You are on page 1of 7

A SAÚDE NO ESTADO

Matérias Jornalísticas - Destaques nos principais jornais e websites

06 de junho de 2018 (Quarta-Feira)
PORTAL ORM.

Hospital incentiva descarte correto do óleo de cozinha Mais de 700 milhões de litros de óleo de cozinha vão parar no solo

Por: Portal ORM, com informação da assessoria 5 de Junho de 2018 às 16:57
Anualmente, mais de 700 milhões de litros de óleo de cozinha usados vão parar no solo, na pia ou diretamente no lixo. Dentre as
consequências dessa atitude estão a contaminação do lençol freático e danos à rede de esgoto e água. Por isso, a fim de contribuir para o
descarte adequado do material, o Hospital Regional do Sudeste do Pará - Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, lança nesta quarta-feira
(06), o projeto "Ecolaborador", como parte da sua programação da Semana de Meio Ambiente.
A iniciativa incentivará os colaboradores a levarem até a unidade o óleo vegetal usado em suas residências para que seja reciclado e
transformado em sabão e outros materiais de limpeza. Parte dos novos produtos será usada no próprio hospital e doada para instituições
parceiras.

Militares vão reforçar estoque de sangue do Hemopa Mais de 400 pessoas da 4º Distrito Naval da Marinha farão parte da
campanha de doação

Por: Portal ORM, com informação da assessoria 5 de Junho de 2018 às 15:49 Atualizado em 5 de Junho de 2018 às 21:28
O Comando do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil realiza, desde esta terça-feira (05) até a próxima sexta-feira (08), campanha de
doação de sangue na sede da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), em Belém. Durante os quatro dias,
cerca de 420 militares devem participar da iniciativa, que representa uma ajuda e tanto para o estoque de sangue do hemocentro.
O comandante do 4º Distrito Naval, vice-almirante Edervaldo Teixeira Abreu Filho, explica que de duas a três vezes por ano a Marinha
realiza campanhas de doação de sangue. “Sabemos que o banco de sangue passa por problemas e a Marinha se prontificou a ajudar.
Esperamos que a campanha seja um sucesso, como sempre foi, e que nós possamos colaborar com a sociedade paraense”.
Intitulada “Seja voluntário nesta batalha. Marque a história de vidas”, a campanha faz parte das comemorações do 153º aniversário da
Batalha Naval de Riachuelo, que ocorreu em 11 de junho de 1865 e é considerada como um dos principais eventos militares ocorridos
durante a Guerra do Paraguai.
Para a gerente de Captação de Doadores da Fundação Hemopa, Juciara Farias, a iniciativa da Marinha será fundamental para abastecer o
estoque da instituição. “Eles são nossos grandes parceiros. Sempre que nós pedimos ajuda, eles nos atendem. Já estamos preparando
nosso estoque para o mês de julho e as bolsas de sangue coletadas nessa campanha farão toda a diferença na vida de centenas de
pacientes”, conclui Juciara.
Serviço:
Data: de terça-feira (05) a sexta-feira (08)
Local: Hemopa
Hora: 7h30 às 18h.
G1.PARÁ.

Comunidades rurais de Altamira recebem vacinação contra a gripe
Ação faz parte da Missão Gota, um plano do Ministério da Saúde em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública
(Sespa).

06/06/2018 07h35

A estimativa é que sejam imunizadas 600 mil pessoas nas comunidades. (Foto: Divulgação / Prefeitura de Taubaté) A estimativa é que
sejam imunizadas 600 mil pessoas nas comunidades.
Nove comunidades das áreas rurais de Altamira serão vacinadas a partir desta quarta-feira (6). A ação faz parte da Missão Gota, um plano
do Ministério da Saúde em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). De acordo com o governo do estado, a missão
se estende até o dia 15 de junho.
De acordo com coordenadora estadual de Imunização, Jaíra Ataíde, a estimativa é que sejam imunizadas 600 mil pessoas durante a
missão. “A Sespa está com dois técnicos atuando na coordenação dessa ação, que já aconteceu em anos anteriores e é importante para
ampliar a cobertura vacinal da população nessa área distantes da sede do município”, informou Jaíra.
A primeira localidade visitada pela missão Gota será a comunidade de Humaitá, na reserva extrativista (Resex) Xingu. As outras
localidades a serem visitadas são Serra do Prado, São Francisco (Resex Iriri), Praia (Resex Riozinho do Anfrísio), Resex Morro do Anfrísio,
Pousada do Gugu (Estação Ecológica terra do meio), Vila Cabocla e Vila Canopus (APA/Triunfo do Xingu), e Gabiroto (Resex Xingu).
A missão faz parte da campanha de vacinação contra a gripe. Segundo o Ministério da Saúde devem ser vacinadas crianças, idosos com
mais de 60 anos de idade, mulheres grávidas, trabalhadores de saúde e professores, indígenas aldeados, adolescentes e jovens de 12 a
21 anos que cumprem medidas socioeducativas.
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326
Missão Gota levará vacinas a localidades de difícil acesso em Altamira

A Missão Gota será iniciada pela localidade de Humaitá, na reserva extrativista (Resex) Xingu. As outras localidades a serem
visitadas são Serra do Prado, São Francisco (Resex Iriri), Praia (Resex Riozinho do Anfrísio), Resex Morro do Anfrísio, Pousada
do Gugu (Estação Ecológica terra do meio), Vila Cabocla e Vila Canopus (APA/Triunfo do Xingu), e Gabiroto (Resex Xingu).

05/06/2018 17:29h

Começa, nesta quarta-feira (6), em Altamira, a Missão Gota, com o objeto de vacinar a população de nove localidades nas áreas rural e
ribeirinha do município. A Missão é realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Aeronáutica, da Secretaria de
Estado de Saúde Pública (Sespa) e da Secretaria Municipal de Saúde de Altamira. A Missão se estende até o dia 15 de junho e tem
coordenação da Sespa.
A coordenadora estadual de Imunização, Jaíra Ataíde disse que a finalidade da Missão Gota é atualizar o esquema vacinal de crianças,
adolescentes, adultos e idosos em áreas de difícil acesso. A estimativa é que sejam vacinadas cerca de 600 mil pessoas. “A Sespa está
com dois técnicos atuando na coordenação dessa ação, que já aconteceu em anos anteriores e é importante para ampliar a cobertura
vacinal da população nessa área distantes da sede do município”, informou Jaíra.
“O município garante a logística local para o armazenamento e transporte das vacinas para o avião. Todos os dias a equipe vai para a
localidade e retorna à sede de Altamira por causa do armazenamento das vacinas e para organizar as quantidades de doses a serem
levadas no dia seguinte”, acrescentou a coordenadora estadual.
No dia 30 de maio, houve uma reunião de ajustes com a participação dos técnicos do Departamento de Epidemiologia da Sespa, do 10º
Centro Regional de Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde e os oficiais da Aeronáutica, que utilizará um helicóptero de sete lugares.
A Missão Gota será iniciada pela localidade de Humaitá, na reserva extrativista (Resex) Xingu. As outras localidades a serem visitadas são
Serra do Prado, São Francisco (Resex Iriri), Praia (Resex Riozinho do Anfrísio), Resex Morro do Anfrísio, Pousada do Gugu (Estação
Ecológica terra do meio), Vila Cabocla e Vila Canopus (APA/Triunfo do Xingu), e Gabiroto (Resex Xingu).
Campanha - Importante lembrar que a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe foi prorrogada até o dia 15 de junho em todo o
Estado. Devem ser vacinadas crianças entre seis meses e menores de cinco anos, idosos com mais de 60 anos de idade, mulheres
grávidas em qualquer idade gestacional e puérperas (mulheres que tiveram bebês há até 45 dias), trabalhadores de saúde e professores
das áreas pública e privada, indígenas aldeados, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas, detentos
e funcionários do sistema penitenciário; além os indivíduos com doenças crônicas comprovadas com laudo médico.
Os dados da campanha são atualizados constantemente pelas Secretarias Municipais de Saúde, que alimentam o vacinômetro do
Ministério da Saúde, acessível para a população por meio do link: http://sipni.datasus.gov.br/si-pni-
web/faces/relatorio/consolidado/vacinometroInfluenza.jsf

Por Roberta Vilanova

Mais de 400 militares vão reforçar estoque de sangue do Hemopa

Intitulada “Seja voluntário nesta batalha. Marque a história de vidas”, a campanha faz parte das comemorações do 153º
aniversário da Batalha Naval de Riachuelo, que ocorreu em 11 de junho de 1865 e é considerada como um dos principais eventos
militares ocorridos durante a Guerra do Paraguai.

05/06/2018 12:54h

Desde esta terça-feira, dia 5, até a próxima sexta-feira, o Comando do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil realiza campanha de doação
de sangue na sede da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), em Belém. Durante os quatro dias, cerca de
420 militares devem participar da iniciativa, que representa uma ajuda e tanto para o estoque de sangue do hemocentro.
O comandante do 4º Distrito Naval, vice-almirante Edervaldo Teixeira Abreu Filho, explica que de duas a três vezes por ano a Marinha
realiza campanhas de doação de sangue. “Sabemos que o banco de sangue passa por problemas e a Marinha se prontificou a ajudar.
Esperamos que a campanha seja um sucesso, como sempre foi, e que nós possamos colaborar com a sociedade paraense”.
Intitulada “Seja voluntário nesta batalha. Marque a história de vidas”, a campanha faz parte das comemorações do 153º aniversário da
Batalha Naval de Riachuelo, que ocorreu em 11 de junho de 1865 e é considerada como um dos principais eventos militares ocorridos
durante a Guerra do Paraguai.
O vice-almirante ressalta, ainda, o envolvimento de todos os militares na causa. “A pessoa que tem esse prazer de vir aqui e doar sangue
sabe que está doando um pouquinho da sua vida para outros irmãos. É isso que a Marinha procura fazer: doar um pouco de vida para o
nosso povo”.
Para a gerente de Captação de Doadores da Fundação Hemopa, Juciara Farias, a iniciativa da Marinha será fundamental para abastecer o
estoque da instituição. “Eles são nossos grandes parceiros. Sempre que nós pedimos ajuda, eles nos atendem. Já estamos preparando
nosso estoque para o mês de julho e as bolsas de sangue coletadas nessa campanha farão toda a diferença na vida de centenas de
pacientes”, conclui Juciara.
Serviço:
A campanha “Seja voluntário nesta batalha. Marque a história de vidas”, do Comando do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil, será
realizada de 5 a 8 de junho, no hemocentro coordenador, que fica na Travessa Padre Eutíquio, de 7h30 às 18h.

Por Jaqueline Menezes