada: a) Mendelismo b) Criacionismo c) Lamarckismo d) Neodarwinismo X

5) (CEFET-PR) A teoria evolutiva apresenta argumentos baseados no estudo comparativo dos organismos atuais e de fósseis. Observamos, então, estruturas semelhantes em diferentes espécies e que classificamos de analogia ou homologia de órgãos. Assinale a alternativa que corretamente exemplifica este conceito: a) Analogia: nadadeira de baleia e pata dianteira de cavalo / Homolo gia: braço humano e asa de morcego. b) Analogia: braço humano e asa de morcego / Homologia: asa de inseto e asa de morcego. c) Analogia: pata dianteira de cavalo e asa de morcego / Homologia: asa de inseto e asa de morcego. d) Analogia: asa de inseto e asa de morcego / Homologia: pata dianteira de cavalo e asa de morcego. X e) Analogia: apêndice humano e ceco de roedores / Homologia: pata dianteira de cavalo e asa de morcego. 6) (PUC-CAMP-SP) Números iguais de duas variedades de plantas da mesma espécie (I e II) foram introduzidos em determinado ambiente. Depois de diversas gerações

verificou-se que a variedade I tornara-se mais abundante. Com base nesses dados, é correto afirmar que: a) I não foi submetida à ação da seleção natural e, por isso, pôd e aumentar em número. b) I sofreu mutações vantajosas, induzidas pelo ambiente, tornando -se mais resistente. c) I apresentou maior capacidade de adaptação ao meio, o que aumentou suas chances de sobreviver e de deixar descendentes. X d) II possuía maior nú mero de alelos recessivos que frequentemente levam à letalidade. e) II, através de um processo de convergência adaptativa, transformou-se progressivamente em I. 7) (UNIFOR-CE) Considere a seguinte situação: Os indivíduos de uma população foram isolados, por uma barreira geográfica, em dois grupos (A e B); após um longo espaço de tempo, a barreira desaparece e os dois grupos voltam a viver numa área comum, porém os cruzamentos entre eles não são mais possíveis. Com base nesses dados, é possível inferir que: a) haverá extinção de A e B. b) ocorrera aumento de A e diminuição de B. c) ocorrera aumento de B e diminuição de A. d) as diferenças acumuladas em A e B desaparecerão. e) A e B poderão ser consideradas espécies diferentes. X 8) (UEPB) Um biólogo, em visita a um arquipélago desconhecido observou durante algum tempo (T1 a T5) as mudanças ocorridas numa espécie com ciclo de vida muito curto e grande capacidade de reprodução,denominada Hypoteticus geometricus. Sobre a figura a seguir, desenhada pelo biólogo sobre o experimento, é incorreto afirmar:

FIGURA

a) A espécie A é denominada ancestral comum das espécies B, C, D e E. b) As mudanças observadas na forma dos indivíduos das espécies B (entre T2 e T3), C (entre T2 e T5) e D (entre T4 e T5) são o resultado de um processo denominado anagênese. c) O processo de separação geográfica das espécies B e C, a partir da espécie A, é denominado cladogênese. d) O processo de especiação sofrido pelas espécies B e C é denominado especiação alopátrica. e) O processo de especiação que deu origem às espécies D e E é denominado especiação simpátrica. X 9) (UCPEL) A figura abaixo mostra diferentes espécies de aves, com modificações no bico associados aos diferentes hábitats.

Figura

Essa figura ilustra um caso de: a) evolução convergente. b) convergência adaptativa. c) analogia estrutural. d) radiação adaptativa. X e) evolução paralela. 10) (UCS) Recentemente, em canais como National geografic e Animal Planet , vêm sendo apresentadas reportagens sobre a jararaca ilhoa (Bothropos insularis ), animal endêmico existente na Ilha de Queimada Grande. Embora essa espécie esteja ameaçada de extinção, ela representa um bom exemplo de especiação, porque: a) não havendo diversificação gênica, ocorreu uma nova espécie. b) o isolamento geográfico fez com que não cruzasse com outras Bothropos. X

c) houve cruzamentos entre espécies diferentes, originando esse híbrido. d) o tipo de alimentação ingerido fez com que se especializasse. e) era, antigamente, hermafrodita, e, portanto, podia autofecundar-se. 11) (UFC) A competição por um recurso de disponibilidade limitada é um dos pressupostos do conceito de seleção natural na teoria evolutiva de Darwin. Sobre esta declaração, é correto afirmar que é: a) verdadeira, pois o conceito de seleção natural do organismo melhor adaptado pressupõe que os predadores mais eficazes levem suas presas à extinção. b) falsa, pois apenas a competição interespecífica por um recurso de disponibilidade limitada contribui efetivamente para o conceito de seleção natural. c) verdadeira, pois apenas em decorrência da competição por um recurso de disponibilidade limitada é que há a seleção do organismo melhor adaptado. X d) verdadeira, pois tanto a competição intraespecífica quanto a interespecífica s ão comportamentos que apresentam um alto grau de expressividade gênica. e) falsa, pois apenas a competição intraespecífica por um recurso de disponibilidade limitada contribui efetivamente para o conceito de seleção natural. 12) Duas raças, X e Y, isoladas geograficamente, depois de determinado tempo passaram a viver numa mesma área e houve cruzamentos interraciais. Constatou-se que o híbrido do cruzamento X e Y tinha viabilidade baixa. Esse fato pode levar: a) à extinção das raças. b) à fusão das duas raças, com o aparecimento de uma terceira. c) ao acentuamento da diferença entre X e Y, com uma conseqüente especiação. X d) ao aumento numérico dos indivíduos da raça X e diminuição dos indivíduos da raça Y. e) ao aumento numérico dos indivíduos da raça Y e diminuição dos indivíduos da raça X. 13) (UFRN) Desde o surgimento da vida na Terra, as mudanças climáticas têm acarretado não só a extinção, mas também o surgimento de muitas espécies. Segundo os especialistas, o aquecimento global fará com que a tempe ratura media da Terra sofra uma elevação significativa durante o século XXI. Com essa mudança climática, é provável que a extinção das espécies existentes seja maior que o surgimento das novas espécies.

Isso aconteceria porque a especiação depende de que? a) haja tempo suficiente para que ocorram as adaptações. X b) existam climas amenos e com pouca variação. c) aumente a população de organismos produtores. d) seja mantida a proporção entre genes dominantes e recessivos. 14) (UFPB) As figuras abaixo representam alguns processos evolutivos.

Figura

Os fenômenos envolvidos nos processos evolutivos A, B, C e D correspondem, respectivamente, a: a) anagênese, irradiação adaptativa, convergência evolutiva, cladogênese. b) convergência evolutiva, anagênese, cladogênese, irradiação adaptativa. c) cladogênese, anagênese, convergência evolutiva, irradiação adaptativa. d) cladogênese, convergência evolutiva, irradiação adaptativa, anagênese. e) anagênese, convergência evolutiva, irradiação adaptativa, cladogênese. X 15) (UEPB) Atualmente, entende -se que a diversidade biológica é resultante basicamente de dois processos evolutivos: 1º - os processos responsáveis pela ruptura de uma população, gerando duas ou mais populações; 2º - os processos pelos quais o caráter se modifica ao longo do tempo, sendo responsáveis pelas novidades evolutivas. Esses processos são denominados respectivamente de: a) metagênese e mutagênese. b) anagênese e metagênese. c) abiogênese e cladogênese. d) anagênese e cladogênese. e) cladogênese e anagênese. X

µ